DE FINALISTA

neco.rs

2eXqEss

O Metro Jornal é impresso em papel certificado FSC, com garantia

de manejo florestal responsável, pelo Grupo Sinos S/A.

MAU TEMPO

TEMPORAL CAUSA DANOS

PELO INTERIOR E DESTELHA

ESCOLA NA CAPITAL PÁG. 02

ON-LINE

NOVEMBRO TEM FEIRÃO

LIMPA NOME PARA QUEM

QUER NEGOCIAR DÍVIDAS PÁG. 08

TEM CERTEZA DE QUE

É A LADY GAGA?

EM ‘JOANNE’, CANTORA PÕE A EXCENTRICIDADE

DE LADO – E CANTA ATÉ COUNTRY PÁG. 13

PORTO

ALEGRE

Quinta-feira,

3 de novembro de 2016

Edição nº 1.241, ano 6

MÍN: 11°C

MÁX: 24°C

www.metrojornal.com.br | leitor.poa@metrojornal.com.br | www.facebook.com/metrojornal | @MetroJornal_POA

COPA DO BRASIL

LÁGRIMAS

DE FINALISTA

Grêmio

empata com

o Cruzeiro

e avança

à decisão.

Adversário

será o

Atlético-MG,

que eliminou

o Inter

PÁGS. 15 E 16

Garotos se emocionam

com classificação

tricolor na Arena

Celso Roth

vê time misto ser

eliminado pelo Galo

LUCAS UEBEL/GRÊMIO FBPA

DUDU MACEDO/FOTOARENA/FOLHAPRESS

RECICLE A INFORMAÇÃO: PASSE

ESTE JORNAL PARA OUTRO LEITOR

Com ocupações, MPF

pede para adiar Enem

Procurador argumenta que 191 mil estudantes que

terão prova transferida não teriam isonomia PÁG. 04

UFRGS tem 22 cursos

tomados por estudantes

Movimento contra PEC do teto e mudanças no ensino

médio já atinge seis prédios da universidade PÁG. 03

Lula e Temer podem ser

testemunhas de Cunha

Ex-presidente da Câmara dos Deputados inclui atual

presidente e petista na sua lista de defesa PÁG. 06


02| {FOCO}

PORTO ALEGRE, QUINTA-FEIRA, 3 DE NOVEMBRO DE 2016

www.metrojornal.com.br

Ventos e estragos pelo RS

Mau tempo. Casas e escolas destelhadas, árvores e fiação elétrica caídas foram alguns dos danos registrados

1FOCO

Situação do RS

Deficit da

previdência

O secretário da Fazenda,

Giovani Feltes, participa

hoje, no Rio, de reunião

convocada pelo Conselho

Nacional de Secretários

Estaduais da Fazenda para

discutir alternativas diante

do rombo dos regimes

previdenciários. O encontro

pretende fechar uma

proposta dos Estados para

a reforma da previdência,

incluindo a operação para

financiar o deficit que

representa o pagamento das

aposentadorias. O Rio Grande

do Sul é o Estado com maior

comprometimento nessa

área (40% da receita corrente

líquida é usada com salários

de inativos).

Cotações

Selic

(14% a.a.)

Dólar

+ 1,630%

(R$ 3,241)

Bovespa

- 2,46%

(63.326 pts)

Euro

+ 1,637%

(R$ 3,538)

Salário

mínimo

(R$ 880)

O mau tempo voltou a causar

estragos no Rio Grande

do Sul. Os principais danos

foram ocasionados pelos

fortes ventos, mas também

houve queda de granizo em

diversos municípios. Casas

foram destelhadas e árvores

derrubadas, sendo que algumas

obstruíram vias e estradas.

Outras atingiram redes

elétricas, causando falta

de luz. Em torno de 180 mil

pessoas ficaram às escuras

em todo o território gaúcho,

problema que foi sendo

resolvido ao longo do dia

de ontem.

De acordo com o subchefe

da Defesa Civil do Rio

Grande do Sul, tenente-coronel

Alexandre Martins,

as regiões mais atingidas

foram a fronteira oeste e o

centro do Estado. “É onde

nós tivemos a maior quantidade

de chuva em um curto

espaço de tempo e o vento

com maior intensidade. Até

passou um pouco dos 100

km/h em algumas regiões.

Nas áreas urbanas, tivemos

Passional.

Policial atira

no ex-marido

da mulher

Um caso passional acabou em

tiros em uma festa do curso

de Odontologia realizada na

madrugada de ontem no Iate

Clube Guaíba, na zona sul de

Porto Alegre. De acordo com

a BM, um policial civil de 37

anos que trabalha em Fontoura

Xavier agrediu a mulher e

desferiu pelo menos três tiros

em um dentista, ex da mulher,

no estacionamento do

clube. A mulher e seu ex estariam

conversando. O dentista

foi socorrido e levado ao Hospital

Mãe de Deus.

A mulher teve o rosto bastante

machucado e foi levada

ao HPS. O policial foi preso

em flagrante pela BM e encaminhado

ao Grupamento de

Operações Especiais da Polícia

Civil, onde ficará detido

pela acusação de tentativa de

homicídio . BANDNEWS

FALE COM A REDAÇÃO

leitor.poa@metrojornal.com.br

051/2101.0471

COMERCIAL: 051/2101.0302

O Metro Jornal circula em 23 países e tem alcance diário superior a 18 milhões

de leitores. No Brasil, é uma joint venture do Grupo Bandeirantes de Comunicação

e da Metro Internacional. É publicado e distribuído gratuitamente de segunda a sexta

em São Paulo, ABC, Campinas, Rio de Janeiro, Curitiba, Belo Horizonte, Porto Alegre,

Brasília, Grande Vitória e Maringá, somando 505 mil exemplares diários.

Escola Estadual Heitor Villa-Lobos, no bairro Lami, foi destelhada | ITAMAR AGUIAR/AGÊNCIA FREELANCER

muitas residências com destelhamento”,

relatou.

Em Santa Maria, na região

central, as rajadas de

vento ultrapassaram os 100

km/h. Pelo menos cem casas

foram destelhadas. A Defesa

Civil já iniciou a distribuição

de lonas para os prejudicados.

Apenas uma família

teve que deixar sua casa

em função de alagamento

em Pelotas, no sul do Estado.

Outras dez famílias,

de Cachoeira do Sul, continuava

ontem abrigadas em

função do mau tempo que

causou estragos na última

semana.

Além disso, houve bloqueios

em rodovias federais

na BR-116, em Nova Petrópolis,

e na BR-290, em Pantano

Grande e em Alegrete.

A expectativa é que os desabrigados

voltem para suas

casas até o final de semana.

Segundo a Sala de Situação

do governo, ainda pode

haver chuva isolada no

norte e em parte do leste

até domingo, mas na maioria

das regiões o tempo só

deve ficar nublado. A partir

de hoje, o tempo fica seco,

com temperatura mais

baixa. Em Porto Alegre, até

o final de semana, a máxima

fica em torno dos 30 o C

e a mínima não fica abaixo

dos 14 o C.

Estragos em Porto Alegre

A capital também sofreu danos

causados pela ventania.

As regiões sul e leste foram

as mais atingidas, de acordo

com a Defesa Civil. No sul,

foram dez árvores caídas e

um poste que tombou no

bairro Cavalhada.

Dia de saudade e lembrança nos cemitérios

Apesar do mau tempo, milhares de porto-alegrenses foram ontem aos cemitérios homenagear

seus entes queridos que já partiram. Acompanhados ou sozinhos, visitantes levaram flores (como

no cemitério do Belém Novo, na foto), fizeram orações ou apenas lembraram bons momentos

vividos. Em vários locais, o público foi recebido com atividades especiais | ITAMAR AGUIAR/AGÊNCIA FREELANCER

EXPEDIENTE

Metro Jornal. Presidente: Cláudio Costa Bianchini. (MTB: 70.145)

Editor Chefe: Luiz Rivoiro. (MTB 21.162).

Diretor Comercial e Marketing: Carlos Eduardo Scappini Diretora Financeira: Sara Velloso.

Gerente Executivo: Ricardo Adamo Editor-Executivo de Arte: Vitor Iwasso

Metro Jornal Porto Alegre.

Editor Executivo: Maicon Bock (11.813 DRT/RS)

Editor de Arte: Pablo Tavares Gerente Comercial: Anna Almeida

Grupo Bandeirantes de Comunicação RS. Diretor-Geral: Leonardo Meneghetti

No bairro Campo Novo,

uma casa teve uma parede

e o telhado arrancados pelo

vento. Na rua Manoel Elias,

quatro residências foram

destelhadas. A Escola Estadual

Heitor Villa Lobos, no

Lami, foi parcialmente destelhada.

METRO POA

Táxi.

Sindicato

quer barrar

taxa do GPS

Os taxistas pagam taxa mensal

de R$ 88,06 para que a

EPTC repasse parte à Show

Tecnologia e, esta, preste o

serviço de monitoramento

da frota via GPS. No entanto,

o Sintáxi aponta que, em três

meses, a quantia de cerca de

R$ 510 mil não teria sido repassada.

Por isso, o Sindicato

dos Taxistas ingressou na Justiça

solicitando a suspensão

da cobrança. O valor mensal

do repasse é de R$ 171.182,29.

O diretor-presidente da

EPTC, Vanderlei Cappellari,

admitiu que há uma dívida

com a Show, mas que nesta

mesma semana houve uma

reunião de acordo. Parte do

valor em atraso será depositado

amanhã. O Sintáxi alega,

ainda, que o monitoramento

já não funcionava de

forma adequada. BANDNEWS

Editado e distribuído por Metro Jornal

S/A. Endereço: rua Delfino Riet, 183,

Santo Antônio, CEP 90660-120,

Porto Alegre, RS. Tel.: (051) 2101-0302

O Metro Jornal Porto Alegre é impresso

no Grupo Sinos S/A.

