Edição 115 download da revista completa - Logweb

logweb.com.br
  • No tags were found...

Edição 115 download da revista completa - Logweb

ef e r ê n c i a e m l ogística| www.logweb.com.br |UM NÍVEL ACIMAEM SISTEMASPARA DOCAS


2 | edição nº115 | Set | 2011 |


| edição nº115 | Set | 2011 |3referência em logísticaPublicação mensal,especializada em logística,da Logweb Editora Ltda.Parte integrante do portalwww.logweb.com.brtwitter: logweb_editoraEditorialReconhecimentoaos melhoresOs artigos assinados e os anúncios não expressam, necessariamente, a opinião da revista.Redação, Publicidade, Circulação e Administração:Rua dos Pinheiros, 240- conj. 12 05422-000 - São Paulo - SPFone/Fax: 11 3081.2772Nextel: 11 7714.5379 ID: 15*7582Redação:Nextel: 11 7714.5381 ID: 15*7949Comercial:Nextel: 11 7716.5330 ID: 15*28966Editor (MTB/SP 12068)Wanderley Gonelli Gonçalvesjornalismo@logweb.com.brRedaçãoMariana Mirrha (MTB/SP 56654)redacao2@logweb.com.brRafael Mainardiredacao3@logweb.com.brDiretoria ExecutivaValeria Limavaleria.lima@logweb.com.brMarketingJosé Luíz Nammurjlnammur@logweb.com.brAdministração/FinançasLuís Cláudio R. Ferreiraluis.claudio@logweb.com.brDiretoria ComercialMaria ZimmermannCel.: 11 9618.0107 / 11 7714.5378Nextel: ID 55*15*7581maria@logweb.com.brAssistente ComercialJúlia Gonçalvescomercial.2@logweb.com.brGerência de NegóciosNivaldo ManzanoCel.: 11 9701.2077nivaldo@logweb.com.brProjeto Gráficoe DiagramaçãoLeamdro MàrckEsta edição da revista inclui o caderno Top do Transporte,evento realizado em parceria pelas revistas Logweb e Frota&Ciae que chega à sua quinta edição, homenageando as melhorestransportadoras em dez segmentos – automotivo, calçados,eletroeletrônico, farmacêutico, têxtil, químico/petroquímico,perfumaria, cosméticos e higiene pessoal, metalúrgico/siderúrgico,brinquedos, papel e celulose.E, o mais importante: a indicação dos melhores é feita pelospróprios embarcadores, o que confere à premiação um caráterde reconhecimento, de realidade com o dia a dia dos segmentos,credibilidade e completa isenção por parte dos organizadores,que apenas tornam pública a preferência dos representantes dossegmentos envolvidos.Assim, o caderno especial apresenta, além de informações sobreas primeiras colocadas, o perfil de todas as indicadas, a relaçãodas empresas votantes, uma análise dos segmentos envolvidos napremiação e as normas da eleição, tornando-se, além de uma formade reconhecimento impresso do trabalho das transportadoras, umaimportante fonte para a contratação de fretes por parte do mercado.Juntam-se a estas informações outras oferecidas por mais umamatéria que também já atraiu a atenção do mercado: a queaborda os investimentos realizados e a serem realizados pelosOperadores Logísticos e pelas transportadoras. Além de mostraro que cada empresa está fazendo para enfrentar a concorrência eatender melhor ao mercado, esta matéria serve como fonte para arealização de negócios por parte dos fornecedores de produtos eserviços que atendem a este universo de empresas.E, por falar em Operadores Logísticos e transportadoras, outrodestaque da presente edição: o guia setorial, agora jogando luzessobre o setor supermercadista.Além da análise do setor, a referida matéria ainda incluitabelas com dados operacionais e de infraestruturade algumas empresas que atendem a este segmento,novamente oferecendo aos leitores a oportunidade deconhecer o mercado onde atua e também de realizarnegócios.Wanderley Gonelli GonçalvesEditor


4 | edição nº115 | Set | 2011 |SumárioEditorialReconhecimento aos melhores .................................................. 3Carta ao leitorVamos abrir os olhos? ............................................................. 5EspecialLogística aprofundada ainda é escassa naconstrução civil........................................................................ 6Nova empresaARM Armazéns Gerais surge como mais uma opção para soluçõeslogísticas no mercado.............................................................. 10EquipamentosGreenext anuncia sua entrada no mercado brasileiro comrebocadores elétricos............................................................... 11PaletesMatra do Brasil traz linha de produção espanhola e aumenta filiais .12MotocicletasAmericana, SP, recebe novo CD de motos e peças da Tecmoto ... 14AutomóveisFábrica e CDs no Brasil: Chery confirma e JAC Motors seguecautelosa ............................................................................. 16SegurançaTracker lança solução 360 0 para monitoramento e gerenciamentologístico de frota .................................................................. 18Compsis desenvolve tecnologia antifurto SMV Pró 4.0 ............ 20TICEO da Tlantic fala sobre modelo em prolda logística sustentável........................................................... 22DepósitoBasf implanta depósito vertical 100% automatizado no ComplexoQuímico de Guaratinguetá, SP ................................................ 24Especial Top do Transporte................................................................ 26Destaque para o reconhecimento, por partedos embarcadores, às melhores empresas emdez segmentos de mercado........................................... 64............................................... 28PeixeGrupo KarneKeijo firma parceria paraimportação de salmão da chilenaSuper Salmóna........................... 32Logística & Meio AmbienteCombustívelKimberly-Clark e GrupoPão de Açúcar fechamparceira sustentável.................... 34EspecialOperadores Logísticos etransportadoras revelam seusinvestimentos ............................ 38Negócio FechadoAmstedMaxion desenvolve vagão paraa Brado Logística ...................... 46Mercado DiversificadoSem poder errar, SAX planejae executa logística de grandeseventos ................................... 48RodoviárioNa Seqtra, utilização do SLIIC poderá serexpandida para embarcadores ...... 50Distribuição e transporteEntraves logísticos ainda atrapalhamsetor supermercadista .............. 52Agenda Outubro 2011............................................... 60


| edição nº115 | Set | 2011 |5Carta ao leitorVamos abrir os olhos?Prezado leitor,Mais uma vez o assunto em pauta, não o da revistaLogweb, mas, sim, da economia mundial, é a famigeradacrise internacional. E de novo o grande protagonista dahistória são eles: os Estados Unidos.É mesmo triste quando analisamos o passado e vemosque a grande potência mundial só está economicamentebem quando está por traz das guerras, não como osmocinhos nem os bandidos da história, mas, sim, comoos fomentadores e fornecedores de lamentáveis eventos.Fora isso, parece que o Tio Sam não sabe equacionar pazcom crescimento econômico. E nessa toada, muita gentevai de arrastão. Hoje, o jogo está se invertendo e estamosvendo todo o planeta sofrer por conta disso, porém, emvários lugares, menos que em outros tempos. A crisebate à porta de Brasil e China, mas com certo receio denão ser atendida de pronto! Países como o nosso, que jálutaram e ainda lutam contra suas próprias resistências,aprenderam muito e já souberam se defender umavez e saberão novamente como enfrentar essa novaameaça. Será difícil sairmos ilesos por completo, porém,e novamente, com certeza, sairemos mais fortes sim.Ainda com tanta incerteza de um futuro próximo, vemosos novos tigres asiáticos desembarcarem com força nomercado nacional, a fim de abocanhar um belo filão queestá a espera de quem se candidatar. É notável o queouvi dia desses de um presidente de marketing de umagrande montadora instalada no Brasil já há muito tempo:“não vamos deixar de aparecer para nosso mercado commedo da crise, pois os aventureiros estão chegando e portodos os lados”. É mesmo necessário cuidar de todos osdetalhes. Cortar verba de marketing, nem pensar!No passado, muitos que aqui chegaram e também foramvistos, de certa forma, como aventureiros,hoje formam a plataforma da economianacional. Sem trocadilho, olhosabertos pessoal!Luís Cláudio Ravanelli FerreiraDiretor Administrativo/Financeiroda Logweb Editora


6 | edição nº115 | Set | 2011 |EspecialLogística aprofundada ainda éescassa na construção civilEmbora ainda deixe a desejar, a logística nos canteiros de obras já começa a ser implementada, comoforma de minimizar custos e aumentar a eficiência. Sem contar o fato de ser um elemento fundamentalpara enfrentar o aumento da concorrência, em razão da boa fase pela qual passa o setor.Apesar da boa fase pelaqual passa o setorde construção civil,algumas partes do processode crescimento, como umaboa logística implementadadurante todo o processo deconstrução, inclusive noscanteiros de obras, aindadeixam a desejar. Partesfundamentais de qualquerprojeto e que deveriamreceber atenção especialem planos logísticos, oscanteiros ainda sofremcom poucas estratégiasque busquem otimizar otrabalho da mão de obraante a diminuição dedesperdícios comuns durantea construção.Ao longo dos anos sepercebeu uma intençãopouco maior em reorganizaras diversas fases dosprojetos de construção deobras, sejam grandes oupequenas, por meio delogísticas bem estudadas eaplicadas. A competitividadeentre as empresas, frutode fatores como a maiorexigência em qualidade porparte dos clientes e escassezde financiamentos, obrigouas companhias a começarema pensar, mesmo que aindamuito lentamente, emsoluções para conquistaro mercado consumidor,buscando profissionais comoprojetistas de canteiros.“Um grande salto namelhoria da construção e,consequentemente, doscanteiros de obra foi arevisão da NR-18 (NormaRegulamentadora 18), em1995. Com a criação doPCMAT – Programa deCondições do Meio Ambientede Trabalho, as empresaspassaram a ser orientadasa fazer o projeto inicial docanteiro de obras – que eraaté então, praticamente,não utilizado. Com aNR-18, este documentopassou a ser obrigatóriopara canteiros com maisde 20 trabalhadores,difundindo a cultura depensar antecipadamenteo local de trabalho,prevendo e distribuindoespecialmente as áreasde vivência, de produção,de armazenamento, decirculação, de administração,etc.”, conta Sheyla Serra,professora do curso deEngenharia Civil e da pósgraduaçãoem ConstruçãoCivil da Universidade Federalde São Carlos (UFSCar).Rocha: “ainda encontramosmuitos canteiros improvisadose concebidos semqualquer critério”No entanto, a visão logísticapresente nos canteirosde obra ainda é consideradamuito amadora. De acordocom Rosana de Freitas,engenheira civil e professorano curso de Engenharia deProdução Civil da Universidadedo Estado da Bahia e docurso de MBA em Qualidadedas Construções da Unifacs,o gestor logístico aparecemais como um síndico noscanteiros, atuando comodisciplinador de trânsito, enão como um especialista notema. “A logística no canteirode obras ainda é tratadaapenas como operação demovimentação, e os gestoresdesconhecem a importânciado fluxo de informaçãonesse processo. Esse é ogrande gargalo logístico noscanteiros. Os controles sãoineficazes porque as informaçõesnão circulam e os estudossão pouco consistentes”,explica Rosana. “Continuamosrestritos às sobras dosequipamentos e ferramentasdesenvolvidas para a indústria,tendo que fazer adaptaçõespara atender às necessidadesdos canteiros. Tambémé possível verificar que osfornecedores e a indústrianão estão atentos para as necessidadesdos canteiros deobras. Paletes com variaçãode padrão e cargas elevadasdificultam ou impossibilitama movimentação das cargasunitizada, exigindo mãode obra para desmontar eremontar paletes e garantir amovimentação dos materiais”,completa.Para Sheyla, a evoluçãoencontrada no setor em relaçãoà logística em canteirosnão ocorre de maneira igualem todo o território brasileiro.As maiores evoluções seencontram centralizadas nosgrandes centros, grandescidades. “Nas obras degrande porte, principalmenteindústriais e infraestrutura,podemos perceber que asempresas estão evoluindocada vez mais na questão daimplantação dos processoslogísticos. Em obras de médioe pequeno porte é que asconstrutoras, em sua maioria,ainda não perceberamque um canteiro bem planejadoé a chave para uma obrarealizada com qualidade,produtividade, segurança esem desperdícios. Ainda encontramosmuitos canteirosimprovisados e concebidossem qualquer critério”, analisaAdriano Lucio da Rocha,graduado em logística eespecialista em EngenhariaCivil e Sistemas Construtivosde Edificações.Dentro desse panoramade evolução lenta, muitasvezes se questiona a realnecessidade de uma logísticabem aplicada, principalmentenos canteiros de obras. “Parase ter uma idéia, no Japão,por exemplo, são gastos 2/3do tempo de um empreendimentocom o projeto e 1/3com execução. No Brasilesses fatores são invertidos”,afirma Helio Flavio Vieira,engenheiro civil e doutorem logística e transporte.No entanto, a logística em


8 | edição nº115 | Set | 2011 |vantagens, como obter amelhor utilização do espaçofísico disponível, de formaa possibilitar que homense máquinas trabalhem comsegurança e eficiência, principalmenteatravés da minimizaçãodas movimentaçõesde materiais, componentese mão de obra. Todos essesaspectos proporcionam umamaior qualidade à construção”,acrescenta Rocha.Segundo Sheyla, daUniversidade Federal de SãoCarlos (UFSCar), a logísticapode proporcionar transparênciaaos fluxos físicos,como transporte de materiaise circulação de pessoas eequipamentos, através deferramentas para registrar,visualizar e analisar os dadossobre a produção. Os gráficos,as imagens, as plantas,os diagramas de processose mapofluxogramas podemser utilizados como fontes deinformações para auxiliar natomada de decisão com baseem dados e fatos observadosno canteiro, discutidos emreuniões de planejamento.Além disso, os diagramas deprocessos e mapofluxogramaspodem ajudar na realizaçãode simulações em plantapara analisar e melhorar aforma de desenvolvimentodos trabalhos, através daeliminação de práticas quecontribuem para a ocorrênciade perdas e da identificaçãode sequências de produçãomais eficientes.Sheyla: experiência crioua cultura da logística nocanteiro de obras, inclusivecom OLEtapas dalogísticaOs planejamentoslogísticos são muitoparticulares de acordo como tamanho de cada uma.Investimentos em recursos,prazos e fornecedores sãoorganizados segundo osobjetivos e portes de cadaobra. Outro fator a ser levadoem consideração para oplanejamento logístico sãoas limitações estabelecidaspela legislação e exigênciasnormativas que cada tipo deprojeto, desde prédios atéaeroportos, possui.Para Vieira, oplanejamento logístico deveminimizar interferências,facilitando o fluxo produtivo,por meio da definição deprocessos, tecnologiasconstrutivas e materiais, comobjetivo de minimizar custose aumentar a eficiência.Na construção civil,o planejamento pode serdividido em algumas etapas.De acordo com Rosana, daUniversidade do Estado daBahia, a gestão logísticadeve começar na concepçãodo projeto, avaliando osacessos, disponibilidade dosequipamentos, limitaçõesdeterminadas na área dedesenvolvimento da obra,relacionadas a suprimentos,transporte, comunicação,e os limites de orçamento.A segunda fase consisteem definir acessos,equipamentos e áreas deprodução e vivência paragarantir que trabalhadorese equipamentos nãodividam acessos, alémde garantir que os pontosde descarregamentode materiais estejamposicionados pensandoem otimizar o transportehorizontal e vertical, e queas atividades de produçãonão sejam interrompidaspor gargalos logísticos.Nessa etapa, decisõescomo implantação decentral de concreto, postode abastecimento, unidadeRosana: gestor logísticoaparece mais como umsíndico nos canteiros, enão como especialistade britagem e central deesquadria devem ser feitas.A terceira etapa équantificar materiaisdefinindo o ciclo logísticode aquisição, recebimento,armazenamento edistribuição, com estudodas possibilidades dodescarregamento do materialdiretamente no ponto deconsumo, para agilizar adistribuição e reduzir oscustos de armazenamento.A fase final envolve ajustese correções de rumo eadequação das mudançasnecessárias.ProfissionaisenvolvidosA falta de profissionaisqualificados no mercadoainda é um grande problemapara o setor de construçãocivil. Com a baixa dessesprofissionais, as empresasse viram obrigada a elevaros salários para manter seusempregados e atrair novosfuncionários.Dados do Sindicato daIndústria da ConstruçãoCivil do Estado de SãoPaulo (SindusCon-SP) e daFundação Getúlio Vargas(FGV) mostram que o nívelde emprego formal naconstrução civil subiu 10,9%no primeiro trimestre de2011, em relação a igualperíodo do ano anterior, com86.216 novos contratados.Dentro dos canteirosde obras, o perfil doprofissional que irá trabalharcom a logística deve serbastante heterogêneo. Todosos profissionais envolvidos,desde o engenheiro civil oude produção, responsávelpela logística do canteiro,até o técnico que irá realizara representação espacialdo canteiro, a partir dasdiretrizes definidas pelogestor da obra, devem estara par dos objetivos, metas ecronogramas da obra.Expectativas demelhorias logísticasnos canteirosA expectativa deevolução para a logísticanos canteiros é grande.Com a demanda por obrasde construção civil em todopaís, a competitividadedeverá se acirrar e forçaras empresas a buscarem aexcelência que somente seráatingida com um canteirode obras bem planejado.Os empresários do setorpreveem aumento daatividade, de emprego, denovos empreendimentos eserviços, além da compra dematérias-primas e insumos.Histórias de mudançasnas visões logísticas emcanteiros já começam asurtir efeito no mercado.“Tenho conhecimento deum importante estudo emempresa construtora emSão Paulo que contratouuma empresa especializadaem logística para fazer aorganização do estoque econtrole de entregas dosmateriais no canteiro e nospavimentos do edifício. Foiuma revolução no canteiro.Foi preciso programar ossistemas de entrega emfunção dos equipamentoscolocados no canteiro e suascaracterísticas de transporte,capacitar os operários paraos novos equipamentos ecriar um sistema eficiente deinformações. A partir dessaexperiência começou-se acriar a cultura da logística,


| edição nº115 | Set | 2011 |9capacitando, inclusive,um operador logísticonum ramo que não eradele”, conta Sheyla.Mesmo assim, aindaexiste resistência nomercado em relação aoassunto. “Ao passo queé visível uma atençãomaior para as empresasrelacionadas ao tema, sãoinegáveis as dificuldadesde contratação de mãode obra, impulsionandouma ousadia que,muitas vezes, deslizana irresponsabilidade,pela contratação deprofissionais malpreparados. Precisamosexecutar obras comprazos apertados, cadavez mais complexas, masa mão de obra continuapouco desenvolvidae os equipamentosnecessitam ser estudadosespecificamente para osegmento. Essamistura de fatoresacaba levando orisco para aquelesque atuam noscanteiros e circulampelas proximidades,além dos conflitosrelacionadosà ocupaçãodos espaços.Necessitamosampliar o olharmirando odesenvolvimento,mas por trás dissotudo tambémexiste um medodo empresárioem investir emtecnologia, emestudos específicose não obter umretorno financeiroem curto prazo”,conclui Rosana, daUniversidade doEstado da Bahia.Ciclo de produçãoProjetoPlanejamentoSuprimentosExecuçãoPrincipais ferramentas e diretrizes identificadas para oplano logístico da produção de edifíciosDiretrizes e ferramentas gerenciaisDiretrizes de logística para a concepçãoAnálise de alternativas de tecnologiaDefinição do plano de ataque da obraProjeto para produçãoProjeto do canteiro de obrasProjeto as builtCronograma físicoCronograma de consumo de materiaisCronograma de equipamentosHistograma da mão de obra própriaCronograma de contratação e gestão dos subempreiteirosCronograma de implantação de medidas de segurançaEspecificações de materiaisPlanos de entrega dos materiais no canteiro de obrasCronograma do processo de aquisição (incluindo cotação e negociação)Normas para aquisição de suprimentosQualificação de fornecedores de materiais e serviçosDiretrizes para opção entre compra ou aluguel de equipamentosApropriação de índices de perdas e desperdícios de materiaisPlano de execução de serviços nos pavimentosDocumentação, implantação e manutenção do sistema de informaçõesApropriação de indicadores de gestão e da produtividade dos recursos físicosImplantação das normas de segurança e saúde do trabalhoFonte: SERRA, S. M. B.; OLIVEIRA, O.J. Development of the logistics plan in building construction. In: 2nd International Structural Engineering andConstruction Conference – ISEC 02. Eletronic proceedings… Rome, September 23-26, 2003.


10 | edição nº115 | Set | 2011 |Nova empresaARM Armazéns Gerais surge comomais uma opção para soluçõeslogísticas no mercadoFundada em marçodesse ano, a ARMArmazéns Gerais(Fone: 21 3654-8116)surgiu das necessidadesdo mercado logísticodo Rio de Janeiro porestruturas prestadoras deserviços de armazenagem,transporte, movimentaçãode materiais e toda gestãologística, de acordo comos empreendedores SamirFerreira de Carvalhoe Adriano Braga deAlbuquerque, sócios ediretores da ARM. “Naverdade, tudo começouem 2006, quando nosencontramos pela primeiravez e trocamos curta,mas produtiva conversaque veio a culminar,cinco anos depois, nestasociedade”, contam osdiretores.A empresa surgecomo fruto da experiênciaInvestimentos em estruturae máquinas chegaram aR$ 1 milhãoA ARM conta com área de 40.000 m 2 ², com galpões dotadosde docas e plataformas, junto ao futuro Arco Metropolitanodo Estado do Rio de Janeirodos empresários emcompanhias renomadasdo setor e atualmenteoferece serviços delogística de armazenagem,movimentação, separação,transporte, distribuição,cross-docking, picking &packing com total controledo sistema WMS.A ARM conta com áreade 40.000 m², com galpõescom inúmeras docas eplataformas, o que facilitaoperações de desova,estufagem de contêinerese baús e cross-docking.“A localizaçãoprivilegiada junto aofuturo Arco Metropolitanodo Estado do Rio deJaneiro, obra que iráimpactar positivamenteem US$ 2 bilhões naeconomia brasileira,reduzindo custos em até20% no transporte decargas, é um dos principaisdiferenciais da companhia.O controle de estoquetotalmente informatizadopelo sistema WMS,a rastreabilidadetotal dos produtosarmazenados, câmeraspara acompanhamentodas operações dentroe fora dos armazéns,pátio com capacidadepara carga e descargade até 22 carretassimultaneamente,estocagem comendereçamento, logísticain house, estudosespecíficos de caso,dando um tratamentopersonalizado moldadoàs necessidades de cadacliente, também sãopreocupações nossasdentro da empresa”,explicam Carvalho eAlbuquerque.Atualmente aempresa funciona com25 colaboradores diretose cerca de 125 indiretos.Salas para locaçãoexclusiva para empresasque necessitem abrirfiliais junto à operaçãoou para acomodaçãode seus colaboradorese armazenagens selfstorage também sãodisponibilizadas pela ARM.Os investimentosem toda a estrutura dacompanhia já chegaramà R$1 milhão, sendoque os maiores foramvoltados para reformas,compra de sistema degestão de estoques eem colaboradores. Ospróximos investimentosserão direcionados paraa construção de mais13.000 m² de área coberta,com o intuito de atenderà demanda existentena região em que aempresa se encontra,além de atingir outrosbairros e municípios doRio de Janeiro. “Nossosprojetos vão muito alémda mera ampliaçãode áreas e serviçosprestados. Investiremosmaciçamente emnovos colaboradores,em projetos desustentabilidade e,consequentemente, naeconomia brasileira”,anunciam os sócios.


| edição nº115 | Set | 2011 |11EquipamentosGreenext anuncia sua entradano mercado brasileiro comrebocadores elétricosDucharme, à esquerda,e John Sido, gerenteinternacional global devendasAGreenext (Fone: 114133-3299), empresaespecializada emmáquinas, peças e acessóriosde manutenção de áreaverde, iniciou seu processode inserção no mercadobrasileiro com os rebocadoreselétricos Cushman, fabricadospela EZ-GO, subsidiária doGrupo Textron com sede naGeorgia, EUA.O grande mercado daempresa está direcionado àmovimentação de cargas epessoas dentro das fábricas eseus principais clientes são asmontadoras automotivas.A empresa ainda não temuma fábrica no Brasil, mas,segundo John Ducharme, diretorinternacional de vendas,“a construção de uma fábricavai depender da movimentaçãono Brasil, e ela poderiaser instalada na Bahia, já queum dos focos da empresa sãoas empresas automotivas, egrande parte delas tem sedesnaquele Estado”.O diretor também comentaque um dos focos da empresaé o pós-venda e o treinamentodos operadores para auxiliarna manutenção das máquinas.O Grupo Greenext é umdistribuidor exclusivo daCushman no Brasil, bem comode máquinas, equipamentos,acessórios e peças para cortede grama e irrigação da marcaToro e veículos para transportede pessoas e cargas EZ-GOe Bad Boy.


12 | edição nº115 | Set | 2011 |PaletesMatra do Brasil traz linha deprodução espanhola e aumenta filiaisOano de 2011 estásendo um período deinvestimentos paraa Matra do Brasil (Fone: 114648.6120). Especializadaem soluções para o setorde movimentação demateriais, produzindopaletes e caixas demadeira, além de atuar naprestação de serviços delocação e gerenciamentode pool de paletes, aempresa passou a investiresse ano numa nova linhaautomatizada, espanhola,com capacidade deprodução de 410 paletes/hora ou 210 mil paletes/mês.Fornecedora, também,de paletes PBR, cujasvendas representam50% do faturamentoda companhia, a Matraobservou que a grandedemanda atual pelosmodelos deveria recebermais atenção e voltouseus investimentos paratrazer da Espanha umequipamento que permitealta produtividade,exigindo uniformidadedos materiais envolvidosna confecção dos paletes.Para trazer a linha deprodução fabricadapela Cape, a Matrainvestiu US$ 1,8 milhãoe o equipamento estáinstalado na planta deItaquaquecetuba, SP. “Anova linha de produçãosuprirá a demandanacional reprimida depaletes PBR destinados àvenda, locação e ao poolde paletes”, informa ValdirZelenski, da área comercialda empresa.Com a tecnologia, as


| edição nº115 | Set | 2011 |15de novos produtos eaprimoramento dosatuais. A divisão dedesenvolvimento, aliás,utiliza-se de laboratórios epistas de testes de outrasempresas, como as citadasanteriormente.Em termos de estruturaprópria e operações,Altrichter informa queo CD tem 1.000 metrosquadrados de áreapara estoque de peçase acessórios. No local,o acondicionamentodos itens é feito emembalagens específicascom endereçamentoatravés do ERP, que integratodos os dados e processosem um único sistematanto sob a perspectivafuncional quanto sob aperspectiva sistêmica. Asolução, adquirida junto àTOTVS fornece à TecmotoSantos: “apostamos na mudança para continuar o processode expansão dos negócios no mercado nacional e consolidarnossa posiçãoa garantia e tranquilidadede ter em seu estoquea quantidade exata deitens que tem demandano mercado, garantindo oabastecimento permanentede peças ao mercado.Segundo o diretorcomercial da Tecmoto, boaparte dos investimentosque a empresa realizavisando à melhorialogística está relacionadaà solução da TOTVS.“Normalmente, osinvestimentos sãoefetuados nas adequaçõesdo ERP, mediante asalterações de rotinas quegeram maior agilidade econtrole nos processos deseparação e controle deentrega da mercadoria”,revela, enfatizando quea política da empresanão é manter o foco nocliente, mas manter ofoco do cliente, efetuandoinvestimentos à medidaque nota a necessidade deuma nova mudança.A Tecmoto é umaempresa brasileira,fundada em 2002, etem como acionistas oargentino Grupo Maverick,que atua no mercado demotocicletas há 12 anos, eempresários brasileiros. Em2008, o Grupo investiu R$10 milhões na construçãode uma fábrica em SanJuan, na Argentina, comcapacidade para produzir 6mil motos por mês.


16 | edição nº115 | Set | 2011 |AutomóveisFábrica e CDsno Brasil: Cheryconfirma e JACMotors seguecautelosaEm setembro de2009, a Chery (Fone:0800.7724379), montadorade automóveis de origemchinesa, oficializou a instalaçãode uma fábrica no Brasil, maisprecisamente em Jacareí, SP.Finalmente chegou o momento:a construção da planta estásendo iniciada e a previsãoé que o início das operaçõesocorra em meados de 2013.A JAC Motors (Fone: 0800522.8888), também chinesa,ingressou no mercado brasileiroem março de 2011 e ainda nãoestuda a construção de estruturaprópria por aqui. “Nossaprioridade é estruturar a marcano país. Portanto, ainda nãohá previsão para construçãode fábrica. É um cenário querealmente ainda não está noescopo de análise da empresa”,explica Mário Mizuta, diretorcomercial e de expansão de rededa montadora.Com investimento total deUS$ 400 milhões, a unidadebrasileira da Chery agregaráeconomia de tempo no processode importação e proporcionarámais agilidade no abastecimentoda rede de concessionárias nopaís, além de eliminar riscoscambiais e financeiros. Alémda linha de montagem, aestrutura contará com um CD deautomóveis e peças.Atualmente, os carroscomercializados pela Chery noBrasil são importados da Chinae distribuídos a partir de Vitória,ES, onde desembarcam. As peças,por sua vez, saem do Centro deDistribuição de Peças, localizadona sede da montadora, em Salto,SP, para a rede de mais de 80concessionárias espalhadas portodo o País. Com a estruturaprópria, veículos e peças serãodistribuídos a partir de Jacareí.Os carros da JAC Motorstambém desembarcam na capitalcapixaba e, de lá mesmo, apósos trâmites alfandegários legais,são distribuídos para todo o País.“É preciso ter como parceirosarmazéns alfandegados que seocupam dos carros enquanto nãonacionalizados, além de pátios deapoio logístico e transportadorescegonheiros qualificados paraefetuar o transporte à rede dedistribuidores em conformidadecom os volumes propostos”,comenta Mizuta.Ele revela que a viabilidadeeconômico/financeira para que aJAC Motors pense na instalaçãode uma fábrica no Brasil é avenda anual de 100 mil unidades.O diretor comercial e de expansãoinforma que a montadora está


| edição nº115 | Set | 2011 |17caminhando para umprimeiro ano com 45 milunidades vendidas, oque julga um excepcionalresultado, mas aindadistante do patamar tidocomo necessário para seestudar a construção deuma unidade própria. Emcontrapartida, ao portale-Band, o presidente daJAC Motors no Brasil,Sérgio Habib, admitiuque existe a possibilidadede a montadora instalaruma fábrica no País e que,inclusive, já há até espaçoreservado para sediar aplanta em Suape, PE.Em estágio bemmais avançado, a Cheryplaneja a instalação deum Centro de Pesquisajunto à fábrica nointerior paulista, a qualCuri: todo o know-how da Chery desenvolvido em outrospaíses será trazido para o Brasiljá conta até mesmocom planejamento parauma futura expansão.“Inicialmente, a unidadebrasileira produzirádois modelos com cincoversões diferentes. Todoo know-how da Cherydesenvolvido em outrospaíses será trazido para oBrasil”, comenta Luís Curi,CEO da Chery Brasil.Em 2010, a Cherycomercializou 7.800unidades no Brasil. Paraeste ano, a projeção devendas no País é de 25mil unidades. Em 2015,já com dois anos defuncionamento da plantade Jacareí, a expectativada montadora é ter3% de participação nomercado brasileiro deautomóveis. A companhiaestá presente em 80países, seja com fábricaspróprias ou apenas compontos de vendas. Hoje,as vendas para o exteriorrepresentam mais de 20%do total comercializadopela Chery.


18 | edição nº115 | Set | 2011 |SegurançaTracker lança solução 360 0 paramonitoramento e gerenciamentologístico de frotaATracker lançou emagosto o TrackerLog, soluçãopara o gerenciamentoe monitoramento defrotas. Com quatro fases,todas voltadas para oaprimoramento logísticode veículos, o produtochega ao mercado apenascom a primeira fasedisponível.O Tracker Log é umsistema que busca atenderàs necessidades da cadeialogística da qual fazemparte transportadores,embarcadores,gerenciadoras de risco efrotas. “Disponibilizamosno mercado um produtoque atende aos clientesda logística em 360º. Issoquer dizer que o TrackerLog, além de pensar nosveículos, também sepreocupa com os trabalhosdo motorista e outrospontos fundamentais paraque o serviço logístico sejabem realizado”, explicaDiego Insignares, vicepresidenteda Tracker doBrasil.Para seguir aspremissas do projeto,fundamentadas desdeo início, a Tracker fezparcerias com empresascomo a Accenture, MagnetiMarelli, Continental eGemalto, para que a uniãodas expertises de cadauma resultasse no TrackerLog. Por meio do softwareAMOS, desenvolvido pelaAccenture e já utilizado emA união entre Tracker, Accenture, Magneti Marelli,Continental e Gemalto resultou em uma solução blindada àatuação de jammersnove milhões de clientesda empresa, o TrackerLog envia os alertas cominformações importantesvia e-mail ou SMS paraos clientes. O softwareainda possui integraçãopara Smartphone, Android,Blackberry, Nokia e Iphone.Na parte de hardware,realizada pela Continentale Magneti Marelli, asprincipais novidadessão o acelerômetro, quemapeia os movimentosde aceleração e frenagembruscas e coletainformações fundamentaissobre fatos ocorridos antesdos acidentes, diminuindoa chance de fraudes emcima das seguradoras.Com essas informações,é possível observar deque maneira o acidenteaconteceu, bem comoquem é o provável culpadopela colisão. Outro pontopositivo do acelerômetroé a possibilidade demonitorar as formasde condução de seusmotoristas, percebendose eles possuem direçãoagressiva, se precisam demais treinamento e paraque trabalho cada um émais indicado. O Sim Card,projetado pela Gemalto, éresistente a temperaturasaltas, umidade, trepidaçãoe poeira.O rastreador foiprojetado para realizar omonitoramento padrão acada dois minutos, com oveículo ligado, enviando ascoordenadas e situação doveículo para o cliente poralertas de SMS ou e-mail.Com o veículo desligado,o monitoramento ocorrede hora em hora, paraque a bateria do veículonão acabe, sendo queesse tempo pode serdefinido pelo cliente. Emcaso de evento, quandoé notificada algumaatividade suspeita, oaparelho passa a monitoraro veículo a cada 30segundos e a visualizaçãodo trabalho pode ser feitapor meio de mapa digital,satélite ou híbrido.Outra característicaimportante do Tracker Logé a possibilidade de criarcercas de monitoramentono trajeto. O cliente quejulgar importante escolherpontos da rota da frotapara a realização de ummonitoramento maisatencioso pode fazercercar a região desejada.Assim que o veículoentrar na zona cercada,o cliente receberá umalerta sobre o fato. “Ocliente pode criar umacerca na rota do veículoque for mais interessante.Caso saiba que o veículoirá passar por uma zonamais perigosa ou por umlocal estrategicamenteimportante, ele circundaesse trajeto e a equipede monitoramento passaa dar atenção especiala esse trajeto”, explica


| edição nº115 | Set | 2011 |19Welton Furlaneto, gerentede produtos da Tracker doBrasil.De acordo comInsignares, o Tracker Logé o único rastreador domercado que não sofrecom interferência deinibidores de sinais, osjammers. A proteçãocontra os inibidoresocorre em função detecnologias GPS/GPRSe, principalmente, pelasolução atuar comradiofrequência, tecnologiadesenvolvida pela Trackerdo Brasil. “O sistemapercebe a aproximaçãodo jammer. A partir daidentificação do inibidorde sinais e por meiode SMS, o sistema iráavisar que alguém estátentando embaralhar osinal GPS/GPRS e a centralirá analisar a situação.Caso o sinal realmentese perca e for constatadoo roubo ou furto doveículo, a radiofrequênciacomeça a atuar e continuao monitoramento doveículo”, explica Insignares.Ainda segundo ele, atecnologia também é aúnica capaz de encontrarveículos em locais fechadocomo túneis, garagens esubsolos.Outras vantagensdo rastreador é apossibilidade de agendara manutenção do carro,gerando alertas sobrequando o veículo deve serrevisado; o cadastro demotorista, que mostra asatividades desenvolvidaspor ele durante o trabalho,além de informaçõespessoais; e o controlede velocidade, queemite alertas toda vezque o motorista passarde 100 km/h. Entre osrelatórios expedidospela solução estão os decrash, telemetria simples,hábitos de condução egerenciamento de frotas.Até o final do primeirosemestre de 2012, a Trackerespera estar com as outrastrês fases do projetodisponíveis no mercado.Com as atualizações, oproduto terá benefícioscomo telemetria avançadae rastreamento de cargas.Outras atualizações jáestão sendo pensadasCercas de monitoramentosão alguns dos diferenciaisdo Tracker Logpara após a conclusão daquarta fase do projeto.“Vamos continuarinvestindo e aprimorandoo produto. O formato emque ele foi construídopermite atualizaçõesconstantes”, afirmaFurlaneto.


20 | edição nº115 | Set | 2011 |SegurançaCompsis desenvolve tecnologiaantifurto SMV Pró 4.0ACompsis (Fone: 12 2139-3966),empresa com expertise nosetor aeroespacial, lançou atecnologia antifurto e de rastreamentode veículos SMV Pró 4.0 e já atingiu amarca de cinco mil unidades instaladasem veículos no país. A partir de 2012, aempresa espera vender 12 mil unidadesanuais, tanto para montadoras decaminhões, quanto para clientes quequeiram utilizar o produto com vantagemcompetitiva no seu mercado.Participante de projeto pioneirono Brasil para o desenvolvimento deequipamento antifurto denominadoTelematics Control Unit (TCU), previstona portaria do Denatran 253/2009,que determina o seu uso obrigatórioem todos os veículos novos, particularesou de empresas, o equipamentoda Compsis é um rastreador de altaperformance, com tecnologia avançadapara capturar todas as informaçõesdo veículo onde está embarcado, comresultados mais expressivos quandoaplicado em frota para gestão completade ativos, apesar de poder ser usadoem qualquer espécie de veículo.O sistema SMV Pró 4.0 da Compsisé formado por cinco componentes:módulo de recepção de sinais desatélite; módulo de comunicaçãobidirecional; módulo de gerenciamentoe bloqueio; interfaces de entradas einterfaces de saídas. Quando ativadopelo proprietário do veículo, oequipamento passa a monitorar seuposicionamento (latitude/longitude),velocidade, status de portas etemperatura do baú, entre outrosdados, em tempo real. O SMV Pró 4.0faz a leitura de sensores instaladosou da rede de dados CAN-BUS – casoo veículo disponha deste recurso–, processa as informações e secomunica via rede GPRS, enviando demaneira resumida os dados para umdatacenter localizado em uma empresade monitoramento (TIV - Tecnologia deInformação Veicular). O equipamentopoderecebercomandostambém vindosda TIV para bloquear o veículo oureconfigurar algum parâmetro emodificar o valor limite para geraçãode alarme. Além disso, a tecnologiaainda permite saber como está sendooperado o veículo, qual a relaçãode horas produtivas com motorem marcha lenta e o consumo decombustível.“O SMV Pró 4.0 também é capazde armazenar vários dias de operaçãoem sua memória interna para o casode operação em uma região sem coberturaGPRS. Neste caso, ao retornarà área com sinal, os dados locais sãoenviados para a TIV, que não perderáa rastreabilidade do veículo”, explicaMárcio Camargo Oliveiro, gerente deprojeto da empresa.Com a obrigatoriedade do uso derastreadores prevista pelo Denatran,o mercado deverá se aquecer nopróximo ano. “Nos veículos produzidosapós março de 2012, o rastreadorjá virá de fábrica e o cliente poderácontratar os serviços de uma TIV paramonitorar seu veículo, com valoresmensais de acordo com a prestadorado serviço. No caso do equipamentoda Compsis, o cliente também podetransferir offline todas as informaçõesde telemetria do seu veículo para umsoftware fornecido pela empresa. Comisso, não haverá custos com a comunicaçãoem tempo real e o serviço ficacerca de 60% mais barato que na contrataçãoda operadora”, completa LuizCláudio B. de Lima, gerente comercialda Compsis.


| edição nº115 | Set | 2011 |21


22 | edição nº115 | Set | 2011 |TICEO da Tlantic falasobre modelo em prol dalogística sustentávelDesde a fase deplanejamento, aintegração dasferramentas de Tecnologiade Informação precisaser pensada de formaque auxilie as operaçõeslogísticas das empresasa serem eficientes esustentáveis, melhorandoa adequação entre oferta eprocura.Do ponto de vistade Paulo EspregueiraMagalhães, CEO da Tlantic(Fone: 51 3320.1619), a partirde agora, o encontro entreoferta e procura de bens, ouentre consumo e produção,terá três elementosessenciais: o marketingrelacional e a confiabilidade,a mediação logística e ainformação. Com isso,surge um modelo ideal querequer novas abordagens emaior cooperação.Magalhães conta quejá existem iniciativas degrandes varejistas que estãoliderando este movimentoe que acabarão por puxartoda a cadeia. “O cidadão,o consumidor, também temum papel a desempenhar,selecionando produtos evarejistas comprometidoscom a causa”, ressalta. Aosempresários, gestores,políticos e demaisdecisores, a missão éfomentar a criação de redesde aprovisionamento,ao invés de cadeiasde aprovisionamento,aplicando inovação e TI amodelos sustentados nacooperação.A sustentabilidadeno aprovisionamentodos negócios sugere acriação de bancos deinformação para encontrode necessidades edisponibilidades de pessoase empresas, evitandoineficiências como acirculação de contentoresvazios, máquinasparadas sem utilizaçãoou estoques acima donecessário. “Os bancos deinformação classificam emarcam, de forma ativae imediata, necessidadese disponibilidades, paradepois processar o seuencontro – primeiro de bense mercadorias; depois demeios logísticos para osentregar”, detalha o CEOda Tlantic.Para ele, esse modelofoi e deve continuar a seralvo de uma discussãoMagalhães: asustentabilidade noaprovisionamentodos negóciossugere acriação debancos deinformaçãoparaencontro denecessidades edisponibilidadesde pessoas eempresasalargada que, com ainspiração de modelos denegócio reais e de naturezadiversa, aponte passosque nos aproximarão dasredes de aprovisionamentosuportadas pela internetdas coisas e, também,pela internet das pessoas.Segundo Magalhães, trêsquestões revelam que háuma enorme oportunidadepara tornar a Supply Chainmais sustentável. São elas:1. Alguém mede onúmero ou a distânciapercorrida por contentores,caminhões ou cargueirosvazios? E os fluxos redundantesou desnecessários?2. Alguém dispõe dosmeios para poder combatero nível de ociosidade deinúmeros bens de capitalfixo, desde veículosaté unidades deprodução? A queescala é que ofaz? Da empresa,do país, da região?3. E odesperdíciogerado aolongo dacadeia deproduçãoe distribuição?Quer naprodução,baseada emprocessos decorte, perfuraçãoe compressão,querna distribuição, provocado,sobretudo, por previsõese erros na combinação dequantidades, preços, local emomento.O papel da TIO CEO da Tlantic afirmaque as ferramentas de TIfacilitam o planejamento,auxiliam na execução epossibilitam o controledo que foi ou deixou deser realizado. Na fase deplanejamento, de acordocom ele, é muito importantegarantir a integraçãodos diferentes sistemasde uma empresa, bemcomo as conexões comos sistemas de outrascorporações. Desta forma,obtém-se uma visão geraldos ativos disponíveis, dasrotas planejadas, escalasde trabalho e níveis deestoque, possibilitandoexplorar ao máximo assinergias entre as empresase minimizar desperdícios.Na etapa de execução,a TI, por meio de ferramentasde mobilidade, permiteque todas atividades sejamregistradas no momento emque são realizadas. Magalhãesexemplifica: “a localizaçãode cada embalagem érastreada no ato da entregaou da coleta, ao passo queeventuais alterações nasrotas dos caminhões são comunicadasimediatamente e


| edição nº115 | Set | 2011 |23de forma automática, atualizandoo mapa disponibilizado aosmotoristas as atividades quedevem executar”.Na fase de controle, porsua vez, é possível analisar sea execução atendeu ao quefoi planejado e quão eficaz semostrou o planejamento. “Deacordo com os resultados,muda-se o plano e ajusta-se ocontrole sobre a execução, deforma a refinar cada vez mais aeficiência do processo”, comentao CEO da Tlantic.Transportando este conceitopara a questão da sustentabilidade,ele diz que se tratamde ações complexas, difíceisde serem implementadas, masque possuem maior potencialpara contribuir com um mundomais sadio e, ao mesmo tempo,reduzir custos nas empresas.“Ações simples como a corretaexploração da luz natural parailuminar CDs e a utilização decisternas para coletar água dachuva também trazem resultadospositivos, mas podem serpraticadas por qualquer empresa”,compara.Entre as ações complexas,Magalhães destaca aotimização do uso deembalagens, o emprego dalogística reversa, a prática dotrade-in e, principalmente, acriação de mecanismos interempresasde compartilhamentode ativos e espaços dearmazenamento e transporte.“São atividades que requereminvestimento, planejamento econtrole. É justamente aí quea TI torna-se fundamental”,explica.A Tlantic contribui com asustentabilidade na logísticaatravés do sistema MobileRetail Suite, uma plataformade mobilidade sobre a qualuma grande variedade deaplicações são executadas,desde atividades operacionaisem CDs e lojas, até o auxílioa motoristas de caminhão.Entre as aplicações, destacamse:Controle de Embalagens,Controle de Equipamentos, Logde Incidentes, Informações deRota e Backhaul.As soluções de mobilidadeDepósito vertical possui 3.200 m² deárea construída, com capacidade dearmazenagem de 8.160 paletes. Os investimentoschegaram a R$19 milhõesda Tlantic foram criadas para seremintegradas aos sistemas de ERPs dasempresas ou trabalharem de formastand-alone. A principal característicado sistema Mobile Retail Suite éter um framework que permite quenovas aplicações e funcionalidadessejam rapidamente desenvolvidas eimplantadas sob uma única plataforma,garantindo agilidade, preservandoinvestimentos e com uma menor curvade aprendizado.Recentemente, a solução foiimplantada no distribuidor irlandêsMusgrave, que perdia, anualmente,cerca de três mil embalagens – entreroll cages e paletes – a um custoaproximado de 300 mil euros. “Uma vezimplantada a solução, com a instalaçãode PDAs com acesso a rede de dadosprivada 3G em todos os caminhões, asembalagens passaram a ser rastreadas eas perdas começaram a ser identificadase debitadas do responsável”, relataMagalhães. “Também se experimentouum ganho de desempenho nas viagens,visto que a disponibilização de mapas,uso do GPS e o registro de incidentespossibilitaram maior eficiência nasentregas”, acrescenta.De maneira geral, o CEO da Tlanticentende que a sustentabilidade ainda éum assunto recente no Brasil e apenasagora as empresas estão percebendo asvantagens de aderir a este movimento.Para ele, não se trata apenas de tentarpreservar o planeta para gerações futuras,mas também de reduzir custos presentes.Assim, quanto mais cedo as empresasse darem conta disto, mais rápida será aadoção das práticas sustentáveis e suapopularização no país.


