Clique aqui para visualizar a BULA - Ultrafarma

ultrafarma.com.br
  • No tags were found...

Clique aqui para visualizar a BULA - Ultrafarma

cefalexinaFORMA FARMACÊUTICA E APRESENTAÇÕESSuspensão oral de 250 mg/5 mL e 500 mg/5 mL, embalagenscontendo frascos de 100 mL, acompanhados de dosadores.USO PEDIÁTRICO OU ADULTOUSO ORALCOMPOSIÇÕESCada 5 mL da suspensão oral contém:cefalexina (na forma de cefalexina monoidratada [263 mg])...250 mgcefalexina (na forma de cefalexina monoidratada [526 mg])...500 mgveículo q.s.p. .......................................................................... 5 mL(aroma de abacaxi, aroma de limão, butilparabeno, coranteamarelo crepúsculo, cloreto de sódio, crospovidona, dióxido desilício, estearato de alumínio, lecitina de soja, óleo de rícinohidrogenado etoxilado, sacarose, vanilina, triglicerídeo de ácidoscáprico e caprílico).INFORMAÇÕES AO PACIENTECOMO ESTE MEDICAMENTO FUNCIONA?Este medicamento é um antibiótico de uso oral pertencente ao grupodas cefalosporinas. Apresenta ação bactericida, destruindo asbactérias causadoras do processo infeccioso.POR QUE ESTE MEDICAMENTO FOI INDICADO?Este medicamento é indicado para o tratamento das seguintesinfecções causadas por bactérias sensíveis a cefalexina: sinusites(inflamação dos seios da face), infecções do trato respiratório, otitemédia (inflamação do ouvido médio), infecções da pele e tecidosmoles, infecções ósseas, infecções do trato geniturinário e infecçõesdentárias.Nota: De acordo com a história do paciente e aspectos clínicos, omédico poderá indicar a realização de testes de sensibilidade acefalexina e culturas apropriadas do microrganismo causador.01QUANDO NÃO DEVO USAR ESTE MEDICAMENTO?CONTRA-INDICAÇÕESA cefalexina suspensão oral é contra-indicada em pacientesalérgicos as cefalosporinas.ADVERTÊNCIAS / PRECAUÇÕESAntes de iniciar o tratamento com cefalexina suspensão oralverifique cuidadosamente se você já apresentou reaçõesanteriores de hipersensibilidade (alergia) às cefalosporinase às penicilinas. Pacientes alérgicos à penicilina devem usareste medicamento com cuidado.Informe ao seu médico se você já teve alguma reaçãoalérgica a antibióticos do tipo das penicilinas ou cefalosporinas.Há evidências clínicas e laboratoriais deimunogenicidade cruzada parcial entre as penicilinas e ascefalosporinas. Houve relatos de pacientes que apresentaramreações graves, incluindo anafilaxia (reação violentaa uma segunda dose de algum antígeno) a ambas as drogas.Houve relatos de colite pseudomembranosa compraticamente todos os antibióticos de amplo espectro(ampla ação) incluindo os macrolídeos, penicilinas semisintéticase cefalosporinas. É importante considerar estediagnóstico para pacientes que apresentem diarréiaassociada ao uso de antibióticos. Essas colites (inflamaçõesdo intestino grosso) podem variar de leve a intensa (comrisco de vida).Informe ao seu médico sobre a ocorrência de diarréiadurante o uso do medicamento.O uso prolongado ou inadequado da cefalexina, assim comoos antibióticos em geral, poderá resultar na proliferaçãode bactérias resistentes. A observação cuidadosa dopaciente é essencial. Se uma superinfecção ocorrer durantea terapia, seu médico deverá tomar as medidas apropriadas.Pacientes com insuficiência renal grave devem usar acefalexina com cuidado. Essa