revista celulas

sekaosilva

QUADRANGULAR NO TRILHO DO CRESCIMENTO - 2016

Conferência Nacional

de Crescimento

2016 - Brasil

MANUAL DO PARTICIPANTE

NOME:___________________________________

Central de Atendimento às Células


Conferência Nacional

de Crescimento

2016 - Brasil

PROGRAMAÇÃO

PRIMEIRA PARTE

Joel Comiskey - Fundamentos e princípios norteadores para uma igreja em célula

Preletor Convidado

Joel Comiskey - Como liderar uma célula de modo que as pessoas queiram voltar

Grupos acima de

30 Células

Equipe Central Células

Preletor Convidado

Joel Comiskey - Edificação

e Discipulado

SEGUNDA PARTE

Grupos com 15 a

29 Células

Joel Comiskey - Práticas de

um Líder Eficaz

Equipe Central Células

Grupos de 0 a

10 Células

1 1 1

Preletor Convidado

Preletor Convidado

2 2

2

Joel Comiskey - Como fazer

a transição

3 3 3

Equipe Central Células

WWW.MULTIPLICANDOAVISAO.COM.BR


Nosso Presidente

Para marcar esse momento especial que vivemos no nosso ministério, o conselho Nacional de Diretores

em parceria com os conselhos estaduais, a Coordenadoria das Secretarias e os Secretários Gerais de suas

respectivas atribuições, venho neste anunciado, na minha pessoa: Pastor Mario de Oliveira e da minha esposa

Bianca Oliveira, agradecer a sua presença neste treinamento de liderança de grande importância para sua

vida, família, ministério e igreja, pois entendo que irá contribuir muito para o nosso crescimento espiritual,

crescimento do nosso rebanho e fortalecimento de nossa fé em continuar trabalhando ainda mais para

cumprirmos a grande comissão (Mt. 28: 18-20).

Não consigo desvencilhar da minha historia de conversão e de toda minha família, a importante que

tem uma igreja onde o projeto missionário alcance as famílias no seu ambiente de convivência, pois entendo

que quando nos aproximamos das pessoas com o intuito de ajudá-las, exercemos verdadeiramente o segundo

mandado de Cristo de amar uns aos outros, pois quem ama que o melhor para o outro. Pois foi por esse amor

que não só nossa família na cidade de Bauru, não só minha família, mas milhares foram alcançadas, através

da Igreja do Evangelho Quadrangular, usando desta estratégia de fazer das casas uma extensão da igreja. Na

verdade essa estratégia é a origem da igreja dos apóstolos. Foi assim que a igreja primitiva atuava. Muitas

casas foram o princípio de várias igrejas no início da era cristã.

Por isso, hoje estamos investindo em treinamento como este, onde por algumas horas você possa investir

o seu tempo para ser desaado, nutrido e apoiado a entrar no Projeto Trilho do Crescimento que tem

propiciado esses momentos valorosos de compartilhar conhecimentos e experiências com lideres que

acumularam durante anos de seus ministérios, para que hoje possam transmiti-los a cada um de nós. O Pastor

Joel Comiskey, que já esteve conosco em Março do ano de 2015 no Congresso Nacional de Células, volta para

consolidar os princípios e fundamentos do ministério celular. Será través desta Conferência Nacional, que você

irá absolver mais conhecimento, ouvi suas experiências e fundamentar o nosso trabalho em ganhar almas de

cuidar bem delas.

Fique atento, participe com bastante atenção, pois nossa oração, minha e de minha esposa pastora

Bianca é que esse tempo seja um tempo de colheita que vai preparar

você e toda nossa igreja para uma grande colheita. Que Deus lhe

abençoe e que a Paz seja contigo.

Pr. Mario de Oliveira

Presidente do CND


Palavra dos Secetários

Hoje estamos mobilizados e comprometidos com o Projeto do Trilho do Crescimento. O

trabalho das secretarias é proporcionar suporte, para que as atividades do nosso conselho

nacional, possa atingir seus objetivos. E é por isso que a cada dia acreditamos nesse projeto

que visa o crescimento do nosso ministério. A prossionalização de nossa administração nas

diversas secretarias tem trazido uma segurança para o projeto, pois com esse crescimento já

vislumbramos como devemos esta em um futuro muito próximo. Por isso é importante que nos

secretários estejamos comprometidos com o desenvolvimento do mesmo. Isso tem trazido para

nossas atividades um foco em estar sempre evoluindo, acompanhando as tecnologias e

tendências das inovações. Uma igreja como a nossa que cresce já em um momento de

transição, precisa de suportes a altura do seu crescimento. Temos que olhar para o passado,

para aprendermos com ele. Fica de olho no presente, para não comprometer o nosso futuro.

