curitiba - Metro

publimetro.band.com.br

curitiba - Metro

MOSTRA GURITIBATRAZ PEÇAS INFANTISAO FESTIVAL DETEATRO {pág 11}JOCA TERRON EANDRÉ DUCCIMESCLAM LITERATURAE HQ EM LIVRO {pág 11}MAXIXEMACHINE LANÇANOVO DISCO COMSAMBA URBANO{pág 10}CURITIBASegunda-feira,12 de março de 2012Edição nº 217, ano 1Mín 15°CMáx 29°CGoleada do VerdãoEmpresasinovam nabusca porfuncionárioNa Curitiba do pleno emprego, hipermercado traztrabalhadores do litoral Empresa de limpeza vaiinstalar serviço de recrutamento em conjuntos da CohabConstrução civil organiza feirão de emprego {pág 04}AfeganistãoSoldadoamericanomata civisCai a venda deveículos no PRRecuo chegou a quase 10% emfevereiro comparado com janeiro.No acumulado do ano houvealta em relação a 2011 {pág 07}RECICLE A INFORMAÇÃO: PASSEESTE JORNAL PARA OUTRO LEITORCom três gols de Lincoln, Coxa bateu o laterna em IratiHENRY MILLEO/FUTURA PRESSCoxa goleia o Iraty por 5 a 0O Coritiba aplicou ontem, fora de casa, uma goleada no lanterna e agora estána segunda posicão do returno do Campeonato Paranaense, atrás somente doLondrina. O contestado Lincoln marcou três gols. O Atlético, jogando na VilaCapanema, fez 3 a 0 no Rio Branco de Paranaguá {pág 16}Dezesseis pessoas, entre elasnove crianças e três mulheres,foram mortas ontem na regiãode Kandahar, próximo a umabase norte-americana noAfeganistão PresidenteBarak Obama considerou o caso‘trágico e chocante’ Militarfoi preso {pág 08}Academia ficamais caraÍndice de 7,62% foi apuradopelo IBGE em Curitiba nosúltimos 12 meses {pág 06}


02curitibawww.readmetro.comSEGUNDA-FEIRA, 12 DE MARÇO DE 20121focoRODRIGO FÉLIX LEAL/METRO CURITIBAUberabatem primeirohomicídioDepois da instalação daprimeira UPS (Unidade doParaná Seguro), há 10dias, o bairro do Uberabateve no sábado seu primeirohomicídio. Um jovemfoi morto a tiros em frenteà própria casa. A Delegaciade Homicídios está investigandoo crime.Com a UPS, 65 policiaismilitares ficam permanentementeno bairro. Paralelamente,a prefeitura ofereceserviços públicos nolocal. METRO CURITIBALegislativoAL discuteveto àproibiçãode sacolasplásticasO plenário daAssembleiaLegislativa do Paranádebate hoje o vetodo governadorBeto Richa (PSDB)ao projeto de lei dodeputado CaítoQuintana que prevêa proibição ao usode sacolas plásticasem estabelecimentoscomerciais e órgãospúblicos do Estado.Aprovada na AL, a leinão foi sancionadapelo governador,que considerou ainiciativa contráriaao interesse público.METRO CURITIBARodovia João Leopoldo Jacomel, a PR-415, tem pista simples entre Pinhais e PiraquaraMovimento querduplicar a PR-415Rodovia é a principal ligação entre Curitiba e as cidades de Pinhais ePiraquara Em 2011, houve 200 acidentes no trecho, com oito mortesNa quarta-feira, será lançadaem Pinhais, a campanha“Duplicação Já da RodoviaJoão Leopoldo Jacomel”. APR-415 é considerada umadas estradas mias perigosasdo Paraná e em 2011 tevemais de 200 acidentes registrados,com oito mortes,num trecho de apenas novequilômetros.A campanha é organizadapor entidades de empresáriose trabalhadores. Elesquerem chamar a atençãopara a precaridade do trechoque é a principal via deacesso da capital aos municípiosde Pinhais e Piraquara,que juntos contam comuma população superior a200 mil habitantes, alémde servir de ligação ao autódromointernacional,aproximadamente 2 mil fábricas,centro de eventos,hipermercado e conjuntoshabitacionais.O lançamento da campanhaserá no dia 14, às19h, durante um eventoque pretende reunir autoridadesno Centro CulturalWanda dos SantosMallmann, rua 22 deAbril, 305, no centro dePinhais. Durante o eventoserá distribuído ainda materialde divulgação, comoadesivos e o informativodo movimento.METRO CURITIBA1Trecho2150A estradade apenas9 quilômetros é consideradoo quarto maisperigoso entre asrodovias estaduais.pessoas ficaramferidas e 8 morreramem acidentes na rodoviano ano passadoPolícia fazagenda peloFacebookO advogado Elias Mattar Assade o delegado de Homicídiosde Curitiba, Rubens Recalcatti,combinaram peloFacebook a apresentação deum suspeito, que vai acontecernesta segunda-feira. Assadvai levar até a DH o policialMarcelo Silva Alves, indiciadoem um caso de homicídio.METRO CURITIBAProposta feita e aceitapela internetREPRODUÇÃOCotaçõesDólar+ 1,31%(R$ 1,78)Bovespa- 0,31%(66.703 pts)Euro- 0,71%(R$ 2,33)Selic(9,75%)Saláriomínimo(R$ 622)HC seleciona mulheresO Serviço de Endocrinologiado Hospital de Clínicas daUFPR está recrutando participantespara uma pesquisade uma nova medicação paraosteoporose, que tem comocaracterística aumentara formação óssea e ampliara resistência do osso.A pesquisa terá 18 mesesde duração. Podem participarmulheres de 50 a 85anos, com pelo menos 5anos de pós menopausa eosteoporose grave sem tratamentoou antecedentesde fraturas. Interessadas emparticipar e que atendamTelefones:041/3069-9189 (redação)041/3069-9200 (comercial)O jornal Metro circula em 22 países e tem alcance diário superior a 20 milhões deleitores. No Brasil, é uma joint venture do Grupo Bandeirantes de Comunicação e daMetro Internacional. É publicado e distribuído gratuitamente de segunda a sexta emSão Paulo, ABC paulista, Santos, Campinas, Rio de Janeiro, Curitiba, Belo Horizontee Porto Alegre, somando mais de 440 mil exemplares.aos pré-requisitos devementrar em contato pelo telefone(41) 9728-0367 ou9728-0382, de segunda asexta-feira, das 7h30 às 12h,até o dia 31/05. Após avaliação,as pacientes selecionadasserão incluídas no estudo.METRO CURITIBABreveRMC registra30 mortesviolentasFIM DE SEMANA. Levantamentodo IML (InstitutoMédico Legal) apontaque houve 30 mortesEXPEDIENTEMetro Brasil. Presidente: Cláudio Costa Bianchini.Diretor de Redação: Fábio Cunha (MTB: 22.269). Diretor Comercial e Marketing: Carlos Eduardo Scappini.Diretora Financeira: Sara Velloso. Diretor de Operações: Luís Henrique Correa.Metro Curitiba. Gerente Executivo: Rodrigo Afonso. Editora Executiva: Martha Feldens (MTB: 071).Coordenador de Redação: Irineu Masiero. Editor de Arte: Antonio Virgili.Gerente Comercial Nacional: Ricardo Adamo.Grupo Bandeirantes de Comunicação Curitiba - Diretor Geral: André Aguera.Grupo J. Malucelli - Presidente: Joel Malucelli.violentas na Região Metropolitanade Curitibano fim de semana.De acordo com o levantamento,desde sexta-feiraà tarde foram registradas16 mortes por armade fogo, oito por acidentede trânsito, duas poragressão física, duas resultantesde queda, umapor afogamento e umapor enforcamento.METRO CURITBAEditado e distribuído por SP PublimetroS/A. Endereço: rua Santa Cecília, 802,Pilarzinho, CEP: 80820-070, Curitiba.O jornal Metro é impresso na CargraphicsGráfica e Editora Ltda.A tiragem e distribuiçãodesta edição de 30.000exemplares sãoauditadas pela BDO.


