download - OPEC

opec.eventos.com.br

download - OPEC

Por que escolhemos investir no

mercado de madeira tropical?


O Brasil possui uma

superfície de 470 milhões de

ha de florestas nativas.

Fonte: FAO 2005


Apenas 45% da cobertura florestal

nativa é considerada como de

produção: 210 milhões de ha.

Fonte: FAO 2005


O Estado de São Paulo

Consome de 15% a 20% da madeira tropical

brasileira.

70% é utilizada na construção civil.

Fonte: Sinduscon São Paulo


Estado de São Paulo

Principais problemas dos depósitos de madeira tropical serrada com

seus fornecedores:

• Incerteza quanto a continuidade no fornecimento

regular de madeira

• Oscilação no padrão de qualidade

• Descumprimento de prazos de entrega

• Ausência de certificação

• Madeira de origem duvidosa

Fonte: Pothencia, Imazon, Imaflora – 2001 e 2010


Florestas Nativas Brasileiras

Principais obstáculos ao manejo:

• Distância dos pólos consumidores

• Escassez de espécies com alto valor econômico

• Não padronização da madeira

• Desperdício no processo de extração

• Impacto ambiental na retirada

• Áreas de difícil acesso e transporte

• Problemas técnicos na identificação de indivíduos

• Ilegalidade

• Complexidade na fiscalização e controle


Florestas Plantadas de Madeira

Tropical Brasileira

Vantagens:

• Maior produtividade por ha - espaçamento 2X2.


Florestas Plantadas de Madeira

Tropical Brasileira

Vantagens:

• Proximidade dos centros de consumo e/ou portos.


Florestas Plantadas de Madeira

Tropical Brasileira

Vantagens:

• Controle de Qualidade da Madeira.


Florestas Plantadas de Madeira

Tropical Brasileira

Vantagens:

• Planejamento de Produção.


Florestas Plantadas de Madeira

Tropical Brasileira

Vantagens:

• Melhoramento genético da espécie.


Florestas Plantadas de Madeira

Tropical Brasileira

Vantagens:

• Alta rentabilidade por ha.


Guanandi

(Calophyllum brasiliense)

Primeira madeira de lei do Brasil


Ipê Rosa

(Tabebuia Pentaphylla)

Madeira conhecida e valorizada no

Brasil e no exterior.


Canafístula

(Peltophorum dubium)

Madeira de ciclo curto, muito utilizada na

construção civil e na fabricação de móveis

e guarnições.


Programa de Melhoramento Florestal

Objetivos:

• Plantios homogêneos;

• Aumentar o incremento volumétrico em 50%;

• Diminuir o tempo de corte em até 03 anos;

• Aumentar a resistência à pragas.

• Aumentar a sobrevivência em 80%.


Programa de Melhoramento Florestal

Canafístula Comum

• Idade: 10 meses

• Altura: 5,5 metros

• Diâmetro: 51,14 mm


Programa de Melhoramento Florestal

Canafístula superior

• Idade: 10 meses

• Altura: 7 metros

• Diâmetro: 85,53 mm


Programa de Melhoramento Florestal

Guanandi Comum

• Idade: 1,5 anos

• Altura: 2,15 metros

• Diâmetro: 41,83 mm


Programa de Melhoramento Florestal

Guanandi Superior

• Idade: 1,5 anos

• Altura: 2,95 metros

• Diâmetro: 61,69 mm


Sistema de Irrigação e Fertirrigação

- Controla a quantidade de água e fertilizantes

- Aumenta a produtividade em torno de 30%

- Tecnologia própria – baixo custo de implantação


Espaçamento

Guanandi - Calophyllum brasiliense

2X2, 3X2

Desbastes

Clonagem

Ciclo de Corte

Rebrota

Podas

Manejo – água e adubação

Produtividade

02 – 06 e 10 anos

Sim

18 anos

Não

Sim

Fertirrigação (06 anos)

17m3 ha ano


Espaçamento

Canafístula - Peltophorum dubium

2X2

Desbastes

Clonagem

Ciclo de Corte

Rebrota

Podas

Manejo – água, adubação

Produtividade

01

Sim

08 anos

Sim

Sim

Fertirrigação (03 anos)

28m3 ha ano


Ipê Rosa - Tabebuia pentaphylla

Espaçamento

Desbastes

Clonagem

Ciclo de Corte

Rebrota

Podas

Manejo – água, adubação

Produtividade

2X2

01

Não (seminal)

14 anos

Não

Sim

Fertirrigação (03 anos)

20 m3 ha ano


Riscos

• Competição com a madeira ilegal;

• O desafio da domesticação das

espécies;

• Substituição parcial do uso da

madeira nobre por outras madeiras

e\ou materiais;

• Retorno de médio a longo prazo.


Serviços Pothencia

• Mudas Superiores

• Assessoria técnica

• Implantação e Gestão de Florestas

• Sistema de Irrigação e Fertirrigação

• Financiamento próprio


www.pothencia.com.br

More magazines by this user
Similar magazines