Com esse trabalho precisávamos construir uma parceria harmônica entre os secretários e

suas respectivas secretarias, para assim falarmos a mesma língua, focarmos, nos mesmos

objetivos e trabalhar em sintonia para oferecer o suporte adequado que nesta evolução, nossa

igreja precisa. Com isso temos assessorado o nosso presidente, pois anal de contas e com

toda a sua experiência de gestão, tem oferecido meios, recursos e segurança, par ao sucesso

do mesmo. Ele tem estado a frente deste grande Projeto do Trilho do Crescimento, dando o

exemplo, pois em sua própria residência acontece toda semana uma reunião de célula.

Por esses motivos e muitos outros, nos secretários, estamos juntos e envolvidos com este

projeto. Entendemos que cada contribuição vai fortalecer o andamento e a evolução da

implantação deste trabalho. E como a natureza da secretaria é de uma estrutura que oferece

suporte, queremos externar nosso compromisso. E que todos os nossos esforços estarão

focados para o sucesso de nossa igreja.

Conte conosco.

Pr. Celso Nascimento

Pr. Ant nio Carlos de Morais

Pr. Fernando Camargo

Pr. Erivelton Tavares


Boas Vindas

O deseja de Jesus é moldar sua igreja para formar um poderoso exército. A

essência do trabalho em célula, é converter ouvintes em lideres, consumidores em

servos, membros em discípulos que continue tudo aquilo que Jesus, nosso Senhor e

Deus começou. O projeto de Jesus é mobilizar seu povo a penetrar no terreno do

inimigo e anunciar a palavra das “Boas Novas” para aqueles que se encontram

como mortos, sem vida, ou seja perdidos como ovelhas sem pastor. Pergunto a

você; se Jesus estivesse aqui o que Ele faria! Não tenho dúvida, Ele faria tudo de

novo. Começaria seu exército da mesma forma, com pessoas comuns que estivesse

a sua volta, usaria os mesmos ambientes: o templo, as casas, ruas, praças; onde

aglomerasse pessoas lá ele estaria para pregar “arrependei-vos que é chegado o

Reino de Deus”. Passaria a maior parte do seu ministério onde as pessoas vivem,

em suas casas, para conquistar o coração não de um, mas de toda família.

Transformar as famílias, para que através das família que é base de uma

sociedade, mudar a humanidade. Ainda que Jesus tenha curado e realizado muitos

milagres, o que eu creio que também aconteceria, como sinal do poder de seu

Reino, seu principal objetivo seria formar uma nova família, a igreja. Jesus se

concentrou em formar e desenvolver um pequeno grupo de futuros lideres, em vez

de tentar mobilizar a multidão para conquistar humanidade. Se ele estivesse

liderando a igreja hoje, estaria treinando, mentoreando e desenvolvendo um

pequeno grupo, através do discipulado, a viver como parte da família do Pai. Jesus

não convidou as pessoas para serem parte da multidão. Ele as convidou para

serem discípulos, parte da família. Jesus instruiu seus discípulo de dois em dois,

irem nas casas para proclamar as “Boas Novas” (Lucas 9:1-6; 10: 1-12) e através

das casas conquistou as cidades.

Nós temos a visão que é “salvar os perdidos a qualquer custo”, recebemos a

missão “Portanto ide, fazei discípulos de todas as nações,...” temos a estratégia “E

perseveravam na doutrina dos apóstolos, e na comunhão, e no partir do pão, e nas

orações. E todos os que criam estavam juntos, e tinham tudo em comum. E

perseverando unânimes todos os dias no templo, e partindo o pão nas casas,

comiam juntos com Alegria e singeleza de coração, louvando a Deus, e caindo na

graça de todo o povo. E todos os dias, acrescentava o SENHOR à igreja aqueles que

se haviam de salvar.” Agora precisamos: de preparar, munir e nutrir esse grande

exército que o Senhor Jesus escolheu, como trabalhadores para a grande colheita

em nossa nação. Você é o lho que Jesus escolheu para essa valorosa missão.

