09.05.2015 Views

"CORSAN: gestão por resultados" - Eduardo Carvalho

"CORSAN: gestão por resultados" - Eduardo Carvalho

"CORSAN: gestão por resultados" - Eduardo Carvalho

SHOW MORE
SHOW LESS

You also want an ePaper? Increase the reach of your titles

YUMPU automatically turns print PDFs into web optimized ePapers that Google loves.

GESTÃO POR RESULTADOS


Informações Institucionais

Água

98% de Cobertura

347 localidades atendidas

7 milhões de pessoas abastecidas

179 Estações de Tratamento de

Água

756 poços

Volume anual produzido:

508,2 milhões m3


Informações Institucionais

Esgoto

12,95% população atendida

27 localidades com Estações de

Tratamento operando

14 localidades com coleta e

afastamento.


Contexto

1.Nova visão das

Partes Interessadas

2.Lei de Saneamento 11.445

“Governança Regulatória”

3.Contratos de Programas

parceria CORSAN/Municípios

4.Contrato Gestão CORSAN

Governo do Estado


Contexto

1.Nova visão das

Partes Interessadas


1.Nova Visão das Partes Interessadas

(expectativas)

Acionistas:

Cultura de gestão por resultados alinhados às diretrizes do

Governo do Estado:

Desenvolvimento Social: ampliação e universalização do

esgotamento sanitário

Gestão Pública: P

Modernizar serviços públicos

Gestão de recursos humanos focada na qualificação do servidor

Implantar modelo de gestão pública pautado em resultados


1.Nova Visão das Partes Interessadas

(expectativas)

Clientes/Usuários:

Mais exigentes, maior poder de comparação e órgãos de defesa

do consumidor

Empregados:

Condições de trabalho, reconhecimento, comunicação ágil ,

interação com lideranças e entre as áreas de trabalho

Fornecedores:

Critérios claros que definam a contratação, recebimento justo e

em dia por serviços que atendam as especificações da

CORSAN


1.Nova Visão das Partes Interessadas

(expectativas)

Sociedade:

Maior preocupação com o meio ambiente e com os aspectos

éticos

Prefeituras:

Qualidade de produtos e serviços

Parceria no planejamento (obras)

Investimentos

Preço adequado

“A CORSAN é a empresa terceirizada para serviços de

saneamento nos municípios.”


Contexto

2.Lei de Saneamento 11.445

“Governança Regulatória”


2. Lei de Saneamento 11.445

Princípios

pios:

Universalização

Eficiência e sustentabilidade econômica

Controle social

Transparência das ações

Integração de infra-estruturas

Serviços com gestão dos recursos hídricos.


2. Lei de Saneamento 11.445

Requisitos:

Planejamento dos serviços

Sistema contábil para identificar, registrar,

demonstrar: custos, receitas e investimentos

“Contratualização” (parceria)

Regulação com independência financeira e

autonomia administrativa e financeira


Contexto

3.Contratos de Programas

parceria CORSAN/Municípios


3.Contrato de Programa

Nova forma de “contratualização”:


3.Contrato de Programa

Finalidades

Atender ás exigências legais e

garantir a consolidação das

relações entre o titular e o

prestador de serviços.

Padronizar procedimentos.

Incorporar indicadores de

desempenho.

Incluir a designação de entidade de

regulação e fiscalização, conforme

prevê a lei de saneamento

aprovada em jan/07.


Contexto

4.Contrato Gestão CORSAN

Governo do Estado


4.Contrato de Gestão Corsan com Governo

do Estado do RS 2008 a 2011

Documento que estabelece os compromissos

entre CORSAN e Governo do Estado do RS:

Assegurar o aumento da produtividade e

qualidade dos serviços prestados;

Melhorar a condição econômico-financeira;

Satisfação dos clientes;

Compatibilização estratégica da CORSAN

com as diretrizes e políticas do governo.


4.Compromissos Qualitativos e Quantitativos

GOVERNO DO ESTADO

Contrato de Gestão

CORSAN

Indicadores e

metas de

desempenho

Indicadores e

metas de

desempenho

Contratos de Resultado

UNIDADES DE SANEAMENTO


Programa de Melhoria da Gestão

Corporativo

• Melhoria dos principais resultados -

chave

• Indicadores e Metas

• Sistematização de Processos

• Mapa Estratégico

– BSC

• Renovação Contratos de Programa

Unidades Regionais

Unidades Saneamento

• Sistema de Gestão

PNQS / PGQP

RESULTADOS

Tecnologia da

Informação

e Comunicação

• Diagnóstico de TIC

• Governança a de TIC

• TI aplicada às s ações a

Comerciais,

Operacionais e Administrativas


Resultados

Melhoria dos processos

Integração das áreas (visão sistêmica)

