porto alegre - Metro

publimetro.band.com.br
  • No tags were found...

porto alegre - Metro

|02| {FOCO}PORTO ALEGRE, QUARTA-FEIRA, 24 DE ABRIL DE 2013www.readmetro.com1FOCOEsperança“Temos ainda quarta(hoje), quinta e sextafeirapara se vacinar ea expectativa é de queconsigamos alcançar os80% do grupo de risco.Mas é obvio que nãovou deixar quea população nãose vacine.”CIRO SIMONI, SECRETÁRIOESTADUAL DA SAÚDERadar móvelHoje, o radar móvelda EPTC estará nasseguintes vias:• Bento Gonçalves• Assis Brasil• Plínio Kroeff• Salvador França• João de O. Remião• Dante Ângelo Pilla• Manoel Elias• Severo Dullius• Nilo Peçanha• Protásio Alves• Costa Gama• Dom Pedro 2º• Padre CaciqueVacinação contra gripedeverá ser prorrogadaMais tempo? Pouca procura pela dosedeverá prolongar mutirão imunológicoA baixa procura dos gaúchospela proteção contra a gripedeve levar à prorrogação dacampanha iniciada no dia 15.A três dias do final da campanha,apenas um terço dos integrantesdo grupo prioritáriose imunizou nos oito diasem que as doses foram disponibilizadas(1,1 milhão de 3milhões). Ciro Simoni, secretárioestadual da Saúde, afirmouque não pretende encerraro evento antes de vacinarao menos 80% do público-alvo:“É óbvio que não vou deixarque a população não sevacine”, relatou o titular dapasta estadual.Ainda que assuma a possibilidadede estender a campanhaaté que todas as doses sejamdestinadas, Simoni temesperança que uma mobilizaçãoleve todo o grupo de riscoaos hospitais gaúchos atésexta-feira. Em Porto Alegreforam imunizadas 163.560pessoas das 311.745 que seesperava proteger do vírusH1N1.O pequeno número de interessadosem se vacinar nãoé um problema exclusivo destaedição da campanha. Noano passado, o mutirão imunológicofoi prorrogado duasvezes. De 25 de abril, o fim doevento foi adiado para o dia1 o de junho e posteriormente,apenas Rio Grande do Sule São Paulo, prolongaram até13 de mesmo mês. METRO POAGrupos de risco• Gestantes independentedo tempo de gravidez• Mulheres até 45 dias apóso parto• Crianças de 6 meses a menoresde 2 anos de idade• Pessoas com 60 anos deidade e mais• Pessoas portadoras dedoenças crônicas85%das mulheres que recémderam à luz em Porto Alegrese vacinaram.Susto. Incêndio evacuahipermercado Big noBarraShoppingSulCinco caminhões do Corpode Bombeiros de Porto Alegreforam necessários para combaterum incêndio de grandesproporções no hipermercadoBig, localizado junto aoBarraShoppingSul, no bairroCristal, ontem à noite. O Bigé uma construção anexa aoshopping, na avenida Diáriode Notícias.O Ciosp dos Bombeiros(Centro Integrado de Operaçõesem Segurança Pública)informou que a chamada deemergência foi feita por voltadas 21h. Na zona sul era possívelver a fumaça que saia daparte lateral do shopping.Pessoas que estavam noshopping, na hora do incêndio,relatavam pelas redessociais que funcionários eclientes teriam passado malcom a fumaça. Segundo testesmunouo fotógrafo WesleySantos, funcionários dohipermercado teriam ficadoferidos. Fomos obrigados aabandonar os carrinhos e evacuarrapidamente, tinha funcionáriosferidos e sangrando.Disseram que o fogo começouna casa de máquinas. Demorarammuito tempo para avisar”,relatou.Até as 22h não havia umnúmero preciso de feridos. Oincêndio já estava controlado.METRO POAFALE COM A REDAÇÃOleitor.poa@metrojornal.com.br051/2101.0471O jornal Metro circula em 23 países e tem alcance diário superior a 20 milhõesde leitores. No Brasil, é uma joint venture do Grupo Bandeirantes de Comunicaçãoe da Metro Internacional. É publicado e distribuído gratuitamente de segunda asexta em São Paulo, Brasília, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Curitiba, Porto Alegre,ABC, Santos e Campinas, somando mais de 480 mil exemplares diários.Quase 60% dos idosos se vacinaram na capital | GABRIELA DI BELLA/METROVandalismo. Fogo atingeseis contêineres durantea madrugada na capitalEm apenas uma hora, foramincendiados seis contêineresde lixo na madrugadade ontem em PortoAlegre. Todas as depredaçõesocorreram no CentroHistórico. O fogo, quechegou a danificar a traseirade um carro na rua GeneralJoão Manoel, mobilizouo Corpo de Bombeiros,que conteve as chamas antesque elas se alastrassem.Os coletores também foramparcialmente queimadosnas vias Jerônimo Coelho,Fernando Machado ena esquina da Demétrio Ribeiroe General Salustiano.Dado o curto períodode tempo de intervalo entreas depredações na madrugada,a Brigada Militaracredita que os vândalosnão estavam a pé. Ninguémfoi preso.50 registros de fogoMais de cinquenta contêineresjá foram queimados desde2010, quando o serviçocomeçou. Eles estão distribuídosnos bairros Independência,Bom Fim, CidadeBaixa, Farroupilha, Praia deBelas, Menino Deus, Azenha,Rio Branco, Santana,Santa Cecília, Moinhos deVento e Flores e Independência.METRO POAEXPEDIENTEMetro Brasil. Presidente: Cláudio Costa Bianchini. (MTB: 70.145).Diretor de Redação: Fábio Cunha. Diretor Comercial e Marketing: Carlos Eduardo Scappini.Diretora Financeira: Sara Velloso. Diretor de Tecnologia e Operações: Luiz Mendes Junior.Gerente Executivo: Ricardo Adamo.Editor Chefe: Luiz Rivoiro. Editor-Executivo de Arte: Vitor Iwasso. Coordenador de Redação: Irineu Masiero.Metro Porto Alegre. Gerente Executivo: Luís Grisólio. Editor Executivo: Maicon Bock (11.813 DRT/RS).Editora de Arte: Julia Rodrigues. Grupo Bandeirantes de Comunicação RS. Diretor-Geral: Leonardo Meneghetti.DenguePorto Alegretem deznovos casosDez novos casos de dengueforam confirmadosontem na capital. Coma atualização da SecretariaMunicipal da Saúde,sobe para 153 o númerode pessoas que contraírama doença. São 102autóctones e 51 de pessoasque foram picadaspelo mosquito Aedesaegypti em viagens a outrosEstados. Até o dia20 de abril foram investigados969 casos de suspeitade dengue em PortoAlegre. METRO POAIniciativaGrupo depesquisa procuravoluntáriosO grupo de pesquisa doDepartamento de Bioquímicada UFRGS estáa procura de voluntáriosdiabéticos que não estejamutilizando medicamentospara controlar adoença metabólica. Interessadosem participarda pesquisa podem entrarem contato com ogrupo pelo telefone(51) 3308-5546.METRO POAAjudaSão Lucas precisade doadoresde sangueO Hospital São Lucas daPUCRS carece do sanguedo tipo O negativoem seu banco. O doadordeve ter idade entre16 e 67 anos, pesar nomínimo 50 kg, ter boasaúde e ter documentode identidade com foto.O banco de sanguedo hospital, localizadona avenida Ipiranga6.690, situa-se no 2 o andare o horário de funcionamentoé de segundaa sexta-feira, das 8hàs 18h, e aos sábados,das 8h ao meio-dia. Maisinformações podem serobtidas no telefone (51)3320-3455. METRO POAEditado e distribuído por Metro JornalS/A. Endereço: rua Delfino Riet, 183,Santo Antônio, 90660-120, PortoAlegre, RS. Tel.: (051) 2101-0471O jornal Metro é impresso noGrupo Sinos S/A.A tiragem e distribuiçãodesta edição sãoauditadas pela BDO.40.000 exemplares