Vamos junto, pois Ele conta com cada um de nós.


Neste mês de Maio 2016 teremos em todo o Brasil, uma conferência nacional

que será realizada em 11 cidades escolhida estrategicamente, para atender o

maior número possível de nossa liderança, com o objetivo de treinar e capacitar

esse grande exército de trabalhadores para a colheita que o Senhor preparou para

sua Igreja. Você que esta participando deste evento entendeu o chamado de Deus

pra sua vida, neste momento tão especial de crescimento que vive nossa igreja.

Não furte o seu tempo, pois hoje será o dia que Deus preparou para mudar o

seu ministério, através da sua vida. Aproveite esse momento, ca tendo a todas as

palestas, não deixa que ninguém venha a tirar sua atenção, pois tudo aquilo que

vai ser apresentado para você e muito importante para o crescimento da igreja.

Seja Sem-Vindo!

Equipe de trabalho - Conferência Nacional de Crescimento


JOEL

COMISKEY

United States of America

FUNDAMENTOS E PRINCÍPIOS NORTEADORES PARA

UMA IGREJA EM CÉLULA.

Muitos pastores acreditam que se acharem o modelo ideal encontrarão a chave para o seu

sucesso. Eles devem ter ouvido algum pastor de uma igreja em células crescente dizer algo como, "Tudo

que você tem a fazer é seguir o que estou fazendo e sua igreja irá crescer". Você então é instruído a

voltar múltiplas vezes e aprender o procedimento correto. Mas é este o caminho certo a seguir?

A realidade é que princípios - não modelos - produzem fruto. Princípios sempre estão acima de

modelos. Princípios permitem exibilidade e se aplicam a uma imensa gama de situações. Os modelos

são culturalmente limitados. Modelos são inexíveis e sempre requerem o conjunto exato de

circunstâncias para funcionarem. Princípios se aplicam a qualquer denominação, cultura ou situação.

David Cho, por exemplo, percebeu que o conselho de Jetro a Moisés em Êxodo 18 se aplicava à sua

própria situação. Então leu sobre as igrejas nas casas no livro de Atos e Deus deu a ele a visão de

começar os grupos nos lares. Ele teve de inovar e ajustar sua estrutura à medida que ia avançando por

ser pioneiro nesse caminho. Ele seguiu o Espírito de Deus com base nas Escrituras.

Valores vêm de verdades bíblicas enquanto que os princípios vêm do que as igrejas em células

realmente estão fazendo (prática). Modelos vêm da aplicação de valores bíblicos e princípios da igreja

em células no seu próprio contexto. A fórmula deve ser a seguinte: valores bíblicos + princípios testados

ao longo do tempo = modelos contextuais. No entanto, após chegar ao seu próprio modelo, ele nunca

deve ser promovido como "o" modelo. Os valores e os princípios devem sempre ser promovidos.”

De acordo com as palavras acima do Pastor Joel Comiskey, veremos a seguir os princípios e

fundamentos que norteam a aplicação do ministério celular. Por isso é muito importante que você que

atendo para tirar as lições que serão fundamentais para o desenvolvido deste estilo de vida que é uma

igreja em célula.

RECURSOS


1. Fundamentos a base de uma construção.

“Portanto, quem ouve estas minhas palavras e as pratica é como um homem

p r u d e n t e q u e c o n s t r u i u a s u a c a s a s o b r e a r o c h a .

Caiu a chuva, transbordaram os rios, sopraram os ventos e deram contra aquela casa, e

ela não caiu, porque tinha seus alicerces na rocha. Mas quem ouve estas minhas

palavras e não as pratica é como um insensato que construiu a sua casa sobre a areia.

Caiu a chuva, transbordaram os rios, sopraram os ventos e deram contra aquela

c a s a , e e l a c a i u . E f o i g r a n d e a s u a q u e d a " .

Mateus 7:24-27

2. A Natureza Trinitária de Deus

A NATUREZA DA IGREJA

Nasceu da Trindade.

PAI

DEUS

FILHO

ESPÍRITO

TRINDADE = COMUNIDADE

3. A Igreja Primitiva

Jesus e seu método de ministério: Ele veio para estabelecer uma nova família, com

base nas casas e enviando seus discípulos de dois em dois para ministrar.


