Views
3 years ago

orientação sexual em aulas de ciências: uma realidade?

orientação sexual em aulas de ciências: uma realidade?

orientação sexual em aulas de ciências: uma

ORIENTAÇÃO SEXUAL EM AULAS DE CIÊNCIAS: UMA REALIDADE Tatiana Kely Conceição Manso 1 ; Madson do Nascimento Pina 2 ; Priscila Almeida de Sena 2 ; Sabrina Roberta Santana da Silva 2 ; Vilma Lucia dos Santos Almeida 2 ; Danielle Maria de Moraes 2 ; Liliane Marques da Silva 2 ; Josué Carlos de Barros Buarque 2 ; Mônica Folena 3 . Introdução O ambiente escolar é repleto de situações que representam grandes desafios para os educadores num geral. A sexualidade é, sem dúvida, um dos grandes tabus no ensino de ciências. De acordo com Aquino et al [1], a sexualidade é como um fantasma que ronda as cercanias e os interiores da escola e da sala-de-aula. Não é o único sabemos disso. Mas é sem dúvida, um daqueles que, quanto mais se busca erradicar, mais assombra a cada esquina. E isso há séculos, ao que indica a história. [1] Nos parâmetros curriculares nacionais – PCN, o tema transversal orientação sexual, trata a sexualidade como parte componente do conteúdo das disciplinas de ciências (no ensino fundamental) e biologia (no ensino médio). [2] A Orientação Sexual na escola deve ser entendida como um processo de intervenção pedagógica que tem como objetivo transmitir informações e problematizar questões relacionadas à sexualidade, incluindo posturas, crenças, tabus e valores a ela associados. [2] Nesse contexto, tem-se procurado formas diversas de intervenção que facilitem a abordagem da educação sexual no meio escolar. Daí surge a seguinte indagação: Como a orientação sexual é trabalhada no ensino de ciências Objetivos Analisar como a orientação sexual é trabalhada no ensino de ciências, abordando os seguintes aspectos: - Identificar quais as estratégias utilizadas pelo professor para abordar a orientação sexual no ensino de ciências; - Verificar que conteúdos são abordados pelo professor quando trabalham a orientação sexual; - Identificar se os professores de ciências sentem-se preparados para abordar a orientação sexual no ensino de ciências. Material e métodos O presente trabalho refere-se a uma pesquisa de campo com base na coleta de dados, e fins investigativos. Para a coleta de dados foi utilizado um questionário aberto contendo quatro questões que permearam esta discussão, e assim, nos permitiu fazer este estudo. Os questionários foram respondidos 12 professores de ciências, atuantes nas redes pública e particular de ensino. O questionário foi elaborado pelos autores deste estudo com o fim de verificar a qualidade das aulasOs participantes apresentam uma média de idade entre 20 e 35 anos e tempo de atuação variável. Os sujeitos desta pesquisa não serão identificados visando de preservar o seu anonimato. Resultados De acordo com as respostas obtidas pelo questionário pode-se visualizar que a sexualidade, que há anos atrás representava um tabu no ensino de ciências, tem sido incorporada às aulas de ciências gradativamente. A maioria dos professores consultados aborda a sexualidade, em sala de aula, visando principalmente informar e conscientizar os alunos com o intuito de evitar e prevenir a transmissão de doenças sexualmente transmissíveis, bem como a gravidez, entre outros. As estratégias de intervenção utilizadas pelos professores consultados são variadas. Cada um deles apresenta uma forma própria de repassar tal conteúdo. Contudo, averiguou-se que aulas expositivas, debates e dinâmicas de grupo, exibição de filmes e documentários são métodos comumente utilizados e empregados em suas aulas. A problematização, exemplificação e estudos de caso, assim como palestras com profissionais de saúde também são meios auxiliares para a compreensão e construção do conhecimento relativo à orientação sexual. [vide gráfico 1] Os professores consultados costumam relacionar o tema transversal orientação sexual com temas relacionados à reprodução humana, DST’s, suas formas de transmissão, sintomatologia e prevenção. Mecanismos de ação hormonal, puberdade, adolescência também foram temas citados. [vide gráfico 2] ________________ 1. Graduanda do Curso de Lic. Plena em Ciências Biológicas, Departamento de Biologia, Universidade Federal Rural de Pernambuco. R. Dom Manoel de Medeiros, s/n, Dois Irmãos, Recife, PE, CEP 52.171-900. E-mail: vilminha20@hotmail.com 2. Graduandos do Curso de Lic. Plena em Ciências Biológicas, Departamento de Biologia, Universidade Federal Rural de Pernambuco. R. Dom Manoel de Medeiros, s/n, Dois Irmãos, Recife, PE, CEP 52.171-900. 3. Profª do departamento de educação, Universidade Federal Rural de Pernambuco. R. Dom Manoel de Medeiros, s/n, Dois Irmãos, Recife, PE, CEP 52.171-900. E-mail: folenabio@terra.com.br.

Como gravar vídeo aula - Cartilha de orientações e dicas
Aprender e ensinar Ciências: do laboratório à sala de aula e vice ...
Experimentação no Ensino de Ciências e Biologia - UFPB Virtual ...
Orientação sexual com “jeitinho” brasileiro: uma análise ...
Orientação Sexual e Educação Sexual - boletim 4 - GTPOS
ORIENTAÇÃO SEXUAL MARCIA VALERIA DE ASSIS MOBARAK
Volume 10.5 - Temas Transversais - Orientação Sexual
AS AULAS DE CIÊNCIAS: CONVOCANDO PARA AS ... - UCS
a realidade do ensino da arte em sala de aula ... - INIC - Univap
Notas de Aula - Departamento de Ciência da Computação
depoimento dos alunos da eja sobre as aulas de ciências com uso ...
Aula 0 - Departamento de Ciência da Computação da UFMG
Experimentação nas aulas de Biologia - Secretaria de Estado da ...
saberes disciplinares e experiencias articulados em aulas de biologia
avaliação dos futuros professores em ciências ... - PRPPG - UFG
o ensino de ciências e biologia nas turmas do eja - Revista ...
modelos didáticos para o ensino de ciências e biologia: aparelho ...
Abrindo caixas de memórias - Curso de Graduação em Ciências ...
CENTRO UNIVERSITÁRIO FEEVALE INSTITUTO DE CIÊNCIAS ...
Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do - ifsuldeminas
centro universitário feevale instituto de ciências humanas, letras e ...
revelando crenças iniciais de futuros professores de ciências
apoio cooperativo na sala de aula de matemática: uma ... - DigitUMa
Aula 5 – Tabelas e Gráficos - Departamento de Estatística
Aula de 31/01 - Retas no espaço - Professores da UFF
indisciplina em sala de aula ensino fundamental. - Faculdades do ...
jogos nas aulas de matemática: brincadeira ou aprendizagem? - pucrs
o desenvolvimento de aulas práticas de química por meio - Unesp
Collocations et image de l'organisation lexicale ... - Sala de Aula . Net