PORTO ALEGRE, QUARTA-FEIRA, 24 DE ABRIL DE 2013www.readmetro.com {FOCO} |03|◊◊Empresas devem tentarvolta da tarifa a R$ 3,05Insatisfação. Com alegação de prejuízo com o valor de R$ 2,85,Sindicato das Empresas de Ônibus estuda forma de aplicar reajusteSob a alegação de prejuízooperacional, o Seopa (Sindicatodas Empresas de Ônibusde Porto Alegre) estudaum instrumento jurídico paratentar derrubar a liminarque revogou o aumento dapassagem para R$ 3,05. Comoa entidade não é ré naação cautelar impetrada pelosvereadores do PSOL PedroRuas e Fernanda Melchionna,é impossível o ingressode um recurso contra a decisãoprovisória.A tarifa de R$ 3,05 vigoroude 25 de março a 4 de abril.Na manhã do dia 5, os ônibusvoltaram ao valor antigo, queera praticado desde fevereirode 2012. A decisão que revogouo reajuste de 7,02% foi dojuiz Hilbert Obara, da 5ª Varada Fazenda Pública do ForoCentral. Ainda não há prazo7,02%foi o percentual do reajusteda tarifa autorizado em 21de março pela prefeitura combase em análise de custos dasempresas. Em 4 de abril, oreajuste foi revogado por meiode liminar da Justiça.para o julgamento do mérito,e o valor, em tese, pode voltara ser de R$ 3,05.EPTC não irá recorrerPor meio da assessoria de imprensa,o Seopa informouque não há definição se algumamedida jurídica será tomadae quando. Mas nada édescartado. A entidade relatouque a partir de 5 de maio,quando fechará um mês doretorno ao valor antigo, serápossível ter a dimensão dosprejuízos. Apesar de circularcom o valor velho, as empresasestão pagando saláriosmaiores para os rodoviários,que tiveram reajuste de 7,5%.A EPTC (Empresa Públicade Transporte e Circulação)e o Comtu (ConselhoMunicipal de Transporte Urbano),que são réus na açãodo PSOL anunciaram que nãoirão apresentar recurso da decisão.O vereador Pedro Ruasestuda entrar com nova açãona Justiça pedindo nova reduçãoda passagem, agora paraR$ 2,60, valor que foi mencionadopelo Tribunal de Contasdo Estado em auditoria.MAICONBOCKMETRO PORTO ALEGREPassagem voltou a R$ 2,85 na manhã de 5 de abril | GABRIELA DI BELLA/METROProtesto pela passagemocorre com clima tensoConvocado pelas redes sociais,um protesto reuniucentenas de pessoas ontem ànoite no Centro Histórico. Ogrupo, que exige nova reduçãodo valor da passagem econfirmação da revogação dovalor de R$ 3,05, foi acompanhadode perto pelo Batalhãode Choque da Brigada Militar.O clima ficou tenso.O início do protesto foi nafrente da prefeitura. O grupopartiu em direção à rodoviária.Nas proximidades doterminal de ônibus, houveempurra-empurra após provocaçãomútua entre manifestantese policiais. Na semanapassada, a BM anunciouque não iria permitir depredaçõesdurante os protestos,como ocorreu nas sedes daprefeitura, EPTC e ATP.Durante o deslocamento,cartazes foram colados emparedes e cavalos da políciaatingidos por manifestantes.Garrafas de plástico foramlançadas nos PMs. Na avenidaMauá, por volta das 20h30,dezenas de jovens sentaramem frente a um paredão doChoque. O trânsito ficou complicadona região central. Porvolta das 21h, o grupo voltoupara a frente da prefeitura,que foi novamente pichada.Os protestos ocorrem nacapital desde março, quandoas empresas de ônibus pediramaumento da passagem.Com autorização de aumentopara R$ 3,05, os protestos aumentaram.METRO POACorredor de ônibus em obras vira cicloviaEnquanto o novo concreto está em fase de maturação e bloqueado para os ônibus, o corredor daavenida Osvaldo Aranha virou ciclovia no bairro Bom Fim, na capital. Atraídos pela possibilidadede fugir do intenso trânsito de veículos na via, ciclistas pedalam com frequência na área central.Apesar dos cones e do material da obra de remodelação do corredor, muitos avaliam que a área émais segura para as pedaladas | GABRIELA DI BELLA/METROManifestantes e policiais produziram noite de tensão no Centro Histórico | GABRIELA DI BELLA/METRO


|04| {FOCO}PORTO ALEGRE, QUARTA-FEIRA, 24 DE ABRIL DE 2013www.readmetro.comCpers/Sindicato estima que 5 mil professores tenham participado de protesto ontem contra o governo do Estado em frente ao Palácio Piratini | GABRIELA DI BELLA/METROProfessores saem às ruasPelo piso nacional. Cpers/Sindicato diz que 80% das escolas estaduais do RS aderiram à paralisação. Governo garante que foi metade disso“É uma grande greve.A categoria demonstroucoragem e veio para oato, dando sinais que vaienfrentar o governo.”REJANE OLIVEIRA, PRESIDENTE DO CPERSEscolas da capital e do interiordo Estado amanheceramontem de portas fechadas.Em Porto Alegre, os estudantesatenderam aos pedidosdos professores e não apareceramem escolas como Julinho,Parobé, Ernesto Dornellese Protásio Alves.O Cpers informou que 80%das escolas aderiram ao primeirodia da paralisação quese estende até amanhã. A SecretariaEstadual de Educação,por sua vez, avaliou que onúmero é, na verdade, metadedisso. Do universo de 2.574escolas, o governo pesquisou1.521. Destas, 13% paralisaramtotalmente e 31% parcialmente.O número representaa estimativa de 18 CoordenadoriasRegionais de Educação.À tarde, a mobilização serefletiu em frente ao PalácioPiratini, onde cerca de 5mil professores se concentrarampara protestar contra ogovernador. Atores encenarama prisão de Tarso Genro.“Quem não cumpre a legislaçãovai preso. O governadornão está cumprindo e nãoacontece nada. Fizemos umaprisão simbólica. Enquanto ogovernador não respeitar ostrabalhadores ele será nossoinimigo”, avisou a presidentedo Cpers, Rejane de Oliveira.Ela comemorou a adesãodos professores apesar dosanúncios do governo de quequem não trabalhar terá o saláriodescontado.LETÍCIABARBIERIMETRO PORTO ALEGREAtores simularam a prisão do governador Tarso Genro por desrespeito à lei | GABRIELA DI BELLA/METROOrientação élevar criançaspara a escolaA orientação da SecretariaEstadual da Educação é paraque os pais levem os filhos àescola, mesmo que os professoresanunciem portas fechadas.O secretário Jose Clovisde Azevedo voltou a enfatizarontem que todas as aulas deverãoser recuperadas, respeitandoos 200 dias letivos previstosno calendário escolar.Segundo ele, os professoresque aderiram à paralisaçãoterão seus salários descontados.A paralisação dasescolas estaduais segue atéamanhã, pelo menos, quandoos novos rumos da mobilizaçãodos professores serão avaliadosem plenárias, em 25núcleos do Cpers no Estado.LETÍCIA BARBIERIArtesãos mudam de lugarna praça da Alfândega“A gente está contente,sabia que ia vir para cá,nós escolhemos esse lugar.É um prêmio para nós veressa praça reformulada.”LACI SOARES, PRESIDENTE DA ARTEFANAs 45 bancas de artesãos localizadasna rua dos Andradas,em frente à praça da Alfândega,foram transferidas para arua Cassiano Nascimento. Amudança para o outro lado dapraça faz parte da última etapado processo de revitalizaçãodo local, obra do ProjetoMonumenta, que será entreguenesta segunda-feira.A data e a forma da transferênciaforam definidas apósvárias reuniões entre a prefeiturae a diretoria da Artefan(Associação dos Artesãos daPraça da Alfândega). De acordocom a presidente da entidade,Laci Soares, o novo localficou apertado, mas coma chegada das novas bancascompradas com a verba doPAC das Cidades Históricas,a situação deverá ser normalizada.“Na verdade nós achamosque já estaríamos comelas na mudança. É estilo umbaú com toldo para cobertura,à noite guarda o baú, não teremosmais barracas, lonas, nadade obstáculos”, comemora.METRO POABancas agora estarão expostas na rua Cassiano Nascimento | GABRIELA DI BELLA/METRO


