Linha do Oeste - Comboios em Portugal

portugalferroviario.net

Linha do Oeste - Comboios em Portugal

http://combport.pt.toComboios em Portugal(fotografia e história)Estação da Marinha Grande(Linha do Oeste)Julho de 2004http://combport.pt.toTexto: João Pedro JoaquimFotos: João Pedro JoaquimHistóriaFoi em 1885 que a Companhia RealNota IntrodutóriaA estação da Marinha Grande, queserve esta cidade vidreira da costa litoralcentro, encontra-se ao km 150 da Linha doOeste. A sua localização face ao centro dacidade da Marinha Grande é satisfatória,distando cerca de um quilómetro e meio. Noentanto não existe qualquer tipo de transportepúblico para a estação, desde a privatização daantiga Rodoviária Nacional, dificultando destemodo a deslocação dos potenciais passageirosde e para a estação.dos Caminhos-de-ferro iniciou em Lisboa aconstrução da Linha do Oeste. Só em 1888,dois anos e meio depois, chegou à MarinhaGrande. Por esta altura a Marinha Grande viviauma fase de forte industrialização, em especialna indústria vidreira, necessitando de formasde transporte para ligação ao resto do país, demodo a poder escoar os seus produtos. Coubeà Linha do Oeste vir solucionar este grandeproblema, que se arrastava há já muitos anos.04.Jul.200313.Jun.2004Agulha de entrada do lado SulO terreno onde a estação da MarinhaEdifício Principal e cais de embarque vistos do lado SulGrande foi edificada, o antigo Pinhal dosCortiços, foi cedido pela Real Fábrica de Vidros.Comboios em Portugal 1/5


http://combport.pt.toA inauguração desta estação aconteceu a 8 deOutubro de 1888. Na ocasião estiverampresentes as autoridades locais, acompanhadaspor muito povo, banda de música e foguetes,para dar as boas vindas ao imponente comboioque pela primeira vez passava na MarinhaGrande.onde encontraram melhores condições detrabalho, na então próspera indústria vidreira.07.Out.200531.Dez.2002Automotoras 0462+0467 em UM aguardando partida comum Regional Figueira da Foz -> MeleçasEdifício Principal e cais de embarque antes da beneficiação de 2004Tal como referido anteriormente, com achegada do caminho de ferro, a MarinhaGrande viu resolvidos muitos dos problemasque vinham dificultando o seudesenvolvimento, pois permitiu o escoamentorápido de produtos aqui manufacturados eproduzidos, além de permitir a deslocação fácile rápida aos grandes centros urbanos (Lisboa,Porto e Coimbra).A estação da Marinha Grande foi até àdécada de 40 uma das de maior movimento daLinha do Oeste, devido ao transporte demadeiras e vidros.A título de curiosidade, fica ainformação de que muitos dos trabalhadoresempregados na construção da Linha do Oesteficaram posteriormente na Marinha Grande,PresenteActualmente, e desde Fevereiro de2001, a estação da Marinha Grande encontraseeclipsada 24 horas por dia, 7 dias porsemana. Com a exploração da infra-estruturaferroviária pela Refer e o pouco tráfegoferroviário que actualmente se regista, naLinha do Oeste apenas se mantêm abertas asestações que interferem no tráfego(principalmente aquelas onde se efectuamcruzamentos). Com a necessidade de ter aestação da Martingança (ou a de Pataias) 1quase sempre guarnecidas (por causa doscomboios de cimento da Maceira/Pataias) aestação da Marinha Grande deixou de sernecessária para controlo do tráfego. Como tal,a Refer optou pelo seu desguarnecimento,mantendo no entanto toda a infra-estruturafuncional 2 . É, portanto, possível e fácil voltar a1 Estações que distam poucos quilómetros da MarinhaGrande.2 Nomeadamente foram mantidas todas as vias, as agulhasestão funcionais e os sinais de entrada na estaçãoComboios em Portugal 2/5