A tiragem e distribuição

desta edição são

auditadas pela BDO.

40.000 exemplares


PORTO ALEGRE, QUINTA-FEIRA, 3 DE NOVEMBRO DE 2016

www.metrojornal.com.br {FOCO} 03|

UFRGS tem ocupações

em 22 dos seus cursos

Protesto. Dezenas de estudantes da

universidade estão mobilizados em pelo

menos seis prédios contra medidas do governo

Vestibular.

UFRGS tem

último dia

de inscrições

Hoje é o último dia para fazer

a inscrição no vestibular

2017 da UFRGS. O edital

já está disponível no site

www.ufrgs.br, e as inscrições

são feitas só pela internet. As

provas serão realizadas nos

dias 8, 9, 10 e 11 de janeiro

em Porto Alegre, Bento Gonçalves,

Tramandaí e Imbé.

São 4.017 vagas em 91 cursos

de graduação. No momento

da inscrição, o candidato deverá

optar por uma das cinco

provas de língua estrangeira,

além de indicar opção

em relação ao uso do escore

das provas objetivas do Enem

deste ano. A UFRGS reserva 2

mil vagas às cotas. METRO POA

A mobilização contra a PEC

(Proposta de Emenda Constitucional)

241, que limita os

gastos do governo federal –

especialmente saúde e educação

–, tem ampliado sua

adesão na UFRGS. Ontem,

22 cursos mantinham ocupações

em pelo menos seis

prédios da universidade, de

acordo com organizadores

do movimento. Os estudantes

também protestam contra

a alteração do currículo

do ensino médio e o projeto

Escola sem Partido.

Na Faced (Faculdade de

Educação), uma média de 50

pessoas tem permanecido

na ocupação. No local, são

realizadas oficinas e palestras,

e, de acordo com o estudante

do quarto semestre

de pedagogia Matheus Santos,

muitos professores têm

apoiado o movimento. “A

maioria está ajudando nas

doações e na presença diária

na faculdade”. Ele destacou

a importância da mobilização

no local porque “na Faced,

que forma educadores,

trabalhar contra essas propostas

é indispensável.”

O prédio da Faced, ocupado

há quatro dias, está repleto

de cartazes e faixas contra

a PEC e o governo Michel Temer.

Na Faculdade de Arquitetura,

as marcas da ocupação

estão presentes, ainda

que não tão evidentes quanto

a faixa que cobre alguns andares

da Faced ou a bandeira

aberta no estacionamento.

Desde a ditadura militar não

havia um protesto dessa envergadura

na Arquitetura, segundo

antigos alunos.

De bicicleta, um pai acabava

de sair da faculdade

após conferir a situação

do filho estudante, quando

aconteceu um fato preocupante.

Uma pessoa havia

entrado no prédio e pedido

leite. Os integrantes da ocupação

deram uma caixa de

leite a ele. Na saída, jogou o

conteúdo na fachada do edifício.

Um grupo começou a

limpar o leite impregnado

no vidro. “A gente se preocupa

com eles”, comentou

o pai. “Mas eles estão certos,

tem que protestar, mesmo.”

Bolachas, pão, leite, massa

e outros itens estão estocados

nos prédios ocupados.

Uma parte vem de doações.

“Convidamos as pessoas para

que venham nos visitar,

dialogar conosco. O movimento

é para trazer a pauta

à tona”, reforçou Santos.

METRO POA

Leite jogado contra fachada da Faculdade de Arquitetura chamou atenção dos alunos | ITAMAR AGUIAR/AGÊNCIA FREELANCER

Enem é afetado por protestos

Quatro instituições de ensino

no Estado não farão mais

as provas do Enem (Exame

Nacional do Ensino Médio)

neste fim de semana. Grupos

de estudantes estão instalados

no Instituto Federal

de Farroupilha e nas dependências

das unidades de Sapucaia

do Sul, Camaquã e

Bagé do Instituto Federal de

Educação, Ciência e Tecnologia

Sul-rio-grandense. A

iniciativa segue um movimento

que se dá em escala

nacional em protesto contra

a PEC do teto e a reforma

do ensino médio. Com o

adiamento da aplicação do

Enem nesses quatro locais,

pouco mais de 1,9 mil alunos

serão afetados. Eles terão

que fazer as provas em

3 e 4 de dezembro.

Os alunos afetados serão

informados da alteração por

meio de SMS, e-mail, divulgação

na página do Inep e

pelo aplicativo Enem 2016.

Esclarecimentos podem

ser obtidos pelo telefone

0800-616161

No entanto, a realização

de provas em separado

também está ameaçada.

O Enem corre o risco de ser

suspenso devido a uma ação

na Justiça (saiba mais na página

04). BANDNEWS

EVU do Cais Mauá é aprovado

O projeto do Cais Mauá alcançou

seu momento mais

próximo de sair do papel a

partir da aprovação, na noite

de terça-feira, do EVU (Estudo

de Viabilidade Urbanística)

pelo CMDUA (Conselho

Municipal do Plano Diretor).

A aprovação ocorreu

após questionamentos de

alguns conselheiros, especialmente

em relação ao rebaixamento

da avenida João

Goulart para permitir a circulação

de pedestres sem

necessidade de semáforos

para os veículos.

O rebaixamento da avenida,

entre outras medidas,

acabou incluído no documento

para que seja realizado.

“Chegou-se a um meio

termo. Os que eram totalmente

contra mudaram um

pouco quando se chegou ao

acordo para deixar registrada

a exigência de rebaixamento

da João Goulart”,

afirmou o conselheiro da

Região do Planejamento 1

(Centro), Daniel Nichele.

O conselheiro disse que

também foi incluída no relatório

a determinação de

que, ao longo das próximas

etapas do projeto, a documentação

volte ao CMDUA

para avaliação. “Isso foi adicionado

porque o EVU não

tem detalhamento, ainda”,

ressaltou Nichele.

O secretário do Gabinete

de Desenvolvimento e Assuntos

Especiais, Edemar

Tutikian, apontou que a medida

do CMDUA não é uma

exigência, e sim uma recomendação.

Portanto, não é

obrigatório que a prefeitura

determine o rebaixamento

da avenida. “O conselho

recomenda que a prefeitura

pense a respeito disso.

O conselho fez recomendações

interessantes, boas.

Vamos analisar. Mas o rebaixamento

é uma obra

cara, tem que se pensar”,

argumentou.

Agora, o EVU aprovado

segue para o prefeito José

Fortunati, que deverá homologá-lo.

Tutikian calcula

que a homologação pode

ocorrer em dez dias. A

tendência é que, ao mesmo

tempo em que o EVU for homologado,

o prefeito entregue

à empresa Cais Mauá do

Brasil a Licença Prévia. Com

isso, a empresa poderá entrar

com os projetos de restauração

dos armazéns do

cais, que são a primeira fase

da revitalização da área.

A prefeitura analisará os

projetos e a seguir, se forem

aprovados, emitirá a Licença

de Instalação. As obras, porém,

só devem começar depois

que o Estado determinar.

E, para isso, será necessária a

comprovação da situação financeira

da empresa.

Em todas essas fases, o

CMDUA quer ter participação,

analisando cada processo.

Outro projeto nas mãos

dos conselheiros é o do Parque

do Pontal (antigo Pontal

do Estaleiro Só). Nichele

disse que foram pedidas

mais informações à prefeitura

para dar seguimento às

avaliações do CMDUA.

METRO POA

Provas

PUC convida

para revisão

Os estudantes do ensino

médio que pretendem

fazer o vestibular de verão

da PUC, em 3 e 4 de

dezembro, podem rever

os conteúdos na próxima

segunda-feira. A revisão

é gratuita e serve

para orientar os futuros

universitários em sua

preparação, apresentando

os principais conteúdos

e as habilidades exploradas

nas provas da

universidade. As inscrições

podem ser realizadas

no link bit.ly/pucrs

revisa. Mais informações

pelo telefone 3353-7717

ou pelo e-mail dotama

nhodofuturo@pucrs.br

METRO POA

Concurso

Prova é cancelada

por ser plágio

Os candidatos a ingressar

no MP (Ministério Público)

como promotores de

justiça terão que refazer a

prova. O concurso, realizado

em 23 de outubro, foi

cancelado porque dez das

cem questões teriam sido

copiadas de outras provas

anteriores, em vez de

serem elaboradas. Havia

um procurador de justiça

designado para fazer as

questões. Agora, o MP avalia

qual procedimento tomar

com o procurador,

que não teve nome revelado.

As questões plagiadas

são de Direito Processual

Penal, considerada matéria

preferencial para o ingresso

no órgão. O cargo

tem um salário de

R$ 22,2 mil. BANDNEWS

Empreendedorismo

Tecnopuc

realiza eventos

Hoje e amanhã, o Tecnopuc

sediará uma série

de eventos da área de

empreendedorismo. Hoje,

haverá o Health Plus,

encontro para aproximar

startups de tecnologia

com ênfase na área da

saúde a fundos de investimento.