PORTO ALEGRE, QUARTA-FEIRA, 24 DE ABRIL DE 2013www.readmetro.com {FOCO} |05|◊◊Por ter alto custo, projeto dosambódromo será alteradoImpasse. Primeira fase das novas arquibancadas é estimada emR$ 10 milhões, valor que está acima do orçamento disponívelA remodelação do palco doCarnaval porto-alegrense,prometida no ano passadopela prefeitura, está sob impasse.O alto custo das obrasprevistas no Complexo Culturaldo Porto Seco, frentea um orçamento inferior aonecessário, está exigindo daSMC (Secretaria Municipalda Cultura) a reformulaçãoda ideia inicial.Além das atividades carnavalescas,o projeto prevê espaçopara outras atividadese órgãos, a fim de movimentaro complexo durante o anotodo e não apenas durante oCarnaval. O custo é milionário– poderia superar R$ 30milhões –, mas a prefeituraevita estipular valores. “O orçamentoassustou a todos. Temosnos reunido para encontraruma forma de reduzirR$ 10 mié o valor estimado pelaprefeitura para a construçãodos dois primeiros módulos dasarquibancadas do Porto Seco.os preços dos módulos”, afirmao secretário municipal daCultura, Roque Jacoby.A expectativa do secretárioé que o custo de implantaçãodos módulos 1 e 2, estimadoem R$ 10 milhões, caiapela metade com alteraçõesque serão feitas no projeto.Para o arquiteto responsávelpelo projeto, Raul Macadar,é praticamente impossível fazera obra com metade do valorestimado anteriormente.“Seria um milagre”, comenta.Independente do custo, aSMC garante que a reestruturaçãoocorrerá, mas aindasem prazo definido. “Oprefeito (Fortunati) se comprometeucom a comunidadecarnavalesca e estamostrabalhando nesse sentido”,destaca Jacoby, que pretendebuscar recursos junto ao Ministérioda Cultura, Turismoe parcerias públicas.Menos custosNa tentativa de baixar custos,o arquiteto Raul Macadarjá está trabalhando na adaptaçãodo projeto inicial. Umadas alternativas citadas é reduzirum pavimento nas arquibancadas.No projeto inicialera térreo e mais trêsandares. O que baixaria a alturadas arquibancadas de 20metros para 18 metros.METRO POAMaquete virtual das arquibancadas previstas inicialmente | PMPA/DIVULGAÇÃO


|06| {BRASIL}PORTO ALEGRE, QUARTA-FEIRA, 24 DE ABRIL DE 2013www.readmetro.comReeleição. Dilma negaque esteja em campanhaInvestigaçãoPF ouvirá novodepoimento deMarcos ValérioO empresário será ouvidona investigação doMinistério Público emque acusa o ex-presidenteLula de dar aval paraos empréstimos do mensalão.METRO BRASÍLIANo NYTRICARDO STUCKERT/INSTITUTO LULALula com o diretordo NYT, Michael GreensponLula terá colunamensal em jornaldos Estados UnidosO ex-presidente Luiz InácioLula da Silva escreveráum coluna todos os meses,que será distribuídopela agência de notíciasdo ‘The New York Times’.Lula falará sobre política,economia e ações decombate à miséria e à fome.METRO BRASÍLIA“Sabe por que eu não estouem campanha? Porque eutenho obrigação, durante24 horas por dia, de dirigiro Brasil.”DILMA ROUSSEFF, PRESIDENTEDA REPÚBLICAA presidente Dilma Rousseffafirmou ontem ser ‘talvez aúnica pessoa com interessenenhum em discutir o processoeleitoral na metade doseu governo’. Com a candidaturaà reeleição nas eleiçõesde 2014 lançada pelo ex-presidenteLula, num evento do PTem fevereiro, Dilma afirmouque é ‘impossível’ conciliaras atividades com a campanha.“É impossível, impossível,qualquer desvio dessa rota”,afirmou.Desde o início do ano, a petistaintensificou a agenda deviagens, principalmente paraa Região Nordeste, de ondedeverá surgir um adversáriona corrida eleitoral, oatual governador de Pernambuco,Eduardo Campos (PSB).Dilma, porém, evitou comentarsua expectativa para oprograma eleitoral do partidoque vai ao ar amanhã. “Cadapartido tem direito de fazerseu programa. Eu não estoucuriosa nem com o meu”,ironizou.A presidente aproveitou aoportunidade para atacar adversáriosao ser questionadase o desempenho econômicodesfavorável poderá prejudicaro projeto de reeleição.“Tem muita gente torcendopara o Brasil dar errado. É sóvocê olhar”, declarou, lembrandoas suspeitas levantadasno início do ano sobre oracionamento de energia. “Especula-secontra o país quandose diz isso”, acusou.Questionada se o senadorAécio Neves (PSDB--MG), provável candidato,seria um pessimista, respondeu:“Não sei, não pergunteipara ele, meu querido”.METRO BRASÍLIAEducaçãoMP dos royaltiesé suspensa atédecisão do STFA Comissão Mista do Congressoadiou ontem a discussãoda medida provisáriaque destina 100% dosroyalties para a educação.A ideia é aguardar até queo Supremo decida sobrea distribuição igualitáriados recursos entre todosos Estados. METRO BRASÍLIAPartidosRENATO MOREIRA / PETROBRASRecursos iriampara a educaçãoTemer defenderestrições anovos partidosO vice-presidente da República,Michel Temer, disseontem que a redução donúmero de partidos ajudariaa democracia brasileira.O Congresso analisa aproposta que limita fundopartidário e tempo de TVde novas legendas. METROComissão discutepenas severas amenor infratorCâmara. Mudanças no Estatuto da Criança e do Adolescente serão analisadas, em conjunto,em um grupo especial que será criado hoje. Tempo de internação entrará em discussãoUma comissão especial serácriada hoje na Câmara paradiscutir mudanças no ECA(Estatuto da Criança e doAdolescente) que permitampunições mais severas paramenores infratores.Todos os projetos em tramitaçãoserão reunidos e levadosà debate, antes de serempostos em votação noplenário. “Há vários projetoscom temas correlatos.Então, foram apensados”,explicou o presidente da Câmara,deputado HenriqueEduardo Alves (PMDB-RN).Na semana passada, o governadorde São Paulo, GeraldoAlckmin (PSDB), apresentouuma proposta queamplia de três para oito134propostas de mudanças noEstatuto da Criança e doAdolescente serão objeto deanálise da Comissão Especial.AGU quer ressarcimento dodinheiro desviado no mensalãoA AGU (Advocacia Geral daUnião) aguardará o fim do julgamentodos recursos dos 25condenados para pedir o ressarcimentoaos cofres públicosdo dinheiro desviado noescândalo do mensalão. Segundoa denúncia do MinistérioPúblico, R$ 58,3 milhõessaíram dos cofres da Visanetpara abastecer as agências depublicidade DNA e SMP&B,que eram responsáveis peladistribuição de recursos usadospara a compra de votos.“Vamos analisar em cima doque foi publicado para vera possibilidade de tomar algumamedida de imediato”,afirmou o ministro-chefe daAGU, Luís Inácio Adams.O prazo para apresentaçãode recursos começou onteme vai até 2 de maio. Condenadoa 6 anos e 2 meses de8anos seria o novo tempo deinternação de menores quecometem crimes como estupro,homicídio e sequestro.anos o tempo de internaçãode menores que cometeremcrimes como estupro, homicídioe sequestro. Após atingir18 anos, o infrator serialevado para uma unidadesócioeducativa.Nenhuma das 22 propostasem tramitação pedindoa redução da maioridade penalserá analisada porquetrata-se de mudança no CódigoPenal e encontra resistênciado governo. O relatorda comissão será o líder doPSDB, Carlos Sampaio (SP), eo presidente será o deputadoVieira da Cunha (PDT-RS). Aconclusão dos trabalhos deveráser apresentada em 60 dias.METRO BRASÍLIAAdams estuda ações de ressarcimento | FÁBIO RODRIGUES POZZEBOM/ABRPropostas criam novo modelo de internação | RICARDO MARQUES/METRO BRASÍLIAprisão, Rogério Tolentino foio primeiro a apresentar embargopedindo que seja julgadopela lei anterior de corrupçãopassiva, o que provocariaredução de pena.Ministro revisor da açãopenal, Ricardo Lewandowskievitou dar prazo para a conclusãodo processo. “Não devemoster pressa”, disse, contrariandoa previsão do ministroJoaquim Barbosa, que quer aconclusão até junho.A Câmara vai esperar oSTF antes de definir sobrea perda de mandato dos deputadoscondenados PedroHenry (PP-MT), João PauloCunha (PT-SP), José Genoino(PT-SP) e Valdemar Costa Neto(PR-SP). METRO BRASÍLIAPolêmica.Criação de4 TRFs segueindefinidaUm erro na tramitação poderáimpedir a promulgação daEmenda Constitucional quecria os Tribunais RegionaisFederais de Belo Horizonte,Curitiba, Manaus e Salvador.Em reunião com associaçãode juízes ontem, o presidentedo Congresso, senador RenanCalheiros (PMDB-AL), alegouque uma mudança no textodeverá levar o texto a novavotação na Câmara.“Se por um lado há a necessidadede fazer a expansãoda Justiça Federal, por outrohá a necessidade tambémde observamos o rito constitucional”,declarou.A criação dos novos tribunaisé criticada por causa doaumento dos custos para o Judiciário.METRO BRASÍLIA


