Views
2 years ago

Determinantes da Estrutura de Capital das Pequenas e Médias ...

Determinantes da Estrutura de Capital das Pequenas e Médias ...

objetivo justamente

objetivo justamente testar a aplicabilidade da teoria da estrutura de capital no universo daspequenas e médias empresas.2.7 LIQUIDEZA liquidez, entendida como sendo a capacidade potencial das empresassaldarem seus compromissos financeiros, é uma variável bastante significativa, apesar de tersido pouco usada nos estudos empíricos anteriores, na análise da estrutura de financiamentodas firmas, pois ela revela a capacidade financeira das empresas. Acredita-se ser defundamental importância essa variável no universo das pequenas e médias empresas, pois éjustamente esse tipo de empresa que mais apresenta problemas de liquidez e, por conseguinte,tendem mais a recorrer ao capital de terceiros. As empresas mais líquidas tendem a recorrermenos ao capital de terceiros.Nesta pesquisa, será testada a hipótese de que existe um relacionamentonegativo entre liquidez e endividamento.3. METODOLOGIA3.1.HIPÓTESESO Quadro 2 apresenta as hipóteses que serão testadas na presente pesquisa, bemcomo as teorias que sustentam e o sinal previsto para cada hipótese no modelo da Equação 1.Quadro 2 - Hipóteses testadas, teorias que sustentam e sinal previsto para o coeficienterelativo à cada Hipótese no modelo da Equação IN' FormuJação Teoria Coeficiente do modeloA estrutura de capital é diretamenteI proporcional ao tamanho das empresas Custos de falência PI > OA estrutura de capital é inversamente2 proporcional às oportunidades de crescirrento Custos de falênciaA estrutura de capital é inversamente3 proporcional à rentabilidade das empresas Pecking orderA estrutura de capital é inversamente proporcional4 à instabilidade da rentabilidade das empresas Custos de falênciaP 2 < OP3 < OP4 OA estruturade capital é diretamente6 proporcional à liquidez das empresas Custos de falência Pb > OFonte: adaptado de Gomes e Leal (2000)3.2.UNIVERSO E AMOSTRAO universo da pesquisa foi constituído pelas pequenas e médias indústrias detransformação (empregando de 20 a 499 funcionários, conforme critério estabelecido peloSEBRAE) localizadas na cidade de João Pessoa/PB, cadastradas na Federação das Indústriasdo Estado da Paraíba - FIEP, pertencentes à iniciativa privada e que concordaram emparticipar da pesquisa, totalizando 57 empresas.Das 57 empresas consultadas, exclui-se 37: 24 por não concordar em participarda pesquisa e/ou fornecer os dados necessários para realização do estudo, seis por não ter sidolocalizadas; cinco por encontrar-se desativadas; uma por ser empresa pública; uma por tertransferido suas atividades para outro Estado.Portanto, foram coletados os dados de 20 empresas pertencentes a sete setoresda economia, sendo: cinco pertencentes ao setor de fabricação de produtos alimentícios ebebidas, três ao setor de fabricação de produtos têxteis, uma ao setor de fabricação de papel e8-----..--..--

