Views
2 years ago

Estudo produtividade em pdf. - Fesete

Estudo produtividade em pdf. - Fesete

FESETEProdutividade nas

FESETEProdutividade nas I.T.V.C.Realizadas estas duas referências, analisam-se de seguida os resultados obtidos para as três áreas-chavepara a produtividade identificadas: recursos humanos, tecnologias e organização/estratégia. A ordem utilizadaé a mesma do questionário e não tem qualquer tipo de valorização, na medida em que as três são importantese interdependentes.F Recursos HumanosNo que concerne aos Recursos Humanos, a análise centrou-se em três questões principais: a caracterizaçãoda força de trabalho das empresas, a formação e os prémios de produtividade.Procurou-se comparar a estrutura de recursos humanos das empresas com a média dos sectores em quese inserem, no que respeita às suas características base – sexo, idade, habilitações, qualificações, antiguidade.Relativamente ao sexo, os resultados obtidos ao nível do Vestuário e Calçado correspondem ao expectávelpara os respectivos sectores, apresentando as empresas uma presença claramente maioritária das mulheres.Na Têxtil, os valores para 2002 do Ministério do Trabalho e Solidariedade, apontam para uma quaseigualdade nos pesos relativos, embora o sexo feminino seja ligeiramente superior. Nos estudos de casoanalisados, a situação é porém de um predomínio claro do sexo masculino.Gráfico 54% 100,080,060,040,020,00,0Y4 Y5 CAE17X1 X2 X3 CAE18Z6CAE19MasculinoFemininoNota: valores sectoriais de 2002 (Fonte: M.T.S.S., base de dados SISED)Os resultados obtidos para todos os outros indicadores revelam uma grande heterogeneidade entre asempresas. Como se pode verificar nos gráficos seguintes, existem diferenças consideráveis ao nível dasestruturas etárias, apresentando algumas empresas, estruturas muito jovens, enquanto outras são claramentemais envelhecidas. Esta é aliás uma realidade que importa analisar em conjunto com a antiguidade dopessoal.66

FESETEProdutividade nas I.T.V.C.Gráfico 55 Gráfico 56100%Estrutura etáriaNível antiguidade pessoal - 200480%60%40%100%80%60%40%20%20%0%X1 X2 X3 CAE 180%X1 X2 X3< 15 anos 15 - 19 20 - 3435 - 44 45 - 64 >= 65< 6 meses 6m - 1 ano 2 - 5 anos6 - 10 anos > 10 anosNota: valores sectoriais de 2002 (Fonte: M.T.S.S., base de dados SISED)A empresa X1 tem um quadro de pessoal claramente mais envelhecido que a média do sector, masapresenta simultaneamente níveis de antiguidade muito baixos. Esta situação, aparentemente contraditória,é explicada por duas razões: a empresa foi fundada há pouco mais de 10 anos e passou muito recentementepor um processo de fusão, que levou à integração de trabalhadores provenientes das empresas adquiridas,trabalhadores esses que pertenciam a faixas etárias mais elevadas, mas que se encontram na empresa hápouco tempo. Esta é também a justificação para o aumento muito significativo do número de trabalhadoresnos últimos anos.A empresa X2 é a que apresenta uma estrutura mais jovem, com mais de 60% dos seus trabalhadores, aterem uma idade inferior a 35 anos, o que aliado à informação de que também mais de 60% do pessoal seencontra na empresa há mais de 5 anos, indicia uma boa capacidade de manutenção dos seus recursoshumanos. A empresa X3 apresenta uma situação intermédia, relativamente a X1 e X2. No entanto, possuiuma estrutura de recursos humanos mais envelhecida que a média do sector e com níveis de antiguidademais elevados.Gráfico 57 Gráfico 58Estrutura etáriaNível antiguidade pessoal - 2004100%100%80%60%40%20%0%Y4 Y5 CAE 17>= 6545 - 6435 - 4420 - 3415 - 19< 15 anos80%60%40%20%0%Y4Y5> 10 anos6 - 10 anos2 - 5 anos6m - 1 ano< 6 mesesNota: valores sectoriais de 2002 (Fonte: M.T.S.S., base de dados SISED)67

PRODUTIVIDADE EMPENHO E TECNOLOGIA - Cenibra
+ PDF - Instituto de Estudos de Gênero
estudo que aborda produtividade e novas formas de remuneração ...
Estudos Camonianos_1975.pdf - Universidade de Coimbra
Educação como base da produtividade e competitividade d... Baixar ...
Versão em PDF - Partido Social Democrata
pdf - Instituto de Estudos de Gênero - UFSC
Veja versão em PDF - Revista Novos Estudos
Estudo Benchmarking 2012 - Associação Portuguesa de Contact ...
documento em PDF - Rel-UITA
Estudo macroeconomico - Relatório Final - Área Metropolitana do ...
Consulte e/ou descarregue a apresentação do estudo em formato pdf
Estudos de Cultura Clássica I_1987.pdf - Classica Digitalia ...
Estudos de Cultura Clássica 4_1991.pdf - Universidade de Coimbra
Download full document - Centro de Estudos Sociais - Universidade ...
Leia aqui a edição completa (pdf) - Computerworld
9ºCongress oo - Fesete
brochura de documentos - Fesete
Contrato Colectivo de Trabalho para o Sector do Calçado - Fesete
Contrato Colectivo de Trabalho para o Sector de Lanifícios ... - Fesete
Capa da TESE - Fesete
"Venceremos" - Campanha SST - Fesete