Aula - Metabolismo de aminoácidos

www2.iq.usp.br
  • No tags were found...

Aula - Metabolismo de aminoácidos

Metabolismo de AminoácidosDegradação de Proteínas e Aminoácidos- Degradação de aminoácidos em excesso na alimentação- Absorção pelo fígado, retirada grupo amino- Degradação espontânea de proteínas (meia vida)-“Reciclagem” de aminoácidos, transaminação- “Sobras” são deaminadas- Neoglicogênese - proteína muscular é degradadad d- transporte para fígado, retirada amino- cadeia carbônica glicogênica ou cetogênica- Síntese de aminoácidos, bases nitrogenadas, hormôniosDegradação de Proteínas a Aminoácidos- glicemia = de glucagon e TNF-ativação da degradação d glicogênioi-ativação da lipase, corpos cetônicos- ativação da gliconeogênese- ligação de ubiquitina a proteínas- proteasomo-proteólise- Transporte para o fígado na forma de: alanina (1 N)glutamina (2 N)


Formação de glutamina muscularFormação de glutamina muscularFormação de Alanina MuscularLesão TecidualCOO - COO -HC-NH 3+C=O(CH(CH 2 ) 2 ) 22- Glutamato-piruvato transaminase COO-COOAlanina aminotransferaseGlutamato Cetoglutarato+(Piridoxal fosfato)+COO -Piridoxina, B 6COO -C=OHC-NH 3+- A lesão de tecidos promove a liberação de suas enzimas- Alanina aminotransferase (ALT) - citosólicaou glutamato-piruvato transaminase (GPT)- Aspartato aminotransferase (AST) - mitocondrialou glutamato-oxaloacetato transaminase (GOT)- Liberados pelo fígado, músculo, coraçãoCH 3PiruvatoCH 3Alanina- Lesão cardíaca específica: creatina quinase


Formação de Alanina Muscular-Cetoglutarato + AminoácidotransaminaseGlutamato + -CetoácidopiruvatoAlanina-cetoglutaratot l t tDegradação de Aminoácidos (Fígado)Formação de NH +4Degradação de Aminoácidos (Fígado)Formação de AspartatotUréia?alanina+-KGglutamato+piruvatooxaloacetato+glutamatoaspartato+-KG


Carbamoil P sintetaseornitinatranscabamoilasearginaseargininosuccinatosintetaseargininosuccinatoliaseSaldo de ATPs?


Deficiências enzimáticas do ciclo da uréiaDeficiência de ornitina transcarbamoilase- 1:80000- Aumento excreção NH +4- Tratamento: - dieta hipoproteica, benzoato de sódio- transplante hepáticoCarbamoil P sintetaseornitinatranscabamoilaseDeficiência de argininosuccinato sintase- 1:200000- Excreção de citrulina, depleção de arginina- Tratamento: - dieta hipoproteica- suplementar argininaarginaseargininosuccinatoliaseargininosuccinatosintetase


Degradação de Aminoácidos - RegulaçãoRegulação alostérica:- N-acetil glutamato ativacarbamoil fosfato sintetase- Arginina ativa N-acetilglutamato sintaseDegradação de Aminoácidos - RegulaçãoEfeito da dieta:- Dieta rica em proteína (> 100 g/dia) - degradação d proteica- arginina- ciclo uréia- piruvato quinase ( alanina)- Dieta pobre em proteína (< 100 g/dia) - arginina- excreção uréiaDegradação de AminoácidosDoenças do Metabolismo de aa - Albinismo- Maior parte do N ingerido em excesso é eliminado como uréia- Pequena fração: NH 4+ , formada pela glutaminase renal- Pacientes com acidose: - diminui i i [HCO 3- ]- inibição da carbamoil-P sintetase- diminui [uréia]- aumenta a atividade da glutaminaserenal - excreção de NH+4- Causa mais comum: def. tirosinase, 1:17000Tirosina DOPA quinona melaninatirosinase- descoloração de pele, pelos, olhos, fotosensibilidade- oftalmopatia - congênita: falta de desenvolvimentooftalmopatia congênita: falta de desenvolvimento- adquirida: luz UV


Doenças do Metabolismo de aa - Fenilcetonúria- Deficiência de fenilalanina hidroxilase, 1:15000- Fenilpiruvato na urina, fenilalanina sérica- Retardo mental grave (mecanismo?)- Descoloração de pele e cabelos- Tratamento: - restrição de fenilalanina- monitorar [fenilalanina]Síntese de Aminoácidos-N 2 atmosférico é a fonte de N para grupo amino- Fixação de N 2 (NH 3 ) - microorganismos, plantas, raios- ~ 95% do N humano é incorporado como grupamentos amino-~5% do N humano é incorporado a partir de NH 3 intestinal- Prognóstico não tratado: retardo mentaltratado: QI normalTransaminasesGlutamato+COO -C=O(Aspartato aminotransferase)-Cetoglutarato+COO -HC-NH 3+CH 2COO - CH 2COO -OxaloacetatoAspartatoTransaminasesCOO - COO -HC-NH 3+C=O+(Alanina aminotransferase)COO -COO -C=OHC-NH +3(CH 2 ) 2(CH 2 ) 2COO-COO -(CH 2 ) 2(CH 2 ) 2COO-COO-Glutamato CetoglutaratoCOO -COO-C=OHC-NH +3CH 3CH 3Piruvato+Alanina


Aminoácidos - Nutrição- Degradação 400 g/d proteína, 300-350 g “reciclados”- Ingestão 100 g/dia - 370 g carne bovina, 450 g frango / peixe- 770 g ovo, 3 L leite, 400 g queijo- 15Kgfeijão/soja 1,5 soja, 5Kgarroz- Aminoácidos essenciais - Fenilalanina, histidina, isoleucina,leucina, lisina, metionina, treonina,triptofano, valina, (cisteína, tirosina)- Digestibilidade proteicaBalanço de Nitrogênio- Nitrogênio ingerido - excretado = Balanço de nitrogênio- Balanço positivo - crianças, gestantes, t lactentest- convalescência, desv. muscular, neoplasias- Equilíbrio nitrogenado - indivíduos saudáveis, dieta normal- dieta hiperproteica-Balanço negativo - jejum, diabetes, neoplasias- dieta hipoproteica


Desnutrição Proteica- Falta de proteína em quantidade ou qualidade adequada- Crianças, grávidas, convalescentes, vegetarianos restritos,dieta hipocalórica- Kwashiorkor - falta de proteína, calorias adequadas- edema, cabelos secos, quebradiços, claros- diarréia, dermatite, infecções- retardo mental e de crescimentoExcesso de Ingestão Proteica- Adultos consomem em média 200-250 250 g/dia- Balanço nitrogenado se mantem: excreção de uréia- Sobrecarga renal- Etí Estímulo à síntese ít de áid ácidos graxos - obesidaded- Marasmo - falta de calorias e proteínas- retardo de crescimento, mental, infecçõesExcesso de Ingestão Proteica- Adultos consomem em média 200-250 250 g/dia- Balanço nitrogenado se mantem: excreção de uréia- Sobrecarga renal- Etí Estímulo à síntese ít de áid ácidos graxos - obesidaded

More magazines by this user
Similar magazines