24 | edição nº115 | Set | 2011 |DepósitoBasf implanta depósitovertical 100% automatizadono Complexo Químico deGuaratinguetá, SPDepósito vertical possui 3.200 m 2 ²de área construída,com capacidade de armazenagem de 8.160 paletes. Osinvestimentos chegaram a R$ 19 milhõesABasf (12 3128.1200) contacom um novo depósitovertical totalmenteautomatizado, com eficiênciaenergética e aproveitamentode 70% de água, no seuprincipal Complexo Químicoda América do Sul, localizadoem Guaratinguetá, SP. Cominvestimentos de R$ 19 milhões,o depósito vertical possui3.200 m 2 de área construída ecapacidade para armazenagemde 8.160 paletes, além de 9


| edição nº115 | Set | 2011 |25docas de carregamento.O aumento da produçãoda companhia foi o maiorimpulsionador do negócio.“Com o crescimento daprodução atual e planejadapara os próximos anos,um novo depósito paraprodutos acabados setornou necessário, já queestávamos lidando comfalta de capacidade nosdepósitos internos existentese a indisponibilidade, naregião, de depósitos queatendessem aos requisitosmínimos de segurança equalidade da Basf”, explicaFernando Sarabion, gerentede operações logísticas dacompanhia para a América doSul.Voltado paraarmazenagem de produtosproduzidos no complexo,em especial de produtosda área de Proteção deCultivos, o depósito passoupor estudos de viabilidadee eficiência. De acordo comSarabion, foram avaliadostrês tipos de depósitos, comoo convencional com novemetros, o semivertical com15 metros e o automatizadocom 30 metros de altura.“Optamos pelo automatizado,pois ele ocupa uma áreamenor e proporciona maiorvelocidade na movimentação/armazenagem dos produtos”,afirma Sarabion. Outravantagem do depósito é a suapossibilidade de expansãomodular, que facilita oaumento da área, caso sejanecessário.Entre os objetivosincumbidos para essedepósito estão o aumentoda agilidade nas operaçõeslogísticas, com maiorvelocidade das operações deentrada e saída de produtose maior expedição diária deprodutos acabados. Tambémé esperada a garantia deacuracidade dos inventários,com leitura automatizada dospaletes, verificação automáticade peso e dimensões, alémde sistema de controle deestoques integrado ao sistemade automação.Para chegar aos resultados,o depósito conta com atecnologia AS/RS (AutomaticStorage and Retrieval System- Sistema Automático deArmazenagem e Retirada) eopera com duas estações deseparação com plataforma,monitor, scanner e balança,além de estações de entradae saída, cada uma comimpressora, balança e outrosaparelhos necessários.A sustentabilidade doprojeto também foi pensadadesde a construção, começadaem 2010. Toda a iluminaçãonas áreas de picking e áreasexternas foram feitas comtecnologia LED, na busca pormaior eficiência e redução deaté quatro vezes o consumode energia elétrica. O depósitotambém possui sistema deiluminação natural que cobre10% da área de picking,possibilitando o desligamentodas luzes artificiais durante operíodo diurno. Ainda nessaárea, está prevista a instalaçãode sistema de ventilaçãonatural que garantirá aosfuncionários conforto térmicocom eficiência de até 12 trocaspor hora.“Os transelevadores sãodotados de sistema KERS(unidade de energia renovável)que economizam ate 20% deenergia elétrica consumidano sistema. Os equipamentostambém possuem inversoresde frequência para economizarenergia nas partidas e paradasdo sistema”, indica Sarabion.O melhor aproveitamentoda água em cerca de 70%também faz parte das intençõessustentáveis do projeto, queinstalou válvulas com sistemadual flush nos sanitários, alémde um sistema de coleta deáguas pluviais para uso nesseslocais.


26 | edição nº115 | Set | 2011 |Fulwood iniciaterraplanagem emnovo condomíniologísticoA Fulwood (Fone: 11 2344.2999)começou as atividades de terraplanageme deu inicio às obras doCondomínio Master Business Park,em Jundiaí, SP, com previsão deentrega para setembro do próximoano.Localizado com acessorodoviário para as principais áreasde comercialização, portos e aeroportosdo país, o empreendimentocompreende um imóvel industrialcomposto por 19 módulos empresariaiscom áreas de cerca de 1.437m² cada. A área dos módulos aindapoderá ser unificada, de acordocom a necessidade, e chegar a27.311 m², dando diversas opçõespara implantação de fábricas oucentros de distribuição/logística nomesmo local.Dentre os benefícios que o empreendimentooferece estão pisode alta resistência, com capacidadepara 5 toneladas/m², pé direito de12 metros livres, telhas zipadascom iluminação zenital e 3 docas.SDI lança complexo degalpões modulares emSão Paulo e no Rio deJaneiroAtenta ao aumento da produçãoindustrial no eixo Rio-SãoPaulo e ao déficit imobiliário que asindústrias enfrentam em encontrarespaços para ampliar o escoamentoe o armazenamento da produção,a SDI (11 3095.4300) lança alinha de galpões modulares MultiModal para usos comerciais, industriaise logísticos. No Estado doRio de Janeiro, o Multi Modal estálocalizado na cidade de Duque deCaxias e, no Estado de São Paulo, acidade selecionada foi Indaiatuba.As duas unidades servem de pontode respiro nas rotas de logística.Os complexos de galpõesmodulares Multi Modal sãoconstruídos em condomíniosfechados, já que as despesas deserviços, manutenção e segurança,entre outros itens, são rateadasentre os usuários, proporcionandoeconomia de custos e, naturalmente,maior rentabilidade, controle deentrada e saída e vigilância reforçada.Possuem piso com sobrecargapara 5 ton/m², além de segurança24 horas e área de manobra. NoMulti Modal de Duque de Caxiassão 22 módulos de aproximadamente1.992,47 m² de áreaprivativa, podendo ser ampliadoem até 8.015,81 m² no módulo Ae 36.114,86 m² no módulo B. Estálocalizado a 3.7 km do Aeroportodo Galeão e a 22 km do Porto doRio de Janeiro. Tem facilidade deacesso à Rodovia WashingtonLuís (RJ/Minas pela BR 040 e BR116) e está próximo às rodoviasque interligam a capital do Riode Janeiro a outros estados. Já ocomplexo de Indaiatuba conta com20 módulos de aproximadamente1.533 m 2 de área privativa, erguidoem uma área de 68.000 m². Está a12 km de Aeroporto Internacionalde Viracopos, próximo às principaisrodovias do Estado.


| edição nº115 | Set | 2011 |27


28 | edição nº115 | Set | 2011 |Negócio FechadoSchincariol assina contrato demanutenção com a MAN para 269 caminhõesA Schincariol (Fone: 0800 771.0123) assinou o contrato Volkstotal Plus por cinco anos para 269 caminhõesadquiridos nos últimos meses. O Volkstotal Plus é um contrato de manutenção de frota sob medida criadopela MAN Latin America (Fone: 24 3381.1328). A companhia comprou 166 VW 13.180E Constellation, 968.150E Delivery e sete VW 24.250E Constellation. A iniciativa prevê, ainda, contrato de manutenção preventivae corretiva de frota Volkstotal Plus. “Normalmente, as revendas celebram acordos individuais com os clientes,o que dificulta a assistência técnica longe da base dos frotistas. Por isso, o sistema de atendimento Chamevolks24 horas está incluído no contrato”, afirma Ricardo Alouche, diretor de Vendas e Marketing da MANLatin America.Penske Logistics vai impulsionardistribuição de produtos da LGA Penske Logistics (Fone: 11 3738.8200) foi contratada pela LG Eletronics para ser a operadora logísticaque impulsionará o processo de armazenamento e distribuição de seus produtos no Brasil. Pelos termosdo acordo firmado entre as companhias, a LG ocupará três centros de distribuição gerenciados pela PenskeLogistics, localizados em Cajamar, SP, com 37.500 m 2 de área, em Jaboatão dos Guararapes, PE, com 13.000m 2 de área, e em Salto, SP, com uma área total de 33.000 m 2 reservada exclusivamente para o estoque deprodutos LG. A estrutura logística da LG Brasil, com a parceria com a Penske Logistics, é composta por duasplantas da própria LG e um total de quatro Centros de Distribuição, que atendem todo o território nacional.Esta estrutura, com plantas no Norte, Nordeste e Sudeste, permite que a LG tenha grande disponibilidadede produtos para todas as regiões com tempo de entrega reduzido, garantindo, assim, a satisfação dosconsumidores. A Penske Logistcs irá manejar mensalmente diversas linhas de produtos LG, incluindo TVs,DVDs, lavadora e refrigeradores, entre outros. Para assegurar uma operação logística eficiente, a companhiacontratou 320 pessoas para suportar os três centros de distribuição anunciados, além de oferecer à LGferramentas de monitoramento em tempo real dos armazéns e fluxo logístico dos produtos, permitindo à LGBrasil acompanhar de forma transparente o processo de distribuição em todo o Brasil.MEGA Itajaí se torna centro de estoque edistribuição do grupo DexcomO grupo Dexcom, especializado na importação, produção e distribuição de produtos de informática, é amais nova empresa a se instalar no MEGA Centro Logístico Itajaí, empreendimento da Capital Realty (Fone:41 2169.6850). A companhia passa a centralizar suas operações de estocagem e distribuição de máquinasimportadas e nacionais no condomínio logístico. O objetivo é reduzir custos e aperfeiçoar sua rede dedistribuição. O MEGA Itajaí possui atualmente 29.000 m² de área construída e está localizado no entroncamentoda BR 101 com a SC 470, a 6 km do porto de Itajaí e a 16 km do complexo portuário de Navegantes.O empreendimento conta com capacidade de piso de 6 ton/m² e pé-direto livre de 12,5 metros.Gtt fará controle da carga da PasaA empresa catarinense Gtt Logistics (Fone: 48 3344.3963) acaba de fechar acordo com a Pasa (ParanáOperações Portuárias), em Paranaguá, para implantar 11 portais (Easy Gate Granel) com tecnologia OCR(reconhecimento óptico de caracteres) que farão o controle da carga de exportação do açúcar e álcool. Elescontrolarão as entradas e saídas dos caminhões e vagões – sendo oito no modal rodoviário e três no modalferroviário, atendendo a Portaria 2.438, da Receita Federal do Brasil, que estabelece o prazo de dezembro de2012 para implantação da solução de OCR.Albras adquire tratores terminais da MafiA Alumínio Brasileiro S/A – ALBRAS, empresa brasileira que pertence à norueguesa Norsk Hydro ASA eao consórcio japonês Nippon Amazon Aluminium Co. Ltd., compraram da Mafi do Brasil (Fone: 11 3045.1460)três unidades dos tratores terminais modelo MT25. O trator terminal é usado para tracionar as pesadas carretasindustriais com alumina, a matéria-prima para a produção do alumínio. Especificamente para a Albras, aMafi realizou configurações especiais, com bombas hidráulicas extras. Com essa aquisição, a Albras passa aser a primeira e maior fábrica de alumínio da América a utilizar tratores terminais em suas operações.


| edição nº115 | Set | 2011 |29


30 | edição nº115 | Set | 2011 |Negócio FechadoESL fornece sistema TMS para asoperações logísticas da FriozemA ESL Consultoria e Serviços em Informática (Fone: 11 2141.1900),empresa especializada na produção e no desenvolvimento desoftwares para gestão nos setores de logística e transportes, acaba defechar uma parceria comercial com a Friozem Armazéns Frigoríficos.Já está em fase de implantação no operador logístico o TMS (Sistemade Gerenciamento de Transporte) da ESL, que otimizará as operaçõesde entrega em mais de 740 pontos da capital paulista e, também, dointerior do estado de São Paulo. Entre os benefícios com o softwareadquirido, Marcelo da Paixão, diretor geral da Friozem, destaca queagora a empresa terá uma melhor performance nas operações apartir de análise de custos mais precisos, relatórios gerenciais maisdetalhados, evolução dos embarques em comparativos mensais,trimestrais e semestrais, além de outros, que permitirão umavisualização estratégica de toda a distribuição logística.CSI Cargo renova contrato coma Renault do BrasilA CSI Cargo (Fone: 11 4243. 9943) renovou o contrato de prestaçãode serviços para a Renault do Brasil por mais três anos, podendo serprorrogado para cinco. “Esta é a primeira vez que a Renault renova contratocom o mesmo prestador de serviço logístico”, comemora Andrés Ceballos,diretor-presidente da CSI Cargo. O contrato representa 35% do faturamentoanual da CSI e tem implicações diretas na vida dos 1.030 colaboradores dedicadosa esta operação. A equipe faz atendimento in company nas plantasda Renault dentro do Complexo Ayrton Senna, em São José dos Pinhais. Asatividades da CSI nas três plantas que compõem o complexo da Renault – aCVP (veículos de passeio - Renault), a CVU (veículos utilitários - Nissan) e aCMO (motores) – compreendem todo o circuito interno, além de atividadesindiretas de produção. A equipe é responsável pelo recebimento de peças ematéria-prima, armazenamento e gestão dos depósitos, abastecimento daslinhas de produção, retirada de embalagens vazias e expedição. O abastecimentodas linhas de montagem é realizado por sistema de ponta, reconhecidomundialmente pelo alto volume de itens sequenciados. Ao todo,a CSI utiliza 254 máquinas e equipamentos para a realização dos serviçosde logística interna da Renault, como rebocadores, empilhadeiras retráteis,empilhadeiras contrabalançadas GLP, entre outros. Entre os serviçosprestados pela CSI Cargo para a Renault, dois importantes projetos tiveraminício no primeiro semestre de 2011: o Centro de Desconsolidação de Cargase o transporte interno entre as plantas da montadora do Complexo AyrtonSenna. Outra novidade foi a implantação do 3º turno de trabalho na CVP,que aumentou em 40% o número de veículos produzidos por dia, passandode 690 para 980 unidades.


| edição nº115 | Set | 2011 |31


32 | edição nº115 | Set | 2011 |Alimentos & BebidasPeixeGrupo KarneKeijo firma parceriapara importação de salmão dachilena Super SalmónOGrupo KarneKeijo(Fone: 81 2121-8899),especializado emdistribuição de alimentos paradiversos setores, como o foodservice, passará a importaros pescados da SuperSalmón com exclusividadepara estados como Sergipe,Alagoas, Pernambuco, Paraíbae Rio Grande do Norte. Oacordo inicial firmado entreas empresas já começou aser colocado em prática edeve trazer ao país o total de50 toneladas de salmão. Asvendas dos produtos foraminiciadas em agosto.A alta demanda peloproduto na região nordestefoi o grande impulsionador donegócio. “Percebemos o aumentopela procura do peixenesses estados e decidimosnos unir com a Super SalmónDemanda pelo salmãono nordeste impulsionanegóciopor sabermos do renome daempresa no mercado internacional”,conta Júlio Tavares,gerente de logística do GrupoKarneKeijo. A Super Salmónfaz parte do maior grupo dedistribuição de proteínas animaisno Chile, o Agrosuper.Entre os produtos queserão importados estão osalmão congelado e o salmãorefrigerado, que serão voltadospara o setor food service eoriental da região. Para trazeros pescados, sem alterar suascaracterísticas, a KarneKeijoadequou a logística de transporteaté o Brasil de maneirasdiferentes, de acordo com anecessidade de cada produto.“Como o salmão refrigerado édestinado à culinária japonesae já vem praticamente prontopara consumo, o transportedeve ser mais rápido. Por isso,vamos trazer essa leva deprodutos via aérea. Já os congeladospodem ser transportadosem mais tempo, contantoque estejam bem refrigerados.O transporte, neste caso, serámarítimo, em temperaturaTavares: A KarneKeijo não precisou investir emlogística para realizar o negócio, pois conta comestrutura para suprir a demandade -25º C, e a distribuição nonordeste será feita em carrosfrigorificados”, explica Tavares.Toda a logística envolvendoo negócio foi realizadainternamente. Segundo Tavares,não houve investimentosadicionais em logística pararealizar a operação, pois aempresa conta com umaestrutura capaz de suprir asdemandas.Com essa operação, oGrupo KarneKeijo estima ofaturamento bruto de R$ 1milhão, com lucros de 10%sobre o valor. A importaçãodo salmão da Super Salmónservirá de experiência paraa KarneKeijo, que já planejaexpandir a parceria como Agrosuper e começar aimportar aves, suínos, frutos evinhos do grupo chileno.Atualmente, a KarneKeijopossui capacidade instaladade 500 ton/dia e movimenta200 ton/dia em cargas, comuma frota própriade 71 caminhões.“Com o aumentoda demanda pornossos trabalhos,de novas parcerias,começamos ainvestir ainda maisna logística daempresa. Para osegundo semestredesse ano iremosinvestir R$ 400 milem reestruturaçãodo setor delogística”, terminaTavares.


34 | edição nº115 | Set | 2011 |Logística & Meio AmbienteCombustívelKimberly-Clark e Grupo Pão deAçúcar fecham parceira sustentávelAKimberly-Clark (110800.709.5599) lançouo projeto EntregaSustentável K-C/Grupo Pãode Açúcar, no qual testaa substituição de suascarretas movidas a dieselpor etanol. A primeira carretasustentável iniciou asoperações no dia 9 de maioúltimo.A carreta movidaa etanol proporcionaredução de até 75% departículas lançadas naatmosfera, e integra,também, um kitanticorrosão. Trata-se deum grande avanço quandocomparado aos 180 gemitidos por quilômetropercorrido pelos veículosmovidos a combustívelfóssil, conforme dadosda Petrobras. “Nossaplataforma de veículossustentáveis não serestringe só a etanol,trabalhamos com veículosmovidos a GNV e estamosanalisando outrasoportunidades”, comentamDanilo Freitas, gerentede Customer Service, eRogério Novelli, gerentede transportes, ambos daKimberly-Clark.E Ricardo Gonçalves,diretor de Supply Chainda empresa, continua:“a Kimberly-Clark,que tem como pilarestratégico as iniciativasde sustentabilidade parao varejo, não poderiadeixar de se preocuparcom o transporte dosseus produtos de maneiraProjeto sustentável troca carretas movidas a diesel poretanol e deve reduzir em até 75% a emissão de poluentesresponsável, trabalhandopara melhorar a qualidadede vida das pessoas.”Afinal, segundo alegam, deacordo com sua missão,‘Essencial para umavida melhor’, a empresaestá buscando reduziros impactos ambientaise contribuir para umasociedade e meio ambientemelhores.Para o Grupo Pão deAçúcar, essa parceria émuito importante, poisinfluencia e incentivaoutros fornecedoresa aderirem a açõessustentáveis. O Grupotrabalha em muitosprojetos com o conceitode responsabilidadecompartilhada – “parceriascomo essa nos ajudam aatingir a cadeia completae fazem com que todos(indústria, varejo econsumidor) ajudem naconstrução de um mundomelhor. Buscamos tornarnossa cadeia cada vez maiseficiente e sustentável”,relata Ligia Korkes, gerentede sustentabilidade do GPA.Para oferecer esteserviço ao Grupo Pãode Açúcar, a Kimberly-Clark contou com o apoioda ADG Transportes,especializada em práticasdiferenciadas para omercado logístico. Aempresa auxiliou naadaptação do veículo e comos procedimentos exigidospara o licenciamento danova carreta movida a GNVjunto aos departamentoscompetentes.Ligia comenta osoutros projetos do GPApara ajudar na diminuiçãode CO 2 . “Para reduzir aemissão de CO 2 em suasoperações, o GPA iniciouem 2009 a implantação dediversas iniciativas, entreelas o sistema Backhaul– estratégia logísticaque otimiza o fluxo deviagens entre lojas eCentros de Distribuiçãodurante o abastecimentodos produtos. A bandeiraPão de Açúcar possuiduas lojas certificadaspelo selo verde LEED(Leadership in Energy andEnvironmental Design) eestas possuem veículosmovidos a biodiesel.Outra ação logística queenvolve sustentabilidadeno Grupo é o Top Log,em que os fornecedoressão analisados em quatropilares, entre eles oimpacto relacionadoao meio ambiente edesenvolvimento social.”Outro passo importantefoi a inauguração, em abrilde 2010, do 1º Centro deDistribuição Verde do GPA,localizado em Brasília, DF, quecontou com investimento deR$ 75 milhões, tem 32,6 milmetros quadrados de áreaconstruída, 90 docas e 32mil posições de estocageme substituiu três Centraisde Distribuição utilizadasanteriormente pelo Grupopara abastecer lojas dasbandeiras Extra, Pão deAçúcar e Assaí localizadasno Distrito Federal, Goiás,Mato Grosso, MinasGerais e Tocantins. Essaunificação gerou ganhode produtividade, reduçãode custos e eficiênciano abastecimento dossuper e hipermercadosda companhia”, finaliza agerente.


ESTA É A NOVA FACHADADA SUA EMPRESA.CONDOMÍNIO FECHADO DE GALPÕES MODULARES DE 1.533m²LIGUE: (11) 3323-0000REF. 7071COMERCIALIZAÇÃOREALIZAÇÃORodovia Engenheiro Ermênio de Oliveira Penteado, KM 52 | Indaiatuba - SPwww.multimodalweb.com.br


36 | edição nº115 | Set | 2011 |Informe publicitárioCargomax lançaránovo modelo denivelador de docasInvestimentos em aumento dacapacidade de produção e mão deobra também estão previstos para opróximo ano. Construtoras, atacadistas,transportadoras e distribuidores sefirmam como maiores clientes da empresa.A Cargomax lançará em 2012 mais um modelo de nivelador dedocas, o que deverá complementar o catálogo de produtos da empresaatuante há dez anos no setor. O nivelador de docas basculante commola de tração chega ao mercado no próximo ano buscando atender àsexigências que a Cargomax observou em seus clientes.O lançamento é exclusivo da companhia e sua tecnologia nãoé encontrada em nenhum outro produto no Brasil. Com o intuitode funcionar sem que haja muito esforço durante a operação, onivelador é leve e não exige manutenção constante. “Esperamos queo novo nivelador seja mais um produto de sucesso, devido aos seusdiferenciais em relação a outros produtos do mercado e ao custobenefícioque ele irá oferecer”, explica Alexandra Kyrillos, diretora daCargomax.Na busca por oferecer um produto completo e bem finalizado, oprotótipo do novo nivelador será instalado durante três meses emuma grande rede de supermercados do Rio de Janeiro. “Esta rede desupermercados é cliente há muito tempo e tem uma grande demandapor empilhadeiras que se movimentam durante todo o dia. Vamosdeixar o nivelador em teste para vermos se ele está de acordo com osobjetivos de funcionalidade, agilidade e segurança que desejamos”,continua Alexandra.Para comemorar uma década de atuação, a Cargomax criará umselo comemorativo. Durante anos de atuação, a empresa tornou-sereferência em equipamentos para carga e descarga, buscando oferecersoluções que resultam em maior produtividade e segurança para ocliente. Para isso, além de fornecer produtos do catálogo, a empresaainda desenvolve projetos levando em consideração as característicasde operações/logística do cliente. “Queremosdar ao mercado mais que um produto, umbem durável, com fácil manutenção e que sejarealmente útil para o cliente”, afirma Alexandra.Os produtos comercializados pela Cargomaxsão os niveladores de doca embutidos comacionamento mecânico, eletro-hidráulicosou por molas; o nivelador de doca embutidotelescópico, muito utilizado em câmarasAlexandra Kyrillos,diretora da Cargomaxfrigorificas, pois permite isolamento do ambienteexterno; o nivelador basculante manual ou


| edição nº115 | Set | 2011 |37eletro-hidráulico; o nivelador de doca dobrável;o nivelador de doca portátil; as plataformaselevatórias; e as docas móveis. A Cargomaxtambém oferece peças para reposição, batentesde borracha em tiras, luminárias, guias de rodase manutenção preventiva ou corretiva para todalinha de equipamentos.Patrícia Kyrillos,Investimentosdiretora comercial daCom atuais 60 colaboradores, a CargomaxCargomaxcontratou funcionários em Estados específicospara oferecer suporte regional, como acontece em São Paulo, ondepossui três colaboradores locados em Jundiaí, além de contar comtécnicos capacitados por todo país. A empresa se prepara para arealização de novos investimentos. “A demanda está aumentando enecessitamos expandir nosso parque fabril para diminuição dos prazosde entrega”, anuncia Alexandra, que completa afirmando que novosequipamentos e máquinas serão adquiridos nos próximos meses.Um dos alvos de investimentos da Cargomax em 2011 foi odepartamento de informática, com novos softwares adquiridos da TOTVS.Todos os departamentos da Cargomax receberam aportes tecnológicos.Para Alexandra, o grande sucesso da Cargomax se deve,principalmente, ao fato de atuar com colaboradores capacitados.Outro diferencial está no pós-venda. Quando um equipamentoapresenta algum problema, a Cargomax se prontifica em resolvera questão enviando colaboradores até o local. “Se o cliente teveproblema com um equipamento nosso, em no máximo 72 horas ele estásolucionado. Não deixamos o cliente com um equipamento inutilizado,mesmo que isso signifique trocar componentes da máquina até antesde sabermos o problema. Nesses casos, levamos o componente comproblema para conserto e depois o devolvemos para o cliente”, explicaCarlos Kyrillos, coordenador de operações da empresa.Com condições mais compatíveis com as necessidades do mercado,garantia, atendimento e manutenção, a Cargomax já fidelizou clientes degrande porte. “Temos clientes que são parceiros. Isso acontece porquevendemos de acordo com a necessidade deles. Pensamos no que émelhor para aquele determinado negócio e não apenas em vender maisum nivelador”, afirma Patricia Kyrillos, diretora comercial.As transportadoras também são grandes clientes da Cargomax. Estesegmento tem crescido muito em várias regiões do País, principalmenteem São Paulo, Rio de Janeiro, Manaus, Porto Alegre, Curitiba, Recife,Salvador e Fortaleza, representando uma grande fatia dos clientesda empresa. “Apesar de nossos preços não serem os mais baixos domercado, nossas condições, o pós-vendas, a garantia e a assistênciatécnica são os nossos diferenciais. O mercado ainda está muito focadoem preço, mas não adianta pagar pouco e não ter o retorno desejado. Nahora da aquisição é necessário pensar em custo-benefício. O que adiantapagar mais barato, se o produto não irá atendê-lo e, ainda, necessita dereparos constates?”, indaga Alexandra, completando que alguns clientespossuem equipamentos da Cargomax instalados desde o início dasatividades da companhia. “Com a manutenção devida é possível utilizarnossos equipamentos por muitos anos”, finaliza.Fone: 21 2676.2560www.cargomax.com.br


38 | edição nº115 | Set | 2011 |MultimodalEspecialOperadores Logísticos etransportadoras revelamseus investimentosPresente e futuro fazem parte dos investimentos previstos pelos OLs e transportadoras, que são destaquesnesta matéria especial. E envolvem desde infraestrutura até equipamentos dos mais diversos dentro do setor.ALL: novos projetos eparceriaA ALL – América LatinaLogística (Fone: 0800 701 2255) está investindo cerca deR$ 700 milhões no ProjetoExpansão Malha Norte, queirá ligar o Alto Araguaia aRondonópolis, MT. Desdea privatização da malha, aempresa já investiu mais deR$ 6,7 bilhões. Ainda em 2011,a ALL deve investir R$ 650milhões para viabilizar o seucrescimento orgânico, com acompra de equipamentos emanutenção da malha, alémde outros cerca de R$ 250milhões para dar continuidadedo projeto de construção daferrovia entre Alto Araguaia eRondonópolis.A ALL também fez parceriacom a Rumo Logística,empresa de controle indiretodo grupo Cosan, paraa movimentação de açúcare derivados por ferrovia apartir de Itirapina, SP, rumoao porto de Santos. O investimentoprevisto na operaçãoé de R$1,2 bilhão ao longode cinco anos, que seráaplicado em via permanente,pátios, vagões, locomotivase terminais, destinados aotransporte de açúcar a granele derivados. A meta da parceriaé chegar a 9 milhões detoneladas de açúcar movimentadosem 2013.Autolog deve investirR$ 800 mil em novaplantaA nova planta daAutolog (Fone: 11 4243.4133),operador logístico dematerial promocional, quedeverá ser inaugurada emoutubro tem previsão dereceber investimentos deR$ 800 mil para iniciar suasatividades. “Foram adquiridosequipamentos, instalações elicenças. Também investimosem mão de obra para atenderà demanda do mercado ealinhar a empresa com a novarealidade do negócio”, destacaFlávio Augusto AbrunhozaFilho, sócio-diretor da empresa.A planta atual da companhiatambém recebeu investimentosrecentes de cerca de R$ 600 mil.Brasiliense Cargoenfoca próximosinvestimentos nacapacitação deprofissionais erenovação de frotaTreinamento decolaboradores e renovaçãoda frota serão os próximosinvestimentos da BrasilienseCargo (Fone: 19 2102.4900).Segundo os planos da empresa,18% da frota deverá serrenovada, além de ocorrer aampliação do número de carrospara a cobertura do segmentorefrigerado.“A prestação de serviço naárea de comércio exterior exigeque as informações estejamalinhadas e on-line. Por isso,um dos nossos constantesinvestimentos é no intuito degarantir esta prestação”, afirmaAbilio Neto, diretor da empresa.A aquisição de novosveículos, novos sistemas demonitoramento e rastreamentofez parte dos investimentosrecentes da companhia. Alémdisso, a Brasiliense Cargo trocouos servidores de banco de dadose atualizou o sistema para aemissão do conhecimento detransporte eletrônico.Brasilmaxi monta novoarmazém geralA Brasilmaxi (Fone: 112889.6100) irá inaugurar um


| edição nº115 | Set | 2011 |39novo armazém geral, cominvestimentos própriosde R$ 500 mil. A intençãoé aumentar a capacidadeprodutiva.“Nos últimos 12 meses,os principais investimentosrealizados pela companhiaforam focados na ampliaçãode frota, melhorias emTI, abertura de unidade denegócios em Macaé, RJ,além da reforma no armazémBresser”, conta Paulo Tigevisk,gerente de marketing evendas da Brasilmaxi. Nototal, os investimentos nessessetores chegaram à cercade R$ 5 milhões, sendo queapenas a ampliação da frotada custou R$ 4 milhões, comrecursos do Finame.Braspress investe R$ 33milhões em inovaçõestecnológicasA Braspress (Fone: 112188.9000), empresa deencomendas urgentes, estárealizando investimentos deR$ 33 milhões em TI paramodernizar a infraestrutura. Averba será destinada à revisãodos processos e instalação dosistema de gestão empresarialda Oracle E-Business Suitee Datapress II, além de umareestruturação no parque dehardware em seu Datacenter.Com a primeira etapa jáconcluída, a empresa deve atédezembro finalizar o projetoOracle E-Business Suite(OEBS), com soluções quepermeiam todos os processosda organização, desde o maissimples controle até a maiscomplexa integração de todosos módulos que compõemo sistema administrativofinanceiro,comercial eoperacional.De acordo com UrubatanHelou, diretor-presidente daBraspress, a modernizaçãotecnológica é essencial paraconquistar novas posições dedestaque no setor de encomendas,e ter um fornecedorde classe mundial como a Oracleé crucial para dar suporte àevolução na área de TI. “Comas soluções a serem implementadase a reestruturaçãonecessária, teremos condiçõesde suportar o crescimento projetadoda organização para ospróximos anos”, explica Helou.Mais investimentos serãofeitos em novas frotas. Noprimeiro semestre, a empresainvestiu R$ 11 milhões naaquisição de novas unidades,sendo 35 veículos MBB 710, 10cavalos mecânicos Axor 1933 e1 cavalo mecânico Axor 2040 e7 HR. Ainda foram adquiridasoutras 38 unidades, sendo 15HR, 15 MBB 710 e 8 MBB 718,que ainda não foram totalmenteentregues. Quando as novasunidades forem integradasà frota usual, a empresa teráuma frota de 1.100 caminhões.Outros R$ 10 milhões eminvestimentos foram alocadosna construção de um novoterminal na cidade de Vitória,ES, inaugurado em agosto.Cerca de R$ 4 milhões foramvoltados para a ampliaçãodo terminal de Contagem,MG, em finalização de obras.Para este segundo semestrede 2011, estão previstos maisR$ 6 milhões para a construçãode um novo terminalem Campo Grande, MS, ecerca de R$ 10 milhões paraum Hub na cidade de SantaMaria, RS.TI e estrutura física deunidades são os alvosda CoopercargaO ano de 2011 está sendomarcado para a Coopercarga(Fone: 49 3301.7000) pelosimportantes incrementos realizadosem sua estrutura, cominvestimentos em diversasáreas. Ainda para esse ano, aempresa projeta um investimento


40 | edição nº115 | Set | 2011 |Multimodalem TI de R$ 2,5 milhões. “A maiorparte deste investimento estádestinada ao ERP, com foco namelhoria de gestão e informação,e beneficiará todas as unidadesda Coopercarga, proporcionandomaior agilidade e qualidade nasinformações”, afirma Osni Roman,diretor-presidente da empresa.Para melhorar o atendimentoaos clientes e cooperados,ainda em 2011 serão realizadosinvestimentos de R$ 17 milhõesem melhorias na estrutura daunidade paulista da companhia edos serviços ali oferecidos, comotransferência, armazenagem eposto de combustível.Entre os mais recentesinvestimentos também estão oinício de duas novas operaçõesin-house com o cliente Ambev,para a distribuição urbana de bebidase transferência. A primeiraunidade, o CDD em Diadema, foiincorporada no início de junho e asegunda unidade, o CDD Mooca,em meados de julho. “Para estasduas operações, tivemos umincremento na ordem de R$ 26milhões em frota e estrutura”,explica Roman.Outros atuais investimentossão destinados às operaçõesno segmento florestal, onde aCoopercarga somará, até o finaldeste ano, cerca de R$ 29 milhõesno incremento de frota paraas operações com clientes dosetor. Deste valor, R$ 16 milhõesestão destinados à operação daunidade de Três Lagoas, MS, quetambém receberá um investimentode R$ 950 mil para melhoriasna estrutura física. A unidade deTelêmaco Borba, PR receberáinvestimento de R$ 13 milhõesem frota, com foco no transporteflorestal e de biomassa – operaçãoque está com o início previstopara setembro de 2011.Cootravale estudaabertura de filial emVitória, ESO mais recente projetoda Cootravale – Cooperativados Transportadores do Vale(Fone: 47 3404.7000) é umapossível abertura de filial nacidade de Vitória, ES. O estudosurgiu da necessidade dosclientes por veículos na região.“Vamos avaliar a demandae a oferta da região paradarmos andamento ao projeto.Caso a oferta de veículos forconsiderável e as negociaçõessinalizarem uma quantidadede embarques que justifiquea abertura, é provável que oprojeto saia do papel”, sinalizaRosane Maciel da Maia, dosetor comercial da empresa.Para dar suporte aosveículos que já estão emoperação com destino a MinasGerais, especificamente naregião de Belo Horizonte, acompanhia inaugurou esseano uma filial em Betim, MG,que já se encontra com fluxode programação diária. “Ofoco é otimizar os principaiscontrafluxos com o Centro-Oeste, Sudeste e Sul, mas afilial não terá restrições quantoa destinos e estaremos atentose dispostos a analisar todasas oportunidades da região”,continua Rosane.Outro investimento dacompanhia em 2011, o Pontode Apoio da Cootravale deJaguariúna, SP, iniciou suasoperações em julho. Localizadoanexo ao pátio da Ambev, o P.Acoordena embarques partindode Jaguariúna, Jundiaí eJacareí, todos em São Paulo,além de dar suporte junto aocorporativo do cliente paraembarques em outras filiais dogrupo.Gefco investe em capacidadeoperacional de filiaise integração de sistemade tecnologiaO ano de 2011 foi marcadopor investimentos na áreade capacidade operacional etecnologia na Gefco (Fone: 212103.8127). Logo em abril, acompanhia iniciou as operaçõesdo Hub de Guarulhos,SP, com área de 5.000 m², emuma área total de 20.000 m²,localizado na rodovia PresidenteDutra no sentido Rio deJaneiro. Esta unidade contoucom investimento de R$ 9milhões e atualmente prestaserviços nos modais rodoviário,aéreo e marítimo, além delogística de armazenagem naregião metropolitana de SãoPaulo. “O local é responsávelpela consolidação de mercadoriasprovenientes, principalmente,do serviço milk-runpara a indústria automotiva edaquelas coletadas em fornecedorese clientes nacionais einternacionais, principalmentena Argentina”, explica LuizAlcantara, diretor de operaçõesrodoviárias e logística.Em junho, a empresa tambémconcluiu a verticalizaçãode três unidades de logísticade armazenagem (Guarulhos,Campinas e Curitiba) com ainstalação de 4,1 mil posiçõesde portapaletes, em uma áreatotal de 5.000 m². O projetocustou R$ 500 mil e contribuiupara dobrar a capacidade dearmazenagem da Gefco, queantes era realizada em pisoblocado.Os investimentos em TIatingiram R$ 1,4 milhão, com aimplementação do novo WMSpara gestão de mercadorias, desenvolvidointernamente pelogrupo. Além disso, um sistemade radiofrequência para gestãode estoques de veículos, que jácontrola 700.000 m², em quatropátios administrados pela Gefco,também foi implementado.Dentre os investimentosainda previstos para esse anoestão a ampliação dos recursoscom a aquisição de novosequipamentos com conectividade3G e novas ferramentasque permitam a realização de25 diferentes tipos de operaçãopor meio de equipamentosmóveis, como coletores dedados. “Outra iniciativa na áreade TI em 2011 é a realização daintegração entre o sistema degerenciamento de transporte,o TMS e o sistema de localizaçãogeográfica utilizado pelaGefco para o rastreamento doscaminhões, possibilitando aosgestores de cargas visualizá-lasem tempo real, por meio de serviçode mapas online”, anunciaAlexandro Strack, diretor de TI.Golden Cargo implementaCentro de Distribuiçãono NordesteO CD do município deBalsas, no Maranhão, é o atualfoco de investimentos da GoldenCargo (Fone: 11 2133.8800).Segundo Mauri Mendes,diretor-geral da companhia, anova unidade recebeu recursosde R$ 4 milhões e será utilizadapara armazenagem de defensivosagrícolas para proporcionaraos fabricantes um atendimen-


| edição nº112 | Jun | 2011 |41to mais eficiente e rápido aosprodutores rurais da região. “Até2013, os recursos que serão aplicadosem território maranhenseaumentarão o espaço do CD deBalsas de 4 mil para 12 mil posições/paletes”,afirma Mendes.Hipercon planejaaumentar áreas em portosnacionais em 2012Para o próximo ano,a Hipercon (Fone: 133228.4100) estuda aexpansão de sua atuação edas suas áreas em portosbrasileiros, sem valores deinvestimentos divulgados.“Nossos investimentosrecentes foram focados emárea para armazenagem de11.200 m² e em serviços dedesunitização e unitizaçãode contêineres”, afirmaCarla Ajifu, subgerentecomercial.IBL Logística aumentaatuação no segmento desaúde humana e animalCom o intuito deaumentar a sua atuação nossetores de saúde humanae animal, a IBL Logística(Fone: 11 2696.2230)investiu R$ 200 mil emespaço para a distribuição demedicamentos e correlatos.“Em 2011 fizemos oinvestimento na operaçãoPharma. Adquirimos ocertificado da ANVISA(cosméticos, correlatos,medicamentos e controlados)e contratamos funcionárioscom know-how na operação”,conta Camila Lima, dodepartamento de marketingda empresa.Com nova matriz desde2009, localizada em Guarulhos,SP, a empresa amplioua estrutura para conseguiratender à demanda dos clientes,com espaços para housesinternas, de maneira quefosse possível gerar maiorintegração entre cliente eempresa. Nesta matriz, cominvestimentos de cerca deR$ 25 milhões, a companhiaconta com espaço de aproximadamente50.000 m ² , sendo20.000 m ² de área construídae 19.000 m ² de armazém.


42 | edição nº115 | Set | 2011 |MultimodalInfraestrutura enovas tecnologias emequipamentos são ospróximos investimentosda Just in Time LogisticsInvestir na estruturada unidade e em novastecnologias interna eexternamente, além doaumento de mão de obra serãoos focos de investimentos daJust in Time Logistics (Fone:11 5565.3144). Os valoresestão estimados em cercade R$ 200 mil e tambémdevem ser direcionados paraa comunicação. Os planosforam realizados para atenderao crescimento do mercado,expandir novos negócios ecaptar de clientes e parceiros.KT&T Logística renovafrota e investe emtecnologia de sistemasde transporte earmazenagemPara acompanhar aevolução do mercado externo,em constante desenvolvimentode novas tecnologias, e ademanda dos clientes, a KT&TLogística (Fone: 11 4141.2828)renovou 40% da frota e investiuem tecnologia de transportee armazenagem em 2011,segundo Rafael Ilan Bernater,gerente operacional e dequalidade da companhia. Essesinvestimentos seguem o planoque é realizado desde 2009, anoem que a companhia comprou29 conjuntos de cavalosmecânicos truckados combaús de eixos especiais, comcapacidade para 30 paletes e 32toneladas. Em 2010, a empresainaugurou uma unidadeem Itapevi, SP, com área dearmazenagem de 6.100 m² ecapacidade para 12 mil paletes.Localfrio aplica R$ 10milhões em melhoriasnas unidades de Itajaí,Recife e Santos“Nossa empresa estáinvestindo constantemente emequipamentos de movimentaçãointerna e externa nosarmazéns e pátios, bem comoem veículos para o transportelocal e interestadual. Mas,o maior investimento estásendo feito no treinamentodas pessoas, para que todo orestante do investimento sejalevado ao mercado de formaética e profissional”, analisaMarco Antonio de Oliveira,superintendente corporativode operações logísticas da Localfrio(Fone: 0800.164 060). Osinvestimentos em 2011 realizadosnas unidades de Itajaí, SC,Recife, PE, e Santos, SP, somama quantia de R$ 10 milhões eserão voltados para armazéns,veículos e equipamentos demovimentação, como empilhadeirasde pequeno e grandeporte e acessórios.O maior investimento realizadopela Localfrio no últimoano foi a compra de empresasdo Nordeste, no porto deSuape, onde estão localizadosum terminal alfandegado, umnão alfandegado e uma transportadoracom 160 veículos.A construção de um centro dedistribuição em um terreno de90.000 m² – que fará o papel doarmazém geral ou o OperadorLogístico, contando com umpátio para a movimentação decontêiner – também fez partedo investimento.Manserv Logística deveinvestir R$ 100 milhõesnos próximos dois anosA Mansev Logística (Fone:11 4225-5800) já iniciou o planejamentopara os próximosinvestimentos e deve designara quantia de R$ 100 milhõesnos próximos dois anos paramelhorias. Os investimentos,previstos para suportar ocrescimento da empresa ediversificar os serviços prestados,serão alocados no Centrode Distribuição localizado emPerus, SP, que terá 30.000m² de área construída. O CDtambém irá contar com 33 milposições/paletes, área paraarmazenagem e movimentaçãode contêineres, 48 docase infraestrutura completa paratransportadoras e motoristas.“Outra grande parte do investimentoprevisto está designadaà renovação de equipamentosde movimentação, comoempilhadeiras, paleteiras erebocadores, e para a comprade softwares e hardwares degestão de CD”, afirma JoséHenrique Bravo Alves, diretorgeral da Manserv. Tambémestão previstos investimentosem equipamentos de transportee os respectivos sistemas degestão.Até o fim de 2011 devehaver o emprego de R$ 50milhões em equipamentosespeciais de movimentações deprodutos, como side loaders,locotratores, pás carregadeirase tratores de esteira. Partedesse valor também serádestinado a sistemasoperacionais de gestão (WMSe TMS) e na capacitação depessoas, principalmente naárea de engenharia.R$ 31,1 milhões devemser os investimentos daMartin-Brower em 2011Com previsão de investimentosde R$ 31,1 milhões em2011, a Martin-Brower (Fone:11 3687.2800) aumentou a suafrota, além de melhorar a infraestrutrae comprar equipamentospara as operações realizadas.No ano passado foramgastos R$ 6,5 milhões para osmesmos setores, segundo IvesUliana, diretor de operações eSupply Chain da empresa.Expresso Minuanoconstrói terminal decargas de R$ 4 milhõesO Expresso Minuano (Fone:51 2121.0999) enfocou seus investimentosem novo terminalde cargas em Porto Alegre, RS,onde se encontra a sua matriz– o valor foi de R$ 4 milhões. Aempresa ainda comprou noveconjuntos cavalo-carreta novalor de R$ 3,6 milhões e abriuduas franquias, nas cidadesde Maringá e Londrina, PR, deacordo com Jaime Krás Borges,sócio-diretor comercial.Pacer Logísticabusca expansão cominvestimentos e devecrescer 50% esse anoInvestimentos de R$ 10milhões em reestrurações eparcerias são as previsões daPacer Logística (11 5031.1919)até o final de 2011. “Estamos investindoem parcerias nas áreasonde não possuímos unidadespróprias, em especial regiõesmetropolitanas. Deste modo,poderemos expandir nosso


| edição nº115 | Set | 2011 |43espaço disponível para armazenamento.Além disso, estamospassando por um processoque visa reformular e reforçara marca Pacer como OperadorLogístico capacitado e atuantenas áreas de armazenamento,distribuição e transporte dasmais variadas cargas”, explica odiretor Alexandre Caldas. Como montante e as inovações, aempresa espera fechar o anocom crescimento de 50%.Entre os recentes investimentosda companhia está oemprego de R$ 2 milhões naabertura de novas unidades nointerior de São Paulo – Guarulhos,Campinas, Sorocaba eJundiaí –, com intuito de fortalecera sua presença no Estadode São Paulo. Essa expansãofoi responsável pela contrataçãode 150 novos funcionáriose agregação de 130 novosveículos.Próximos investimentosda Penske serão voltadospara expansão geográficaA Penske (Fone: 113738.8200) irá focar sua expansãogeográfica no Norte,Nordeste, Centro-oeste e Sul,regiões com grande número deempresas nas áreas de varejo,eletroeletrônicos, cosméticose farmacêutica. A companhiadeve sair das 20 unidades efechar 2011 com 25 unidadessob sua administração.Ainda nesse ano, a Penskequer ampliar seu ramo deatuação e investirá nos setoresde fármacos e beleza, deacordo com Cristiano Koga,diretor de vendas, marketing eengenharia da Penske LogisticsAmérica do Sul. Com a alta demandapor remédios da regiãoNordeste, que se consolidoucomo a segunda que maisrecebeu remédios distribuídospelo atacado em 2010, a Penskeestá investindo na região, quereceberá um estoque maiorde galpões industriais do queaquele que já foi construído emtoda a sua história. São 195.000m² novos, contra 145.000 m² jáexistentes.Os últimos investimentosda empresa foram voltados,também, para novas operaçõesno país. Em 2010 foram investidosR$ 15 milhões no estabelecimentode novas operações. Aempresa inaugurou um Centrode Distribuição em Manaus,AM, para atender a Whirlpool,chegando pela primeira vez àregião Norte. Esse CD possui11.000 m² e será expandidopara mais 12.000 m².TI e capacidade dearmazenamento são alvosde investimentos porparte da PiccilliA Piccilli Logística (Fone: 112941-5118) continua investindoem novos sistemas de TI, alémde comprar novos veículos paraa atual frota. Entre os setoresinvestidos, a companhia aindainclui aumento da capacidadedo armazém, com a compra deportapaletes.


