REDE BRASILEIRA DE LABORATÓRIOS DE ... - CRMV-PR

crmv.pr.org.br

REDE BRASILEIRA DE LABORATÓRIOS DE ... - CRMV-PR

Rede Brasileira de Laboratórios rios de Controlede Qualidade do Leite – RBQLA RBQL, criada pela Instrução Normativa nº37/2002 n–MAPA, de 18.4.2002, , compõe-se de um conjunto delaboratórios rios distribuídos dos em áreas geográficas deabrangência estratégica, com a finalidade precípua pua demonitorar e, dessa forma, contribuir para oaperfeiçoamento da qualidade do leite, em consonânciacom os objetivos do Programa Nacional de Melhoria daQualidade do Leite - PNQL.


É neste momento que iniciativas como ada InstruçãoNormativa 51/2002, doMAPA, tem uma importânciafundamental na busca da qualidade.A Instrução Normativa nº 51, que regulamenta aprodução, identidade, qualidade, coleta e transporte doleite A, B, C, pasteurizado e cru refrigerado, entrou emvigor no dia 1 o de julho de 2005 nas regiões Sul, Sudestee Centro-Oeste. Nas regiões Norte e Nordeste, a novaregulamentação entrou em vigor em 1o de julho de 2007.


RBQL- Breve HistóricoOutubro 1998I Simpósio Internacional de Qualidade do Leite (Curitiba, PR)Criação do CBQLPrimeira reunião dos laboratórios rios existentes no país(PARLPR, SARLE, Clínica do Leite, Embrapa Gado de Leite)Carta conjunta dos laboratórios rios ao MAPA sugerindo aestruturação de uma redeDezembro 2000Comissão Técnica Telaborao Projeto da RBQLAbril 2002Instrução Normativa 37/2002, do MAPARBQL oficialmente instituídaJunho 2002Comissão Técnica Telabora:Estatuto do Conselho Consultivo da RBQLRegimento da RBQLDezembro 2002Licitação e compra de equipamentos para laboratóriosrioscredenciados à RBQL


Finalidades da RBQLMonitorar a qualidade do leite cru no paísProporcionar à área pertinente da SDA/MAPA o plenoexercício cio da ação afiscal com referência à qualidadedo leite produzido no paísDefinir os protocolos operacionais para harmonizaçãodos procedimentos laboratoriaisEstruturar, alimentar e gerenciar o banco de dados dequalidade do leite no país


Estrutura Organizacional da RBQLCoordenação Geral (SDA)Secretaria Executiva ( Dilei )CGALConselhoConsultivoLaboratórioLaboratórioLaboratórioLaboratórioCredenciadoCredenciadoCredenciadoCredenciadoPasso FundoPiracicabaGoiâniaRecifeLaboratórioCredenciadoCuritibaLaboratórioCredenciadoJuiz de ForaLaboratórioCredenciadoBelo HorizonteLaboratórioCredenciadoConcórdia


8LaboratóriosriosCredenciados7à RBQL645321


Unidades Operacionais da RBQL1. Serviço o de Análise de Rebanhos Leiteiros (SARLE)Universidade de Passo FundoPasso Fundo, RSFone: (54) 3316 8191E-mail:sarle@upf.br2. Laboratório rio Estadual de Qualidade do LeiteCompanhia Integrada de Desenvolvimento Agrícola deSanta Catarina – Universidade do ContestadoConcórdia, SCFone: (49) 3441 1087E-mail:lableite_cidasc@uncnet.br


3. Programa de Análise de Rebanhos Leiteirosdo Paraná (PARLPR)Universidade Federal do Paraná - Associação Paranaensede Criadores de Bovinos da Raça a HolandesaCuritiba, PRFone: (41) 3367 7556E-mail:parlpr@holandesparana.com.br4. Clínica do LeiteEscola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz -Universidade de São PauloPiracicaba, SPFone: (19) 3429 4278 e (19) 3422 3980E-mail:cleite@esalq.usp.br


5. Laboratório rio de Qualidade do Leite Prof. José de Alencar(LQL-Embrapa)Embrapa Gado de LeiteJuiz de Fora, MGFone: (32) 3249 4826E-mail:lableite@cnpgl.embrapa.br6. Laboratório rio de Análise da Qualidade do Leite (LabUFMG(LabUFMG)Universidade Federal de Minas GeraisBelo Horizonte, MGFone: (31) 3499 2136E-mail:labufmg@vet.ufmg.br