Qualidade de produtos e serviços

Imagem da Empresa

Financeiros

Relacionamento com as partes interessadas

Capacitação e motivação dos empregados

Cultura de planejamento, medição e controle


Programa de Melhoria da Gestão

Corporativo

• Melhoria dos principais resultados - chave

• Indicadores e Metas

• Sistematização de Processos

• Mapa Estratégico – BSC

• Renovação Contratos de Programa

RESULTADOS


Histórico Corporativo

Gestão 2003 / 2006

“Orçamento Responsável

vel”

despesas x receitas

capacidade de investimentos

Gestão voltada para resultados

Implantação do Programa de Melhoria de Gestão – PMG (julho / 2004)

Consolidação da Metodologia do Planejamento Estratégico “BSC”

Implantação do Programa de Participação nos Resultados - PPR

APO – SUPLAG / DEINFO – SUTEC / AJUR – SUPEJ

Decisão de disseminar as práticas de excelência nas Unidades

Mapeamento dos processos corporativos

SUCONT Obtenção ISO 9001/2000

SITEL Manutenção da ISO 14.001

DEAL Manutenção da ISO 17.025


Planejamento Estratégico 2008·2011

2011


Alinhamento Estratégico

Governo do Estado

Projetos Estruturantes

SEHADUR

Programa Gaúcho de Saneamento

CORSAN

Planejamento Estratégico

Plano Plurianual 2008 · 2011

Programas e Projetos


Valores

VISÃO

Ser referência na qualidade da prestação dos

serviços de abastecimento de água e de

esgotamento sanitário no Rio Grande do Sul

e no Brasil.

MISSÃO

Promover o saneamento ambiental, com

preço justo e excelência nos serviços,

cumprindo o papel social da Companhia.


Foco Estratégico

Adequação dos processos da

CORSAN à nova Lei de Saneamento e

às obrigações assumidas no Contrato

de Programa, maximizando a

capacidade de investimento, a redução

de perdas, a priorização do

esgotamento sanitário e a qualidade

dos serviços prestados.


Objetivos Estratégicos

Perspectiva Financeira

Aprimorar os conceitos de Governança

Corporativa.

Garantir a sustentabilidade financeira.

Obter recursos para investimentos.


Objetivos Estratégicos

Perspectiva Clientes

Ser reconhecida como empresa pública

estadual de excelência com

responsabilidade sócio-ambiental.

Comunicar-se eficientemente com o

mercado.

Conquistar e fidelizar clientes através da

prestação de serviços e do fornecimento

de produtos com qualidade.


Objetivos Estratégicos

Perspectiva Processos Internos

Otimizar os processos visando o aumento da

arrecadação e a redução de custos

operacionais.

Contribuir para a preservação do meio

ambiente e dos recursos hídricos.

Ampliar a cobertura do abastecimento de

água e do esgotamento sanitário.

Adequar o modelo de gestão empresarial ao

novo contexto do saneamento.


PMG e o Mapa Estratégico

Perspectiva Aprendizado Organizacional

Fomentar a implantação de sistemas de

gestão baseado nos modelos PNQ - PGQP,

PNQS e ISO, perseguindo a excelência nos

processos

Buscar o permanente desenvolvimento

organizacional, tecnológico e de recursos

humanos fortalecendo a cultura do trabalho

orientado a resultados


Programa de Melhoria da Gestão

Unidades Regionais

Unidades Saneamento • Sistema de Gestão

PNQS / PGQP

RESULTADOS


Programa de Melhoria da Gestão

Histórico a partir de 2004

Decisão de disseminar práticas de excelência nas Unidades

Adoção dos critérios do PNQS, PGQP e GESPÚBLICA

Porque a opção pelo Modelo de Excelência da Gestão -

PGQP/PNQS?

Focado à melhoria dos processos

Método reconhecido mundialmente e com boa disseminação

Uniformidade de linguagem e comunicação interna e externa

Mudança na cultura e na imagem da CORSAN

Foco em planejamento, medição e melhoria de resultados

PDCA


Implantação PMG

Principais Estratégias:

Voluntariado

Exemplaridade de práticas e de resultados

Desenvolvimento das pessoas

Constância de propósitos

Comunicação

Foco em processos

Implantação em todos os níveis

Desenvolvimento de parcerias internas

Orientação para resultados


Evolução na Adoção das Práticas de

Gestão

Liderança

Maior aproximação da Unidade com as partes

interessadas:

Prefeitura, Câmara de Vereadores, Entidades

Sociais e outros

Entender para atender!

Sistematização do gerenciamento da Unidade:

formação das equipes da qualidade


Evolução na Adoção das Práticas de

Gestão

Liderança

Padronização:

ISO 9001/2000 e Gerenciamento da Rotina

de Trabalho do Dia a Dia - GRTD

Avaliações externas:

planos de melhoria do sistema gerencial,

reconhecimento e imagem


Evolução na Adoção das Práticas de

Gestão

Estratégias e Planos

Desdobramento do planejamento corporativo

nas Unidades, valorizando o diagnóstico local

Complementação da definição de metas,

comparação e no desdobramento das ações

Acompanhamento das ações e dos resultados

Práticas de análise crítica baseada em

indicadores de desempenho e em análise do

ambiente externo


Evolução na Adoção das Práticas de

Gestão

Clientes

Melhorias na infra-estrutura de atendimento

Metodologias que permitem conhecer as

necessidades e o nível de satisfação dos

clientes

Gerenciamento das reclamações

Práticas de pós-atendimento

Imagem da CORSAN na comunidade


Evolução na Adoção das Práticas de

Gestão

Sociedade

Mapeamento dos impactos sociais e

ambientais

Reforço no desenvolvimento de ações junto

à comunidade

Representação junto à conselhos, comitês e

outros


Evolução na Adoção das Práticas de

Gestão

Informações e Conhecimento

Foco nos indicadores de desempenho da

Unidade

Benchmarking: uso de informações

comparativas (práticas e resultados)

Desenvolvimento do capital intelectual

Uso do B.I. “SAN”

para disponibilizar

resultados mensais de 40 indicadores para

as Unidades


Evolução na Adoção das Práticas de

Gestão

Pessoas

Envolvimento e comprometimento das

pessoas para a melhoria dos processos

Implantação do Sistema de Gestão Integrado

- SGI

Capacitação com foco na melhoria da gestão

e dos resultados

Avaliação do clima organizacional


Evolução na Adoção das Práticas de

Gestão

Processos

Mapeamento e padronização dos processos:

GRTD

ISO

SGI


Evolução na Adoção das Práticas de

Gestão

Resultados

Adoção do Guia de Referência para a

Medição do Desempenho – GRMD

Resultados para empresas do saneamento

nas perspectivas:

- Econômicos-financeiros

- Clientes e mercados

- Sociedade

- Pessoas

- Processos principais do negócio e dos

processos de apoio

- Fornecedores


Programa de Melhoria da Gestão

RESULTADOS

Tecnologia da

Informação

e Comunicação

• Diagnóstico de TIC

• Governança a de TIC

• TI aplicada às s ações a

Comerciais,

Operacionais e Administrativas


Tecnologia da Informação e Comunicação

• Leitura

Sistemas Móveis

• Cadastro

• Serviços

Centros de Controle Operacional

• Automação

• Telemetria

• Geoprocessamento

Gerenciamento de Obras

Veículos Monitorados GPS

BSC / BI / ERP


Principais Realizações em 2008

A CORSAN obteve o maior lucro positivo da sua história, no

valor de R$ 211,9 milhões

125 mil pessoas com novos acessos a água tratada em 2008

81,4% dos investimentos realizados com recursos próprios

1 milhão de gaúchos atendidos com a promoção e estímulo de

ações socioambientais

Renovação de 74 Contratos de Programa com os Municípios

38 prêmios e manutenções de certificações conquistadas no

ano de 2008


Principais Realizações em 2008

Reestruturação organizacional

Racionalização e otimização de recursos

Implementação do Pregão Eletrônico

Centralização das compras

Economia de escala

Instalação de novos hidrômetros

Reajuste tarifário inferior a inflação do período

Investimentos em ampliação do SAA e SES – mais de R$ 1,1

bilhão até 2011

Contratação de 618 novos funcionários


Alguns resultados corporativos

340º maior do Brasil em vendas em 2007

28º maior estatal do Brasil por venda em 2007

8º maior em riqueza criada por empregado em

2007

54º maior da Região Sul em 2007

20º grupo brasileiro de serviços que mais

cresceu em Receita Bruta em 2007


Alguns resultados corporativos

2ª empresa mais lembrada na categoria

Empresa Pública Eficiente nas últimas três

edições (2007, 2008 e 2009) no Top Of

Mind, da Revista Amanhã, atrás somente

da ECT (Correios)


Resultados

Razão Operacional em %


Resultados

Custo dos Serviços em milhões de R$


Resultados

Receita Bruta em milhões de R$


Resultados

Lucro Líquido L

em milhões de R$


Resultados

Margem Líquida L

em %


Resultados

Rentabilidade do Patrimônio Líquido L

em %


Evolução da Participação das Unidades em Avaliações

Externas da Gestão


Reconhecimentos obtidos pelas Unidades da CORSAN

nas Avaliações Externas da Gestão


UNIDADES DA CORSAN PARTICIPANTES

DO PMG


Práticas de Gestão em andamento

Implantação do Sistema de Gestão Integrada - SGI

Certificação ISO 9001/2000: TI, suprimentos e SITEL

Ampliação do número de unidades organizacionais utilizando

sistema de gestão com base no MEG

Contrato de Resultados em todas as unidades de saneamento

Implantação de central de relacionamento com clientes


Práticas de Gestão em andamento

PESSOAS

QUALIDADE DE

VIDA

METODOLOGIA

RESULTADOS

EM

SANEAMENTO

SAÚDE

TECNOLOGIA

MEIO AMBIENTE


Muito Obrigado!

Eduardo Barbosa Carvalho

Diretor Técnico da CORSAN

eduardo.carvalho@corsan.com.br


PARA O RIO GRANDE CRESCER, SANEAMENTO É BÁSICO!

Hooray! Your file is uploaded and ready to be published.

Saved successfully!

Ooh no, something went wrong!