44 | edição nº115 | Set | 2011 |44 | edição nº112 | Jun | 2011 |MultimodalSanta Rita Logisticinaugura CD em Santanade Parnaíba, SPA Santa Rita Logistic(Fone: 11 4166.6400) acabade inaugurar um Centro deDistribuição para operações dearmazenagem, cross-dockinge logística reversa com 7.000m². Com uma estrutura para8.000 posições/paletes (entreportapaletes e blocado), o CDestá localizado em Santana deParnaíba, SP, a 10 quilômetrosda Rodovia Castelo Branco ea 10 quilômetros da rodoviaAnhanguera. “Procuramosuma localização estratégica,que ficasse próxima dasprincipais rodovias e em umponto onde não existissemproblemas com trânsito, cadavez mais agravante em zonasindustriais”, explica Carla Butori,da área comercial.Ela conta que a necessidadeda aquisição de um novoCD surgiu devido ao grandeincremento de operações decross-docking e ao aumento declientes à procura de armazenagem.“O CD é especializadoem operação de cross-docking,tendo uma excelente área,2.000 m², somente para pickinge manuseio. O novo CD irá facilitaras entregas fracionadas efood service”, revela, acrescentandoque o local é divididoem duas áreas: segmentoalimentício e autopeças.Para atuação no novoempreendimento, a empresainvestiu em portapaletes, empilhadeiras,transpaleteiras elétricase manuais e empilhadeiraspara equipamentos pesados,como também em WMS eimplantação de sistema web.Santos Brasil enfocainvestimentos no TeconImbitubaO ano de 2011 está significandograndes aportes financeirospara a Santos Brasil (Fone: 133209.6000). Os investimentos daempresa, no acumulado do ano,somam R$ 101,7 milhões, sendoque R$ 56,3 milhões foram investidosno segundo trimestre.O Tecon Imbituba, em SantaCatarina, alternativa da empresapara a logística portuária no sulbrasileiro, recebeu 57% do investimentorealizado pela companhano segundo trimestre: R$ 32,1milhões, sendo que o total doaporte na região, em 2011, foiR$ 66,8 milhões. Em junho, oTecon Imbituba também recebeuinvestimentos, entre eles doisportêineres (ship-to-shore grantrycrane) e guindastes sobretrilhos capazes de operar asmaiores embarcações do mundo(os navios Ultra Large Conteinership- UCL).Desde que ganhou aconcessão do Tecon Imbitubahá três anos, a Santos Brasilestá ampliando e preparando oterminal com alta tecnologia einfraestrutura para receber linhasda Ásia, Europa e Américas. Nototal, estão previstos investimentosde cerca de R$ 440 milhões,voltados para o arrendamentodo terminal (contrato de 25 anoscom previsão de renovação paramais 25), obras civis para a construçãode dois berços de atracação,aquisição de equipamentosportuários para movimentaçãode contêiner e capacitação demão de obra local.No Tecon Santos, atualmentemaior operação companhia, osinvestimentos realizados nosúltimos seis meses em infraestrutura,modernização de equipamentose capacitação de pessoalsomaram R$ 28,9 milhões.TA aposta em tecnologia einaugura CDs no nordesteA TA (Fone: 19 2108.9000)está investindo R$ 10 milhõesna aquisição de 260 novoscomputadores, 35 carretas e7 cavalos. Dentro dessa verbatambém está contabilizada aimplantação do ERP e de umsistema de teleconferência. Astecnologias serão investidaspara possibilitar treinamentos,reuniões gerenciais eapresentações para clientes àdistância, além de transmitirimagens de mercadorias online.A holding também investenas capitais nordestinas. ATalog, que integra a TA, colocouem operação, no começo doano, um centro de distribuiçãona região metropolitana doRecife, PE, localizado emJaboatão de Guararapes, comtrês módulos, 11 mil posições/paletes seca e 45 docasniveladoras. O investimentono local chegou a R$ 2,5milhões, entre maquinárioe equipamentos. Em julho,entrou também em operaçãoo CD de Salvador, BA, querecebeu investimento de R$1milhão. O CD está localizado nomunicípio de Simões Filho, a15 km da capital baiana, e contacom 5.000 m² e 5 mil posições/paletes. Até o final de 2011, aempresa deve inaugurar um CDem Fortaleza.TNT pretende manterinvestimentos emautomação de processos etreinamentosA TNT (Fone: 11 3573.7700)pretende continuar osinvestimentos nos próximosmeses visando à automaçãode processos e ao treinamentodas equipes, que são partedo plano de integraçãoentre a TNT Mercúrio e aTNT Araçatuba. “A TNT estáinvestindo fortemente emtecnologia e já estamostrabalhando com o uso decódigo de barras em etiquetas(labelling), que podem ser lidaspor meio de scanners”, afirmaLuiz Fernando Simabukulo,gerente de marketinge Customer Service dacompanhia.A empresa também estáatuando com dois terminaiscompletamente automatizadoscom scanners e esteiras(sorters), sendo um em SãoPaulo e outro em Campinas,ambos no Estado de SãoPaulo. Nesses terminaistotalmente automatizados, oprocesso de carga e descarga,que era feito em até oito horas,foi reduzido para 40 minutos.“Percebemos com isso que oinvestimento em tecnologiapermite uma maior agilidadenos processos e uma melhoriana qualidade do serviçoprestado ao cliente”, finalizaSimabukulo.Transportes Mauá prevênova sede em 2012Buscando maior área dearmazenagem, a TransportesMauá (Fone: 51 3371.1306)deve investir no ano que vemem nova sede, com o empregode R$ 2,5 milhões. “O motivopara a criação da nova sedeé o incremento no setor dearmazenagem, com instalaçõesmais modernas que permitammaior praticidade nasoperações logísticas”, explicaAndré Parra, gerente comercialda empresa. Dentre os últimosinvestimentos da empresa estáa compra de nova sede emCanoas, RS.Ampliar filial de Goiâniaestá nas previsõesda TSV TransportesRápidosDentre as principaisprevisões de investimentos daTSV Transportes Rápidos (Fone:11 2954.7778) está a ampliaçãoda filial localizada em Goiânia,GO. Outro intuito é aumentar oarmazém da filial de São Paulo,SP, dos atuais 3.000 m² para9.000 m², segundo o gerentecorporativo de vendas daempresa, José Afonso Leite.


| edição nº112 | Jun | 2011 |45TTC Logística planeja investir R$60 milhões até 2012No biênio 2011/2012, a TTC Logística(Fone: 21 3295.1500) irá investir R$ 60milhões na melhoria de serviços e estruturas.Apenas no primeiro semestre de2011 já foram investidos R$ 12,8 milhões,sendo R$ 6 milhões na aquisição de quatroempilhadeiras Reach Stackers Kalmar,três delas no modelo DRF100-54S6, paramovimentação de contêineres vazios, euma no modelo DRF450-65S5.Dentro desse investimento, aaquisição de quatro cavalos mecânicosVW já em operação representou R$ 1,3milhões em verba. Outros dois cavalosmecânicos Mercedes-Bens Actros tiveraminvestimentos de R$ 800 mil e em quatroempilhadeiras de quatro toneladas foraminvestidos R$ 250 mil.“Todos os investimentos são necessáriospara aumentar a área de operaçãoe, consequentemente, a área de armazenagem,e visam aumentar o faturamentoem até 40% até o fim deste ano de 2011”,explica Antonio Carlos Sales, diretor decontroladoria da empresa.Ainda dentro do valor já investidonesse ano, R$ 1 milhão foi utilizado naaquisição de sete rodo-trens e cinco bitrens,além dos R$ 2,5 milhões investidosem infraestrutura dos Terminais deContêineres do Cajú e de Manguinhos,com a construção de torres de rádio paracaptação de sinais de coletores para vistoriade contêineres; construção de GATEde saídas, visando melhora de fluxo deentrada de saída de contêineres; pavimentaçãode 45.000 m² de área de armazenagemde contêineres de 40”; nivelamento,contenção e pavimentação de 6.000 m²de área para armazenagem de contêineresde 20”; construção de muro, portõesde entrada e saída e cancelas, visandomelhora no fluxo de movimentação deveículos e cargas.Outro R$ 1 milhão foi direcionadopara a reforma, melhoria e aumento dopátio de transportes, incluindo concretagemde área de pátio, aumento de salasde controle, informatização e criação denovas áreas de descanso de motoristas edemais colaboradores de operação.Veloce faz investimentos de R$15 milhõesDiversificar sua área de atuaçãologística no Brasil e no Mercosul éum dos principais motivos pela quala Veloce (Fone: 11 3818.8000) deveráinvestir R$15 milhões ainda esse ano.Além de manter a posição como umadas líderes na logística internacionalpara o setor automotivo, a Velocetambém quer participar de outrossegmentos econômicos, ampliando-oleque de serviços atual. Para buscarmais contratos nos setores de bens deconsumo e eletroeletrônico, além deoperações logísticas mais complexas,a empresa também criou uma novadiretoria de Desenvolvimento deNegócios.O investimento já realizado atingiuR$ 12 milhões do previsto e foi utilizado,também, na aquisição de 100 novascarretas tipo sider, com 15,45 metrosde comprimento, para aumentar acapacidade de transporte em relação àstradicionais carretas de 14,5 metros. Coma compra, a frota chegou a 475 carretas.Outra parte dos investimentosfoi voltada para a abertura de trêsunidades operacionais, contabilizando17 no Brasil e Argentina, aquisição desoftwares para melhoria dos sistemas decontrole operacional e administrativo,equipamentos para melhoriaoperacional, implantação de umSistema de Gestão da Sustentabilidade,equipamentos para reuso de água naoficina de Diadema e programa deincentivo aos fornecedores de transporte.A empresa também iniciou os processospara as certificações ISO 9001 e 14001.No segundo semestre de 2011, aVeloce investirá mais R$ 3 milhões noredesenho de processos e elaboraçãode novos índices de performanceoperacional e de produtividade; reestudodas cadeias de abastecimento e dasredes de fornecimento de seus clientescomo forma de diminuição de eventuaisociosidades; desenvolvimento desistemas que aumentem a visibilidadee a rastreabilidade em tempo real dasoperações (via telemetria, comunicaçãoe integração de sistemas); manutençãodo programa de treinamento; eimplantação de novo sistema decomunicação interna.


46 | edição nº115 | Set | 2011 |MultimodalNegócio FechadoAmstedMaxion desenvolvevagão para a Brado LogísticaAAmstedMaxion(Fone: 19 2118.2000)realizou no dia 23de agosto último, emsua planta industrialem Hortolândia, SP, umevento para a entregado vagão AMAXLong,para transporte decontêineres, à BradoLogística. Desenvolvidopara atender àsnecessidades da Brado, o


| edição nº115 | Set | 2011 |47AMAXLong é um vagão plataformapara contêineres alinhados quepossibilita diversas formas detransporte: 2 contêineres de 40’, 4contêineres de 20’ ou 3 contêineresde 20’, entre outras, em apenasum nível. Além disso, possuicapacidade para 32,5 ton/eixo, oque permite um peso bruto máximode 130 toneladas. Os 145 vagõesadquiridos pela Brado Logísticaserão entregues até novembro de2011.O projeto dos vagões plataformaAMAXLong foi desenvolvido tendovários obstáculos. O primeiro delesfoi o comprimento, de 26 m, queexigiu estudos aprofundados deinscrição nas curvas horizontes.Como o vagão é muito longo, foipreciso desenvolver um engateespecial, também no comprimentoda haste. Além disso, como a taranão poderia ser elevada, o vagãopossui uma estrutura simples, maseficiente.O vagão possui ainda a opçãode transporte de três contêineresde 20’ igualmente espaçados, oque gerou a necessidade de apoiosintermediários para combater ovandalismo: em todas as opções decarregamento, os contêineres têmanteparos protetores das portas edispositivos frigoríficos.Vagão foi projetado para garantir transit-time comintegridade da carga e do contêiner duranteo trajetoO presidente da BradoLogística, José Luis Demeterco,destacou, durante o evento,que o vagão AMAXLong temtecnologia aplicada paraatender às ferrovias brasileiras.“Buscamos, nesse projeto queenvolveu as equipes técnicasda AmstedMaxion, ALL eBrado, conciliar duas questõesimportantíssimas para odesenvolvimento do intermodalno Brasil. Primeiro, aumentara capacidade de atendimentoao nosso volume crescentecom mais competitividadee produtividade ao capitalempregado, no corredor da largaque atende aos terminais deAlto Taquari, Campinas, Santose, ainda esse ano, Araraquara/Américo Brasiliense e, noano que vem, Rondonópolis.Segundo, garantir o transit-timecom integridade da carga e docontêiner em todo o trajeto,colaborando com o nível deserviço do nosso cliente”,destaca.Para Ricardo Chuahy,presidente da AmstedMaxion, oAMAXLong é mais uma opção daempresa para o desenvolvimentodo transporte ferroviário noBrasil. “Somos uma empresaque busca sersempre a melhorsolução e estamos,com este novovagão, ampliandoas possibilidadesno transporte decontêineres noBrasil”, completa.O AMAXLongveio completaras opções jáoferecidas pelaempresa, quesão AMAXTop,vagão plataformapara transportede contêineresempilhados,e AMAXFlex,vagão plataformaarticulado.Linx - Mostoles


48 | edição nº115 | Set | 2011 |MultimodalMercado diversificadoSem poder errar, SAX planeja eexecuta logística de grandes eventosNão importa omodal. Seja porterra, água ou ar,a SAX Logística (Fone:11 3528.1403), que temescritórios no Brasil, naArgentina, no Chile eMéxico, é responsávelpela movimentação decargas e realização detrâmites aduaneirosde grandes eventosesportivos, musicais,culturais e comerciais.E na logística destesegmento, extremamenteágil e que cresceaceleradamente, não háespaço para erros.Rodrigo de CarvalhoLalli, sócio-diretorda empresa, destacaque a logística éparte fundamental naestruturação de qualquerevento, independentedo porte. “Meu sóciocostuma dizer que ascargas para eventossão as mais perecíveis.Carne você poderefrigerar; animaisvivos, você alimenta; emedicamentos podem serarmazenados. A carga deeventos, porém, se nãofor entregue no dia e nahora marcados, estragae não tem mais validadealguma”, compara.Lalli comenta que omercado em que a SAXatua está em seu melhormomento, por conta dodólar baixo e dos megaeventos como a Copa doMundo e as Olimpíadasconfirmados para oBrasil. “O setor nuncaEmpresa desenvolve projetos e realiza operações logísticasde equipamentos para diversas modalidades esportivasesteve tão aquecido.A tendência é decrescimento substancialem todos os setores domercado de eventos”,aponta.No Brasil, em termosde estrutura, a SAX contacom 15 escritórios nasprincipais cidades. NaAmérica do Sul, dispõede uma rede de parceirosdistribuídos em paísescomo Colômbia, Peru,Bolívia, Venezuela,Uruguai, Paraguai,Guatemala, Honduras,Belize, Nicarágua,Costa Rica, Porto Rico,República Dominicana, ElSalvador e Bahamas. Alémdisso, possui parceriasinternacionais em várioslugares do mundo, comoEstados Unidos, Europa,Oriente Médio e até noExtremo Oriente.Em eventos esportivos,a empresa desenvolveprojetos de transporte erealiza operações comodesembaraço aduaneiro,armazenagem e logísticade equipamentos paradiversas modalidades,como Fórmula 1, FórmulaIndy, Volvo Ocean Race eRed Bull Air Race, entreoutras. Recentemente,cuidou da logística dosuniformes da seleção defutebol da Holanda, quejogou um amistoso contrao Brasil em junho último,em Goiânia, GO, e foinomeada agente oficialdo Comitê Pan Americano– Guadalajara 2011.No segmento musical,em shows no Brasile na América do Sul,realiza os serviços detransporte internacional,desembaraço aduaneiro,armazenagem egerenciamentologístico através deescritórios própriose rede exclusiva deagentes no Brasil, Chile,México, Argentina e emtoda a América Latina.“Nós elaboramos eexecutamos projetoslogísticos para turnês,sempre customizandoas operações de acordocom o evento”, explicaLalli.A SAX realizou alogística da últimatour do Coldplay pelaAmérica do Sul. Naocasião, movimentoucerca de 50 toneladasde carga para oitoapresentações, emquatro países, numprazo de apenas 12 dias.De acordo com o sóciodiretor,com o adventodos MP3, as receitas debandas internacionaisforam reduzidas, assimcomo com a quedada venda de CDs.Por isso, as turnês setornaram fundamentaise a logística precisaser eficiente paragarantir o sucessoda movimentaçãodos equipamentos eassegurar que estejamno local certo, na horaexata e em perfeitoestado e funcionamento.Além das turnêsmusicais, outroseventos culturaiscuja logística fica sobresponsabilidade daSAX exigem ainda


mais expertise. A empresa elaboraprojetos logísticos para exposiçõesde arte, peças teatrais e atéturnês de espetáculos artísticos,como shows da Broadway, porexemplo. “Temos know-howespecífico para manuseio de cargasdelicadas e sensíveis, como jáfeito no transporte dos violinos daorquestra Sinfônica da França oudas obras de arte do Museu LasarSegall”, ressalta Lalli.Outro segmento que cresceconsideravelmente é o de eventoscomerciais. A demanda porserviços logísticos neste nicho étão grande que em 2010 a empresacriou uma divisão de feiras eexposições (a STF – SAX Trade FairLogistics), comprando 50 % de umaempresa do segmento.A nova divisão ofereceassessoria logística, serviçosde importação temporária oudefinitiva e transporte de materiaispara feiras, exposições e eventoscorporativos. Além de assessoriacompleta nos pavilhões paramontagem e desmontagem, realizaserviços de armazenagem decaixas vazias e, em geral, cargae descarga. A STF atua, ainda,em logística para marketingpromocional, distribuição, açõesde afinidade e relacionamentocomercial, além de desempenhara função de importadora paranacionalização e distribuição debrindes e catálogos.300 toneladas sãomovimentadas para SPIndy 300No segmento de eventosesportivos, destaque para asegunda edição da SP Indy300, etapa da Fórmula Indy queaconteceu em São Paulo, em maioúltimo, e contou com planejamentoe execução logística da SAX.Na operação, que utilizouquarenta veículos, entrecaminhões e carretas, a empresafoi responsável pelo transportede cerca de 300 toneladas deequipamentos do Aeroporto deViracopos, em Campinas, SP, até oAnhembi, na capital paulista, ondea prova foi realizada.A carga saiu de Indianápolis,nos Estados Unidos, numasegunda-feira e desembarcou naterça de manhã no interior de SãoPaulo, de onde saiu no início danoite, chegando à capital no finaldo mesmo dia.Em Campinas, equipamentos da Indylevaram mais de 5h para serem acomodadosnos caminhões


50 | edição nº115 | Set | 2011 |MultimodalRodoviárioNa Seqtra, utilização do SLIIC poderáser expandida para embarcadoresOs quase 900 veículosque compõem a frotada Seqtra EngenhariaLogística & NegóciosSustentáveis (Fone: 313333.0018) são controladospelo SLIIC – SoluçõesLogísticas Inteligentes& Itens Controlados,sistema de gestão logísticaimplantado em 2009. E autilização da tecnologiadeverá chegar em breve aalguns embarcadores, queestão em fase de negociaçãocom a companhia.“Estamos negociandocom grandes embarcadoresno Brasil para a expansão dautilização do SLIIC”, conta opresidente da Seqtra, DarioPalhares, revelando que osistema é capaz de controlarveículos, notas fiscais e itensonline, realizando, inclusive,os cálculos das emissões degases de efeito estufa porunidade/item transportado,do embarque à entrega,informando ao final de cadatransporte o balanço dasemissões, seja da Seqtra oude terceiros.A solução foi criada parasuprir a necessidade degrandes embarcadores comenorme complexidade logísticade terem um sistemaversátil que pudesse fazerinterface com os outros modais,eliminando buracos negrosna operação. Por isso,a principal característica dosistema é transformar dadosem informações estratégicaspara maior produtividade nalogística e medição de OTIF,indicador utilizado para medira performance logísticade atendimento ao cliente.A principal característica do sistema é transformar dadosem informações estratégicas para maior produtividade nalogísticaCom a adoção doSLIIC, o usuário passa ater a possibilidade de, emcima de uma única basede dados, implementarprocessos de otimização dalogística, inclusive para areversa. “O sistema contribuidiretamente para ummelhor fluxo dos processoslógicos e minimizaconsideravelmente oscustos com fluxo cruzado”,explica Palhares. “Elebusca otimizar os recursosdisponíveis para melhoratendimento as demandaslógicas dos embarcadores,a fim de proporcionarmaior rentabilidade à suaoperação”, complementa.Como está emfuncionamento em toda afrota da Seqtra, a soluçãoé utilizada nas operaçõesde todos os clientes e oseu desenvolvimento éconstante, visando aoaperfeiçoamento 24 horaspor dia. Assim, a companhia,desde a implantação,vem colhendo resultadosimportantes, como omaior controle de ativose a redução de custos, aoreduzir a ociosidade nasoperações logísticas. Alémdisso, a tecnologia permiteà empresa executar os trêstópicos do GHG Protocol:pegada do carbono,balanço das emissões ecompensações.O viés ambiental é oprincipal foco do SLIIC, quefoi desenvolvido através demódulos, sendo que cadacliente pode controlar desdeo aceite de pedidos, passandopelas etapas de planejamentode produção, controleda produção, expedição dositens e controle de estoques,entre outros processos.Todas as informações sãorepassadas ao sistema,que disponibiliza e localizaem tempo real – via webou smartphone – não só oveículo, mas cada item sob alogística da Seqtra.Por meio da tecnologia,é possível captar ogás carbônico e realizar arespectiva compensaçãocom a aquisição de créditosde carbono ou aplicação emrecursos em programas derestauração ambiental. Alémdisso, das configurações doSLIIC, 70% são padrão e osoutros 30% deverão ser customizadosde acordo coma empresa ou com o modalem que for implantada aferramenta.Em 2010, a Seqtra - siglaque significa sustentabilidade,evolução, qualidade,tecnologia, rastreabilidade eassertividade – transportou950 mil toneladas de carga,alcançando um faturamentode R$ 75 milhões. A previsãopara 2011 é de movimentar1,2 milhão de toneladas efaturar entre R$ 100 milhõese R$ 120 milhões.Entre próprios e agregados,sua frota tem idademédia de quatro anos eatende às demandas dedois clientes das regiõesSul e Sudeste: a Usiminase a ArcelorMittal. A Seqtrautiliza como base suas 11filiais, localizadas principalmenteno eixo São Paulo eMinas Gerais. Ainda para2011, deverá inaugurar trêsnovas filiais: Vitória, ES, eSão Francisco do Sul, SC,para atender a Arcelor Mittal,e Volta Redonda, RJ, paraatender à CSN – CompanhiaSiderúrgica Nacional.


52 | edição nº115 | Set | 2011 |MultimodalDistribuição e transporteEntraves logísticos aindaatrapalham setor supermercadistaO aumento da demanda por novos produtos gerou a necessidade de busca por soluções para gargalos domercado, como transporte e cumprimento de prazos. A terceirização da logística surge como potencialsolução para o setor.Alogística no setor supermercadistaencontrou, nosúltimos anos, uma série delimitações e necessidades de reformulaçãoque vieram de acordocom o aumento da demanda deprodutos por parte da população.Com o crescimento do poderaquisitivo do brasileiro, a cadeiaque envolve o setor, desde aprodução até a distribuição evenda de produtos, teve que seadaptar para que fosse possívelsuprir essa demanda, que tende acontinuar em ascensão. Estudossobre novas maneiras de planejara distribuição dos produtos e, atémesmo, novas tecnologias foramcriados para facilitar e otimizartoda a cadeia logística. Aindaassim, muitos gargalos e falhassão encontrados no cotidianodas operações e resultam emBernater, da Kadima-KT&T:sintonia entre indústria esupermercadistas promovemelhor logísticaSetor busca adequação, com investimentos em frota e tecnologia,para atender à crescente demanda por produtos. Cumprimentode prazo e segurança da carga são pontos essenciais para umalogística bem realizadaatrasos nas entregas e falta deprodutos nas prateleiras, o quegera um grande desperdício dedinheiro para todos os envolvidosno processo.O tempo de ciclo do pedido,manuseio e acomodação da carga,além de prazos efetivos de entregade mercadorias ainda são grandesdesafios para o setor supermercadistae viraram principais focosdos planejamentos logísticos dosetor. “O cumprimento de prazos,principalmente de entrega dasmercadorias, é um diferencial dalogística supermercadista, pois oprazo de vencimento é curto namaioria dos produtos”, explicaRosane Maciel da Maia, do setorcomercial da Cootravale (Fone: 473404.7000). Com fatores como abreve validade dos produtos e anecessidade de armazenamentoem locais que exigem melhorescondições de higiene, por setratarem de alimentos e bebidas,o setor observa a necessidade deimplementar a pesquisa logísticapara a área.De acordo com Rafael IlanBernater, gerente de operações equalidade da Kadima-KT&T Logística(Fone: 11 4141.2828), a logísticasupermercadista é baseada namovimentação de produtos deconsumo constante. A busca continuadapelos produtos significa umalto volume de pedidos por partedo setor, tanto no transporte comono giro de estoque nos armazéns.“Dessa forma, o cuidado na organizaçãodas tarefas deve ser redobrado”,avisa Bernater. “As entregasem sua maioria são agendadas,a fila para descarregar no CD dosupermercado é grande, e aindatem o custo abusivo da descarga.Conclusão, um erro operacional efiscal pode gerar enorme perda detempo e dinheiro para o OperadorLogístico ou transportador”, alertao gerente.A atual configuração dasociedade consumidora tambémexige que o setor enfoque suasestratégias para produtos comovestuário, aparelhos eletrônicos,como celulares, e eletroeletrônicos,que também passaram a sercomprados nas grandes redes desupermercados, e precisam deplanejamento logístico específico.“Estando na base da pirâmidedas necessidades, o setor supermercadistaatende todas as necessidadesbásicas do consumidor.Hoje, ao entrar em uma lojahiper, podemos sair com todo umvestuário novo, bem alimentadoe até mesmo medicado, alémde realizar a compra de diversosoutros itens. Toda essa abrangência,somada ao novo perfil doconsumidor, exige do OperadorLogístico cada vez mais qualidade,tendo em vista a urgência e adiversidade de produtos para oabastecimento do setor”, afirmaRoberto Dexheimer, diretor daDex Log (Fone: 11 4612.5050).O centro de distribuiçãode um varejista trabalha emmédia com 13 mil itens, o queobriga o setor a se organizar demaneira contundente para queos produtos sejam manejadosde maneira coordenada e combaixo custo. Em função da grandequantidade de itens e de acordocom o número de lojas que amesma rede possui, os processoslogísticos precisam de umalinhamento exato. “São equipamentoselétricos revisados eem boas condições de utilização,bem como paleteiras manuais ouelétricas nas mesmas condições,uma vez que a parada de umdestes equipamentos pode trazerprejuízos expressivos”, elucida osuperintendente corporativo deoperações logísticas da Localfrio(Fone: 0800.164 060), Marco


| edição nº112 | Jun | 2011 |53


54 | edição nº115 | Set | 2011 |MultimodalDexheimer, da Dex Log: asentregas são os maioresproblemas para o setor, sejapara lojas ou e-commerceAntonio de Oliveira.Logística personalizada paracada caso, espécie de produtoe cada estrutura de empresa semostra como fator importantepara uma logística benfeita.A uniformidade de processosadquiridos pelo setor muitas vezesculmina com gargalos logísticos efalhas. A aquisição de tecnologiasiguais para enfoques diferentesé capaz de travar operações, pornão serem as mais indicadase alinhadas para aquele setor.Outro fator fundamental é aespecialização da mão de obra.O alinhamento entre tecnologiae equipe precisa ser feito, poisa mão de obra muitas vezesé responsável por operaçõescomo recebimento, conferência,armazenagem, movimentações eseparações, e não adianta investirem sistemas e equipamentos se aequipe não está bem integrada einterada com os fatores tecnológicosdisponíveis e, também, se doscolaboradores não for cobrada amesma qualidade de serviço exigidada tecnologia investida. “Ocritério, portanto, de uma centralde distribuição do varejo é bastanteradical no quesito qualidade,e como as margens são sempreapertadas e a competitividade émuito próxima, estes pontos devemsempre estar alinhados, a fimde buscar uma agilidade e temponas operações e, consequentemente,custos interessantes. Istofaz com que o setor varejista sejatão diferente dos demais segmentoshoje existentes no mercado”,completa Oliveira.Maiores problemasAs maiores deficiências dalogística supermercadista seencontram no transporte dosprodutos e suas influências na entregada mercadoria. Falhas nasrodovias, com a má conservaçãode estradas, geram congestionamentosem locais urbanos eacabam atrapalhando a entregafinal da mercadoria. “As entregasprecisam estar alinhadas àsnecessidades e aos horários dosclientes, sendo indispensável procuraralternativas diferenciadaspara atender o mercado”, afirmaRosane, da Cootravale. “Semdúvida, por parte do governo,seria necessário investimentosem infraestrutura e pavimentaçãonas estradas”, continua.As entregas são os maioresproblemas para o setor, deacordo com Dexheimer, da DexLog. Seja a entrega para lojas oupara e-commerce, o transporteinterrompido por fatores externosatrasam o cronograma e atrapalhamtoda a cadeia. “A legislaçãode rodízio de veículos, de limitede tamanho de veículos, de horáriosespecíficos de circulação,de compras pelo e-commerce e,ainda, a aplicação da Lei 13.747,que estabelece data e turno paraa entrega de mercadorias, nocaso dos supermercados, complicamtoda a logística”, explicaele. “Essas leis foram criadas porburocratas sentados atrás de umamesa, que nunca entraram ouacompanharam uma operaçãologística de perto, que o máximoque sabem de um caminhão éque ‘ele atrapalha o trânsito’, masesquecem que sem ele o café quetomam não chegaria onde elesestão”, desabafa Dexheimer.Para Oliveira, da Localfrio, otransporte faz parte de um prazolongo e ineficiente, o que leva oscompradores do varejo a teremum desencaixe financeiro. “Umsegundo problema são perdasque acontecem durante o transporte,bem como perdas ocorridasdurante uma armazenagemsem qualidade e movimentaçãode produtos. Esta perda geralmentenão é computada, masdenigre a imagem do resultadofinal”, esclarece Oliveira.A falta de espaço físico econdições para descarregamento,além do alto custo de descargaterceirizada são destacadas porHerminio Mosca Junior, diretorda Mosca Logística (Fone 193781.2222) como importantesproblemas logísticos do setor.Não é apenas o transporteterrestre que oferece dificuldadespara a logística supermercadista.Transportes marítimos, quechegam em portos brasileiros,também enfrentam adversidades.Os gargalos constantes nosportos brasileiros também sãoapontados como deficiências nosetor e culminam com a geraçãode custos extras para as empresasenvolvidas, além do atraso naentrega final.A costumeira concentração devendas no final do mês nas redestambém embola a logística, poisobriga as redes a fazerem grandespedidos de uma vez só para cobrira demanda. “Como Operador Logístico,destaco como grande problemaa concentração de vendasno final do mês. As filas nos locaisde descarga, agendamentos deentrega que não são respeitados,custos altos de descarga e falta deespaço nos CDs também são grandesproblemas”, relata Bernater, daKadima-KT&T Logistica. Para JoséAfonso Leite, gerente corporativode vendas da TSV Transportes Rápidos(Fone: 11 2954.7778), a formade paletização, feita por produtos,e a utilização de carro dedicado nasentregas também são questões queprecisam ser solucionadas.Soluções logísticasAlgumas empresas do setorrealizaram parcerias entre indústria,logística e supermercadistas pararesolver problemas recorrentes nalogística do setor. Em 2000, a KadimaTransportes criou, junto com aProcter&Gamble e o Carrefour, oBackHaul, buscando maximizar autilização coordenada dos veículosem todas as etapas da cadeia deabastecimento. Com a utilização dametodologia CPFR (ColaborativePlanning, Forecastig and ReplenishementSystem), o resultadogerado foi redução de 25% nos custosde transporte e ganho de 15%na ocupação do veículo, além dadiminuição de ruptura de gôndolase estoque ano do Carrefour. Hoje,esse projeto também é usado poroutros operadores e supermercadistas.A logística de um supermercadodeve ser preparadasistematicamente e em termosde equipamentos, e possuir operaçõesregulares e ágeis, devidoao grande número de itens quecada loja da rede disponibiliza paracompra.Tendo em vista os grandescausadores de gargalos logísticosno setor supermercadista,a reestruturação das empresasdeve ocorrer de dentro para fora.Internamente, estratégias bem definidase indicadores de desempenhosão os primeiros passos paraobservar qual o nível de satisfaçãodos clientes. A partir dessesestudos, tomadas de decisões,como aumento e adequação defrota e sistemas de monitoramento,com informações em temporeal, podem ser feitas com maiorembasamento estratégico.Realizar os serviços logísticosde forma terceirizada também éuma possível solução e facilitadordos trabalhos do setor. A tendênciaatual é que varejistas saiam embusca de empresas de logísticaespecializadas em distribuição,deixando todo esse trabalho nasmãos das contratadas, fazendocom que cada um fique dentro doseu próprio core business. “As empresasvarejistas investem milhõesde reais em construção de centrosde distribuição e transporte, aoinvés de aplicarem este dinheirotodo em seu próprio negócio edeixar para as empresas especializadaso trabalho das operaçõeslogísticas”, contesta Oliveira, daLocalfrio.Os investimentos das empresasque desejarem continuar coma área logística internamente eprecisam ser voltados mais paratecnologia, equipamentos e mãode obra, outro grande problemado setor. “Ter uma melhor sintoniaentre indústria e supermercadistasé preciso para que a logística sejafeita da melhor forma”, sugere Ber-


| edição nº112 | Jun | 2011 |55nater, da Kadima-KT&T Logística.Para o diretor da MoscaLogística, aumentar as áreasde recepção de mercadorias,melhorar a comunicação entrecompras e recebimentos, além derealizar entregas noturnas, comuso de arquivos eletrônicos entreremetentes e destinatários, sãoestratégias que buscam desviara logística dos problemas atuais.Já o diretor operacional da SantaRita Logistic (Fone: 11 4141.7000),João Butori, acredita que fazerrecebimentos somente pelosCDs regionais que comportemoperação, do início ao fim, detodas as lojas da rede tambémdeve ser uma solução. Cumprir oshorários estritos de entrega dossupermercados, agilizar o tempopara entrega, em grande parte feitade loja em loja, e organização noagendamento da operação aindasão aspectos a serem pensadosdurante a estruturação da logísticado setor, segundo Butori.“A sugestão que dou é de que,juntos, a oito mãos, se sentassemos embarcadores, as redes supermercadistas,os legisladores e osoperadores logísticos e transportadorespara analisar profundamenteos problemas de forma que juntospudessem avaliar as necessidades,conhecer as dificuldades e encontraras possíveis soluções”, propõeDexheimer, da Dex Log.Tendência do setorsupermercadistaA exigência do consumidor pormelhores qualidades de serviços eprodutos gerou uma corrida entreas redes para melhor atendê-los.Essa corrida acirrou a concorrênciae acabou obrigando as redessupermercadistas a diversificaremo mix de produtos nas lojas, bemcomo o atendimento, passandopela ampliação de setores. “Emrecentes pesquisas de mercado,notamos que as vendas no segmentosupermercadista brasileiro vemem crescimento, devido, principalmente,ao fortalecimento da massasalarial na indústria e em outrossegmentos”, salienta Carla Ajifu, doHipercon (Fone: 13 3228.4100).Para o Dexheimer, da Dex Log,a vida agitada e a falta de tempo nasgrandes capitais e cidades tem feitocom que o ticket médio de algumasregiões diminua. Esse fenômenoocorre, pois o consumidor, emnome da praticidade e economiade tempo, procura os mercados dobairro próximos ao local de trabalhoou à residência, para terem maisagilidade na compra, fugindo dasfilas das grandes redes. “Com isso,as pequenas lojas destes bairrospassaram a iniciar uma mudança nopróprio perfil para se adequarem aeste novo consumidor que chegou,oferecendo produtos de maiorqualidade, por exemplo, na área depães e açougue, agregando valoraos demais produtos”, afirma.Ainda segundo o gerente deoperações e qualidade da Kadima-KT&T Logística, nos últimos anoshouve crescimento do pequenovarejo beirando 9% ao ano, o quevai gerar uma necessidade naotimização da cadeia, tendo emOliveira, da Localfrio: empresasvarejistas devem deixarpara as empresas especializadasas operações logísticasvista que grande parte do pequenovarejo trabalha de maneira informal.“Acredito que nos próximos anoshaverá expansão de novas Centraisde Compras, exatamente paraatender a este público crescente.Outra tendência são os fornecedores/indústriasse estruturarempara entregas diretas ao pequenovarejo, eliminando passagem emum CD para posterior distribuição”,completa ele.CLARK


56 | edição nº115 | Set | 2011 |56 | edição nº112 | Jun | 2011 |MultimodalGuia de Operadores Logísticos e Transportadores no segmento SupermercadistaPerfil da empresaCootravaleFone: 47 3404.7000Dex LogFone: 11 4612.5050Hipercon Terminais de CargasFone: 13 3228.4100Transportadora (T) ou Operador Logístico (OL)? T OL T e OLEstruturaLocalização da matriz (Indique a Cidade e o Estado) Itajaí, SC Cotia, SP Santos, SPNúmero de filiais e Estados onde estão localizadas18: RS, SC, PR, SP, RJ, MG, GO, MT, BAe PE2: SP 4: SPQuantidade de CDs e Estados onde estão localizados 0 2: SP 4: SPRegiões atendidas pela empresaTodo o território nacional e países doMercosulEstado de São PauloTodo o território nacionalServiços OferecidosEspecialidades de transportes (de uma forma geral)Transporte rodoviário de cargas secas,frigorificadas, contêineres, produtosquímicos; distribuição; transferênciaOperação dedicadaTransporte de cargas secas, emcontêineres frigorificados, perigosasServiços agregados aos transportes (de umaforma geral)Logística personalizada; descarga/carregamenton.i.Transporte com rastreamento; coletorde dados nas operações; transporteDTA; desembaraço aduaneiro;terminais para armazenagem; desova;pré-stacking em área REDEXPrincipais clientes no setor SUPERMERCADISTA Grupo Pão de Açúcar; Walmart Dia% Carrefour; Grupo Pão de Açúcar Quantix; Nestlé; São Paulo AlpargatasOperaçãoTotal veículos frota própria 260 8 – Truck 80Total veículos frota agregada 75 23 100Frota rastreada? (Sim ou Não) Sim Sim SimTecnologias usadas no rastreamento Autotrac; JaburSat Omnilink SascargaTecnologias utilizadas nas outras operaçõesexecutadas pela empresaERP; TMS; Portal Cootravale WMS Câameras de monitoramento; planode gerenciamento de riscoCertificada na ISO 9000? Sim Não SimCertificada na ISO 14000? Não Não Em implementaçãoOutras certificações para atuar no setorSUPERMERCADISTAAlvará sanitário/funcionamento -Serviços/diferenciais oferecidos especificamente nosetor SUPERMERCADISTATransporte especializado no segmento;monitoramento da frotaIntralogísticaPré-stacking de cntr. Reefer;transporte rodoviário; desembaraçoaduaneiro; área REDEX paraconferência física para MAPAEquipamentos/acessórios específicos que possuipara atuar nesta área- Equipamentos de movimentação;softwares de gestãoEmpilhadeiras de 2 a 45 toneladaspara contêineres de 20’ e 40’ detodos os tipos e cargas especiais;carretas de 2 e 3 eixos; chassisportacontêineres de 20’ e 40’; 200tomadas de 440 V nas áreas REDEXn.i. = não informado


| edição nº112 | Jun | 2011 |57Kadima e KT&T LogísticaFone: 11 4141.2828LocalfrioFone: 0800 16.4060T (Kadima) e OL ( KT&T Logística)T e OLItapevi, SPSão Paulo, SP2 3: PE, SP, SC2 Os mesmos acimaSul, Sudeste, Centro-OesteRegiões citadas acimaTransporte rodoviário de cargas de lotação; frotadedicadaTransporte de carga geral seca, refrigerada, produtosquímicos (SASSMAQ), seja contêiner ou isotank, sider oucarroceria abertaArmazenagem certificada pela Sivisa; controle deestoque por WMS; montagem de kits; shrink pack;cross-dockingArmazenagem em recinto alfandegado, podendo serrefrigerado ou não; armazenagem de contêiner e cargasolta; armazenagem de equipamentos de qualquernatureza, exceto armas, munições e combustíveisWalmart; CBD; Carrefourn.i.26 20012 300SimAutotracTMS; WMS; ERPNãoNaoSivisa; armazém geralSimTecnologia via satélite e rádio, modelo híbrido, comrastreamento total dos veículosWMS; TMS; sistemas próprios de controle de ambientesalfandegadosSimSimSASSMAQEmbalagem; armazenagem; paletização; crossdocking;câmara climatizadaTodo equipamento necessário para o trabalho varejistaCarretas para 30 paletes e 32 tons; segurança 24horas; equipe treinada para movimentação deprodutos frágeis; área climatizadaTodo equipamento necessário para o trabalho varejista