Amanhã, às 9h,

ocorrerá o Pitch Day do

Startup Garagem – Programa

de Modelagem de

Negócios da Incubadora

Raiar, da PUC. Depois, será

realizada pela primeira

vez na capital a banca de

classificação do Movimento

100 Open Startups, que

vai ranquear as cem startups

mais promissoras do

Brasil. METRO POA


04| {BRASIL}

PORTO ALEGRE, QUINTA-FEIRA, 3 DE NOVEMBRO DE 2016

www.metrojornal.com.br

MPF pede adiamento do Enem

Devido a ocupações. Procuradoria argumenta que 191 mil estudantes que terão prova adiada não teriam isonomia com os demais

Pressionados por decisões judiciais

exigindo a liberação

das escolas e pela aproximação

do Enem, estudantes secundaristas

do país buscam

maneiras de manter a mobilização

contra medidas como

a reforma do ensino médio e

a PEC do teto sem necessariamente

ocuparem os prédios.

No Paraná, epicentro desse

movimento estudantil, onde

havia 850 escolas ocupadas

há duas semanas, o número

caiu para 265 ontem. Os estudantes

dizem que ainda há

O Ministério Público Federal

no Ceará entrou ontem

com ação civil pública com

pedido de liminar para que

seja suspensa a aplicação

das provas do Enem (Exame

Nacional do Ensino Médio)

nos próximos dias 5 e 6 de

novembro.

Assinada pelo procurador

da República Oscar Costa

Filho, a ação se baseia no

adiamento das provas para

mais de 191 mil candidatos

no país devido a ocupações

de locais onde a avaliação

seria realizada (leia abaixo

sobre o movimento e na página

03).

Na ação, o procurador da

República pede que todas as

provas sejam realizadas nos

400 ocupações no Estado. Em

Minas Gerais, escolas ocupadas

caíram de 103 para 59 nos últimos

dois dias, segundo a Secretaria

de Educação. No Estado

de São Paulo, onde não havia

escolas ocupadas, quatro unidades

de ensino de Campinas

foram tomadas por alunos ontem.

A Secretaria Estadual de

Educação prometeu combater

o movimento.

No Distrito Federal, até a

noite de ontem, eram oito escolas

ocupadas. Representantes

do movimento fizeram

dias 3 e 4 de dezembro – data

para a qual o MEC (Ministério

da Educação) remarcou

o exame dos estudantes

que fariam a prova em locais

atualmente ocupados.

O MEC, aliás, começou a

enviar ontem mensagens de

texto via celular a esses candidatos,

avisando do adiamento

da prova para 3 e 4

uma declaração à imprensa:

“A desocupação por medida

judicial não vai acabar com

o movimento. A ocupação é

apenas uma das ferramentas

que temos para nos manter

mobilizados”, disse Ana Flávia,

16 anos.

Denúncia de tortura

Há ordens judiciais para a desocupação

de todas as escolas

do DF, mas os alunos estão

usando a decisão do juiz

Alex Costa de Oliveira, da Vara

da Infância e da Juventude

de dezembro.

O procurador argumenta

na ação a que a Teoria

da Resposta ao Item mantem

um nível de dificuldade

aproximado em diferentes

provas de múltiplas escolhas,

mas que a técnica não

é aplicável às provas de redação

como informado no

próprio site do MEC.

do DF, em relação ao Cemab,

de Taguatinga, para denunciar

o que consideram tortura.

Em seu despacho, o magistrado

autorizou o corte de água e

energia e o uso de “instrumentos

sonoros contínuos, direcionados

ao local da ocupação,

para impedir o período de sono”.

“É grotesco usar táticas de

guerra contra jovens que querem

apenas melhores condições

de ensino. Mas isso não

vai nos calar”, afirmou Francisco

o estudante Franco, 17

anos. METRO BRASÍLIA

Alunos enfrentam pressão em Brasília | ANDRESSA ANHOLETE/ESPECIAL

Resposta

O MEC e o Inep, instituto

nacional responsável pela

aplicação do Enem, informaram

que solicitaram

à Advocacia Geral da União

que apresente para a Justiça

Federal os fatos que demonstram

“o grave equívoco

na argumentação” pelo

MPF do Ceará. O texto afirma

que, “todo ano, o Enem

realiza dois tipos de prova

e, consequentemente, duas

redações”.

As instituições finalizam

dizendo que “é lamentável

qualquer tentativa que venha

gerar insegurança e tumultuar

um exame que afeta

a vida de 8,6 milhões de

estudantes”. METRO BRASÍLIA

Estudantes tentam resistir em ocupações pelo país


06| {BRASIL}

PORTO ALEGRE, QUINTA-FEIRA, 3 DE NOVEMBRO DE 2016

www.metrojornal.com.br

Mariana. Rio Doce terá

construção de depósitos

STF julga se réu pode

assumir Presidência

Polêmica. Principal alvo, senador Renan Calheiros pede mediação do governo e usa

PEC do teto como trunfo para adiar julgamento da ação previsto para hoje no Supremo

Trecho das ruínas em Bento Rodrigues | MOURÃO PANDA /FOTOARENA/FOLHAPRESS

Quase um ano após a tragédia

e com o período de chuvas

se aproximando, a Samarco,

responsável pelo

rompimento da barragem

de Fundão, em Minas Gerais,

trabalha contra o tempo para

conter a lama e aliviar as

estruturas da represa. Dois

diques estão sendo construídos

pela mineradora com

areia e pedras trazidas por

caminhões e, para controlar

o avanço dos sedimentos da

Samarco em direção ao mar,

Rio Doce terá dois depósitos

de lama.

Se romperem, já há um

vilarejo apontado como “a

próxima Bento Rodrigues”:

Santana do Deserto, uma vila

de pescadores que seria

levada pela lama. O distrito

tem menos de 200 moradores.

De acordo com a Samarco

por meio de nota, os

dois diques serão estruturas

permanentes.

A Samarco visa retirar a

lama que se acumula nos

depósitos artificiais. Desde

julho, a mineradora utiliza

duas dragas, que tiram até

5 mil m³ de rejeitos por dia.

A hidrelétrica está com as

atividades paralisadas desde

a tragédia, em 5 de novembro

do ano passado.

A mineradora se comprometeu

a gastar R$ 20 bilhões

na recuperação da região

e com indenizações.

Três comunidades impactadas,

Bento Rodrigues, Paracatu

de Baixo e Gesteira

têm processo de reconstrução,

recuperação e realocação

iniciados, com previsão

de entrega entre dezembro

de 2017 e março de 2019.

Segundo a Samarco, 335

famílias moram em casas

alugadas pela empresa.

METRO BH

O STF (Supremo Tribunal

Federal) deve começar hoje

o julgamento de uma ação

que proíbe réus que ocupam

cargos da linha sucessória

de assumir a Presidência

da República. O assunto

coloca pressão sobre o presidente

do Senado, Renan Calheiros

(PMDB-AL), que, embora

ainda não tenha ações

penais contrárias abertas,

sabe que essa condição pode

mudar a qualquer momento,

já que é investigado em

um total de 11 inquéritos.

Preocupado com os efeitos

da decisão e a eventual

possibilidade de o STF acelerar

os processos, Renan recorreu

ao Palácio do Planalto, segundo

assessores, para tentar

impedir que o caso seja julgado

agora. A data considerada

mais conveniente para o

senador é fevereiro de 2017,

quando deixará o cargo.

O presidente do Senado

tem como trunfo a tramitação

da PEC (Proposta

de Emenda à Constituição)

que trata do teto dos gastos

públicos pelos próximos

20 anos. O governo quer vê-

-la aprovada no início de dezembro.

O cumprimento do

cronograma, contudo, tem

o esforço pessoal de Renan.

A sessão de hoje não

contará com pelo menos

dois dos 11 ministros: Gilmar

Mendes, em viagem ao

exterior, e Ricardo Lewan-

Renan usa a PEC para afastar a sombra de denúncia no STF | PEDRO LADEIRA/FOLHAPRESS

dowski, que participa de

evento de juízes, na Bahia.

O relator é o ministro Marco

Aurélio. Não está descartado

um pedido de vista.

Outro alvo

A ação foi apresentada pelo

Rede Sustentabilidade em

março e tinha como alvo o

então presidente da Câmara,

Eduardo Cunha (PMDB-

-RJ), cassado em setembro e

preso desde o mês passado.

“É incompatível com a

Constituição a assunção e

o exercício dos cargos que

estão na linha de substituição

do presidente da República

por pessoas que sejam

réus em ações penais”, afirma

a ação.

Crise entre Poderes

Por coincidência ou não, o

tema entrou na pauta logo

após a Justiça determinar

uma operação no Senado

para prender policiais legislativos

acusados de obstruir

investigações da Lava Jato.

O episódio levou Renan a

chamar de “juizeco” o magistrado

Vallisney de Souza

Oliveira, da 10.ª Vara Federal

de Brasília, responsável

pelas prisões.

Em reação, a presidente

do STF, Cármen Lúcia, afirmou

que se sentia ofendida.

Uma decisão liminar do

ministro Teori Zavascki suspendeu

a operação e, depois

de uma conversa com pedido

de desculpas, o senador

Linha sucessória

O artigo 80 da Constituição

define substitutos em caso

de impedimento ou ausência

do presidente. Veja como

está hoje:

Presidente da

Câmara, Rodrigo Maia

(DEM-RJ).

Presidente do

Senado, Renan Calheiros

(PMDB-AL).

Presidente

do STF, ministra

Cármen Lúcia.

e a ministra parecem ter selado

a paz.

Processo adiantado

Dos 11 inquéritos contra

Renan, um está em estágio

avançado. Ele é acusado

de ter contas da pensão

de uma filha fora do casamento

pagas pela empreiteira

Mendes Junior. O ministro

Edson Fachin liberou

a denúncia em outubro e

aguarda o julgamento em

plenário. O senador pode

responder por peculato, falsidade

ideológica e uso de

documento falso.