ANDRÉ PORTO/ METROPORTO ALEGREQuarta-feira,24 de abril de 2013EDUCAÇÃOFirme nos estudos,Alan K. P, de 12 anos,está aprendendoa desenvolver técnicasque ajudam a lidar coma dislexiaDISLEXIA SEMMISTÉRIOSPesquisadores trabalham para diagnosticaro deficit antes da alfabetização. Técnicasajudam na memorização PÁG. 12


+EESPECIAL|12| EDUCAÇÃOPORTO ALEGRE, QUARTA-FEIRA, 24 DE ABRIL DE 2013www.readmetro.coma palavra é dislexiaDiagnóstico. Estudo sugere ser possível detectar a dislexia antes do processo de alfabetização. Para especialistasbrasileiros, a iniciativa até ajudaria a reduzir o estigma social, mas apenas se somada a outras avaliaçõesAos 12 anos, Alan K. P. aprendeu com uma neuro-psicóloga especializada a desenvolver técnicas de memorização que o ajudam a lidar com a dislexia em sala de aula | ANDRÉ PORTO/METRO SPSe os pesquisadores da UniversidadeHarvard estiveremcorretos, as crianças não precisarãomais sofrer os estigmasque antecedem o diagnósticoda dislexia. Segundoeles, o deficit de aprendizagemque afeta a escrita, a leiturae traz prejuízos sociaispoderá ser diagnosticado antesmesmo da fase pré-escolar.“O estudo que realizamoscom ressonâncias magnéticassugere que a capacidadedo cérebro de processar sonsda linguagem seja deficiente[nas crianças com históricofamiliar de dislexia] mesmoantes de elas começarem a receberinstruções para aprenderema ler”, informou NoraRaschle, do Children’s Hospital,ao divulgar o resultado dapesquisa.Para ela, na prática, a descobertamudaria muita coisa.“Isso ajudaria a reduzir asconsequências sociais e psicológicasnegativas que essascrianças têm que enfrentar.”Para quem não sabe, a vidaemocional de um disléxicosem diagnóstico e tratamentonão costuma ser fácil. “Ele éconfundido como irresponsável,desinteressado e ‘lerdo’,e isso pode levá-lo a frustração,a problemas de autoestimae até a uma fobia escolar”,diz Clélia Argolo Estill, diretorada AND (Associação Nacionalde Dislexia), que vê com5% da populaçãodo Brasil sofre de dislexia.No mundo, o número ficaentre 5% e 10%, segundoClélia A. Estill, da AND.bons olhos a pesquisa, masacredita que, para efeitos práticos,um diagnóstico conclusivodo distúrbio só possa serrealizado ao final do processode alfabetização.“Só é possível afirmar algoapós dois anos de instruçãoformal. Antes, as criançasainda estão conhecendoa linguagem e trocam letras– uma passagem natural daaprendizagem”, explica.A psicóloga Maria CeciliaG. Nascimento vai além. “Aimagem pode ajudar, masacho prematuro afirmarque uma criança seja disléxicase baseando unicamenteneste exame.”Na opinião dela, sem aconfirmação de um psicólogo,fonoaudiólogo e psicopedagogo,sintomas isoladosapenas indicarão umdistúrbio de aprendizagem,e não a dislexia.Técnicas para aprenderPara superar as dificuldadesde leitura, Alan K. P., de 12anos, começou a adotar técnicasde memorização. “Passeia marcar o texto com canetascoloridas e a gravar oáudio das aulas”, conta o adolescente,que recebe orientaçãode uma profissionalespecializada.Ao que parece, o usode cores ativa a memória,serve de apoio para aescrita e ajuda organizarmelhor os esquemas. E asgravações não ficam atrás.“O aluno pode consultar oáudio com calma, atençãoe sem ansiedade até entendero conteúdo”, afirmaClélia.ELIANEQUINALIAMETRO SÃO PAULOOpinião“Crianças disléxicasnão são doentes,apenas têm umfuncionamento delinguagem peculiare merecem umcuidado pedagógicoque entenda suasnecessidades.”CÉLIA ARGOLLO ESTILL,DIRETORA DA AND (ASSOCIAÇÃONACIONAL DE DISLEXIA)VEJA COMO O DISLÉXICOVÊ E REPRODUZ UMA PALAVRAO QUE ELE VÊ...quatro... MAS REPRODUZVERBALMENTEquartoFONTE: AND (ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE DISLEXIA)O QUE ELE VÊ...gatinho... MAS REPRODUZVERBALMENTEganhoMELHORE O SEUDESEMPENHOUse recursos visuais(canetas coloridas) paraajudá-lo a memorizaras palavrasGrave as aulasNão tenha vergonhade pedir ao seuprofessor que leia emvoz alta os textosComo eles fazem (ou faziam)AgathaChristieAutora demais de 80 livros,Agathanão escrevia:ditava as históriaspara umasecretária ouusava umgravador.WhoopiGoldbergDisléxica, sofreumuitopreconceitona infância– o que nãoa impediu deseguir coma carreira deatriz.1 23METROMETROTomCruiseO ator não lêos roteiros: pedeque alguémleia o textoque irá interpretar,gravae usa o materialdepois paradecorar.METRO


PORTO ALEGRE, QUARTA-FEIRA, 24 DE ABRIL DE 2013www.readmetro.com {EDUCAÇÃO |13|◊◊Incentivo extra.Jovens que tiveremdificuldade devemprocurar aulasadicionais ainda noprimeiro semestre.Atitude é benéficae pode evitaro ‘estresse’ e acorreria nas provasde fim de anoQuem não quer ficar de recuperaçãoou teme levar uma‘bomba’ no fim do ano letivonão precisa esperar até o últimobimestre para procurarajuda: aulas de reforço aindano primeiro semestre podemresolver o problema.Segundo a professora JossiaraAparecida Vidal Moreno,que leciona para osensinos fundamental e médiohá 12 anos, esse é o melhorperíodo para não sair noprejuízo.“O ideal é que o aluno procureapoio já para um acompanhamentosemanal oumesmo quinzenal para nãopassar sufoco no fim do bimestreou do ano”, diz.E para saber quem realmenteprecisa de aulas extrasReforço imediatoDificuldade para fazer a lição de casa pode indicar necessidade de reforço | IMAGE SOURCE/CHARLES GULLUNGbasta observar. “A falta de interesseem praticar os deveresde casa já pode ser um indíciode que a criança ou jovem tenhadificuldade escolar”, alertaa docente.A mineira, de Sete LagoasGabriele Rodrigues Teixeira,por exemplo, foi uma que decidiumanter as aulas extracurricularesdepois de adotara prática no momentoem que precisava de reforço.“Quando meus pais perceberamque eu não estava aprendendo,resolveram contratarum professor particular”,diz a jovem de 16 anos, quehá cinco passou a ter aulasextras de matemática, física,química e português em casa.“Meus pais escolheramum profissional depois de observara experiência dele comoprofessor particular e dechecar se ele possuía algumareferência”, conta.Escolha cuidadosaE, de fato, é preciso atençãoao escolher um profissional.“Os pais devem avaliara competência e o conhecimentoque o profissional temna disciplina e também verificarse ele [o professor] é umapessoa paciente e acolhedora,“O ideal é procurar umacompanhamento jánas primeiras semanasde aula e intensificar osestudos nos períodos deprovas.”JOSSIARA MORENO,LICENCIADA EM FÍSICA E EM QUÍMICAque gosta de ensinar e que segratifica com o sucesso de seualuno”, orienta a psicopedagogae diretora da Tutores NovaCampinas, Fabiane de SouzaSilva Rabetti.Hoje, uma aula particularpode custar de R$ 60 a R$ 90por hora, mas esse valor nãocostuma ser fixo.“Aqui na minha cidade ovalor médio é de R$ 90 porquatro aulas mensais. Contudo,quanto maior o númerode aulas acordado, maiores aschances de conseguir um desconto”,conta Gabriele.ELIANEQUINALIAMETRO SÃO PAULO