7. Laboratório rio de Qualidade do Leite (LQL)7.Universidade Federal de GoiásGoiânia, GOFone: (62) 3521 1576 (Ramal 21)E-mail:lql@vet.ufg.br8. Programa de Gerenciamento de Rebanhos Leiteiros doNordeste (PROGENE)Universidade Federal Rural de PernambucoRecife, PEFone: (81) 3302 1550E-mail:progene@ufrpe.br


Atribuições dos Laboratórios rios CredenciadosRealização de análises laboratoriais para verificação daqualidade do leite cru coletado em propriedadesrurais e em estabelecimentos de laticínios(CCS, composição, CBT, resíduos de antibióticos)ticos)Fornecimento de material de coleta e recebimento deamostras de leiteProcessamento dos resultados analíticos egerenciamento do banco de dadosSuporte técnicotna interpretação dos resultadosTreinamento de coletores e transportadores deamostras


Atribuições dos Laboratórios rios CredenciadosRealização detrabalhos de pesquisaenvolvendométodos analíticos e procedimentos para melhoria daqualidade do leiteFornecimento de dados para a elaboração de planilhasde custos das análises laboratoriaisParticipação compulsória nos Programas de Controle deQualidade Intra e Inter – laboratorialTreinamento de pessoal do MAPA


Infra-estrutura Mínima MNecessáriapara Laboratórios rios Credenciados02 contadores eletrônicos de células somáticaspor citometria defluxo (300 amostras/hora)02 analisadores de componentes orgânicos de composiçãocentesimal (gordura, proteína, lactose e sólidos snão gordurosos)na região do infravermelho (300 amostras/hora)02 contadores de bactériaspor citometria de fluxo(150 análises/hora)Sistemas analíticos para detecção de resíduos de inibidores docrescimento microbiano em amostras de leite“Softwares” para cadastramento, gerenciamento e disponibilizaçãode informações


Conselho Consultivo – FinalidadeProgramar a operacionalizaçãoda RBQLDefinir a Política de Credenciamento de LaboratóriosriosAvaliar os indicadores de desempenho dos laboratóriosrioscredenciadosDefinir a metodologia para avaliação das Planilhas de Custo deanálises laboratoriaisAnalisar as oportunidades de investimentos públicos pna ampliaçãoda estrutura laboratorial da RBQLPropor a divulgação de informaçõesrelativas à RBQLElaborar e propor a divulgação de relatóriosrios sobre a evolução daqualidade do leiteDefinir o Estatuto dos laboratóriosrios credenciados


Conselho Consultivo – ComposiçãoCoordenadoria Geral da RBQLSecretaria Executiva da RBQL01 (um) membro titular e 1 (um) suplente do Laboratório rio deReferência01 (um) membro titular e 1 (um) suplente de cada LaboratóriorioCredenciado01 (um) membro titular e 1 (um) suplente da Confederação daAgricultura e Pecuária do Brasil01 (um) membro titular e 1 (um) suplente da Associação Brasileiradas Indústrias Alimentícias01 (um) membro titular e 1 (um) suplente do Conselho Brasileirode Qualidade do Leite


LABORATÓRIO RIO CENTRALIZADODE ANÁLISE DE LEITEConvênio APCBRH/UFPR


GRAFICO 3 - NÚMERO DE AMOSTRAS ANALISADAS NOPERÍODO DE 1995 A 2007400.000375.000350.000325.000300.000275.000250.000225.000200.000175.000150.000125.000100.00075.00050.00025.00001995199619971998199920002001200220032004200520062007CONTROLE LEITEIRO QUALIDADE - COMPONENTES E CCS QUALIDADE - CBT URÉIA


