Cavendish Magazine

mariapurpurina

Entrevista ficcional, feita para uma fanfc. As fotos conditas aqui não nos pertencem. As mesmas foram encontradas na internet.

Na fortaleza do Senhor Misterioso

Derek Hale, o imperador dos mistérios.

A pesar de ter apenas 30 anos,

Derek Hale sempre esteve presente na

mídia. Viu sua vida ser destruída por

um incêndio que matou toda sua

família, quando ele tinha 15 anos.

Mistérios sempre envolveram a

vida desse garoto, que incontáveis

vezes, foi vítima de ataques contra sua

vida e daqueles que o acolheram.

Depois de anos envolto em

uma fortaleza de mistérios, finalmente

Derek concedeu uma entrevista

exclusiva para a “Cavendish Magazine

onde fala sobre sua família biológica,

sobre seu relacionamento e sobre os

rumores que cercam sua vida.

Scott McCall

ssado

A Hale’s Enterprise passou por uma

fase ruim, em que foi vítima de um

grande desvio de dinheiro, provocado

por um dos diretores. Você pode falar a

respeito disso?

Eu era um adolescente na época,

então não tenho muitas informações

concretas. Eu sei que quem roubou o

dinheiro, foi meu tio. Pelo que me

lembro, ele queria ter lucro a qualquer

preço, então acabou fazendo diversas

manobras ilegais e desviando muito

dinheiro.

Como aconteceu o acidente que

ocasionou a morte da sua família?

Estávamos passando as férias em

Beacon Hills, quando, segundo os

relatórios policiais, um cano que

passava gás estourou e causou uma

explosão no porão, o que gerou todo o

incêndio.

Você não me parece acreditar no

que acabou de dizer. Por quê?

Porque eu não acredito. Todos

acham que foi um acidente, mas eu sei

que foi criminoso.

“Sofrer todos nós vamos. Basta

saber tirar o melhor até das

piores situações.”

Cavendish Magazine. Página 1 – Outubro de 2015


Derek e Allison (2010)

E você tem suspeitas de quem é o

causador?

O mesmo tio que roubou o dinheiro

da empresa. Peter foi excluído do

testamento familiar depois que o

escândalo todo veio à tona. Ele já havia

gritado ameaças para minha mãe,

porém nunca demos importância...

Então, um dia meu tio foi jantar na

minha casa e depois do jantar ele usou

uma desculpa qualquer para me

arrastar para o porão da minha casa e

quando chegamos lá, ele me apagou.

Acordei com a casa toda em chamas e

eu estava trancado no porão...

Mas você sobreviveu. Como?

Mistérios da vida... Vai ver não era

minha hora. Ou Deus gosta muito de

mim aqui.

Você acha que tem alguma relação

com o incêndio na sua empresa, Hale’s

Enterprise?

Com certeza. Ele deixou ser visto por

uma das câmeras de segurança da

empresa. Ele tinha certeza que eu não

iria querer abrir grandes especulações

para mídia e tentar abafar o caso o

máximo possível. Mas eu cansei disso,

estou cansado de fugir dele e suas

armações. Eu quero que ele saiba que

eu vou tomar todas as providências para

que ele deixe a minha vida em paz.

O que você pretende fazer em

relação a isso?

Reabrir todos os processos criminais

em seu nome e prendê-lo pelo resto da

vida dele.

Você foi criado no luxo. Como foi se

adaptar a um novo padrão depois do

incêndio?

Sinceramente eu não sei. Apesar de

ter sido criado de maneira luxuosa pela

minha mãe, ela sempre me ensinou a

dar valor no que eu tinha, sabe? Ela não

me dava coisas só porque podíamos

comprar. Eu precisava ser merecedor

delas.

Como o Sr. Argent conseguiu adotar você de

forma tão rápida?

Isso também foi uma pergunta que me fiz por

muitos anos... E só descobri recentemente. Tive muita

gente que me ajudou depois do incêndio e uma

delas foi sua mãe. Ela era enfermeira no hospital de

Beacon Hills, onde tudo aconteceu... Ela atrasou

minha saída do hospital por tempo o suficiente para

que Chris conseguisse a licença para se tornar meu

“pai adotivo”.

E o que levou Chris a decidir te acolher na casa

dele?

Victoria, esposa dele, havia sido diagnosticada

com câncer naquele mesmo ano. E Chris gastou tudo

para pagar o tratamento. Ele estava falido e corria

um sério risco de perder a guarda da filha. Ele já não

sabia mais o que fazer, até que o xerife de Beacon

Hills sugeriu que ele entrasse com os papeis para ser

um pai adotivo. E eu ter ido parar na casa dele, foi

apenas uma coincidência organizada por aqueles

que cuidavam do caso.

Quando você chegou na casa deles, você diria

que foi um amor imediato?

Imediato não... Estávamos todos marcados pelas

perdas, sabe? Acho que Allison devia ter no máximo

oito anos quando eu cheguei para ser o irmão

adotivo dela. Ela havia acabado de perder a mãe

dela também, então nós dois preenchemos um vazio

que existia no nosso coração com o amor que o outro

podia dar.

Página 2

Derek e Stiles (2015)

“Ele é incrível. Tive muita sorte na vida quando você

adoeceu e não pode comparecer na entrevista. Acho

que devo te agradecer por ter pego uma gripe e

mandado Stiles te cobrir.”

Cavendish Magazine. Página 2 – Outubro de 2015


Alguma vez você chegou a pensar que Chris estava cuidado de

você apenas por causa da sua herança?

