A referência em segurança e fiabilidade em ... - Schneider Electric

schneiderelectric.pt

A referência em segurança e fiabilidade em ... - Schneider Electric

Norma IEC 61439-1 & 2A referência emsegurança e fiabilidadeem quadros elétricosde baixa tensão


As 10 principais funções dTodas as verificações propostas pela norma IEC 61439 cona segurança, a continuidade de serviço e a conformidade cSegurançaComportamento aos esforços elétricos face a sobretensõesNecessidades e requisitos do projeto Verificação do projeto Verificação de rotinaCapacidade para suportar sobretensõestemporárias, transitórias e de longa duração,garantidas através das distâncias de isolamento,linhas de fuga e isolamento sólido> Medição das distâncias de isolamentoe linhas de fuga.> Ensaio de dielétrico à frequência industrial.> Ensaio de tensão de resistência aos impulsosde tensão, quando as distâncias de isolamentosão maiores que os valores especificados.Capacidade de transporte de corrente> Inspeção visual das distânciasde isolamento (sujeitosàs condições do projetoe às distâncias de isolamento).> Ensaio dielétrico à frequênciaindustrial.Necessidades e requisitos do projeto Verificação do projeto Verificação de rotinaProteção contra incêndios através da limitaçãode temperaturas excessivas:> Quando qualquer circuito está continuamenteem carga à corrente nominal.> Quando qualquer circuito está continuamenteem carga à corrente nominal multiplicada peloseu factor estipulado de diversidade.> Ensaios de temperatura.> Comparação com um projeto de referênciatestado sob condições restritas de característicaspara variantes similares.> Por cálculo em condições muito restritivas, comuma desclassificação de 20% nos dispositivos.Capacidade de resistência a correntes de curto-circuito> Inspeção visual.> Verificação aleatória do bináriode aperto.> Verificação do IP.Necessidades e requisitos do projeto Verificação do projeto Verificação de rotinaResistência às correntes de curto-circuito,graças a dispositivos de proteção, coordenaçãodos dispositivos de proteção aos curto-circuitoe capacidade de suportar os esforços térmicose dinâmicos resultantes das correntesde curto-circuito em todos os condutores.> Ensaio de curto-circuito (Icc e Icw) do circuitoprincipal, incluindo o condutor de neutro e deproteção.> Ou comparando com um projeto de referênciatestado sob condições restritivas.> Inspeção visual.Proteção contra choques elétricosNecessidades e requisitos do projeto Verificação do projeto Verificação de rotinaElementos ou peças dispostas de forma a facilitara operação e manutenção por parte de pessoalqualificado e ao mesmo tempo garantir o graude segurança necessário para alcançar asmedidas de proteção necessárias à instalação.> Ensaio IPXXB e verificação dos materiais isolantes.> Ensaios de funcionamento mecânico.> Verificação das propriedades dieléctricas.> Medição da resistência entre as partes condutorasexpostas e terminal de proteção (PE).> verificação da resistência ao curto-circuitodo circuito de proteção.Proteção contra riscos de incêndio ou explosão> Inspeção visual , circuitode proteção e proteção de terra.> Verificação aleatória do bináriode aperto das ligações de circuitosde proteção.Necessidades e requisitos do projeto Verificação do projeto Verificação de rotinaProteção de pessoas contra o risco de incêndio:Resistência à ignição interna de elementos,através da seleção de materiais, componentese sua aplicação.> Ensaio do fio incandescente.> Ensaio especial de acordo coma norma IEC/TR 61641, quando especificado.Nenhumas.4