58 | edição nº115 | Set | 2011 |MultimodalGuia de Operadores Logísticos e Transportadores no segmento SupermercadistaPerfil da empresaMosca LogísticaFone: 19 3781.2222Santa Rita LogisticFone: 11 4141.7000TSV Transportes RápidosFone: 11 2954.7778Transportadora (T) ou Operador Logístico(OL)?T OL TEstruturaLocalização da matriz (Indique a Cidade e oEstado)Número de filiais e Estados onde estãolocalizadasQuantidade de CDs e Estados onde estãolocalizadosCampinas, SP Barueri, SP Goiânia, GO13: SP 1: SP 14: DF,GO, MS, MT,TO, RJ, SP, PR, RS, SC1: SP 1: SP 14: DF,GO, MS, MT,TO, RJ, SP, PR, RS, SCRegiões atendidas pela empresa Estado de São Paulo Estado de São Paulo DF,GO,MS,MT,TO, SP, PR, RS, SC, RO, ACServiços OferecidosEspecialidades de transportes (de umaforma geral)Entregas fracionadas e lotaçãoEntrega de produtos emsupermercadosn. i.Serviços agregados aos transportes (de umaforma geral)Entregas em locais de difícil acesso; armazénsgerais; agendamentos; paletizações; entregas emárea de restrição; utilização de palete ChepArmazenagem n. i.Principais clientes no setorSUPERMERCADISTAMelitta; Cia. Cacique; Cargil Agrícola; Cepera;General Brands; Kellogg’s; Bebidas Paris; LeãoJunior; Distillerie Stock; Dr. Oetker; Levina;Mavalerio; Liotécnica; Natural Óleos; Mãe TerraGrandes e médiossupermercadistasCarrefour; Walmart; Dia%; ExtraOperaçãoTotal veículos frota própria 98 0 201Total veículos frota agregada 110 10 25Frota rastreada? (Sim ou Não) Sim Não SimTecnologias usadas no rastreamento Autotrac Não Autotrac; Sighra; OmnilinkTecnologias utilizadas nas outras operações EDI; gerenciamento de risco comunicação móvel WMS n. i.executadas pela empresaCertificada na ISO 9000? Não Não NãoCertificada na ISO 14000? Não Não NãoOutras certificações para atuar no setorSUPERMERCADISTA- Anvisa/Sivisa -Serviços/diferenciais oferecidosespecificamente no setorSUPERMERCADISTADistribuição em locais de difícil acesso(supermercados, atacadistas, distribuidores esimilares); armazéns gerais; agendamentos;paletizações; entregas em área de restrição;utilização de palete Chep; call center; atendenteexclusivo; entregas noturnasArmagenagem decommodities e linhasbranca e marromn. i.Equipamentos/acessórios específicos quepossui para atuar nesta áreaRoterizador n.i. n.i.n.i. = não informado


| edição nº112 | Jun | 2011 |59


60 | edição nº115 | Set | 2011 |MultimodalAgenda Outubro 2011FeirasTransport a Logistika –Feira Internacional sobreTransportes e LogísticaPeríodo: 3 a 7 de outubroLocal: Brno – RepúblicaTchecaRealização: BVV Trade FairsBrnoInformações:www.bvv.cz/translog-gbdepokorny@bvv.czElmia Nordic Rail 2011Período: 4 a 6 de outubroLocal: Jönköping - SuéciaRealização: ElmiaNordic RailInformações:www.elmia.se/nordicrailjorgen.nystrom@elmia.seCoach and Bus – Salãode Ônibus e CaminhõesPeríodo: 5 a 6 de outubroLocal: Birmingham –Reino UnidoRealização: ExpoManagementInformações:www.coachandbuslive.cominfo@coachandbuslive.comFenatran – 18º SalãoInternacional doTransportePeríodo: 24 a 28 de outubroLocal: São Paulo – SPRealização: Reed ExhibitionsAlcantara MachadoInformações:www.fenatran.com.brinfo@fenatran.com.brFone: 11 3060.5000Movint Expo Logistica– Exposição de Meios,Sistemas e ServiçosIntegrados de Logísticae TransportePeríodo: 27 a 29 deoutubroLocal: Bolonha - ItáliaRealização: ANIMA –Associazioni Nazionalidell’Industria MeccanicaVaria Ed AffineInformações:www.movintexpologistica.itinfo@movintexpologistica.itMissão técnicaMissão TécnicaInternacional deLogísticaPeríodo: 9 a 15 de outubroLocal: ChinaRealização: ILOSInformações:www.ilos.com.brmissões@ilos.com.brFone: 21 3445.3000CursosFundamentos do SCMPeríodo: 8 de outubroLocal: São Paulo – SPRealização: ILOG –Instituto Logweb deLogística e Supply ChainInformações:www.ilog.org.brfabia@ilog.org.brFone: 11 2936.9918Logística –Distribuição Física eTransportePeríodo: 18 e 19 deoutubroLocal: São Paulo – SPRealização: ILOG –Instituto Logweb deLogística e Supply ChainInformações:www.ilog.org.brfabia@ilog.org.brFone: 11 2936.9918Plano diretor deSupply Chain 2012Período: 20 a 22 deoutubroLocal: São Paulo – SPRealização: Cebralog– Centro Brasileirode AperfeiçoamentoLogísticoInformações:www.cebralog.comsac@cebralog.comFone: 19 3289.0903Sistemas e Técnicasde Movimentaçãoe Armazenagem deMateriaisPeríodo: 26 e 27 deoutubroLocal: São Paulo – SPRealização: IMAMInformações:www.imam.com.brimam@imam.com.brFone: 11 5575.1400Veja a agendacompleta no Portalwww.logweb.com.br


| edição nº115 | Set | 2011 |61


62 | edição nº115 | Set | 2011 |


| edição nº115 | Set | 2011 |63


capaOS MELHORES DO TRANPelo 5º ano consecutivo, os embarcadoresde cargas de diferentesramos da indústria sãoconvidados a participar de um levantamentoinédito no mercado brasileiro.No caso, a eleição das melhorestransportadoras rodoviárias de cargasdo país, que prestam serviços a eles,através de uma pesquisa nacional promovidapelas revistas FROTA&Cia eLogweb.O resultado desse esforço jornalísticoaparece nesta edição especial dasduas publicações, que traz os nomesdas 170 transportadoras preferidas domercado de fretes, eleitas pelos própriosclientes. Além de constituir amais completa radiografia do segmentodo transporte rodoviário de cargas,esse ranking setorial serve pelo menosa dois outros propósitos. Primeiro, ode servir de referência junto a todos oscontratantes de fretes dos setores listados,por ocasião da contratação ouavaliação de seus fornecedores detransportes. Segundo, para uso daspróprias empresas de transportes, incluídasou não na lista de finalistas dapremiação, que podem utilizar a publicaçãopara conferir e melhorar seudesempenho junto aos clientes e, comisso, ganhar o respeito ainda maior domercado.Longe de ser uma escolha baseadana lembrança ou recall da marca juntoa determinados clientes, uma pesquisaenviada para leitores de revistas ou,ainda, uma avaliação com base no balançofinanceiro das empresas, a indicaçãodas empresas finalista do PrêmioTop do Transportes se baseia em critériosobjetivos. Os fornecedores de serviçosde transporte são avaliados coml=mêÆãáç=qçé=Çç=qê~åëéçêíÉ=ÅÜÉÖ~=~=ëì~=èìáåí~=ÉÇá´©ç=É=êÉîÉä~=~ë=NTM=ÉãéêÉë~ë=Çç=íê~åëéçêíÉ=êçÇçîá•êáç=ÇÉ=Å~êÖ~ëéêÉÑÉêáÇ~ë=Çç=ãÉêÅ~ÇçI=ÉäÉáí~ë=éÉäçë=éêμéêáçë=ÅäáÉåíÉë=ÇÉ=ÇÉò=ÇáÑÉêÉåíÉ=ëÉÖãÉåíçë=áåÇìëíêá~áëForam indicadas1.088 transportadorasrodoviárias de cargasMontagem sobre fotos: Divulgação


| edição nº115 | Set | 2011 | 65 3SPORTEbase em cinco critérios de desempenho(ver matéria na pág. 34) comumenteadotados pelo mercado e recebem notasde 1 a 5, atribuídos pelos contratantesdo serviço. Estes últimos, por suaOS NÚMEROS DA ELEIÇÃOvez, são escolhidos com base nas listasde associados de entidades de classes,representativas de cada segmento industrial.Todo o processo de votação érealizado através de uma cédula de votaçãoeletrônica, enviada para os contratantesde fretes previamente selecionados,através da internet.PROCESSO SIMPLIFICADO - SegundoJosé Augusto Ferraz, Diretor daA 5ª Pesquisa Nacional dos Fornecedores de Serviços de Transportes contou com a participaçãode 265 empresas embarcadoras de cargas, que indicaram 1.088 transportadoras queprestam serviços para elas. Confira os números da eleição.Segmento industrial Entidade Associados Respondentes Partic. % FornecedoresAutomotivo Sindipeças 523 29 5.54% 119Brinquedos Abrinq 143 11 7.69% 67Calçados Abicalçados 100 19 19.00% 47Cosméticos, Perfum. e Hig. Pessoal Abihpec 202 26 12.87% 110Eletroeletrônico Abinee 480 49 10.21% 163Farmacêutico - 158 22 13.92% 71Metalúrgico/Siderúrgico ABM/Brasil 496 28 5.65% 139Papel e Celulose Bracelpa 43 8 18.60% 47Químico Abiquim 484 49 10.12% 221Têxtil Abit 321 24 7.48% 104TOTAL 2950 265 8.98% 1088SERVIÇO EM PRIMEIRO LUGARO quesito Nível de Serviço se revelou o mais importante para os embarcadores de cargasconsultados, enquanto a Tecnologia da Informação acusou o menor grau. Confira.Editora Frota, o processo de votaçãofoi bastante simplificado e não exigiumais que alguns poucos minutos deatenção, por parte dos eleitores. “Nessaedição 2011 adotamos uma nova cédulaeletrônica de votação, muito maisamigável que a versão anterior. A ferramentapermitiu ao eleitor do PrêmioTop do Transporte responder a Pesquisade acordo com a sua disponibilidadede tempo e na hora em que fossemais conveniente”, explica Ferraz.Em sua edição 2011, a 5ª PesquisaNacional de Desempenho dos Fornecedoresde Serviços de Transportescontou com a participação de 265 empresasembarcadoras de cargas, asquais indicaram um total de 1.088transportadoras rodoviárias de cargas,que prestam serviços regulares para ossetores listados (ver quadro ao lado).Na opinião de Valéria Lima, Diretorada Logweb Editora, a boa aceitaçãodo Prêmio Top junto à cadeia produtivado transporte é de fácil explicação.“A credibilidade e o respeito que apremiação vem conseguindo ao longodos anos está diretamente relacionadaà metodologia adotada. Quem julga otransportador é o próprio cliente, combase em critérios transparentes, utilizadospelo próprio mercado, para finsde avaliação de seus fornecedores”.Segmento Custo Capacidade Nível de Gestão da Tecnologia Média deindustrial Benefício de Negociação Serviço Qualidade da Informação MercadoAutomotivo 2.79 2.75 2.82 2.75 2.72 2.77Brinquedos 2.90 2.90 3.00 3.00 2.72 2.90Calçados 2.78 2.78 3.00 2.73 2.89 2.84Cosméticos, Perfum. e Hig. Pessoal 2.65 2.73 3.00 2.69 2.84 2.78Eletroeletrônico 2.77 2.83 2.81 2.69 2.77 2.77Farmacêutico 2.86 2.81 2.90 2.86 2.86 2.86Metalúrgico/Siderúrgico 2.85 2.78 2.85 2.82 2.75 2.81Papel e Celulose 3.00 2.62 2.87 2.87 2.75 2.82Químico 2.85 2.95 2.87 2.85 2.71 2.8Têxtil 2.87 2.87 2.95 2.83 2.87 2.88TOTAL 2.83 2.80 2.91 2.81 2.79 2.83


capaJosé Augusto:nova cédula devotação tornou maissimples a eleiçãoA afirmação tem o endosso do parceirona empreitada, o diretor da EditoraFrota. “Já no primeiro ano de realizaçãodo Prêmio recebemos inúmerosrelatos de empresas embarcadorasde cargas que passaram a utilizar oranking do Top para fins de contrataçãoe avaliação de seus fornecedoresde transportes”, afirma Ferraz.IMPORTÂNCIA DOS CRITÉRIOS -Mais que identificar e apontar as empresasde transportes que conquistarama preferência de seus clientes, nossegmentos onde atua, a Pesquisa promovidapor FROTA&Cia e Logweb,também serve paramostrar a importânciaque cada setoreconômico dápara os diferentesindicadores de performance,que medemas transportadorasde cargas.Apesar do critérionão influir na escolhadas melhoresde cada setor, a informaçãoserve paramostrar as diferençasentre as váriasmodalidadesValéria Lima:metodologiatransparentegarantecredibilidade àpremiaçãode transportes, deacordo com o tipode operação.Enquanto a indústriade brinquedosse mostra a maisrigorosa em relaçãoaos seus fornecedoresde transportes,com 2,80 pontos demédia na avaliação,os contratantes da indústria automotivae eletroeletrônica se revelam mais condescendentes,com 2,77 de média final.A exemplo dos anos anteriores, o critério“Nível de Serviço” obteve a maiormédia entre os entrevistados. O fato indicaa grande importância que os embarcadoresdão à habilidade do transportadorno cumprimento dos prazosde coleta e entrega. Ao contrário da“Tecnologia da Informação”, que recebeua nota mais baixa, evidenciando amenor importância em relação ao fornecimentode informações do status daoperação, que possibilitarem uma tomadade decisões mais rápida por partedo contratantedo serviço (verquadro).Além donúmero recordede indicados– em 2010os embarcadoresrelacionaramum totalde 971 fornecedoresde serviços de transportes – oPrêmio Top do Transporte 2011 trazuma outra novidade. A partir de agora,a Pesquisa Nacional de Desempenhodos Fornecedores de Serviços deTransportes passa a contemplar maistrês novos segmentos industriais, o deBrinquedos, Papel e Celulose e Têxtil.PATROCINADORES - Também valeregistrar o significativo aumento nonúmero de patrocinadores do PrêmioTop do Transporte 2011, o que mostraa importância e a credibilidade que apremiação vem conquistando juntoaos fornecedores de produtos e serviçospara o mercado de transportes elogística. A lista inclui empresas comoa Mercedes-Benz, Cargo Max, Cummins,Sascar, Matra e CeMAT.O mesmo se dá com o número deempresas de transportes – 21 no total- que acharam oportuno aproveitar asedições especiais de FROTA&Cia eLogweb, para anunciar ao mercadoas suas conquistas no Prêmio Top doTransporte 2011. “Figurar no rankingdas empresas de mérito reconhecido émais do que receber um prêmio; é umreconhecimento do mercado em queatua”, reconhece Valéria, da LogwebEditora. ”Essa é a razão da nossa iniciativae, ao mesmo tempo, a causa deseu sucesso”, completa.


empresas/transportadorasUma lista de pesobã=ëì~=RŸ=ÉÇá´©çI=~=mÉëèìáë~=k~Åáçå~ä=Ççë=cçêåÉÅÉÇçêÉë=ÇÉ=pÉêîá´çë=ÇÉ=qê~åëéçêíÉë=~éçåíçì=ìã=íçí~ä=ÇÉ=SNM=íê~åëéçêí~Ççê~ë=êçÇçîá•êá~ë=ÇÉ=Å~êÖ~ëI=èìÉ=éêÉëí~ã=ëÉêîá´çë=êÉÖìä~êÉë=é~ê~==çë=NM=ëÉÖãÉåíçë=~î~äá~Ççë=Ç~=áåÇ∫ëíêá~=ÇÉ=íê~åëÑçêã~´©çK=`çåÑáê~I=éçê=çêÇÉã=~äÑ~ĨíáÅ~I=åÉëë~ë=É=å~ë=é•Öáå~ë=ëÉÖìáåíÉëI=çë=åçãÉë=ÇÉ=íçÇ~ë=~ë=ÉãéêÉë~ë=Åáí~Ç~ëKAAceville Transportes Ltda2 de Julho Transportes Ltda3P Transportes Ltda5 Estrelas TransportesAcross Movimentação e Logística LtdaACS Transportes LtdaActual Transportes LtdaAdelaide Transportes LtdaAdelino Transportes LtdaAdemar Cestonaro ME Transp. de CargasAdriane Transportes LtdaAdrimar Transportes Rodoviários LtdaAeromed Transportes LtdaAeronova Transportes LtdaAerosoft Cargas Aéreas LtdaAGR Sul Logística LtdaAgrijar Transportes LtdaÁguia Sul Transportes LtdaAGV Logística LtdaAir Tiger do Brasil LtdaAj Fuchus Transportes LtdaAjofer Transportadora LtdaÁlamo Transportes LtdaAlcance Express LtdaAldos Transportes Ltda.Aleitafe Transportes LtdaAlfa Transportes LtdaAliança Brasileira de Transportes LtdaAliança Navegação e LogísticaALN Integração e LogísticaAlpha Cargo Express LtdaAmazon Transportes LtdaAmazonas Transportes LtdaAMK Transportes e Logística LtdaAnamar Comercio e Transporte LtdaApolo Transportes LtdaAqces LogísticaAraujo Transportes de Carga Ltda MEArgius TransportesASR Transportes LtdaAstuti Transportes LtdaAtiva Distribuição e Logística LtdaAtual Transportes LtdaAvini Transporte Rápido LtdaBB. TransportesBahialog Consultoria e TransportesBBC Transportes LtdaBBLL Transportes LtdaBDS Transportes LtdaBelmar Transportes e Logística Ltda.Bento Brasil Transp. e Logística LtdaBento Encomendas LtdaBeraca Transportes LtdaBetel Transportes LtdaBHM Transportes LtdaBinotto Transporte, Logística e Distrib. S/ABNU Transportes Ltda.BR Expresso Transporte & Logística LtdaBras Line Transportadora LtdaBrasil 500 Transportes e Logística LtdaBrasil Cargas LtdaBrasil Logística LtdaBrasil Sul TransportesBrasil Tran TransportesBrasil Transportes Intermodal LtdaBrasiliense Cargo LtdaBrasilmaxi Transportes LtdaBraspress Transportes Urgentes LtdaBravo Serviços Logísticos LtdaBrundell Transportes LtdaBTR Transportes Indaiatuba LtdaCCairu Transportes LtdaCampinense Transportes de Cargas LtdaCandiotto Transportes LtdaCargo Press Transp. e Logística LtdaCargo System Transp. Rod. LtdaCargosoftCarvalina TransportesCelnar Transportes LtdaCesari Emp. Mult. de Mov. de Materiais Ltda.Ceu-Mar Transporte LtdaCeva Transportadora LtdaChtrans Transp. Rodoviários LtdaCia de Transportes Works Express LtdaCidade Express Transportes e Logística Ltda.Cidex Transportes LtdaCirlog Transp. Armaz. Gerais e LogísticaCocal Transportes LtdaCompany Transportes LtdaConcordia Logística LtdaCondex TransportesConfins Transportes LtdaCooperativa de Transportes Sol de MinasCoopercarga Log. Transp. Cargas LtdaCoopertransCosteira Transportes e Serviços Ltda.Cotrag - Coop. Transp. Autôn. de GuarapuavaCotralti Transportes LtdaCristalli Ind Com Ltda (Portal Cargas)CTS Transportes e Serviços LtdaDDallogis Logística LtdaDaniel Transportes LtdaDelta Cargo Logística e Transportes S/ADgranel Transportes e Com. LtdaDi Biazzi Transportes LtdaDias Penha Transporte eServiços Internacionais LtdaDiggo Transportes LtdaDismarina Transportes LtdaDisplan Encomendas Urgentes LtdaDistribui Transportes LtdaDLT Logística em Transportes - destakDon Santos Transportes LtdaDriver Express Transportes GeraisDva Express LtdaEE. R. S. Transportes LtdaEclipse Transportes LtdaEcolog Expresso Contagem Logística LtdaECT - Emp. Bras. Correios e TelégrafosEduardo de Oliveira Transportes LtdaEficargo Transportes LtdaEfitrans Transportes LtdaEmbrac - Emp. Bras. de Cargas LtdaEmp. de Transportes Andorinha LtdaEmpresa de Transportes Atlas LtdaEmpresa de Transportes Covre LtdaEmpresa de Transportes Martins LtdaEmpresa de Transportes Pajuçara LtdaEmpresa de Transportes Santa Terezinha LtdaEmpresa Rodoviária Scalet LtdaEssemaga Transportes e Serviços Ltda.Eucatur Transportes Rodoviários LtdaEureka Transportes LtdaExlog Logística e Dist. LtdaExpress TCM LtdaExpresso 10Expresso Adorno LtdaExpresso Boas Novas LtdaExpresso Brilhante LtdaExpresso Brilhante Transp. e LogísticaExpresso Cajamar São Paulo LtdaExpresso de PrataExpresso Hércules e Comércio LtdaExpresso Itauna LtdaExpresso Javali S/AExpresso Jundiai Logística e Transporte LtdaExpresso M2000 LtdaExpresso Manir LtdaExpresso Maringá Transportes LtdaExpresso Mirassol LtdaExpresso Nepomuceno Ltda


| edição nº115 | Set | 2011 | 69 3Expresso Oriente Int.Transp RodoviárioExpresso Piedadense LtdaExpresso Saltense LtdaExpresso Santa Luzia Ltda.Expresso São Miguel LtdaExpresso Sul Americano LtdaExpresso União LtdaExpresso Veramar Ltda.Extra Logística e Distribuição LtdaExtremo Sul Transportes LtdaFFastlog Soluções Logísticas LtdaFavorita Transportes LtdaFederal ExpressFernandes Transportes LtdaFerraz Transportes e Logística LtdaFG Transportes LtdaFigueiredo Transportes LtdaFogagnoli Transportes LtdaFolnoni Transportes LtdaFontanella Transportes Ltda.Fortrex Logística LtdaFranca Express Transportes LtdaFrilog Transportes LtdaFurtner & Cia LtdaGG. Aguia Transportes LtdaGafor Transportes LtdaGardenia Transportes RodoviáriosGefco Logística do Brasil LtdaGelog Transportes LtdaGeneroso Transportes LtdaGetel Transportes LtdaGM Sul Transportes Ltda.Golden CargoGP Transportes LtdaGraneleiro Transportes Rodoviários LtdaGrupo DsrvloxGTE - Gomes Transportese Encomendas LtdaGuia TransportesHHamburgo CargasHamc Rodo Transporte LtdaHDL Transportes LtdaHeltran Transportes LtdaHenrique Stefani &Cia LtdaHervi Transportes LtdaHipercon Terminais de Carga LtdaHRB Transportes Rápidos LtdaIIBL Logística LtdaIC Transportes LtdaLFT Transportes de Cargas LtdaImola Transportes LtdaInicial Transportes LtdaIntegração Transportes LtdaIrapuru Transportes LtdaIsamar Transportes Urgentes LtdaItabirense Transporte de Cargas LtdaItanorte Logística LtdaJJ. Alves Logística Ltda.J. Silveira Transportes LtdaJAD Logística LtdaJamef Transportes LtdaJAT Transporte e Logística Ltda.JBT Transportes LtdaJC Transportes e Mudanças LtdaJK Logísticas e Transportes LtdaJM Transportes e LogísticaJoinvilense Transporte e Logística Ltda.Julican Transportes e Logística LtdaJWM Express Transportes LtdaKK R Transportes & LogísticaKeller Transportes Ltda.Kenya S/A Transporte e LogísticaKieling Multimodais de Transportes LtdaKm Transportes Rodoviários de Cargas LtdaKraft Transportes Rodov. de Cargas Ltda.Kruger/ConventosLLDB Transportes LtdaLenarge Transportes e Serviços LtdaLeon TransportesLíder Fast Courier LtdaLine Express Transportes e Distribuição Ltda


empresas/transportadorasLKC Transportes LtdaLOG 10 Transportes LtdaLog Gally Transportes LtdaLogin Transportes de Carga LtdaLogos Transporte e Logística LtdaLTA Transportes LtdaLuck Ribeiro Transportes Ltda MELuiz Pedro de Oliveira & Cia LtdaLune Transportes Rodoviários LtdaLuseanna Ex Transp. Rodov. de Cargas LtdaMM & A Transportes LtdaMachado TransportesMagic Cargo Transportes LtdaMaioral Cargo LtdaMalta Transportes LtdaMamuth Transporte de Maq. LtdaMardonio Cargo Express TransportesMartinelli & Muffa LtdaMatec Entregadora LtdaMatheus & Cia LtdaMB Transportes LtdaMBS Cargo LogísticaMCP Transp. Rodov. Ltda (Estrela do Oriente)Mercosul Line Navegação e Logística LtdaMeridional Cargas LtdaMetatron Transportes LtdaMGE Transportes LtdaMidia Transportes LtdaMillenum Transportes LtdaMilton Scalet e Cia LtdaMinas Star Express LtdaMinas Sul Transportes LtdaMira OTM Transportes LtdaModular Transportes LtdaMTR Transportes LtdaMW Transportes LtdaNNew Time ExpressNortsul Cargas LtdaNova Minas Transporte Locação LtdaNova União Transportes LtdaOOdin Transportes LtdaOmega Air Cargo S/AOmega de Minas Expresso e Logística LtdaOmnitrans Logística e Transportes Ltda.Onel Transportes LtdaOti - Org Transp Integrados LtdaOuro Verde Transporte e Locação LtdaPPGR Transp. Interm., Armaz. eLogística Integ. LtdaParnasium Transportes LtdaPatrus Transportes Urgentes LtdaPatthi Transporte e Distribuição LtdaPaulista Express Transportes LtdaPenteado Transportes LtdaPetrymar Transportes LtdaPH Transportes Sensíveis LtdaPitangui Cargas e Serviços LtdaPlanalto Encomendas LtdaPlanalto Transportes LtdaPontual Transportes de Cargas LtdaPower Transportes LtdaProativa Passagens e Cargas LtdaProbo Transportes LtdaPTM - Paulistano Transp. e Mudanças LtdaQQuick Logística LtdaRR. Silveira TransportesR.E.D Log Transportes e Logística LtdaRaça Transportes LtdaRaito Transportes LtdaRamthun Serviços e Transportes LtdaRapidão Cometa Logística e Transportes S/ARápido 900 Transportadores Rodov. LtdaRápido Igrejinha Transp. e Com. LtdaRápido LW Transportes Rod de Cargas LtdaRápido Labarca Transportes Ltda.Rápido London S/ARápido Minas Transportes LtdaRápido Montes ClarosRápido Resende LtdaRápido Roraima LtdaRápido Transpaulo LtdaRda - Transportes Sensíveis LtdaRealeza Logística LtdaREC TransportesRedyar OTM Transportes LtdaRegional Transportes Logísticos LtdaRemac Transportes LtdaRenascer Transporte Rodov. de Cargas LtdaRent A Truck Operador Logístico LtdaResuto & Resuto LtdaReunidas S.A Transportes ColetivosRG Transportes RodoviáriosRio Doce Transportes e LogísticaRisso Transportes LtdaRKM Express Transportes LtdaRMS Transportes LtdaRocha TransportesRodasul Logística e Transportes S/ARodoagro Transporte e LogísticaRodocayres Locação Transporte LtdaRodocerto Transportes LtdaRodoeng Transportes Rodoviários LtdaRodofly Transportes LtdaRodogarcia Transportes Rodoviários LtdaRodojumbo Transportes Rodoviários LtdaRodolog Transportes Multimodais LtdaRodolux Transportes LtdaRodomax Transportes Rodoviário LtdaRodominas Transportes LtdaRodonaves Transportes e Encomendas LtdaRodopalas Transportes Rodoviários LtdaRodorei Transportes LtdaRodoserpa Transportes LtdaRodoviário Camillo dos Santos LtdaRodoviário Cassiano Logística e Armaz. LtdaRodoviário Garra LtdaRodoviário Goyaz LtdaRodoviário Ramos LtdaRodoviário Suíça Brasileira de Transp. LtdaRodoviário Transbueno LtdaRodstar Transporte RodoviárioRodsul Transportes LtdaRoma Cargo Transportes LtdaRS Tranportes e Logística LtdaSSag Logística e Transportes LtdaSalvador Logística e Transportes LtdaSanches TransportesSão Geraldo Transportes LtdaSão Joaquim Transportes LtdaSat Log TransportesSeculum XXI Transportes LtdaSegura Logística e Transportes LtdaSete Lagos Transportes LtdaSFC TransportesShuttle LtdaSicall Transportes LtdaSilvio Montico Transportes MESitram Transportes LtdaSolamazon Transportes LtdaSopro Divino Express Transportes LtdaSorreg Transportes LtdaSotrange Transportes Rodoviários LtdaSP Mix TransportesSpeedpak Soluções LogísticasSpeedy Service S.A.SR Logística e Transportes LtdaStarlog Logística e Transportes LtdaSua Majestade Transp. Logística e Armaz. LtdaSul Ex Transportes LtdaSupport Cargo LtdaSupricel Logística LtdaSymbolus Transportes LtdaTT.T. Transluca Transportes LtdaTAM ExpressTamoyo S/A TransportesTarga TransportesTBB CargoTCE TransportesTDB Transporte e Distribuição de Bens Ltda.TE Transportes Expresso LtdaTEC TransportesTecea Transportes Rodoviários LtdaTecmar Transportes LtdaTecnotrans Tecnologia em Transporte LtdaTegon Valenti S/ATeixeira & Simão Ltda (TSL)Termaco Term Mar de Cont e Serv Aces LtdaTG Transportes LtdaTGallog Transporte e Logística LtdaTGM Transportes LtdaTim Tim Express LtdaTime Express LtdaTNT AraçatubaTNT MercúrioTomasi Transportes LtdaToniato Transportes LtdaTop Cargo Transportes LtdaTotal ExpressTquim Transportes Químicos Especial. LtdaTramer Transportes LtdaTrans Almeida Transportes de Cargas LtdaTrans - HerculanoTrans J K Transportes LtdaTrans Lloyds Transportes Aéreos LtdaTrans W Transportes LtdaTransal - Transportes Salvan LtdaTransancora Transporte Rodoviário Ltda.Transbom Transportes LtdaTransbrasil Transportes LtdaTranscompras Transp. e Compras ComerciaisTranscontinental Logística S/ATransdeccini Serviços de Transportes Ltda


empresas/transportadorasTransduarte-Tede Transportes LtdaTranseich Assessoria e Transportes LtdaTransemba Transportes RodoviáriosTranserve Transportadora LtdaTransface Transportes LtdaTransfarrapos LtdaTransglobal Norte Transportes LtdaTransgolden Transportes LtdaTranshizza Transp. de Cargas e Encom. LtdaTransita Transportes LtdaTrânsito Transportes LtdaTransjoi Transportes LtdaTransjori Transportes LtdaTranskanalti Logística e Transportes LtdaTranskompa LtdaTranslagoinhaTranslaguna Logística LtdaTransligue Transportes e Serviços LtdaTranslima LogísticaTranslion Transportes Rodoviários LtdaTransLogística Transporte e LogísticaTransluc Cargas e Enc. Ltda (Sc)Transmagna Transportes LtdaTransmaroni Transportes Brasil RodoviáriosTransminato Transportes LtdaTransmódulo Transportadora Rodoviária LtdaTransnecher Tranporte Logística Empr LtdaTransniffer Transportes Ltda METransnovag Transportes S.A.Transpacífico Transportes Rodoviários LtdaTranspérola Transportes Rodoviários Ltda.Transpioneira Transportes de Cargas LtdaTranspores Lida LtdaTransportadora Aiapuã LtdaTransportadora Americana LtdaTransportadora AR Carvalho JrTransportadora Asa de Prata LtdaTransportadora Avenida LtdaTransportadora Cabral LtdaTransportadora Camillo dos Santos LtdaTransportadora Capela LtdaTransportadora Capivari LtdaTransportadora Caravaggio LtdaTransportadora Colatinense LtdaTransportadora Contatto LtdaTransportadora Darzan LtdaTransportadora Dois Irmãos Ltda.Transportadora Econômica LtdaTransportadora Emborcação Ltda.Transportadora Falcão LtdaTransportadora Fiorot LtdaTransportadora Frare LtdaTransportadora Gamper LtdaTransportadora Gralha Azul LtdaTransportadora Graúna LtdaTransportadora Hammes LtdaTransportadora Herculano LtdaTransportadora HF Cargas LtdaTransportadora Irmãos Rombaldi LtdaTransportadora Itanorte LtdaTransportadora Itapemirim S.A.Transportadora Itapirense Bertini LtdaTransportadora Jacareí LtdaTransportadora Jamantão Ltda.Transportadora Jatex LtdaTransportadora Jolivan LtdaTransportadora Jomi LtdaTransportadora JPN LtdaTransportadora KleinTransportadora Lagexpress LtdaTransportadora Lagoinha LtdaTransportadora Levfort LtdaTransportadora LSA NordexTransportadora Luft ExpressTransportadora Mantello LtdaTransportadora MarilinsTransportadora Mauá LtdaTransportadora Minuano LtdaTransportadora MMA LtdaTransportadora Montemorense LtdaTransportadora Nasa LtdaTransp. Nova América Bragança LtdaTransportadora NovacopeTransportadora Pituta LtdaTransportadora Plimor LtdaTransportadora Real 2000 LtdaTransp. Real - Cargas e Soluções emTransporte Integrada LtdaTransportadora Rebecchi LtdaTransportadora Rodofort LtdaTransportadora Rota 90 LtdaTransportadora Sabiá de Marília LtdaTransportadora Santa Felicidade LtdaTransportadora São José LtdaTransportadora Silsi LtdaTransportadora Sulista S/ATransportadora TempoTransportadora Tespal Pr LtdaTransportadora TexpelTransportadora Trans ValterTransportadora TranscargaTransportadora Transfinal LtdaTransportadora TransledaniTransportadora TransmelloTransportadora Transmiro LtdaTransportadora Transparati LtdaTransportadora Transvarzea LtdaTransportadora Zero Grau LtdaTransporte Andrade LtdaTransporte e Comércio Fassina LtdaTransporte Rodor LtdaTransporte Rodoviário deCargas Zappellini LtdaTransportes Adre LtdaTransportes Bauer LtdaTransportes Benvenuti LtdaTransportes Bertolini LtdaTransportes Borelli LtdaTransportes Budel LtdaTransportes Cavalinho LtdaTransportes Dalçoquio LtdaTransportes Della Volpe S.A. Com.IndTransportes Dumar LtdaTransportes Estrada - Transps e ArmazénsGerais LtdaTransportes Garcia - São Carlos LtdaTransportes Gavasso LtdaTransportes Grecco Ltda.Transportes Hemar LtdaTransportes Loradi LtdaTransportes Mandacaru LtdaTransportes Mann LtdaTransportes Montone LtdaTransportes Ouro Negro LtdaTransportes PanexTransportes Prosperity LtdaTransportes Rápido Ourosul LtdaTransportes RCR LtdaTransportes Rezende LtdaTransportes RodoviárioTeixeira Varajão - TRTVTransportes Roglio LtdaTransportes Translovato LtdaTransportes TupiTransportes Vidali LtdaTransportes Waldemar LtdaTransportes Wartha LtdaTranspower Transporte Rodoviário LtdaTransrefer LtdaTrans-Roberto Transportadora Cial. LtdaTransrodace Transportes Rodoviários LtdaTranstitânio Transportes Rodoviários LtdaTranstomaz Transp. Rodov. de Cargas LtdaTransville Transporte e Serviços Ltda.Transvoar Transporte e LogísticaTranswar Transportes Ltda.Transwells Expresso Rodoviário LtdaTranswinter Transportes LtdaTransportes Boni e Souza Ltda (Transoliveira)TRB Transportes e Logística LtdaTrelsa Transporte Especializadode Líquidos S/ATrês Américas Transportes LtdaTriale Logística Ltda.Trionon Transportes LtdaTrisul Transportes LtdaTroca Transportes LtdaTRW Transportes LtdaTSV Transportes Rápidos LtdaTWDTWE Service Transportes LtdaUU.R.A Transportes LtdaUnatimo Cargo Transportese Logística LtdaUnicargas Transportes e Turismo LtdaUnicargo Transportes e Cargas LtdaUniverso Log Logística e TransportesUtilíssimo Transportes LtdaVValni Transportes Rodoviários Ltda.Vanama Transportes LtdaVêneto Transportes LtdaVenetosul Transportes LtdaViação Cruzeiro do Sul LtdaViação Santa Cruz S.A.Viação São LuisVicari Transportes e LogísticaVideira Transportes Rodoviários LtdaViktória Cargas e Despachos LtdaVinhedos Transportes LtdaVision ExpressVitoria Provedora Logística Ltda.Vivalog Transportes LtdaVTI Transul Brasil Transportes LtdaWWind Express Transportes UrgentesWmc Transportes LtdaZZero Grau


empresas/embarcadoresEleitores da INDÚSTRIA ELETROELETRÔNICA(empresas associadas à ABINEE – AssociaçãoBrasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica)Nome da Empresa Cidade UFPST Eletrônica S.A. Campinas SPRasatronic Eletrônica Indal. Ltda Guapore RSRepremig Ltda Belo Horizonte MGRGT Eletrônica Ltda São Paulo SPSony Brasil Ltda São Paulo SPTecsys do Brasil Industrial Ltda São Jose dos Campos SPTelit Wireless Solut Tecnol Serv Ltda Belo Horizonte MGTrópico Sist E Telecom da Amazonia Ltda Campinas SPTS Shara Tecnologia de Sistemas Ltda São Paulo SPUlfer Ind Com Prod Eletrodomésticos Ltda São Paulo SPUlfer Ind Com Prod Eletrodomésticos Ltda Itaquaquecetuba SPUnidigital Tecnologia Eletrônica Ltda Porto Alegre RSYaskawa Elétrico do Brasil Ltda São Paulo SPEleitores daINDÚSTRIA FARMACÊUTICANome da Empresa Cidade UFAntibióticos do Brasil Ltda Cosmopolis SPBayer S/A São Paulo SPBiolab Farmacêutica São Paulo SPBy Samia Aromoterapia Comércio Ltda São Paulo SPChampion Farmoquímico Anapolis GOFQM Farmoquímica S/A Rio de Janeiro RJHalex Istar Ind. Farm. Ltda Goiania GOItalian Med Distrib.de Prod. Médico Hosp.Ltda Caxias Do Sul RSJofadel Ind Farmacêutica Ltda Varginha MGLaboratório Sanobiol Ltda Pouso Alegre MGLaboratório Stiefel Guarulhos SPLaboratório Teuto Brasileiro S/A Anápolis GOLaboratórios Pfizer Ltda Guarulhos SPLundbeck Brasil Ltda Rio de Janeiro RJPhibro Saúde Animal Internacional Ltda. Guarulhos SPProdotti Laboratório Farmacêutico Ltda São Paulo SPProdutos Farmacêuticos Millet Roux Ltda Rio de Janeiro RJSandoz do Brasil Ind. Farm. Ltda Cambé PRSchering do Brasil Químicae Farmacêutica LtdaSão PauloSPSteviafarma Indústrial S.A Maringá PRTheodoro F. Sobral e Cia Ltda Floriano PIVitapan Ind. Farmacêutica Ltda Anápolis GOEleitores da INDÚSTRIA DE METALURGIA/SIDERURGIA (empresas associadas à ABM –Associação Brasileira de Metalurgia, Materiais e Mineração)Nome da Empresa Cidade UFAçotécnica Indústria e Comércio Ltda Jandira SPAlstom Brasil Energia e Transporte Ltda São Paulo SPCoppersteel Bimetalicos Ltda Campinas SPDurametal S.A Maracanau CEElétrica Danúbio Guarulhos SPEltek Valere Guarulhos SPFriedberg Monte Mor SPGrupo Voges Caxias Do Sul RSIndústria Elétrica Marangoni Maretti Ltda Mogi-Mirim SPIndústria Eletromecânica Balestro Ltda Mogi-Mirim SPNome da Empresa Cidade UFIngeteam Ltda Valinhos SPItatex Ind. E Com. de Minerais Ltda. Campinas SPMar-Girius Continental Ind.Controles Elétricos LtdaPorto Ferreira SPMetalúrgica Schadek Ltda Porto Feliz SPMetisa Timbo SCNambei Indústria de Cond. Elétricos Ltda São Paulo SPNife Baterias Industriais Ltda São Paulo SPOrteng Equipamentos e Sistemas Ltda Contagem MGParanapanema Santo Andre SPPhelps Dodge International Brasil Poços de Caldas MGPLP-Produtos p/ Linhas Preformados Cajamar SPSil Fios e Cabos Guarulhos SPSoprano Eletrometalúrgica e Hidraul Ltda Farroupilha RSSpraying Systems do Brasil Ltda S. Bernardo do Campo SPTelcon Fios e Cabos p/ Telecomunicações SA SorocabaSPTesc São Paulo SPWeingartner e Nunes Ltda Colombo PRWirex Cable S/A Santa Branca SPEleitores da INDÚSTRIA DE PAPEL E CELULOSE(empresas associadas à BRACELPA – Associação Brasileirade Celulose e Papel)Nome da Empresa Cidade UFAdami S.A. Madeiras Caçador SCConnect Papeis Belo Horizonte MGInstituto de Difusão Espírita Araras SPMD Papéis Ltda Caieiras SPMultiverde Papéis Especiais Ltda Mirassolândia SPSanta Maria Cia de Papel e Celulose Guarapuava PRTrombini Embalagens S.A. Curitiba PRTrombini Indústrial S.A. Curitiba PREleitores da INDÚSTRIA QUÍMICA (empresasassociadas à ABIQUIM – Associação Brasileirada Indústria Química)Nome da Empresa Cidade UFAcqua Madre Cerquilho SPAllchem Química Ind. e Com. Ltda Rio Grande RSArch Brasil Química Ltda. Salto SPAripe Citrus Agro Indústrial Ltda Montenegro RSArtecola Indústrias Químicas Ltda Campo Bom RSArysta São Paulo SPAtar do Brasil Defensivos Agrícolas Ltda Resende RJBann Química Ltda Campinas SPBasf S/A Guaratingueta SPBBC Indústria e Comércio Ltda Itupeva SPBelquímica Ind. Com. Ltda Ribeirão das Neves MGBeraca Sabara Químicos e Ing. S/A Santa Barbara D’oeste SPBombril S/A S. Bernardo do Campo SPBrascola Ltda Joinville SCCarbocloro Ind. Quim. São Paulo SPChemtura Ind. Química do Brasil Ltda Rio Claro SPCHT Brasil Química Ltda Cajamar SPDarcarto Benvic Ltda Osasco SPDynea Brasil S/A S. Bernardo do Campo SPF. Maia Indústria e Comércio Ltda Cotia SPFCC Fornecedora de ComponentesQuímicos e Couros LtdaCampo Bom RSNome da Empresa Cidade UFHeide Extratos Vegetais Pinhais PRIharabras S/A Indústrias Químicas Sorocaba SPIndústria Riograndense de Óléos Vegetais LtdaPelotasRSIntercuf Ind. e Com. Ltda Campinas SPIsan Essências e Aromas Ltda Jandira SPLumen Química Ltda Roseira SPMineração Belocal Belo Horizonte MGMK Química do Brasil Ltda Tres Lagoas MSMomentive Química Ind. e Com. Ltda Curitiba PRMustang Pluron Química Ltda Catanduva SPNitroquímica São Paulo SPPernambuco Química S/AJaboatão dos Guararapes PEPeróxidos do Brasil Curitiba PRPhibro Saúde Animal Ltda Guarulhos SPPlastifica Industrial Ltda Belo Horizonte MGProquitec Vargem Gde. Paulista SPQuirios Produtos Químicos S/A Barueri SPResinas Yser Campo Largo PRRetilox Química Especial Ltda Santana de Parnaíba SPRobertet do Brasil Ind. e Com. Ltda Barueri SPSolvay Indupa do Brasil S/A Santo André SPStahl Brasil S/A Portão RSStoppani Uberaba MGTate & Lyle Brasil S/A Sta. Rosa de Viterbo SPTFL do Brasil São Leopoldo RSUnimin do Brasil Barueri SPUsiquímica do Brasil Ltda São Paulo SPVale Fertilizantes Uberaba MGEleitores da INDÚSTRIA TÊXTIL(empresas associadas à ABIT – AssociaçãoBrasileira da Indústria Têxtil e de Confecção)Nome da Empresa Cidade UFBell Enxovais Ibitinga SPCia. Tecidos Santanense Belo Horizonte MGDL Bella Confecções Ltda Santos SPDoisélles (Raquell Guimarães Duarte Pinto) Juiz de Fora MGHorizonte Têxtil Ltda. Belo Horizonte MGInd. e Com. de Confecções La-Playa Londrina PRInd. e Com. Jolitex Diadema SPInylbra Tapetes e Veludos Ltda São Paulo SPIT Cem Por Cento Nova Friburgo RJKeka Couros São José SCLinhas Bonfio S/A São Paulo SPLinhasita - Indústria de Linhas Itatiba SPpara Coser LtdaMagma Indústria Têxtil São Paulo SPMalhas River Sport Ltda Brusque SCMarcyn Confecções Ltda São Paulo SPOpetra Indústria e Comérciode Travesseiros LtdaVinhedoSPPura Mania Confecções Ltda Londrina PRSallo Confecções Ind. e Com. Ltda Goiânia GOSancris Linhas & Fios Ltda Brusque SCSonhart Londrina PRTavex Brasil S/A (Santista Têxtil) São Paulo SPTear Têxtil Indústria e Comércio Ltda Belo Horizonte MGTecelagem São Carlos S/A São Carlos SPZanotti S.A Jaraguá do Sul SC


indicadoresUma avaliação criteriosam~ê~=ÇÉÑáåáê=~ë=ãÉäÜçêÉë=íê~åëéçêí~Ççê~ë=êçÇçîá•êá~ë=ÇÉ=Å~êÖ~ëI=ÉäÉáí~ë=éÉäç=ãÉêÅ~ÇçI=ç=mêÆãáç=qçé=Ççqê~åëéçêíÉ=êÉÑäÉíÉ=ç=êÉëìäí~Çç=ÇÉ=ìã~=éÉëèìáë~=å~Åáçå~äI=~íê~î¨ë=Ç~=èì~ä=çë=Åçåíê~í~åíÉë=ÇÉ=ÑêÉíÉëI=ÇÉ=ÇÉòÇáÑÉêÉåíÉë=ëÉÖãÉåíçë=áåÇìëíêá~áëI=ë©ç=ÅçåîáÇ~Ççë=~=~íêáÄìáê=åçí~ë=ÇÉ=ÇÉëÉãéÉåÜç=~çë=ëÉìë=ÑçêåÉÅÉÇçêÉëÇÉ=íê~åëéçêíÉëI=Åçã=Ä~ëÉ=Éã=ÅáåÅç=é~êßãÉíêçë=ÇÉ=éÉêÑçêã~åÅÉK=p~áÄ~I=~Öçê~I=ç=èìÉ=ÉäÉë=ëáÖåáÑáÅ~ãOs finalistas do Prêmio Topdo Transporte 2011 foramescolhidos com base nos resultadosda 5ª Pesquisa Nacional dosFornecedores de Serviços de Transportes,enviada para quase 3.000 empresasembarcadoras de cargas de todoo Brasil. Através de uma cédulade votação eletrônica, os contratantesde fretes são convidados a atribuirnotas de desempenho aos seusfornecedores, em uma escala de 1 a 5.O levantamento permite avaliar asempresas de transportes a partir decinco indicadores de performance,comumente adotados pelo mercado.Com base nas notas atribuídas épossível estabelecer o grau de satisfaçãodo embarcador em relação aos seus fornecedoresde transportes, para cada umdos quesitos avaliados. Dos cinco parâmetrosda Pesquisa, dois deles englobamo fator custo e outros três o nível deserviço oferecido. Confira, agora, o significadode cada um desses indicadores.VI A BI LI DA DE DE CUSTORevela quanto o transportador éconsiderado economicamente viávelpara o embarcador, sob dois aspectos:no tocante à relação custo-benefício e,ainda, no âmbito comercial. Refletetambém sua transparência nos custose sua abertura para negociações, deforma a permitir uma adequação favorávelentre as partes.● CUSTO-BENEFÍCIOIndica se transportador ofereceuma relação favorável de custo-benefíciopara o embarcador, na forma de tabelasde fretes compatíveis com oscustos operacionais do transporte e oserviço oferecido.● CAPACIDADE DE NEGOCIAÇÃOMostra a flexibilidade do transportadorna negociação de fretes e preços.VI A BI LI DA DE DA PRES TA ÇÃODE SERVIÇORevela a capacidade do transportadorem executar o serviço contratado,dentro dos prazos e condições combinados,com base em três parâmetrosdistintos:● NÍVEL DE SERVIÇOIndica a habilidade do fornecedorde transporte em cumprir os prazosde coleta e entrega e sua capacidadede atender a contento as flutuaçõesda demanda.● GESTÃO DA QUALIDADEIndicador que mede a qualidade doserviço prestado pelo transportador.Incluindo os equipamentos utilizadosnas operações de transporte, a padronizaçãoe melhoria constante de processos,como o baixo nível de avarias.● TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃORevela a habilidade do transportadorem fornecer, com rapidez, informaçõesconfiáveis e atualizadas deperformance e status da operação, quecolaborem para a tomada de decisõespor parte do contratante do serviço.NOTAS● NOTAS DE PERFORMANCEPontuação obtida a partir da somada notas (de 1 a 5) atribuídas ao transportadorpelos contratantes do serviço,dividida pelo número de votos obtidospor cada empresa● MÉDIA DE MERCADOPontuação obtida a partir soma danotas de performance atribuída paracada um dos cinco indicadores, divididapor 5 (cinco)


finalistas daindústria automotivaUm modelo de gestão^=jqo=qê~åëéçêíÉë=ëÉ=ÉäÉÖÉ=Åçãç=ç=ÑçêåÉÅÉÇçê=éêÉÑÉêáÇç=Ççë=Ñ~ÄêáÅ~åíÉë=ÇÉ=~ìíçéÉ´~ëI=Öê~´~ë=~ç=áåîÉëíáãÉåíç=Åçåí∞åìçå~=ãÉäÜçêá~=Ç~=èì~äáÇ~ÇÉ=Ççë=ëÉêîá´çë=éêÉëí~Ççë=~ç=ëÉíçêAeleição das transportadoraspreferidas da indústria automotivarevelou surpresas naedição 2011 do Prêmio Top do Transporte.As três primeiras colocadas chegampela primeira vez ao topo do rankingdo setor, de acordo com a 5ª PesquisaNacional de Desempenho dosFornecedores de Serviços de Transportes,que serve de base para a premiação.O levantamento promovido pelas revistasFROTA&Cia e Logweb contoucom a participação de 29 empresas associadasao Sindipeças (Sindicato Nacionalda Indústria de Componentespara Veículos Automotores), as quaisindicaram um total de 119 empresas detransporte rodoviário de cargas, queprestam serviços regulares ao setor.A MTR Transportes foi consideradaa favorita do segmento, com 4,13pontos de média final. A conquista refleteo excelente desempenho no quesito“performance de serviço”, ondealcançou a nota máxima (5), que envolveo nível de serviço, a gestão daqualidade e a tecnologia da informação.Em segundo lugar, aparece aTransligue Transportes e Serviços, com4,11 de média do mercado, seguida doRapidão Cometa, que conquistou o 3ºlugar no segmento, com a nota 4,08.MTR TRANSPORTESGestão baseada namelhora contínuaOdair Bernardi, Gerente Nacionalde Vendas da MTR Transportes, atribuia boa imagem da empresa juntoaos contratantes de fretes da indústriaautomotiva, à qualidade do seu atendimento,aliada à alta performanceFINALISTAS DA INDÚSTRIA AUTOMOTIVA Notas de Performance de Custos Notas de Performance de ServiçoRanking Ordem Transportadora Total de Custo Capacidade Média Nível de Gestão de Tecnologia e Média Média deVotos Benefício de Negociação Serviço Qualidade Informações Mercado1 1 MTR TRANSPORTES LTDA 2 3.00 3.50 3.25 5.00 5.00 5.00 5.00 4.132 2 TRANSLIGUE TRANSPORTES E SERVIÇOS LTDA 3 3.67 4.33 4.00 4.67 4.00 4.00 4.22 4.113 3 RAPIDÃO COMETA LOGISTICA E TRANSP. S.A 2 4.00 4.00 4.00 4.00 4.50 4.00 4.17 4.084 4 TRANSJOI TRANSPORTES LTDA 2 3.50 3.50 3.50 4.50 5.00 4.00 4.50 4.005 5 TRANSPORTES TRANSLOVATO LTDA 5 3.80 4.00 3.90 3.80 4.20 4.20 4.07 3.986 6 EXPRESSO MIRASSOL LTDA 3 4.33 4.00 4.17 4.00 3.33 3.67 3.67 3.927 7 CARVALIMA TRANSPORTES LTDA 2 4.00 4.00 4.00 3.50 4.00 4.00 3.83 3.928 TRANSVILLE TRANSPORTE E SERVIÇOS LTDA. 2 3.50 3.50 3.50 4.50 4.50 4.00 4.33 3.928 9 ADELINO TRANSPORTES LTDA 2 3.50 4.50 4.00 4.00 3.50 3.50 3.67 3.839 10 EMPRESA DE TRANSPORTES COVRE LTDA 5 3.80 3.20 3.50 4.20 4.20 4.00 4.13 3.8210 11 EMPRESA DE TRANSPORTES ATLAS LTDA 3 3.67 3.33 3.50 4.00 4.00 4.00 4.00 3.7511 12 MALTA TRANSPORTES LTDA. 4 3.50 3.25 3.38 4.00 4.50 3.75 4.08 3.7312 13 EMPRESA DE TRANSPORTES PAJUÇARA LTDA 2 3.00 3.00 3.00 4.00 4.50 4.50 4.33 3.6714 TNT ARAÇATUBA 2 3.50 3.50 3.50 4.00 4.00 3.50 3.83 3.6713 15 BRASPRESS TRANSPORTES URGENTES LTDA 4 3.75 3.50 3.63 4.25 3.00 3.75 3.67 3.6516 TRANSPORTADORA PITUTA LTDA 4 4.00 3.75 3.88 4.00 3.00 3.25 3.42 3.6514 17 GEFCO LOGÍSTICA DO BRASIL LTDA 5 3.40 3.60 3.50 4.00 3.20 4.00 3.73 3.6215 18 CEVA TRANSPORTADORA LTDA 4 2.75 4.00 3.38 3.75 4.00 3.50 3.75 3.5616 19 EXPRESSO NEPOMUCENO LTDA 3 3.33 3.33 3.33 3.67 3.33 3.67 3.56 3.4417 20 ESTRADA TRANSPORTES LTDA 2 3.00 3.00 3.00 3.50 4.50 3.50 3.83 3.4218 21 RODONAVES TRANSPORTES E ENCOM. LTDA 3 3.00 2.33 2.67 4.00 4.00 3.33 3.78 3.2219 22 BINOTTO S/A 2 1.00 3.50 2.25 4.00 4.00 4.00 4.00 3.13


| edição nº115 | Set | 2011 | 81 3Montagem sobre fotos: DivulgaçãoOdair Bernardi,gerente nacionalde vendas daMTR Transportesoperacional. “Sem dúvida, esses sãoos pontos fortes da MTR, que vêmcrescendo a cada ano e ganhando oreconhecimento do mercado”, comentaorgulhoso.Com sede em Blumenau (SC), aMTR Transportes é especializada nosegmento de cargas fracionadas, comfoco nas indústrias de cosméticos, editorial,calçados, eletrônico, têxtil e alimentos.Sem contar, é claro, o próprioramo automotivo. Sua área de operaçãose concentra nas regiões Sul e Sudestedo País, onde mantém 12 filiais,todas operando em sistema cross-docking.A frota da empresa conta com112 veículos próprios, que roda cercade 7 milhões de quilômetros por ano etransporta mais de 140 mil toneladasanuais de mercadorias. A empresa investefortemente na segurança dotransporte e no rastreamento das cargas,além de manter um rígido controledos prazos de entrega.Diferenciais - O objetivo de todoesse esforço, segundo o executivo, éatender às exigências dos vários mercadosde atuação da empresa, que resultamem boas performances operacionaiscom lead-times curtos e muitaeficiência nas informações. “Nossosprincipais diferenciais estão na agilidadedas entregas e informações e fácilcomunicação entre os diferentes níveisorganizacionais, sempre voltadospara as necessidades dos clientes”,conclui Bernardi.O suprimento dessas necessidadesobriga a MTR Transportes a contarcom uma boa capilaridade nos interiores,explica o Gerente Nacional de Vendasda empresa. Acrescente-se a isso, aoferta de rotas de transferência bemajustadas e processos internos bem definidos,juntamente com o treinamentocontínuo de todos os seus colaboradores,nos vários níveis hierárquicos.Na visão de Odair Bernardi, o posicionamentode mercado adotado pelaMTR é a base de todas as ações difundidasna companhia nos últimos anos.“Por isso, nosso modelo de gestão estábaseado em indicadores de performance. Sem contar os planos de açãovoltados para a melhoria contínua, tantodos processos como dos serviços”.