MARCELO

FREITAS

METRO BRASÍLIA

Cunha quer Lula e Temer

como testemunha de defesa

Luto após desabamento no TO

O governo do Tocantins decretou luto oficial de três dias

devido a dez mortes no desabamento de uma gruta durante

missa na cidade de Santa Maria do Tocantins, a 270km de

Palmas, na manhã de terça-feira | GOVERNO DO TOCANTINS/DIVULGAÇÃO

O ex-deputado Eduardo

Cunha (PMDB-RJ) incluiu vários

nomes de peso, como o

ex-presidente Lula e o atual

mandatário, Michel Temer,

na lista de 22 testemunhas

que ele quer em sua defesa.

Ainda não é certo que Lula,

Temer e os demais arrolados

irão depor, já que o juiz

Sérgio Moro pode questionar

a pertinência de chamá-

-los. Na defesa prévia apresentada

ontem, a defesa não

especifica porque Cunha

quer os depoimentos deles.

Além de Lula e Temer,

Cunha convocou nomes do

PMDB e do PT envolvidos

nas suspeitas contra o ex-

-presidente da Câmara.

Há vários deputados do

PMDB mineiro, que, segundo

delatores, deram a

Cunha “a palavra final” para

indicar o ex-diretor internacional

da Petrobras Jorge

Zelada para ocupar o cargo.

Foi na gestão de Zelada

que a Petrobras comprou

um campo de petróleo no

Benin, na África, negócio

pelo qual o peemedebista

é acusado de ter recebido

1,31 milhão de francos

suíços em propina. Este é

o único processo contra

Cunha a cargo de Moro.

Depoimentos

Outros réus da Lava Jato já

convocaram parlamentares

e figuras da cúpula do governo

a depor.

O empreiteiro Marcelo

Odebrecht, por exemplo,

chegou a pedir a ex-presidente

Dilma Rousseff como

testemunha, e Moro estipulou

que ela poderia dar esclarecimentos

por escrito

(mais tarde, Odebrecht desistiria

do depoimento dela).

Moro, se quiser, pode abrir

o mesmo precedente a Lula e

Temer, desobrigando-os de

comparecer pessoalmente à

Justiça. METRO CURITIBA

Cunha está preso há duas semanas

| RODRIGO FÉLIX LEAL / FUTURA PRESS


08| {ECONOMIA}

PORTO ALEGRE, QUINTA-FEIRA, 3 DE NOVEMBRO DE 2016

www.metrojornal.com.br

Novembro é mês de

Feirão Limpa Nome

On-line. A partir da semana que vem, milhões de brasileiros poderão tentar negociar

suas dívidas pela internet para entrar o período das festas com o nome limpo na praça

Interface do novo Microsoft Teams: concorrência está ‘animada’ | DIVULGAÇÃO

Tec. Microsoft apresenta

‘Teams’, para empresas

A Microsoft apresentou ontem

o Microsoft Teams, sistema

de mensagens para

empresas, lançando uma

competição direta à startup

de crescimento rápido Slack

e ao Workplace, um produto

do Facebook.

O novo software será parte

dos serviços Office 365,

um software da Microsoft

baseado nas nuvens que

tem mais de 85 milhões de

usuários comerciais ativos

mensalmente.

A empresa informou que

uma prévia do Teams estará

disponível para os usuários

empresariais do Office 365

com os planos enterprise ou

business.

O Slack contratou um

anúncio de página inteira

no “New York Times” de

ontem abordando a entrada

do Microsoft Teams no mercado.

“Estamos verdadeiramente

animados por termos

uma competição”, disse

o Slack, no anúncio. METRO

O SerasaConsumidor, braço

da Serasa Experian, vai realizar

a partir da próxima semana

mais uma edição do

Super Feirão Limpa Nome.

Entre 8 e 26 de novembro,

consumidores de todo o

país poderão utilizar a versão

on-line do evento, acessando

o site www.serasa

consumidor.com.br/feirao,

para renegociar dívidas pela

internet. Empresas de diferentes

setores vão oferecer

descontos para o consumidor

que fizer a renegociação

dentro desse período.

Além da possibilidade on-

-line, Belo Horizonte, Rio de

Janeiro e São Paulo também

vão receber a versão presencial

do Super Feirão Limpa

Nome. No Rio, ela será realizada

de 8 a 12 de novembro,

no Shopping Nova América.

Em Belo Horizonte, de 16 a

19 de novembro, no Minas

Shopping. E, em São Paulo,

de 22 a 26 de novembro, no

Shopping Itaquera.

“O consumidor deve

aproveitar essas oportunidades

para limpar o nome

porque as empresas estão

dispostas a oferecer boas

propostas”, diz o gerente

de Recuperação de Crédito

da Serasa, Raphael Salmi.

“Mas ele também pode

apresentar alternativas

que realmente caibam em

seu bolso para se livrar da

inadimplência.”

Na última edição do Super

Feirão Limpa Nome On-line,

5,3 milhões de consumidores

acessaram o site para tentar

uma renegociação. METRO

Página do Super Feirão Limpa Nome: oportunidade de zerar dívida | REPRODUÇÃO

Black Friday: melhor preço

depende do melhor horário

41%

dos entrevistados pela pesquisa

do Zoom informaram não saber

o melhor horário para bons

descontos na Black Friday

Um levantamento do

Zoom, site comparador de

preços e produtos, mostrou

que comprar na Black Friday

pode ser um bom negócio

se o consumidor escolher

os melhores horários

para as promoções.

Em 2015, segundo o site,

a maior quantidade de

produtos com desconto foi

registrada nas primeiras

horas do evento, período

também em que aconteceu

o pico de acessos ao site para

a comparação de preços.

A pesquisa indicou, porém,

que 41% dos entrevistados

não sabem qual é o

melhor horário para aproveitar

bem a Black Friday.

Já 30% disseram acreditar

que as melhores oportunidades

de compra acontecem

nas primeiras horas

do evento (entre meia-noite

e 6h). Os demais entrevistados

se dividem entre o

período da manhã, tarde e

fim do dia, pela ordem.

“É essencial verificar as

promoções logo nas primeiras

horas do evento”,

diz Thiago Flores, diretor

executivo do Zoom. METRO

Imprensa.

‘WSJ’ mudará

de formato

O “Wall Street Journal” vai

lançar um novo formato para

o jornal impresso, com

menos seções, em 14 de novembro,

afirmou ontem o

editor-chefe da publicação,

Gerald Baker, em um comunicado

aos funcionários.

“Nós devemos nos mover para

criar uma edição impressa

que possa permanecer

em uma base financeira sólida

para o futuro previsível”,

disse. Equipes também serão

redimensionadas. METRO

RS. CPFL vai

incorporar

AES Sul

A CPFL Energia, maior grupo

privado do setor elétrico

brasileiro e acionista controlador

da RGE, anuncia hoje a

compra e a incorporação da

distribuidora AES Sul. Uma

entrevista coletiva está marcada

para ocorrer em Porto

Alegre. Na ocasião, será

explicada como será a operação

da distribuidora pela

CPFL Energia e anunciado o

novo presidente da RGE Sul,

como passará se chamar a

AES Sul. METRO POA

Segurança.

Samsung Note

7 é proibido

Gol, Latam e Azul proibiram o

embarque de passageiros com

smartphones do modelo Galaxy

Note 7, da Samsung, em

todos os seus voos domésticos

e internacionais. Os aparelhos

também não podem ser despachados

com a bagagem. As

companhias seguiram outras

pelo mundo, adotando as medidas

por causa de um problema

na bateria do smartphone

que faz o aparelho superaquecer

e, em alguns casos, até explodir.

METRO


10| {MUNDO}

PORTO ALEGRE, QUINTA-FEIRA, 3 DE NOVEMBRO DE 2016

www.metrojornal.com.br

Colômbia

Acordo com Farc

sairá em breve,

afirma governo

A Colômbia teve “progresso

substancial” na

negociação com as Forças

Armadas Revolucionárias

da Colômbia

(Farc) e espera um acordo

de paz em breve, disse

ontem o presidente

do país, Juan Manuel

Santos. O governo tenta

salvar o acordo após referendo

no mês passado

rejeitá-lo, com pouca diferença

de votos. METRO

Refugiados

França desloca

crianças da

‘selva’ de Calais

A França levou ontem

centenas de crianças

imigrantes do campo de

refugiados de Calais para

centros de recepção

em todo o país, em meio

à disputa com o Reino

Unido sobre quem cuidará

delas. Na semana passada,

o governo tirou 5

mil refugiados do lugar,

chamado de “selva”, mas

deixou para trás cerca de

1.500 crianças desacompanhadas.

METRO

Argentina

Reforma eleitoral

pode prejudicar

oposição

O governo da Argentina

apresentou um projeto

de reforma eleitoral que

pode prejudicar a oposição

nas eleições de 2017.

Hoje, cada partido fornece

cédula de votação aos

eleitores. Pela proposta,

o governo imprimirá cédulas

com nomes de todos

os candidatos. O sistema

atual beneficia

partidos grandes como

os peronistas, de oposição

ao governo. METRO

Sem anistia

Moscou diz que

aluguel atrasou

e despeja Anistia

A Anistia Internacional,

ONG de direitos humanos,

foi despejada ontem

de seu escritório em

Moscou. A prefeitura diz

que o aluguel do lugar

está atrasado. A ONG nega

a dívida. METRO

Rússia faz nova oferta

para rebeldes saírem

Síria. Moscou diz que pode fazer nova pausa nos ataques à área de Aleppo; ao menos um grupo rejeita oferta

A Rússia orientou ontem os

rebeldes sírios antigoverno

entrincheirados em Aleppo

a deixarem a cidade até

amanhã, sinalizando que fará

nova pausa nos ataques

aéreos contra a cidade. A

oferta foi recusada por pelo

menos um grupo rebelde.

