Views
1 year ago

Revista Penha | julho 2016

O que acontece, quem são as pessoas que marcam a Freguesia e ainda algumas curiosidades sobre a Penha de França. Uma revista editada pela Junta de Freguesia da Penha de França.

EDUCAÇÃO É PRIORIDADE

EDUCAÇÃO É PRIORIDADE “Uma freguesia com uma população envelhecida que tem de criar condições atrativas para a fixação de novas famílias.” Escolas públicas e a Junta de Freguesia parceiras das famílias oferecem as melhores condições • Período letivo • Tempos livres: • Componente de Apoio à Família • Atividades Extra-Curriculares • Verão Penha-Programa para os tempos livres dos jovens a partir dos 12 anos-307 vagas “A aposta no espaço público e na sua requalificação também é um convite a que as pessoas fruam dele...” Que diagnóstico traça nesta matéria? A Freguesia tem um relevo muito próprio que coloca acrescidos obstáculos de mobilidade à população envelhecida. É por termos consciência dos problemas de mobilidade que, em breve, vai ser iniciada a transformação da Avenida General Roçadas numa “rua amiga do peão”. Há ali uma taxa elevada de sinistralidade... O mesmo vai acontecer na Rua Morais Soares. A aposta no espaço público e na sua requalificação também é um convite a que as pessoas fruam dele. Se não for convidativo, é evidente que as pessoas não querem vir para a rua e acabam por se fechar em casa, entregues à solidão e ao sedentarismo. A dinamização tem passado muito por iniciativas nas principais praças da Freguesia. Como avalia esta aposta? A receção das pessoas foi interessantíssima, as pessoas aderiram imenso às atividades dinamizadas, sobretudo na Praça Paiva Couceiro. Ouvimos as pessoas dizerem que querem mais iniciativas desse género, mais animação do espaço público. Sem descurar a Alameda e o Mercado de Sapadores, o centro cívico da freguesia é a Praça Paiva Couceiro, que fica mesmo no centro geográfico do nosso território e onde as pessoas gostam muito de ir. O espaço público é de todos. Se o abandonarmos, não serve para nada. Quer destacar algum projeto ou empreitada além das que mencionou? A Câmara Municipal de Lisboa está a preparar um pacote de protocolos de delegação de competências na Junta de Freguesia de obras que vamos começar em breve. Incidem particularmente em duas áreas: melhorar os passeios e reordenar o estacionamento onde isso seja possível. Já obtive a garantia da Câmara e do Conselho de Administração da EMEL de que ainda 6 AF_JFPF REVISTA JULHO.indd 6 01/07/16 18:54

durante o ano de 2016 a EMEL virá disciplinar o trânsito na freguesia. É mais ou menos consensual que um dos principais problemas da freguesia é a questão do estacionamento. Esta questão costuma ser abordada no seu contacto com os fregueses? Não há semana em que não receba queixas relacionadas com o estacionamento na freguesia, a somar aos e-mails que recebemos. Os problemas do estacionamento não vão desaparecer da noite para o dia, mas estou em crer que a vinda da EMEL, com os lugares reservados para os residentes e os pagantes nas zonas de estacionamento tarifado, vai acabar com situações abusivas que se verificam aqui e ali, nomeadamente os veículos abandonados, os autênticos stands automóveis a céu aberto, entre outras situações. Um problema que sentimos é a pressão de estarmos rodeados por zonas de estacionamento tarifado nas freguesias limítrofes. Nas zonas da freguesia onde a EMEL já está presente, não há falta de lugares para os moradores. Ao nível do edificado, as Torres do Alto da Eira conheceram desenvolvimentos. A Junta de Freguesia desempenhou um papel de relevo neste processo? A empreitada da recuperação das Torres do Alto da Eira está a evoluir favoravelmente e vai entrar na segunda fase. Acompanhámos desde sempre este processo, participando como parceiros nas reuniões, ouvindo os anseios “Foi uma decisão muito corajosa, mantendo as pessoas que já lá moravam.” 7 AF_JFPF REVISTA JULHO.indd 7 01/07/16 18:54

Revista Penha | abril 2017
Revista Penha | junho 2016
Revista Penha | julho 2017
Revista Penha | setembro 2016
Revista Penha | maio 2016
Revista Penha | outubro 2016
Revista Penha | agosto 2016
Revista Penha | dezembro 2016
Revista Penha | março 2017
Revista Penha | junho 2017
Revista Penha | novembro 2016
Revista Penha | maio 2017
Revista Penha | novembro 2016
Revista Penha | fevereiro 2017
Revista Penha | janeiro 2017