www.readmetro.com03curitiba SEGUNDA-FEIRA, 12 DE MARÇO DE 2012O antigo e o novo seencontram no BigorrilhoUm dos mais tradicionais bairros de Curitiba une casarões e novos empreendimentos Farta estrutura deserviços e comércio atrai moradores ainda hoje Ruas arborizadas e parques dão um charme a mais à regiãoDe um lado, casarões antigos,com jardins e famíliasgrandes. De outro, prédiosaltos e modernos. O Bigorrilhotem como cenário umamistura de tradição e demodernidade que deu certoe, ainda hoje, atrai novosmoradores e investimentos.O bairro demorou a despontar,começou a crescerem meados dos anos 1980,mas sua ocupação foi rápida,conforme conta o administradorda Regional daMatriz, ao qual o bairro pertence,Luiz Hayakawa.“Era uma zona residencialbastante pacata, que foisendo tomada pelos grandesnomes da nossa políticae, por isso, se transformou,juntamente com a expansãodo Centro”, lembra.Hoje, a gama de serviçosé imensa. São mais de3,5 mil estabelecimentos.“Sempre surgem novosserviços e restaurantes, comona Vicente Machado, oque prova esta atração que“Há integraçãoentre áreas antigase novas, entrefamílias maisabastadas e outras,menos.”LUIZ HAYAKAWA,COORDENADOR DA REGIONALMoradores pedemciclovia até o BariguiNos últimos três anos, oBigorrilho passou por muitasmelhorias viárias, pensandona mobilidade dosautomóveis. Também ébem servido de linhas dotransporte público. Agora,é a vez das bicicletas.Segundo Luiz Hayakawa,coordenador da Regional, osmoradores querem uma cicloviaque ligue o bairro atéo parque Barigui.“Ela poderia passar nomeio do bairro, e não na viarápida, porque é mais agradáveldo que andar ao ladoR$ 3.726é a renda média dosmoradores, a segundamais alta de Curitiba.o bairro tem e o faz ter vidadurante o dia e a noite”,comenta Hayakawa.Junto com sua arborização,este é um dos atrativosdo Bigorrilho, cuja populaçãocresce, em média,0,44% anualmente, conformedados do Ippuc. Hojesão 28,3 mil moradores,que representam 1,62% dototal de Curitiba.O mercado imobiliárioinvadiu a região e, hoje,quase não há mais terrenospara novas construções,conforme conta o presidenteda Ademi-PR (Associaçãodos Dirigentes de Empresasdo Mercado Imobiliário doParaná), Gustavo Selig. “Nãoexistem mais grandes terrenos,mas pequenas áreas,que comportam empreendimentosmenores, com apartamentosde dois ou trêsdormitórios”, comenta.Aliás, o Bigorrilho tem ometro quadrado mais caropara apartamentos novosde três quartos, R$ 6.117,segundo dados de dezembrode 2011 da Ademi-PR.Selig conta que eles sãovoltados para a classe B,que predomina no bairro.do tráfego. A ciclovia poderiapassar pela Saldanha Marinho,que é mais tranquila,em vez da Vicente Machadoou Martin Afonso”, argumentaHayakawa.Segundo ele, a Regionaljá conversa na prefeiturasobre o assunto. “O bairroé muito bonito, com boaarborização. É possívelmelhorar a estrutura paraque as pessoas possam caminhar,andar de bicicletana região”, admite o coordenador.METRO CURITIBAOcupação foi rápida, segundo dados da prefeitura“É uma região mais elitizada”,comenta.A renda média da populaçãochega a R$ 3.726, a segundamais alta de Curitiba.Atrás apenas do Batel, comR$ 4.136, segundo o Ippuc.CAMILA CASTROMETRO CURITIBAParque Barigui fica próximoPerfilConforme dadosrepassados pelo Ippuc:PopulaçãoPassou de 27.127 para28.336 entre 2000 e 2010.Hoje, representa 1,62% dototal de Curitiba.RODRIGO FÉLIX LEAL/METRO CURITIBADomicílios e densidadeNa década de 1980, eram3.903. Em 2010, 13.691. Nomesmo período, a densidadedomiciliar caiu de 3,72para 2,07 entre 1980 e2010.Áreas verdesPossui 30,7 mil metrosRODRIGO FÉLIX LEAL/METRO CURITIBAquadrados de áreas verdes,incluindo a Praça da Ucrâniae a Praça da Espanha.EconomiaSão 3,5 mil estabelecimentos,entre eles 2 mil no setorde serviços, 1,1 mil nocomércio, além de 328 naindústria.A polêmica do nomee suas várias versõesBigorrilho ou Champagnat?O primeiro é oficial, mas osegundo caiu no gosto demuitos curitibanos. Tantoque, em 2001, houve umatentativa de mudança donome do bairro.São muitas as discussõessobre a origem do nome Bigorrilho,cujo bairro estáem região onde existiamgrandes chácaras. Em umadelas funcionava o JuvenatoMarcelino Champagnat, nomeque foi dado também aum caminho, que depois setransformou em rua, que ligavaa região da Praça Ucrânia(Bigorrilho) à Manoel Ribas(Mercês). Tanto a rua comoo seminário não pertencemao Bigorrilho, mas aoMercês, segundo o Ippuc.Outra hipótese fala empássaros que viviam ondehoje é o parque Barigui eque foram apelidados deBigodinho Branco. Com achegada dos italianos, Bigorrilho.Há ainda o Bordelda Bigorela e a Cigana Bigorrilha,que teria dadonome ao rio Bigorrilha eteria sido “masculinizado”pelos moradores, segundoo Ippuc. METRO CURITIBA


04curitibawww.readmetro.comSEGUNDA-FEIRA, 12 DE MARÇO DE 2012Procuram-seempregados.Até no litoralDIVULGAÇÃOHipermercado traz diariamente 130 funcionários deAntonina Empresas têm dificuldade em contratarCom uma taxa de desempregode 2,5% na Capital, e3,7% na Região Metropolitana,segundo o IBGE, as empresasestão sofrendo paraencontrar candidatos aospostos de trabalho. “Curitibatem uma situação depleno emprego, as pessoasque querem trabalhar já estãocolocadas. O desempregoé friccional e de rotatividade”,explica o secretáriomunicipal de trabalho, PauloBracarense.Com as vagas abertas, setorescomo o da limpeza,supermercados, bares, restaurantese construção civil,apelam para novos métodospara conseguir funcionários.No supermercadoCondor, conta o diretoradministrativo, WancleiSaid, a solução foi contratarno litoral. “Antonina temcerca de 20 mil habitantes e2 mil desempregados. Foifácil: anunciamos e 700 secandidataram”, comemora.Assim, o mercado hojeAs construturas de Curitibae Região Metropolitana organizam,para o dia 21 dopróximo mês, uma grandefeira em busca de candidatosa trabalhar na construçãocivil. De acordo com RodrigoFernandes, vice-presidentede Política e Relaçõesde Trabalho do Sinduscon-PR, as empresas buscamqualificados ou não. “Foi-seo tempo de 20 anos atrás,em que trabalhávamos deforma artesanal. Hoje seexige qualidade maior e osprazos de construção estãobem menores”, alerta.Assim como outros setores,a construção civil tambémsofre com a falta detem 130 pessoas que vêmdiariamente do litoral paratrabalhar na loja do CentroCívico. O mercado paga otransporte. “Um funcionárionosso que é do Pinheirinholeva até 1h30 para chegar.De Antonina é 1h10”,compara Said, que querchegar ao número de 400contratados de Antonina.Construtorasorganizam feirãode empregosmão-de-obra. “O salário estáem uma escalada e vemsendo reajustado sempreacima da inflação. Este anofoi em 20%. E a nossa remuneraçãomédia ultrapassou,pela primeira vez, o do comércio”,afirma Fernandes.O Feirão do Empregoserá feito na sede do Cietep-PR,na Avenida dasTorres. “De um ano paracá, as empresas começarama dar respostas para afalta de candidatos. Hojemuitas têm centros detreinamento dentro dospróprios canteiros. Foiuma reação do mercado,explica Fernandes.METRO CURITIBALimpezaPara trabalhar em limpezas,as firmas já distribuemfolhetos em terminais deônibus e igrejas. A HigiServ recém fechou umaparceria para montar escritóriosem conjuntos da Cohab.“Como estamos na baseda pirâmide do emprego,temos que ser pro-ativos”,diz coordenadora degestão de pessoas da empresa,Karen Hruschka Rodrigues.A Higi Serv tem 250 vagasem aberto. “Não exigimosqualificação, o maisimportante é o comportamento.Trazemos inclusiveaposentados”, diz Karen.THIAGO MACHADOMETRO CURITIBAPreferência dos jovens étrabalhar em indústriasFuncionários vêm todos os dias de Antonina para trabalharMelhores saláriosROGÉ̀RIO THEODOROVYSegundo o secretário municipaldo trabalho, PauloBracarense, os jovens, queanos atrás buscavam seusprimeiros empregos nocomércio, agora estão empregadosna indústria.“Em setores como supermercados,açougues, econstrução civil, os saláriossão menores e as condiçõesde trabalho são piores”,explica ele.Alguns fatores da economiacuritibana, diz Bracarense,ajudam a explicara falta de mão-de-obra paraalgumas áreas. “Naconstrução civil temos asobras da Petrobras emAraucária, que acabaramempregando boa parte damão-de-obra qualificada",diz. “Curitiba e Região Metropolitanatambém têmum pólo automotivo e tecnológicoforte, que absorvemboa parte desses jovens”,completa.No ano passado, asáreas que mais geraramBARES E RESTAURANTESMenosgarçons,mais‘tarefeiros’Outro setor que está sofrendocom a falta demão-de-obra são os barese restaurantes. Em vezdos antigos garçons, emfalta, os comerciantesusam ‘os tarefeiros’, pessoalque recebe em médiaR$ 70 por dia, sem compromissocom a empresa.“De dia, eles podem ficarem uma padaria, de tardefazem um happy hour e àmil empregos fo-criados em 31ramCuritiba em 2011, desempenho20% menordo que no ano anteriorempregos foram os serviços(14 mil postos), seguidosda construção civil (6mil) e comércio (5 mil).Bracarense alerta quetambém as empresas têmque aumentar seus saláriospara atrair funcionários.“O mercado tem quese ajustar”, diz.Além de um estoque de800 mil empregados, lembraBracarense, a cidadetem 40 mil famílias que sãobeneficiadas pelo Bolsa Família,que podem ser atraídaspara o mercado de trabalho.METRO CURITIBAnoite uma balada”, explicaFabio Aguayo, presidenteda Abrabar (AssociaçãoBrasileira de Barese Restaurantes.“Quando há eventos,os bares tem dificuldadede achar pessoal, já queesses ‘tarefeiros’ não têmcomprometimento paraficar nos dias em que sãochamados”, completaAguayo. METRO CURITIBAProduzir ovosde Páscoa foimais difícilMesmo com melhores saláriosdo que nos serviços,as indústrias produtorasde alimentos tiveram dificuldadeem achar temporáriospara fazer os ovosda Páscoa de 2012. “A produçãocomeçou no iníciodo ano; agora estamos emfinalização. Não foi críticocontratar, mas foi mais difícil”,conta o presidentedo Sincabima (Sindicatodas Indústrias de Cacau,Balas, Biscoitos, Doces),Rommel Barion. Em 2012,conta ele, os ovos ficarãoem média 5% mais caros.Parte do repasse será peloaumento dos salários, quevêm subindo acima de inflação.“Nosso custo é de30% nos funcionários”, diz.METRO CURITIBA


