Superintendência de Biodiversidade

d3nehc6yl9qzo4.cloudfront.net

Superintendência de Biodiversidade

Superintendência de Biodiversidade1) Coordenadoria de Unidades de Conservação2) Coordenadoria de Ecossistemas3) Coordenadoria de Fauna e Recursos Pesqueiros4) Coordenadoria de Mudanças Climáticas5) Coordenadoria do Jardim Botânico


1) Coordenadoria de Unidades de Conservação(gestão de 4 Ucs no Pantanal)• Parque Estadual do Guirá (Cáceres / 100.000 ha)• Parque Estadual do Encontro das Águas (Poconé eBarão de Melgaço / 108.960 ha)• Estr. Pq. Transpantaneira (Poconé / 8.646 ha)• Estr. Pq. Poconé-Porto Cercado (Poconé / 4.085 ha)


2) Coordenadoria de Ecossistemas (2 projetos)• Levantamento das espécies arbóreas do Estado deMato Grosso- Levantamento por tipologia do IBGE- Levantamento por municípios (inclusive da BAP)- Objetivo: subsidiar o licenciamento de propriedades rurais• Mapeamento das paisagens do Pantanal- TCT com o Centro de Pesquisas do Pantanal (CPP)- Objetivos: subsidiar o licenciamento de propriedades rurais,mapeamento das áreas úmidas no Pantanal e subsidiar aregulamentação para a limpeza de campos e pastagens


3) Coordenadoria de Fauna e Recursos Pesqueiros(3 projetos)• Monitoramento de peixes reofílicos na BAP• Monitoramento de fauna morta e avistada naEstrada Parque Poconé - Porto Cercado (MT-370)• Mapeamento de monitoramento de ninhais noPantanal


Monitoramento Reprodutivo de PeixesReofílicos na BAP (2007 a 2011)RealizaçãoCoordenadoria da Fauna e Recursos Pesqueiros(CFRP/SUB/SEMA)PesquisadoresClaumir Cesar Muniz – Doutor - Ictiólogo - UNEMATNeusa Arenhart – Mestre - Bióloga - SEMAÁrea de estudoRio Paraguai / Estação Ecológica Taiamã – Cáceres MT


ObjetivoAnalisar as diferentes fasesdo ciclo reprodutivo depeixes de interesseeconômico e avaliar se operíodo de defeso está emconsonância com operíodo da reprodução.


%%metrosmetros%%metrosmetrosDados do monitoramento reprodutivo de peixes reofílicos na BAP – 2007 a 2011(Rep= Repouso; Ema= Em Maturação; Mat= Maduro; Esv= Esvaziado).100%90%80%70%60%50%40%30%20%10%0%Ciclo 2007/2008Out Nov Dez Jan Fev Mar54.543.532.521.510.50100%90%80%70%60%50%40%30%20%10%0%Ciclo 2008/2009Out Nov Dez Jan Fev Mar43.532.521.510.50a2007 2008Rep Ema Mat Esv Nivel Riob2008 2009Rep Ema Mat Esv Nivel Rio100%90%80%70%60%50%40%30%20%10%0%Ciclo 2009/20105.004.504.003.503.002.502.001.501.000.500.00100%90%80%70%60%50%40%30%20%10%0%Ciclo 2010/20116.005.004.003.002.001.000.00Out Nov Dez Jan Fev MarOut Nov Dez Jan Fev Marc2009 2010Rep Ema Mat Esv Nivel Riod2010 2011Rep Ema Mat Esv Nivel Rio


OutNovDezJanFevMarOutNovDezJanFevMarAbrMaiJunJulAgoSetOutNovDezJanFevMarOutNovDezJanFevMarmetrosEspécimes em atividade reprodutiva (Em maturação) durante omonitoramento reprodutivo de peixes reofílicos na BAP e nível do rio Paraguaide outubro de 2007 a março de 2011. Ema = Em Maturação100%90%80%70%60%50%40%30%20%10%0%EmaNivel Rio65432102007 2008 2008 2009 2010 2011Período de DefesoPeríodo de Defeso Período de Defeso Período de Defeso


%%metrosmetros%metrosEstádios gonadais obtidos durante monitoramento reprodutivo de peixes reofílicos na BAP.Valores médios compreendendo os períodos de 2007/2008, 2008/2009, 2009/2010 e2010/2011 (Rep = repouso; Ema = Em Maturação; Mat = Maduro; Esv = esvaziado).505.00404.0030203.00102.0001.00aOut Nov Dez Jan Fev MarRepNivel Riob505.00505.00404.00404.003020103.002.003020103.002.00c0Out Nov Dez Jan Fev MarMatNivel Rio1.00d0Out Nov Dez Jan Fev MarEsvNivel Rio1.00