a norma IEC 61439tribuem para a obtenção de 3 objetivos básicos:om os requisitos do utilizador finalContinuidade de serviçoManutenção e capacidade de modificaçãoNecessidades e requisitos do projeto Verificação do projeto Verificação de rotinaCapacidade de preservar a continuidade de serviçosem colocar em risco a segurança durante a manutençãodo quadro ou modificações realizadas por pessoal qualificado.Pode obter-se através de proteções básicas bem como pelautilização de componentes extraíveis opcionais.Compatibilidade Electromagnética> Ensaios de IP.> Ensaios de funcionamentomecânico.(especialmente das partesremovíveis).> Eficácia dos elementosde actuação mecânica.> Verificação da proteçãode pessoas contra choqueselétricos.Necessidades e requisitos do projeto Verificação do projeto Verificação de rotinaO funcionamento adequado não gera perturbaçõeseletromagnéticas através da incorporação de dispositivoseletrónicos de acordo com a norma CEM correspondentedesde que sejam corretamente instalados.> Ensaios CEM de acordo comas normas do produto ou normasgenéricas CEM.Nenhumas.Conformidade com os requisitosdo utilizador finalCapacidade de operar a instalação elétricaNecessidades e requisitos do projeto Verificação do projeto Verificação de rotinaFuncionamento correto, de acordo com:> Por inspeção.> O esquema elétrico e as suas especificações (tensões, correntes,seletividade, etc.) através da seleção e instalação de aparelhosapropriados.> As instalações de funcionamento especificadas (acesso ao diálogohomem-máquina, etc.) através da acessibilidade e identificação.Capacidade de instalação em obra> Ensaio de resistência aosimpulsos de tensão suportáveldas distâncias de isolamento.> Inspeção visual.> Ensaio de verificaçãoda eficácia dos elementosmecânicos e ensaio funcional(se relevante).Necessidades e requisitos do projeto Verificação do projeto Verificação de rotinaCapacidade de adaptação às limitações de manuseamento,armazenamento, transporte e instalação, capacidade de se instalare ligar através da seleção ou projeto do invólucro e terminais externos,e por previsões e documentação.> Por inspeção.> Ensaio de elevação de acordocom IEC 62208.> Número, tipo e identificaçãode teminais para condutoresexternos.Proteção contra influências externas (condições ambientais)Necessidades e requisitos do projeto Verificação do projeto Verificação de rotinaProteção do conjunto contra impactos mecânicos e condiçõesatmosféricas adversas através da seleção de materiaise de disposições do projeto distintas.> Ensaio IP.> Ensaio IK.> Ensaio Corrosão.> Ensaio UV(somente para uso exterior).Nenhumas.5


Sistema funcional para terciário e indústriaPrisma Plus… 100% mais do que aCapacidade de resistência ao curto-circuitoA coordenação entre os equipamentos SchneiderElectric e os componentes de distribuição Prisma Pluspara as entradas e saídas, permite uma capacidade de resistênciaao curto-circuito elevada.Esta característica de conceção do quadro elétrico permiteuma continuidade de serviço otimizada em caso de defeito elétrico.Proteção contra choques elétricosO Prisma Plus oferece componentes de base para alcançaro nível adequado de protecção elétrica IPxxB.Tampas para bloco de terminal.Tapa bornes para aparelhos.Compartimentação para barramento e ligações, separaçãodos barramentos e terminais até forma 4b.Capacidade de resistência ao esforço eléctricoDistância de isolamento e linhas de fuga:Todas as unidades funcionais foram projetadas tendo em contaa distância de isolamento mínima para qualquer tipo de configuraçãodefinida para o conjunto de dispositivos da Schneider Electric.Por exemplo o disjuntor Compact NSX pode ser instaladocom um comando rotativo, motorizado ou com base extraívelque as distâncias de isolamento estão sempre garantidas.Os suportes de barramentos são concebidos para ter em contaas linhas de fuga mínimas exigidas pela norma IEC.6