Fato marcante - O regime permiteo transporte de mercadorias sobcontrole aduaneiro, de um ponto a outrodo território aduaneiro, com suspensãode tributos. “Sem dúvida, essefoi um fato marcante, ocorrido esteano na empresa, que colaborou para oseu sucesso junto aos clientes.Segundo Asta, tal facilidade veioao encontro das exigências e caractefinalistasdaindústria automotivaTRANSLIGUE TRANSPORTESE SERVIÇOSReconhecimento precoceCom apenas 11 anos de atuação naprestação de serviços de transporte elogística, no âmbito da exportação, importação,cargas fracionadas para osEstados de Santa Catarina e São Pauloe cargas completas para todo o Brasil, aTransligue já se posiciona entre as melhoresempresas de sua especialidade.Na opinião de Asta Nass Bublitz,sócia gerente da transportadora, aclassificação da Transligue em segundolugar no Prêmio Top do Transporte2011, junto à indústria automotiva,é reflexo dos bons serviços prestados,como também da autorização pelaReceita Federal para o transportecom DTA (Regime Especial de TrânsitoAduaneiro).Rapidão Cometa: investimentosem frota e tecnologiaDivulgaçãorísticas deste segmento, que impõe aosfornecedores de serviços de transporteso máximo cuidado no manuseiodas cargas, prazos rígidos de entrega,veículos monitorados via satélite e frotanova. Com matriz em Jaraguá doSul (SC) e mais quatro filiais em SâoPaulo, Campinas, Joinvile e Itajaí, aTransligue também atua nos principaisaeroportos e portos do Brasil.“Procuramos trabalhar com basena prestação de serviços, com eficáciae prazo de entrega, de forma a favorecersempre os nossos clientes”, salientaa gerente.RAPIDÃO COMETADomínio da logísticaTerceiro colocado no segmento automotivo,o Rapidão Cometa tem 70anos de atividade e um profundo conhecimentoda logística nacional e dasparticularidades de cada região doBrasil. “Esta expertise é traduzida naforma de serviços e plataformas desenvolvidasespecificamente paraatender às necessidades de cada cliente,otimizando recursos e ativos aolongo de toda a cadeia. Mais do quedesenvolver a atividade logística, oRapidão tem como missão contribuirpara o sucesso do cliente. Esta postura,associada a investimentos constantesem pessoal, infraestrutura etecnologia, é quefaz toda a diferença”, diz Carolina Assisde Souza, supervisora de marketingda empresa.A executiva explica que tudo issovem ao encontro dos anseios da indústriaautomotiva, que exige de seus fornecedoresde serviços de transportesuma atenção especial à segurança,confiabilidade e cumprimento de prazos.Este tripé é a base da relação entrecliente e o fornecedor do serviço detransportes. Tecnologia, pessoal capacitado,adaptabilidade para situaçõesimprevistas e qualidade em todas asetapas do serviço prestado são outrasexigências comuns a todos os clientes.Política de resultados - Carolinaconta que o maior diferencialdo Rapidão está na customização desoluções, conforme a necessidade decada cliente. “Este posicionamentofaz com que tenhamos os melhoresresultados nos mais diversos segmentos.Além disso, nos mantemos navanguarda, graças a um constanteplano de investimentos em capacitaçãode pessoal, infraestrutura e tecnologia.Este somatório de fatores garanteque o envolvimento do Rapidãojunto ao cliente aconteça de maneiratransparente e profissional, gerandoresultados concretos”, ressalta a supervisorade marketing.Ao longo de 2011 o Rapidão Cometaestá investindo cerca de R$ 6 milhõesno treinamento e capacitação detodos os mais de 8 mil colaboradoresda empresa. Também está ampliandoa sua infraestrutura em todoo Brasil com a abertura denovas filiais nas regiões Sul,Sudeste, Nordeste e no DistritoFederal. Além de realizar investimentosem frota e tecnologia,de maneira a ampliar a coberturae assegurar uma operaçãologística eficiente e cadavez mais próxima do cliente.


Filiais nos principais polos calçadistas do país:SÃO PAULO: Birigui | Franca | JaúRIO GRANDE DO SUL: Porto Alegre | Novo HamburgoMINAS GERAIS: Nova Serrana | DivinópolisWWW.PATRUS.COM.BR


finalistas daindústria de brinquedosA busca daexcelêncial=ëÉÖãÉåíç=ÇÉ=ÄêáåèìÉÇçë=Ñ~ò=ëì~=ÉëíêÉá~=åç=mêÆãáç=qçé=Çç=qê~åëéçêíÉ=É=ÉäÉÖÉ=~=qê~åëâ~å~äíá=Åçãç=~=éêÉÑÉêáÇ~=Çç=ëÉíçêI=éçê=Åçåí~=Ç~=Äç~=êÉä~´©ç=ÅìëíçJÄÉåÉÑáÅáç=É=Ç~=ê~éáÇÉò=å~=áåÑçêã~´©çOprimeiro levantamento defornecedores de transporteseleitos pela indústria debrinquedos, para fins de indicação aoPrêmio Top 2011, apontou a Transkanalticomo empresa preferida do setor.Ex-cooperativa de autônomos quese transformou em transportadora, aTranskanalti alcançou 4,08 de nota finalna apuração. Em segundo lugaraparece a empresa Sua MajestadeTransportes, Logística e Armazenagem,cuja média de mercado totalizou3,83 pontos. E, depois dessa, a MiraOTM Transportes, terceira colocadano ranking, com a média 3,71.A 5ª Pesquisa Nacional dos Fornecedoresde Serviços de Transportes, queserve de base para a premiação, contoucom a participação de 11 empresas vinculadasà Abrinq, que reúne os fabricantesbrasileiros de brinquedos. Estas, porsua vez, indicaram um total de 67 transportadorasque atendem ao segmento.Uma vez que o Regulamento da premiaçãosó admite como finalista as empresasque obtiveram o mínimo de dois(2) votos na Pesquisa realizada junto aosembarcadores votantes, apenas setetransportadoras alcançaram essa marca.O fato impediu de apresentar a listacompleta, com as 20 eleitas do setor.TRANSKANALTI TRANSPORTESE LOGÍSTICAEspecialista emshopping centersFundada em 1983, como cooperativade caminhoneiros autônomos, aTranskanalti Logística e Transportesganha o respeito de seus pares ao se sagrara grande campeã do Prêmio Topdo Transporte 2011, como transportadorarodoviária de cargas preferida daindústria de brinquedos. A empresa foireconhecida pelos clientes com base,sobretudo, em dois parâmetros de per-FINALISTAS DA INDÚSTRIA DE BRINQUEDOS Notas de Performance de Custos Notas de Performance de ServiçoRanking Ordem Transportadora Total de Custo Capacidade de Média Nível de Gestão de Tecnologia e Média Média deVotos Benefício Negociação Serviço Qualidade Informações Mercado1 1 TRANSKANALTI TRANSP. E LOG. LTDA 2 4.50 3.50 4.00 4.00 4.00 4.50 4.17 4.082 2 SUA MAJESTADE TRANSP. LOG. E ARMAZ. LTDA 2 3.50 3.50 3.50 4.00 4.00 4.50 4.17 3.833 3 MIRA OTM TRANSPORTES LTDA 2 3.00 3.50 3.25 4.00 4.50 4.00 4.17 3.714 4 RODONAVES TRANSPORTES E ENCOM. LTDA 3 3.00 4.00 3.50 4.00 4.00 3.67 3.89 3.695 5 TRANSPORTADORA PLIMOR LTDA 2 3.50 3.00 3.25 4.50 3.50 4.00 4.00 3.636 6 BRASPRESS TRANSPORTES URGENTES LTDA 2 2.00 3.00 2.50 4.50 4.50 5.00 4.67 3.587 7 EXPRESSO SÃO MIGUEL LTDA 2 2.00 3.00 2.50 3.50 3.00 4.00 3.50 3.00


| edição nº115 | Set | 2011 | 85 3DivulgaçãoRonaldo Bayma dos Santos,diretor comercial daTranskanaltiformance utilizados pelo mercado defretes, para fins de avaliação de seusfornecedores de transportes.No quesito Custo-benefício, queindica a relação entre o frete cobradoe o serviço oferecido, a Transkanaltiobteve a nota 4,50. A mesma que ganhouem relação à Tecnologia da Informação,que revela a habilidade dotransportador em fornecer, com rapidez,informações confiáveis e atualizadasde performance e status daoperação, que colaborem para a tomadade decisões por parte do contratantedo serviço.Visão da empresa -A pontuaçãoreflete a visão da empresa queenfatiza a excelência no transporte,orientada às necessidades dos clientes.Bem como a sua missão, na buscacontinua da qualidade e na reciprocidadecom seus clientes e colaboradores.Para Ronaldo Bayma dos Santos,diretor comercial, o grande diferencialda Transkanalti é a experiênciade entregas programadas em shoppingcenters. “Também colaborampara essa boa performance, a pontualidade,transparência, comprome-timento e perfil da empresa, ajustadoàs necessidades de seus clientes”, explicao diretor.Outro ponto importante é contarcom uma frota de caminhões equipadacom itens de segurança para as cargasmais delicadas, como é o caso dosbrinquedos. Ele cita, como exemplo, acompra recente de seis novos veículoscom características de atendimento nosegmento de cargas leves e volumosas.Aliado ao reforço no sistemade comunicação com o cliente e aumentono treinamento de profissionaisda Transkanalti.”, finaliza o diretor.


finalistas daindústria de brinquedosSUA MAJESTADETRANSPORTESFoco no clienteSediada em São Paulo, mas comfoco dirigido no mercado nordestino,a Sua Majestade Transportes Logísticae Armazenagem atende os mais diversossetores da indústria, com umabem montada rede de filiais distribuídasem 10 Estados brasileiros. Sua filosofiade trabalho dá destaque à Qualidade,com ênfase no compromisso eexcelência na prestação dos serviços.Entregas em magazines -Cristina Leonel, assistente de direçãoda transportadora, atribui a escolhada empresa como finalista do PrêmioTop do Transporte 2011, junto à indústriade brinquedos, à “sólida experiênciaem fretes fracionados e lotaçõese entregas em grandes magazines.Além, é claro,do foco permanenteno cliente”.Para Leonel, uma das exigênciasdo setor, diz respeito às entregas préagendadas.Para atender a essa demanda,a empresa prioriza a entreganos prazos pré-determinados e faz oacompanhamento da carga em temporeal. Some-se a isso, a oferta de profissionaiscapacitados parao bom desempenhodas operações e umafrota de mais de70 veículos próprios,entremédios, leves epesados.“A empresatambémnão descuidados cuidadoscom o manuseio,comoforma de garantirque asencomendas cheguemintactas aoseu destino”, comentaa assistente.“Sem contar o preçocompetitivo, em função do alto volume(cubagem) e baixo peso, que requeremcondições especiais de negociação”,completa.MIRA TRANSPORTESTecnologia da InformaçãoVerdadeiro colecionador de títulosdo Prêmio Top, o Mira Transportesconquista mais um cobiçado troféu.Desta vez, de terceiro colocado noPrêmio Top do Transporte 2011, eleitoagora pelos clientes da indústria debrinquedos. Entre os destaques daempresa, aparece o quesito Tecnologiada Informação que recebeu 4,50pontos de nota, de um total de 5, naavaliação dos embarcadores de cargasque participaram da escolha.O Mira Transportesé um colecionador detítulos do Prêmio TopNo detalhe, Cristina Leonel, assistentede direção da Sua Majestade TransportesPonto forte - “O fornecimentode informações exatas aos clientes éum dos pontos fortes do Mira Transportes”,reconhece Carlos AlbertoMira, vice-presidente da empresa.Para isso, explica o executivo, “nossaestrutura oferece aos clientes serviçoscom o respaldo de tecnologias deponta, como a troca eletrônica de dados(EDI - Electronic Data Interchange),o rastreamento de veículos e cargasvia satélite, GPRS e banda 3G, roteirizaçãopor meio de programasmodernos e informação de entregaem tempo real por tecnologia GSM(confirmação de entrega realizadapelo celular). Sob a ótica do transportador,o emprego destas tecnologiasgarante que as cargas e encomendassejam coletadas imediatamente e asentregas sejam feitas com velocidade.Além desse quesito, outros três fatorescertamente colaboraram para aboa imagem da empresa junto aosclientes do setor, comenta o vice-presidente.“Em primeiro lugar os recursoshumanos, graças ao treinamento econtratação de novos profissionais; osequipamentos de ponta, por conta darenovação e ampliação da frota e osnovos sistemas de rastreamento e segurançae, por último, o investimentoem tecnologia da informação, com amigração de nossos sistemas de comunicação(e-mail) para a Computaçãona Nuvem”, finaliza.Fotos: Divulgação


finalistas daindústria de calçadosCausa e efeitom~ê~=ëÉê=ÄÉã=~íÉåÇáÇ~I=~=áåÇ∫ëíêá~=Å~ä´~Çáëí~=ÉñáÖÉ=ÇÉ=ëÉìë=ÑçêåÉÅÉÇçêÉë=éçåíì~äáÇ~ÇÉI=ìã~=~ãéä~=êÉÇÉ=ÇÉ=Ñáäá~áë=É=íê~Çá´©ç=åçíê~åëéçêíÉK==mçê=áëëçI=~=oÉã~Å=qê~åëéçêíÉë=Ñçá=ÉäÉáí~=Åçãç=Ñ~îçêáí~promotores da premiação convidaramtodos os 100 associados da Abicalçados(Associação Brasileira das Indústriasde Calçados) para participar da eleiçãodas melhores transportadoras, queprestam serviços ao setor. Um total de19 empresas, representando 19% douniverso total, concordou em participardo levantamento que apontou aRemac como favorita, com 4,46 pontos.Em segundo lugar na categoria aparecea Rodonaves Transportes e Encomendas,que totalizou 4,44 pontos e foia 6ª colocada no ano passado. A terceiraposição do Prêmio Top do Transporte2011, junto à indústria calçadista, foiconquistada pelo Expresso MaringáTransportes, que obteve 4,42 de médiafinal, atribuídos por seus clientes queparticiparam da pesquisa.Em 2010, a Remac Transportesalcançou o 9º lugar no rankingdas melhores transportadorasque atendem indústria de calçados,com 3,60 pontos de média final, outorgadospelos próprios clientes do setor.Agora, a transportadora paranaensechega ao lugar mais alto dopódio, com a conquista do 1º lugar doPrêmio Top do Transporte 2011, eleitapela indústria calçadista.Para chegar a esse resultado, osREMAC TRANSPORTESFoco no segmento, desdea fundaçãoDesde a sua fundação nos idos dosanos 60, a Remac Transportes dedicauma especial atenção à indústria calçadista.Graças a esse posicionamentoestratégico, a empresa sempre se destacoujunto ao setor e, por extensão,adquiriu uma grande expertise noFINALISTAS DA INDÚSTRIA DE CALÇADOS Notas de Performance de Custos Notas de Performance de ServiçoRanking Ordem Transportadora Total de Custo Capacidade Média Nível de Gestão de Tecnologia e Média Média deVotos Benefício de Negociação Serviço Qualidade Informações Mercado1 1 REMAC TRANSPORTES LTDA 2 4.50 4.00 4.25 5.00 4.50 4.50 4.67 4.462 2 RODONAVES TRANSPORTES E ENCOM. LTDA 3 4.00 4.00 4.00 5.00 5.00 4.67 4.89 4.443 3 EXPRESSO MARINGÁ TRANSPORTES LTDA 4 4.25 4.25 4.25 4.50 4.75 4.50 4.58 4.424 4 TRANSPORTADORA REBECCHI LTDA 2 3.50 4.50 4.00 5.00 5.00 4.50 4.83 4.425 5 TRANSPORTADORA COLATINENSE LTDA 3 4.33 4.33 4.33 4.67 4.33 4.33 4.44 4.396 6 RÁPIDO LABARCA TRANSPORTES LTDA. 5 4.40 4.00 4.20 4.40 4.40 4.00 4.27 4.237 7 TROCA TRANSPORTES LTDA 2 4.00 4.00 4.00 4.50 4.00 4.00 4.17 4.088 8 ALFA TRANSPORTES ESPECIAIS LTDA 2 3.50 4.50 4.00 4.00 4.00 4.00 4.00 4.009 9 PATRUS TRANSPORTES URGENTES LTDA 12 3.58 3.83 3.71 4.42 4.25 4.00 4.22 3.9710 10 VITÓRIA PROVEDORA LOGÍSTICA LTDA 8 3.75 3.88 3.81 4.25 4.13 3.88 4.08 3.9511 11 HRB TRANSPORTES RÁPIDOS LTDA 3 4.00 4.00 4.00 4.33 4.00 3.33 3.89 3.9412 12 TRANSPORTES TRANSLOVATO LTDA 11 3.64 3.64 3.64 4.09 4.00 3.73 3.94 3.7913 13 RÁPIDO TRANSPAULO LTDA 2 4.00 3.50 3.75 4.00 4.00 3.50 3.83 3.7914 14 EMPRESA DE TRANSPORTES PAJUÇARA LTDA 2 3.00 4.00 3.50 4.00 4.00 3.50 3.83 3.6715 15 TRANSPORTADORA PLIMOR LTDA 6 3.33 3.83 3.58 4.17 3.67 3.33 3.72 3.6516 16 TNT MERCÚRIO 5 3.40 3.40 3.40 3.60 4.00 4.00 3.87 3.6317 17 HAMBURGO CARGAS LTDA 4 2.75 3.25 3.00 4.50 4.25 3.75 4.17 3.5818 18 BRASPRESS TRANSPORTES URGENTES LTDA 9 3.33 3.44 3.39 3.67 3.78 3.44 3.63 3.5119 19 TNT ARAÇATUBA 6 2.50 3.33 2.92 3.50 4.00 3.83 3.78 3.3520 20 JAMEF TRANSPORTES LTDA 3 2.33 3.33 2.83 3.33 4.00 4.00 3.78 3.31


| edição nº115 | Set | 2011 | 89 3DivulgaçãoA frota da Remacrealiza mais de2.300 entregas diáriastransporte de calçados. Katsumi Shizuno,diretor comercial da companhia,atribui a esses fatores a escolhacomo empresa Top do Transporte2011, eleita pelos próprios clientes.“Esse reconhecimento público é frutodo trabalho de anos de dedicação aosetor”, reconhece o diretor. “Tambémé resultado de muito planejamento,com o objetivo de melhorar nossosserviços, para atender às necessidadesdas indústrias calçadistas”, completa.No esforço de alcançar essa perfomance,a Remac conta com 17 filiais localizadasem pontos chaves dos três estadosdo sul do país, além de duas filiaisem Franca/SP e Nova Serrana/MG.Sua frota operacional realiza mais de2.300 entregas diárias e transporta, emmédia, 350 toneladas de mercadorias.Comunicação - Para garantir asustentabilidade e o crescimento dosnegócios, dois pilares da companhia, aRemac deposita toda confiança noquadro de colaboradores. Segundo aempresa, a qualificação dos funcionáriosé que faz a diferença, em um mercadode serviços cada vez mais competitivo.Por essa razão, a transportadorapromove a comunicação permanentecom o quadro funcional, bemcomo com seus clientes; fato que colaborapara alcançar seus objetivos.“As constantes reuniões com osnossos colaboradores, debatendo sobre“trabalho de equipe”, em todosos setores das operações, garantemos bons resultados da empresa”, admiteKatsumi Shizuno. “A prática colaborapara melhorar os nossos índicesde eficiência e, com isso, atingirmosresultados positivos para a empresa”,completa.Não sem motivo, a Remac espera,em 2011, estar posicionada entre as 30maiores empresas de transporte rodoviáriode cargas do país. E atingir umfaturamento bruto superior a 80 milhões/ano,com rentabilidade crescentee a melhor equipe do setor.


finalistas daindústria de calçadosRODONAVES TRANSPORTESE ENCOMENDASFilosofia em práticaUma das empresas mais citadas pelosembarcadores de cargas, nos 10 setorespesquisados, a Rodonaves Transportese Encomendas leva para RibeirãoPreto, sede da transportadora, maisum diploma outorgado pelo PrêmioTop do Transporte 2011. Além de figurarcomo 1ª colocada junto ao segmentode papel e celulose (ver matéria napág.63), a RTE Rodonaves fatura o segundolugar no ranking das empresaspreferidas da indústria de calçados.Murilo R. Alves, gerente comercialda empresa, explica que a vontade dese tornar a melhor empresa de transportesdo Brasil colaborou para esse resultado.“Nosso compromisso em ser amelhor provedora de solução emtransportes para nossos clientes é umfato que estimula e serve de referencialpara nossas ações”, atesta o executivo.Ele atribui a 3ª posição no rankingdo segmento à atenção permanenteque a RTE Rodonaves dispensa aomercado calçadista. “Isso inclui os cuidadoscom a integridade da carga, nossacapacidade de atendimento e a ofertade uma ampla malha de distribui-Rodonaves: ofertade uma amplamalha dedistribuiçãoção. Sem contar o relacionamento constantedo nosso time com os representantesdesse mercado,” explica Murilo.EXPRESSO MARINGÁTRANSPORTESConhecimentodo assuntoExpresso Maringá:qualidade nosserviços prestadosagrada o setorTerceira colocada junto ao setor calçadista,a Expresso Maringá Transportesatribui a escolha como empresa Top doTransporte 2011, segundo seu controller,Roberto José Xavier, “à qualidade dosserviços prestados, principalmente levandoem conta o grandenumero de clientesdo setor que utilizanossos serviços”.Essa particularidade,segundo ele,permite conhecer osanseios e peculiaridadesdos contratantesde fretes daespecialidade. E,por extensão, adaptarparte de procedimentos operacionaisespecificamente para este tipo de carga.Para Xavier, o setor calçadista tem característicaspróprias, o que demanda umtransporte especializado. “Além de optarpor fornecedores tradicionais, os embarcadoresde calçados exigem pontualidadena entregas e, principalmente,um grande número de filiais, tanto noscentros produtores quanto consumidores”,relata o controller.Rede de filiais - Não sem motivo,a Maringá Transportes conta comuma rede de 42 filiais instaladas empraticamente todas as cidades produtorasde calçados, distribuídas em seisestado brasileiros. Além de uma equipede mais de 860 colaboradores fixos eoutros 300 agregados e uma frota própriaconstituída de 235 veículos.A esses fatores, Roberto Xavieracrescenta mais um motivo, que explicaa preferência pela empresa. “A escolhatambém reflete os investimentosexpressivos nos processos de informações(empresa x clientes x consumidoresfinais). E, também, a ampliação donúmero de clientes de alta expressividadeno mercado e a modernização deprocedimentos operacionais”, explicao executivo.Fotos: Divulgação


finalistas da indústria decosméticos, perfumaria e higiene pessoalVitória com replayl=jáê~=qê~åëéçêíÉë=ëçÄÉ=éÉä~=ëÉÖìåÇ~=îÉò=~ç=íçéç=Çç=éμÇáç=ÇçmêÆãáç=qçé=Çç=qê~åëéçêíÉI=Åçãç=ÉãéêÉë~=éêÉÑÉêáÇ~=Ççë=Åçåíê~í~åíÉëÇÉ=ÑêÉíÉë=Ç~=áåÇ∫ëíêá~=ÇÉ=Åçëã¨íáÅçëI=éÉêÑìã~êá~=É=ÜáÖáÉåÉ=éÉëëç~äviário Cassiano, que somou 3,83 pontosna avaliação dos contratantes.MIRA OTM TRANSPORTESPelo segundo ano seguido, o MiraOTM Transportes reafirma sua condiçãode empresa preferida da indústriade Cosméticos, Perfumaria e HigienePessoal, ao conquistar o 1º lugar doPrêmio Top do Transporte 2011, com anota 4,22, concedida pelos contratantesde fretes do segmento.Um total de 26 empresas, todas filiadasà Abihpec (Associação Brasileirada Indústria de Higiene Pessoal,Perfumaria e Cosméticos) participouda escolha das melhores do setor, atravésde notas de desempenho atribuídasaos seus fornecedores de serviçosde transportes. O número de transportadorasindicadas, por sua vez, alcançoua marca de 110 empresas.O segundo lugar no ranking teráde ser dividido entre duas empresas,DVA Express e Termaco. Ambas atingirama mesma pontuação (4,13) e omesmo número de votos. Já a terceiracolocação foi conquistada pelo Rodo-Bicampeã no segmentoBicampeã do Prêmio Top do Transporte2011, no segmento de Perfumaria,Cosméticos e Higiene Pessoal, o MiraTransportes atribui a confirmação notopo do pódio do setor ao fato de possuirCertificação da Anvisa e, ainda, asua expertise nos processos para otransporte e manuseio de produtosconsiderados especiais, por conteremquímicos em sua composição. ”Contamoscom frota jovem, equipes treinadase processos certificados para garantir asegurança e a confiabilidade das operaçõescom cosméticos”, diz Carlos Al-FINALISTAS DA INDÚSTRIA DE COSMÉTICOS, PERFUMARIA E HIG. PESSOAL Notas de Performance de Custos Notas de Performance de ServiçoRanking Ordem Transportadora Total de Custo Capacidade Média Nível de Gestão de Tecnologia e Média Média deVotos Benefício de Negociação Serviço Qualidade Informações Mercado1 1 MIRA TRANSPORTES LTDA 3 4.33 4.33 4.33 4.33 4.33 3.67 4.11 4.222 2 DVA EXPRESS LTDA 2 4.00 4.50 4.25 4.50 4.50 3.00 4.00 4.132 3 TERMACO TERM MAR DE CONT E SERV ACES LTDA 2 4.00 4.50 4.25 4.00 3.50 4.50 4.00 4.133 4 RODOVIÁRIO CASSIANO LOG. E ARM. LTDA 2 3.00 4.00 3.50 4.00 4.50 4.00 4.17 3.834 5 SOPRO DIVINO EXPRESS TRANSPORTES LTDA 2 3.50 3.50 3.50 4.00 4.00 4.00 4.00 3.754 6 TSV TRANSPORTES RAPIDOS LTDA 2 3.50 3.50 3.50 3.50 4.00 4.50 4.00 3.755 7 TRANSPORTES TRANSLOVATO LTDA 4 3.25 3.00 3.13 4.00 4.25 4.25 4.17 3.656 8 MTR TRANSPORTES LTDA 2 3.50 4.00 3.75 3.50 3.50 3.50 3.50 3.636 9 TRANSPACÍFICO TRANSPORTES RODOV. LTDA 2 3.00 3.50 3.25 4.00 4.00 4.00 4.00 3.636 10 TRANSPORTADORA TRANSFINAL LTDA 2 4.00 3.50 3.75 3.50 3.50 3.50 3.50 3.637 11 BRASPRESS TRANSPORTES URGENTES LTDA 6 2.83 3.33 3.08 4.17 3.67 4.50 4.11 3.608 12 EXPRESSO JUNDIAÍ LOGÍSTICA E TRANSP. LTDA 5 3.40 3.00 3.20 4.00 4.20 3.80 4.00 3.609 13 PATRUS TRANSPORTES URGENTES LTDA 4 3.50 3.50 3.50 3.50 4.00 3.50 3.67 3.5810 14 TRANSPORTADORA COLATINENSE LTDA 2 3.50 3.50 3.50 3.50 4.00 3.50 3.67 3.5811 15 TNT MERCÚRIO CARGAS E ENC. EXPRESSAS S/A 6 2.67 3.00 2.83 3.67 4.50 4.33 4.17 3.5012 16 TRANSPORTADORA ZERO GRAU LTDA 2 3.50 3.50 3.50 3.50 3.50 3.50 3.50 3.5013 17 EMPRESA DE TRANSPORTES ATLAS LTDA 5 2.00 3.80 2.90 3.80 4.20 4.00 4.00 3.4514 18 RODONAVES TRANSPORTES E ENCOM. LTDA 6 3.33 2.33 2.83 3.83 4.33 4.00 4.06 3.4415 19 LUSEANNA EX - TRANSP. RODOV. DE CARGAS LTDA 2 4.00 4.00 4.00 3.00 3.00 2.50 2.83 3.4216 20 ATIVA DISTRIBUIÇÃO E LOGÍSTICA LTDA 8 3.13 3.13 3.13 3.75 3.50 3.75 3.67 3.40


| edição nº115 | Set | 2011 | 93 3DivulgaçãoCarlos Alberto Mira,vice-presidente doMira Transportesberto Mira, vice-presidente da empresa.“Tudo isso proporciona aos nossosclientes a tranquilidade necessária paraassegurar que seus produtos chegarãoaté o ponto de venda”, completa.A oferta desses serviços vai ao encontrodas principais exigências e característicasdeste segmento industrial,em relação aos fornecedores de serviçosde transportes. Além de buscar umtransporte especializado, os produtoresde cosméticos, perfumaria e produtosde higiene pessoal exigem documentaçãolegal em ordem e processosespeciais de manuseio e arrumação dascargas, além do cumprimento de prazose capilaridade nas entregas.Estrutura - Especializado emtransporte e distribuição de encomendas,o Mira conta com uma frotade mais de 450 veículos próprios queoperam nas regiões centro-oeste, sule sudeste do país, com o apoio de 20bases operacionais. A empresa ofereceaos clientes tecnologia de ponta,como a troca eletrônica de dados(EDI - Electronic Data Interchange),o rastreamento de veículos e cargasvia satélite, GPRS e banda 3G, a roteirizaçãopor meio de programasmodernos e informação de entregaem tempo real por tecnologia GSM(confirmação de entrega realizadapelo celular).Junto com esses predicados, CarlosAlberto Mira destaca também a segurança,tradição e informações à disposiçãodos clientes como importantesdiferenciais de sua empresa em relaçãoaos concorrentes que atuam nessemercado. “O Mira Transportes tem comocaracterística uma grande preocupaçãocom a segurança e a rastreabilidadedas cargas, o que oferece a seusserviços um alto grau de confiabilidadee fornecimento de informações precisasem qualquer ponta do processo.São mais de 30 anos de tradição nomercado e vanguarda nos processosde segurança e qualidade dos serviços”,completa.


finalistas da indústria decosméticos, perfumaria e higiene pessoalMontagem sobre fotos: DivulgaçãoSidelcio Munhoz, diretorcomercial da DVA ExpressTERMACOPontualidade ecomprometimentoCom mais de 20 de atuação nomercado de transportes e logística, aTermaco aposta na pontualidade e nocomprometimento com a satisfaçãodo cliente. Tais valores constituem osprimeiros passos para a indicação daempresa como segunda colocada doPrêmio Top do Transporte 2011, juntoaos contratantes de fretes da indústriade cosméticos, perfumaria e higienepessoal.“A pontualidade é garantida pelautilização de uma frota moderna ebem equipada. Já o atendimento aocliente é resultado da preocupação emmantê-lo sempre ciente da posição dasua carga, garantida por um sistemade rastreamento em tempo real dasentregas”, diz Carlos Eugenio de MenezesCaldas Pires, gerente comercialda empresa.Cuidado com a embalagem- Para fazer frente às exigênciasdo mercado de cosméticos, comentaMenezes, a Termaco não abre mão dotrato com a carga, incluindo o manuseio,já que o setor pede um cuidadomaior com as embalagens.Entre as ações da empresa para semanter neste mercado competitivo, Piresrelaciona a realização de workshopspara treinamento de funcionários,desde a diretoria até a recepção, ediscutir ações.“Desde 2009 realizamos encontrosdessa natureza. No começo eles duravamdois dias em média. Hoje, podemdurar até semana. Também não descuidamosdo investimento na frota eno uso de equipamentos que melhorama segurança da carga e do funcionário”,completa.DVA EXPRESSAbastecimentojust-int-timeSegunda colocada do Prêmio Topdo Transporte 2011, no segmento decosméticos, a DVA Express atribui a colocaçãoao reconhecimento de muitadedicação, comprometimento com otrabalho e ao fato de ser parte integranteda cadeia de abastecimento doseu cliente. “A nossa indicação está diretamenteligada a esta questão”, comentaSidelcio Munhoz, diretor comercialda empresa. “Antes de tudo, épreciso reconhecer que a atividade detransporte há tempos deixou de seruma tarefa simples, quando se resumiaao ato de levar e trazer mercadorias”.Mercado exigente - Na visão doespecialista, o mercado está cada vezmais exigente, em particular o segmentode cosméticos e perfumaria. “Nessesegmento, a demanda é gerada pela altarotatividade e o grau de consumo dedeterminados produtos. Isso obriga o


| edição nº115 | Set | 2011 | 95 3fornecedor de transportes a fazer umabastecimento quase que just-in-time. Éo estoque sobre rodas”, resume Sildécio.Para atender a pressão da demandaa DVA oferece ferramentas quemonitoram a coleta, entrega e o transporteem tempo real. A cada novaoperação são estabelecidos os cuidadose ações que serão desenvolvidas,de forma a garantir um processo contínuoe em perfeita sinergia com asnecessidades do mercado. “Por essarazão, oferecemos informações precisase instantâneas, que facilitam a tomadade decisões por parte do cliente”,ressalta o diretor.RODOVIÁRIO CASSIANOEficiência e baixo custoCom sede em Guarulhos (SP) e filiaisem vários estados brasileiros, o RodoviárioCassiano é especializada notransporte de cargas fracionadas comorigem no eixo Rio-São Paulo e Curitiba,para todos os estados do Norte eNordeste e ainda, Minas Gerais. A empresaatende diversos ramos da indústria,incluindo o ramo alimentício e linha.No segmento de cosméticos e perfumariaa Cassiano atende a Natura,Unilever e Cremer, entre outros clientes,o que explica sua condição de finalistado Prêmio Top do Transporte, juntoà especialidade.Infraestrutura – Para garantirsuas operações, a Cassiano se apóiaem uma frota de mais de 240 veículospróprios, com 10 anos de idade média,incluindo baús, siders, graneleiros ecaminhões trucados, equipados comsistema de rastreamento e apta paraatender todas as necessidades de seusclientes. A empresa também ofereceuma completa infraestrutura informatizadae interligada por sistemas EDI,com coleta de cargas via internet, oque possibilita absoluto controle de todasas etapas das operações e maiorsegurança no transporte.Segundo a empresa, seu quadrofuncional é composto por profissionaisaltamente qualificados e treinados paracompartilhar com os clientes projetoslogísticos eficientes e de baixo custo. Issopermite atender prontamente toda acadeia de suprimentos, desde o abastecimento,armazenamento e distribuiçãoaté o gerenciamento de transportes.


finalistas daindústria eletroeletrônicaCompromissocom a qualidadebã=ìã=ëÉíçê=îáë~Çç=éÉäç=êçìÄç=ÇÉ=Å~êÖ~ëI=~=j`m=qê~åëéçêíÉëI=ã~áë=ÅçåÜÉÅáÇ~=Åçãç=bëíêÉä~=Çç=lêáÉåíÉI=ëÉ=ÇÉëí~Å~=ÉåíêÉ=ëÉìë=é~êÉë=É=Åçåèìáëí~=ç=ã~áë=ÅçÄá´~Çç=íêçѨì=Ç~=ÉëéÉÅá~äáÇ~ÇÉW=ç=ÇÉ=ÉãéêÉë~=qçé=Çç=qê~åëéçêíÉ=OMNNI=ÉäÉáí~=éÉäçë=ÅäáÉåíÉëLtda, que recebeu 4,50 pontos de notafinal, por parte dos contratantes de fretesdessa indústria. Mais conhecida comoEstrela do Oriente, a empresa é ajusta ganhadora do Prêmio Top doTransporte 2011 na categoria. A eleiçãocontou com a participação de 49 indústriaseletroeletrônicas, o que representa10,21% do universo do total de480 empresas filiadas à entidade.Já a ALN Integração e LogísticaLtda ficou com o 2º lugar do pódio dapremiação, depois de obter 4,46 de notafinal. Em terceiro lugar aparece aNova Minas Transportes e Locação, cujamédia de mercado, ao final da apuração,alcançou a marca de 4,44 pontos.MCP TRANSPORTESResponsabilidade acimade tudoPelo terceiro ano seguido, os associadosda Abinee (AssociaçãoBrasileira da Indústria Elétrica eEletrônica) são convidados pelas editorasFrota e Logweb a indicarem asempresas de transportes que melhoratendem ao setor. Em 2011, a escolhidafoi a MCP Transportes RodoviáriosEleita em primeiro lugar comoempresa Top do Transporte 2011, porindicação de seus clientes da indústriaeletroeletrônica, a MCP Transportesou Estrela do Oriente não poupouesforços para chegar a esse patamarde aceitação e reconhecimento do setor.Contando com frotas modernas eatualizadas, a companhia alcança otopo do ranking da especialidade gra-FINALISTAS DA INDÚSTRIA DE ELETROELETRÔNICA Notas de Performance de Custos Notas de Performance de ServiçoRanking Ordem Transportadora Total de Custo Capacidade Média Nível de Gestão de Tecnologia e Média Média deVotos Benefício de Negociação Serviço Qualidade Informações Mercado1 1 MCP TRANSPORTES RODOV. LTDA 2 5.00 5.00 5.00 4.50 4.00 3.50 4.00 4.50( ESTRELA DO ORIENTE )2 2 ALN INTEGRAÇÃO E LOGISTICA LTDA 2 4.00 4.50 4.25 4.50 4.50 5.00 4.67 4.463 3 NOVA MINAS TRANSPORTES E LOCAÇÕES LTDA 3 4.67 4.00 4.33 4.67 4.67 4.33 4.56 4.444 4 TRANSPORTES DUMAR LTDA 2 4.00 4.50 4.25 5.00 4.50 4.00 4.50 4.385 5 SAT LOG SERV., ARMAZ. GER., TRANSP. E LOG. LTDA 2 4.00 4.50 4.25 4.50 4.50 4.00 4.33 4.296 6 PATRUS TRANSPORTES URGENTES LTDA 2 4.50 4.50 4.50 4.00 4.00 4.00 4.00 4.257 7 EXPRESSO M2000 LTDA 3 4.33 4.33 4.33 4.33 4.33 3.67 4.11 4.228 8 AMAZON TRANSPORTES LTDA 2 4.00 4.00 4.00 4.50 4.00 4.50 4.33 4.179 TRANSPORTADORA MAUÁ LTDA 2 3.50 4.50 4.00 4.50 4.50 4.00 4.33 4.179 10 MIRA OTM TRANSPORTES LTDA 2 4.00 4.00 4.00 4.00 4.00 4.50 4.17 4.0810 11 BBC TRANSPORTES LTDA 2 4.00 3.50 3.75 4.00 4.50 4.50 4.33 4.0411 12 TRANSPORTES WALDEMAR LTDA 2 3.50 4.50 4.00 4.50 4.50 3.00 4.00 4.0013 BENTO ENCOMENDAS 2 4.50 4.00 4.25 4.00 4.00 3.00 3.67 3.9614 TRANSTITÂNIO TRANSPORTES RODOV.LTDA 2 4.00 4.50 4.25 4.50 3.50 3.00 3.67 3.9612 15 EXPRESSO SÃO MIGUEL LTDA 3 4.00 3.00 3.50 4.33 4.33 4.33 4.33 3.9216 MERIDIONAL CARGAS LTDA 3 3.33 3.67 3.50 4.33 4.33 4.33 4.33 3.9213 17 TRANSWELLS EXPRESSO RODOVIÁRIO LTDA 2 3.00 4.00 3.50 4.50 4.50 4.00 4.33 3.9214 18 VIKTORIA CARGAS E DESPACHOS LTDA 3 4.00 3.33 3.67 5.00 4.33 3.00 4.11 3.8915 19 ALIANÇA BRASILEIRA DE TRANSPORTES LTDA 2 4.00 3.50 3.75 3.50 4.00 4.50 4.00 3.8816 20 CHTRANS TRANSP. RODOVIARIOS LTDA 2 4.50 3.50 4.00 3.50 3.50 4.00 3.67 3.8317 21 ARGIUS TRANSPORTES LTDA 2 4.00 3.50 3.75 4.00 4.00 3.50 3.83 3.79


| edição nº115 | Set | 2011 | 97 3Montagem sobre fotos:/ Marcelo VigneronEstrela do Oriente(MCP Transportes):cumprimento dos prazosacordados é compromissoças à responsabilidade que coloca sobreos serviços prestados.“Todas as operações de transporterequerem muita responsabilidade.Mas, as operações ligadas ao segmentoeletroeletrônico pedem umaqualidade diferenciada, veículosapropriados e devidamente equipadoscom sistema de rastreamento”,explica Paulo Silva, diretor da empresa.Segundo ele, realizar umacompanhamento de alta qualidadeé imperativo para que o cliente tenhaas informações on-line da saída echegada do veículo ao seu destino.Outro compromisso da empresa écumprir os prazos de entrega acordados,sempre com a maior eficiênciapossível. Com essa devoção aosclientes, a Estrela do Oriente consegueentregar os produtos nas lojasem tempo hábil, de forma que possamatender o cliente final com qualidadee gerando satisfação no finalda cadeia.Por essa razão, atender as exigênciasdo mercado e lidar com suas característicaspróprias são enfoques permanentesda companhia. No caso em particularda indústria eletroeletrônica, significaoferecer segurança 24 horas, rastreamentointensivo e gerenciamento de riscoconfiável. Sistemas de carga, transferênciae descarga eficientes, que garantamaos produtos chegar com integridadefísica total, além de coberturas securitáriasabrangentes, também são fatoresque recebem atenção da MCP.Graças a esses cuidados, a transportadoraparanaense com sede emCuritiba se destacou no mercado atéganhar o prêmio máximo de sua áreade atuação. Colaboraram também paraisso, na visão de Paulo Silva, o bai-xo índice de sinistralidade em todasas prestações de serviços e muitosoutros fatores. “A qualidade dos serviçosprestados, a utilização de veículosnovos e devidamente equipadoscom dispositivos de segurança,sem contar o nosso atendimento personalizado,são referências no mercadoe fazem com que a confiança naempresa continue cada vez mais emalta”, relata o diretor.Com 12 anos de mercado, a MCPpossui uma política de renovação defrota constante, além de realizar investimentosvoltados para a satisfação docliente, em especial, voltados para asegurança e informação nos trabalhosrealizados. Cumprimentos de prazosde entrega convencionados entre aempresa e clientes e treinamento deequipe também foram constantes emtodos esses anos de atuação.


