Sistemas Distribuídos - Instituto de Informática - UFG

inf.ufg.br

Sistemas Distribuídos - Instituto de Informática - UFG

UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁSINSTITUTO DE INFORMÁTICASistemas DistribuídosMestrado em Ciência da Computação1o. Semestre / 2006Prof. Fábio M. Costafmc@inf.ufg.brwww.inf.ufg.br/~fmc/DS-MSc2006Aula 20: Tempo e Estado GlobalSincronização de Relógios Físicos


Sincronização de Relógios Físicos


Defasagem entre os relógios decomputadores em um sistema distribuídoNetworkInstituto de Informática - UFG


Sincronização de RelógiosQuando cada máquina tem seu próprio relógio, umevento que ocorreu depois de outro pode, nãoobstante, ser associado a um tempo anterior.Instituto de Informática - UFG


Relógios Físicos (1)Computação do dia solar médio.Instituto de Informática - UFG


Relógios Físicos (2)Instituto de Informática - UFGSegundos TAI são de duração constante,diferentemente dos segundos solares. Segundos“bissextos” são introduzidos quando necessáriopara manter em fase com o sol.


Algoritmos de Sincronização de RelógiosA relação entre tempo de relógio e o tempo UTC quando os relógios“ticam” com taxas diferentes.Instituto de Informática - UFG


Algoritmo de CristianObtendo o tempo atual a partir de um servidor de tempo.Instituto de Informática - UFG


Sincronização de relógios usando umservidor de tempom rpm tTime server,SInstituto de Informática - UFG


O Algoritmo de Berkeleya) O daemon de tempo pergunta a todas as máquinas os valores de seusrelógios locaisb) As máquinas respondemc) O daemon de tempo instrui todas as máquinas a atualizarem seus relógiosInstituto de Informática - UFG


Um exemplo de uma sub-rede de sincroniz.em uma implementação de NTP12233 3Nota: setas denotam o controle de sincronização, números denotam acamada.Instituto de Informática - UFG


Mensagens trocadas entre um par deprocessos NTPServer BT i-2T i-1Timemm'TimeServer AT i- 3T iInstituto de Informática - UFG

More magazines by this user
Similar magazines