|14| EDUCAÇÃOPORTO ALEGRE, QUARTA-FEIRA, 24 DE ABRIL DE 2013www.readmetro.comAprovados na adolescênciaVestibular. Jovens de 15 anos começam a pedir na Justiça o direito de cursar umafaculdade. Certificado de conclusão do ensino médio é indispensável por leiGabriel passou em cinco universidades, mas preferiu terminar a escola primeiro | RODRIGO FÉLIX LEAL / METROSer aprovado no vestibular compouca idade deixou de ser um feitoexclusivo de adolescentes acimados 16 ou 17 anos. Agora, com o auxílioda nota do Enem (Exame Nacionaldo Ensino Médio), até mesmoestudantes de 14 e 15 anosestão conseguindo uma vaga nasprincipais universidades do país.E não basta conseguir aprovação,o que eles querem é cursar- mesmo que para isso seja preciso‘pular’ o ensino médio e pedirna Justiça o direito de ocupara sua vaga.No Ceará, o jovem de 15 anos,Tiago Dirceu Galdino Saraiva, foium que conseguiu uma vaga nocurso de medicina da UFC (UniversidadeFederal do Ceará) e não deixoupor menos. “Pedi autorizaçãodo Conselho de Educação do Estadodo Ceará no começo de janeiroe o parecer saiu no dia seguinte”,conta o garoto, que garantiu achance de frequentar a universidadedepois de realizar uma prova. “Oteste era necessário para avaliar seeu tinha condições de pular o ensinomédio. Fiz e passei. Agora, começona faculdade em abril e nãovou precisar concluir o segundo e oterceiro anos”, explica.Mas será que adolescentes destafaixa etária têm maturidade paraassumir uma vida acadêmica?De acordo com Maria Irene Maluf,psicóloga especializada em educação,nem sempre. “Antes dos 16, hápossibilidades raras de encontrarjovens que consigam reunir condiçõescognitivas e emocionais paraesse salto”.Para ela, o avanço de séries podeser prejudicial no quesito socialização.“Quem entrou muitojovem poderá se decepcionar e sefrustrar mais facilmente frente àdificuldade de socialização comos mais velhos”.Em um processo julgado a favorde uma estudante no início desteano, o desembargador SérgioFernandes Martins, da 1ª Seção Cíveldo TJMS (Tribunal de Justiça deMato Grosso do Sul), manifestousua preocupação. “Registro minhapreocupação, se realmente é saudávelque uma adolescente de apenas14 anos de idade ingresse em umauniversidade, passando a conviverem um ambiente pensado, projetadoe frequentado unicamente poradultos”, declarou Martins.Outra visãoMas na contramão dessa corrente,há ainda quem não tenha tantapressa em concluir os estudos,como é o caso de Gabriel DonatoP. Gonçalves, de 15 anos. O garotoestuda no Colégio Senhora de Fátima,em Curitiba, e passou em cincouniversidades. “Não recorri à Justiçaporque não tenho pressa. Alémdisso, quero cursar uma universidadenos Estados Unidos”, conta oadolescente, que não vê utilidadeem antecipar algo que virá naturalmentecom o tempo. “Sei muitopouco do que o ensino médio aindapode me oferecer e nem sei ao certoo que desejo cursar”.Para ele, adiantar essa etapa davida seria um erro.ELIANEQUINALIAMETRO SÃO PAULO


|16| {CULTURA}PORTO ALEGRE, QUARTA-FEIRA, 24 DE ABRIL DE 2013www.readmetro.com2CULTURARecitalCançõesem trioO trio Encanto deCordas, da cantoraLeticia Torança, mostrarepertório de cançõesbrasileiras em doishorários: às 12h30, nofoyer do Theatro SãoPedro, e às 18h30, nojardim da Casa de CulturaMario Quintana. Orepertório vai de HeitorVilla-Lobos a CaetanoVeloso. Grátis.FantaspoaO festival será realizado de3 a 19 de maio nas salasEduardo Hirtz e Paulo Amorim(CCMQ), CineBancáriose Cine Santander.A programação está no sitewww.fantaspoa.comPrincipais mostras:• Ibero-Americana -produções em línguaespanhola e portuguesa• Internacional - váriasfilmografias• Panorama - filmes decaráter mais abrangente• Competição de curtas -49 filmes de 15 países• Homenageados - 15longas dos italianosRuggero Deodato eClaudio Simonetti• Apocalipse Zumbi - seislongas com muitohumor e banho desangue• Horror UndergroundAlemão - filmes deJörg Buttgereit , OlafIttenbach e AndreasSchnaas• Especial Bienal - mostraem setembro, junto coma exposição de artesLançamentoNovas obrasde SimõesLopes NetoDuas obras inéditas de SimõesLopes Neto vêm apúblico depois de um século.Os manuscritos de“Terra Gaúcha” e “Artinhade Leitura”, escritos entre1904 e 1907 e com caráterdidático, foram resgatadospelo colecionadorDuas semanas deroteiros fantásticosCinema. Programação do Fantaspoa vai reunir 150 títulos, representativos de 30 países.Oito mostras vão compôr o festival, que ainda terá 67 realizadores convidadosO curador do Fantaspoa,João Pedro Fleck, comemorao número de inscriçõespara esta edição do festival:mais de 1.200 filmes recebidos.“Foram muitas e muitasde horas de seleção parachegar aos 10% que serãoexibidos ao público”, revela.Apresentado ontem paraa imprensa e convidados,o Festival Internacional deCinema Fantástico de PortoAlegre chega à sua ediçãode número 9 revisto e ampliado.O foco, entretanto,continua sendo o mesmo:oferecer produções do gênerofantástico, de horror eficção científica que dificilmentechegariam aos cinemas.São filmes garimpadosem festivais internacionaise que, reunidos em PortoAlegre, transformam a capitalgaúcha em referênciano cenário cinematográficolatino–americano.Entre os 150 filmes selecionadosque vão compôras oito mostras, há váriasestreias mundiais eum recorte para o cinemade horror produzido na cenaunderground da Alemanha.Entre os destaques, hátítulos como “A SegundaMorte”, do argentino SantiagoCalvete, e o alemãoFausto Domingues, que assinaesta edição junto comCarlos Diniz, biógrafo deSimões, e o professor LuisAugusto Fischer, que apresentaos livros.O lançamento será noStudioClio (r. José do Patrocínio698 – tel.: 3254-7200), a partir das 19h. Cadalivro tem cerca de 200páginas e o kit com os doiscusta R$ 69,90. As obrassão da Editora Belas-Letras.METRO POAO longa “Aglaya” é um dos títulos da mostra Panorama | DIVULGAÇÃ0Realizado desde 2005, o Fantaspoa é o principalfestival do gênero cinema fantástico e de horrorna América Latina.“Você Prometeu”, da alemãAlex Schmidt. “Para encerraro festival, teremos apresença do diretor norte--americano Mike Mendez,que vem apresentar seu“Big Ass Spider!”, acrescentaFleck. Sempre concorridas,as sessões comentadasdo festival serão protagonizadaspor 67 realizadoresconvidados.O curador também apostana interação com o públicofiel do festival. “O site vaioferecer uma ferramentapara o frequentador montarsua própria grade de filmes.Ele escolhe os preferidos,imprime e leva no bolso”.METRO POAAbraço à BPE marca Dia Mundial do LivroCom cartazes e livros nas mãos, dezenas de pessoas se reuniram ontem em frente à BibliotecaPública do Estado, num ato simbólico em defesa da leitura e pela ampliação de um dos espaçosmais tradicionais da capital. Em reforma há anos, o prédio histórico não tem mais capacidadepara abrigar seu acervo de 250 mil obras e nem pra ampliá-lo no futuro | GABRIELA DI BELLA/METRO