finalistas daindústria eletroeletrônicaALN INTEGRAÇÃOE LOGÍSTICAComunicação e segurançaEstabelecida em Curitiba (PR) desde1999, a ALN Integração e Logísticaoferece soluções logísticas e integradas,além de distribuição de cargas aérease rodoviárias e serviços de armazenagem.Sob a ótica dos clientes quea elegeram em segundo lugar comoempresa Top do Transporte 2011, aALN recebeu notas 4 e 4,50, respectivamente,nos quesitos “custo-benefício”e “capacidade de negociação”.Tais fatores evocam a preocupação daempresa em oferecer uma relação favorávelde preços, compatível com oserviço oferecido, aliado a sua flexibilidadena negociação de fretes.A avaliação confere com visão dodiretor comercial da ALN, Daniel MunhozBraz de Oliveira. “Para uma boalogística três fatores são preponderantes:preço acordado, lead time de entregae integridade da carga. Para ocliente, em outras palavras, não importacomo fazemos mas, sim, se oacordado foi cumprido”, comenta.Roubo de cargas - Segundo oexecutivo, a preocupação com a integridadedos produtos e o sigilo notransporte são fatores preponderantespara conquistar a confiança dos clientes,tendo em vista que suas mercadoriassão altamente visadas pelo roubode cargas. Daí a preocupação da ALNem atender ao setor com soluções quedemandam uma atenção diferenciada.Outra exigência do mercado, explicaMunhoz, diz respeito à informação, deacordo com a prioridade estabelecidapelos clientes.“Ter a informação no tempo certojá faz parte do core business da empresae é um de nossos diferenciais”,comenta o diretor. “A informação estáO diretor comercial da ALN, DanielMunhoz Braz de Oliveiraligada diretamente à velocidade e aonosso ousado lead time de entrega, hojede 24 horas em média, para todas asregiões que atendemos”, completa.A preocupação com a sustentabilidadee a promoção do desenvolvimentosocial também são valores que aALN faz questão de salientar. O mesmose dá com os investimentos que a companhiarealizou em 2011 e que, certamente,influenciaram na escolha daempresa como preferida do mercado.Entre eles, destaca Daniel, se inclui aabertura de novas filiais e de novas linhas,que ampliaram o número de cidadesatendidas. Isso possibilitou o aumentodas vendas dos clientes atendidos,devido ao rápido prazo de entrega.NOVA MINAS TRANSPORTEE LOCAÇÃOConjunto de serviçosO empenho e a dedicação da NovaMinas Transporte e Locação junto aosembarcadores da indústria automobilística,onde iniciou, levou a empresa ainvestir em novos segmentos do mercadode transportes. Foi assim que, hoje,a operadora mineira com sede emPouso Alegre passou a atender outrosMontagem sobre fotos: Divulgaçãomercados e consolidar novas áreas denegócios. Como os serviços de armazenagem,consolidação e expedição decarga, operações “just in time”, “just insequence”, “milkrun e “kanban”, incluindoa locação de equipamentos e,até, o transporte de executivos.Requisitos básicos - Por isso, alembrança do mercado que alçou aNova Minas à terceira posição do rankingda indústria eletroeletrônica é reflexodireito da qualidade do conjuntode serviços prestados pela empresa, deacordo com seu diretor, Rodinei Nunesde Moraes. “O controle, a segurançae informação, desde a coleta até aentrega no destino, são requisitos básicospara quem quer atender a este segmento”,afirma Moraes.Para atingir essas metas, a empresainveste no planejamento estratégico,com foco em satisfazer e fidelizar osclientes. Isso inclui uma forte disposiçãopara adequar seu sistema operacionalàs necessidades das empresasparceiras. Junto com a preocupaçãoconstante em conservar a frota renovada,treinar os colaboradores e investirem tecnologia. A frota da empresa, totalizando120 veículos próprios, percorremais de 4 milhões de quilômetrospor ano e atende 6 filiais nas regiõesNorte, Sul, Sudeste, Nordeste eCentro-oeste do Brasil.Rodinei Nunes deMorais, diretor daNova Minas TransporteMontagem sobre fotos: Divulgação


finalistas daindústria farmacêuticaRespeito às leisl=ÅìãéêáãÉåíç=êáÖçêçëç=Ç~ë=åçêã~ë=äÉÖ~áë=èìÉ=åçêíÉá~ã=çíê~åëéçêíÉ=ÇÉ=éêçÇìíçë=Ñ~êã~ÅÆìíáÅçëI=~äá~Çç==ÉñÅÉäÆåÅá~=åç=~íÉåÇáãÉåíçI=Ö~ê~åíÉã==^íáî~=ç=êÉÅçåÜÉÅáãÉåíç=Çç=ãÉêÅ~Çç=contratantes de fretes da indústria farmacêutica,com 4,13 pontos obtidos demédia final.ATIVA DISTRIBUIÇÃO ELOGÍSTICADepois de ter alcançado a 4ªposição no ranking das empresaspreferidas da indústriafarmacêutica, em 2010, a AtivaDistribuição e Logística Ltda ganhouo reconhecimento do setor, ao conquistaro 1º lugar no Prêmio Top doTransporte, edição 2011. A empresachegou ao topo do pódio graças à notade 4,69, atribuída por seus própriosclientes na pesquisa nacionalpromovida junto aos embarcadoresde cargas dessa modalidade industrial.Das 159 empresas consultadas,22 concordaram em participar do levantamento,que apontou um totalde 71 fornecedores de serviços detransportes que atendem regularmenteo segmento.O segundo lugar na premiaçãocoube à Transportadora Minuano, quesomou 4,50 pontos desse mercado. Já aBraspress Transportes Urgentes conquistoua terceira colocação junto aosPadrão de excelênciaconquista o mercadoEntre os motivos que levaram aAtiva Distribuição e Logística a conquistaro Prêmio Top do Transporte2011, como fornecedora eleita pela indústriafarmacêutica, Clóvis A. Gil,presidente da empresa, destaca que amissão da companhia é entender asnecessidades particulares dos clientese tentar supri-las da melhor formapossível. “Assim como buscamos asatisfação do cliente, também nosFINALISTAS DA INDÚSTRIA FARMACÊUTICA Notas de Performance de Custos Notas de Performance de ServiçoRanking Ordem Transportadora Total de Custo Capacidade Média Nível de Gestão de Tecnologia e Média Média deVotos Benefício de Negociação Serviço Qualidade Informações Mercado1 1 ATIVA DISTRIBUIÇÃO E LOG. LTDA 3 4.67 5.00 4.83 4.67 4.33 4.67 4.56 4.692 2 TRANSPORTADORA MINUANO LTDA 2 4.50 4.50 4.50 5.00 4.00 4.50 4.50 4.503 3 BRASPRESS TRANSPORTES URGENTES LTDA 2 4.50 4.00 4.25 4.00 4.00 4.00 4.00 4.134 4 MIRA OTM TRANSPORTES LTDA 5 4.00 4.00 4.00 4.00 4.00 4.00 4.00 4.005 5 TRANSPORTADORA LAGOINHA LTDA 3 3.00 3.67 3.33 5.00 4.67 4.33 4.67 4.006 6 ZERO GRAU LOGÍSTICA LTDA 2 3.00 4.00 3.50 4.50 4.50 4.50 4.50 4.007 TRANSPORTES TRANSLOVATO LTDA 2 4.00 4.00 4.00 4.00 4.00 4.00 4.00 4.007 8 TRANSREFER TRANSPORTE LOGÍSTICA LTDA 2 3.00 4.50 3.75 4.00 4.00 4.00 4.00 3.888 9 PLANALTO TRANSPORTES LTDA 2 4.00 4.00 4.00 4.00 3.50 3.50 3.67 3.839 10 BRASILIENSE CARGO LTDA 2 3.50 3.50 3.50 4.00 4.00 4.00 4.00 3.7510 11 LUFT EXPRESS 6 3.50 3.67 3.58 4.00 3.83 3.83 3.89 3.7411 12 TG TRANSPORTES GERAIS E DISTRIBUIÇÃO LTDA 2 3.50 3.50 3.50 4.00 3.50 4.00 3.83 3.6712 13 TRANSPORTADORA AMERICANA LTDA 3 3.33 3.33 3.33 4.00 4.00 3.67 3.89 3.6113 14 EMPRESA DE TRANSPORTES ATLAS LTDA 8 3.25 3.50 3.38 3.50 3.75 3.75 3.67 3.5214 15 RODONAVES TRANSPORTES E ENCOM. LTDA 5 3.20 3.60 3.40 4.20 3.40 3.20 3.60 3.5015 16 RAPIDÃO COMETA LOGÍSTICA E TRANSP. S.A 5 3.20 3.40 3.30 3.40 3.40 3.60 3.47 3.3816 17 RODOVIÁRIO RAMOS LTDA 13 3.08 3.23 3.15 3.46 3.46 3.85 3.59 3.3717 18 ÍMOLA TRANSPORTES LTDA 4 3.25 2.25 2.75 3.50 3.75 3.25 3.50 3.1318 19 TRANS-ROBERTO TRANSPORTADORA CIAL LTDA 2 2.50 3.00 2.75 4.00 3.50 3.00 3.50 3.1319 20 TNT ARAÇATUBA 4 2.75 3.25 3.00 3.00 3.00 2.75 2.92 2.96


| edição nº115 | Set | 2011 | 101 3DivulgaçãoA Ativa tem uma frotaprópria de 52 veículos e22 filiais de apoiopreocupamos em cumprir as leis enormas sanitárias vigentes, o que, obviamente,produz reflexos na qualidadedos serviços prestados,“ completao empresário.Tais cuidados são decorrência dasexigências e características deste setor,em relação aos fornecedores de serviçosde transportes. Gil revela queatualmente as auditorias sanitárias governamentais,bem como da própriaindústria, estão mais frequentes. Emdecorrência do fato, o padrão de excelênciaexigido pelo mercado está cadavez mais alto. “Por essa razão, somenteas melhores empresas e que cumpramcom as normas e leis sanitáriasvigentes conseguirão se destacar nomercado,” alerta o presidente.Fundada em 1996, a Ativa se consolidouno mercado nacional detransportes e logística, atendendoclientes expressivos nas áreas farmacêutica,cosmética, têxtil e produtosde interesse à saúde e materiais compatíveis.A empresa também faz armazenagemgeral e atua como operadoralogística, bem como no transporterodoáereo. Sua frota própriacomposta de 52 veículos atende as regiõesSul e Sudeste, onde conta com22 filiais de apoio.Farmacêuticos atuantes -Entre os diferenciais da empresa emrelação aos concorrentes que atuamnesse mercado, o presidente da Ativaaponta uma série de fatores. Clóvis Gildestaca a presença de farmacêuticosatuantes em todas as filiais, conformepreconiza as normas sanitárias para arealização de transporte de produtosrelacionados à saúde. O fato de disporde todas as documentações sanitáriasde âmbito federal e municipal, inclusiveautorização para o transporte demedicamentos da portaria 344. Semcontar o foco no transporte de produtospara saúde, que impede a movimentaçãode produtos não compatíveisno mesmo veículo e o rigor nosprazos de entrega, principalmente emhospitais e drogarias.Acrescente-se a essa lista de virtudesoutros dois fatos relevantes, navisão do presidente, que certamentecontribuíram para a indicação da empresaao Prêmio Top do Transporte2011. “É a excelência no atendimentoe a fácil obtenção do posicionamentode entrega oferecidas pela Ativa, bastanteelogiados pelos clientes”, atestaClóvis Gil.


finalistas daindústria farmacêuticaJaime Krás Borges,diretor comercialda MinuanoTRANSMINUANOÉtica e tradiçãoFundada em 1974, com base namáxima “o cliente em primeiro lugar”,a Transportes Minuano se consolidacomo empresa reconhecida pelaindústria farmacêutica, a se sagrarcomo 2ª colocada no ranking do PrêmioTop do Transporte 2011, referentea essa categoria.Para Jaime Krás Borges, sócio diretorcomercial da Transminuano, osmotivos que levaram sua empresa aser indicada como empresa Top doTransporte 2011, junto aos contratantesde fretes do segmento farmacêutico,com certeza, guardam relação comsua estrutura operacional, além daética nos negócios e o tempo no mercadode transportes. “Nosso maioresdiferenciais são o preço competitivo,o prazo de entrega e a qualidade naentrega. Nossos colaboradores sãotreinados e sabem da importância daintegridade e dos cuidados no manuseiode medicamentos”, salienta.Jaime destaca que uma das exigênciase características deste segmento,em relação aos fornecedoresde serviços de transportes, é ter todosos documentos legais exigidos pelaAnvisa. “São poucos transportadoresno Brasil que atendem integralmentetodos os quesitos das normas daMontagem sobre fotos: DivulgaçãoAgência Nacional de VigilânciaSanitária”, completa Borges..Com matriz em Porto Alegre(RS), a Transminuano atua notransporte rodoviário nacionalde cargas, prestando serviçosde distribuição, armazenageme movimentação decargas completas, fracionadase encomendas. Suas operaçõesabrangem os estados deMinas Gerais, Rio de Janeiro e SãoPaulo e contam com mais de 350 pontosde apoio, que atendem mais demil e quinhentas cidades brasileiras.A frota inclui mais de 250 veículos, todosrastreados.BRASPRESS TRANSPORTESURGENTESCobertura nacionalTida como empresa líder no transportede encomendas, com 100% deatendimento do mercado nacional,dos quais 99% com recursos próprios,a Braspress Transportes Urgentes voltaao pódio do Prêmio Top do Transporte.Desta vez, como 3ª colocada napreferência dos embarcadores de cargasda indústria farmacêutica.Não sem motivo, Giuseppe Lu-Giuseppe Lumare Júnior, diretor comercial da Braspressmare Júnior, diretor comercial daBraspress, acredita que a indicaçãoda empresa é fruto da ampla coberturae capilaridade da rede, formadapor 101 filiais estrategicamente bemlocalizadas e servida por uma frotaem operações de 1.200 veículos próprios,que fazem entregas com regularidadee pontualidade.No caso particular do segmentofarmacêutico, conta Lumare, a Braspressatende perfeitamente as exigênciasdo setor, como a utilização de salascom temperaturas controladas, carretasisotérmicas e licenças da Anvisa,o que permite oferecer o melhor nívelde serviços nesse mercado.Sorter - Além desses fatores, odiretor acrescenta o alto nível tecnológicooferecido através do Sorter – SistemaAutomatizado de Encomendasque a empresa dispõe em São Paulo eno Rio de Janeiro, bem como o gerenciamentode riscos e a rastreabilidadedas entregas.“O Sorter da Braspress nos diferenciae muito da concorrência, pois nenhumaoutra transportadora possui essessistemas instalados e em funcionamentoem dois centros comerciais tãoimportantes. Vale também destacarnossos investimentos constantes em TI(Tecnologia da Informação),terminais e emfrota, a mais jovem doTRC, com 2,5 anos deidade média.Some-se a isso apreocupação com omeio ambiente. Caso doprojeto ECO-Braspress,uma unidade móvelque percorre todo o paíspara controlar a emissãode poluentes eequipada com opacímetro,balanceador ealinhador de rodas.


FENATRAN 2011. VOCÊ NÃO PODEFICAR DE FORA DE UM EVENTOCOM TANTA CARGA DE INOVAÇÃO.Os maiores players nacionais e internacionais do segmento de transportesestarão na Fenatran 2011. É a sua oportunidade de fazer excelentes negócios,conhecer os produtos e serviços mais modernos e as perspectivasde um mercado que não para de crescer. Garanta já a sua credencial.FENATRANEXPERIENCEDE 25 A 28 DE OUTUBROVenha viver a experiência única de dirigir um caminhãono Sambódromo do Anhembi. Além da exposição de maisde 365 empresas do setor de transporte, a FENATRANoferece ao público 4 dias de test drive.Garanta já a sua participação. Vagas limitadas.As inscrições estarão disponíveis de 20/09 a 20/10.Mais informações acesse: www.fenatran.com.brGARANTA JÁ A SUA CREDENCIAL.ACESSE: WWW.FENATRAN.COM.BRFaça revisões em seuveículo regularmente.


finalistas da indústriade metalurgia/siderurgiaBom atendimento e preçolë=Åçåíê~í~åíÉë=ÇÉ=ÑêÉíÉë=Ç~=áåÇ∫ëíêá~=ãÉí~ä=ëáÇÉê∫êÖáÅ~=ÅçäçÅ~ã~=oa^=qê~åëéçêíÉë=åç=íçé=Çç=ê~åâáåÖ=Çç=ëÉÖãÉåíçI=éçê=Åçåí~=ÇÉ=ëì~ë=îáêíìÇÉëI=Åçãç=ç=Åìëíç=ÅçãéÉíáíáîç=É=ç=ëìéçêíÉ=~ç=ÅäáÉåíÉUm total de 28 empresas vinculadasà ABN (Associação Brasileirasde Metalurgia, Materiaise Mineração) aceitou participar daescolha das melhores transportadorasrodoviárias de cargas que atendem aosegmento, para fins de indicação aoPrêmio Top do Transporte 2011.O resultado da apuração elegeu aRDA Transportes Sensíveis Ltda comoa empresa preferida do setor, com4,50 pontos de média final. Em segundolugar, com 4,46 pontos, aparecea TBB Cargo Ltda, também conhecidacomo Transportadora Bento Belém.Já na terceira colocação, a pesquisaapontou empate entre duas empresas– Inicial Transportes e TransportesWaldemar – ambas com a mesmamédia final – 4,42 – e mesmo númerode votos (2).RDA TRANSPORTESSENSÍVEISDois fatoresPrimeira colocada no ranking dasmelhores transportadoras do setor demetalurgia/siderurgia, a RDA TransportesSensíveis acredita que dois fatoresforam fundamentais para a colocaçãoda empresa no topo do ranking dosegmento. Pela ordem: investimentosem equipamentos de ponta e atendimentorápido e direto, com excelênciano suporte ao cliente.“Nossa qualidade e agilidade notransporte, além da disponibilidadede atendimento em 17 estados e custosbaixos em relação ao mercadosão sempre pontos lembrados pelosembarcadores, para o reconhecimentoda empresa”, afirma Romero Augustodos Santos, diretor administrativoe comercial da RDA. Comapenas 7 anos de atuação e sede emSão Paulo, a RDA iniciou suas atividadescomo transportadora de mudançase cargas convencionais, atése voltar para a especialização. AFINALISTAS DA INDÚSTRIA DE METALURGIA/SIDERURGIA Notas de Performance de Custos Notas de Performance de ServiçoRanking Ordem Transportadora Total de Custo Capacidade Média Nível de Gestão de Tecnologia e Média Média deVotos Benefício de Negociação Serviço Qualidade Informações Mercado1 1 RDA - TRANSP. SENSÍVEIS LTDA 2 4.50 4.50 4.50 4.50 4.50 4.50 4.50 4.502 2 TBB CARGO LTDA (TRANSP. BENTO BELÉM) 4 4.50 4.50 4.50 4.75 4.25 4.25 4.42 4.463 3 INICIAL TRANSPORTES LOGÍSTICA E ARMAZ. LTDA 2 4.50 4.50 4.50 4.50 4.50 4.00 4.33 4.424 TRANSPORTES WALDEMAR LTDA 2 4.50 4.50 4.50 4.00 5.00 4.00 4.33 4.424 5 TRANSPORTADORA RODOFORT LTDA 2 4.50 5.00 4.75 4.50 3.50 3.00 3.67 4.215 6 AEROSOFT CARGAS AÉREAS LTDA 2 4.00 4.00 4.00 4.00 4.50 4.50 4.33 4.177 RODOVIÁRIO RAMOS LTDA 2 4.00 5.00 4.50 4.50 3.00 4.00 3.83 4.176 8 DALLOGIS LOGÍSTICA LTDA 2 4.00 4.00 4.00 4.50 4.00 4.00 4.17 4.087 9 EMPRESA DE TRANSPORTES ATLAS LTDA 4 4.00 3.50 3.75 4.25 4.50 4.00 4.25 4.008 10 ÁGUIA SUL LOGIST. E TRANSPORTES LTDA 2 4.00 3.50 3.75 4.50 4.00 3.50 4.00 3.8811 EXPRESSO JUNDIAÍ LOGÍSTICA E TRANSP. LTDA 2 4.00 3.50 3.75 4.50 4.00 3.50 4.00 3.8812 SUA MAJESTADE TRANSPO. LOGIST. E ARMAZ. LTDA 2 4.00 3.50 3.75 4.00 4.50 3.50 4.00 3.889 13 EMPRESA DE TRANSPORTES PAJUÇARA LTDA 6 3.50 3.83 3.67 4.00 4.17 3.67 3.94 3.8110 14 CARGO SYSTEM TRANSP. ROD. LTDA 2 3.00 4.00 3.50 4.00 4.00 4.00 4.00 3.7511 15 TRANSPORTES BERTOLINI LTDA 2 3.00 4.00 3.50 3.50 4.50 3.50 3.83 3.6712 16 TRANSJOI TRANSPORTES LTDA 3 3.33 3.67 3.50 3.67 4.00 3.67 3.78 3.6413 17 TRANSPORTES TRANSLOVATO LTDA 7 3.57 3.00 3.29 4.00 3.86 4.00 3.95 3.6214 18 RODONAVES TRANSPORTES E ENCOM. LTDA 4 3.50 3.50 3.50 3.75 3.50 3.75 3.67 3.5815 19 JAMEF TRANSPORTES LTDA 7 3.14 3.14 3.14 3.29 4.14 4.43 3.95 3.5516 20 TNT MERCÚRIO 7 3.00 3.14 3.07 4.14 4.00 3.71 3.95 3.51


| edição nº115 | Set | 2011 | 105 3Montagem sobre fotos: DivulgaçãoRomero Augusto dos Santos,diretor administrativo ecomercial da RDA Transportesempresa é reconhecida no transportede produtos sensíveis, como equipamentosde telefonia e energia, porexemplo, que exigem equipamentosespeciais para operação.Exigências do mercado - Romerolembra que tais característicassão uma resposta às exigências domercado, razão pela qual a RDA fazquestão de ofertar. Na visão do executivo,para atender a contento o setor demetalurgia/siderurgia, entre outros, épreciso oferecer preços acessíveis aosclientes, compatíveis com a boa qualidadedos serviços, de forma a proporcionaruma relação custo-benefício interessantepara a empresa. Claro, semdescuidar da oferta de respostas imediatase precisas e garantir todo cuidadocom a carga transportada.Para atender a todas essas exigências,a RDA Transportes conta cominúmeros diferenciais. Entre eles, acolaboração de uma equipe especializada,tanto interna quanto externa, eum cronograma de roteiros bem elaborado,onde o fluxo de cargas seajusta perfeitamente à demanda dosclientes. Semcontar o uso deuma frota de caminhõescom altaqualidade dedesempenho.A extensa listade cuidadosinclui, ainda,uma atenção especialà mão deobra. “Pontualidade,bom sistemade monitoramentoe colaboradoresbem treinadostambémsão pontos quebuscamos melhorarsempre.Nossos colaboradores recebem treinamentosa cada 60 dias, sempre queuma novidade é implementada na empresa”,comenta Santos.Por conta desses fatores, Augustodos Santos aposta em dias ainda melhorespela frente. “A realização daCopa do Mundo e as Olimpíadas noBrasil vão atrair investimentos estrangeiros,que devem colocar o país emnovo patamar dentro a economiamundial. Por isso estamos nos preparandopara atender às novas demandasdos clientes, investindo igualmenteno desenvolvimento da empresa”,finaliza o diretor.TBB CARGOCobertura ampliadaFundada em 1975, em Bento Gonçalves(RS), a TBB Cargo começou suahistória transportando vinhos e móveispara Belém, no Pará. Mais tarde,com a expansão dos negócios, a empresatransferiu sua sede para Curitibae passou a atender diversas regiões dopaís. Hoje, o Grupo TB reúne um totalde quatro empresas, todas voltadaspara a área de transportes, cada qualcom a sua especialidade.Indrid Todescatto, diretora executiva,destaca a qualidade no atendimento,a amplitude de regiões atendidas eos prazos e preços diferenciados, comoprincipais motivos que levaram a BentoBelém ser eleita Top do Transporte2011, junto aos clientes da indústria demetalurgia/siderurgia.Contribuíram também para isso algunsimportantes fatos de 2011, ocorridostanto no âmbito da empresa quantodo mercado em geral. “Foi o caso daabertura de novas regiões, que colaborarampara a ampliação de nossa malhaoperacional e a dificuldade demuitos concorrentes em vencer os desafiosdeste setor”, explica a diretora.INICIAL TRANSPORTESLOGÍSTICAAs virtudesdo conhecimentoCom sede em Sorocaba (SP), filialem Cubatão e um ponto de apoio emRecife (PE), a Inicial Transportes Logísticae Armazenamento Ltda nasceu comuma estrutura pequena, em 2006, mascom a firme disposição de zelar pelo interessede seus clientes. Graças a essadedicação, a empresa se orgulha de oferecersoluções personalizadas para cadaperfil de usuário de seus serviços. O fatoexplica o terceiro lugar na lista dasempresas preferidas do mercado de metalurgia/siderurgia, eleita pelo PrêmioTop do Transporte 2011.Para Paulo Melchior de Baptista, gerentede logística operacional da Inicial,“conhecer o negócio”, sem dúvida alguma,é um dos motivos que explicam apreferência do segmento pela empresa.“A Inicial conhece aquilo que faz, entendea necessidade de seu cliente, possuiflexibilidade para atendê-lo da forma e


Com 45 anos de existência e atuaçãodestacada nos mercados de cargasfracionadas, químicas, agrobusiness epesadas, a TW Transportes (TransportesWaldemar) agregou um novo títuloa sua coleção: a de terceira colocada noPrêmio Top do Transporte 2011, graçasa sua boa atuação junto aos contratanfinalistasda indústriade metalurgia/siderurgiaDivulgaçãodentro dos requisitos que ele precisa e,muitas vezes, exige”, resume Melchior.Na visão do gerente, a proximidadecom o cliente em questões de relacionamentoe de boa interação é motivo quecontribui para sua fidelização; uma filosofiaque a empresa pensa prosseguir,por conta dos bons resultados.TW TRANSPORTESSoluções integradastes de fretes da indústria de metalurgia/siderurgia.Na visão de Richard Schmitz, diretorcomercial da Waldemar, a indicaçãoreflete a “flexibilidade no tratamentodos clientes, aliado à tecnologia incorporadana operação e as políticas de relacionamentoe competitividade, praticadaspela empresa”. Com foco nos estadosdo Sul e Sudeste, a TW oferecesoluções em transporte de forma integrada,aproximando toda a cadeia deprodução e consumo através de seusperfis de serviços. Para tanto, a empresadispõe de um sistema de informaçãoon-line, que permite o monitoramento24 horas das cargas, além de centros dedistribuição e terminais logísticos e frotapreparada para atender as mais diversasnecessidades do transporte.Schmitz comenta que para serRichard Schmitz,diretor comercial daTransportes Waldemarcompetitiva, a transportadora “precisaoferecer uma boa relação custo-benefício,associada à constante qualidadedo serviço prestado”. No caso particulardo transporte metal-siderúrgico épreciso, ainda, estar atento às particularidadesdesse mercado. Em particular,ele destaca a questão da segurança,que obriga a um forte gerenciamentode risco, em virtude do alto valor agregadoda maioria das cargas. “Sem contara necessidade de atender a todos osprocedimentos, como a liberação de licenças,em casos de cargas especiais”,explica o dirigente.


finalista da indústriade papel e celulose| edição nº115 | Set | 2011 | 107 3Vitória isolada^=oqb=oçÇçå~îÉë=äÉî~=é~ê~=oáÄÉáê©ç=mêÉíç=ç=í∞íìäç=ÇÉ=ÉãéêÉë~qçé=Çç=qê~åëéçêíÉ=OMNN=É=~=∫åáÅ~=Åçã=ã~áçê=å∫ãÉêç=ÇÉ=ÅäáÉåíÉë=àìåíç=~ç=ëÉÖãÉåíç=Ç~=áåÇ∫ëíêá~=ÇÉ=é~éÉä=É=ÅÉäìäçëÉOito das 43 empresas que fazemparte da Bracelpa (AssociaçãoBrasileira de Celulosee Papel), representando 18,6% douniverso total, aceitaram participarda Pesquisa promovida porFROTA&Cia e Logweb, para indicaçãode seus melhores fornecedores detransportes. Como consequência, foramindicados 47 empresas de transportes,que prestam serviços regularesao setor. Contudo, apenas umaúnica transportadora reuniu o mínimode dois votos exigido pelo regulamento,para fins de indicação comofinalista da premiação.Em consideração aos contratantesde fretes da indústria de papel e celulose,que dedicaram sua atenção etempo preciosos para responder aoquestionário de votação e, também àempresa escolhida como preferida dosegmento, os organizadores da premiaçãodecidiram acatar esse resultadodas urnas.Por esse motivo, a RodonavesTransportes e Encomendas se elegeJoão Naves, presidente da RTE Rodonavescomo legítima campeã isolada do PrêmioTop do Transporte 2011, como aempresa preferida da indústria de papele celulose.Parte da filosofia - “Conquistaro reconhecimento do mercado faz parteda filosofia praticada pela RTE Rodonaves”,explica João Naves, presidenteda transportadora. “Por esse motivo,construímos a cada dia uma empresamais forte, buscando sempre aqualidade e a melhoria constante, commuito trabalho e idealismo”, completa.Com efeito, além deser reconhecida nacionalmenteno transportede cargas e encomendasfracionadas, a RTE Rodonavesatende clientesdos mais variados perfis,sem descuidar da segurançae a eficiência.Também constituem valoresda empresa investirna capacitação e reciclagemde seus profissionais,manter uma frotaconstantemente renovada,investir na melhoriacontínua dos serviçosprestados e garantiros prazos de entrega,entre outros.“Graças a essa dedicação,a RTE Rodonavesse tornou uma referênciaem qualidade. Evem avançando sem fronteiras e acumulandoconquistas, durante maisde três décadas de história”, relataJoão Naves.FINALISTAS DA INDÚSTRIA DE PAPEL E CELULOSE Notas de Performance de Custos Notas de Performance de ServiçoRanking Ordem Transportadora Total de Custo Capacidade Média Nível de Gestão de Tecnologia e Média Média deVotos Benefício de Negociação Serviço Qualidade Informações Mercado1 1 RODONAVES TRANSP. E ENCOM. LTDA 2 3.50 3.50 3.50 4.00 4.50 4.00 4.17 3.83


finalistas da indústriaquímica/petroquímicaSurpresa no pódiobã=ÅçåÅçêêáÇ~=Çáëéìí~=ÉåîçäîÉåÇç=ã~áë=ÇÉ=OOM=íê~åëéçêí~Ççê~ëIèìÉ=éêÉëí~ã=ëÉêîá´çë=ë=~ëëçÅá~Ç~ë=Ç~=^ÄáèìáãI=~=qê~åëéçêí~Ççê~mäáãçê=äÉî~=ç=ÅçÄá´~Çç=íêçѨì=ÇÉ=ÉãéêÉë~=qçé=Çç=qê~åëéçêíÉ=OMNNIÉäÉáí~=éÉäçë=Åçåíê~í~åíÉë=ÇÉ=ÑêÉíÉ=Ç~=áåÇ∫ëíêá~=èì∞ãáÅ~Depois de ter alcançado o 11ºlugar na lista das empresaspreferidas do setor químico,em 2010, a Transportadora Plimor sobeao topo do ranking ao conquistar aprimeira colocação no Prêmio Top doTransporte 2011. Com 4,75 pontos demédia final, a Brundel recebeu a notamáxima dos clientes da indústria química,nos três parâmetros que medemo desempenho da empresa no tocanteà performance do serviço.A eleição das melhores prestadoresde serviços de transportes do segmentocontou com a participação de 49empresas associadas à Abiquim (AssociaçãoBrasileira da Indústria Química).Estas, por sua vez, indicaram umtotal de 221 transportadoras que prestamserviços regulares para elas.O segundo lugar no pódio terá deser dividido entre duas empresas.Ambas alcançaram a mesma nota,4,46 pontos e tiveram o mesmo númerovotos, o que configura em empatetécnico, segundo o regulamento dapremiação. As escolhidas foram aBrundel Transportes e a TransportadoraSalvan. Em terceiro aparece a KenyaS/A Transporte e Logística, quesomou 4,36 pontos.TRANSPORTADORA PLIMORReflexos positivosMesmo admitindo sua pouca atuaçãono segmento químico, comparativamentea outros mercados de maiorexpressão para a empresa, a Transpor-QUÍMICO/PETROQUÍMICO Notas de Performance de Custos Notas de Performance de ServiçoRanking Ordem Transportadora Total de Custo Capacidade Média Nível de Gestão de Tecnologia e Média Média deVotos Benefício de Negociação Serviço Qualidade Informações Mercado1 1 TRANSPORTADORA PLIMOR LTDA 2 4.00 5.00 4.50 5.00 5.00 5.00 5.00 4.752 2 BRUNDELL TRANSPORTES LTDA 2 4.50 4.00 4.25 5.00 5.00 4.00 4.67 4.463 TRANSPORTADORA SALVAN LTDA 2 4.00 4.50 4.25 5.00 4.50 4.50 4.67 4.463 4 KENYA S/A TRANSPORTE E LOGÍSTICA 3 4.00 4.33 4.17 4.33 4.67 4.67 4.56 4.364 5 VIDEIRA TRANSPORTES RODOVIÁRIOS LTDA 3 3.67 4.33 4.00 5.00 4.67 4.33 4.67 4.335 6 GAFOR LOGÍSTICA S/A 2 4.50 4.50 4.50 4.00 4.00 4.00 4.00 4.257 TRANSPORTADORA HAMMES LTDA 2 3.50 4.50 4.00 4.50 4.50 4.50 4.50 4.256 8 TRANSPORTADORA CAPELA LTDA 2 4.50 4.00 4.25 4.50 4.50 3.50 4.17 4.217 9 TRANSPORTES JEQUITIBÁ LTDA 2 4.00 4.00 4.00 4.50 4.00 4.50 4.33 4.178 10 APOLO TRANSPORTES LTDA 2 4.00 3.50 3.75 4.50 5.00 4.00 4.50 4.1311 LUNE TRANSPORTES RODOVIÁRIOS LTDA. 2 4.50 4.00 4.25 4.50 4.00 3.50 4.00 4.1312 TRANSPORTES DALÇÓQUIO LTDA 2 4.00 4.50 4.25 4.00 4.00 4.00 4.00 4.139 13 RÁPIDO IGREJINHA TRANSPORTE LTDA 3 4.33 4.00 4.17 4.67 4.33 3.00 4.00 4.0810 14 RODOGARCIA TRANSPORTES RODOVIÁRIOS LTDA 2 4.00 4.00 4.00 4.50 4.00 4.00 4.17 4.0815 TRANSPORTADORA CAPIVARI LTDA 2 4.00 4.00 4.00 4.00 4.50 4.00 4.17 4.0816 VENETO TRANSPORTES LTDA 2 4.00 4.00 4.00 4.00 4.00 4.50 4.17 4.0811 17 RISSO TRANSPORTES LTDA 2 3.50 4.00 3.75 4.00 4.50 4.50 4.33 4.0418 TQUIM TRANSPORTES QUÍMICOS ESPECIAL. LTDA 2 3.50 4.00 3.75 4.00 4.50 4.50 4.33 4.0412 19 TRANSPORTES CAVALINHO LTDA 3 4.00 4.33 4.17 3.00 4.33 4.33 3.89 4.0313 20 GM SUL TRANSPORTES LTDA. 2 3.50 4.50 4.00 4.00 3.50 4.50 4.00 4.00


| edição nº115 | Set | 2011 | 109 3DivulgaçãoJulhiano Bortoncello,diretor administrativo e deoperações da Plimortadora Plimor foi escolhida como aempresa Top do Transporte 2011 pelosrepresentantes dessa indústria. JulhianoBortoncello, diretor administrativoe de operações da companhia, atribuia boa imagem da Plimor ao trabalhode excelência e qualidade que desenvolvenos vários mercados onde atua.“Os investimentos constantes emtecnologias que trazem maior agilidadeoperacional, a oferta de informaçõesem real time e a busca de profissionaisque fazem a diferença são fatoresreconhecidos por nossos clientes eque produzem reflexos na hora de escolheras melhores empresas parceiras”,afirma Bortoncello.Pontos fortes - Além destes, odiretor comenta outros pontos fortesda empresa. Como a utilização desofisticados sistemas de comunicaçãode dados, de logística, segurançae atendimento ao cliente. A extensalista inclui, também, o uso da tecnologiaWap que permite ao motoristainformar ao sistema quando a cargaestá sendo entregue e o rastreamentopor satélite e GPS, que indicam alocalização exata da carga, em atuaçãorealizada e monitorada 24 horaspor dia.As unidades instaladas no RioGrande do Sul, Santa Catarina, Paraná,São Paulo, Buenos Aires e Córdobacontam com sistemas automatizadosde embarque por meio de esteiras e coletoresde dados por leitores óticos.Sua frota de mais de 280 veículos próprios,com idade média de três anos, éresponsável por 160 mil entregas pormês e percorre 1.500.000 quilômetrosem média.Com tudo isso, a companhia tambémestá atenta à sustentabilidade desuas operações. “Por meio do SOS Cotec,qualquer acidente ocorrido comcargas nocivas ao meio ambiente é reportadoà central, para que providênciasimediatas sejam tomadas, evitandomaiores prejuízos ambientais”,atesta o diretor.


finalistas da indústriaquímica/petroquímicaBRUNDELL TRANSPORTESUm justo reconhecimentoSegunda colocada no prêmio Topdo Transporte 2011, por indicação dospróprios clientes da indústria química,a Brundell Transportes acha que o troféué um reconhecimento do mercadoonde atua. E, também, uma homenagempelos anos de trabalho dedicadosa uma causa que visa a total satisfaçãodo cliente, desde o embarcador até odestinatário, além da integridade dacarga e o prazo de entrega.“O comprometimento de todaequipe buscando alcançar os objetivosda organização com melhoria constante,respeitando o cliente, o meio ambiente,as pessoas e a legislação vigenteforam os principais motivos que explicama conquista desse cobiçado Prêmiopela Brundell”, afirma Wa -shington Soares Pimentel, gerente administrativoda empresa.Constituída em 1996, a BrundellTransportes atua na distribuição decarga seca embalada e transporte deprodutos líquidos a granel, com destaquepara o segmento químico. A empresaatende todo o território nacionalcom cargas procedentes da GrandeSão Paulo e de Salvador (BA), ondemantém filial.Segurança total - Atendendo àsexigências desse mercado, a companhiabuscou total segurança para suas operações.De acordo com Pimentel, a indústriaquímica exige a certificação do prestadorde serviço e a capacitação dos colaboradores,para tornar transparentetodo o trabalho realizado, sobretudonos quesitos segurança e qualidade.Por esse motivo, a Brundell sepreocupa em cumprir todos os requisitoslegais dos clientes e regulamentaresaplicáveis ao negócio. “QueremosFotos: Divulgaçãodar continuidade ao fornecimento deum serviço que envolve a parceria detodos os colaboradores da Brundell.São eles que estão trabalhando sempre,para atender com excelência osnossos clientes”, finaliza o gerente.TRANSAL TRANSPORTESSALVANAgilidade premiadaCom mais de 20 anos de presençano mercado de transporte rodoviáriode cargas, completas e fracionadas, aTransportadora Salvan, ou simplesmenteTransal, volta a figurar na listadas preferidas do setor químico, comojá ocorreu em 2007 e 2010. Com sedeem Morro da Fumaça (SC) e mais 6 filiais,a transportadora emprega cercade 500 funcionários e conta com umafrota de 220 veículos próprios. A empresapossui todas as licenças e certificadoslegais, que garantem a qualidadee segurança do transporte. Incluindoa certificação no Sassmaq (Sistemade Avaliação de Segurança, Saúde,Meio ambiente e Qualidade), adotadapela Abiquim.A Brundel atua comcarga seca embalada eprodutos líquidos a granelA Transal possuitodas as licenças ecertificações legaisexigidas pelo setorAgilidade - Para a companhia, umfator fundamental para a chegada aopódio foi a agilidade nas coletas e entregasdas cargas. “Acreditamos que aresponsabilidade e o comprometimentocom as mercadorias, bem como a segurançano transporte, são questõesmuito cobradas no mercado. Por isso,atendemos em todos os serviços prestados”,avalia Richard Francisco, gerentede cobrança da transportadora.Além de ofertar preços compatíveiscom os serviços, o atendimento àsnormas de segurança, por meio de certificadose licenças, igualmente foramrelevantes para a empresa ser reconhecidano mercado onde atua. “A nossaseriedade no trabalho, comprometimentocom os clientes e transparêncianas negociações, com certeza, fizerama diferença na escolha pela Transal”,complementa Francisco.KENYA TRANSPORTEE LOGÍSTICACobertura nacionalPela primeira vez, a Kenya S/ATransporte e Logística leva para casa ocobiçado título de empresa Top doTransporte 2011, em reconhecimentoao seu trabalho junto aosclientes da indústria química.Para Franco Tegon, sócio diretorda empresa, a ampla coberturada companhia, abrangendomais de 4 mil municípios nopaís, contribuiu de forma decisivapara essa conquista.Complementar a esse fator,Franco Tegon destaca outras iniciativasda companhia, em be-


| edição nº115 | Set | 2011 |3nefício dos clientes. Como as ações decontrole e responsabilidade civil, jáque as cargas transportadas são deprodutos que necessitam cuidados específicos.Por esse motivo, a Kenyarealizou investimentos que foram revertidosna melhoria dos serviços eculminaram, por extensão, no reconhecimentodo mercado.Sinergia nos comandos -“Em 2010 também terminamos a implantaçãodo C.N.O – Central Nacionalde Operação, que reuniu todo o controlede frota, operações, seguro, perdas,malha rodoviária, sinistro e gerenciamentode risco em um único local. Ainiciativa possibilitou uma ampla sinergianos comandos relacionados aoperações,” explica Tegon. Com isso, aempresa reduziu os eventosnão conformes, melhorando aeficiência dos trabalhos realizadospela transportadora.Já em 2011, foi a vez dacriação do Customer ServiceBrasil, um serviço que permiteacompanhar todo o sistemade entregas e coletas das cargas dosclientes em tempo real, por meio do siteda Kenya. “Também em 2011, asprincipais filiais, além da matriz e dodepartamento de projetos logísticos, foramrecertificados com o selo ISO9001:2008”, comemora o empresário.Além dos certificados, a empresa aindainvestiu em novos terminais e na ampliaçãoda frota em 40 unidades.Alguns diferenciais da transportadoratambém influíram para a sua boaA frota da Kenya permiteatender às mais diferentesoperações do transportecolocação no Prêmio Top do Transporte2011. É o caso da frota variada, compostapor vários tipos de veículos, capazesde atender às mais diferentesoperações do transporte. Essa versatilidadepermite à empresa cobrir do Sulao Nordeste, com o mínimo de transbordopossível. Além disso, a malharodoviária percorrida pela empresa éassistida por uma central de operaçõesprópria, além das gerenciadoras querepresentam as seguradoras dentro daestrutura da companhia.