O Ministério da Defesa

russo, que ajuda as forças

leais ao presidente sírio,

Bashar al-Assad, a tentar retomar

o controle total de

Aleppo, disse que os rebeldes

terão permissão de sair

da cidade ilesos e com suas

armas entre 9h e 19h (horário

local) do dia 4 de novembro

através de dois corredores

especiais. O presidente

russo, Vladimir Putin, ordenou

a pausa nos comba-

Panorama de área arrasada por ataques em Aleppo, última cidade em poder dos rebeldes anti-Assad | A. ISMAIL/REUTERS

Obama critica FBI por caso dos e-mails

tes “para evitar vítimas sem

sentido”, disse o ministério

russo, acrescentando que

autoridades sírias farão as

tropas do país recuar dos

O presidente dos EUA, Barack

Obama, disse ser importante

que as investigações

de forças do governo

não permitam que sugestões

ou insinuações influenciem

a opinião pública, em

seus primeiros comentários

depois que o FBI anunciou a

descoberta de novos emails

possivelmente relacionados

a uma investigação sobre a

candidata democrata à Casa

Branca, Hillary Clinton.

“Nós não operamos com

insinuações, não operamos

com informação incompleta

e não operamos com vazamentos”,

disse Obama ontem,

em entrevista a uma

rádio americana.

Obama, que é do mesmo

partido de Hillary, disse que

não quer interferir no processo,

após o FBI ter anunciado

na sexta-feira que descobriu

nova leva de emails

que podem ter ligação com

o uso por Hillary de um servidor

privado de correspondência

eletrônica durante o

período em que ela foi secretária

de Estado.

Júri não livra ‘Garota afegã’

A Justiça do Paquistão negou ontem fiança a Sharbat Gula,

a célebre “garota afegã” da capa da revista “National

Geographic” de 1985. Hoje com 4o anos, Gula foi presa com

identidade falsa e pode pegar 14 anos de cadeia | REUTERS

Reta final

O anúncio do FBI, feito pelo

diretor da agência, James

Comey agitou a campanha

presidencial pouco

antes da eleição. O candidato

republicano à presidência,

Donald Trump, diz

que o anúncio do FBI mostra

que Hillary não é digna

de confiança. A democrata,

por sua vez, evitou o tema

FBI em comício ontem e

centrou fogo nas críticas ao

comportamento pessoal de

Trump, particularmente as

acusações de que ele assediou

mulheres.

A eleição nos EUA é no

dia 8 deste mês. As últimas

pesquisas mostram ligeira

queda na vantagem de Hillary

sobre Trump. METRO

Presidente dos EUA diz não querer

Influenciar eleição | J. ERNST/REUTERS

Grupo armado

promete ir

às ruas se

Trump perder

À medida que a eleição presidencial

mais polarizadora

da história recente se aproxima

do fim, ao menos uma

milícia armada - a Força 3%,

da Geórgia - prevê possíveis

distúrbios civis nos dias seguintes

a uma vitória da democrata

Hillary Clinton.

Para alguns extremistas,

Hillary empurrará o país à

esquerda. O Southern Poverty

Law Center, que monitora

grupos do tipo, diz que

há 276 milícias ativas hoje

– eram 42 em 2008. METRO

Após escândalo, presidente

sul-coreana muda equipe

O escritório presidencial da

Coreia do Sul nomeou ontem

um novo primeiro-ministro

e ministro das Finanças,

a mudança de mais alto

nível desde que o governo

da presidente Park Geun-

-hye foi abalado por um escândalo

envolvendo uma

amiga acusada de intromissão

em assuntos estatais.

Park é acusada de tráfico

de influências e de compartilhar

informações do governo

sul-coreano com Choi

corredores destinados à passagem

dos rebeldes.

“Isso (a saída dos rebeldes

de Aleppo) está completamente

fora de questão”,

disse ontem Zakaria

Malahifji, do grupo rebelde

Fastaqim.

Segundo ele, não há corredores

de saída seguros, ao

Soon-Sil, antiga amiga sua

e filha do líder de uma seita

religiosa que mistura elementos

cristãos e budistas.

Segundo uma TV local, a

amiga recebeu documentos

e informações sigilosas da

presidente e assessorou o

governo em política nacional

e internacional, sem ter

um cargo oficial. Além disso,

a imprensa local diz que

Choi usou sua amizade com

Park para coagir empresas a

efetuar doações bilionárias

contrário do que diz a Rússia.

“Não é verdade que civis

e combatentes estejam saindo.

Os civis têm medo do regime

e não confiam nisso, e

os combatentes não estão se

rendendo”, disse

Contra-ataque

Na sexta-feira, grupos rebeldes

atacaram forças russas

e sírias com carros-bomba e

foguetes, fazendo parte das

forças do governo recuar e

conquistando apoio de grupos

anti-Assad em outras regiões

do país.

Governos ocidentais afirmam

que os ataques aéreos

russos mataram muitos civis.

Moscou nega, e diz que

desde 18 de outubro não

bombardeia Aleppo. METRO

a duas organizações sem

fins lucrativos sob sua direção,

dinheiro que Choi usou

em benefício próprio.

No fim de semana, milhares

de pessoas foram às

ruas pedir a renúncia da

presidente. Partidos da oposição

dizem que troca de

ministros é uma tentativa

de Park de desviar a atenção

da crise política, que derrubou

seu índice de aprovação

para o nível mais baixo de

todos os tempos. METRO


PORTO ALEGRE, QUINTA-FEIRA, 3 DE NOVEMBRO DE 2016

www.metrojornal.com.br {CULTURA} 11|

Elza Soares fecha

hoje o Unimúsica

Música 1.

Trinta anos

com Muni

ADRIANA PERRONE/DIVULGAÇÃO

Música 2.

Novidade na

cena rap

RAFAEL KENT/DIVULGAÇÃO

Na UFRGS. Cantora carioca mostra o disco ‘A Mulher do Fim

do Mundo’, com repertório de compositores da cena paulistana

Elza Soares solta o vozeirão

hoje, às 20h, no Salão de

Atos da UFRGS (av. Paulo Gama,

110), no show que encerra

a temporada 2016 do

projeto Unimúsica – dedicado

às mulheres e com o tema

“palavra futuro”. Informações

sobre ingressos pelo

telefone 3308-3933.

Aos 79 anos, a carioca

mostra o repertório do seu

34º álbum, “A Mulher do

Fim do Mundo”. Como todo

o percurso da intérprete,

este disco também foi pautado

pela ousadia: ela gravou

somente canções inéditas

de compositores menos

conhecidos, incluindo José

Miguel Wisnik, Cacá Machado,

Clima, Douglas Germano

e Alice Coutinho, Rodrigo

Campos, Rômulo Fróes e

Kiko Dinucci. As 11 músicas

Elza encerra o Unimúsica | DIVULGAÇÃO

têm letras críticas e atuais

que tratam da vida urbana

de São Paulo a partir de temas

como o preconceito racial,

violência doméstica, sexo

e morte.

Por conta de problemas

de saúde, no show, Elza permanece

sentada em um trono

metálico cercado por sacos

plásticos de lixo preto.

Junto com ela estão os músicos-artistas

Rodrigo Campos,

Rubi, Rafa Barreto, Felipe

Roseno, Luque e Guilherme

Kastrup. METRO POA

Muni canta no Fon Fon

A atriz e cantora Muni comemora

seus 30 anos de

carreira com um show hoje,

às 21h, no Café Fon Fon (r.

Vieira de Castro, 22).

Ao lado de Cau Netto (teclado,

arranjos e programações),

ela mostra as canções

mais marcantes de toda esta

trajetória, com destaque

para os autores gaúchos.

São composições de Antonio

Villeroy, Adriana Calcanhotto,

Jerônimo Jardim e

Nei Lisabo, além de abranger

um universo que vai de

Cazuza a Piazzolla. Participação

especial do saxofonista

Luizinho Santos.

Ingressos custam R$ 25,

com reservas pelo telefone

9308-0285. METRO POA

Rael toca no Opinião

Considerado um dos rappers

mais talentosos da nova

geração da música brasileira,

Rael volta hoje a Porto

Alegre. O show será no Opinião

(r. José do Patrocínio,

834), a partir das 23h. Ingresso

a R$ 45 (promocional,

com a doação de alimento

ou agasalho).

O cantor encerra por

aqui a turnê do seu novo

disco, “Diversoficando”. O

público vai ouvir “Ainda

Bem que Eu Segui as Batidas

do Meu Coração”, sua

primeira música de sucesso,

e também “Envolvidão”,

“Ser Feliz”, “Ela Me Faz” e

“Semana”. Ele promete ainda

mostrar músicas do seu

novo disco. METRO POA

2CULTURA

Na Feira

Tudo sobre

Londres

O escritor e “viajante

profissional” Airton Ortiz

lança hoje seu novo livro,

“Londres” (Ed. Benvirá).

Às 17h30, no Santander

Cultural, ele conversa

com o público sobre o

tempo que morou na

capital inglesa, revisto

nas 200 páginas do

livro. Na sequência,

ele autografa na praça

central.


12| {CULTURA}

PORTO ALEGRE, QUINTA-FEIRA, 3 DE NOVEMBRO DE 2016

www.metrojornal.com.br

Filmes de todos os jeitos

Começa hoje na capital. Em nova edição, CineEsquemaNovo traz mostra competitiva com 44 títulos brasileiros, todos de caráter autoral

Combativo, criativo e polêmico.