http://combport.pt.toter a estação da Marinha Grande activa. Bastaque o tráfego assim o exija.26.Abr.200404.Jul.2003Automotora 0366 à chegada com um RegionalFigueira da Foz -> Caldas da RainhaAinda sobre os passageiros, a afluênciaAutomotora 0324 após partida com um RegionalFigueira da Foz -> Caldas da Rainhadestes é razoável, sendo provavelmente umadas estações da Linha do Oeste com maisMas enquanto tal não acontece, o movimento. Felizmente todos os horários deserviço de passageiros é efectuado num regime passageiros (Regionais, InterRegionais ede apeadeiro. Os passageiros aguardam na InterCidades) efectuam paragens comerciaisplataforma (todo o edifício da estação na Marinha Grande.encontra-se fechado, com excepção do 1º09.Set.2005andar que actualmente é moradia de doisantigos chefes de estação), sem qualquerinformação sobre o estado do comboio 3 , tendode adquirir o bilhete dentro dos comboios,junto do revisor. De notar que a entrada naestação se efectua por um pequeno portão, quenão é mais do que uma porta das traseiras. Éuma pena a Refer não manter, através deacordos com a Câmara Municipal da MarinhaGrande ou da Junta de Freguesia, a sala deLocomotiva 1973 à passagem em marcha isolada comdestino às Caldas da Rainhaestar aberta, para maior conforto dosA nível de mercadorias já nada existepassageiros.numa estação onde outrora era possível veruma plataforma cheia de encomendas postais(curiosamente dos poucos comandados electricamente enão mecanicamente, em Portugal) estão operacionais. Aa serem carregadas ou descarregadas de umlongo comboio de mercadorias 4 .sala do chefe da estação encontra-se igualmenteoperacional.4 Esta é uma memória visual do autor destas linhas, aindanão há muitos anos, no final da década de 80.Comboios em Portugal 3/5


http://combport.pt.toFuturoO futuro da estação da Marinha Grandeé totalmente incerto. A nível de mercadoriaspoderia e dever-se-ia apostar na indústriavidreira, sem esquecer os outros tipos deindústria. No que diz respeito aos passageiros,apenas a melhoria dos horários para Lisboa eLinha do Norte poderá atrair mais passageiros.Se tudo se mantiver como até aqui, a tendênciaserá para o afastamento da população destemeio de transporte.comandada remotamente, permitindocruzamentos sempre que tal se verifiqueproveitoso. Mas esta é uma mera possibilidadeem que actualmente não faz sentido apostar,pois os seus custos seriam demasiado elevadosface ao pouco de tráfego que se verifica nestalinha hoje em dia. No entanto, sonhar nãocusta…13.Jun.200421.Fev.2004Locomotiva 1422 à chegada com um InterCidadesLeiria -> Lisboa-OrienteAutomotoras 0602+0601 em UM aguardando partida comum InterRegional Cacém -> Figueira da FozQuanto ao guarnecimento da estação,tudo dependerá do tráfego que a CP, ou outracompanhia que possa entretanto apostar naLinha do Oeste, criar. Caso seja necessárioalgum cruzamento na Marinha Grande,certamente a estação voltará a ser guarnecida.Caso tal não se verifique, o futuro será igual aoseu presente, estação em eclipse permanente.Existe ainda a possibilidade de a Referdotar a Linha do Oeste de controlo de tráfegocentralizado ao invés do actual regime deexploração em cantonamento telefónico. Nestecaso, a estação da Marinha Grande poderia serBibliografia:Cidade da Marinha Grande, de JoãoRosa Azambuja, 1995.Comboios em Portugal 4/5


http://combport.pt.to26.Mar.2004Comboios em Portugal(fotografia e história)http://combport.pt.to/Julho de 2004Texto: João Pedro JoaquimFotos: João Pedro JoaquimEntrada do lado Norte da estação da Marinha GrandeComboios em Portugal 5/5

More magazines by this user
Similar magazines