www.readmetro.com05brasil SEGUNDA-FEIRA, 12 DE MARÇO DE 2012Área na Amazônia évendida por US$ 120 miEmpresa irlandesa compra de índios direitos de terras com o dobro do tamanho dePortugal Pelo contrato, indígenas devem ficar 30 anos sem plantar ou extrair madeiraNegócio dá a empresa direito sobre biodiversidade da áreaPor US$ 120 milhões, índiosda etnia mundurucu venderama uma empresa estrangeiradireitos sobre umaárea com 16 vezes o tamanhoda cidade de São Pauloem plena floresta amazônica,no município de Jacareacanga(PA). O negócio garanteà empresa “benefícios”sobre a biodiversidade,além de acesso irrestrito aoterritório indígena.No contrato, os índios secomprometem a não plantarou extrair madeira dasterras nos 30 anos de duraçãodo acordo, informou reportagemdo jornal “O Estadode S. Paulo”. Qualquer intervençãono território dependede aval prévio da CelestialGreen Ventures, empresairlandesa que se apresentacomo líder mundialem créditos de carbono.Sem regras claras, essemercado compensa emissõesde gases de efeito estufapor grandes empresas poluidoras.Na Amazônia, vemprovocando assédio a comunidadesindígenas.A Funai (Fundação Nacionaldo Índio) registraODAIR LEAL/FOLHAPRESSmais de 30 contratos nasmesmas bases. Só a CelestialGreen afirmou ter fechadooutros 16 projetosno Brasil, que somam 200mil quilômetros quadrados.Isso é mais de duas vezesa área de Portugal ouquase o tamanho do Estadode São Paulo. A terra dosmundurucus representapouco mais de 10% do totalcontratado pela empresa.“Temos de evitar queoportunidades para avançarmosna valorização dabiodiversidade disfarcemações de biopirataria”, reagiua ministra do Meio Ambiente,Izabella Teixeira.O principal executivo daCelestial Green, Ciaran Kelly,afirma que todos os contratosda empresa no Brasilseguem um “rigoroso processode consentimento livre,prévio e informado”,segundo as normas internacionais.METROEUA emitem181 mil vistosa brasileirosA embaixada dos EstadosUnidos no Brasil aumentouem 49% o número de vistosemitidos entre janeiro e fevereirodeste ano em relaçãoa igual período do anopassado. Em dois meses, foramconcedidas 181.318mil autorizações a brasileirosque querem visitar cidadesnorte-americanas.O consulado que maisemite autorizações é o deSão Paulo, com média de2.236 vistos concedidos pordia, segundo a ‘AgênciaBrasil’. O tempo médio deespera para receber o vistopode chegar a 23 dias nosconsulados brasileiros.No próximo sábado, osconsulados em São Paulo,Rio de Janeiro e em Recifefarão mutirões para atendimentoaos interessados emobter o visto para os EUA.A embaixada americanaconcedeu durante o anopassado 1,5 milhão de vistosno Brasil. Nos últimosmeses, os turistas brasileirosforam os que mais gastaramnos EUA. METROEx-presidente Lula deixa hospitalapós uma semana de internaçãoBRAZIL PHOTO PRESS/FOLHAPRESSLula cumprimentaequipe médicaO ex-presidente Luiz InácioLula da Silva deixou na tardede ontem o Hospital Sírio-Libanês,em São Paulo,após permanecer internadopor uma semana. Segundoboletim médico, Luladeverá continuar a recebermedicamentos até opróximo dia 16.Lula foi internado no últimodia 4 após apresentarfebre baixa. Segundo o hospital,foi constatada uma infecçãopulmonar de leve intensidade.O ex-presidenterecebeu administração endovenosade antibióticos.Em 17 de fevereiro, Lulahavia encerrado seu tratamentocontra um câncer nalaringe, depois de passarpor sessões de radioterapia.O ex-presidente deveavaliar agora sua participaçãona campanha de FernandoHaddad à prefeiturade São Paulo. METROMPF prepara processos contramilitares por crimes na ditaduraO MPF (Ministério PúblicoFederal) está intensificandoesforços para a instaurarprocessos que levem àresponsabilização de pessoasenvolvidas com oschamados crimes permanentes– sequestro e ocultaçãode cadáver – praticadospor agentes do Estadodurante os anos da ditaduramilitar.Em São Paulo, procuradoresfederais estão prestesa ajuizar as primeirasações nesses casos. Elesdefendem a ideia de queos possíveis autores de crimespermanentes não foramabrangidos pela Leida Anistia, que cobre umperíodo limitado de tempo,entre 1961 e 1979, segundoo jornal “O Estadode S. Paulo”.Os procuradores concentramas atenções em quatrocasos, entre eles os deEdgard de Aquino Duarte eAluízio Palhano Ferreira.Militares da ativa e dareserva rechaçaram a decisãodo MPF, sob o argumentode que os crimessão continuados e que, porisso, não teriam sido contempladospela Lei deAnistia. “O acordo de perdãofoi aprovado pelo Congressoe selado pelo SupremoTribunal Federal emsua decisão”, declarou ogeneral de Exército da reservaLuiz Cesário da SilveiraFilho. METROVisita oficialPríncipe durante partida no interior de São PauloGIULIANO MIRANDA/FOTOARENA /FOLHAPRESSHarry vence jogo de poloO príncipe Harry venceu ontem uma partida de poloem Monte Mor, interior de São Paulo. Convidados pagaramR$ 1 mil para assistir ao jogo. A verba será revertidaa uma instituição de caridade. Harry está noBrasil desde sexta-feira e volta hoje para a Inglaterra.Greve deixa500 milestudantessem aulasQuase meio milhão de alunosdo Distrito Federal vãoficar sem aulas a partir dehoje. Os professores da redepública de ensino entramem greve para reivindicara equiparação médiasalarial com outras carreirasde nível superior do governodistrital.O item, segundo o Sinpro-DF(Sindicato dos Professoresno Distrito Federal),consta de um acordonegociado em abril de 2011cujo teor o governo não teriacumprido. O governodiz que atende gradualmenteao acordo, já tendo,inclusive, concedido aumentosalarial de 13,83% ede 55% no tíquete-alimentação,hoje de R$ 304.Nesta semana, professoresde todo o país planejamtambém uma paralisaçãoentre quarta e sexta-feirapara cobrar de governos estaduaise municipais o pagamentodo piso nacionaldo magistério, conforme leiaprovada em 2008. Estadose municípios alegam nãoter recursos para pagar o pisode R$ 1.451. METRO


