Views
3 years ago

lucas fernando krug influência do beneficiamento ... - Cimento Itambé

lucas fernando krug influência do beneficiamento ... - Cimento Itambé

70Tabela 12 –

70Tabela 12 – Parâmetro das variáveis analisadas para compressão axial aos 7 diasFator Parâmetro Estimativa Erro padrão Teste t pCONSTANTE b0 42,2717 2,3098 18,30102 0,0000000000CCA b1 -96,0957 32,8226 -2,92773 0,0025640850AAG*CCA b2 140,595 57,6173 2,440153 0,0091342929CCA*BEM b3 -72,9999 21,3825 -3,414 0,0006388432AAG² b4 -82,2319 8,68392 -9,46944 0,0000000000CCA² b5 384,916 108,899 3,534615 0,0004450913BEM² b6 5,18666 1,35235 3,835294 0,0001762326A análise de variância (Tabela 11) do modelo resultou em um valor de r² de 0,8588,indicando que o modelo ajusta 85,88% dos valores observados para compressão axial aos 7dias e o valor ‘p’ do modelo menor que 0,01 indica que as variáveis representadas no modelorelacionam-se em um intervalo de confiança de 99%.Considerando-se as variáveis analisadas no modelo, e suas interações, os resultados daTabela 12 indicam que todas as combinações das variáveis são estatisticamente significativasa um nível de confiança de 99%, pois apresentaram valores de “p” menores que 0,01.Como era esperado, para um mesmo teor de substituição de cinza, quanto maior arelação água/aglomerante, menor a resistência à compressão.Destaca-se, no entanto que o valor de significância de “p” da variável beneficiamento(BEM²) é menor do que a do teor de substiuição (CCA²), o que significa que para a idade de 7dias o tipo de beneficiamento é mais fortemente significativo que o teor de substituição. Issopode ser comprovado pelo valor de significância da variável isolada CCA que apresentamenor influência sobre o comportamento da variável de resposta.Na Figura 31 são apresentadas as curvas originadas através do modelo obtido para aresistência a compressão aos 7 dias para todas as misturas.

71Resistência à compressão axial aos 7 diasMPa30,0025,0020,00Referência10% Natural10% Peneirada20% Natural20% Peneirada15,000,4 0,45 0,5 0,55 0,6a/aglFigura 31 - Resistência a compressão axial aos 7 diasVerifica-se na Figura 31 que para as misturas com 10% de cinza, o peneiramentocausou efeito positivo, pois obteve-se resistências superiores com a cinza peneirada emrelação a cinza natural. No entanto nas misturas com 20% de cinza verifica-se a situaçãocontrária, pois as misturas com cinza natural obtiveram resistências pouco superiores àsmisturas com cinza peneirada. Este fato pode estar associado ao fato da cinza peneiradapossuir maior diâmetro médio de partículas conforme caracterização da cinza, logo o efeito deempacotamento das partículas na matriz de concreto supera o efeito de pozolanicidade nasmisturas com 10% de cinza. Bui, Hu e Stroeven (2005) desenvolveram estudo sobre o efeitodo tamanho das partículas de adição de CCA sobre uma matriz de cimento e concluíram que oempacotamento é responsável pelo bom comportamento mecânico em idades iniciais doconcreto. No entanto, quando acontece o aumento do percentual de cinza para 20% o efeito deempacotamento possivelmente ultrapassou o ponto ótimo e foi superado pelo efeito depozolanicidade.4.1.2 Resistência à compressão aos 28 diasO modelo obtido para a compressão aos 28 dias de idade é apresentada através daEquação 9.Fc(28)= 55,4447 -107,801 x CCA + 228,427 x AAG x CCA - 42,4334 xCCA x BEM - 94,0171 x AAG² + 159,583 x CCA²Equação 9Onde AAG = relação água/aglomerante, com níveis de 0,41; 0,49 e 0,57BEM = Beneficiamento (0,5= sem cinza; 1= natural; 1,5=peneirada)CCA = percentual de substituição de cinza (0% = 0; 10%=0,1; 20%=0,2)

Fernanda Duarte Lopes Lucas Da Silva - Conpedi
Maria Luísa Spínola Fernandes Lucas 2007 ... - DigitUMa