PORTO ALEGRE, QUARTA-FEIRA, 24 DE ABRIL DE 2013www.readmetro.com {CULTURA} |17|◊◊MúsicaReppolho lançadicionário depercussãoO músico pernambucanoReppolho autografahoje o “Dicionário Ilustradode Ritmos e Instrumentosde Percussão”.O lançamento, marcadopara as 19h na Sala LuisCosme da CCMQ (r. dosAndradas, 736), incluium bate-papo com o públicoe uma roda de tamborescom a participaçãode Giba Giba e Paulo Romeo.METRO POAConcertoOrquestra Jovemse apresenta noBruno KieferA Orquestra Jovem do RSinaugura hoje, às 20h,no Teatro Bruno Kieferda CCMQ (r. dos Andradas,736), a temporadaBanrisul de concertos. Oprograma terá obras deBeethoven, Rieding, Vivaldie Piazzola. Grátis.METRO POAIggy Pop libera álbumcom Stooges na web‘Ready to Die’. Lançamento oficial dodisco é em 30 de abril, mas músicas jápodem ser ouvidas em streamingO anúncio veio no começodeste ano: Iggy Pop e a bandaThe Stooges iriam lançar, aindaem 2013, um novo álbum.O primeiro single, “Burn”, foidisponibilizado na internetno mês passado.Eis que agora, exatamenteuma semana antes de o talnovo disco ser lançado oficialmente,os músicos liberam todasas faixas para audição gratuita,em streaming, na web(no link goo.gl/MRvoK).O disco “Ready to Die” éo segundo com a assinaturaIggy & the Stooges desdeque os músicos voltaram a tocarjuntos, em 2007, em “TheWeirdness”. Mas uma partedos fãs não se deu inteiramentepor satisfeita na época– aquele disco, afinal, não tinhaa participação do guitarristaJames Williamson.Em “Ready to Die”, por suavez, Williamson se faz presentee mostra que permaneceem grande forma, sobretudona faixa que batiza odisco e em “Gun”. Seus acordesmostram que ainda têmótima simbiose com a voz deIggy, como no disco “Raw Power”(1973), última colaboraçãoentre eles – embora o cantortenha gravado os vocaisem Miami e o resto da bandatenha tocado na Califórnia.O álbum traz dez faixas,abertas pela empolgante (e jáconhecida) “Burn”. O que seouve pela meia hora seguinteé um som com cara dosStooges dos velhos tempos.METRO“READY TO DIE”IGGY & THESTOOGESFAT POSSUMRECORDSIggy Pop liberou seu novo álbumcom os Stooges na internet | Getty Images


|18| {VARIEDADES}PORTO ALEGRE, QUARTA-FEIRA, 24 DE ABRIL DE 2013www.readmetro.comAchados & perdidosRUBEM PENZRUBEM.PENZ@METROJORNAL.COM.BRTROCA DE PAPÉISAO DESPERTARFilha, se eu precisasse escolher um só momento donosso cotidiano para dar a você a exata dimensão doque é ser pai, oferecendo tudo o que penso e sinto arespeito dessa condição, não teria a menor dúvida:seria o despertar pela manhã. Desde o seu nascimento(como já acontecera com seu irmão), nunca maisacordei para uma vida no singular, preocupado apenascom as minhas necessidades, prazeres ou angústias.A partir de então e até hoje, abro os olhos paraas tantas vidas que compõem a família. E sei queamanhã também será assim.Parece exagero, mas a paternidade surge nessa instantaneidademesmo – do dia para a noite. O recém--nascido expulsa a gente da condição de filho, preservadaapenas no coração dos (agora) avós, e ofereceduas alternativas: ou seremos alguém, ou seremosninguém. Pai é ser alguém que se ocupa e se preocupa.Alguém que se doa. Alguém com quem se podecontar. Alguém que sabe o que deve ser feito e faz,pois há outro alguém dependente desta iniciativa.Ou, quando não sabe, descobre na medida da urgênciados filhos, sempre maiores do que as nossas. Ninguémescapa dessa.É por isso que defendo a tese de que o nascimentode um filho tem o magnífico poder de reorganizara escala de valores: no alto o que é essencial, abaixoo que pode esperar (às vezes para sempre). Tambémmostra qual o único amor que podemos controlar deverdade: o que ofertamos. Há quem passe a vida inteiraprocurando o amor em vão, esquecendo-se deolhar para o tanto do sentimento habita nosso interior.Porém, ao ter uma criança nos braços, essa riquezase mostra plena, transbordante. Vertiginosa.Na fantasia, se despertássemos invertidos (você nomeu lugar), garanto que já viria a primeira revelação:o dia do pai – e é claro que tudo isso também valemuitíssimo para a mãe – nunca é só seu. O primeiropensamento traz consigo a preocupação com a felicidadedo outro. Também orienta nossas atitudes e opiniões,pois, diferentemente de um cão ou gato (quetambém são dependentes), com os filhos a relação éde paridade. Vocês nos julgam sem parar. E nos educame nos punem muito mais do que se possa supordurante a infância e adolescência.Você pode não ter compreendido tudo, filha, nemoutros jovens que porventura acompanharam essaslinhas. Mas quem é pai entendeu. Quando estiver deverdade diante dos tantos deveres que os filhos trazem,desde o raiar do sol, verá que nossas cobrançassão ínfimas. Você e seu irmão estão no lucro. Capitalafetivo a ser investido, quem sabe, nos meus netos.Rubem Penz é escritor, músico, publicitário, baterista e compositor. Autor de “O Y da questão eoutras crônicas” e coordenador da oficina literária Santa Sede. Seu site é rubempenz.netOs invasoresCruzadasSudokuLeitor falaVacina da gripeFui sábado passado tomar a tão alardeadavacina contra a gripe. Eu e minhamulher fomos no posto da São Manoel,deu no rádio que todos os postos estavamabertos, chegamos lá pelas 10h e oposto estava fechado. Dá pra acreditar?ALEXANDRE GILBERTO COHEN – PORTO ALEGRE, RSJanelas fechadasVenho fazer uma denúncia que há muitotem me perturbado. É essa questãode andarem com as janelas totalmentefechadas nos coletivos. Principalmentenessa época de gripe de tudoque é tipo, sem contar outras doençasinfectocontagiosas de fácil proliferaçãoem ambientes quentes e úmidoscomo são os ônibus, e tem muitosque ficam até bravos se a gente abre asjanelas. Na minha opinião isso é um casode saúde pública e com certeza merecea nossa atenção. Minha queixa ésobre todos os coletivos de Porto Alegree Grande Porto Alegre, mas especialmenteos que circulam na zona sul.JORGE DORNELES – PORTO ALEGRE, RSMetro perguntaA paralisação dosprofessores estaduaisafetou sua vida dealguma forma hoje?Metro webPara falar com a redação:leitor.poa@metrojornal.com.brParticipe também no Facebook:www.facebook.com/metrojornalSiga o Metrono Twitter:@jornal_metropoa@FreitasEPSim! Provavelmente o seminário queeu tinha marcado com alunos de 2º anoamanhã terá que ser transferido.@AnselmoCunhaAfetou positivamente: me dá orgulhover uma classe profissional unida lutarpor seus direitos.@bonfiglioSim, não teve tema.@fabiotmottaApenas na dificuldade de acesso a algumasruas do centro, mas os interessespessoais não devem ficar à frentedo coletivo!Horóscopo Está escrito nas estrelas www.estrelaguia.com.brEscute mais as pessoas. Elas podem estarcom boas intenções e boa vontade para lhe ajudar. Basta deixarque elas façam o que estão prometendo fazer.Idealismos e religiosidade afetando assuas decisões. Dia de agir conforme certos princípios que serãomuito bem vistos pelas pessoas ao seu redor.Junte forças com quem estiver comos mesmos objetivos que você. Não é hora de ter preconceitos esim de somar número para formar um grupo mais fortalecido.Visão mais ampla e espiritualizada davida poderá lhe dar a oportunidade de realizar parcerias vencedorase a aproximação com pessoas mais poderosas.Mais um dia de espera e muita ansiedadeaté que tudo se realize. Até lá vai ser preciso exercitar maisa sua confiança nas pessoas e também a sua fé.Viagens e relacionamentos emalta. Bom momento para encontrar pessoas que irão influenciarpositivamente o seu dia. Aproveite para fazer novas amizades.Continua o clima de suspense e a necessidadede acreditar e confiar mais no outros. Eles é que irãofazer as coisas acontecerem para você. Tente relaxar.Mais sorte do que juízo. Hoje as suas vitóriasvirão do apoio de forças e pessoas muito maiores do quevocê. Basta você se manter fiel aos seus princípios.Procure dar mais suporte para as pessoasque dependem de você. Com a sua ajuda elas poderão realizarcoisas que vão lhe surpreender. Aposte nelas.Proteção e generosidade das pessoasao seu redor. Elas estão mais dispostas a colocarem um ponto finalem questões que estão atordoando a todos, sem exceção.Boa visibilidade e capacidade deconvencimento em alta. Bom momento para materializar as suasideias e fazer com que as pessoas a sigam em seus objetivos.Posição de destaque em questões importantesque possam envolver muitas pessoas. Dia de muitoapelo emocional e liderança para se chegar a ótimas soluções.