06economiawww.readmetro.comSEGUNDA-FEIRA, 12 DE MARÇO DE 2012RUBENS CHAVES/FOLHAPRESSMalhar ficou maiscaro em um anoPreços de cursos de atividades físicas subiram 8,76%, segundo dados doIBGE Setor de academias de ginástica diz que reajustes foram pontuaisMais de 5 milhões de brasileiros vão à academiaQuem decidiu cumprir agoraaquela promessa de entrarem uma academia podepreparar o bolso. Os preçosde cursos relacionados a atividadesfísicas, como academiade ginástica, natação,balé e escolinha de esporteaumentaram 5,22% em fevereiro.Nos últimos 12 meses,as mensalidades foramreajustadas em 8,76%, acimada inflação do período,que ficou em 5,84%.Entre as capitais, PortoAlegre (13,42%), Rio de Janeiro(10,84%), Fortaleza(14,04%) e Salvador (9,85%)apresentaram alta superiorà média nacional no período.Em São Paulo, o aumentofoi de 7,33%. Em BeloHorizonte e Curitiba, oscursos ficaram 7,53% eGinástica do bolsoFevereiroRio de Janeiro 6,04Porto Alegre 5,59Belo Horizonte 3,82Recife 2,16São Paulo 6,1Distrito Federal 2,72Fortaleza 5,5Salvador 3,53Curitiba 6,14Brasil 5,22Fonte: IBGEDoze Meses7,62% mais caros, respectivamente,segundo o IBGE(Instituto Brasileiro de Geografiae Estatística).Na Cia Athletica, o reajuste,de 7%, foi feito em janeiro.Segundo a empresa,Variação de preços deatividades físicas (em %)7,537,057,334,095,59,858,7610,8413,4214,04a alta se deve, principalmente,à elevação dos gastoscom o salário de funcionáriose aluguel, que subiramacima da inflação.“Nossa maior despesa écom a folha de pagamento.O que tem acontecido comos valores dos salários pagosno Brasil nos últimos 10anos? Ganho real praticamentetodos os anos, pressionandocada vez mais asmargens”, disse Richard Bilton,diretor presidente daCia Athletica, ao Metro.A Acad (Associação Brasileirade Academias) dizque o reajuste é pontual.Segundo a entidade, amaior parte das academiasnão aumentou os preçosdevido à forte concorrênciado setor.O mercado de fitness nopaís passou de 4 mil academiasem 2000 para mais de18 mil unidades em 2011,de acordo a Acad. Atualmente,o setor atende 5,4milhões de pessoas. METROALAN MARQUES/FOLHAPRESSANDRÉ VICENTE/FOLHAPRESSACORDO AUTOMOTIVOBrasil quercota paraimportadoFranceses contam com saída de Abilio DinizGrupo Casino assumirácontrole do Pão de AçúcarO grupo francês Casino seprepara para assumir o controledo Pão de Açúcar, emjunho, conforme acordorealizado em 2005. O contratoprevê que Abilio Diniz,presidente do conselho darede brasileira, permaneçade forma vitalícia no cargocom direito a escolher opresidente executivo dacompanhia a partir de umalista tríplice com nomes indicadospelo Casino, segundoreportagem do jornal“Folha de S.Paulo”.O acordo teria validadeaté 2045, mas existe a possibilidadede ser extinto nocaso de um dos sócios ter aparticipação na companhiareduzida para menos de10% das ações com direito avoto. Esse cenário pode seconsolidar com o plano doCasino para fundir as subsidiáriaslatino-americanas.A primeira etapa dessareestruturação envolveria ofim das ações preferenciaisdo Pão de Açúcar, papéis semdireito a voto, que seriamconvertidas em ações ordinárias,com poder de voto.Com essa nova configuração,o grupo francês acreditaque Abilio Diniz decidirásair do negócio e játrabalha com a possibilidadede que ele venda suasações. Para isso, existe outroacordo estabelecendoas condições de preço paraa compra das ações do empresáriobrasileiro pelo Casino.METROO governo brasileiro pediuque o México limiteo valor das suas exportaçõesde automóveispara o Brasil para cercade US$ 1,4 bilhão paraos próximos três anoscomo parte de um conjuntode demandas pararenegociar o acordodo comércio automotivoentre os dois países.O governo brasileirotambém disse que a cotafoi o valor médioanual das exportaçõesde automóveis do Méxicopara o Brasil nos últimostrês anos, segundocarta de 8 de março àchanceler mexicana PatriciaEspinosa e ao ministroda EconomiaBruno Ferrari.No entanto, a agênciade notícias “Reuters”informou queuma fonte do governomexicano antecipouque a proposta brasileiraserá rejeitada e foiconsiderada como umaintenção de pôr fim aoacordo bilateral.METROImpostos representam 39% do valor do ovo de PáscoaTributos elevampreços na PáscoaOs tributos podem representamaté 39% do preçode alguns produtos maisconsumidos na Páscoa. Essepercentual está embutidono preço do item maisdesejado da data, o ovo dePáscoa. Um ovo de chocolateque custa R$ 30 o quilopoderia ser vendido por R$18,30 o quilo, caso não fossetributado.Já uma colomba pascal,39% do preço é compostopor tributos. Na prática, oconsumidor paga R$ 25 peloproduto. Sem os impostos,o valor cairia para R$15,25, de acordo com levantamentorealizado pelaACSP (Associação Comercialde São Paulo).O tradicional almoço dePáscoa de bacalhau combatata também sofre comas dentadas do Leão. Nopreço do quilo do bacalhau,44% são tributos, enquantono quilo da batataeles representam 11%, segundoa associação.Para completar, se a bebidaescolhida para acompanharo almoço for o refrigerante,a tributação éde 45%. METROApetite de LeãoPreço comtributoBacalhauR$ 60 (kg) R$ 33,60 (kg)Ovo de PáscoaR$ 30 (kg) R$ 18,30 (kg)Colomba PascalR$ 25 R$ 15,25BatataR$ 4,50 (kg) R$ 4 (kg)QueijoR$ 20 R$ 16,60RefrigeranteR$ 3,50 R$ 1,92TotalR$ 143 R$ 89,67Fonte: ACSPPreço semtributo


www.readmetro.com07economia SEGUNDA-FEIRA, 12 DE MARÇO DE 2012Venda de veículos recuaem fevereiro no ParanáEm relação a janeiro, queda foi de 9,95%; no país recuo foi de 6,1% Comparada com fevereiro de 2011,queda foi de 7,57% no Estado e de 8,07% no país Fenabrave-PR mantém otimismo para o mercado no anoRODRIGO FÉLIX LEAL / METRO CURITIBAO número de novos veículosemplacados no Paranáem janeiro deste ano foi10,80% menor que o de janeiroe 7,57% menor que ode fevereiro do ano passado,segundo dados da Fenabrave(Federação Nacionalda Distribuição de VeículosAutomores). No Estado, foramemplacados 26.408 veículosnovos em fevereiro,contra 29.327 em janeiro e28.570 em fevereiro de2011.Na comparação do primeirobimestre deste anocom o do ano passado, porém,houve crescimento,graças ao excelente desempenhodas vendas de janeiro.Em 2011, o bimestre teve54.372 veículos emplacadosno Estado e, neste ano,o número subiu para55.375.Luis Antônio Sebben, diretorda Fenabrave-PR, dizque a queda em fevereiro énormal, mas que neste anoela foi um pouco acentuadaem função principalmentedas restrições de crédito.Hoje, segundo ele, para cada100 pedidos de financiamento,apenas 40 são aprovados.Mas ele acredita queem março já haverá umareação do mercado, em parteporque as montadoras jáestão colocando novos modelosà venda.MARTHA FELDENSMETRO CURITIBAMercado espera crescer de 6% a 7% este anoVeículos emplacados no ParanáHouve redução no mês de fevereiroTotal Automóveis Motos26.408Fevereiro de 201213.8465.97229.735Janeiro de 201215.5226.06528.570Fevereiro de 201115.2725.954Acumulado do primeiro bimestreTotal Automóveis Motos54.37255.7352011 201228.96629.36811.71512.0372011 2012 2011 2012


08mundowww.readmetro.comSEGUNDA-FEIRA, 12 DE MARÇO DE 2012Soldado americanomata 16 afegãosJaponeses protestam em Tóquio contra energia nuclearJaponeses prestamhomenagem às vítimasdo acidente nuclearOrações, homenagens eprotestos contra o uso deenergia nuclear marcaramo Japão ontem – um anoapós o terremoto e o tsunamique deixaram cerca de16 mil mortos e quase3.300 desaparecidos.Em memória às vítimasda tragédia, um minuto deSTRINGER/REUTERSsilêncio foi realizado emtodo o país às 14:46 do horáriolocal. Velas foram acesasem diversas cidades ecrisântemos brancos foramcolocados no porto de Ofunato.O primeiro-ministro,Yoshihiko Noda, tambémparticipou das homenagens.METROMilitar abriu fogo contra civis na província de Kandahar Obama disseque o massacre foi ‘trágico e chocante’ e ofereceu apoio às investigaçõesDezesseis civis afegãos, entreeles nove crianças etrês mulheres, foram mortosontem por um soldadonorte-americano. O presidentedos Estados Unidos,Barack Obama, ofereceucondolências aos familiaresdas vítimas e apoio àsinvestigações.O massacre ocorreu durantea madrugada de ontempor volta das 3h, horáriolocal (19h30 de sábadono horário de Brasília). Omilitar deixou a sua base,na província de Kandahar,reduto talibã no sul do Afeganistão,para invadir algumascasas na região e abrirfogo contra os moradores.Segundo testemunhas locais,o soldado estava rindoe parecia embriagado duranteo ocorrido.A embaixada americanaem Cabul afirmou que omilitar sofreu de colapsonervoso e foi preso.O presidente do Afeganistão,Hamid Karzai, considerouo massacre “imperdoável”e exigiu explicaçõesaos EUA. De acordoCivil afegão reza perto dos corpos das vítimas do massacre“Ofereço minhascondolências àsfamílias daquelesque perderam avida.”BARACK OBAMA,PRESIDENTE DOS EUAREUTERScom Obama, “o incidente étrágico e chocante e não representao caráter dos militaresnorte-americanos enem o respeito do país pelopovo do Afeganistão”.O massacre ocorreu duranteum clima antiamericanocom o Afeganistão, registradoapós a queima doCorão por soldados dosEUA no final de fevereiro.Com a tragédia, a divisãoentre Washington e Cabul,capital do Afeganistão, podeaumentar. METROBrevesSEAN GALLUP/GETTY IMAGESSarkozy querproteção àsempresasDISCURSO DE CAMPANHA.O presidente da França NicolasSarkozy quer maisproteção às empresas e àsfronteiras do país, segundoseu discurso de campanhapara a reeleição. Sarkozyestá atrás do socialistaFrançois Hollande naspesquisas de opinião parao pleito previsto para ospróximos meses. METROTensão naFaixa de GazaGUERRA SEM FIM. O final desemana registrou a maioronda de violência entre oexército israelense e asmilícias palestinas de Gazadesde outubro do anopassado. Nos últimos trêsdias, 18 palestinos morreram,sendo três apenasontem, entre eles um meninode 13 anos. METROZurique aprovaem referendodrive-in paraprostitutasSUÍÇA. Um referendo realizadoem Zurique, naSuíça, aprovou a criaçãode um drive-in para prostitutas.Segundo o projeto,que teve 52,6% deaprovação, as prostitutasterão mais segurança, jáque estarão em local reservado.METROAnnan está otimista apósrodada de negociaçõesde paz com líder da SíriaO ex-secretário geral daOnu (Organização das NaçõesUnidas), Kofi Annan,afirmou ontem que estáotimista para acabar com oderramento de sangue naSíria após a segunda rodadade negociações de pazcom o presidente do país,Bashar al-Assad. Mesmo assim,ele afirmou que serádifícil atingir um acordo.Durante a reunião, consideradapor Annan como“franca e abrangente”, Assadgarantiu que irá colaborarcom o fim dos conflitos.No entanto, o líder sírio,não deu sinais de queaceitou as propostas doemissário da Onu. Entreelas, um possível cessar-fogo,a entrada de ajuda humanitáriana Síria e a libertaçãodos detidos.METROKofi AnnanKHALED AL-HARIRI/REUTERS98civis foram mortos duranteo final de semanano país, segundo oúltimo balanço do ObservatórioSírio paraDireitos Humanos.GUSTAU NACARINO/REUTERSProtesto em Barcelona foi um dos maiores do paísCONTRARREFORMA TRABALHISTAEspanhóisprotestamnas ruasMilhares de espanhóis foramàs ruas ontem paraprotestar contra a reformatrabalhista e as medidasaprovadas pelo primeiro-ministrodo país,Mariano Rajoy. A iniciativaé o último teste da populaçãoantes da grevegeral convocada para odia 29 de março.Em Madri a passeatafoi convocada pelas duascentrais sindicais majoritárias,UGT e CC.OO. Osespanhóis carregaramcartazes vermelhos comas iniciais dos sindicatos.Em Barcelona, 17 mil pessoas,segundo a polícia, e450 mil, segundo os organizadores,foram às ruas.As mobilizações começaramno início de fevereirodeste ano. METRO