AnáliseA piracema iniciou-se antes do mês de outubro ou, pelomenos, no início deste.Os picos de desova ocorreram dentro dos Períodos de Defesoestipulados anualmente.Espécimes em maturação são observados no mês desetembro e com alta frequência no mês de outubro, indicandoque ocorre a atividade reprodutiva fora do período legalmenteinstituído, ou seja, a atividade reprodutiva se inicia antes doPeríodo de Defeso.


Recomendou-se ao CONSEMA que o Período de Defesoseja antecipado por, pelo menos, 20 dias, iniciando nodia 15 de outubro e se estendendo até o final defevereiro do ano subseqüente.


Monitoramento de Fauna Morta e Avistadana Estrada Parque Poconé - Porto Cercado(MT-370)Coordenadoria de Fauna e Recursos PesqueirosSecretaria de Estado do Meio Ambiente (SEMA-MT)


Objetivo Geral:Conservação de fauna silvestre queatravessam as estradas-parques.Objetivos Específicos:1) Quantificar e identificar:a) Animais mortos na estrada e ospontos críticos de atropelamentos;b) Animais que atravessam a estradasob risco de atropelamentos;Jacaré-do-pantanal(Caiman yacare)2) Sugerir ações e estratégiasconservacionistas e educativas.Capivara(Hydrochoerus hydrochaeris)


Área de Estudo:Estrada-Parque Poconé - Porto Cercado (MT-370)


Material e Métodos:Período: Setembro/2011 aSetembro/2012 (55 semanas)Observadores: Dois técnicosCalango-verde(Ameiva ameiva)Frequência: semanal comregistros na ida e volta.Tico-tico-rei(Coryphospingus cucullatus)


Material e Métodos:Veículo: Carro de passeio /caminhoneteVelocidade: 50 km/hMão-pelada(Procyon cancrivorus)Extensão da estrada-parque:≈ 39,9 kmSucuri(Eunectes notaeus)


Material e Métodos:Registros:- Identificação;- Fotografia;- Localização da carcaça /avistamento;- Caracterização do entorno.Observação:As carcaças e restos foramremovidos para fora daestrada, a fim de evitar arecontagem ou a atração deoutros animais.Capivara(H. Hydrochaeris)Capivara (H. hydrochaeris) eUrubu-de-cabeça-preta (Coragyps atratus)


Resultados:- 219 animais mortos;- 1815 animaisavistadosatravessando a pista;Gavião-carijó(Rupornis magnirostris)- Dados em análise parapublicação em revistacientífica.Carcará(Caracara plancus)


Mampeamento e Monitoramento de Ninhais doPantanal Mato-grossenseMarcos Roberto Ferramosca CardosoCoordenadoria de Fauna e Recursos PesqueirosAnalista de Meio Ambiente – Médico VeterinárioTelefone: (65) 3613-7291E-mail: marcoscardoso@sema.mt.gov.br


NINHAL BRANCO


NINHAL PRETO


OBJETIVOS1) Conhecer a distribuição e a dinâmica dosninhais no Pantanal2) Identificar as atividades que possam estarcomprometendo a reprodução das aves3) Adotar medidas de proteção e conservaçãodestas áreas4) Produzir material científico, informativo eeducativo5) Ordenar a atividade turística


RESULTADOS• Mapeamento de 46 ninhais (25 pretos, 5brancos e 16 mistos)• Educação ambiental e envolvimento dosdiversos atores (fazendeiros, pescadores,ribeirinhos, guias de turismo, pousadas, etc.)na conservação destas áreas• Publicação do livro Ninhais do PantanalMato-grossense• Dados em análise para publicação em revistacientífica


Contatos• Parque Estadual do GuiráGerente: Johny Dias MarinhoFone: (65) 3223-5006 e (65) 9989-4600E-mail: jd_marinho@hotmail.com• Parque Estadual do Encontro das ÁguasFone: (65) 3613-7252E-mail: cuco@sema.mt.gov.br• Estradas Parque Transpantaneira e Poconé - PortoCercadoGerente: Cleidiane Rondon FurtadoFone: (65) 9676-9341E-mail: cleidiane.bio@hotmail.com

More magazines by this user
Similar magazines