finalistas daindústria têxtilDe olho nosprazos`çåëìäí~Ççë=éÉä~=éêáãÉáê~=îÉò=Éã=êÉä~´©ç=~çë=ëÉìë=ÑçêåÉÅÉÇçêÉë=ÇÉ=íê~åëéçêíÉëI=çë=ÉãÄ~êÅ~ÇçêÉë=ÇÉ=Å~êÖ~ë=Ç~=áåÇ∫ëíêá~=íÆñíáä=ÉäÉÖÉã=~=g~ãÉÑ=Åçãç=ëì~=ÉãéêÉë~=Ñ~îçêáí~I=ÉåíêÉ=çìíêçë=ãçíáîçëI=éÉäç=ÅìãéêáãÉåíç=~çë=éê~òçë=ÇÉ=ÉåíêÉÖ~=Çç=ëÉíçêde votos, de acordo com o regulamentoda premiação.Novidade na edição 2011 do PrêmioTop do Transporte, a inclusão dosetor têxtil na 5ª Pesquisa Nacional deDesempenho dos Fornecedores de Serviçosde Transportes, que sustenta apremiação, contou com a participaçãode 24 embarcadores dedicados à atividade,todos associados da ABIT – AssociaçãoBrasileira da Indústria Têxtile de Confecção.A B. Transportes, também conhecidacomo Bauer Cargas, aparece em segundolugar na disputa, seguida daTransportes Translovato, eleita na 3ªcolocação no ranking do setor, com4,04 pontos de média final.Finalista assídua do Prêmio Topdo Transporte, a Jamef Transporteschega pela primeira vezao topo do pódio, ao se consagrar comoa transportadora preferida da indústriatêxtil, eleita pelos própriosclientes. Apesar de ter conseguido amesma nota final da 2ª colocada, com4,08 pontos, a empresa foi beneficiadapelo fato de contar com maior númeroJAMEF TRANSPORTESUma parceria eficienteEstabelecida em Contagem (MG) eespecializada no transporte de cargasfracionadas secas, com 48 anos deTÊXTIL Notas de Performance de Custos Notas de Performance de ServiçoRanking Ordem Transportadora Total de Custo Capacidade Média Nível de Gestão de Tecnologia e Média Média deVotos Benefício de Negociação Serviço Qualidade Informações Mercado1 1 JAMEF TRANSPORTES LTDA 4 3.75 3.75 3.75 4.75 4.75 3.75 4.42 4.082 2 B. TRANSPORTES LTDA 2 4.00 4.00 4.00 4.00 4.00 4.50 4.17 4.083 3 TRANSPORTES TRANSLOVATO LTDA 6 4.00 3.83 3.92 4.00 4.17 4.33 4.17 4.044 4 TBB CARGO LTDA (TRANSPORTADORA BENTO BELEM)2 4.00 4.00 4.00 4.00 4.00 3.50 3.83 3.925 5 RODONAVES TRANSPORTES E ENCOMENDAS LTDA 4 4.25 3.50 3.88 4.00 4.00 3.50 3.83 3.856 6 TRANSPORTES OURO NEGRO LTDA 2 4.00 4.00 4.00 3.50 4.00 3.50 3.67 3.837 7 TRANSPORTES ADRE LTDA 2 4.50 4.00 4.25 3.50 3.00 3.00 3.17 3.718 8 VIAÇÃO CRUZEIRO DO SUL LTDA 2 3.50 3.50 3.50 4.00 4.00 3.50 3.83 3.679 9 TECMAR TRANSPORTES LTDA 2 3.00 3.50 3.25 4.00 4.00 4.00 4.00 3.6310 10 ALFA TRANSPORTES ESPECIAIS LTDA 2 4.00 4.00 4.00 3.50 3.50 2.50 3.17 3.5811 11 TRANSOLIVEIRA TRANSP. DE CARGAS E ENCOM. LTDA 3 3.67 3.67 3.67 3.67 3.33 3.00 3.33 3.5012 12 EMPRESA DE TRANSPORTES PAJUÇARA LTDA 2 3.50 3.50 3.50 3.50 3.50 3.50 3.50 3.5013 13 COMÉRCIO E TRANSPORTES RAMTHUN LTDA 4 3.50 3.25 3.38 3.75 3.75 3.25 3.58 3.4814 14 EXPRESSO ITAUNA LTDA 2 3.00 3.00 3.00 4.00 4.00 3.50 3.83 3.4215 15 MIRA OTM TRANSPORTES LTDA 3 3.00 3.33 3.17 3.67 3.67 3.33 3.56 3.3616 16 BRASPRESS TRANSPORTES URGENTES LTDA 12 2.42 3.08 2.75 3.83 4.17 3.67 3.89 3.3217 17 PATRUS TRANSPORTES URGENTES LTDA 4 3.00 3.00 3.00 3.50 3.50 3.75 3.58 3.2918 18 TRANSDUARTE-TEDE TRANSPORTES LTDA 2 3.00 3.50 3.25 3.00 3.50 3.50 3.33 3.2919 19 RODOVIARIO RAMOS LTDA 4 3.25 3.25 3.25 3.00 3.50 3.25 3.25 3.2520 20 RAPIDO TRANSPAULO LTDA 2 2.50 3.50 3.00 2.50 3.50 3.00 3.00 3.00


| edição nº115 | Set | 2011 | 113 3DivulgaçãoPaulo Nogueirão, diretorcomercial da Jamefatuação, a Jamef Transportes creditaseu sucesso junto à indústria têxtil aosesforços no investimento em frotas, capacitaçãode colaboradores, tecnologiae segurança. “Isso tudo, aliado a nossaeficiência nos prazos de entrega, cuidadocom a carga e atendimento personalizado,virtudes que são reconhecidaspor nossos clientes”, afirma seudiretor comercial, Paulo Nogueirão.O comentário tem razão de ser,tendo em vista as exigências dessemercado. Como o prazo de entrega,ressalta o diretor. “Para a grandemaioria das empresas do mercado deprodutos acabados, o prazo pode serum grande vilão. Atualmente, o varejistatrabalha com um estoque cadavez menor. Por isso, quanto mais cedoo produto estiver disponível para vendaao consumidor, mais vantagem teráo fabricante e também o comerciante.Neste cenário, ter um parceiro eficientena distribuição é essencial”, garanteNogueirão.Resultados - No esforço de fazerfrente a todas essas características ediante das dificuldades cada vezmaiores para a distribuição nos grandescentros, a Jamef não ficou atrás.Passou a investir na adequação e expansãoda frota, no treinamento intensivode seus colaboradores e emsistemas de roteirização. Os resultadosnão tardaram a aparecer, na formado aumento da eficiência nas operaçõese uma alta na procura pelosserviços da empresa.Sua frota de 800 veículos próprios é100% rastreada via satélite e equipadacom sistema de comunicação que garantea segurança e o monitoramentodas mercadorias em tempo real. A infraestruturainclui 18 filiais, que atendema totalidade das regiões sul e sudeste,além do estado de Goiás e DistritoFederal, A empresa conta aindacom 2.500 colaboradores diretos.“O mercado está cada dia maiscompetitivo e isso não é diferente paraos nossos clientes, que precisam sedestacar cada vez mais com serviçosdiferenciados”, observa Paulo Nogueirão.“É neste momento que muitosprocuram a Jamef para realizar a distribuiçãode seus produtos, garantindoassim menores prazos na entrega, segurançae eficiência na informação dacarga”, finaliza o diretor


finalistas daindústria têxtilB. TRANSPORTESTrabalho em equipeSegunda colocada na preferência daindústria têxtil, a B. Transportes (BauerCargas) acre dita que estar entre as finalistasdo Prêmio Top do Transporte2011 é resultado do trabalho realizadojunto aos cerca de 380 colaboradores daempresa, na forma de inúmeros treinamentosrealizados com as equipes operacional,administrativa e comercial.A iniciativa tem o objetivo, explicaRobinson Tomaschitz, gerente de marketinge vendas da empresa, de buscar aexcelência operacional e o atendimentoideal. Junto com a rentabilidade nasvendas e o cumprimento de metas, fatoresque possibilitam atingir o reconhecimentodo mercado, como a indicaçãopara o Prêmio, observa o executivo.Fundada em 2001, com matriz emChapecó (SC) a Bauer atua no transportede cargas fracionadas, com atençãodedicada aos estados do Sul e aindaSão Paulo. Sua malha operacional écomposta de 50 filiais e a frota de veículosalcança 220 unidades, entre própriose agregados, todos voltados parao atendimento dos mercados de autopeças,informática, eletroeletrônico,têxtil e medicamentos.A B. Transportes(Bauer Cargas)possui 50 filiaisPosicionamento estra té -gico - Com o objetivo de satisfazer asexigências do setor têxtil, que envolvema integridade da mercadoria e agilidadenas entregas, a Bauer conta com diferenciaismarcantes nesse mercado. “Elesaparecem no posicionamento estratégicoda companhia, com foco na carga fracionadadentro de segmentos-alvos determinadospela empresa. Sem contar a ênfasenas entregas em até 12 horas nas cidadespolos e até 24 horas nas demais cidadesatendidas na região de atuação;condutas que levamos muito em consideração”,explica o gerente de marketinge vendas da transportadora catarinense.TRANSPORTES TRANSLOVATOTransporte inteligenteCom forte presença nas estradasdo Sul e Sudeste do Brasil, a Translovatose considera honrada e realizadacom a conquista do terceiro lugar noPrêmio Top do Transporte 2011, outorgadopelos embarcadores da indústriatêxtil. A empresa acredita que a honrariaé um reconhecimento ao fatode sempre procurar atender a expectativados clientes. E, ainda, possuir ofoco na excelência de atendimento nasáreas de atuação, comemora Neri CarlosLovato, diretor presidente daTransportes Translovato.O executivo faz corocom seus pares ao enfatizaras exigências desse mercadoem particular. O transportede produtos têxteis obriga ocorreto manuseio da carga,informação em tempo hábil,prazo de entrega, agilidadee veículos adequados para aoperação. Sem contar a exigênciade seguro e equipesoperacionais que prestemexcelente atendimento.Taisrequisitos constituem umFotos: Divulgaçãodesafio constante na empresa, que investepara que todo o trabalho seja realizadoa contento.Neri Carlos Lovato,diretor presidente da TranslovatoSistema integrado - Para fazerfrente a todas essas necessidades, a empresaconta com uma estrutura operacionalmoderna, competitiva e qualificada.Além da matriz, em Caxias do Sul(RS), a Translovato possui mais de 80pontos de distribuição e 17 centralizadoraspróprias, que cobrem todo o sul eo sudeste do país. As unidadesdispõem de suportetecnológico, terminaisautomatizados e sistema crossdocking que agiliza a logística e a entregadas mercadorias. Todas essas rotinassão gerenciadas pelo ERP (EnterpriseResource Planning), sistema integradode gestão que centraliza todos os dadose as operações da empresa.Contando com uma Central de Relacionamento,responsável pela comunicaçãoentre cliente e a empresa,a Translovato realiza investimentosconstantes na área de tecnologia epossui frota moderna de mais de 1000veículos, entre próprios e agregados,com idade média de 5 anos. “Nossamissão é proporcionar inteligênciaem movimentação com tecnologia eeficácia, superando as expectativasdos clientes, sócios e profissionais”,salienta Lovato.


10A 14AbrilAnhembiSão Paulo-SPAutomec Pesados & Comerciais 2012.As melhores oportunidadesde negócios em suas mãos. Participe!Com 36 mil m² de área total, a 3ª edição da Automec Pesados & Comerciaisé o principal mostruário dos avanços tecnológicos na fabricação de peças,acessórios, equipamentos e serviços para veículos pesados e comerciais.Mais de 30 mil profissionais do setor já estão se programando para visitara feira, todos interessados nos lançamentos e novidades.www.automecpesados.com.brGaranta já seu espaço, contate nossos executivos de vendas:Tel.: (11) 3060-4954 - E.mail: feirastecnicas@reedalcantara.com.brOrganização e Promoção: Filiada à:Apoio: Co-Apoio:Participe:


empresastop do transporte 2011 - perfilEMPRESA DIRETORIA FILIAIS REGIÃO SERVIÇOS FROTA QUILOMETRAGEM TONELAGEM INDICADO NOSONDE OPERA OFERECIDOS PRÓPRIA ANUAL (KM) TRANSP/ANO SEGMENTOSABT-Aliança Brasileira de Transp. Ltda Nelson Rodrigues da Silva Junior 3 n.i n.i. n.i. n.i. n.i. EletroeletrônicoAv. Jaguarão, 314 - CumbicaGuarulhos - SP - CEP: 07223-000Fone/Fax: (48) 2085-4460transportes@aliancaabt.com.brwww.aliancaabt.com.brAdelino Transportes Ltda Everton Medeiros de Jesus - 3 Norte Transp.prods.acabados e 40 n.i n.i. AutomotivoRod. BR 101 Km 334 - nº 1.199 - Humaitá Sócio Proprietário Sul e mat.prima p/ ind.automob.Tubarão - SC - CEP: 88708-270 Sudeste elétrica, constr.civil e prod.Fone: (48) 3631-0800 - Fax: (48) 3631-0812 Nordeste alimentícios, Armaz.neia@adelinotransportes.com.br Centro-oeste Coleta Terceirizada, Distrib.www.adelinotransportes.com.brEscolta, Op.LogísticoAerosoft Cargas Aéreas Ltda Aroldo Rebuzzi - Diretor n.i n.i n.i. n.i. n.i. n.i. Metalúrgico/Av. Damasceno Vieira, 109 - Vila Santa CatarinaSiderúrgicoSão Paulo - SP - CEP: 04363-040Fone/Fax: (11) 5567-7000comercial@aerosoftcargas.com.brwww.aerosoftcargas.com.brÁguia Sul Logística e Transportes Ltda Eleus Vieira de Amorim - Diretor n.i. n.i. n.i. n.i. n.i. n.i. Metalúrgico/Av. X, nº 164 - Distrito IndustrialSiderúrgicoCuiabá - MT - CEP: 78098-500Fone/Fax: (65) 3667-2955eleus@aguiasul.com.brwww.aguiasul.com.brAlfa Transportes Especiais Ltda João Carlos Machiavelli - Diretor 10 Sul Distribuição e 113 7,000,000 204,000 CalçadistaRodovia SC 302, Km 3 s/nº Sudeste (SP) Operação intermodal TêxtilCaçador - SC - CEP: 89500-000Centro-OesteFone: (49) 3561-5100 - Fax: (49) 3561-5101(MT e MS)alfatransportes@alfatransportes.com.brwww.alfatransportes.com.brALN - Integração Logística Ltda Adelar Luiz do Nascimento 3 Sul Transp. de carga rodoviária 25 n.i n.i. EletroeletrônicoAlameda Arpo, 1.500 - Ouro Fino Daniel M. B. de Oliveira - Dir. Comercial Sudeste fracionada e ArmazenagemS.José dos Pinhais - PR - CEP: 83010-290DistribuiçãoFone / Fax: (41) 3077-4335aln@alntransportes.com.brwww.alnlogistica.com.brAmazon Transportes Ltda Nelson Vilela Ramos 5 n.i. n.i. n.i. n.i. n.i. EletroeletrônicoRua Curuça, 1804 - Jd. AndaraíSão Paulo - SP - CEP:02168-150Fone/Fax: (11) 2795-2200comercial@transzamazon.com.brwww.amazontransportes.com.brApolo Transportes Ltda Carlos Otávio Acenso - Diretor 2 n.i. n.i. n.i. n.i. n.i. Químico/Av. Mogi Mirim, 1447 - AreiãoPetroquímicoMogi Guaçu - SP - CEP: 13844-110Fone/Fax: (19) 3851-6200www.apolotransportes.com.brArgius Transportes Antonio Archilha - Diretor Sudeste Confecções 23 7.560.000 11.270.274 EletroeletrônicoR. Eng. Albert Leimer, 696 - Jd. São Geraldo Joinicil L. Cornelsen - Diretor Auto PeçasGuarulhos - SP - CEP: 07140-020 8 VestiárioFone/Fax: (11) 2088-554 - Fax: (11) 2088-5549Cosméticoswww.argius.com.br - argius@argius.com.brEPI, DistribuiçãoAtiva Distribuição e Logística Ltda Clóvis A. Gil - Presidente Sudeste Transporte, distribuição, Perfumaria,Rua 12 de Setembro, 1.119 - Vila Guilherme Newton Tosin - Diretor op. logística - FULLFILMENT, Cosméticos eSão Paulo - SP - CEP: 02052-001 16 Armazenagem e controle de 170 9.200.000 110 mil Higiene PessoalFone: (11) 2902-5000 estoque, montagem de kits, Farmacêuticomarketing@ativalog.com.brPicking e Packing, despachantewww.ativalog.com.brColeta terceirizada, escoltaB. Transportes Ltda Gelson Antonio Bauer - Dir. Presidente 50 Sul Transporte de cargas para 120 17.300.000 93.000 TêxtilAv. Getúlio Vargas, 3.540 N Robinson Tomaschitz - Ger. Mkt e Vendas Sudeste ramo de autopeças, inform.Chapecó - SC - CEP: 89805-002 Darlan Bohnemberger - Ger. de Operação e Tecnologia, Eletroeletrônicos,Fone: (49) 3319-3000 - Fax: (49) 3319-3002 Ana Maria Martins Alves - Ger. de RH Texteis e Medicamentoscomercial@bauercargas.com.br Orivaldo José Piaia - Ger. Adm.Financeiro Distribuiçãowww.bauercargas.com.brGentil D. Bagatini - Ger. TransportesGilvane José Bauer - Ger. Filiais e Agências


| edição nº115 | Set | 2011 | 117 3EMPRESA DIRETORIA FILIAIS REGIÃO SERVIÇOS FROTA QUILOMETRAGEM TONELAGEM INDICADO NOSONDE OPERA OFERECIDOS PRÓPRIA ANUAL (KM) TRANSP/ANO SEGMENTOSBBC Transportes Ltda César Augusto Maleski - Dir. Comercial 6 Sul Transporte de contâineres 48 7.500.000 90.000 EletroeletrônicoRua José Leal de Oliveira, 333 Yuri Malesli - Dir. Operacional Sudeste TransferênciaAraucária - PR Felix Odair Budel - Dir. Administrativo Nordeste DistribuiçãoCEP: 83707-114Armazenagem geralFone: (41) 3643-2950Fax: (41) 3643-7107Bento Encomendas Rafael Fontanella - Diretor 6 Sul n.i. n.i. n.i. n.i. EletroeletrônicoAv. Ernesto Neugebauer, 1050 - HumaitáPorto Alegre - RS - CEP: 90250-140Fone/Fax: (51) 3362-3232www.bentoencomendas.com.brBinotto S/A Logística, Transp. e Distrib. Marcos Antonio Haddad - Presidente Norte Transportes para segmentosRua Major Bibiano Rodrigues de Lima, 194 Elizabeth Binoto Bazzo - Dir. Adm.Financ. Sul automotivo, bebidas, papel eLages - SC - CEP: 88509-720 Joel W. W. Fernandes - Dir. Operacional 52 Sudeste celulose,bioenergia e madeira n.i n.i. n.i. AutomotivoFone: (49) 3221-1800 - Fax: (49) 3225-1882 Centro-Oeste Armaz.geral;comercial@binotto.com.br Nordeste Distribuição; Embalagem;www.binotto.com.brEscolta;Coleta terceirizadaOp. Logístico e Transit point.Brasiliense Cargo Ltda Abílio Pedro Neto - Diretor 5 n.i n.i. n.i. n.i. n.i. n.i.Av. Mercedes Benz, 170 - Distrito IndustrialCampinas - SP - CEP: 13054-750Fone: (19) 2102-4700 - Fax: (19) 2102-4710www.brasiliensecargo.com.brFROTA&Cia - Agosto 2011 - 117FROTA&Cia - Agosto 2011 - 117


empresastop do transporte 2011 - perfilEMPRESA DIRETORIA FILIAIS REGIÃO SERVIÇOS FROTA QUILOMETRAGEM TONELAGEM INDICADO NOSONDE OPERA OFERECIDOS PRÓPRIA ANUAL (KM) TRANSP/ANO SEGMENTOSBraspress Transportes Urgentes Ltda Urubatan Helou -Diretor Presidente 101 Norte Transportes rodoviário cargas 1.100 AutomotivoRua Cel. Marques Ribeiro, 225 Milton D.Petri - Diretor Vice-Presidente Sul Rodo-aéreo, rodo-fluvial Perfumaria, Cosmético eSão Paulo - SP - CEP: 02068-050 Giuseppe Coimbra - Diretor Adm.Financ. Sudeste Distribuição 66.455.000 329.799 Higiene Pessoal, TêxtilFone: (11) 2188-9000 - Fax: (11) 3429-3333 Giuseppe Lumare Júnior - Dir. Comercial Nordeste Operador Logístico Farmacêuticoimprensa.denise@braspress.com.br Luiz Carlos Lopes-Dir.de Operações Centro-Oeste Calçadistawww.braspress.com.br Tayguara Helou - Controller BrinquedosUrubatan Helou Junior - Controller FrotaBrundell Transportes Ltda José Irineu L. Cargo - Dir. Adm. Financ. Norte Transporte rodoviárioAv. Dr. Mauro L.Monteiro, 121 - Box 2 José Antonio R. da Silva - Dir. Operacional Sul de Produtos PerigososOsasco - SP - CEP: 06278-010 Washington S. Pimentel - Ger. Adm. 1 Sudeste Transporte Rodoviário de 31 1.653.600 81.368 Químico/Fone: (11) 3693-4378 - Fax: (11) 3601-2505 Nordeste Carga Intermunicipal e Petroquímicobrundell@brundell.com.br Centro-oeste Interestadualwww.brundell.com.brCargo System Transportes Rodoviários Marco Antonio de França - Diretor n.i. n.i. n.i. n.i. n.i. n.i. Metalúrgico/Rua Herta Thieme, 103SiderúrgicoItajaí - SC - CEP: 88305-465Fone/Fax: (47) 3341-4800Carvalima Transportes Ltda Dejalmo Fedrizze - Diretor 28 Centro-oeste Transporte de carga fracionadaAv. Beira Rio, 1891 - Jd. Shangri-la Otavio Faria Fedrizze - Diretor DistribuiçãoCuiabá - MT - CEP: 78070-200 Entrega porta a porta 112 9.000.000 85.000.000 AutomotivoFone: (65) 3316-3900 - Fax: (65) 3316-3904Coleta terceirizadaotavio@carvalima.com.brDespachantewww.carvalima.com.brCeva Logistics Ltda Ricardo Melchiori - Diretor n.i. n.i. n.i. n.i. n.i. n.i. AutomotivoAv.Alfredo E. S. Aranha, 100 - Bl.D - 8º.andarSão Paulo - SP - CEP: 04726-170Fone: (11) 2199-6700www.br.cevalogistics.comcevalogistics@cevalogistics.comCHTrans Transportes Rodoviários Ltda Adilson Gartner Horst - Diretor 3 Sul n.i n.i. n.i. n.i. EletroeletrônicoRod.BR 386 - Km.354 - Cx.Postal 210Estrela - RS - CEP: 95880-000Fone/Fax: (51) 3736-2210transito@transitobrasil.netwww.transitobrasil.netComércio e Transportes Ramthun Haroldo Ramthun - Diretor - Presidente Sul Trans. de cargas fracionadasRua Luiz Abry, 422 - Centro Ingomar Ramthun - Diretor Financeiro 6 Sudeste Trans. de cargas lotaçãoPomerode - SC - CEP: 89107-000 Mauro Luiz Mueller - Diretor Comercial Nordeste Armazenagem geral 390 15.000.000 10.000 TêxtilFone: (47) 3387-7100 - Fax: (47) 3387-7104 Heraldo Ramthun - Sócio cotista Coleta terceirizadawww.ramthun.com.br Nivaldo Ramthun - Sócio cotista Distribuição, escoltaOperador logísticoDallogis Logística Ltda Renato M. - Dir. de Operações e Cial. Norte Distribuição em nível nacionalAv. Franz Liszt, 225 Edson M. - Presidente - Dir. Adm. e Fin. 1 Sul Distribuição especializada emSão Paulo - SP - CEP: 02151-100 Sudeste grandes atacadistas, varejistas 88 n.i. n.i. SiderúrgicoFone: (11) 2109-0650 - Fax (11) 2109-0650 Nordeste e home-centersmarketing@dallogistica.com.br Centro-oeste Armazenagemwww.dallogistica.com.brDVA Express Ltda Flasio Donizete - Sócio Diretor 7 Norte Transp.Rodov.e Aéreo de 35 n.i. 80.000 Perfumaria, Cosméticos,Rua Manoel Preto, 21 Antonieta Patriani - Sócia Diretora Sul Cargas Fracionadas e Higiene PessoalSão Paulo - SP - CEP: 02064-110 Sidelcio Munhoz - Diretor Comercial SudesteFone/Fax: (11) 2319-2000Nordestewww.dvaexpress.com.brCentro-OesteEmpresa de Transportes Atlas Ltda Lauro Megale Neto - Presidente Norte Transp. Rod. e Aéreo de Carga AutomotivoRua Soldado Hamilton Silva Costa, 58 Antonio A. Megale - Dir. Operacional Sul Armazenagem Geral, Escolta Perfumaria, CosméticosSão Paulo - SP - CEP: 02190-901 Celia M.M.Biagiotti - Dir.Financeira 54 Sudeste Distribuição, Embalagem 385 97.5000.000 820.000 e Higiene PessoalFone: (11) 2795-3100 - Fax: (11) 2795-3199 Andre Alarcon de A. Prado - Dir. Logística Nordeste Operador Logístico Siderúrgicoatlas@atlastranslog.com.br Maria A. Santos - Dir. TI, Adm. e Desenv. Centro-Oeste Rodoaéreo Oper. Intermodal Farmacêuticowww.atlastranslog.com.br Lauro F. Megale - Dir.Planej. e Mkt Transit pointEmpresa de Transportes Covre Ltda Antonio Ap. Covre - Dir. Presidente Sul Transp. rodov. de cargas gerais,Rodovia Anhanguera, Km 147,5 João Covre Filho - Dir. Manutenção Sudeste prod. químicos, contâiners,Limeira - SP - CEP: 13486-199 Edson Covre - Diretor Operacional 6 Centro-Oeste máquinas e equipamentos n.i. n.i. n.i. AutomotivoFone: (19) 3404-4688 - Fax: (19) 3404-4760Armazém Alfandegado, Armaz.antonio.covre@covre.com.brgeral e Distribuiçãowww.covre.com.brOp. Intermodal e logístico


| edição nº115 | Set | 2011 | 119 3EMPRESA DIRETORIA FILIAIS REGIÃO SERVIÇOS FROTA QUILOMETRAGEM TONELAGEM INDICADO NOSONDE OPERA OFERECIDOS PRÓPRIA ANUAL (KM) TRANSP/ANO SEGMENTOSEmpresa de Transportes Pajuçara Ltda Altamir Filadelfi Cabral - Dir. Comercial Sudeste Transp.Rodov.Encomendas AutomotivoRua Deputado Ulisses Guimarães, 386 Fernando Filadelfi Cabral - Dir. Operac. Expressas e Cargas Fracionadas CalçadistaGuarulhos - SP - CEP: 07140-115 Mônica Cabral César - Dir. da Qualidade 7 Gestão de Riscos, Cross Docking 115 n.i. 120.000 SiderúrgicaFone: (11) 3585-6900 - Fax: (11) 3585-6923 Rejane Filadelfi Cabral - Dir. Financeira Gestão da Informação Têxtilcomunicacao@pajunet.com.brRastreabilidade On-Linewww.viapajucara.com.brEstrada Transportes Ltda Ronaldo Meira - Presidente Executivo 3 Sul Transporte Rod. de Cargas 181 9.985.034,67 406.643 AutomotivoAv. Nossa Senhora de Fátima, 353 Sudeste Oriundas do Comércio ExteriorSantos - SP - CEP: 11085-203 Centro-oeste (Importação e Exportação)Fone: (13) 3298-2000 - Fax: (13) 3203-1230Armazens geraisestrada@estrada.com.brRedex, Armazenamento dewww.estrada.com.brContâineres, proj. custom.Expresso Itaúna Ltda Helder Andrade - Diretor 5 n.i n.i. n.i. n.i. n.i. TêxtilRua do Horto, 686 - Distrito IndustrialItaúna - MG - CEP: 35680-970Fone/Fax: (37) 3242-2000www.expressoitauna.com.brExpresso Jundiaí Logística e Transporte Ltda Romeu Natal Panzan-Dir. Adm.Financeiro Sul Trans. de cargas fracionadasAv. Antonio F. Ozanam, 6.200 - V. Rio Branco Carlos Alberto Panzan-Dir. Comercial Sudeste Armazenagem geral Perfumaria,Jundiaí - SP - CEP: 13215-276 Ademir Panzan-Dir. Operacional 43 Projetos e Consultoria 670 30 milhões 300.000 CosméticosFone: (11) 2152-6000 - Shirley P.Manzato-Dir.Adjunta Logística e distribuição e Higiene PessoalFax: (11) 2152-6000www.expressojundiai.com.brGestão de estoques in-houseMontagem de kits eEmbalagemFROTA&Cia - Agosto 2011 - 119FROTA&Cia - Agosto 2011 - 119


empresastop do transporte 2011 - perfilEMPRESA DIRETORIA FILIAIS REGIÃO SERVIÇOS FROTA QUILOMETRAGEM TONELAGEM INDICADO NOSONDE OPERA OFERECIDOS PRÓPRIA ANUAL (KM) TRANSP/ANO SEGMENTOSExpresso M2000 Ltda Marcos Antonio Costa - Dir. Financeiro Norte JIT, Cargas especiais, fechada eR. Dois, 225 - Distr. Industrial Riacho das Pedras” Ronan Gomes Oliveira - Dir. Comercial Sul fracionada, Locação deContagem - MG - CEP: 32250-010 4 Sudeste empilhadeira, Armazenagem, 47 14.400.000 243.000 EletroeletrônicoFone: (31) 2129-0200 - Fax: (31-) 2129-0202 Nordeste Coleta terceiriz., Op. Logm2000@expressom2000.com.br Centro-oeste rodoaéreo, rodoferroviáriowww.expressom2000.com.brTerminal retroportuário edistribuição, DistribuiçãoExpresso Maringá Transportes Ltda Carlos Alberto Xavier - Dir. Geral SulRua Rebouças, 828 Zona 10 Olair Maronesi Ratão - Dir. Comercial SudesteMaringá 5 - PR - CEP: 87030-410 39 Centro-Oeste 235 n.i n.i. CalçadistaFone: (44) 4009-6363/8 - Fax: (44) 4009-6300sergiofreitas64@gmail.comwww.maringatransportes.com.brExpresso Mirassol Ltda Celso R.Salgueiro Filho-Dir.Com.e Adm. Sul n.i n.i. n.i. n.i.Rua José Campanella, 578 Dalton R.Salgueiro-Diretor Operações SudesteGuarulhos - SP - CEP: 07112-100 22 Nordeste AutomotivoFone: (11) 2141-1211 - Fax: (11) 2141-1234Centro-Oestecomercial@expressomirassol.com.brwww.expressomirassol.com.brExpresso Nepomuceno S/A Sul Automotivo, Papel e CeluloseR. Alcidez Tomaz da Silva, 15 - Dist. Industrial Tania Mara S.Castro-Dir.Adm. e Fin. Sudeste Sulcroalcoleiro, QuímicoLavras - MG - CEP: 37200-000 Agnésio C. Souza Neto-Dir.Op. e Compras 22 Nordeste Armazenagem geral, coleta 1.300 n.i. n.i. AutomotivoFone: (35) 3694-9900 - Fax: (35) 3821-9900 Agnaldo de S. Fillho - Dir. Cial e Projetos terceirizada, distribuiçãocomercial@expressonepomuceno.com.brEmbalagemwww.expressonepomuceno.com.brOperador logísticoExpresso São Miguel LtdaRua Plinio Arlindo de Nes, 5040-EChapecó - SC - CEP: 89805-290 n.i. n.i. n.i. n.i. n.i. n.i. n.i.Fone/Fax: (49) 3361-6666comercial@expressosaomiguel.com.brwww.expressosaomiguel.com.brBrinquedosGafor Transportes S.A. Sergio Maggi - Presidente Norte Distribuição, oper. agrícolasRua Dr. Humberto Giannella, 451 Luiz Henrique Garcia - Dir. de RH Sul Transp. rodoviário, intermodal,Barueri - SP - CEP: 06422-130 Luiz Carlos Magalhães - Dir. Comercial 51 Sudeste internacional, locação de 2105 76.844.369 n.i. QuímicoFone: (11) 2164-0700 Mauricio Duarte - Dir. Financeiro Nordeste equip., gestão de estoques,comercial.logistica@gafor.com.br Centro-oeste armazenagem, transportewww.gafor.com.brde contâiner, escoltaGefco Logística do Brasil Ltda Gonzague Collong - Dir. Geral 10 Norte Transp.Rodoviário, aéreo e 9 n.i. 400.000 AutomotivoPr. Quinze de Novembro, 20 - Parte 401 Luiz Alcantara - Dir. Oper. Rodov. e Log. Sul marítimo. Aduana, aramaz. GeralRio de Janeiro - RJ - 20010-010 André Bortolotto - Dir. Log. de Veículos Sudeste Despach., distribuição, embalagemFone: (21) 2103-8127 - Fax: (21) 2103-8314 Klaus Affeldt - Dir. Oper.Aéreas e Marít. Nordeste Oper. Intermodal, logísticocontatos_brasil@gefcologistica.com.br Adriana Pedreira - Dir. Comercial e MKT Centro-oeste Rodoaéreowww.gefco.com.brHamburgo Cargas Ltda Cesar Kramer - Diretor n.i n.i. n.i. n.i. n.i. n.i. CalçadistaRua Carlos Germano Burckle, 200 - IdealNovo Hamburgo - RS - CEP: 93334-150Fone/Fax: (51) 3587-7666hamburgo@hamburgocargas.com.brwww.hamburgocargas.com.brHRB Transportes Rápidos Ltda Remi Jacó Birck - Dir. Presidente Coleta e distribuiçãoRua Sergipe, 77 Ana Lucidia Birck - Dir. Administrativa de carga fracionadaIgrejinha - RS - CEP: 95650-000 Henrique Rodrigo Birck - Dir. Comercial 5 Sul 15 2.900.000 10.245 CalçadistaFone: (51) 3545-1038/1861 - Fax: (51) 3545-1038hrb@hrb.com.brwww.hrb.com.brÍmola Transportes Ltda Roberto Vilela - Presidente Sudeste Carros refrigerados, entregasR. Marcos Penteado de Ulhoa Rodrigues, 491 Tamires Vilela - Vice-Presidente Centro-Oeste de medicamentos, cosméticos,Barueri - SP - CEP: 06460-040 L.C. Fontes - Diretor Comercial 8 correlatos, eletrônicos 119 199.600 n.i. FarmacêuticoFone: (11) 3255-2704 Marcio Fontes - Responsável Comercial Armazenagem geralwww.imola.com.br Nei Canella - Responsável Operacional DistribuiçãoSeverino Silva - Responsável OperacionalEmbalagemInicial Transporte Logistica e Armazen. Ltda Danilo Tadeu Poveda - Cial/Operacional Norte Transporte de carga química eRua Angeles Martinez Escanilha, 25 Rodrigo Ap. Poveda - Adm./Financeiro Sul pesados (carreta prancha)Votorantim - SP - CEP: 18110-145 2 Sudeste Transportes à nivel nacional - 20 1.500.000 75.000 SiderúrgicoFone/Fax: (15) 3335-3470 Nordeste Sider, Carga Seca, Graneleiro einicialtransportes@inicialtransportes.com.br Centro-oeste Baúwww.inicialtransportes.com.br


| edição nº115 | Set | 2011 | 121 3EMPRESA DIRETORIA FILIAIS REGIÃO SERVIÇOS FROTA QUILOMETRAGEM TONELAGEM INDICADO NOSONDE OPERA OFERECIDOS PRÓPRIA ANUAL (KM) TRANSP/ANO SEGMENTOSJamef Transportes Ltda. Adriano Depentor - Dir. Presidente Norte Transporte de carga fracionada EletroeletrônicoR. Dr. José A. Cançado Bahia, 1810 - Cid.Indial. Pedro Maniscalco - Dir. de Operações Sul Encomendas CalçadistaContagem - MG - CEP: 32210-130 Vilibaldo Vasconcelos - Dir. Adm.Fin. 18 Sudeste Trans. De produtos sensíveis 527 19.020.233 182.084 SiderúrgicoFone: (31) 2102-8888 - Fax: (31) 2102-8803 José P. Nogueirão - Dir. Comercial e Mkt. Nordeste Distribuição, escoltajamef@jamef.com.br Centro-oeste Operador intermodalwww.jamef.com.brRodoaéreoKenya S/A Transporte e Logística Franco Tegon - Diretor Sul Armazenagem geral, coletaRua Santa Angelina, 256 Eduardo Valenti - Dir.Comercial Sudeste terceirizada, distribuição,Guarulhos - SP - CEP: 07053-122 Mauricio Rodrigues - Dir. de Operações 23 Nordeste Embalagem, escolta, 280 n.i. 350.000 QuímicoFone: (11) 2086-9350 - Fax: (11) 2421-4912 Heinz Sagmeister - Dir. Adm./Financeiro Centro-oeste Operador Logísticodanielle@kenya.com.brwww.kenyalog.com.brrodoaéreo, transit point, cargafracionada, frota dedicadaseco e refrigerado,lotação, deliveryLuft Logistics Mário Ari Luft - Presidente Norte Logistica e TransportesAlameda Mamoré, 535 - 13º. Andar Sul Armaz.Geral; Coleta Terceirizada;Barueri - SP - CEP: 06454-040 n.i. Sudeste Despachante; Distribuição; n.i n.i. n.i. FarmacêuticoFone: (11) 4688-0020 - Fax: (11) 4689-4343 Nordeste Embalagemgrupoluft@grupoluft.com.brEscolta; Oper.Logísticowww.grupoluft.com.bre RodoaéreoLune Transportes Rodoviários Ltda Marcio Henrique Stackfledt - Diretor 1 n.i n.i. n.i. n.i. n.i. Químico/R. Constantino Scarabellini, 95 - Engordadouro PetroquímicoJundiaí - SP - CEP: 13214-716Fone/Fax: (11) 4531-8591www.lunetransportes.com.brFROTA&Cia - Agosto 2011 - 121FROTA&Cia - Agosto 2011 - 121


empresastop do transporte 2011 - perfilEMPRESA DIRETORIA FILIAIS REGIÃO SERVIÇOS FROTA QUILOMETRAGEM TONELAGEM INDICADO NOSONDE OPERA OFERECIDOS PRÓPRIA ANUAL (KM) TRANSP/ANO SEGMENTOSLuseanna Ex Transportes Rodoviários LtdaRua Dr. Afonso Vergueiro, 878 - Vila MariaPerfumaria,São Paulo - SP - CEP: 02116-001 Sebastião Prudente - Diretor 1 n.i. n.i. n.i. n.i. n.i. CosméticosFone: (11) 2954-5668e Higiene Pessoalwww.luseannaex.com.brMalta Transportes LtdaAv. Industrial, 1000 - RoseiraSão José dos Pinhais - PR - CEP: 83070-205 Cézar Santana - Diretor 2 n.i. n.i. n.i. n.i. n.i. AutomotivoFone/Fax: (41) 3525-5000www.maltatransportes.com.brMCP Transp. Rod. Ltda (Estrela do Oriente) Claudio Lages - Diretor Comercial Sul Transp.Cargas Fechadas BrasilRua Constantino Moro Sobrinho, 299 Paulo Silva - Diretor Administrativo Sudeste Transp.Cargas Fracion.para SPCuritiba - PR - CEP: 83085-300 Paulo Roberto - Diretor Operacional 2 e PR, Transp. Cargas Químicas n.i. n.i. n.i. EletroeletrônicoFone/Fax: (41) 3388-9898 Antoni Giorgi - Diretor Financeiro Armaz.geral; Col.terceiriz.;comercial@estrelaoriente.com.brEmbalagem e Op. Logísticowww.estrelaoriente.com.brDistribuiçãoMeridional Cargas LtdaRua Dois, 230 - Distrito Industrial.Jardim Riacho das PedrasContagem - MG - CEP: 32250-010 n.i 8 n.i. n.i. n.i. n.i. n.i. EletroeletrônicoFone/Fax: (31) 3211-0850bhz@meridionalcargas.com.brwww.meridionalcargas.com.brMira OTM Transportes Ltda Roberto Mira - Presidente Centro-Oeste Transportes de cargas em geral, Perfumaria, CosméticosRua São Quirino. 1090 Carlos Alberto Mira - Vice-Presidente fracionadas e lotação, distr. e Higiene PessoalSão Paulo - SP - CEP: 02056-070 20 tranferência, porta a porta 450 14.224.390 318.118 BrinquedosFone: (11) 2142-9090 Armazenagem geral, coleta Eletroeletrônicostransportes@mira.com.br terceirizada, embalagem Têxtilwww.mira.com.brEscolta, oper. Intermodal, logís.MTR Transportes Ltda André G. Ziehlsdorff - Dir. Superint. Sul Têxtil, Cosméticos, Perfumaria,Rod. BR 470, Km 54 - nº2.555 Nelson Ziehlsdorff - Diretor Presidente Sudeste Eletroeletrônicos. CosméticosBlumenau - SC - CEP: 89066-010 Odair Bernardi - Ger. Nacional de Vendas 11 Armazenagem geral 227 n.i. 150.000 e Higiene PessoalFone: (47) 3321-2100 - Fax: (47) 3321-2110 Carlos Benvenutti - Ger. Nac. de Oper. Coleta Terceirizada Eletroeletrônicoodair.bernardi@mtr.com.brDistribuição e embalagemwww.mtr.com.brGuarda documentosNova Minas Transportes e Locações Ltda Rodinei Nunes de Moraes - Diretor 6 Norte Carga LotaçãoR. Lucy Vasconcelos Teixeira, 150 - M. do Paraíso Sul Frota DedicadaPouso Alegre - MG - CEP: 37550-000 Sudeste Armazenagem geral 120 4.200.000 n.i. EletroeletrônicoFone: (35) 2102-1000 - Fax: (35) 2102-1013 Nordeste Distribuiçãoatendimento@novaminas.com.br Centro-oeste Transit pointwww.novaminas.com.brPatrus Transportes Urgentes Ltda Marcelo Martins Patrus - Dir.-Presidente Sul Carga e distribuição fracionada Perfumaria, CosméticosRua José Afonso Barbosa Melo, 145 - B. Cinco Marco Antonio M. Patrus - Dir. Adm. Fin. Sudeste Operação e Higiene PessoalContagem - MG - CEP: 32010-100 Marina M. Patrus - Dir. TI, RH e Nordeste 600 51.600.000 290.730 TêxtilFone: (31) 2191-1000 - Fax: (31) 2191-1030 Comunicação 64 Eletroeletrônicocomunicacao@patrus.com.br Rejane A.Vasco - Dir. operacional Calçadistawww.patrus.com.brPlanalto Transportes Ltda Pedro Antonio Teixeira - Dir. Presidente Sul Transp.Rodov.Cargas, passageirosRod. BR 158 Km 323, nº 800 Reinaldo Hermann - Dir. Geral Sudeste Fretamento e turismoSanta Maria - RS - CEP: 97095-080 Alexsandro Ribeiro - Dir. Adm. Financeiro n.i. Centro-Oeste Coleta Terceirizada e 42 1.598.250 n.i. FarmacêuticoFone: (55) 3220-7499 - Fax: (55) 3220-7313 Maria C. T. Dal Ponte - Dir. Financeira Distribuiçãodiretoriapoa@jmt.com.brwww.planalto.com.brRapidão Cometa Logística e Transporte S/A Américo Filho - Presidente Norte Transp.Rodov.Carga Fechada;Av.Eng.Antonio de Goes, 60 -16º Andar - Pina Sebastião Marinho - Vice-presidente Sul Fracionada; Aérea, Distrib.B2C AutomotivoRecife - PE - CEP: 50740-250 Ricardo Araújo - Diretor Comercial 45 Sudeste Armaz.geral; Col.terceiriz.; 3.000 n.i. n.i. FarmacêuticoFone: 4002-5050 - Fax: (81) 3464-5210 Rafael Mansilla - Diretor Planej./TI Nordeste Despac.; Embalagem; Escolta;rapidaocometa@rapidaocometa.com.br Erica Mansilla - Diretora de RH Centro-Oeste Op.Intermodal; Op.logístico,www.rapidaocometa.com.br Luiz Vasconcelos - Diretor Financeiro rodoaéreo, rodofluvialManoel Leite - Diretor Operacionale Transit PointRápido Igrejinha Transporte Ltda Marcelo Daniel Wagner - Sócio Diretor Transp. Rodov., Prod. Químicos; 25 1.028.169 31.682 Químico/Rua 25 de Julho, 194 - Centro Nadia Angelica K.Wagner - Sócia Diretora 1 Sul Prod. ind. calçados; prod. constr. PetroquímicoIgrejinha - RS - CEP: 95650-000civil, prod. ind. confecções,Fone: (51) 3545-1895 - Fax: (51) 3545-7989prod., ind.moveleira.rapidoigrejinha@tca.com.brArmazenagem geral e distribuição


| edição nº115 | Set | 2011 | 123 3EMPRESA DIRETORIA FILIAIS REGIÃO SERVIÇOS FROTA QUILOMETRAGEM TONELAGEM INDICADO NOSONDE OPERA OFERECIDOS PRÓPRIA ANUAL (KM) TRANSP/ANO SEGMENTOSRápido Labarca Transportes LtdaRua Prefeito Hugo Sperb, 99 - Casa da PedraIgrejinha - RS - CEP: 95650-000Fone/Fax: (51) 3549-1012 Jonas Ruppenthal - Diretor 2 n.i. n.i. n.i. n.i. n.i. Calçadistacomercial@labarca.com.brwww.labarca.com.brRápido Transpaulo Ltda Augusto Grando - Diretor Presidente Norte Transporte de carga fracionadaRua Berto Cirio, 3.700 Ivanilde Pistorello - Diretora Executiva Sul Armazenagem geral; ColetaCanoas - RS - 92420-030 25 Sudeste Terceirizada; Distribuição 300 n.i. n.i. TêxtilFone: (51) 3462-4500 - Fax: (51) 3462.4531 Centro-Oeste Calçadistatranspaulo@transpaulo.com.brwww.transpaulo.com.brRDA Transportes Sensíveis LtdaRua Ipiranga, 361 - Vila GalvãoGuarulhos - SP - CEP: 07074-120 Romero Augusto - Diretor n.i. n.i. n.i. n.i. n.i. n.i. Metalúrgico/Fone/Fax: (11) 2452-7508Siderúrgicordatransportes.com.brRemac S/A Transportes RodoviáriosErick Miyasaki - Diretor PresidenteRua Treze de Dezembro, 66Katsumi Shizuno - Diretor ComercialSala 73 - 7º.and. - Centro Jair Paschoalon - Diretor Operacional n.i. n.i. n.i. n.i. n.i. n.i. CalçadistaSão Paulo - SP - CEP: 01014-010Fone: (11) 3465-7777 - Fax: (11) 3465-7778comercial@remac.com.brwww.remac.com.brFROTA&Cia - Agosto 2011 - 123FROTA&Cia - Agosto 2011 - 123