PORTO ALEGRE, QUARTA-FEIRA, 24 DE ABRIL DE 2013www.readmetro.com {ESPORTE} |19|◊◊Cartola. Leozrenuncia àpresidência daConmebolAos poucos os senhores feudaisdo futebol sul-americanovão saindo de cena após RicardoTeixeira ter deixado a presidênciada CBF em 2012, ontemfoi a vez de Nicolás Leozrenunciar a seus cargos depresidente da Conmebol e demembro do comitê executivoda Fifa. Questões de saúdemotivaram a sua decisão.Leoz, de 84 anos, estavano comando do futebol daAmérica do Sul desde 1986.Sua primeira passagem pelaentidade ocorreu em 1972,quando foi vice-presidente.Ouruguaio Eugenio Figueredodeve assumir o restante domandato, até 2015.METRO POALibertadoresOitavas de finalcomeçam hojeO duelo argentino entreNewell’s Old Boys e VélezSarsfield abre hoje, às21h15, as oitavas de finalda Libertadores. Amanhãocorre a partida entre RealGarcilaso e Nacional.METRO POATênisBellucci vence comdificuldadeMesmo estando 212 posiçõesà frente de seu oponenteno ranking de entradas,Thomaz Bellucciteve enormes problemaspara superar o espanholPablo Carreno-Busta por 2a 1, na sua estreia no ATP500 de Barcelona. Apesarde ter vencido os primeirosoito pontos do jogo,Bellucci foi derrotadopor 7 a 6 na primeira parcial.Na segunda, ele se recuperoue venceu por 6 a3. Na última, vitória por 7a 5. Na próxima rodada, obrasileiro enfrenta o vencedordo jogo entre o espanholDavid Ferrer e orusso Dimitry Tursunov.METRO POAÚltima oportunidadepor uma vaga na listaChance final. Brasil faz amistoso contrao Chile, o último antes da convocação deFelipão para a Copa das ConfederaçõesA última chance para mostrarserviço para Luiz FelipeScolari é hoje à noite diantedo Chile. O amistoso das 22h,somente com jogadores queatuam no Brasil, é o derradeiroda Seleção antes da conovocaçãopara a Copa das Confederações,programada para14 de maio.O treinador ainda tem dúvidassobre a lista final e nomescomo o colorado LeandroDamião e o gremista Fernandotêm a oportunidade de ficaremmais próximos de serchamados. O gol, a zaga, osmeias e o ataque possuem vagasabertas.“É hora de aproveitar aoportunidade da melhor maneirapossível. O professor játem uma base na cabeça, temque aproveitar e jogar bempara estar na lista final”, explicaFernando, que tambémfoi convocado para amistososem que envolveram atletasque atuam no exterior.Já Damião apareceu entreos relacionados somentenos dois jogos em que a convocatóriase restringiu aos“É hora de aproveitar aoportunidade da melhormaneira possível. Oprofessor já tem umabase na cabeça, tem queaproveitar e jogar bem.”FERNANDO, VOLANTE DO GRÊMIO E DASELEÇÃO BRASILEIRAatletas que jogam no futebolbrasileiro.“Quero fazer o máximopossível. Como sou atacante,quero fazer gols. O importanteé a vitória”, comenta o centroavante,autor de um gol noamistoso contra a Bolívia.Antes da estreia na Copadas Confederações, o Brasilainda terá dois amistosos. Oprimeiro em 2 de junho contraa Inglaterra, no Maracanã,e uma semana depois contraa França, na Arena.A Seleção vai a campocom certezas e incertezas.Felipão espera sair do estádioMineirão com a maioriade suas dúvidas dirimidas.METRO POARonaldinho e Neymar devem ser chamados | WAGNER CARMO/VIPCOMMBayern dá 4 passos rumo à finalJogadores do Bayern comemoram a vitória | CHRISTOF KOEPSEL/BONGARTS/GETTY IMAGESBRASILDiego Cavalieri; Jean,Dedé, Réver e AndréSantos; Fernando,Paulinho, Jadson e Ronaldinho;Neymar e Leandro Damião.Técnico: Luiz Felipe ScolariCHILEJohnny Herrera;Álvarez, González,Acevedo e Rojas;Braulio Leal; Reyes, Mena eFernando Meneses; Muñoz eVargas. Técnico: Jorge Sampaoli• Estádio. Mineirão, às 22h• Transmissão. TV Globo e rádios Bandeirantes AM e Ipanema FMMais do que uma vitóriaavassaladora, o que se viuontem na Allianz Arena foia troca da guarda do futebolmundial, com o Barcelonapassando o reinadode melhor equipe do mundopara o Bayern de Munique.Os alemães, de camapanhasconsistentes nosúltimos anos, precisavamde um resultado contundentepara se firmar comoo time mais temido do planeta.Eles conseguiram aoaplicar 4 a 0 sobre os espanhóis,no jogo de ida dassemifinais da Liga dos Campeõesda Europa.O Bayern aplicou a goleadaesmagadora sem precisarfazer retranca. Apesardo Barça ter tido maior possede bola (63%), os donosda casa em nenhum momentoforam passivos emcampo.Os dois primeiros golssaíram pelo alto com Müller,no primeiro tempo, eGomez, já no segundo. Robenne Müller, outra vez,fecharam o placar. Apesarda presença de Messi emcampo, os espanhóis foramestéreis ofensivamente, conseguindosomente quatrofinalizações. O jogo de voltaocorre em 1 o de maio, naEspanha. METRO POA3ESPORTELigaVendidoO meia Mario Göetzcomeça a dar adeus aoBorussia Dortmund hoje,na semifinal da Liga dosCampeões da Europacontra o Real Madrid.O jogador foi vendidoao Bayern de Muniquepor 37 milhões de euros(R$ 97,4 milhões).