Estes três adjetivos

são usados pelo cineasta

Gustavo Spolidoro para definir

o CineEsquemaNovo,

festival que ganha nova edição

a partir de hoje.

Sem se prender a formatos

ou gêneros, o programa

que começou em 2003 oferece

um panorama do audiovisual

contemporâneo,

incluindo longas e curtas-

-metragens, videoinstalações,

performances, projeções

ao ar livre, debates e

cursos. Tudo marcadamente

autoral. “A curadoria é sempre

uma incógnita. A mente

precisa estar aberta para

propostas diferenciadas, para

ir muito além da tela do

cinema”, diz Spolidoro, um

dos organizadores do CEN.

Neste ano, como não poderia

deixar de ser, o viés do

festival é mais político. “Muitos

filmes falam dos protestos

e dos movimentos que o

Brasil viveu recentemente.

Mas também há produções

que tratam das questões indígenas,

LGBT e ocupações

urbanas”, comenta.

A principal mostra do

festival é competitiva e reúne

44 produções brasileiras.

“Não há competições específicas.

O filme tem o mesmo

valor do que uma performance,

por exemplo. O júri

vai ter que se virar”, brinca

Spolidoro. A programação

também conta com uma

mostra de cinema universitário

e outra batizada de “resistência

em película”, com

filmes em 16mm.

Entre os destaques da

programação estão “Cinema

Novo”, de Eryk Rocha,

e “A Moça que Dançou com

o Diabo”, de João Paulo Miranda,

ambos exibidos em

Cannes. O público também

vai poder ver “Rifle”, o novo

longo do diretor gaúcho

Davi Pretto, e outros 13 filmes

de realizadores do Rio

Grande do Sul. METRO POA

Para ver

O CineEsquemaNovo começa

hoje e vai até o dia 10 de

novembro. A programação

completa está em www.

cineesquemanovo.org

Toda as atividades têm entrada

franca


realizadas em três

espaços: Cinemateca

Capitólio (r. Rua

Demétrio Ribeiro, 1085);

Instituto Goethe (r. 24

de Outubro, 112) e

Instituto Ling (r. João

Caetano, 440).


Hoje, às 20h, no

Capitólio - será com os

filmes “Superquadra

Saci” (20min), de

Cristiano Lenhardt,

e “Animal Político”

(75min), de Tião

‘Cinema Novo’, filme de Eryk Rocha, é um dos destaques | DIVULGAÇÃO

Estreia hoje. Drama

sobre maternidade traz

discussão moral e ética

Outras estreias

‘Canção da Volta’

(Brasil, 2016). De Gustavo

Rosa de Moura. Com João

Miguel e Marina Person.

Julia e Eduardo são casados

há muitos anos. Mas o

ciúme dele e uma tentativa

de suicídio por parte dela

tornam a relação mais difícil

a cada dia, contaminando

inclusive a rotina dos filhos

do casal – um adolescente e

uma menina de seis anos.

Filme é ambientado na década de 1920 | DIVULGAÇÃO

Novidade de hoje nos cinemas,

“A Luz entre Oceanos”

é baseado no romance de

estreia da australiana M. L.

Stedman e que ficou meses

nas listas de mais vendidos.

Não demorou para que

Hollywood visse neste drama

moral sobre a maternidade

um tema e tanto

para um filme. O trio de

protagonistas já vale a ida

ao cinema: Michael Fassbender,

Alicia Vikander e

Rachel Weisz, todos já vistos

em listas de Oscar nos

últimos anos.

A história gira em torno

de Tom Sherbourne

(Fassbdender), um veterano

da Primeira Guerra incumbido

de cuidar de um

farol em uma ilha isolada

na costa oeste da Austrália,

e sua jovem mulher, Isabel

(Vikander).

Eles levam uma vida

tranquila, apesar de sentirem

a falta de um filho

– até o dia em que o destino

parece querer ajudar.

Um barco surge na praia,

com um homem morto e

um bebê vivo. Eles decidem

criar a menina como

se fosse sua filha, mas com

o passar dos anos e o retorno

do casal ao convívio social

a verdade insiste em

aparecer. METRO

‘Estranhos no Paraíso’

(EUA, 1984). De Jim

Jarmusch, com John Lurie,

Eszter Balint, Richard Edson.

O filme que transformou

Jarmusch em um dos

principais nomes do cinemas

independente americano

volta aos cinemas em cópia

restaurada. A trama

acompanha três jovens

amigos que fazem uma

viagem a Flórida. Distantes

do sonho americano, eles

simplesmente vivem suas

vidas.


PORTO ALEGRE, QUINTA-FEIRA, 3 DE NOVEMBRO DE 2016

www.metrojornal.com.br {CULTURA} 13|

Lady Gaga retorna ao lar

Música. Após três anos sem gravar, cantora homenageia família e

obtém resultado surpreendente ao ir do country ao rock em ‘Joanne’

Cantora fugiu dos megasshows e fez apresentações em bares para divulgar o trabalho nos EUA | DIVULGAÇÃO

Nos três anos em que Lady

Gaga se isolou do pop, ela

fez incursões no jazz, em

parceria com Tony Bennett,

cantou na cerimônia

de entrega do Oscar e estrelou

a série “American Horror

Story”. Agora, entretanto,

acabou o suspense. Mais

sensível e intimista, Gaga

buscou na própria família

a inspiração para seu novo

e surpreendente disco,

“Joanne”.

Para o trabalho, a cantora

abandonou os figurinos

esdrúxulos e o tecnopop para

investir no country e no

rock. Entre os fatores que

abrilhantam o álbum, estão

a produção afinada de Mark

Ronson e parcerias com a

cantora Florence Welch, da

banda Florence and the Machine,

e os músicos do Tame

Impala. Gaga também participou

da escrita de todas as

faixas, trazendo importante

componente sentimental.

“JOANNE”

LADY GAGA

DISPONÍVEL EM

LOJAS E SITES DE

STREAMING

R$ 28

O título do trabalho é

uma homenagem à tia da

cantora, morta aos 19 anos

em decorrência de complicações

do lúpus. É um resgate

de identidade da própria

Gaga, que na realidade

se chama Stefani Joanne.

Em entrevistas, Lady Gaga

explicou que a admiração

pelo country vem desde a infância

– o estilo era um dos

preferidos de seu pai. A inspiração

pode ser conferida

na faixa-título e também na

dançante “A-YO”, na engraçadinha

“John Wayne” e na

sofrida “Million Reasons”.

O disco, contudo, ainda

conserva uma faceta pop.

A faixa de abertura, “Diamonds

Heart”, é uma deliciosa

batida sobre uma jovem

que dança por dinheiro

em bares norte-americanos.

Mesmo o single “Perfect Illusion”,

que dividiu opiniões

dos fãs ao ser lançado,

é agradável.

Ainda entre as mais agitadas,

“Dancin n’ circles” é

um convite às pistas ao mesclar

a voz potente de Gaga

a um ritmo caribenho. Mas

é na parceria com Florence

Welch que está o melhor do

álbum: “Hey Girl” é um dueto

impecável sobre sonoridade

feminina.

“Joanne” tem tudo para

conquistar os “little monsters”

– como são chamados

os fãs da cantora – e não

apenas pela honestidade:

o álbum prova que Gaga é,

definitivamente, uma grande

cantora.

FABIANE

GUIMARÃES

METRO BRASILIA


14| {PUBLIMETRO}

PORTO ALEGRE, QUINTA-FEIRA, 3 DE NOVEMBRO DE 2016

www.metrojornal.com.br

Na ponta do lápis

MARCOS

SILVESTRE

MARCOS.SILVESTRE@METROJORNAL.COM.BR

O DINHEIRO? COMBUSTÍVEL,

SOBREMESA, ÁGUA E FACA!

O que é, afinal, o dinheiro? A grana não é boa nem

ruim, é neutra. O dinheiro está para nossa vida como o

combustível para nosso carro: precisamos dele para seguir

adiante e avançar à frente, mas ele em si não nos

mostra o caminho a seguir. O dinheiro até faz a vida andar,

é verdade... mas não aponta a melhor direção. Daí,

cabe a nós (donos da grana!) definir que uso faremos, se

para o bem ou para ou mal, tanto próprio quanto dos

outros. Busque dinheiro, sim, mas diga direitinho a ele

“aonde ir” (juízo)!

Nhummy! Dinheiro é como a sobremesa de uma refeição:

não é o que alimenta ou dá sustento, não é o que

salva o restaurante… mas depois de uma boa entrada e

um bom prato principal é muuuito bem-vinda. Simetricamente,

o dinheiro não compra felicidade, mas acrescenta

um tanto agradável a quem já a tem. Então, primeiro

determine que será feliz, seja como for… depois

encaixe o dinheiro na equação!

Fluido. O dinheiro é como a água: se for pouco e ficar parado

na poça, evapora. Se for muito e não for movimentado,

cria lodo. Dinheiro tem de circular como as águas

de um riacho, daí ele ganha vitalidade, engrossa e vira

rio... e o rio... sempre corre para o mar! Parado o dinheiro

some ou estraga, bem movimentado ele ganha vida

e traz muito mais! Não se apegue à grana de forma irracional.

Economize e poupe, Ok, mas então informe-se

e aprenda sobre formas de aplicar o dinheiro e ganhar

mais. Daí, ponha o que tiver para trabalhar em favor de

sua qualidade de vida, tanto presente quanto futura!