4. A casa na Igreja do Novo Testamento:

·A ceia:

·O corpo:

·Os Dons:

·O Sacerdócio:

·Uns aos outros:

·Hospitalidade:

·Ação Social:

5. Um movimento incrível

· O que era capaz a igreja de Atos?


6. A igreja perdeu sua ecácia.

·



7. Uma Igreja com duas asas.

ASA DO GRUPO

PEQUENO

ASA DO GRUPO

GRANDE

COMUNIDADE

CORPORATIVA

IGREJA DO NOVO TESTAMENTO

COMUNIDADE

DAS CÉLULAS

SUPERBALANCEADA

PARA O LADO

CORPORATIVO

8. Há duas dimensões nas igrejas em células saudáveis

Estrutura visível externa:

Organização:

Pessoal:

Material:

Prédios:

Valores ocultos internos:

Prioridades:

Oração:

Dinâmicas de liderança:

Cultura:

SUPERBALANCEADA

PARA O LADO

DO GRUPO PEQUENO

9. Valores importantes da Igreja em Células

“Não há nada de errado em se inspirar com uma igreja modelo. No entanto, se

quisermos ir além do entusiasmo para a transferência de elementos reprodutíveis...

signica mais do que simplesmente adotar a explicação que lideres de igreja muitas as

vezes apresentam como a chave de sucesso” (Christian Schwarz)


1O. Imitando Modelos

Imitando Modelos

Modelo:

Imitação

Parece mais fácil imitar um modelo, mas pouquíssimas

pessoas tiveram sucesso em reproduzir um modelo

Isso criou uma ênfase doentia em superigrejas

Princípios em vez de Modelos

Modelos e Princípios :

Modelo:

Imitação

Princípios :

Abstração

Individualização

11. PRIMIERO PRINCÍPIO

O fundamento da visão de células é a base bíblica:

12. SEGUNDO PRINCÍPIO

Dependência de Jesus por meio da oração:

13. TERCEIRO PRINCÍPIO

Comprometimento do pastor principal e da equipe de liderança com a visão do

ministério de células:

14. QUARTO PRINCÍPIO

O ministério de células é a espinha dorsal da igreja:

15. QUINTO PRINCÍPIO


16. CARACTERISTICAS QUE ESSAS IGREJAS EM CÉLULAS TEM EM COMUM

OBSERVAÇÃO

COMENTÁRIO

Primeira dependência de Jesus Cristo.

Papel do pastor presidente.

Células como espinha dorsal da igreja.

Denição clara da célula.

Paixão pela visão (evangelismo e

crescimento da igreja).

Multiplicação.

Importância das células e culto

de celebração.

Requisitos de liderança estabelecidos.

Treinamento de liderança obrigatório.

Liderança desenvolvida dentro da igreja.

Promoção da liderança baseada

no sucesso.

Uma estrutura de supervisão e cuidado

para cada nível de liderança.

Relatórios de prestação de conta.

Estudo das células baseado no

sermão do pastor.

REFLEXÃO:

Qual tem sido a sua experiência com a igreja em células?

Você crê que a igreja em células se aplica para a sua região? Justique.


Anuncio biblioteca


Anuncio biblioteca


PRELETOR

CONVIDADO

Brasil


DNTC - Diretrizes Nacionais do Trilho do Crescimento

Este box contém as Diretrizes Nacionais do Trilho do

Crescimento que tem como objetivo o fortalecimento dos

Grupos Missionários.

São Ferramentas indispensáveis para nortear processo de

transição e implantação da visão de crescimento do Reino.

ADQUIRA JÁ O SEU!

Central de Atendimento às Células

(31) 3278-3993 / 3144-8565

/ 3143-1845

Central de Atendimento às Células

(31) 3278-3993 / 3144-8565

/ 3143-1845


TREINAMENTOS

Ferramentas indispensáveis para

ajudar no crescimento da sua Igreja!

Central de Atendimento às Células

(31) 3278-3993 / 3144-8565 / 3143-1845


JOEL

COMISKEY

Poderia eu escrever sobre qual foi minha percepção do livro Reuniões Atraentes do pastor Joel

Comiskey. Ele traz procedimento, comportamentos e ferramentas que ajudarão e muito o líder de

célula a planejar esse momento crucial que é o tempo designado para todos envolvidos e convidados

se encontrarem, para um momento de compartilhar, edicar e fortalece a fé. E claro que o grande

objetivo e de propiciar o encontro de Pessoas com Cristo, onde elas poderão sem constrangimento, em

um ambiente mais descontraído, conhecer e reconhecer que Jesus é nosso Senhor. Poderia sim escrever

ainda mais sobre o tema do livro sobre reuniões atraentes, pois tem uma riqueza de detalhes, que

aconselho você não só assistir o que o pastor Joel vai ministrar mais também adquirir o livro e treinar

seus lideres. Mas resolvi deixar outras pessoas falarem sobre sua impressão ao ler esse livro.