|20| {ESPORTE}PORTO ALEGRE, QUARTA-FEIRA, 24 DE ABRIL DE 2013www.readmetro.comEstádio. IntermantémingressospopularesPara seguir com um bomcontingente de torcedoresem seus jogos no Centenário,a direção do Inter mantevepreços populares paraa semifinal do segundo turnodo Gauchão contra o Veranópolis,no domingo. Ovalor da entrada varia entreR$ 10 e R$ 25.Ter de mandar os jogoslonge de Porto Alegre devidoà reforma do Beira-Rioainda é um tema que reverberaentre os jogadores.“O Centenário é umgrande estádio e tem umgramado perfeito, que facilitanosso toque de bola. Asdimensões são grandes. Ficamais fácil para a genteconcluir e construir as jogadas”,comentou o volanteWillians.Desde ontem o atacanteCassiano, o meia Maurinho,o lateral Vilela e o volanteAugusto estão treinandocom o elenco principal e podemser aproveitado pelotécnico Dunga. METRO POAWillians elogiou o Centenário| ALEXANDRE LOPS/INTERNACIONALAtual fase tem maisempates e menos golsDesempenho. Das últimas sete partidas,Grêmio venceu somente uma única vezA atuação modelo do Grêmioem 2013, a vitória sobreo Fluminense, vai ficando cadavez mais distante. As últimasatuações gremistas estãolonge do nível daquele3 a 0 pela Libertadores. O timeapresenta dificuldadespara vencer e marcar gols.Nas últimas sete vezesem que entrou em camposomente em uma os trêspontos foram conquistados.Ocorreu uma derrota e cincoempates.O trabalho de VanderleiLuxemburgo tinha comomarca a escassez de resultadosiguais. Sua estreia,no ano passado, foi no 1 a 1com o Caxias, depois foram25 jogos sem empatar. Nestatemporada, o primeiro empateocorreu no 14 o jogo doano.A “empatite” gremista seapoia no bom desempenhodefensivo e no fraco rendimentoofensivo. Nos últimossete jogos são quatro gols sofridose o mesmo númerofoi marcado. Nos últimos seteconfrontos, o time não foiàs redes em três e não conseguiumarcar mais de doisgols em 90 minutos nenhumavez.5empates tem o time doGrêmio nos últimos sete jogos.Os atacantes estão combaixo rendimento. Barcosfez a tradicional comemoraçãodo pirata pela última vezem 20 de março, há mais deum mês. Kleber não superao goleiro adversário desde23 de março.“É ruim culpar só o Barcos.O time não está conseguindofluir, a bola não estáchegando. Antes chegava.Eu acho que o ataque só jogabem quando o meia municia”,analisou o treinadorapós 0 a 0 com o São Luiz.Dos quatro gols marcadosnos últimos sete jogos, doissaíram dos pés de um atacante.Foi de Vargas, em cobrançade pênalti no 1 a 1com o Passo Fundo, e Wellitonna derrota por 2 a 1 parao Cruzeiro.Jogando decisão atrás dedecisão no Estadual e na Libertadores,chegou a horado bom futebol gremistareaparecer. METRO POABarcos não marca gol desde de março | LUCAS UEBEL/GRÊMIO FBPAGrêmio dizque jogo seráno dia 16Apesar de o site da Conmebolindicar que o segundo jogodiante do Independiente SantaFé será em 7 de maio, o presidenteFábio Koff confirmouà Rádio Bandeirantes que o jogoserá no dia 16. O dirigentepreferiu não conceder entrevista.Ontem, o site da entidademodificou a data para o dia7, o que desegrada os gremistas,pois a final do segundoturno do Gauchão ocorre doisdias antes. METRO POAArenaBrigadadefiniráfuturo daGeralA reunião de ontem do ComissãoTécnica de Prevençãode Incêndios, do Corpode Bombeiros, não colocouum ponto final do que seráfeito com o espaço dedicadoà Geral do Grêmio, naArena.A conclusão do estudofoi enviada ao comando daBrigada Militar, que analisaráo laudo e dará o seuaval ou não em relação aoque será feito com o local.O anúncio deve ocorrer hoje.O mais provável é quesejam colocadas barras antiesmagamentoem toda aextensão do local, permitindoque os torcedores sigamassistindo aos jogos em pé,mas evitando que ocorra a“avalanche” nas comemoraçõesde gols METRO POAVelaGaúchasdisparam naliderança da Copado MundoCom um terceiro lugare uma vitória nas regatasde ontem, a dupla develejadoras formada porFernanda Oliveira e AnaBarbachan, do Clube dosJangadeiros, disparou naliderança da classe 470 daCopa do Mundo de vela.Com apenas três pontosperdidos, eles abriram 12de vantagem para a duplaaustríaca formada por LaraVadlau e Jolanta Ogar.A competição disputadaem Hyères, na França,termina no sábado.Cerca de 800 velejadoresparticipam do evento, representandomais de 50países, em 12 classes.METRO POAJogoAbertoLEONARDOMENEGHETTILEONARDO.MENEGHETTI@METROJORNAL.COM.BRJornalista esportivo desde 1986,Leonardo Meneghetti foi repórter derádio, TV e jornal e está no GrupoBandeirantes desde 1994. Foicoordenador de esportes, diretor dejornalismo, e, desde 2005, é o diretorgeralda Band-RS. Diariamente, às 12h30,comanda o Jogo Aberto, na Band TV.DESEMPENHO MEDÍOCRE.É TEMPO DE COBRANÇANão sei onde Luxemburgo escondeu o futebol do Grêmio. Vimosuma única atuação espetacular este ano, contra o Fluminense.E bons jogos contra Caracas e Lajeadense. E só. O Grêmiotem sido mediano na Libertadores. São oito jogos. Temtrês vitórias, três derrotas, dois empates. Conquistou 45% dospontos que disputou. Insuficiente, convenhamos. Não ganhahá três partidas. Vem de uma preocupante sequência de doisempates e uma derrota na competição sul-americana. E agora,como quem coloca o ovo de pé, o treinador anuncia que “estaequipe vai render mais”.Repare nos adversários que significaram este aproveitamentode 45%. Um time competitivo, o Fluminense, um meiaboca,a LDU, e dois timecos, Huachipato e Caracas. Não podemosesquecer que o Grêmio já precisou do recurso da decisãonos pênaltis duas vezes este ano. Na pré-Libertadores e agoracontra o São Luiz pelo Gauchão. Se os dirigentes não enxergamque o time tem sérios problemas é hora de tirar o tapa--olho emprestado por Barcos.A direção investiu, montou time, trouxe jogadores de reconhecidaqualidade. Errou em não contratar pelo menos umareposição para eventuais ausências de Elano e Zé Roberto. Faltaao menos um articulador ou armador na reserva. Mas o fatoé que Luxemburgo tem matéria-prima para montar um bomtime. E ainda não conseguiu. Foram boas contratações e algunserros naturais. Mas o grande jogador do time já estavano clube: Zé Roberto. Tire ele do Grêmio e a equipe desmonta.Sem Zé Roberto o Grêmio já estaria alijado da Libertadores. Epossivelmente do regional. Que jogador!Vanderlei Luxemburgo, competente, multi-campeão, temtema de casa para fazer. Colocar Cris na reserva é a primeiradecisão. Foi um erro desta nova gestão a troca de GilbertoSilva por Cris. E agora o treinador, fiador da mudança, precisafazer a devida correção. Luxemburgo precisa ainda equilibrara marcação na primeira linha do meio-campo. E, com isso,ganhar mais liberdade para o apoio de André Santos. Aafirmação de Kleber como titular na vaga de Vargas se faz necessária.E a fixação de Barcos como centroavante, de direitoe de fato. O argentino anda saindo muito da área, diminuindoseu perigo aos adversários. E ainda: pare de testar esquemas,Luxemburgo. Fixe o posicionamento do time, mantenhaos dois atacantes, invente menos, opte pelo conservadorismoe pragmatismo!Com estas providências, com um melhor rendimento individualde alguns jogadores, e com a direção atenta e cobrandodo treinador o Grêmio poderá efetivamente crescer na Libertadores.Mas se os dirigentes insistirem em terceirizar o departamentode futebol, entregando ao técnico todos os poderesde decisão sem qualquer fiscalização, o desastre se anuncia.Insisto: o Grêmio precisa de um diretor de futebol experiente,vencedor, e com pulso firme para cobrar no vestiário. Sem paternalismoe tapinha nas costas. Ainda há tempo. A forma deatuação de todos, no clube, precisa de uma mudança de rota.Direção, comissão, atletas. Ainda que a chave de adversáriosna Libertadores seja animadora, o risco é de uma colisão frontal,sem sobreviventes.

More magazines by this user
Similar magazines