Corta! O dinheiro é faca afiada: indispensável para limpar

carne e descascar fruta, mas... pode matar! A grana

nas mãos de quem sabe usá-la é ótima, dá para fazer

muita coisa boa, mas é um perigo quando manipulada

por quem não tem noção de como funciona, de quando

pode ser útil ou maléfica. Mais dinheiro até é bom… porém

somente se vier acompanhado de um maior nível

de educação financeira!

Hum?? O dinheiro é talvez a maior contradição de propósito

da existência humana contemporânea: as pessoas

empregam as melhores horas, dos melhores dias,

dos melhores anos de suas vidas para conquistá-lo, enfim,

dão a vida para tê-lo, mas... depois, desiludidas, se

mostram dispostas a dar todo o dinheiro que têm para

tentar recomprar a própria vida! Não viva para o dinheiro:

ele simplesmente não pode nos comprar “mais

vida” do que as 24 horas contidas a cada dia da nossa

incerta existência ;-) !

Os invasores

Cruzadas

Leitor fala

Ocupação nas escolas 1

As escolas invadidas por estudantes impediram

que as votações para prefeitos

fossem feitas nesses locais, gerando um

custo na transferência que será pago pela

sociedade. A mesma ocupação agora atrapalha

as provas do Enem, e os locais não

desocupados terão o dia das provas transferidas.

Tudo isto gera custo, transtorno

e envolvimento de inúmeros servidores

que poderiam estar se dedicando a melhorias

em outros setores. É preciso que

os órgãos responsáveis pela educação e a

segurança pública tenham mais rigor na

aplicação das medidas socioeducativas...

ROSANGELA MACEDO – PORTO ALEGRE, RS

Ocupação nas escolas 2

Com a morosidade em atender os clamores

da juventude em suas reivindicações

com relação às propostas de mudanças

do ensino médio, foram adiadas as

provas do Enem em parte do Estado. As

provas daqueles que tiveram suas escolas

interditadas ficaram para dezembro.

As provas serão diferenciadas para atender

os que forem prejudicados na primeira

etapa? Como ficam os gastos dos Estados

que irão ter de fazer novas provas? E

aqueles estudantes que já haviam programado

suas férias para dezembro, como

ficam? Como fica o estado psicológico e a

frustração dos alunos que não irão poder

fazer as provas na primeira fase?

PEDRO GOMES MOREIRA – PORTO ALEGRE, RS

Quer mais?

Clique metrojornal.com.br

para acessar conteúdo exclusivo,

atualização de nossas reportagens,

todos os nossos colunistas e galerias

com as melhores imagens do dia.

Para falar com a redação:

leitor.poa@metrojornal.com.br

Participe também no Facebook:

www.facebook.com/metrojornal

Sudoku

Economista com MBA em Finanças (USP), atua como orientador de famílias e educador

em empresas (Metodologia PROFE®). Comentarista econômico do Grupo Bandeir

Horóscopo

Está escrito nas estrelas

POR: GUILHERME SALVIANO

www.estrelaguia.com.br

Fase positiva para expandir

conhecimentos e também negócios.

Tendências para mais contatos à

distância e planos para viagens.

Situações sociais, eventos e

momentos de diversão serão mais

frequentes e contribuirão para

amenizar o estresse do dia a dia.

A Lua em seu signo ajudará na

ampliação de contatos sociais

e proporcionará momentos

prazerosos com as relações.

Propensões para lidar com temas

confidenciais em suas relações.

Tendências a desvendar situações

importantes em parcerias de trabalho.

Período importante para tratar

assuntos familiares e do lar.

Possibilidades para resolver

questões antigas que tragam inquietação.

Atente-se com sacrifícios que

dedica a pessoas que pouco

retribuem o que você faz.

Momento para retribuir mais a quem faz por você.

Soluções

A Lua está em Sagitário, seu signo

oposto, influência que servirá como

teste para lidar com as opiniões

diferentes em suas relações.

para novos estudos.

Momento positivo para ampliar

a comunicação com amizades e

ambientes sociais. Bom momento

Período especial para retomar

amizades e para uma reflexão

sobre a importância de algumas

delas neste momento do ano.

Novas relações marcarão o trabalho

de forma positiva. Momento

importante para mais cuidados

com o corpo e a saúde.

Assuntos materiais estão

propensos a decisões

importantes. Momento para

mais atenção com despesas que não sejam necessárias.

Novos contatos e diplomacia na

comunicação contribuirá para

obter êxito profissional. Momento

especial para planos a longo prazo.


PORTO ALEGRE, QUINTA-FEIRA, 3 DE NOVEMBRO DE 2016

www.metrojornal.com.br {ESPORTE} 15|

De volta a

uma decisão

0

0

Jogadores gremistas

comemoram

classificação à final

GRÊMIO

Marcelo Grohe; Edílson,

Geromel, Kannemann e

Marcelo Oliveira; Walace, Maicon, Ramiro (Jailson),

Douglas (Rafael Thyere) e Pedro Rocha (Éverton);

Luan. Técnico: Renato Portaluppi

CRUZEIRO

Rafael; Romero, Bruno

Rodrigo, Léo e Edimar;

Henrique, Ariel Cabral, De Arrascaeta (Sóbis),

Robinho (Ábila) e Alisson; Willian (Alex).

Técnico: Mano Menezes

Arena do Grêmio, em Porto Alegre

Thiago Duarte Peixoto, auxiliado por Tatiane Sacilotti

(Fifa) e Danilo Ricardo Simon (trio paulista)

LUCAS UEBEL/GRÊMIO FBPA

É a 8 a

vez que o Grêmio chega à final

da Copa do Brasil. Campeão em

quatro oportunidades (1989,

1994, 1997 e 2001), o Tricolor

também decidiu a competição

em outras três edições (1991,

1993 e 1995).

Reencontro. Grêmio fica no 0 a 0 com o

Cruzeiro e vai à final da Copa do Brasil

Velhos amigos não deveriam

ficar muito tempo sem se

ver. Quando sabem que vão

se reencontrar há um alívio

enorme. Foi essa satisfação

de ver um conhecido antigo

que os gremistas que encheram

a Arena na noite de ontem

sentiram. Demorou, mas

o Grêmio tem novo encontro

marcado com uma grande decisão.

Em 23 e 30 de novembro,

o Tricolor vai em busca

do pentacampeonato da Copa

do Brasil contra o Atlético-

-MG. Os mandos de campo serão

sorteados amanhã.

Nunca um 0 a 0 sem muita

graça trouxe tanta alegria

e esperança. O resultado com

o Cruzeiro, no jogo de volta

da semifinal, fez a Arena

viver uma alegria que ainda

não tinha sentido desde a sua

inauguração. Desde a Libertadores

de 2007, a camisa azul,

preto e branca não disputava

a taça de uma grande competição.

Desde o tetra em 2001,

o Grêmio não ia tão longe na

Copa do Brasil. Para quem esperou

tanto tempo por um título,

agora são 180 minutos

de distância. Pouco tempo para

tanta expectativa.

Foi uma noite em que o

Grêmio teve muitos aliados, e

o Cruzeiro poucas armas para

combater. Além da torcida, os

jogadores gremistas tinham

ao seu lado o 2 a 0 do primeiro

jogo, o relógio e até mesmo

Mano Menezes. O técnico

cruzeirense optou por deixar

no banco Ábila e Rafael Sóbis,

os principais atacantes do

elenco.

O desenho do jogo foi definido

na semana passada. Foram

90 minutos para o Grêmio

exercer controle. Ceder

terreno para vencer a batalha

maior. O time pouco arriscou,

mas principalmente

poucos riscos correu. Foi um

desempenho pouco vistoso,

jogado com a sabedoria e não

com os pés.

Deixando o Cruzeiro atacar,

mas nunca penetrar na

sua área, o Grêmio levou

dois sustos no primeiro tempo.

Ariel Cabral acertou o travessão

em chute de longa distância.

Em cobrança de falta,

De Arrascaeta levou perigo.

Ofensivamente, Marcelo Oliveira

em chute por cima do

gol foi a única jogada que brotou

de pés gremistas.

Faltando somente 45 minutos

de jogo, o contexto desejado

pelo Grêmio começou

a surgir. O Cruzeiro se

atirou com mais ímpeto para

o ataque dando chance para

o time gremista atacar em

velocidade. Os lances de perigo

ocorreram até os 18 minutos.

O Grêmio teve três

oportunidades. Na melhor

delas, Pedro Rocha fintou o

zagueiro, mas seu chute esbarrou

no goleiro Rafael. Depois,

Rafael salvou duas vezes

em chute de Ramiro e, na sequência,

em cobrança de escanteio.

Apesar da necessidade

de marcar gols, o Cruzeiro

arrematou só duas vezes para

Marcelo Grohe defender.

Os dois terços finais do segundo

tempo foram de ansiedade

na Arena. Ao fim do jogo,

ela foi transformada em

uma alegria que transbordou

por todos os cantos da Arena.

Agora, pelos próximos dias,

serão dias da mais pura esperança

gremista.

VALTER

JUNIOR

METRO PORTO ALEGRE

3ESPORTE

Rodada fecha com 5 classificados

Dos 11 clubes que podiam

garantir um lugar nas oitavas

de final da Liga dos

Campeões da Europa na

quarta rodada, cinco conseguiram

a classificação. O últimos

deles foi o Borussia

Dortmund. Ontem, os alemães

venceram o Sporting

por 1 a 0, pelo Grupo F.

Na mesma chave ocorreu

a surpresa do dia, com

o empate por 3 a 3 do Real

Madrid com o Legia Varsóvia.

Os espanhóis abriram 2

a 0 no placar, levaram a virada

e conseguiram o empate

nos minutos finais.