10 www.readmetro.comculturaSEGUNDA-FEIRA, 12 DE MARÇO DE 2012MARCELO REZA / DIVULGAÇÃO2culturaMúsicaFestival Sesiabre inscriçõesAs inscrições para oFestival Sesi Música2012 já estão abertas.Realizado pelo ServiçoSocial da Indústria -Paraná, o festival éexclusivo paratrabalhadores dasindústrias, e temcomo objetivopromover a culturaentre os industriáriose seus dependentes.Os candidatos podemse inscrever em trêscategorias: composição,interpretação e talentosda família. As cincoetapas preliminaresserão realizadas emCuritiba, Guarapuava,Arapongas, CampoMourão e Foz doIguaçu. Já a finalestadual será emUnião da Vitória, nodia 1° de setembro.METRO CURITIBAInscrições em Curitibaaté 20 de marçoPrimeira etapa em14 de abrilAlberto Lins, Rodrigo Genaro, Luiz Ferreira, Rodrigo Barros e Walmor Goés compõem o Maxixe Machine desde 1997O samba urbano doMaxixe MachineBanda curitibana se apresenta nesta sexta no Jokers, com lançamento do novo disco‘Sambas em Tiro de Guerra’ Grupo é considerado um dos mais representativos do Sul do país“Sambas Tiro de Guerra”,segundo definição do MaxixeMachine, é o sambaurbano rápido, quase frevo,quase punk, quase carnaval,mas sem os tonsfolclóricos praticados pelogrupo em Curitiba.Este é o gênero – e o nome– do novo álbum dabanda, com show de lançamentonesta sexta, às22h, no Jokers.Depois de participar daVirada Paulista, em 2009 e2010, o Maxixe Machine jágravou quatro CDs, e se“O escritor ValêncioXavier definiumuito bem estarapidez do samba,pelo fato de quemisturamos tudoaos compassosfrenéticos da nossaescola de velhospunk rocks, compolkas e maxixes.”RODRIGO BARROS E LUIZ FERREIRA,COMPOSITORES DO MAXIXE MACHINEapresentou em várias cidadesdo Brasil.O quinto CD, lançadonesta semana, teve o projetoselecionado pela Leido Mecenato, e vai distribuir35% de sua renda emprojetos culturais naGrande Curitiba.Destaque independenteO Maxixe foi escolhido peloInstituto Itaú Cultural,no mapeamento de 2000,como uma das bandas independentesmais representativasda região sul.O grupo de poetas-cantorese músicos-compositorestrabalha junto há 25anos, mas só a partir de1997 passaram a usar o nomeMaxixe Machine.“Nosso primeiro CD‘BarBabel’ foi totalmenteesgotado em uma turnêrealizada gratuitamentenas praças públicas. A animaçãoda plateia era total,e olha que Curitiba não énenhuma capital do samba.Como dizia o boêmioescritor Nireu Teixeira, ‘senão gear, o bloco sai’”, contaRodrigo Barros.METRO CURITIBAAgendaShow do Maxixe Machinecom lançamento de CD:Jokers Pub(R. São Francisco, 164)Sexta 16/3, às 22hIngresso antecipado:R$ 10 (Com CD: R$ 15)Ingresso no dia: R$ 15(Com CD: R$ 23)(41) 3324-2351Pesquisadores lançam obra sobre Idade MédiaDIVULGAÇÃOUm grupo de jovens pesquisadoresse desafiou a escreversobre a diversidade temáticado período medieval.O resultado é o livro“Idade Média: Religião, Culturae Política”, com lançamentonesta quinta, às 19h,no Sesc Água Verde.Os autores estarão presentesna ocasião. Na obra,o leitor encontrará o perfildo homem medieval, a análisedos discursos da época,a representação do tema nocinema, os caminhos percorridospela religião, e atécuriosidades sobre a modado período.Segundo o organizadorda obra coletiva, Victor AugustusGraciotto Silva, oobjetivo é divulgar as pesquisasque vêm sendo feitaspor acadêmicos curitibanosnos últimos anos.Obra reúne trabalhode nove curitibanosO que nos atrai naIdade Média? Paraalém dos lugaresexóticos e outrosrótulos com grandesucesso na mídia,estes jovenspesquisadoresbuscam resgatar ohomem medieval.“A ideia é difundir o conhecimentosistematizadoem monografias, dissertaçõese teses que, em grandeparte, fica restrito aos frequentadoresdas bibliotecasuniversitárias”, explica.METRO CURITIBANo Sesc Água Verde (R.República Argentina, 944)Quinta 15/3, às 19h(41) 9211-4915


cultura‘Guia de Ruas Sem Saída’une HQ e literaturawww.readmetro.comSEGUNDA-FEIRA, 12 DE MARÇO DE 201211BRUNA PRADO/METRO RIOProjeto gráfico inovador equilibra prosa e quadrinhosCrianças na plateiaImaginação e fantasia fazemparte da essência dascrianças. Dentro da programaçãodo Festival de Curitiba,a mostra Guritiba é umaoportunidade única de presentearo público infantilcom aventuras e magia.Serão três peças no TeatroMarista (R. Prof. Joaquimde Matos Barreto, 98). A primeira,nos dias 31/3 e 1º/4, éa fábula musical “A CriançaDIVULGAÇÃOMais Velha do Mundo", quebrinca com as dimensões dotempo. Nos dias 4 e 5 deabril, é a vez de “O MeninoQue Vendia Palavras”, comEduardo Moscovis no elenco.Por fim, a peça “CanteCom Peixonauta - O Show”,baseado na série de TV, teráapresentações nos dias 7 e 8de abril. Os ingressos estão avenda, por R$ 25 a meia entrada.METRO CURITIBALivro mescla prosa deJoca Reiners Terron comquadrinhos de André DucciO romancista Joca ReinersTerron tem relação muitopróxima com os quadrinhos.Além de leitor e conhecedordo assunto, eletambém cria propostas gráficasque unem romancistase quadrinistas nacionais– e inclusive já virou personagemde HQ.Em seu novo livro “Guiade Ruas Sem Saída”, partedo Programa Petrobras Cultural,Terron estreia comoroteirista de quadrinhosapós oito romances.O “Guia” é uma misturade literatura e HQs. Começaem prosa tradicional (ou omais tradicional que se podechegar na prosa de Terron),mas logo nas primei-projetos de149 18 Estadosbrasileiros foramcontemplados em2011 pelo ProgramaPetrobras Cultural.ras páginas há um cortegráfico, entrando uma sequênciaem quadrinhos depágina inteira e mudos. Apartir daí, o livro intercalaprosa e HQ.O desenhista e co-autorda obra é André Ducci, ilustradorcuritibano que começaa publicar seus primeirosquadrinhos.São 135 páginas de quadrinhosfeitas por ele, maisde metade do livro. Nesteano, Ducci participa tambémda Fierro Brasil.Lançado este mês, o livroconta a trajetória de doispersonagens que se cruzam.Um deles é um desmemoriadoque vaga pela cidadeperdendo partes do seu corpo,e acredita ser um desenhistade HQs que criou umsuper-heroi de sucesso. Ooutro, viajou para o exteriorcom a mulher, para fazerum transplante.METRO CURITIBAEduardo Moscovis, na peça “O Menino Que VendiaPalavras”, que fará parte da mostra GuritibaDIVULGAÇÃOOscar Filho é efetivado na bancada do “CQC”,que estreia nova temporada hoje à noite, na BandÀ alturada missãoO revezamento na cadeiraantes ocupada por RafinhaBastos chegou ao fim coma efetivação de Oscar Filho,o “Pequeno Pônei”, nabancada do jornalísticohumorístico“CQC”, cujaquinta temporada começahoje, às 22h15, na Band.Além de dividir a apresentaçãodo programacom Marcelo Tas e MarcoLuque, Oscar permanececomo titular do quadro“Proteste Já”.O comediante confessaalgum nervosismo com aestreia na função. “Estouansioso para começar logo.Mas ao mesmo tempoestou muito feliz”, disse.Embora seja experientena comédia teatral de“O ‘CQC’ terá umnovo integrante,que não vourevelar ainda.Mas posso dizerque ele é do Rio.”MARCELO TAS, APRESENTADOR“stand up”, Oscar reconhecea responsabilidade de falarao vivo para um grandepúblico na TV. “Se eu pensarque estou sendo vistono Brasil inteiro, que o queeu falar pode virar notícia,vou ficar travado. Esperoestar relaxado”, afirma.PAULOMAURICIO COSTAMETRO RIO