celulose, cinco ao setor de fabricação de edição, impressão e reprodução de gravações, três aosetor de fabricação de artigos de borracha e plástico, uma ao setor de fabricação de produtosminerais não-metálicos e duas ao setor de fabricação de equipamentos médico-hospitalares.Das 20 empresas pesquisadas, 13 são pequenas e sete são médias. Ressalta-se ainda, que lOempresas estão constituídas sob a forma de sociedade por ações (S/A) e 10 sob a forma desociedade limitada (LTDA).3.3.TÉCNICAS ESTATÍSTICAS UTILIZADAS PARA ANÁLISE DOS DADOSA amostra reuniu dados para a investigação da existência de relacionamentosentre a estrutura de capital das pequenas e médias empresas da cidade de João Pessoa/PB e asvariáveis porte, crescimento, rentabilidade, risco, composição dos ativos e liquidez. Analisousese há uma relação linear entre os determinantes da estrutura de capital selecionados e oíndice de endividamento das empresas por meio do modelo apresentado na Equação 1Yi =Po+ PI Xli + P2X2i + P3X3i + P4X4i + P5X5i + P(;X6i + /.li Eq. 1Onde: Yi - Variável dependente, representada na presente investigação peloíndice de endividamento médio observado no período de 1998 a 2000, entendido comomedidas da estrutura de capital das pequenas e médias empresas da cidade de João Pessoa/PB;Po a P6 - Representam os coeficientes de regressão a estimar; Xli - Variável independenterepresentada pelo porte; X2i - Variável independente representada pelo crescimento; X3i -Variável independente representada pela rentabilidade; X4i - Variável independenterepresentada pelo risco; X5i -Variável independente representada pela composição dos ativos;X6i -Variável independente representada pela liquidez.Juntamente com a análise de correlação múltipla, calculou-se também o teste"t" e os coeficientes Beta das variáveis independentes. O teste "t" serviu para verificar se avariável independente sobre análise era um determinante significante da estrutura de capital.Os coeficientes Beta foram utilizados para comparar a importância relativa das variáveisindependentes.3.4.V ARIÁ VEISA escolha das variáveis da presente pesquisa baseou-se em três critérios:suporte da teoria, utilização em pesquisas anteriores e disponibilidade dos dados. Todas asvariáveis (dependente e independentes) foram calculadas a partir do balanço patrimonial edemonstração do resultado do exercício das empresas pesquisadas. Foram calculadas asmédias das variáveis utilizadas no período entre 1998 e 2000, exceto no caso da variável risco,que foi calculada pelo desvio padrão. A utilização das médias objetivou diminuir distorçõesnos resultados dos testes causados por efeitos dinâmicos, como mudanças de regras detributação, variações nas taxas de juros, inflação, dentre outros.O Quadro 3 apresenta um resumo das varáveis a serem estudadas e osindicadores que servirão de base às mensurações das variáveis escolhidas para a estrutura decapital e para cada um dos determinantes da estrutura de capital.9--

Determinantes Da Estrutura de Capital - FUCAPE Business School
fatores condicionantes de sucesso das pequenas e médias ...
estrutura de capital valor da empresa e endividamento
estrutura de capital - Sistema de Bibliotecas da FGV - Fundação ...
Estrutura de Capital e Alavancagem - IAG - A Escola de Negócios ...
A ESTRUTURA DE CAPITAL E A PERFORMANCE DAS ... - PUCPR
Palestra Contabilidade para Pequenas e Médias Empresas ... - Crc SP
a administração financeira das pequenas e médias empresas
Pequenas e médias empresas Private Company Services - PwC
LIMA, Franciane Gonçalves. Determinantes do ... - Fucape
pobreza, pequenas e médias empresas e desenvolvimento ... - IESE
Estrutura de Capital Modigliani e Miller (MM) MM - Proposição I ...
Estrutura de capital e estratégias competitivas
Gestão de Pequenas e Médias Empresas em Cabo Verde Estudo ...
Sistema de gestão da manutenção para a pequena e média ... - Fatec
factores determinantes do valor da empresa no mercado de capitais
As micro e pequenas empresas: estruturas e competências - Simpoi
A importancia da estrutura de capital aberto no brasil - unisalesiano
Métodos de tomada de decisão para empresas de pequeno e ...
A importância da estrutura do capital social dentro de uma ...
Uso da estrutura de capital por empresas ... - AgEcon Search
Estrutura Normativa de Gerenciamento de Risco de ... - RB Capital
Apostila de Estrutura de Capital, Geração de Riqueza e Gestão de ...
i income smoothing , custo de capital de terceiros e estrutura de ...
PEQUENA ENCICLOPÉDIA - Instituto Paulo Montenegro
As Micro e Pequenas Empresas Socialmente ... - Anais Enapegs
GESTÃO DE CUSTOS EM EMPRESAS DE PEQUENO PORTE ...
Gestão de Custos nas Empresas de Pequeno Porte da Indústria de ...
A importância da contabilidade para micro e pequenas ... - Simonsen
Avaliação de Empresas de Pequeno Porte no Brasil através da ...