condição requer observaçãoclínica e exames laboratoriais freqüentes, pois a dose segurapoderá ser menor do que a usualmente recomendada.Não há recomendações e advertências quanto ao uso destemedicamento por idosos.Informe ao seu médico ou cirurgião-dentista se você estáfazendo uso de algum outro medicamento.Não use medicamento sem o conhecimento do seu médico.Pode ser perigoso para a sua saúde.Este medicamento não deve ser utilizado por mulheresgrávidas ou amamentando sem orientação médica ou docirurgião-dentista.Informe ao médico ou cirurgião-dentista o aparecimentode reações indesejáveis."ATENÇÃO: Este medicamento contém Açúcar, portanto,deve ser usado com cautela em portadores de diabetes."INTERAÇÕES MEDICAMENTOSASPoderá ocorrer uma reação falso-positiva para glicose naurina com as soluções de Benedict ou Fehling ou com oscomprimidos de sulfato de cobre para teste.A eliminação da cefalexina pelos rins é inibida pelaprobenecida. A cefalexina suspensão oral e metformina, emdoses únicas de 500 mg apresentaram interaçãomedicamentosa em indivíduos saudáveis.COMO DEVO USAR ESTE MEDICAMENTO?Aspecto físico e características organolépticasSuspensão viscosa, homogênea, de cor laranja e com odorcaracterístico.DOSAGEMAdultos - as doses para adultos variam de 1 a 4 g diários, em dosesdivididas. A dose usual para adultos é de 250 mg a cada 6 horas.Para tratar faringites estreptocócicas, infecções da pele, estruturas dapele e cistites (inflamação da mucosa da bexiga) não complicadas empacientes acima de 15 anos de idade, uma dose de 500 mg ou 1 gpode ser administrada a cada 12 horas.O tratamento de cistites deve ser de 7 a 14 dias. Para infecções dotrato respiratório, causadas por S. pneumoniae e S. pyogenes, énecessário usar uma dose de 500 mg a cada 6 horas. Infecções maisgraves ou causadas por microrganismos menos sensíveis requeremdoses mais elevadas. Se houver necessidade de doses diárias decefalexina acima de 4 g, o médico deve considerar o uso de umacefalosporina injetável, em doses adequadas.Crianças - a dose diária recomendada para crianças é de 25 a50 mg/Kg em doses divididas. Para faringites (inflamações da mucosada faringe) estreptocócicas em pacientes com mais de um ano deidade, infecções leves e não complicadas do trato urinário, infecçõesda pele e estruturas da pele, a dose diária total poderá ser divididae usada a cada 12 horas.Exemplos de doses de cefalexina suspensão oral 250 mg/5 mL(1 colher-medida) conforme o peso da criança:Peso (kg)102040Peso (kg)102040Dose de 25 mg/kgQuatro vezes ao dia¼ colher-medida½ colher-medida1 colher-medidaDose de 50 mg/kgQuatro vezes ao dia½ colher-medida1 colher-medida2 colheres-medidaDuas vezes ao dia½ colher-medida1 colher-medida2 colheres-medidaDuas vezes ao dia1 colher-medida2 colheres-medida4 colheres-medidaNas infecções graves a dose pode ser dobrada.No tratamento da otite (inflamação do ouvido) média, os estudos clínicosdemonstraram que são necessárias doses de 75 a 100 mg/kg/diadivididos em 4 doses.No tratamento de infecções causadas por estreptococos betahemolíticos,o paciente deve usar a dose terapêutica por 10 dias, nomínimo.Siga a orientação de seu médico, respeitando sempre oshorários, as doses e a duração do tratamento.Não interrompa o tratamento sem o conhecimento do seumédico.02 03 04204299