12 www.readmetro.comvariedadesSEGUNDA-FEIRA, 12 DE MARÇO DE 2012Na pontado lápisMARCOS SILVESTREANTECIPAR SUA RESTITUIÇÃODE IR É TENTADOR, MAS FARÁVOCÊ PERDER UMA BOA GRANAPara quem já entregou sua declaração de IR, agoraé só esperar pela bem-vinda grana da restituição.Esta pequena bolada – que já era dada como perdidapor você – poderá lhe ser creditada em qualquerum dos sete tradicionais lotes de restituição do IRda Receita Federal, que vão de 15/JUL a 15/DEZ.Em qual lote exatamente você receberá sua restituição?Bem, quem sabe é só mesmo o leão do IR. Quementrega sua declaração logo no início do prazo hábilcertamente tem preferência na restituição. Mas que talantecipar o recebimento desse valor junto a seu banco?Será que há vantagem financeira?Vamos imaginar que o valor de sua restituição sejade R$ 1,5 mil. Se optar pela operação financeira da antecipaçãodo IR a restituir, o banco normalmente concordaráem lhe creditar até 2/3 desse montante, ou seja,R$ 1 mil. Quando a restituição vier, o banco descontaráesses R$ 1 mil, mais a correção por uma taxa de jurosprefixada, que deve ficar entre 2,75% e 3,5% ao mês(consulte seu gerente).Vamos supor que você faça essa operação no próximodia 15/MAR, e pegue uma taxa de 3% ao mês. Se tiversorte, a grana da restituição entrará logo no 1º lote,em 15/JUL, e você pagará “apenas quatro meses de jurosacumulados. Qual o tamanho desta subtração doseu direito integral à restituição?Fazendo as contas na ponta do lápis, esses R$ 1 milantecipados lhe custarão R$ 1.126,00, implicando emquase R$ 130,00 de juros pagos (mais a tarifa deste serviçocobrada pelo banco e o IOF). Agora, se a restituiçãovier só lá no 15/DEZ, então o banco lhe descontaráR$ 1.267,00. Serão quase R$ 230,00 de juros pelos oitomeses do empréstimo. Pois é: na prática, antecipar arestituição é fazer um empréstimo.Compensa contrair essa nova dívida, ainda que provisória?Para adiantar compras e gastos dificilmentevalerá a pena do ponto de vista financeiro. Para emergênciasé um dinheiro bem-vindo, embora melhor fossenão contar com ele. Mas está valendo se for para selivrar de dívidas mais preocupantes, como a do chequeespecial ou do crédito rotativo do cartão, que tem taxasde juros de três a seis vezes maiores.Os invasoresCruzadasSudokupor FariniLeitor falaAsfalto em ColomboTemos um terreno na R. Olavo Bilac,em Colombo. Já terminamos de pagartodo o asfalto há mais de dois anos,mas até o momento a Prefeitura nãose manifestou em começar o asfaltamento.A rua está cheia de valetas,mas não enviam nenhuma máquinapara a manutenção. Queria saber sehá alguma previsão, afinal temos direitoa essa benfeitoria.Cabe à prefeitura fazer a obra, e cobrardos demais moradores da rua.Valdir Moreira – Colombo, PRCão sem focinheiraHoje de manhã, na R. Dr. Pedro AugustoMenna Barreto Monclaro, noÁgua Verde, estava levando minhaneta de dois anos para a escola, euma mulher caminhava com seu cachorropitbull, sem focinheira, namesma calçada em que estávamos.O cão avançou na minha neta, queficou apavorada e entrou na escolachorando. A dona tentava segurar opitbull, mas o cão estava descontrolado.É um absurdo que donos decães perigosos como este os levempara passear sem focinheira.Deveria haver um controle maior,principalmente em regiõesescolares, para evitar acidentes.Sandra M. de Almeida – Curitiba, PRPerguntaVocê acha que a mulher está maisconsciente de que pode enfrentara violência doméstica?Siga o Metro no Twitter:@jornal_metroctb@betoseus: Infelizmente, serconsciente não é o suficiente paraque essas mulheres enfrentem aviolência. É preciso dar maiscondições.@caamis: Sim! Podemos comemorarque a mulher de hoje está maisciente de que deve defender suaindependência e seus direitos.Prof. Marcos Silvestre é Economista com MBA em Finanças e Controladoria pelaUniversidade de São Paulo. Há 21 anos atua como educador e planejador financeiroespecializado. Idealizou na UNICAMP o PROF® Programa de Reeducação e OrientaçãoFinanceira. É fundador da SOBREDinheiro® Sociedade Brasileira de Estudos sobreDinheiro e autor dos bestsellers 12 Meses para Enriquecer – O Plano da Virada eInvestimentos à Prova de Crise. Dirige o site www.oplanodavirada.com.br e apresentaa coluna diária e o programa semanal Na Ponta do Lápis na BandNews FM.WebPara falar com a redação: leitor.ctb@metrojornal.com.brParticipe também no Facebook: www.facebook.com/metrojornalHoróscopoEstá escrito nas estrelas www.estrelaguia.com.brÁries (21/3 a 20/4)Dia de fortes oposições aos seus interesses que poderão tentararranhar o seu bom humor, porém, seu otimismo e segurançaemocional estarão acima de tudo.Touro (21/4 a 20/5)Não deixe que o estresse e preocupações com coisas materiaisabalem a sua saúde, procure se manter equilibrado elonge de disputas inúteis e desgastantes.Gêmeos (21/5 a 20/6)Dia com possíveis ganhos financeiros ou vantagens que vocêdeve manter consigo para negociar mais adiante. Saiba transformaroportunidades em bons negócios.Câncer (21/6 a 22/7)Impaciência diante de compromissos e obrigações que podemdeixar o seu dia tenso. Evite se irritar e encontre nasparcerias o apoio que você necessita.Leão (23/7 a 22/8)Disputas sobre bens materiais até podem lhe ser inicialmentefavoráveis, mas a batalha está só começando. Não deixe oestresse lhe abater.Virgem (23/8 a 22/9)Não deixe o medo tomar conta da sua mente, você tem amigosleais que saberão agir na hora certa a seu favor. Mantenhacontatos e reaja contra as dificuldades.Libra (23/9 a 22/10)Frenesi diante de situações emocionalmente tensas, joguetese disputas de poder podem causar algumas inseguranças.Fique na sua e aguarde tudo terminar.Escorpião (23/10 a 21/11)Dia de rodar a baiana, quem está na frente é que tenha cuidadocom o que você pode fazer e trate de se desviar do seucaminho. Mas tente manter o bom senso.Sagitário (22/11 a 21/12)Vislumbre de grandes oportunidades e aumento da sua sensibilidadepoderão influenciar as suas decisões. Período de grandeambição ou desejos materiais.Capricórnio (22/12 a 20/1)Atitudes arredias a novidades e mudanças grandiosas que estarãoà sua frente. Possibilidades de não levar a sério boaschances de progresso pessoal.Aquário (21/1 a 19/2)Sensação de sufoco ou limitações podem levar você a acharque as coisas não estão bem, e que é preciso fazer mudançassignificativas em sua vida para melhor.Peixes (20/2 a 20/3)Desejos profundos podem vir à tona e bagunçar a sua vida.Fique preparado para possíveis mudanças ou renovações importantesque você vai acabar vivenciando.