Olha, eu não vou mentir. Sim, eu achei isso nas primeiras semanas.

Eu não confiava em ninguém naquela época e tudo estava tão difícil

para mim. Mas nunca, nem mesmo quando a gente precisava, Chris

mexeu no meu dinheiro. Ele nos sustentava com o dinheiro que

recebia do governo e com os empregos temporários que arrumava.

De tudo o que eu tinha de herança, Chris apenas pediu para ter

acesso a um apartamento para nós três morarmos. Fui eu quem pedi

para os advogados da família mandarem todo mês, uma quantia que

fosse o suficiente para nos manter sem que Chris tivesse que trabalhar

tanto.

O que você tira de lição de todo o seu passado?

Que somos mais fortes do que imaginamos, como diria uma frase

famosa do Johnny Depp, “Você nunca sabe a força que tem, até que

a sua única alternativa é ser forte.”. Eu achei que minha vida estava

toda arruinada... Quer dizer... Eu tinha 15 anos, estava sem meus pais,

meu único familiar sobrevivente era alguém que era suspeito de ter

incendiado minha casa. Eu não tinha muita expectativa do que viria,

ou pelo menos, nenhuma boa. Mas no final tudo acabou se ajeitando

da melhor forma possível. Eu acho... Acho que sofrer todos nós vamos.

Basta sabermos tirar o melhor até mesmo das piores situações, sendo

fortes ou fracos, não saber lidar com algo não nos torna mais fraco,

nos torna mais humano. Tem uma frase em um dos seriados que eu

mais assistia quando era adolescente que dizia assim: “Não importa se

somos fortes, traumas sempre deixam uma cicatriz. Seguem-nos até

nossas casas, mudam nossas vidas. Traumas derrubam a todos, mas

talvez essa seja a razão. Toda a dor, o medo, as idiotices. Talvez viver

isso é que nos faz seguir adiante, é o que nos impulsiona. Talvez

precisamos cair um pouco para levantar novamente.” ~Grey’s

Anatomy.

Como você conheceu o seu atual e único conhecido,

namorado, Stiles Stilinski?

É uma história engraçada. Ele foi fazer uma reportagem

comigo, para o jornal da faculdade. Foi uma das entrevistas mais

interessantes que eu fiz na vida. Ele não parecia saber nada sobre mim

e se não estou enganado, várias vezes ele cometeu pequenos

deslizes. Nunca me diverti tanto fazendo uma entrevista. E você sabe...

havia algo nele que me chamava a atenção. Algo que eu não sabia

o que era, mas eu queria para mim.

O que levou você a assumir seu relacionamento

com ele?

Ao contrário dos meus outros relacionamentos,

Stiles foi o único que me aceitou de todas as formas

possíveis. É complicado dizer isso... Mas Stiles é... Ele é

aquele pequeno ingrediente em uma receita que deixa

tudo muito melhor. Esse tipo de coisa não acontece duas

vezes na vida e eu soube que precisava mostrar para todos

que ele era meu. Que esse ser tão incrível, tinha alguém.

Ele é meu do mesmo jeito que sou dele.

Vocês mantiveram um relacionamento privado por muito

tempo. Por que decidiram divulgar de repente?

Não foi bem de repente. Nós passamos um tempo

separados, porque Stiles não aguentou a pressão que a

mídia estava impondo. Era complicado para nós dois ser

constantemente citados em tablóides, mas com certeza

para ele era pior. As pessoas o xingavam sem pudor,

inventavam notas e um dia tudo foi demais. Um fotografo

nos perseguiu e Stiles surtou... Então nós acabamos nos

separando e quando voltamos, ele decidiu que era melhor

divulgar nosso relacionamento ele mesmo, do que a mídia

fazer aquilo que fazia conosco antes.

Derek (2012) Acervo Pessoal

E você o ama?

De todas as formas que você pode imaginar.

Cavendish Magazine. Página 3 – Outubro de 2015


Quais seriam seus planos para o futuro?

Hum... O clichê de sempre, sabe? Quero construir

minha família, quem sabe uma criança? É um plano para

daqui uns cinco anos, mas é um bom plano.

Você sempre quis ser um pai?

Olha, não. Isso é uma ideia nova, mas agora ela

simplesmente parece perfeita. Eu não pensava em nada

que tivesse uma relação em construir uma família

própria. Para mim, eu viveria eternamente sozinho, algo

como um lobo solitário... Mas depois que conheci Stiles,

passei a me pegar pensando em ter mesmo um filho,

uma casa... Tudo isso que nunca imaginei.

Como vocês fazem para manter a chama do

relacionamento acesa? Vocês literalmente passam 24

horas por dia juntos! Deve chegar uma hora que vocês

se cansam.

Trabalhamos muito para isso. Nos cuidamos, viajamos,

temos nossos momentos de ficar a sós, de resgate do

casal. Mesmo quando estamos em casa, estamos

sempre inovando. Eu e Stiles temos uma cumplicidade e

uma forma de entender um ao outro que poucos

podem entender.

Scott, Allison & Derek. (2015)

“Família é muito mais do que laços de sangue.

Família para mim, são aquelas pessoas que mesmo

sabendo das dificuldades, dos segredos obscuros,

decidem permanecer ao nosso lado.”

Derek ao ser questionado

sobre o que ele entende como família.

Fotos pessoais de Derek, que

gentilmente as cedeu para a

Cavendish Magazine"

Cavendish Magazine. Página 4 – Outubro de 2015

Similar magazines