O pastor Mike Mack é fundador de Small Group Network (Rede de Grupos Pequenos) disse que

“Comiskey deu uma tacada excepecional! Este livro não juntará poeira em minha estante! Vou usá-lo

sempre de novo como referência para os grupos que eu lidero e supervisiono. E está em meus planos

que cada um de meus lideres de célula o leia também.”

“Se você já liderou alguma vez uma reunião de célula, vai concordar com as lutas sinceras e

conselhos úteis de comiskey. Sem ser exageradamente simplista, Joel sintetiza as muitas partes da

condução de uma reunião de célula. Como líder de uma célula e capacitador, há muito esperava por

uma ferramenta como esta.” Essa são as palavras de Tom Brunner Pastor Geral Igreja Hope.

Pensei em terminar os comentários aqui, mas quando li o que o Pr. Kerry Bowman escreveu sobre

o livro, resolver não terminar aqui. Ele disse; “Enquanto lia o livro de Joel Comiskey, quei imaginando

nossos lideres de célula em uma animada discussão num evento de treinamento. Estávamos

precisando de uma excelente ferramenta que ao mesmo tempo ensine a dinâmica do grupo pequeno e

modele a visão da liderança de célula autêntica. É evidente que Joel é praticante da vida de célula... ele

conhece o mundo do nosso ministério.”

Todo líder envolvido no ministério de células, seja ele pastor titular, auxiliar, supervisor ou que

lidere uma célula, precisam de recursos como esses que este livro nos apresenta. Seja você também um

novato em treinamento para assumir uma célula do futuro, vai precisa desta ferramenta. Mas agora

vamos ouvir o que o autor falar com propriedade deste assunto. A nal de conta temos o privilégio de

dê-lo conosco neste momento tão especial para nossa igreja.

RECURSOS

United States of America

COMO LIDERAR UMA CÉLULA DE MODO QUE AS

PESSOAS QUEIRAM VOLTAR


1. Como liderar uma reunião de célula de modo que as pessoas queiram voltar.

Não domine a reunião: o líder de célula deverá conduzir a reunião de célula de

forma que todos participem e possam contribuir para o crescimento espiritual de cada

um. Compartilhando um com os outros.

2. Robert Wuthnow conduziu com George Gallup um projeto de pesquisa

nacional sobre grupos pequenos nos EUA e segaram a seguinda conclusão: “Líderes....

funcionam melhor quando são sensíveis às dinâmicas de grupo, dirigem a discussão,

encorajam os membros a participar e ajudam a manter as coisas uindo de forma

agradável em vez de eles próprios dominarem a discussão.”

3. Importância no ato de OUVIR.

3.1. As pessoas em busca de solucionar algum tipo de problema na sua vida ou

em sua família, necessitam ser ouvida, pois é neste momento que diagnosticamos e

orientamos a busca da solução do problema pessoal ou familiar, através de Jesus Cristo.

4. Linhas de comunicação entre pessoas:

Duas pessoas têm duas linhas de

comunicação;

Quatro pessoas têm 12 linhas de

comunicação;

DEZ PESSOAS TÊM

E 15 PESSOAS TÊM

90...

210!


5. Desenvolva a Sensibilidade

5.1. E preciso desligar de todas as coisas e focar nas manifestações das pessoas,

onde o líder deverá observar os gestos, as reações e reagir positivamente a cada pessoa.

5. Recomendações

Recomendação

O líder não deve responder

suas próprias perguntas

Após fazer perguntas, o líder

deve dar tempo ao grupo para

responder

O líder não deve temer o

silêncio no grupo

Após a primeira resposta, o

líder de célula deve perguntar

ao grupo se há outras

respostas

Dê a outros a chance de

responder

Normalmente as pessoas

precisam de tempo para refletir

sobre várias possibilidades

Os líderes de célula costumam

temer mais o silêncio que os

membros

Algumas pessoas demoram

mais do que outras para

esquentar. O líder não deve ter

pressa para prosseguir.