Siga corretamente o modo de usar. Não desaparecendo ossintomas, procure orientação médica ou de seu cirurgiãodentista.Não use o medicamento com o prazo de validade vencido.Antes de usar, observe o aspecto do medicamento.COMO USARA cefalexina suspensão oral pode ser usada independente dasrefeições. Caso o paciente deixe de tomar uma dose, deverá tomálaassim que possível. Não use mais que a quantidade totalrecomendada pelo médico em um período de 24 horas. Agite bemo frasco de cefalexina suspensão oral todas as vezes quefor usar o medicamento.INSTRUÇÕES DE USO1. Antes de utilizar o medicamento pela primeiravez, agite VIGOROSAMENTE o frasco até que todoo pó depositado no fundo do frasco sejaressuspendido.VOLTE A AGITAR O FRASCO TODA VEZ QUE FORUTILIZAR O PRODUTO.2. Retire a tampa do frasco do medicamento eencaixe o bico adaptador (fornecido com a seringa)na boca do frasco. Pressione até que fiqueperfeitamente ajustado.3. Encaixe a seringa dosadora no bico adaptadorque foi colocado na boca do frasco.054. Vire o frasco de cabeça para baixo e puxe oêmbolo da seringa até atingir a quantidade (dose)receitada pelo seu médico.5. Administre a dose contida na seringa, diretamentena boca da criança, empurrando o êmbolo até ofinal.6. Feche bem o frasco.7. Lave várias vezes a seringa com água, limpando-a bem para quepossa ser utilizada novamente. Tampe a seringa e guarde-a em locallimpo, junto com o frasco do medicamento.QUAIS OS MALES QUE ESTE MEDICAMENTO PODECAUSAR?Sintomas de colite (inflamação do intestino grosso)pseudomembranosa podem aparecer durante ou após otratamento com antibiótico. Enjôos e vômitos foramrelatados raramente. A reação adversa mais freqüente temsido a diarréia, sendo raramente grave o bastante paradeterminar a interrupção do tratamento. Houve tambémrelatos de dispepsia (indigestão) e dor abdominal. Comoacontece com algumas penicilinas ou cefalosporinas, hárelatos raros de hepatite (inflamação do fígado) transitóriae icterícia (coloração amarela dos tecidos e secreções porpresença anormal de pigmentos biliares) colestática.Foram observadas reações alérgicas na forma de erupçõescutâneas, erupções cutâneas com urticária (coceira),angioedema e raramente eritema (vermelhidão da pele)multiforme, síndrome de Stevens-Johnson ou necrólisetóxica epidérmica (morte das células da pele).06Essas reações geralmente desaparecem com a suspensãoda droga. Pode ser preciso terapia de suporte em algunscasos. Houve também relatos de anafilaxia (reação violentaà segunda dose de algum antígeno).Também ocorreram outras reações como: prurido (coceira)anal e genital, monilíase (candidíase) genital, vaginite(inflamação da vagina), corrimento vaginal, tonturas, fadiga(cansaço), dor de cabeça, agitação, confusão, alucinações,artralgia (dor nas articulações), artrite (inflamação nasarticulações) e doenças articulares. Houve relatos raros denefrite intersticial reversível (inflamação dos rins).Eosinofilia, neutropenia, trombocitopenia, anemiahemolítica e elevações moderadas da transaminaseglutâmico-oxalacética (TGO) e transaminase glutâmicopirúvicano soro (TGP) têm sido referidas.O QUE FAZER SE ALGUÉM USAR UMA GRANDE QUAN-TIDADE DESTE MEDICAMENTO DE UMA SÓ VEZ?0s sintomas de uma dose oral muito elevada podem incluir enjôos,vômito, dor epigástrica (na região superior e mediana do abdome),diarréia e hematúria (presença de sangue na urina). Se o pacienteapresentar esses sintomas ou se houver certeza de que ele tenhausado uma dose muito elevada, certifique-se de que o paciente poderespirar bem, não provoque vômito e procure imediatamenteatendimento médico. Informe o médico sobre o medicamento usadoe a quantidade ingerida para que ele tome as medidas necessárias.ONDE E COMO DEVO GUARDAR ESTE MEDICAMENTO?Manter o medicamento em temperatura ambiente (entre 15 - 30°C).Este medicamento tem prazo de validade de 24 meses a partir dadata de fabricação, que pode ser verificada na embalagem externado produto.Não use o medicamento se o prazo de validade estivervencido. Pode ser perigoso à sua saúde.Siga corretamente o modo de usar, não desaparecendo ossintomas procure orientação médica.Todo medicamento deve ser mantido fora do alcance dascrianças.VENDA SOB PRESCRIÇÃO MÉDICAData de fabricação, prazo de validade e nº do lote: vide cartucho.Farm. Resp.: Dra. Miriam Onoda Fujisawa - CRF-SP nº 10.640MS - 1.0181.0467Medley S.A. Indústria FarmacêuticaRua Macedo Costa, 55 - Campinas - SPCNPJ 50.929.710/0001-79 - Indústria BrasileiraProduzido por:Medley S.A. Indústria FarmacêuticaRua São Policarpo, 100 - Sumaré - SP07 08204299

More magazines by this user
Similar magazines