saúdewww.readmetro.comSEGUNDA-FEIRA, 12 DE MARÇO DE 201213Exagero de sale açúcar na dietaagride coraçãoquase como usarcocaína, segundoestudos recentesTirando a aparência, ficadifícil imaginar o que sal eaçúcar têm a ver com umadroga tão letal como a cocaína.Para cardiologistas,porém, a relação entre elesé real e muito perigosa.Juntos, os três maioresinimigos do coração sãoresponsáveis por 80% dasmortes anuais por doençascardiovasculares no Brasil.Acidente vascular, infarto,insuficiência coronária...Os laudos hospitalaresde pessoas mortas por problemasno coração chamama atenção do governo,que pensa até em exigira presença nas embalagensde alguns produtos de umalerta semelhante àqueleestampado em maços de cigarro:“O Ministério daSaúde adverte: este produtocontém sódio ou açúcarem excesso e pode fazermal à saúde”, por exemplo.“Refeições com excessode sal e açúcar são vilãs docoração, tanto para adultosquanto para crianças. Aquantidade segura de ingestãodiária dessas substânciasdepende de cadapessoa”, diz o cardiologistaPaulo Kenji Kamikabeya.Consumo exageradoO brasileiro consome, emmédia, 4,7 gramas de sódiopor dia, pouco mais quemeia colher de sopa de sal.A OMS (Organização Mundialde Saúde) recomendametade disso: 2,3 gramas.FERNANDO CORREAMETRO SÃO PAULOOs fantasmasdos pós brancosSubstâncias em pó branco, como sale acúçar, são inimigas do coraçãoSTOCK.XCHNGExcesso de sal provoca hipertensãoe pode resultar em enfarteCRISTIAN RIZZI/ GAZETA DO POVORENATO STOCKLER/FOLHAPRESSSal escondidoMesmo sem saleiro à mesa,algumas pessoas correm orisco de consumir sódio emexcesso, principal substânciado sal e inimiga do coração,sem saber.Um levantamento com1.288 pacientes hipertensosdo Incor (Instituto doCoração, ligado ao Hospitaldas Clínicas, em São Paulo)apontou que 93% deles nãousavam sal na comida, masmesmo assim não conseguiamregular a pressãoem níveis normais.A resposta é que os pacientesanalisados não liamos rótulos dos alimentosque compravam e consumiamsódio sem saber.No topo da lista dos vilõesdo sódio estão alimentosmuito consumidos comorefrigerantes, congelados,molhos de tomate, enlatados,carnes e embutidos.Segundo estudos, o cortedo excesso de sódio naalimentação diária diminuiem 8% o risco de morte porenfarte. FC+Doce vicia como drogaDIVULGAÇÃOSó maisuma dosePara o cérebro, açúcaré igual a cocaína.Pelo menos é o quedizem vários estudossobre a relação entreos efeitos viciantesdo açúcar no corpo.Segundo pesquisadores,o consumo dedoces libera dopaminana mesma partedo cérebro que éacionada em usuáriosde cocaína,quando ingerem adroga.O açúcar tambémlibera opioides, queprovocam sensaçãode euforia. Na faltadessa substância, apessoa passa por variaçõesde humor, parecidascom a de umviciado em crise deabstinência.Sem aviso prévioPerigosa e fatal, a cocaína éo pó branco que, de longe,mais prejudica o coraçãode uma pessoa.Segundo estudo divulgadopela publicação médica“British Medical Journal”, adroga, de fato, transformao órgão em uma bomba relógio,pois provoca danossem que a pessoa mostresintomas.Sem perceber os indíciosdo enfarte, como doresno peito e nos braços, ousuário pode passar mesesCocaína é veneno para coração ecausa enfarte silenciosocom o coração enfartadosem saber e sem procurartratamento.O estudo aponta que oenfarte silencioso atinge73% dos viciados em cocaína,causando danos no tecidocardíaco. FCDoce venenoAçúcar cristal, de confeiteiro,mascavo, light ou orgânico.Nas prateleiras dossupermercados, infiltradoem balas, refrescos, bolos echocolates, ele faz sucessoentre as crianças.O problema é que a ingestãode açúcar em excessoprovoca vários danoscardíacos, como aterosclerose(entupimento do vaso),angina (dor no peito) eenfarte do miocárdio (mortedo músculo do coração).Por isso, médicos e nutricionistastêm banido o açúcarda dieta das pessoas. Aingestão diária recomendadaé de quatro colheres desopa cheias para uma dietade 2 mil calorias. FC


14 www.readmetro.comduas rodasSEGUNDA-FEIRA, 12 DE MARÇO 2012Capacete merece cuidadosEquipamento deve ser item de usoparticular Durabilidade depende dafrequência de uso Falta de higienizaçãopode causar problemas respiratóriosAndar de moto no verão não é tarefafácil. É quando o sol bate forte e ovento não é suficiente para refrescarpiloto e garupa. Esse calor provocao excesso de suor em quem usa capacetee isso exige cuidados especiaiscom a limpeza do item desegurança obrigatório.“Sem os cuidados corretos, achance de adquirir doenças respiratóriascomo rinite, sinusite e até faringiteaumenta muito, pois ousuário respira um ambiente ondepodem crescer fungos”, explicaHélio Bacha, presidente do departamentode infectologia da AssociaçãoPaulista de Medicina.Mas manter o capacete limpo dátrabalho e exige dedicação no processo,pois a limpeza deve ser feitacom frequência. Atualmente, amaioria desses equipamentos contacom o forro interno removível, oque facilita a higienização.“O item precisa ser limpo comdetergente ou sabão neutro e água,para não danificar os tecidos e outrosmateriais, mas isso é feito deacordo com a frequência de uso e aintensidade de odor e suor. O cuidadomaior é para não usar o produtocom o interior ainda úmido,evitando, assim, alergias e irritações”,alerta o infectologista. Após alavagem, o capacete deve ser colocadopara secar na sombra.DurabilidadeSegundo Donato Esposito, gerentecomercial da loja Casa do Capacete,a durabilidade do equipamento é relativa,mas o prazo máximo paramanter um capacete em uso é dedois anos. “Se o produto é usado diariamente,o ideal é trocá-lo a cadaseis meses, em média, pois o materialse desgasta muito mais rápido eperde a função principal, que é proteger”,explica. CAMILA DO BEMO capacete idealUm capacete largo podeparecer cômodo, mas émuito perigoso. O item desegurança ideal deve deixarcerca de três centímetros dedistância entre os lábios e ointerior da queixeira docapaceteO modelo perfeito para oseu amigo pode serinsuportável para você. Issoporque as cabeças possuemtamanhos diferentes. Paraser mais preciso na hora deescolher, você pode medircom uma fita métrica aoredor da cabeça (na alturadas sobrancelhas). Compareo resultado, em centímetros,com a tabela abaixo:Fonte: Casa do CapaceteMedidada cabeçaTamanhodo capacete55/56 57/58 59/60 61/62 63/64S M L XL XXLOs fabricantes proporcionamdiversos tamanhos para que omotociclista tenha maiscomodidade e segurançadurante o passeio. O ideal é quevocê possa falar tranquilamente,sem que o capacete se mova,nem quando agitar a cabeçapara os ladosAtenção às viseirasDependendo do fabricante,elas estão disponíveis emvárias cores, comotransparente, amarela evermelha (para uso noturno)espelhadas (cromada, azul,dourada, etc.) ou em tons defumê. Devem oferecer boaqualidade ótica, resistir apequenos arranhões (ouseja, material antirrisco) e,sobretudo, se ajustar bem àguarnição do capacete