empresastop do transporte 2011 - perfilEMPRESA DIRETORIA FILIAIS REGIÃO SERVIÇOS FROTA QUILOMETRAGEM TONELAGEM INDICADO NOSONDE OPERA OFERECIDOS PRÓPRIA ANUAL (KM) TRANSP/ANO SEGMENTOSRodo Fort Sistema Integrado Transp. LtdaRua João Lourenço, 186 - Vale VerdeValinhos - SP - CEP: 14802-130Fone/Fax: (19) 3881-1311 Natal Pereira Caliatto - Diretor 2 n.i. n.i. n.i. n.i. n.i. Metalúrgico/Siderúrgicocomercial@rodofort.netwww.rodofort.netRodogarcia Transportes Rodoviários Ltda Marcelo Garcia - Diretor Comercial 11 Norte Operações Customizadas, 157 9.500.000 130.800 Químico/PetroquímicoRua Arcangelo Napoleone, 163 - Vila Honorina Mauricio A. Garcia - Dir. Operacional Sul Contêineres,Agudos - SP - CEP: 17120-000 Antonio Carlos Dalbeto - Dir. Financeiro Sudeste Encomendas,Fone/Fax: (14) 3262-8540 Nordeste Químicos e Lotaçãocontato@rodogarcia.com.br Centro-Oeste Coleta Terceirzada,www.rodogarcia.com.brDistribuição eEmbalagemRodonaves Transportes e Encomendas Ltda João Braz Naves - Presidente Sul Transporte de carga Metalúrgico/SiderúrgicoR. Gal. Augusto Soares dos Santos, 550/683 Vera Lúcia M. Naves - Voice-Presidente Sudeste seca fracionada e lotação Automotivo/FarmacêuticoRibeirão Preto - SP - CEP: 14095-240 Mateus O. Naves - Dir. Novos Empreend. 9 Centro-Oeste 522 109.000 400.000 Perfumaria, Cosmético eFone: (16) 2101-9984 - Fax: (16) 2101-9954 Everaldo de Araújo - Dir. Administrativo Higiene Pessoalrodonaves@rte.com.br Dorival P. Sobrinho - Dir. Adj. MKT e Cial Calçadista, Têxtilwww.rte.com.br Antonio S. Petruco - Dir. Operacional Papel e CeluloseIndústria de BrinquedosRodoviário Cassiano Log. e Armaz. LtdaRod. Washington Luiz, Km 171,7 - Cx. P. 476Perfumaria,Rio Claro - SP - CEP: 13500-970 Fausto Botelho - Diretor 8 n.i. n.i. n.i. n.i. n.i. CosméticoFone/Fax: (19) 2112-4311e Higiene Pessoalwww.cassiano.com.brRodoviário Ramos Ltda Marcelo Ramos - Presidente Norte Transporte Rodoviário de CargaRua Visconde de Rio Branco, 931 Jacinto Júnior-Vice - Presidente Sul Transporte Aéreo de Cargas Metalúrgico/SiderúrgicoTeófilo Otoni - MG - CEP: 39800-118 Tibério Ramos - Vice-Presidente 67 Sudeste Transporte 958 6.500.000 485.000 FarmacêuticoFone: (33) 3521-4432 - Fax: (33) 3522-1024 Bruno Ramos - Diretor Administrativo Nordeste Produtos Farmacêuticos Têxtilramos@ramos.srv.br Klebson Campos - Diretor Comercial Centro-Oestewww.ramos.srv.brAguinaldo Claret - Diretor ComercialEduardo Cardoso - Diretor OperacionalSat Log Serv.Armaz. Gerais, Transp.Log. Ltda Norte Transp.Cargas alto valor agregadoAv. Sebastião Henrique C.Pontes, s/n Sul Cargas Fracionadas, TransitSão José dos Campos - SP - CEP: 12238-365 José Carlos Pagliarin - Presidente 4 Sudeste Point e Distri.SP -Oper.Log. 722 7.389.569 103.140 EletroeletrônicoFone: (12) 4009-9400 - Fax: (12) 4009-9420 Nordeste In-house -Armaz.Geral, Col.Terceir.comercial@satlog.com.br Centro-Oeste Despach.;Distrib.,Embalagemwww.satlog.com.brOp.Logístico e intermodalSua Majestade Transp.Log.e Armaz. Ltda Ricardo N. Simões - Diretor Executivo 10 Nordeste Transportes, logística 80 140.000 33.725 BrinquedosRua Pardal, 04 - Canindé Juarez Guedes - Diretor Operacional Armazenagem e Metalúrgico/SiderúrgicoSão Paulo - SP - CEP: 03035-120 Carlos Roberto Cossão - Dir. Financeiro Operador logísticoFone: (11) 3322-6244 - Fax: (11) 3227-3160sm@suamajestade.com.brwww.suamajestade.com.brSopro Divino Express Transportes LtdaRua Achilina Fachini, 429 - Prédio 16Perfumaria,Araras - SP - CEP: 13607-010 Marco Antonio Logli - Diretor n.i. n.i. n.i. n.i. n.i. n.i. CosméticoFone/Fax: (19) 3544-8226e Higiene Pessoalwww.soprodivino.com.brTBB Cargo Ltda Gilberto Todescatto - Diretor Presidente 13 Norte Transporte de Carga Fracionada 35 TêxtilRua Nestor de Holanda, 136 Ingrid Todescatto - Diretora Executiva Sul Distribuição, Escolta Metalúrgico/SiderúrgicoSão Paulo - SP - CEP: 02166-060 Sudeste e Rodofluvial n.i. n.iFone/Fax: (11) 2179-3000Nordesteingrid@bentobelem.com.brCentro-Oestewww.bentobelem.com.brTecmar Transportes Ltda Rafael Spessoto - Diretor Administrativo n.i. Sul Transp. Rodov. para os ramos 769 198.000.000 1.056.000 TêxtilRua da Congregação, 200 Erica Spessoto - Diretora Financeira Sudeste de Autopeças, Perfumaria,Embu - SP - CEP: 06816-005 Norberto A. Spessoto - Diretor Executivo Nordeste Cosméticos e Hig. Pessoal,Fone/Fax: (11) 3238-1400 Gerson Luiz Spessoto - Diretor Executivo Centro-Oeste Químico e Farmacêutico,tecmar@tecmartransportes.com.brArmaz.Geral, Col.Terceirizada,www.tecmartransportes.com.brDespach.,Distrib.,Embal. e EscoltaTede Transportes Ltda - (Transduarte)Rod. RS 239 Km 14, n° 2.350 - OperárioNovo Hamburgo - RS - CEP: 93352-000 Fábio Gomes - Diretor Administrativo 13 Sul Transporte de Cargas fracionadas n.i. n.i. n.i. TêxtilFone/Fax: (51) 3584-3500Sudestecomercial@transduarte.comwww.transduarte.com


| edição nº115 | Set | 2011 | 125 3EMPRESA DIRETORIA FILIAIS REGIÃO SERVIÇOS FROTA QUILOMETRAGEM TONELAGEM INDICADO NOSONDE OPERA OFERECIDOS PRÓPRIA ANUAL (KM) TRANSP/ANO SEGMENTOSTermaco Term.Marit.Containers e Serviços Carlos Maia - Diretor n.i. Sudeste n.i. n.i. n.i. n.i. Perfumaria,Rua Erneste Igel, 200 - Macuripe Nordeste CosméticosFortaleza - CE - CEP: 60182-590e Higiene PessoalFone/Fax: (85) 3388-5600gerentesatisfacao.matriz@termaco.com.brwww.termaco.com.brTG Transportes Gerais e Distribuição Ltda Adailton Alfenas A. Filho - Dir.Oper. Sudeste Transporte Rodov.Cargas deRua Viana do Castelo, 1007 Luiz Carlos R.da Silva - Dir. Comercial Centro-Oeste Cosméticos, Medicamentos,Belo Horizonte - MG - CEP: 31255-160 Maria Alice Dias - Diretora Administrativa 6 Calçados, Tecidos e 34 n.i. 40.000 FarmacêuticoFone: (31) 3069-1700 - Fax: (31) 3069-1732Prod.Químicostgbh@tgtransportes.com.brDistribuiçãowww.tgtransportes.com.brTNT Mercúrio Cargas e Encom. Exp. S/A Toby Grey - Presidente Norte Serviço rodoviário doméstico Perfumaria,Av. Alexandre Colares, 500 Mario Souza - Diretor Financeiro Sul Serviço aéreo internacional CosméticosSão Paulo - SP - CEP: 05106-901 Luiz Orlando Fração - Dir. Vendas e MKT 126 Sudeste Serviço rodoviário internacional 2.500 106.,000.000 760.000 e Higiene PessoalFone/Fax: (11) 2108-2800 Alcir Antonio Fração - Dir. de Operações Nordeste Serviço aéreo doméstico Farmacêuticomarketing.sao@tntbrasil.com.br Gilberto Antonio Fração - Diretor de RH Centro-Oeste Col.Terceir.,Despachante, Calçadistawww.tnt.com/br Fabiano Fração - Dir. de Tec. e Informação Distrib., Embalagem, Escolta, Metalúrgico/SiderúrgicoCarlos Ienne - Dir. Geral TNT Express Op.Intermod, Rodoaéreo AutomotivoTquim Transportes Ltda Roberto Afonso de Oliveira - Diretor n.i n.i. Transportes Rodov.de granéis n.i. n.i. n.i. Químico/PetroquímicoAv. Casa Grande, 480 - Bloco B Jd. Portinarilíquidos, embaladosDiadema - SP - CEP: 09961-350Armazenagem e distribuiçãoFone; (11) 4066-7007 - Fax: (11) 4066-3007tquim@tquim.com.brwww.tquim.com.brFROTA&Cia - Agosto 2011 - 125FROTA&Cia - Agosto 2011 - 125


empresastop do transporte 2011 - perfilEMPRESA DIRETORIA FILIAIS REGIÃO SERVIÇOS FROTA QUILOMETRAGEM TONELAGEM INDICADO NOSONDE OPERA OFERECIDOS PRÓPRIA ANUAL (KM) TRANSP/ANO SEGMENTOSTransal - Transportadora Salvan Ltda Rodeni Salvan - Diretor Sul Transportes de Prod.QuimicosRod. SC 445, Km 2,5 - s/nº - B.Capelinha Rosimere P. Salvan - Vice-Diretor Sudeste Transportes de líquidos a granel,Morro da Fumaça - SC - CEP: 88830-000 Denilson A. Teixeira - Ger.Administrativo 6 Cargas fechadas e fracionadas 220 10.200.000 250.000 Químico/PetroquímicoFone: (48) 3411-1000 - Fax: (48) 3411-1029 Lucas Salvan - Ger.Financeiro Armazenagem geral,transal@transaltransportes.com.br Conrado D. Mazzucco - Ger.Comercial Despachante, Distribuiçãowww.transaltransportes.com.brTransjoi Transportes Ltda Odolyr Izotton - Diretor Sul e Sudeste Carga fracionadaAv. Plinio Kroeff, 1.240Altaides Isotton - DiretorPorto Alegre - RS - CEP: 91150-170 Valter Antonio Isotton - Diretor 5 Todas as regiões Carga fechada n.i. n.i. n.i. AutomotivoFone: (51) 2101-5600 - Fax: (51) 2101-5680 Lauri Antonio Suzin - Diretor Metalúrgico/Siderúrgicoportoalegre@transjoi.com.brwww.transjoi.com.brTranskanalti Transportes e Logística Ltda Ronaldo B. dos Santos - Dir. Comercial 1 Sul Transp.Rodov. Espuma industrial 38 5.640.000 122.100 BrinquedosRua Barão de Cotegipe, 180 - Jd. Casa Grande Edson Sparapan - Dir.Administrativo Sudeste Colchões e Acessários,Diadema - SP - CEP: 09961-670 Gleidson de Oliveira - Dir. de Log. (Sanko) Centro-oeste Brinquedos, Fraldas eFone/Fax: (11) 4043-1509 Mauro Vasconcelos - Dir. de Manutenção Embalagens, Armazenagem geral,transkanalti@transkanalti.com.br Marcelo Martins - Dir. de Log. (Sankofort) Coleta terceirizadawww.transkanalti.com.br Marcos A. Brito - Dir. de Logística (Sanko) DistribuiçãoTransligue Transportes e Serviços Ltda Asta Naas - Diretora 2 n.i. n.i. n.i. n.i. n.i. AutomotivoAv.Prefeito Waldemar Grubba, 2811 - Vila LalauJaraguá do Sul - SC - CEP: 89256-501Fone/Fax: (47) 3371-1544transligue@transligue.com.brwww.transligue.com.brTransoliveira Transportes Ltda José Osvaldo de Oliveira - Diretor 1 n.i. n.i. n.i. n.i. n.i. TêxtilRod. BR 470 - Km 141, n° 6.505 - Canta GaloRio do Sul - SC - CEP: 89160-000Fone/Fax: (47) 3525-1535atendimento@transoliveira.srv.brwww.transoliveira.srv.brTranspacífico Transporte Rodoviário Ltda João Carlos de Quadros - Diretor 11 Norte n.i. n.i. n.i. n.i. Perfumaria,Rua Eduardo Froner, 912 - Bonsucesso Nordeste CosméticosGuarulhos - SP - CEP: 07243-590e Higiene PessoalFone/Fax: (11) 2303-4022filialsaopaulo@transpacifico.com.brwww.transpacifico.com.brTransportadora Americana Ltda Celso Delle Donne Luchiari - Diretor Sul Transp.Rodov.computadores eAv.Com.Thomaz Fortunato, 3466 Carlos Panzan - Diretor Sudeste periféricos, eletroeletrônicos,Praia dos Namorados 22 Centro-Oeste farmacêut., cosmético, higiene 450 9.131.232 198.785 FarmacêuticoAmericana - SP - CEP: 13466-580e perfumaria, têxtil, confecção eFone: (19) 2108-9000 - Fax: (19) 2109-9001calçados, autopeças, e-commercecontato@tanet.com.brArmaz.geral.;Distrib.; Escolta;www.tanet.com.brEmbal., Op.Logist., RodoaéreoTransportadora Capela Ltda Mauro Azevedo - Diretor n.i. n.i. n.i. n.i. n.i. n.i. Químico/PetroquímicoRua Amador Bueno, 325 - CentroSantos - SP - CEP: 11013-151Fone/Fax: (13) 3224-9823capela.coml@bsnet.com.brwww.transportadoracapela.com.brTransportadora Capivari Ltda José Otávio Bigatto - Diretor 8 Sudeste Transp.de Lubrificantes, A.Peças, 250 8.000.000 310.800 Químico/PetroquímicoRod. Santo dumont Km 72,5 - Jd. N. Mercedes Nordeste Produtos Químicos embalados,Campinas - SP - CEP: 13052-448 Centro-Oeste Carga seca em geral, excetoFone: (19) 3765-8700alimentos e medicamentoscomercial@capivarinet.com.brArm.Geral, Col.Terceirizadawww.capivarinet.com.brDistribuição e Op.LogísticoTransportadora Colatinense Ltda Sérgio Ney de Araújo - Dir. Executivo 14 n.i. n.i. n.i. n.i. n.i. CalçadistaRod. BR 262 Km 5, nº 5812 - Campo GrandePerfumaria, Cosméticos,Cariacica - ES - CEP: 29146-012e Higiene PessoalFone/Fax: (27) 2122-8000colatinense@colatinense.com.brwww.colatinense.com.brTransportadora GM Sul Ltda Monica Jung - Diretora n.i. n.i. n.i. n.i. n.i. n.i. Químico/PetroquímicoRua dos Butias, 34 - CentroNova Santa Rita - RS - CEP: 92480-000Fone/Fax: (51) 3479-4444gmlog@gmlog.com.brwww.gmlog.com.br


| edição nº115 | Set | 2011 | 127 3EMPRESA DIRETORIA FILIAIS REGIÃO SERVIÇOS FROTA QUILOMETRAGEM TONELAGEM INDICADO NOSONDE OPERA OFERECIDOS PRÓPRIA ANUAL (KM) TRANSP/ANO SEGMENTOSTransportadora Hammes Ltda Flavio R. Hammes - Dir.Administrativo Sul Transp.rodov.de cargas líquidasRua Almirante Barroso, 1332 - 2º andar Jaqueline E. Hammes - Dir.Financeira SudesteSão Lourenço do Sul - RS - CEP: 96170-000 6 Nordeste n.i. n.i. n.i. Químico/PetroquímicoFone/Fax: (53) 3251-3419paulinho@trhammes.com.brwww.trhammes.com.brTransportadora Lagoinha Ltda Hebert M. do Carmo - Dir. Com. Operac. Sudeste Trans.Rodov.FracionadoVia de Acesso 08-Qd.G Lt.10 - Chac.Marivânia Aline M. do C. Rezende - Dir. Adm.e Financ. Centro-Oeste e LotaçãoAparecida de Goiania - GO - CEP: 74923-170 3 Armazenagem geral, coleta 35 3.906.027 n.i. FarmacêuticoFone/Fax: (62) 3545-6333terceirizada e Distribuiçãosac@lagexpress.com.brwww.lagexpress.com.brTransportadora Mauá Ltda Tiojium Metolina - Diretor Presidente n.i. Sudeste Transporte rodoviário produtos 111 2.733.195 158.520 EletroeletrônicoAv.Papa João XXIII, nº 4234 - Sertãozinho Teruko M. Metolina - Diretora Financeira químicos e petroquímicos,Mauá - SP - CEP: 09370-800Farmacêuticos,Fone: (11) 4543-8000 - Fax: (11) 4543-8008Alimentos e Auto Peçastmmaua@tmmaua.com.brArmazenagem geralwww.tmmaua.com.brOperador LogísticoTransportadora Minuano Ltda João T. Krás Borges-Dir. Presidente Sul Transporte rodoviárioAv.Sertório, 2.155 Jaime Krás Borges - Diretor Comercial Sudeste cargas fracionadasPorto Alegre - RS - CEP: 91030-541 Marina K. Borges - Dir. Financeira / RH 5 Encomendas e Distribuição 112 13.313.244 130.702 FarmacêuticoFone: (51) 2121-0999Fernando K. Borges - Dir.Operações e TIFax: (51) 2121-0922minuano@transminuano.com.brwww.expressominuano.com.brFROTA&Cia - Agosto 2011 - 127FROTA&Cia - Agosto 2011 - 127


empresastop do transporte 2011 - perfilEMPRESA DIRETORIA FILIAIS REGIÃO SERVIÇOS FROTA QUILOMETRAGEM TONELAGEM INDICADO NOSONDE OPERA OFERECIDOS PRÓPRIA ANUAL (KM) TRANSP/ANO SEGMENTOSTransportadora Pituta Ltda n.i. 7 Norte Transporte rodoviário de 250 60.000.000 250.000 AutomotivoAv. José Pereira de Souza Dias, 1.000 Sul geral de cargasParaisópolis - MG - CEP: 37660-000 Sudeste fechadas (lotação)Fone: (35) 3659-1400 - Fax: (35) 3651-1339 Nordeste Armazenagem geral,fernando@pituta.com.br Centro-Oeste Coleta terceirizada,www.pituta.com.brDespachante,DistribuiçãoOperador LogísticoTransportadora Plimor Ltda Plinio Luiz Bortoncello - Diretor Geral SulRodovia RS 122, Km 61 - Distrito Industrial Julhiano Bortoncelo - Dir. Adm. e Oper. Sudeste BrinquedosFarroupilha - RS - CEP: 95180-000 n.i. n.i. n.i. n.i. n.i. Químico/PetroquímicoFone/Fax: (54) 2109-1000Calçadistawww.plimor.com.brTransportadora Rebecchi Ltda João Rebecchi - Administração Geral 2 Sudeste Transporte rodoviário 28 1.200.000 295.000R. Profª. Aurea C. Gonçalves, 333- NV S. Vicente José Pedro S.Teles - Administração Geral de calçados, CalçadistaBirigui - SP - CEP: 16204-190 Enio Pereira - Administração Geral Matéria-prima de calçadosFone/Fax: (18) 3642-2099 Luciano Rebecchi - Administração Geral Cargas em geralluciano@transrebecchi.com.brColeta terceirizada ewww.transrebecchi.com.brDistribuiçãoTransportadora Risso Ltda Antonio Aparecido Risso - Diretor 26 n.i. n.i. n.i. n.i. n.i. Químico/PetroquímicoRua Thomaz Petri, 140Parque Industrial São DomingosBarra Bonita - SP - CEP: 17340-000Fone/Fax: (14) 3604-3000www.risso.com.brTransportadora Transfinal Ltda Mario Orlandi Júnior - Diretor Presidente 6 Norte Transp.de cargas fracionadas,Rod. BR 101 Km 291, s/nº - Nova Valverde Aloizi José Majevisck - Diretor Comercial Sul Consolidadas, Containerizadas, Perfumaria,Cariacica - ES - CEP: 29151-815 Sudeste Indivisíveis, Armazém geral, 380 8.500.00 144.000 CosméticosFone: (27) 3346-2777 - Fax: (27) 3346-2750 Nordeste Despachante, e Higiene Pessoaltransfinal@transfinal.com.br Centro-Oeste Distribuição,www.transfinal.com.brEmbalagem, Escolta,Operação Intermodal,Logística e rodoaéreo,Coleta TerceirizadaTransportes Adre LtdaRua Angelo Vasselai, 150 - LimoeiroBrusque - SC - CEP: 88356-350 André de Souza Filho - Diretor n.i. Sul n.i. n.i. n.i. n.i. TêxtilFone/Fax: (47) 3044-8065www.transportesadre.com.brTransportes Bertolini Ltda Irani Bertolini - Dir. Presidente Norte Transportes rodoviáriosR. Raimundo Nonato de Castro, 260 Carlos Mensatto - Dir. Comercial Sul Transporte fluvialManaus - AM - CEP: 69036-790 Daniel Carvalho - Diretor Administrativo 23 Sudeste e de cargas 2.075 184.800.000 439.743 Metalúrgico/SiderúrgicoFone: (92) 3672-4000 - Fax: (92) 3671-4470 Erasmo Bertolini - Dir. de Navegação Nordeste perigosas,tbl-mao@tbl.com.br Leda Casonatto - Dirª. Frota e Logística Centro-oeste Armazenagem geralwww.tbl.com.br Paulo Caleffi - Dir. de Gestão Operador Intermodal,Paulo César Bertolini - Dir. FinanceiroLogístico RodofluvialTerminal RetroportuárioTransportes Cavalinho Ltda Paulo Ricardo Ossani - Diretor Executivo Sul Transporte rodoviárioRod. BR 116, nº 9380 Liliana Ossani Zamboni - Dirª. de RH Sudeste de produtos a granel, bebidasVacaria - RS - CEP: 95200-000 Elizandra O. Bocchese - Dirª Adm. Financ. 4 Centro-oeste Distribuição e 334 26.827.537 1.507.401 Químico/PetroquímicoFone: (54) 3511-8000 - Fax: (54) 3511-8012 Bruno Bauer Soldatelli - Diretor Adjunto Nordeste Rodofluvialcavalinho@cavalinho.srv.brwww.cavalinho.srv.brTransportes Dalçoquio Ltda Augusto Dalçoquio Neto - Dir. Presidente Norte Transp.Rodov.prod.perigosos,Rod.Jorge Lacerda, 415 - BR 101 - Km 0 Emilio Dalçoquio - Diretor Operacional Sul Armazenagem geralItajaí - SC - CEP: 88317-100 Maria Regina Dalçoquio - Dir.Adm.Financ. n.i. Sudeste n.i. n.i. n.i. Químico/PetroquímicoFone/Fax: (47) 3341-3100 Antonio Bonomini - Diretor Comercial Nordestecomunicacao@dalcoquio.com.brwww.dalcoquio.com.brTransportes Dumar LtdaRua Joaquim Toniolo, 1261 - São Vandelino IIBento Gonçalves - RS - CEP: 95700-000 José Edes Raimunde - Diretor 1 n.i. n.i. n.i. n.i. n.i. EletroeletrônicoFone/Fax: (54) 2521-7800dumar@transportesdumar.com.brwww.transportesdumar.com.br


| edição nº115 | Set | 2011 | 129 3EMPRESA DIRETORIA FILIAIS REGIÃO SERVIÇOS FROTA QUILOMETRAGEM TONELAGEM INDICADO NOSONDE OPERA OFERECIDOS PRÓPRIA ANUAL (KM) TRANSP/ANO SEGMENTOSTransportes Jequitibá Ltda - (Rápido Minas)Transportes de carga em geralAnel Rod. Celso Melo Azevedo, 14.738 - CaiçaraArmazenagem geralBelo Horizonte - MG - CEP: 31950-640 Reginaldo Fonseca Cunha - Drietor Geral 2 Sudeste Distribuição, Coleta Terceirizada, n.i. n.i. 10.785 Químico/PetroquímicoFone/Fax: (31) 3490-1000Despachante e Escoltaadministrativospo@rapidominas.com.brwww.rapidominas.com.brTransportes Ouro Negro Ltda Amilton Zanette - Diretor Presidente Sul Transportes rodoviáriosR. Miguel Patricio de Souza, 1.555 - Jd.Maristela Donizete L. Simon - Ger. Adm.e Finan. Sudeste de tecidos, eletrônicos,Crisciuma - SC - CEP: 88815-200 Angelo G. da Luz - Ger. Operacional 18 químicos e descartáveis. 82 4.910.000 100.000 TêxtilFone: (48) 3461-4466 - Fax: (48) 3461-4455 Sergio da Silva Nunes - Ger. Reg.Ccial Distribuiçãoouronegro@ouronegro.comWilliam Max T. Zanette - Ger. Comercialwww.ouronegro.comTransportes Translovato Ltda Neri Carlos Lovato - Diretor Presidente Sul Serviços transporte TêxtilRua Honorato Bazei, 225 - Distr.Industrial Claudemir Groff - Diretor Comercial Sudeste carga fracionada AutomotivoCaxias do Sul - RS - CEP:95112-140 André Momoli - Dir. Adm. e Financeiro 21 nos segmentos n.i. n.i. 300.000 CalçadistaFone/Fax: (54) 3026-2777 Carlos A. Albuquerque - Dir. Operacional autopeças, brinquedos Farmacêuticomarketing@translovato.com.br calçadista, têxtil, Metalúrgico/Siderúrgicowww.translovato.com.br construção e outros Perfumaria, CosméticosDistribuiçãoe Hig.PessoalTransportes Waldemar Ltda - TW Milton Schmitz-Presidente Sul Transportes rodov.de cargasAv.Antonio José Barlette, 355-São João Ricardo Schmitz-Diretor Comercial Sudeste Pacotes, fracionado, pesado EletroeletrônicoCarazinho - RS - CEP: 99500-000 Marinilce Schmitz-Diretora Financeira 50 químico, Armazém geral, 444 n.i. n.i. Metalúrgico/SiderúrgicoFone/Fax: (54) 3330-3900 Alexandre Schmitz-Diretor Operacional Coleta terceirizadasac@twtransportes.com.br Ana Paula Schmitz-Diretora Administr. Distribuição ewww.twtransportes.com.br Valdemar Klein - Conselheiro Operador LogísticoProteja o Verde30 anosA Equipe Mauá agradece aos Clientes que votaram noprêmio Top do Transporte!É uma honra saber que estamos entre os melhores, poistrabalho conjunto de nossoscolaboradores, fornecedores e parceiros!Muito obrigado e sempre conte com a Mauáwww.tmmaua.com.brFROTA&Cia - Agosto 2011 - 129FROTA&Cia - Agosto 2011 - 129Avenida Papa João XXIII, 4234 - Sertãozinho - CEP 09370-800 - Mauá/SP - Tel.: 11 4543-8000


empresastop do transporte 2011 - perfilEMPRESA DIRETORIA FILIAIS REGIÃO SERVIÇOS FROTA QUILOMETRAGEM TONELAGEM INDICADO NOSONDE OPERA OFERECIDOS PRÓPRIA ANUAL (KM) TRANSP/ANO SEGMENTOSTransrefer Transporte Logística Ltda Raimundo Luiz Fernandes - Diretor 4 Sudeste Transporte rodoviário. 102 n.i. 95.511 FarmacêuticoAv. Estrela Polar, 551 Maria da Graças Silva - Diretora Nordeste de cargas fracionadasContagem - MG - CEP: 32242-190 Vinicius de Oliveira Fernandes - Diretor Centro-oeste Farmacêutica, Industrial,Fone: (31) 2191-6400 - Fax: (31) 2191-0013 Michelle O. Fernandes - Diretora Saniantes e Produtos para saúdeNathalie O. Fernandes - DiretoraArmazém geral,Coleta terceirizada,Despachante,DistribuiçãoEmbalagemOperador Logístico eTransit pointTrans-Roberto Transp. Cial. Ltda - MeRua da Balsa, 909 - Jd. ArcadiaSão Paulo - SP - CEP: 02910-001 Roberto Prates Rodrigues - Diretor 1 Sudeste (SP e RJ) Transportes e transferências 85 n.i. n.i. FarmacêuticoFone: (11) 3932-2002Andréia P. Cortez - Gerente GeralFax: (11) 3932-8310transroberto@uol.com.brwww.transportesrastreados.com.brTranstitânio Transportes Rodoviários LtdaAv. Olimpia, 1137Distrito Industrial José Antonio BosoCatanduva - SP - 15803-025Fone/Fax: (17) 3531-7600 Lucas Sanches Boso - Dir. - Proprietário 4 Sudeste Transportes de cargas fracionadas n.i. n.i. n.i. Eletroeletrônicotranstitanio@transtitanio.com.brwww.transtitanio.com.brTransville Transportes e Serviços Ltda Paulo C. Zendron - Dir. Adm/Operações Sul Tramsp.rodov.de confecções,Rua Guilherme, 1.392 - Costa e Silva Irineu Narloch - Diretor Comercial Sudeste químicos, materiaisJoinville - SC - CEP: 89218-500 Renato Fernandes Pinto - Diretor 9 base para produção, 39 3.600.000 240.000 AutomotivoFone/Fax: (47) 3461-8888materiais de construção,transville_jv@transville.com.brferragens e metaiswww.transville.com.brColeta terceirizada,DistribuiçãoOperador Logísticoe Transit pointTranswells Expresso Rodoviário LtdaRua Eli, 13 - Vila Maria BaixaSão Paulo - SP - CEP: 02114-010Fone: (11) 2632-0322 José Santana - Diretor 3 n.i. n.i. n.i. n.i. n.i. EletroeletrônicoFax: (11) 2955-9391transwells@transwells.com.brwww.transwells.com.brTroca Transportes LtdaRua João Elustondo, 460 - SarandiPorto Alegre - RS - CEP: 91140-450 Flavio Paskulin - Diretor 1 n.i. n.i. n.i. n.i. n.i. CalçadistaFone/Fax: (51) 3275-5300www.trocatransportes.com.brTSV Transportes Rápidos Ltda Carlos Candal Neto - Diretor 14 n.i. n.i. n.i. n.i. n.i. PerfumariaAv. Serra Dourada, 400 - Qd.197CosméticosLt.22 - Setor Empresariale Higiene PessoalGoiânia GO - CEP: 74853-360Fone/Fax: (62) 4012-5335tsv@tsvtransportes.com.brwww.tsvtransportes.com.brVeneto Transportes LtdaAl. 3º Sgto. Alcides de Oliveira, 549São Paulo - SP - CEP: 02145-040 n.i 5 Sul n.i n.i n.i. n.i Químico/PetroquímicoParque Novo MundoFone/Fax: (11) 2131-6400Sudesteveneto.sp@venetolog.com.brwww.venetolog.com.brViação Cruzeiro do Sul Ltda Oswaldo Possari - Superintendente 61 Sul Transporte rodoviárioRua Santa Amélia, 104 - Orfeu Baís Odenir Paula da Silva - Dir. Estratégico Sudeste carga fracionadas, fechadasCampo Grande - MS - CEP: 79005-240 Rose C. P de Andrade - Dirª Financeira Centro-Oeste Armazenagem geral, 108 2.040.000 20.400 TêxtilFone: (67) 3312-9700 - Fax: (67) 3312-9760 Osvaldo Cesar Possari - Dir. Comercial Cross-Docking,rosepossari@cruzeirodosulms.com.br Rodrigo Possari - Diretor Comercial Coleta terceirizada,www.cruzeirodosulms.com.brDistribuiçãoEscolta


| edição nº115 | Set | 2011 | 131 3EMPRESA DIRETORIA FILIAIS REGIÃO SERVIÇOS FROTA QUILOMETRAGEM TONELAGEM INDICADO NOSONDE OPERA OFERECIDOS PRÓPRIA ANUAL (KM) TRANSP/ANO SEGMENTOSVideira Transportes Rodoviários Ltda Osmar Luiz Sprocatti - Presidente 2 Norte Transporte rodoviário de 263 12.950.000 785.000 Químico/PetroquímicoEstrada Assumpta Sabatini Rossi, 1500 Leonardo T. Sprocatti - Dir. Cial. e Logist. Sul produtos químicosSão Bernardo do Campo - SP - CEP: 09842-000 Alexandre T. Sprocatti - Dir. Adm. Sudeste a granel,Fone: (11) 4347-7100 - Fax: (11) 3027-4667 Centro-Oeste classificados ou nãocomercial@videiratransportes.com.brTransporte rodoviáriowww.videiratransportes.com.brde carga secaDistribuiçãoViktória Cargas e Despachos LtdaRua Bezerra de Menezes, 581Guarulhos - SP - CEP: 07051-160 Oswaldo Ferreira Pinto - Diretor 1 n.i. n.i. n.i. n.i. n.i. EletroeletrônicoFone/Fax: (11) 2423-2323www.viktoria.com.brVitória Provedora Logística Ltda João Jorge Couto da Silva - Diretor Geral Norte Transporte rodoviárioAv. Assis Brasil, 8292/B - Sarandi Airton L. M. Lopes - Diretor Operacional Sul Transporte AéreoPorto Alegre - RS - CEP: 91140-000 Marcus V. C. da Silva - Dir.Adm.Financ. 12 Nordeste Logística, 73 1.572.462 n.i. CalçadistaFone: (51) 3349-6900 - Fax: (51) 3349-6934 Fabricio Faveri - Diretor Comercial Centro-Oeste Coleta Terceirizadavitlog@vitlog.com.brRodoaéreowww.vitlog.com.brZero Grau Logística Ltda Carlos Roberto da Silva - Dir.de Oper. Transporte de cargas Perfumaria,Rua CM-14, 201 Setor Cândida de Morais Jarbas Martins de Paula - Dir. Financeiro Centro-Oeste em geral fracionada CosméticosGoiânia - GO - CEP: 74463-280 Sônia de Lima Silva - Dir.Admnistrativa 7 Distribuição; 122 50.727.600 84.546 e Higiene PessoalFone: (62) 3257-1500 Coleta Terceirizada FarmacêuticoFax: (62) 3257-1560zerograu@zerograunet.com.brwww.zerograunet.com.brFROTA&Cia - Agosto 2011 - 131FROTA&Cia - Agosto 2011 - 131Soluções inteligentes em transportewww.expressominuano.com.br


egulamentoAs regras do jogo`çåÑáê~I=åç=íÉñíç=~Ä~áñçI=~ë=åçêã~ë=èìÉ=åçêíÉá~ã=~=ÉëÅçäÜ~=Ç~ë=NTM=Ñáå~äáëí~ë=Çç=mêÆãáç=qçé=Çç=qê~åëéçêíÉ=OMNNI=ÉäÉáí~ë=éÉäç=ãÉêÅ~Çç=Åçã=Ä~ëÉ=åçë=êÉëìäí~Ççë=Ç~=RŸ=mÉëèìáë~=k~Åáçå~ä=Ççë=cçêåÉÅÉÇçêÉë=ÇÉ=pÉêîá´çë=ÇÉ=qê~åëéçêíÉë=DO OB JE TOAr ti go 1º - O Prêmio Top do Transporte, realizado emconjunto pela Editora Frota Ltda e LogWeb EditoraLtda e promovido pelas revistas Frota&Cia e LogWeb,tem como objetivo identificar as empresas dedicadasexclusivamente ao transporte rodoviário de cargas, dequalidade reconhecida pelo mercado, para servir de incentivoe referência à comunidade do transporte e proporcionarmaior integração da cadeia produtiva dos setoresenvolvidos.Parágrafo 1º - Serão consideradas como candidatassomente as empresas de transportes estabelecidas comoentidade jurídica;Parágrafo 2º - Não participam desta premiação ostransportadores autônomos de cargas, as empresasprestadoras de serviços de logística (PSL), empresas decourier, empresas públicas e, ainda, vinculadas a outrosmodais de transporte.Artigo 2º - Para fins de identificação das transportadorasrodoviárias de carga indicadas para o Prêmio Topdo Transporte, em cada edição, será realizada anualmentea “Pesquisa Nacional dos Fornecedores de Serviçosde Transportes”, doravante identificada por “Pesquisa”,junto aos setores escolhidos.DOS SE TO RESArtigo 3º – Serão avaliadas as transportadoras rodoviáriasde cargas que prestaram serviços regulares, noano de realização da Pesquisa, a empresas industriaisembarcadoras de cargas, vinculadas aos seguintes setoreseconômicos: Peças e Componentes Automotivos,Brinquedos, Calçados, Eletroeletrônico, Farmacêutico,Metalurgia/Siderúrgico, Papel e Celulose, Perfumaria,Cosméticos e Higiene Pessoal, Químico/Petroquimico eTêxtil.Parágrafo 1º: Para efeito de classificação das empresas,junto ao respectivo setor econômico, a Pesquisa levaráem conta apenas as empresas filiadas e associadasàs entidades de classe representativas de seu segmentoeconômico;Parágrafo 2º: Os organizadores se reservam ao direitode agregar ou suprimir setores com vista à melhoriae abrangência da premiação ou quando nãoatenderem aos critérios mínimos para indicação dasempresas.DA INDICAÇÃOArtigo 4º - Os avaliadores e respondentes da Pesquisa,vinculados aos setores de que trata o Artigo 3º, serãoos próprios contratantes dos serviços de transporte,previamente identificados e cadastrados, vinculadosà área específica de cada empresa.Parágrafo 1º: Poderão ser avaliadores terceiros comodistribuidores terceirizados ou operadores logísticos, desdeque representem em nome dos segmentos citados;Parágrafo 2º: Para a participação na Pesquisa, será disponibilizadano endereço eletrônico www.top dotransporte.com.bruma cédula de votação eletrônica, cujoacesso se dará através de login e senha a serem fornecidospelos realizadores do prêmio àqueles que se enquadramnos requisitos deste regulamento;Parágrafo 4º - Cada participante da avaliação é livre poderáindicar até 10 (dez) fornecedores de transportes, desdeque estes prestem serviços regulares para a empresa;Parágrafo 5º - A participação será com máximo de 1voto por departamento-divisão da empresa contratante.Na hipótese da mesma empresa figurar com doiseleitores distintos, as notas atribuídas a cada transportadorcomporão média das notas de todos os votantes;Artigo 5º - Os organizadores da premiação assumemo compromisso de manter em sigilo os nomes dos votantes,como forma de garantir sua privacidade junto aomercado de transportes.DO CRITÉRIO DE AVALIAÇÃOArtigo 6º - O sistema de avaliação será por pontuaçãoe levará em consideração dois grandes fatores, o da Viabilidadede Custo (aspecto comercial e financeiro), estesubdividido em critérios de Custo e de Capacidade deNegociação, e o da Prestação de Serviço (aspecto operacional),por sua vez subdividido nos critérios de Nível deServiço, Gestão da Qualidade e Tecnologia e Informação.Parágrafo 1º: Considera-se o critério Custo como ahabilidade do transportador em fornecer uma relaçãofavorável de custo benefício entre tabelas de frete compatíveiscom custos operacionais e o serviço oferecidoao embarcador;Parágrafo 2º: Considera-se o critério Capacidade deNegociação como a flexibilidade do fornecedor detransportes na negociação de preços;Parágrafo 3º: Considera-se o critério Nível de Serviçocomo a habilidade do transportador no cumprimentode prazos de coleta e entrega de produtos, além daflexibilidade perante flutuações de demanda;Parágrafo 4º: Considera-se o critério Gestão da Qualidadecomo a qualidade de serviço, equipamentos, padronizaçãoe constante melhoria de processos oferecidospelo prestador de serviços de transportes, assimcomo baixo nível de avarias;Parágrafo 5º: Considera-se o critério Tecnologia e Informaçãocomo a habilidade no fornecimento de informaçõesde performance e status da operação com rapidezpara tomada de decisões.Artigo 7º - Para cada critério do Artigo 6º poderão seratribuídas notas de 1 (pior) a 5 (melhor).Artigo 8º - A pontua ção final de cada transportadora(Média do Mercado) em cada segmento onde ela apareceserá a soma dos pontos obtidos em cada um doscritérios acima dividido por cinco.Parágrafo 1º: A pontuação final, no caso das transportadorasque obtiveram mais de um voto, será a somadas médias de mercado dividido pelo número de votos;Parágrafo 2º: Não serão consideradas, para fins deindicação ao Prêmio Top do Transporte, as transportadorasrodoviárias de cargas que obtiveram apenas 1(um) voto na Pesquisa realizada junto aos embarcadoresvotantes.DA APURAÇÃOArtigo 9º - A compilação dos votos será de atribuiçãodas empresas responsáveis pela premiação, ou terceirosindicados por elas de reconhecida idoneidade ecompetência, que se responsabilizarão ainda por apontaras 20 (vinte) melhores transportadoras rodoviáriasde cargas, eleitas pelo mercado, em cada um dos segmentosescolhidos.Parágrafo 1º: Serão apontadas como finalistas em cadacategoria as transportadoras que obtiverem maiormédia de pontos (média de mercado);Parágrafo 2º: Em caso de empate entre dois ou maisconcorrentes, será apontada como vencedora a transportadoraque receber maior número de votos;Parágrafo 3º: Persistindo o empate, em razão da igualdadeda média de pontos e do número de votos, todasas empresas em situação igual serão consideradas vencedoras;Parágrafo 3º: Para efeito de compilação dos dados, seráconsiderada sempre o nome da razão social da transportadora;Parágrafo 4º: Nomes de transportadoras que não foremidentificáveis como casos de homônimos serãodesconsiderados;Parágrafo 5º: As transportadoras poderão concorrerem mais de uma categoria e setor.Parágrafo 6º: Os organizadores da premiação reservam-seao direito de indicar um número menor que 20empresas, caso não alcancem o número mínimo de 2votos junto a cada setor pesquisada.DAS CATEGORIASArtigo 10º - Serão agraciadas com o “Prêmio Top doTransporte do Ano do setor Automotivo”, as transportadorasque obtiveram a melhor média de pontos entreaquelas indicados pelos contratantes desse segmentoeconômico.Artigo 11º - Serão agraciadas com o “Prêmio Top doTransporte do Ano do setor de Brinquedos”, as transportadorasque obtiveram a melhor média de pontosentre aquelas indicados pelos contratantes desse segmentoeconômico.


| edição nº115 | Set | 2011 | 133 3Artigo 12º - Serão agraciadas com o “Prêmio Top doTransporte do Ano do setor Calçadista”, as transportadorasque obtiveram a melhor média de pontos entreaquelas indicados pelos contratantes desse segmentoeconômico.Artigo 13º - Serão agraciadas com o “Prêmio Top doTransporte do Ano do setor Eletroeletrônico”, as transportadorasque obtiveram a melhor média de pontosentre aquelas indicados pelos contratantes desse segmentoeconômico.Artigo 14º - Serão agraciadas com o “Prêmio Top doTransporte do Ano do setor Farmacêutico”, as transportadorasque obtiveram a melhor média de pontosentre aquelas indicados pelos contratantes desse segmentoeconômico.Artigo 15º - Serão agraciadas com o “Prêmio Top doTransporte do Ano do setor Metalúrgico/Siderúrgico”,as transportadoras que obtiveram a melhor média depontos entre aquelas indicados pelos contratantes dessesegmento econômico.Artigo 16º - Serão agraciadas com o “Prêmio Topdo Transporte do Ano do setor de Cosméticos,Perfumaria e Higiene Pessoal”, as transportadorasque obtiveram a melhor média de pontos entreaquelas indicados pelos contratantes desse segmentoeconômico.Artigo 17º - Serão agraciadas com o “Prêmio Top doTransporte do Ano do setor de Papel e Celulose”, astransportadoras que obtiveram a melhor média de pontosentre aquelas indicados pelos contratantes dessesegmento econômico.Artigo 18º - Serão agraciadas com o “Prêmio Top doTransporte do Ano do setor Têxtil”, as transportadorasque obtiveram a melhor média de pontos entreaquelas indicados pelos contratantes desse segmentoeconômico.Artigo 19º - Serão agraciadas com o “Prêmio Top doTransporte do Ano do setor Químico/Petroquímico”,as transportadoras que obtiveram a melhor média depontos entre aquelas indicados pelos contratantes dessesegmento econômico.Artigo 20º - A Comissão se reserva ao direito deconceder o Prêmio Top do Transporte na “CategoriaEspecial” a pessoas ou empresas que tenham apresentadoreconhecido destaque e mérito, no ano da premiaçãoou ao longo dos anos, segundo critérios distintosdas demais categorias homenageadas com o PrêmioTop do Transporte.DA PREMIAÇÃOArtigo 21º - O Prêmio Top do Transporte será concedidoem cerimônia pública, em data e local definidoanualmente pelas empresas promotoras, e consubstanciadona entrega do Troféu Top do Transporte às empresasvencedoras.Artigo 22º – Os 20 (vinte) empresas melhores colocadosde cada categoria/setor serão comunicadospor carta-convite enviada pelos promotores, paraparticipem da cerimônia de premiação, quando seráanunciada a ordem de classificação no Prêmio Topdo Transportes.DOS DIREITOS E OBRIGAÇÕESDOS VENCEDORES:As transportadoras premiadas em qualquer das categoriasdo “Prêmio Top do Transporte” comprometem-se aobservar os seguintes direitos e obrigações:Artigo 23º - Fornecer à promotora do evento – noprazo máximo de 15 (quinze) dias antes da solenidadede entrega da premiação – texto com informações sobreo perfil de atuação da empresa, para edição e inclusãono roteiro do cerimonial da premiação.Artigo 24º - Os promotores do evento autorizam asganhadoras e as empresas consideradas líderes em cadasegmento à divulgação dos resultados da premiação, sejapara fins editoriais ou publicitários, condicionado àutilização obrigatória da nomenclatura oficial outorgadaao vencedor, os números oficiais da premiação, o nomee a logomarca do Prêmio Top do Transporte e o ano aque se refere.Parágrafo Único: Os vencedores só poderão tornarpúblico os resultados da premiação após a solenidadede entrega oficial do Prêmio Top do Transporte.DOS CASOS OMISSOSArtigo 25º - Casos omissos serão julgados pelos promotoresda premiação.

More magazines by this user
Similar magazines