7. Limites os conselheiros

Com muita freqüência os membros do grupo são rápidos em oferecer conselhos

em vez de ouvir com atenção. É preciso deixar as regras de convívio claras de modo que

não venha polarizar as discussões, criar polêmicas e situações desacatáveis nas

reuniões.


8. Estudo bíblico envolvente.

8.1. Observação:

8.2. Interpretação:

8.3. Aplicação:

9. Exemplo do formato de uma reunião de célula.

9.1. Encontro:

9.2. Exaltação:

9.3. Edicação:

9.4. Evangelismo:

10. REFLEXÃO

Descrever a atmosfera e o nível das relações entre os seus membros da célula.


elatorio - ainda nao recebi


elatorio - ainda nao recebi


ADOLESCENTES E JOVENS

LOUVOR E ADORAÇÃO

Central de Atendimento às Células

(31) 3278-3993 / 3144-8565 / 3143-1845


MANUAIS

Central de Atendimento às Células

(31) 3278-3993 / 3144-8565 / 3143-1845


DIRETRIZES 1 E 2

Central de Atendimento às Células

(31) 3278-3993 / 3144-8565 / 3143-1845


orientacoes das oficinas


JOEL

COMISKEY

United States of America

OFICINA - COMO FAZER A TRANSIÇÃO?

Lendo o livro intitulado “Igreja Por que me importar – redescobrindo o prazer da vida em

comunidade, o autor Philip Yancey inicia escreve no capítulo 3 com uma frase que chamou-me a

atenção, que diz o seguinte: “Não é o que você é nem o que você foi que Deus vê com seus olhos cheios

de misericórdia, mas o que você deseja ser.” Nesta ocina o pastor Joel vai fazer compreender sobre a

importância de sermos exíveis para prováveis mudança na nossa vida ministerial.

As mudanças na sociedade globalizada, de certa forma, forçam a igreja a desempenhar um

novo papel, não no sentido de uma nova teologia ou doutrina, mas na busca de formas, maneira ou

práticas, para continuar alcançando os perdidos. A repressão de uma violência psicossocial tem feito

dos lares um lugar seguro cada dia mais. Uma das áreas para a qual a igreja deve dirigir a sua atenção

é a família. As pessoas, com o passar do tempo herdaram um enorme vazio nos relacionamentos. Já

não existem amor e respeito mútuo entre as pessoas, sentimentos essenciais para a boa qualidade de

convivência, tanto na família como na comunidade. A igreja precisa desenvolver esforços a m de

preencher este vazio. Ela, a família precisa ser um núcleo de inuência no meio da sociedade. E sendo

uma família com princípios cristãos, fará uma grande diferente, estendendo o reino de Deus até os

conns da terra.

Hoje a Igreja do Evangelho quadrangular vive um momento de mudança. Essa transição,

assunto também desta ocina, tem mobilizado nossa liderança em esforçar-se para preparar os

trabalhadores para a grande colheita. Com isso, precisamos conhecer as ferramentas úteis e

adequadas para serem aplicadas dentro dos princípios bíblicos, analisando cada ambiente peculiar de

cada igreja local, seus lideres de inuência e potencial e tendo você pastor presidente como o condutor

de toda visão. Veremos então nesta ocina as etapas da transição que vai enriquecer os seus

conhecimentos para então aplica os princípios em sua realidade.

RECURSOS


parte para anotacoes da oficina 1


JOEL

COMISKEY

United States of America

OFICINA - PRÁTICAS DE UM LÍDER EFICAZ.

A visão do ministério celular é que todos os lideres possam ser desaados a atingirem um

novo nível de ecácia no desenvolvimento ministerialmente. Com isso precisamos desenvolver

algumas habilidades e vive-las, pois será de fundamental importância para o desao que virá

pela frente. Apesar dos milhares de lideres que respondem pelo título, nunca foi tão crucial

quando agora a observação e o mandamento de Jesus: “A seara é grande... roguem ao Senhor

da seara que mande trabalhadores...”. Pois aqueles que ainda são ovelhas, também os que já

foram e aqueles ainda virão a ser, carecem de cuidados e atenção. O líder ecaz emana de

alguém cujo caráter foi formado e moldado por sua relação e intimidade com Deus. Como diz o

Pastor Hebe Huber em seu livro o Bom Pastor: “Os lideres devem ser uma extensão do Bom

Pastor em seu ministério. Eles são chamados a representar Jesus Cristo em toda a sua santidade

e amor, e, portanto, devem seguir o maravilhoso exemplo que esse Bom Pastor nos deixou.