QUADRO 1 – COMPARATIVO DE DESEMPENHO DO PARLPRCONTROLE LEITEIRO200520062007ANIMAIS CONTROLADOS/MES20.06819.18120.227REBANHOS CONTROLADOS272221227MÉDIA KG/LEITE/DIA27,1526,1126,73% GORDURA3,363,473,47% PROTEÍNA3,073,153,11CÉLULAS SOMÁTICAS (X1000/ML)454440443CONTROLES MENSAIS - ANO247.351230.172242.727QUALIDADE200520062007AMOSTRAS DE COMP E CCS231.392287.501387.790% GORDURA3,823,83% PROTEÍNA3,23,19% LACTOSE4,374,38% SOLIDOS TOTAIS12,3412,35CCS - MEDIA GEOMETRICA288261AMOSTRAS DE CONT. BACTERIANA32.668187.027287.928CBT - MEDIA GEOMETRICA245277URÉIA200520062007AMOSTRAS ANALISADAS9.85049.528TOTAL AMOSTRAS - ANOTOTAL ANÁLISES- ANO32.426.38511.411714.4502.740.190967.9703.490.026


QUADRO 8 – MELHORES MÉDIAS ANUAIS DE REBANHOSDA RAÇA HOLANDESA PARA CONTAGEM DE CÉLULAS SOMÁTICAS (CCS)NO ESTADOANO2005CRIADORCARLOS ALBERTO HUBENNº DEANIMAIS28KG/LEITE29,0CCS(x1000/m69l)2006ALBERTO HUSCH2128,12412007ALBERTO HUSCH2326,2185De 31 a 60 animais2005SEBASTIÃO APARECIDO JERONIMO5027,11982006CARLOS ALBERTO HUBEN3328,4822007CARLOS ALBERTO HUBEN3629,177


ANODe 61 a 120 animais200520062007200520062007200520062007200520062007CRIADORDIRCEU ANTONIO OSMARINIDIRCEU ANTONIO OSMARINIDIRCEU ANTONIO OSMARINIDe 121 a 180 animaisKLAAS SALOMONSNÉLIO RIBAS CENTAABRAHAM E/OU MANFRED DUCKDe 181 240 animaisHENDRIK DE BOER JR.MARIUS CORNELIS BRONKHORSTJOHAN CHRISTIAN KIERSAcima de 240 animaisLAMBERT PETTERHANS JAN GROENWOLDLAMBERT PETTERNº DEANIMAIS160150135194182182282373301KG/LEITE36,429,329,530,428,932,733,130,835,234,9CCS(x1000/ml)120175167120304255200174192200Os LAMBERT destaques de CCS PETTER seguem normas do Conselho Deliberativo 301 Técnico da APCBRH 34,9 20064697728,631,9103126


GRAFICO 6 - MÉDIAS DE CONTAGEM DE CÉLULASSOMATICAS DE 2003 A 2007CCS (x 1000/ml)650600550500450400350300250JAN FEV MAR ABR MAI JUN JUL AGO SET OUT NOV DEZ2003 2004 2005 2006 2007


Percentagem dos resultados de CCS das amostrasanalisadas na RBQL,acima de 1.000.000 céls/mL1614121082005200620076420UFG USP EMBRAPA UPF APCBRH CIDASC UFRPE UFMG


------714457144504721647216795852958525346673466713863338633475092750924------------20062006-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------UFRPEUFRPE13306413306496265376265378,38,378,48,448,48,463,13,173,13,143,03,093,73,763,63,683,63,62190190212512508088084274274174173793799679709679705114115114118,58,518,58,508,48,483,13,193,13,183,13,173,83,833,83,843,83,85277277276276360360261261278278281281APCBRHAPCBRH4380534380532864212864218,58,598,68,608,68,683,23,243,23,213,23,223,73,733,63,673,63,67355355229229151151372372347347331331UFMGUFMGUPFUPF4082154082159918199181------------------------3,33,323,23,283,23,243,73,783,73,713,63,66934934864864801801385385360360531531EMBRAPAEMBRAPA3925273925272027072027078,78,778,78,738,28,243,23,223,23,213,23,253,53,563,73,713,63,63268268-------------------280280----------------UFGUFG5301705301704180544180548,68,618,58,568,58,593,13,183,13,193,13,193,53,563,53,583,53,56127127115115151151354354363363352352USPUSP------------------------8,38,31------------3,03,06------------------3,93,90------------------2612611----------------486486--------CIDASCCIDASC200720072005200520072007200620062005200520072007200620062005200520072007200620062005200520072007200620062002005200200720020062002005Númeromero dede amostrasamostrasESDESDMédiadiaProteProteínanaMédiadiaGorduraGorduraMédiadiaCBTCBTMédiadia GeoGeoCCSCCSMédiadia GeoGeoU.O.U.O.


Obrigado pela atenção ! !

More magazines by this user
Similar magazines