Outro destaque foi a vitória

do Bayer Leverkusen

por 1 a 0 sobre o Tottenham,

em Londres, pelo

Grupo E. O resultado, combinado

com a vitória do

Monaco por 3 a 0 sobre o

CSKA, tirou os ingleses da

zona de classificação.

Jogadores do Borussia comemoram avanço | ALEX GRIMM/BONGARTS/GETTY IMAGES

No Grupo H, a Juventus

desperdiçou a chance da

classificação antecipada ao

empatar com o Lyon, em casa,

por 1 a 1. Já o Sevilla goleou

o Dínamo Zagreb por

4 a 0.

No Grupo G, o Leicester,

líder da chave, empatou København

por 0 a 0, e o Porto

bateu o Brugge por 1 a 0.

Na terça-feira, Atlético

de Madrid, PSG, Arsenal e

Bayern de Munique asseguraram

um lugar na próxima

etapa do torneio. METRO POA

Vazamento. Itaquerão

apresenta sérios problemas

Quem vai à Arena Corinthians

pode estar correndo

risco de vida. Segundo

informações do jornalista Juca

Kfouri publicadas no site

UOL, descobriu-se um vazamento

de mais de 10 milhões

de litros d’água sob o estádio

em junho deste ano. Um engenheiro

que acompanhou a

obra teria afirmado que o estacionamento

pode deslizar

até a Radial Leste, que passa

ao lado do estádio.

O aviso surgiu das contas

d’água, que apontaram um

consumo muito alto. Um funcionário

que acompanhava

a obra descobriu o vazamento,

embaixo de um quiosque

no estádio. Houve um deslizamento

que chegou à calçada

da Radial em fevereiro de

2015, causado pelas chuvas.

Parte externa da Arena Corinthians

| ROBSON VENTURA/FOLHAPRESS

Andrés Sanches, deputado

federal e ex-presidente do

clube, negou risco de deslizamento

e disse que o vazamento

em 2015 chegou a 6 milhões

de litros. A informação

foi desmentida pelo arquiteto

da arena, Aníbal Coutinho,

que confirmou 20 milhões de

litros de vazamento, o que gerou

multa ao clube.

O valor total da Arena

Corinthians foi de mais de

R$ 1 bilhão. METRO

Tênis

Paris


16| {ESPORTE}

PORTO ALEGRE, QUINTA-FEIRA, 3 DE NOVEMBRO DE 2016

www.metrojornal.com.br

Agora só resta

fugir do Z4

Adeus à final. Time misto do Inter volta a jogar bem contra o Galo,

mas cede empate no 2 o tempo e acaba eliminado da Copa do Brasil

Decisivos, Robinho e Pratto comemoram o primeiro gol do Atlético-MG, ontem | FLAVIO TAVARES/HOJE EM DIA/FOLHAPRESS

Domínio europeu. Fifa

anuncia os dez técnicos

candidatos a melhor do ano

8

técnicos europeus estão entre

os dez indicados ao prêmio

de melhor do ano. Os outros

dois que fecham a lista são

argentinos.

A Fifa anunciou ontem uma

lista com os dez nomes que

concorrerão ao prêmio de

melhor técnico de 2016, cujo

vencedor será conhecido em

9 de janeiro, em Zurique, na

cerimônia onde será revelado

pela entidade o melhor jogador

do mundo no ano.

Figuram na relação oito

técnicos nascidos em solo europeu,

entre eles o francês Zinedine

Zidane, vencedor da

Liga dos Campeões da Europa

com o Real Madrid, em sua

primeira temporada como

técnico. A América do Sul será

representada pelos argentinos

Mauricio Pochettino, de

campanha destacada com o

Tottenham, e Diego Simeone,

do Atlético de Madrid.

Também estão o espanhol

Pep Guardiola, que

concorre pelo seu trabalho

à frente de Bayern de Munique

e agora pelo Manchester

City. O seu compatriota

Luis Enrique, do Barcelona,

é outro que está nesta disputa.

Destaque também para

o italiano Claudio Ranieri,

que conseguiu o feito de

levar o pequeno Leicester

ao título inglês na temporada

passada. Outro representante

da Premier League é

o alemão Jurgen Klopp, do

Liverpool.

As ligas inglesas e espanhola

possuem três treinadores

cada, enquanto a alemã

tem um representante.

Entre os comandantes

de seleções estão o português

Fernando Santos, que

levou Portugal ao inédito título

da Eurocopa; o francês

Didier Deschamps, do time

de seu país; e o galês Chris

Coleman, do selecionado de

País de Gales. METRO

De volta

Jô fecha com o

Corinthians

O atacante Jô é oficialmente

jogador corintiano.

O ex-colorado assinou

até dezembro de

2019. Assim, o jogador

volta ao time que o revelou

em 2003. Pelo clube,

o atleta esteve em campo

em 115 jogos e conseguiu

marcar 18 gols.

METRO

Santos

Elano perto de

mudar de função

O meia Elano está próximo

de anunciar a sua aposentadoria.

O jogador encerrará

a sua carreira no

fim do ano e se dedicar a

uma nova função no Santos.

Ele passará a ser auxiliar-técnico.

O atleta de 35

anos seria o substituto de

Marcelo Fernandes, que

foi afastado pelo técnico

Dorival Júnior. A informação

é do Globoesporte.

com. METRO

ATLÉTICO-MG

Victor,

Carlos César,

Gabriel,

Erazo,

Fábio Santos;

Donizete,

Jr. Urso,

Otero (Rafael

Carioca ),

Luan

(Cazares);

Robinho

(Clayton),

Pratto.


M. Oliveira

2 2

INTER

Danilo,

Ceará, ,

Ernando,

Alan Costa,

Artur;

Dourado,

Fabinho,

William,

Anderson

(Andrigo),

Valdívia

(Sasha );

Aylon

(Ariel ).


Celso Roth

Aylon (26’/1 o ),

Robinho (25’/1 o ) e Anderson

(47’/1 o ); Pratto (15’/2 o )

Arena Independência

Jailson Macedo

Freitas (BA), auxiliado por

Alessandro Rocha de Matos

(Fifa-BA) e Bruno Raphael

Pires (Fifa-GO)

Mais uma vez, o mistão do Inter

foi valente. Foi aguerrido.

Considerando a diferença técnica

em relação ao rival, pode-se

até dizer que foi heroico.

Durante a maior parte do

tempo, foi superior ao poderoso

Atlético-MG nos dois confrontos

da semifinal da Copa

do Brasil. Porém, o valoroso

time misto não foi capaz de

superar o menosprezo da direção

e da comissão técnica

do clube em relação à maior

competição de mata-mata do

futebol brasileiro. Assim, para

o alívio de diversos integrantes

da alta cúpula do Beira-Rio,

o Internacional deu adeus ao

torneio, ontem, após empatar

em 2 a 2 com o mineiros na

Arena Independência.

Apesar de entrar em campo

com seis jogadores reservas,

o Inter foi amplamente

superior ao Galo durante a

etapa inicial. A primeira chance

veio logo aos cinco minutos,

em jogada armada pelos

três melhores jogadores

em campo: Anderson lançou,

William cruzou e Valdívia

concluiu para fora.

Em seguida, o Poko Pika

voltou a ameaçar. Primeiro,

aos 11, chutou firme da entrada

da área e obrigou Victor

a fazer uma bela defesa,

buscando no cantinho direito.

Três minutos depois, após

cobrança de lateral de Ceará,

Victor espalmou no pé de Valdívia,

que, de frente para o gol

vazio, mandou para fora.

O domínio foi traduzido

em gol aos 26, quando Valdívia

deu belo passe para Anderson.

O meia invadiu a área e,

consciente, deu um tapa para

Aylon completar: 1 a 0 para

o Inter.

Já o Atlético-MG voltou

a demonstrar que depende,

única e exclusivamente, da individualidade

dos seus jogadores

de ataque. Para a infelicidade

do Inter, a individualidade

de Robinho e Lucas Pratto é

mais do que suficiente.

Aos 30, Pratto acertou a

trave. No finalzinho do 1 o

tempo, o argentino deixou

Robinho na cara do gol. O resultado?

Gol do Galo: 1 a 1.

Os mineiros só não contavam

que, após dois minutos,

o sempre seguro Victor erraria

um domínio simples e entregaria

a bola no pé de Anderson,

que guardou: 2 a 1. O

Inter, nesse momento, devolvia

a derrota sofrida em casa.

No 2 o tempo, o Inter continuou

superior. No primeiro

minuto, Artur cruzou e, sem

querer, quase fez. Aos 11, Valdívia

em cobrança de falta

não fez o decisivo terceiro gol

por pouco.

Mas, como diz o ditado,

quem não faz, leva. Aos 15,

Robinho acertou um passe

genial para Pratto, que, cara a

cara com Danilo, estufou a rede

colorada: 2 a 2.

Depois do empate, só deu

Galo. Após as entradas de Sasha,

Ariel e Andrigo – que

mal tocaram na bola – as coisas

só pioraram. Seijas, mais

uma vez, só esquentou o banco.

Até que veio o apito final,

trazendo a certeza de que, até

o final do ano, só resta ao Inter

escapar da zona de rebaixamento

do Brasileirão.

Na volta para Porto Alegre,

comissão técnica, direção

e torcedores do Inter trazem

na bagagem uma dúvida

pertinente para os últimos desafios

do ano, que definirão a

permanência do clube na primeira

divisão: afinal, qual é o

melhor time do Internacional?

O titular, que é sufocado

por praticamente todos os times

da Série A, ou o mistão,

que foi superior a Santos e

Atlético-MG pela Copa do Brasil?

METRO POA

Similar magazines