Este conteúdo apresentado pelo Pastor Joel Comiskey, vem mostrar a importância de

práticas que leva um líder e produzir acima da média de seu ministério como líder de célula. Ela

vai apresentar questões como: seja um bom ouvinte, encoraje as pessoas a criar vínculos em

seus relacionamentos, seja um líder receptível, envolva as pessoas nas atividades da célula, não

car somente na atividades da reunião da célula, demonstre sua preocupação com a colheita

para todos se envolva na missão, mostre que cada pessoa por mais nova que seja na fé Deus

tem um propósito especíco na terra para ele ou ela, cria um ambiente de edicação através do

discipulado e enm seja uma líder que além da eciência, alcance o patamar da ecácia.

E para nalizar, não volte para sua casa com dúvidas, pergunta e esclareça, pois será

muito importante para o seu dia a dia como líder de sua célula.

RECURSOS

LIVRO COACH NAO ACHEI NA INTERNET


parte para anotacoes da oficina 2


JOEL

COMISKEY

United States of America

OFICINA - EDIFICAÇÃO E DISCIPULADO

No livro de Atos capitulo 9 versos 31 diz que “Assim, a igreja passava por um tempo de paz

em toda a Judéia, Galiléia e Samaria, sendo edicada e vivendo no temor do Senhor. E, por

meio da coragem proporcionada pelo Espírito Santo, a igreja crescia dia a dia em números.” A

palavra edicar signica em sua essência erigir ou construir. E quando falamos em construir,

pensamos logo em edifícios, casas, viadutos, em m tudo aqui, que existe em um momento

fora construído para que sua existência fosse possível. Mas quando falamos em construção logo

vem à memória o que mencionei. Sendo Assim, quando passamos para nossa vida cristã,

podemos remeter o mesmo pensamento, pois a vida cristã é uma construção que se assemelha

com a construção de um edifício ou uma casa. Podemos em alguns momentos construir

viadutos e pontes. Como diz em Romanos 15:2 “Cada um de nos deve agradar ao seu próximo

para o bem dele, a m de edicá-lo.”

A edicação das pessoas é uma necessidade básica na construção de sua vida em Cristo.

E falando em base, toda construção é precedida de uma base solida e fundamentada em um

ambiente que corresponde ao que você vai edicar nela. A fonte de inspiração para

construirmos nossa vida é a Bíblia Sagrada. Onde buscamos tudo que precisamos para

construí-la em uma base solida, com uma fundação adequada, para a grande obra que Deus

vai erigir em nossa vida. E foi pensando nesta construção que apesar de ser individual, tem uma

participação coletiva, uns com os outros, que o pastor Joel Comiskey, baseado na Bíblia

Sagrada, usando ela como fonte de construir da vida cristã, que veremos neste momento uma

explanação sobre o assunto. Nos próximos minutos vamos juntos compartilha esses princípios

fundamentais para o nosso crescimento da família de Cristo. Veremos que quando colocamos

Jesus no centro da nossa construção individual e comum, uns com os outros, ganhamos uma

qualidade de vida em Cristo e com o próximo. Vejamos então o que a Bíblia nos reservou para

nossa ocina.

RECURSOS


parte para anotacoes da oficina 3


OFICINA

PRELETOR CONVIDADO

Brasil

parte para anotacoes da oficina


parte para anotacoes da oficina


OFICINA

CENTRAL DE CÉLULAS

Brasil

parte para anotacoes da oficina


parte para anotacoes da oficina


AP. ANDRÉ RICARDO

MAIS DE 500.000 CÓPIAS

VENDIDAS!

Central de Atendimento às Células

(31) 3278-3993 / 3144-8565 / 3143-1845


ainda falta as imagens que a helem

desde quinta ficou de me passar


anuncio rodrigo


anuncio


Pedidos e Treinamentos:

Central de Atendimento às Células

Av. Antônio Francisco Lisboa, 195 - Bandeirantes

Belo Horizonte - MG - 31.365-770

Fone: ((31) 3278-3993 / 3144-8565 / 3143-1845

contato@multiplicandoavisao.com.br / www.multiplicandoavisao.com.br

More magazines by this user
Similar magazines