norma IEC!100%IEC 61439 - 1 & 2Facilidade na manutenção e modificaçãoO Sistema Prisma Plus além de IPxxB para a acessibilidadeao invólucro, foi projectado para oferecer uma organização elétrica,clara e lógica, permitindo um acesso seguro e simplespara manutenção e eventuais ampliações.Permite realizar as intervenções em menos tempo e com menorrisco de erros, diminuindo assim o tempo de inatividadee consequentemente melhora a continuidade de serviço.Barramento LinergySchneider ElectricProductinside*Permite ser acedido de forma fácil e segura, em caso de sernecessário ampliar a instalação removendo somente uma barreirafrontal de forma 2.Os condutores são desfasados 25 milímetros entre si, possibilitandoaos eletricistas qualificados executar a intervenção a partir da partefrontal do compartimento, não havendo necessidade de desmontara parte lateral para ter acesso ao interior.Permite realizar as intervenções para ampliação ou manutençãode uma forma mais rápida e directa.Comportamento ao choqueOs componentes Prisma Plus foram concebidos para seremcompatíveis com os dispositivos elétricos da Schneider Electriccom uma especificação para suportar impulsos de tensão suportávelaté 12,8 kV.Os clientes dispõem de uma margem de segurança em casode sobretensões transitórias na rede, aumentando a segurançae a continuidade de serviço da instalação ao longo do tempo.Instalação em obraPara além de ser submetido a testes rigorosos, Prisma Plus,possui também acessórios de manipulação versáteis, de formaa abranger todas as possibilidades de instalação mesmo em locaisonde o pé direito da instalação seja reduzido.* O uso exclusivo de aparelhos da Schneider Electric garante a conformidade com IEC e a fiabilidade das instalações.7


Algumas actualizaçõespara maior segurança e durabilidade(montagens de conjuntos)IEC 61439 -1 & -2* = Apenas "conjuntos de aparelhagem de BT”Regras geraisIEC 61439-1Conjunto de aparelhagemde potência e comandoQuadros de DistribuiçãoConjuntos para obraConjuntos para redespúblicasCanalizações prefabricadasIEC 61439-2 IEC 61439-3 IEC 61439-4 IEC 61439-5 IEC 61439-6* IEC 61439-1 & -2 são publicadas desde Janeiro 2009, e IEC 61439-3 até - 6 devem ser publicadas até 2014.IEC 60439 -1 = "conjuntos de série" & "conjuntos derivados de série"Regras Gerais + Quadros de tipo testado / quadros de tipo parcialmente testadoIEC 60439-1Quadros de DistribuiçãoConjuntos para obraConjuntos para redespúblicasCanalizações prefabricadasIEC 60439-3 IEC 60439-4 IEC 60439-5 IEC 60439-2Resumo das principais mudanças (IEC 61439 vs IEC 60439)> Verificação do projetoRequisitos aumentados em relação aos materiais isolantes e ensaios de isolamentoe resistência às sobretensões transitórias.Verificação dos aquecimentos:Verificação por ensaio de cada unidade funcional isoladamente à sua corrente nominal.Métodos claros para a seleção de amostras representativas de montagem do sistemado quadro ou conjunto a testar.Ensaio executado em 4 passos: unidades funcionais individuais, barramentos principaise de distribuição e do quadro completo.As resistências de aquecimento só são permitidas para simular circuitos adjacentesao submetido a ensaio.Possibilidade de verificação por comparação com um projeto testado sob condiçõesrestritas, incluindo desclassificação.Isenção de ensaios de aquecimento permitida até 1600A (cálculo) em vez de 3150Asob condições restritas, com uma desclassificação de 20%.Possibilidade de verificação da capacidade de resistência às correntes de curto-circuitopor comparação com um projeto testado em condições restritas.200 ciclos de funcionamento em vez de 50 para fechos, encravamentos e partes extraíveis.Ensaio de elevação (em conformidade com a norma IEC 62208).Ensaio de resistência à corrosão das partes metálicas (em conformidade com a norma IEC62208).> Verificaçãode rotinaLista de verificaçõesmais detalhada.Requisitosmais restritosem relaçãoàs distânciasde isolamento.Schneider Electric PortugalSede:Avenida Marechal Craveiro Lopes 61749-111 LisboaTel.: 217 507 100Fax: 217 507 101www.schneider-electric.com/pthttp://pt-energy-university.schneider-electric.comArt. BIEC61439-1&2 © 2012Schneider Electric - Todos os direitos reservados.Este documento foi redigido segundo o novo acordo Ortográfico da Língua Portuguesa.Os produtos e materiaisapresentados neste documentosão suscetíveis de evolução, tantonos planos da técnica e da estética,como no plano da utilização.A sua descrição não pode, pois,em caso algum, ser consideradacomo tendo um aspeto contratual.Assim, só nos responsabilizamospelas informações dadas apósconfirmação pelos nossos serviços.

More magazines by this user
Similar magazines