Views
3 years ago

CAMARA MUNICIPAL DE • sAo JOSE DO RIO PRETO

CAMARA MUNICIPAL DE • sAo JOSE DO RIO PRETO

e Pedro Roberto Gomes, e

e Pedro Roberto Gomes, e em segunda discussao e vota~ao, pelos votos favoraveis ao Merito dos Vereadores: Angelo Eduardo Piacenti, Cesar Augusto Gelsi, Dourival Lemes dos Santos, Emanuel Pedro Tauyr, Gerson Aparecido Furquim dos Santos, Jair Afonso, Joao de Oliveira Lopes, Jorge Menezes Silva, Jose Carlos lVIarinho, Jose Ferreira Zezinho de Oliveira, Maurin Alves Ribeiro, Nilson Paula da Silva e Oscar Marques Pimentel e com votos contrarios ao Merito dos Vereadores: Joao Paulo Rillo, Muhamad Alahmar e Pedro Roberto Gomes. Avocaram 0 Artigo 44 - Inciso 3°, do Regimento Interno, e fizeram uso da Tribuna, os Vereadores: Muhamad Alahmar, Joao de Oliveira Lopes, Pedro Roberto Gomes e Dourival Lemes dos Santos. As- 21 :00 horas, 0 Presidente Adney Angelo Secches, comunicou ao Plenario, que por motivo de doen9a na familia, teria que se retirar. Aprovado 0 pedido de preferimcia de vota~ao dos Projetos de Lei nOs 247/06, solicitada pelo Vereador Joao de Oliveira Lopes. Aprovado 0 Projeto de Lei nO 247/06, do Vereador Oscar Marques Pimentel, em segunda discussao e votagao, que integra na Zona 06, na Lei de Zoneamento Urbano, toda a extensao da Rua Fidelcino Santos Leite, no bairro Residencial Ana Celia I, pelos votos favoraveis dos Vereadores: Angelo Eduardo Piacenti, Cesar Augusto Gelsi, Dourival Lemes dos Santos, Emanuel Pedro Tauyr, Gerson Aparecido Furquim dos Santos, Jair Afonso, Joao de Oliveira Lopes, Jose Carlos Marinho, Jose Ferreira Zezinho de Oliveira, Maurin Alves Ribeiro, Muhamad Alahmar, Nilson Paula da Silva e Oscar Marques Pimentel e com votos contrarios dos Vereadores: Joao Paulo Rillo e Pedro Roberto Gomes. Rejeitado 0 Veto Total nO 029/06, do Poder Executivo, ao Aut6grafo n° 10.510106, originario do Projeto de Lei n° 163/06, de autoria do Vereador Emanuel Pedro Tauyr, em discussao e votagao unica, com parecer favoravel da Comissao de Justi9a e Reda980, que disp6e sobre criterios para publica90es oficiais do municfpio, com votos contrarios ao Veto dos r; Vereadores: Angelo Eduardo Piacenti, Cesar Augusto Gelsi, Dourival Lemes dos Santos, Emanuel Pedro Tauyr, Gerson Aparecido Furquim dos Santos, Jair - Afonso, Joao de Offveira Lopes, Joao Paulo Rillo, Jose Carlos Marinho, Jose Ferreira Zezinho de Oliveira, Maurin Alves Ribeiro, Muhamad Alahmar, Nilson Paula da Silva, Oscar Marques Pimentel e Pedro Roberto Gomes. Quando da discussao e vota~ao do Projeto de Lei nO 068/06, do Vereador Joao Paulo Rillo, 0 vereador Dourival Lemes dos Santos solicitou constar de ata 0 pronunciamento do vereador Angelo Eduardo Piacenti sobre a inversao de vota9ao, e 0 vereador Joao de Oliveira Lopes solicitou que conste toda a discussao, que tiveram os seguintes teores: LEITURA DO PROJETO E DOS

FLS. 070 I 2007 CAMARA MUNICIPAL DE sAo JOSE DO RIO PRETO ATA DAS SESSOES PARECERES. Vereador Joao Paulo Rillo - "Senhor Presidente, senhores vereadores, bom eu venho aqui ho1'e com muita tranqOilidade e convicqao para fazer a defesa da legalidade e tambem do merito deste projeto, que visa, tem um objetivo muito claro. Foi uma confusao, 0 projeto vai acabar com a catraca eletronica. Nao tem nada aver uma coisa com a outra, 0 projeto ele profbe a pratica do exercfcio de cobrador, feita pelo motorista, au se1'a, motorista tem que ter 0 seu tempo, a sua dedicaqao, a sua paz no trabalho pra' conduzir 0 onibus e garantir a integridade ffsica de cada. passageiro que paga, e paga caro por aquele serviqo. Hoje, segundo a empresa, e.... a gente nao consegue ter esta informaqao precisa, cerca de 20% das linhas de onibus, e ..... faz 0 trajeto sem a presenqa do cobrador, isto dispensa fa/ar 0 risco, primeiro sobrecarrega 0 motorista, e, ja e uma exploraqao par, por excelencia, voce abriu duas funqao, duas funqoes a um (mico traba/hador, terceiro que esta sobrecarga gera um desgaste, uma tensao que obviamente uma falta de atenqao, as vezes um desvio de atenqao e de concentraqao, que nao foi uma, nem duas vezes que houve reclamaqao no gabinete, a gente tem histaria, a imprensa ja, ... ,' 1'a presenciou tambem, a pessoas que tem mais dificuldade, pessoas com a idade avanqada, ou que tem alguma defici~mcia fisica, ela tem uma dificuldade, ela tem um tempo diferenciado para subir ate 0 onibus, e muitas vezes este motorista que desviou a atenqao dando 0 troGO, nao tem como acompanhar este passageiro, coloca 0 onibus em funcionamento e essa pessoa caiu, ou senao cai dentro do onibus e nao consegue conc/uir 0 seu objetivo que era sub;r ate 0 onibus e fazer 0 seu percurso. Tem um outro aspecto tambem que e a questao da geraqao de emprego, nao tem sentido a catraca ela pode existir, ela pode ter uma finaJidade muito importante pro futuro que infeJizmente a empresa ainda nao conseguiu implementar, que e 0 tempo de cada cartao, e a possibilidade de voce pagar uma (mica passagem num determinado tempo, pra, .. " sem ter que vir ate - o centro e aos terminais que fazem a baldeaqao, isto e modemo, isto e correto, isto agiliza, e bom para a empresa, e bom pro usuario, catraca, Agora e sim, garantir a permanencia do cobrador. 0 cobrador nao e acabar co~:;r-

CAMARA MUNICIPAL DE sao JOSE DO RIO PRETO
CAMARA MUNICIPAL DE sao JOSE DO RIO PRETO
CAMARA MUNICIPAL DE SAO JOSE DO RIO PRETO - SP
CAMARA MUNICIPAL DE