esportewww.readmetro.comSEGUNDA-FEIRA, 13 DE MARÇO DE 201215Desfile de pilotoscampeões na F-1Com retorno de Raikkonen, categoria terá juntospela primeira vez na história seis pilotos que jálevantaram o caneco Massa quer brilharPela primeira vez na história,a Fórmula 1 terá seiscampeões mundiais na pistajuntos. Um deles é KimiRaikkonen, que volta a correrna categoria após maisde dois anos afastado.O 'homem de gelo', apelidoque lhe foi dado devidoà sua frieza e poucos sorrisos,foi campeão mundialem 2007 e, depois do título,não teve bons resultados naF-1. Alegando estar desestimulado,o piloto, que corriapela Ferrari, resolveu deixaras pistas em 2009.Entediado por estar foradas corridas, o finlandês resolveufazer Rally. Entretanto,um grave acidenteno ano passado o assustou.Ele capotou o carro váriasvezes e, por sorte, só sofreuescoriações pelo corpo.Após o acidente, ele decidiuvoltar para a principalcategoria de velocidade nomundo. Questionado sobreo motivo de ter retornadopara a Fórmula 1, o ‘homemgelo’ foi frio: "Queriavoltar a correr”, afirmou.O finlandês correrá pelaequipe Lottus e prometeu,em coletiva, dar trabalhopara os outros pilotos. “Nãovoltei para ser um simplesparticipante", disse.Raikkonen enfrentaráoutros cinco campeõesmundiais, número históricopara a mesma edição. Elecompetirá com SebastianVettel, Lewis Hamilton, JensonButton, Fernando Alonsoe Michael Schumacher. Aprimeira corrida será no dia18 de março, na Austrália.Neymar é aconselhado pelo treinador da Seleção“Homem de gelo” afirma que volta para vencerALESSANDER BERN/GETTY IMAGESFelipe MassaO brasileiro não é campeãomundial, mas acreditaque 2012 será decisivopara sua carreira. “Esse é oúltimo ano do meu contratocom a Ferrari. Vou lutarmuito para conseguir o título”,diz.JUVERCY JUNIORMETRO BELO HORIZONTEANTONIO CICERO/ FOTOARENAPilotos paratemporada 2012AlemanhaSebastian VettelEquipe: Red BullMotor: RenaultAustráliaMark WebberEquipe: Red BullMotor: RenaultReino UnidoJenson ButtonEquipe: McLarenMotor: MercedesReino UnidoLewis HamiltonEquipe: McLarenMotor: MercedesEspanhaFernando AlonsoEquipe: FerrariMotor: FerrariBrasilFelipe MassaEquipe: FerrariMotor: FerrariAlemanhaMichael SchumacherEquipe: MercedesMotor: MercedesAlemanhaNico RosbergEquipe: MercedesMotor: MercedesFinlândiaKimi RaikkonenEquipe: LotusMotor: RenaultFrançaRomain GrosjeanEquipe: LotusMotor: RenaultReino UnidoPaul di RestaEquipe: Force IndiaMotor: MercedesAlemanhaNico HülkenbergEquipe: Force IndiaMotor: MercedesFelipe Massa e Bruno Sennarepresentam o Brasil. Volta de KimiRaikkonen deve esquentar aindamais a competiçãoJapãoKamui KobayashiEquipe: SauberMotor: FerrariMéxicoSergio PérezEquipe: SauberMotor: FerrariAustráliaDaniel RicciardoEquipe: Toro RossoMotor: FerrariFrançaJean–Eric VergneEquipe: Toro RossoMotor: FerrariVenezuelaPastor MaldonadoEquipe: WilliamsMotor: RenaultBrasilBruno SennaEquipe: WilliamsMotor: RenaultFinlândiaHeikki KovalainenEquipe: CaterhamMotor: RenaultRússiaVitaly PetrovEquipe: CaterhamMotor: RenaultEspanhaPedro de la RosaEquipe: HRTMotor: CosworthÍndiaNarain KarthikeyanEquipe: HRTMotor: CosworthAlemanhaTimo GlockEquipe: MarussiaMotor: CosworthFrançaCharles PicEquipe: MarussiaMotor: CosworthMano acha que Neymardeveria jogar na EuropaSe o povo brasileiro clamapor seus ídolos atuandono país, o técnico da Seleção,Mano Menezes, nãopensa bem assim. Paraele, Neymar, por exemplo,se tornaria um jogadormais completo e respeitadocaso jogasse nofutebol europeu, antes daCopa de 2014.“Em relação a ambientedele à coisa aconchegante,a permanência é ótima,Mas, para um desenvolvimentofinal, para ganharrespeito maior, seria importantepassar pela Europa”,disse Mano, ontem,em entrevista ao jornal “OGlobo”.O treinador também explicoua convocação de RonaldinhoGaúcho no jogocontra a Bósnia. “O últimojogo tinha sido em outubro.E ele teve boa atuação,assumiu responsabilidade,fez tudo o que espero”, diz.METRO3esportePAULISTÃOP V GP SGCORINTHIANS 30 9 15 10PALMEIRAS 29 8 28 18SÃO PAULO 28 8 24 11SANTOS 27 8 27 13MOGI MIRIM 26 8 19 6PONTE PRETA 24 7 14 3GUARANI 23 7 24 4BRAGANTINO 22 6 22 2LINENSE 18 5 23 -1MIRASSOL 18 4 21 7PAULISTA 16 5 19 2SÃO CAETANO 15 3 13 0ITUANO 14 4 11 -2PORTUGUESA 14 3 14 -7GUARATINGUETÁ 10 3 14 -14OESTE 10 1 10 -15BOTAFOGO 9 3 16 -4CATANDUVENSE 9 1 12 -8XV DE PIRACICABA 8 2 10 -13COMERCIAL 7 2 10 -12Classificados para as oitavasRebaixados para a Série A2TAÇA RIOCLASSIFICAÇÃOGRUPO AP V GP SGMACAÉ 9 3 8 4BOTAFOGO 7 2 8 4RESENDE 7 2 4 3FLAMENGO 6 2 5 2N. IGUAÇU 3 1 2 -3MADUREIRA 3 1 2 -5BONSUCESSO 2 0 4 -1OLARIA 2 0 2 -2GRUPO BP V GP SGVASCO 7 2 7 5V. REDONDA 6 2 6 2FLUMINENSE 3 1 4 0D DE CAXIAS 3 1 3 -1BOAVISTA 3 1 4 -2BANGU 3 0 2 0AMERICANO 1 0 5 -3FRIBURGUENSE 1 0 2 -3


16 www.readmetro.comesporteSEGUNDA-FEIRA, 12 DE MARÇO DE 2012CampeonatoParanaense3ª rodadaDomingoAtlético 3 x 0 Rio BrancoCianorte 0 x 0 ToledoRoma 0 x 2 OperárioLondrina 1 x 0 Corinthians-PRParanavaí 2 x 0 ArapongasIraty 1 x 5 CoritibaCLASSIFICAÇÃOP V GP SGLONDRINA 9 3 7 7CORITIBA 9 3 8 6ATLÉTICO 6 2 8 5ARAPONGAS 6 2 3 0OPERÁRIO 6 2 4 -2CIANORTE 5 1 2 1TOLEDO 4 1 1 0PARANAVAÍ 3 1 3 -2CORINTHIANS 1 0 2 -2RIO BRANCO 1 0 1 -4IRATY 1 0 2 -5ROMA 0 0 1 -4Rebaixados para a Série BCorinthiansperde doTubarãoJogando com um jogador amais a partir dos 22 minutosdo segundo tempo, o Timãozinhopressionou muitoo Londrina fora de casa,e mesmo assim saiu decampo derrotado por1x0, ontem.O Londrina abriu o placarno final do primeiro tempo,com Alexandre Oliveira, econseguiu o resultado quegarante a liderança do timeno segundo turno. “O méritotem que ser dado ao treinadorque conseguiu administrarbem o resultado” disseo volante Sílvio, ex-Paraná.METRO CURITIBAMeia chegou aos seis gols com a camisa do CoxaLincoln faz trêse Coritiba goleiaMeia, que vinha sendo contestado, marca três vezes, desencanta e garante vitória do CoxaCom três desfalques, Coritiba teve a volta de Anderson Aquino e do volante DjairContra o frágil Iraty, lanternado campeonato, o Coxaconseguiu uma goleada por5x1 ontem e assumiu a viceliderançada tabela do Paranaense.A vitória do Verdãofoi definida apenas no segundotempo, quando o timefez três gols relâmpagos,em sete minutos.Ao fim do jogo, o técnicoMarcelo Oliveira exaltou oplacar, mas também fez ressalvas.“Tivemos momentosótimos, mas ainda precisamosmelhorar”, ponderou.O alvi-verde entrou emcampo sem Rafinha, Tchecoe Willian, contundidos, e aresponsabilidade de decidirficou com Lincoln. Ele abriuo placar para o time e, nosegundo tempo, definiu agoleada fazendo mais doisgols. “Quem acompanha sabeque eu trabalho dia-a-dia.Não vim aqui para ser destaqueou para ser ídolo, comoalguns falaram”, disse.A partida marcou aindao retorno de Djair e Aquino,que voltaram de contusão.THIAGO MACHADOMETRO CURITIBA15xHENRY MILLEO / FUTURA PRESSIraty: Doni; Caio, João Renato (Jessé), Luis Henrique,Anderson, Denis (Marcondes), Fumaça (Gizo ),Rafael, Cleyton, Marcelo e Paraíba. Técnico: EdsonPaulista.Coritiba: Vanderlei; Jackson, Pereira , Emerson eLucas Mendes; Júnior Urso , Djair, Gil, Renan Oliveira(Geraldo), e Lincoln (Everton Ribeiro); Marcel(Anderson Aquino).Técnico: Marcelo Oliveira• Gol: Coritiba: Lincoln, aos 17’ (1º T); 24’ e 27’ (2ºT); Emerson, aos 41’1º e Júnior Urso, aos 31(’2º T) Iraty: Paraíba, aos 38’ 1º T • Arbitragem:Antônio Valdir Santos, com Bruno Boschilia e Ricardo Neves.Depois da vitória, Atlético decide naquinta-feira a vaga na Copa do BrasilGERALDO BUBNIAK/FOLHAPRESSFuracão passa fácil pelo LeãoAo natural e sem dar chancespara o adversário, oAtlético goleou ontem oRio Branco por 3x0 e seguepróximo na perseguição aorival Coritiba, no segundoturno do Paranaense. ORubro-Negro começou o jogoarrasador e abriu o placarlogos aos 2 minutos,com Harrison.O time ainda podia terampliado logo depois, seBruno Mineiro não tivessedesperdiçado seu segundopênalti no campeonato. Ogoleiro Felipe, do Leão daEstradinha, pegou bem acobrança no canto direito.30xAtlético: Rodolfo; Pablo, Bruno Costa, Gustavo e Héracles;Renan Foguinho, Zezinho (Paulo Baier) e Harrison;Bruno Furlán (Edigar), Marcinho e Bruno Mineiro(Guerrón ). Técnico: Juan CarrascoRio Branco: Felipe; Gustavo, Roger , Maceió eDênis; Duda , Peu (Renan Meduna), Lelê e SerginhoCatarinense ; Dudu e Hevandro (Gilson). Técnico:Alan Aal.• Gol: Harrison, aos 2’ 1º T, Marcinho, 1’ 1º T, Baier 32’ 2º T • Arbitragem:Rogério Menon da Silva, com Júlio César de Souza e GuilhermeRoggenbaum.“Tinha visto na internet algumasbatidas dele e puleicom convicção”, contou.Ganhando por 1x0, o Furacãodiminuiu o ritmo,mas no intervalo o treinadorJuan Carrasco colocouem campo a dupla PauloBaier e Guerrón. Deu certoe no primeiro lance da etapafinal o equatoriano recebeuem velocidade, invadiua área e entregou para Marcinhocompletar para o gol.Depois o Furacão passoua desperdiçar várias chances.A primeira com EdigarJunio, que recebeu passe deBaier cara a cara com o goleiro,mas chutou para fora.O maestro ainda teve tempode chutar uma bola natrave, antes de fechar o placarcom uma cobrança defalta, surpreendendo o goleiroFelipe, que esperavaum cruzamento. “Nem pensoem parar e quero jogarainda muito tempo”, disse omeia de 37 anos.METRO CURITIBA

More magazines by this user
Similar magazines