Views
3 years ago

RUNning N.º 5

As novidades do mundo do running para ler e partilhar!

34 trabalhodeequipa

34 trabalhodeequipa Coimbra tem mais encanto na hora da corrida Com as portas abertas desde Outubro, a Escola de Atletismo de Coimbra quer mudar o fado e fazer renascer a modalidade no concelho. Os primeiros versos são um elogio à qualidade técnica e à inovação dos serviços. texto: inêsMelo Fotografia: LucianoReis deviam era ver isto há trinta anos, quase não havia espaço na pista para “Vocês tantas pernas!” O apito firme de Manuel Oliveira Gomes continua a marcar o passo no Estádio Cidade de Coimbra. Aos 68 anos, este histórico do atletismo coimbrão lamenta que não se tenha sabido manter a “chama do associativismo”, mas jura de boné ao peito que a pista está a ganhar nova vida. Desde Outubro que divide a solidão dos treinos com os alunos da recém-criada Escola de Atletismo de Coimbra. “O nosso objectivo é fazer renascer o atletismo nesta zona do país. Nos anos de 1980, havia cerca de 20 clubes no concelho, hoje são menos de metade...”, recorda Mário Teixeira, ex-atleta do Sporting e coordenador técnico do projecto. Embalada por uma paixão comum, a ideia já estava a ser cozinhada há algum tempo com o amigo Luís Gaspar, também com fortes ligações ao atletismo, agora como organizador de provas. Quando Mário abrandou o ritmo na alta competição, ambos perceberam que tinha chegado o momento. Depois de um período marcado por uma crise de dirigismo e pela dificuldade em incutir a identidade da modalidade nos jovens, a Escola de Atletismo de Coimbra deu o tiro de partida em três frentes: formação, competição e recreação. Nesta primeira fase, os coordenadores estão a apostar na divulgação do projecto em diversas plataformas, tendo a formação como

35 principal bandeira. Quando a RUNning visitou Coimbra, em Dezembro, já estavam a trabalhar com seis jovens iniciados. Numa altura em que o país tem poucas referências no atletismo, sobretudo na vertente masculina, um dos principais desafios desta equipa tem sido captar a atenção dos mais novos. “É importante explicar-lhes que se trata de uma modalidade variada – com corrida, saltos e lançamentos. Por isso, as disciplinas que vamos implementar também irão depender da vocação dos atletas”, revela Luís Gaspar. Para já, os treinos de corrida acontecem às segundas, terças e quintas-feiras. Formação para todos os ritmos Em cidade de estudantes, formação não é palavra de ordem apenas para principiantes. A Escola tem ainda um grupo competitivo, com o qual colabora nos treinos e na marcação de presenças em provas, e é responsável pela dinamização de um grupo não-competitivo. A jóia anual de 50 euros dá direito a equipamento, acompanhamento médico e orientação técnica. Como sublinham os coordenadores, qualquer praticante recreativo que se inscreva no projecto tem direito às mesmas condições do que um atleta de competição, incluindo a inscrição na Associação Distrital de Atletismo de Coimbra. “Uma das nossas maiores apreensões com o crescimento da corrida em Portugal prende-se com a falta de preparação dos chamados atletas de pelotão. Um dos erros mais flagrantes é o excesso de treino. Há pessoas que fazem treinos de três horas, várias vezes por semana! O treino de corrida é apenas metade do compromisso. Depois há o trabalho de preparação física, reforço muscular, alongamentos, flexibilidade... É esta orientação metodológica que queremos proporcionar aos nossos atletas”, realça Mário Teixeira. O acompanhamento médico é outro dos aspectos valorizados. Todos os atletas fazem uma avaliação clínica, para saber se estão habilitados à prática desportiva. Como explica Luís Gaspar, a diferença desta estrutura também se materializa num conjunto diversificado de serviços, que resultam da ligação jurídica à Associação Desportiva Casaense. “Temos um Departamento de Psicologia, um Departamento Médico, com consultas de fisioterapia e nutrição, e um Departamento Técnico. Não queremos ser os melhores, mas queremos ser diferentes e inovadores”, assegura. Para já, estão a conseguir ser as duas coisas. Em Janeiro, a Escola de Atletismo de Coimbra alcançou excelentes resultados nos Campeonatos Distritais de Pista Coberta – 1.º lugar nos 3 000 metros e 2.º lugar nos 1 500 metros. Também tiveram uma prestação meritória no 22.º Campeonato Nacional de Estrada e em várias provas de estrada. Uma das figuras da equipa de competição é o veterano Álvaro Coelho, com quem nos cruzámos no dia da reportagem: “Os atletas sentem-se acarinhados e com muita vontade de representar condignamente a equipa. O meu conselho para quem vai ler a revista Venham experimentar!” Marque na agenda! Além da aposta na formação, a Escola de Atletismo de Coimbra tem procurado dinamizar a prática desportiva na região através da organização de eventos de corrida. Calce as sapatilhas e parta à descoberta dos encantos da Beira Litoral na 2.ª Sanfil Corrida Académica de Coimbra, no dia 28 de Junho.

RUNning #27
RUNning #26
RUNning #25
RUNning #24
RUNning #23
RUNning #22
RUNning #21
RUNning #20
RUNning #19
RUNning #18
RUNning #17
RUNning #14
RUNning #10
RUNning #9
RUNning N.º 8