associação dos funcionários públicos do município de são bernardo ...

associacaoclube.com.br

associação dos funcionários públicos do município de são bernardo ...

FESTIVAL DE PESCA

Noturno 2011

DO REGULAMENTO

Este regulamento rege o Festival de Pesca, a ser realizado às margens da Represa Billings, na

Sede Náutica da A.F.P.M.S.B.C.

DAS INSCRIÇÕES

Art. 1º - Poderão participar do Festival, todos associados da A.F.P.M.S.B.C., devidamente

inscrito até o dia 24/03. A idade mínima para participar é de 11 anos.

Art. 2º - Havendo número de inscritos menor do que o número de baias disponível, durante o

evento, a critério da Comissão Organizadora, poderão ser aceitas novas inscrições.

DOS HORÁRIOS

Terá a duração de 03 (três) horas; sendo que o sorteio será às 18h30, e seu inicio está

marcado para às 19h e termino às 22h na sexta-feira do dia 25/03/2011. Este prazo pode

ser alterado, conforme resolução da Organização.

DA PONTUAÇÃO

Art. 4º - Cada espécime de peixe terá uma pontuação de 01 a 06 pontos:

Tuvira 01 ponto Bagre 04 pontos

Kará 01 ponto Traíra 05 pontos

Tilápia 01 ponto Carpa 06 pontos

Lambari 03 pontos

Obs: A pirambóia não tem pontuação.

DA PREMIAÇÃO

Art. 5º – Através da pontuação a premiação oferecida pela A.F.P.M.S.B.C., será a seguinte:

1º ao 3º Lugar, na somatória das espécimes:

Campeão

Vice Campeão

Troféu, vara e molinete;

Troféu, vara e caixa de pesca;

Terceiro Colocado Troféu e vara;

Maior peixe (mais pesado)

Troféu.

DAS DISPOSIÇÕES GERAIS

Art. 6º - A organização do Torneio demarcará as baias de competição, onde estarão

dispostos os participantes, podendo as mesmas serem em qualquer número e tamanho entre

01 (um) e 03 (três) metros cada, a critério da organização, dependendo do número de

associados inscritos.


Art. 7º - As baias numeradas serão sorteadas no dia da realização do evento, 30 (trinta)

minutos antes do seu início, ou seja, às 18h30 na sexta-feira dia 25/03.

Art. 8º - Cada participante, não poderá, em hipótese alguma, ultrapassar os limites que

demarcam a sua baia.

Art. 9º - Os concorrentes iniciarão e terminarão a pescaria, após o apito do comitê

organizador.

Art. 10 - Após o término da pescaria todos os pescadores, deverão ficar atrás da sua baia

enquanto a Comissão Organizadora recolherá os peixes fazendo a contagem, pesagem e

medida da primeira baia até a última.

Art. 11 - Cada competidor poderá utilizar-se de no máximo 02 (duas) varas concomitante de

qualquer tipo com qualquer acessório, salvo o observado no artigo 12.

Art. 12 - Os concorrentes poderão fazer uso de descansos para as varas que serão utilizadas.

Art. 13 - Em cada vara, só será permitida a utilização de 01 (uma) linha e no máximo 02

(dois) anzóis.

Art. 14 - Não será permitida a entrada na água de nenhum concorrente durante a realização

do evento, sob pena de eliminação da competição, nem mesmo com a finalidade de retirar

possível enrosco de linha.

Art. 15 - Será permitida a utilização de qualquer tipo de isca pelos concorrentes.

Art. 16 - Caso algum competidor pescar a pirambóia, esta não contará para efeito de

pontuação.

Art. 17 - Não será permitida a presença de nenhuma pessoa, salvo o pescador na baia de

competição, nem a pretexto de colaboração.

Art. 18 - Será permitida a utilização de CEVAS OU QUALQUER OUTRO TIPO DE ESTIMULANTES

PARA ATRAIR OS PEIXES.

Art. 19 - O tamanho do peixe, que for retirado da água deverá obrigatoriamente ter no

mínimo 12 cm, conforme o “gabarito”, caso o peixe for menor, deverá ser solto na água.

Art. 20 - Em caso de 02 (dois) anzóis, de 02 (dois) competidores diferentes, fisgarem o

mesmo peixe no mesmo instante, será considerado proprietário do peixe o competidor que

tiver o anzol na boca, ou mais próximo da boca do peixe.

DOS DESEMPATES

Art. 21 - Ocorrendo o empate entre 02 (dois) ou mais concorrentes em espécimes pescados,

o desempate ocorrerá através dos seguintes critérios, obedecendo a ordem:

1 – Total de peso entre as espécimes;


2 – Maior peixe pescado em comprimento (tamanho).

Art. 22 - Os casos omissos serão julgados pela Comissão Organizadora.

DO TROFÉU TRANSITÓRIO

Art. 23 - Existe a disputa do Troféu Transitório no qual o associado que for campeão do

mesmo 03 (três) vezes consecutivas ou 05 (cinco) vezes alternadas ficará de posse definitiva.

COMISSÃO ORGANIZADORA

Carlos Roberto Maciel

José Carlos Machado

Sérgio Nani Baffile

- Assessor da Sede Náutica

- Supervisor de Esportes

- Supervisor de Esportes

São Bernardo do Campo, 02 de fevereiro de 2011.

More magazines by this user
Similar magazines