REVISTA COLETIVA MARÇO ABRIL 2016_web

unimedgo

Goiânia

Nº 36 | Ano 7

www.unimedgoiania.coop.br

PLANEJA

MENTO

ESTRATÉGICO

É ELABORADO PELO

CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO

Membros do Conselho de Administração, representantes do Conselho Fiscal, gerentes

e coordenadores reuniram-se em um workshop com consultores do Instituto de

Acreditação e Gestão em Saúde (IAG Saúde) para concluir a segunda fase de elaboração

do Planejamento Estratégico (PE) para o período de 2016/2020 (pág. 18).

Esporte

Corrida Dia de Saúde é destaque no aniversário

de 38 anos da Cooperativa (pág. 35).

Federação

FEGO é aprovada pelo Fórum Unimed (pág. 71).


www.unimedgoiania.coop.br

/UnimedGoiania

ao leitor |

A melhor conexão com o seu paciente.

Cooperativismo

médico se

fortalece em

Goiás

Funciona assim:

1. 2. 3.

Você se cadastra

para abrir sua

Agenda Online;

O paciente acessa

e marca a consulta

eletronicamente,

de onde ele estiver;

Muito mais fácil, simples e rápido. E com grandes benefícios:

- Preenchimento de horários ociosos;

- Validação de dados no momento do agendamento;

- Controle das abstenções;

A confirmação é via e-mail

e, no dia da consulta,

o sistema avisa ao paciente

automaticamente.

- Administração da agenda de qualquer lugar, via web;

- Aumento da satisfação dos clientes;

- Maior divulgação da sua formação, especialidade e experiência;

- 20 pontos no programa Participação Pontuada*. (EM BREVE)

Criada em 2014 e aprovada pelo Fórum Unimed

do Brasil no dia 27 de abril de 2016,

a Federação das Cooperativas Singulares

Unimed do estado de Goiás (FEGO) é a mais nova

unidade cooperativa de segundo grau do Sistema

Nacional Unimed. Por não possuir a função de

operadora de planos de saúde, a FEGO é uma instituição

cooperativa de representação político-institucional

com o objetivo de prestar serviços de excelência

às federadas (associadas), observando os

princípios democráticos da gestão participativa e

da economia de escala.

Além disso, está focada em garantir um Custo

Administrativo baixo com Taxa de Intercâmbio

reduzida. Em seu Plano de Trabalho para este ano,

consta oferecer o serviço de Call Center, a Assistência

Judiciária no segundo grau de Jurisdição e

o Serviço de Transporte Aeromédico Unificado e

Proporcionalizado, dentre outros, verificando a expertise

das Singulares sócias, tendo como pano de

fundo os princípios e a prática da Atenção Integral

à Saúde.

A mais nova Federação é integrada por cinco

Singulares goianas (Unimed Goiânia, Unimed Jataí,

Unimed do Oeste Goiano, Unimed Regional Sul de

Goiás e Unimed Rio Verde), que abrangem 102 municípios

com uma área de extensão superior a 124

mil Km 2 e uma população de mais de 3,5 milhões de

habitantes, sendo responsável por um Produto Interno

Bruto (PIB) superior a R$ 65 bilhões. Ademais,

possui mais de 3 mil 300 médicos cooperados que

prestam assistência médico-hospitalar e laboratorial

para cerca de 500 mil beneficiários.

Esses números indicam a sua importância e seu

potencial para fortalecer o movimento das cooperativas

médicas na região e no país, a exemplo de

outras federações estaduais como a do Mato Grosso,

Mato Grosso do Sul e a Regional Federação Goiás,

Tocantins e DF.

A experiência acumulada das Singulares que a

compõem nos permite assegurar que a FEGO representa

um novo marco para o cooperativismo médico

no estado de Goiás e se coloca à disposição das

demais coirmãs.

Procure o DRC (Departamento de Relacionamento com o Cooperado)

na sede da Unimed, 2º andar, das 8h às 18h para fazer sua adesão.

Informações: 62 3216 8306

Goiânia

Autor: Dr Sizenando da Silva Campos Jr.

SAC: 62 3216 8000 | 0800 642 8008


su

49.Intercooperação

Coirmã de Natal visita a Unimed Goiânia

Singular de Cuiabá visita a Cooperativa

Centro de Diagnósticos Unimed recebe visita

da coirmã de Anápolis

06.Dna

Parabéns DRCooperado

56.Crônicas

De bares


08.Gestão

Senacon reconhece satisfação dos

beneficiários da Cooperativa

Programa de Gestão por Competências

incentiva colaboradores

Solidez da Cooperativa traz segurança para

seus cooperados

Agendamento On-line agiliza processo de

marcação de consultas

58.Recursos e Serviços

Próprios

Nova diretoria dos Recursos e Serviços

Próprios reuniu-se com cooperados

Caso de sucesso da Unimed Goiânia foi

apresentado ao subcomitê de Hospitais e

Pronto Atendimento

SOS Unimed tem nova base operacional

Conselho de Administração elabora

Planejamento Estratégico

65.Colaboradores

rio

24.Cooperados

A Medicina Natural em Goiás

Cooperados aniversariantes e familiares

movimentam o Parabéns DRCooperado

32.Mercado

Campanha inovadora celebra o Dia da Mulher

Aumenta o índice de satisfação do

beneficiário

Central de Atendimento promove Páscoa da

Igualdade

67.Seguros

Corretora Unimed Goiânia oferece seguros

para diversas situações

69.Sistema Nacional

Sistema Nacional perde Dr. Raimundo Viana

de Macedo

71.Federação

Federação Goiana é aprovada pelo Fórum

Unimed

74.Moda

Jeans para homens

76.Literatura

Por que erramos? O lado positivo de assumir

o erro

78.Turismo

O fascinante mundo subterrâneo do Cerrado

EXPEDIENTE

35.Esporte

Coletiva é um orgão de divulgação da Unimed Goiânia

Corrida Dia da Saúde é destaque no

aniversário de 38 anos da Cooperativa

Coordenação Editorial

Departamento de Marketing

Redação

Claudia Nunes - GO 719 JP

Edição e Jornalista Responsável

Armando Araújo - GO 554 JP

Revisão

Julieta Garcia

43.Elogios

Beneficiários reconhecem o bom atendimento

Editoração Eletrônica

Ricardo Nemoto

Fotografia

Fotolia / Léo Iran/ Marketing

46.Extra Consultório

Um cooperado na maior prova de Triátlon do

mundo

Goiânia


6

| dna

dna |

7

Dna.

3

4

Parabéns

DRCooperado

A

primeira edição do ano do Parabéns DRCooperado,

realizado no dia 12 de março para

homenagear os aniversariantes dos meses

de fevereiro e março, trouxe novidades que divertiram

todos os convidados em um novo espaço, o

Memoratto.

2

1

1.

Dr. Renato da Silva Faria e Dr. Rodrigo Carvalho da Silva

Campos.

2.

Dr. Sérgio Humberto Lopes Safatle acompanhado de sua

esposa Luzineide Fátima Safatle.

3.

Dra. Maria Elizabeth de M. Tavares desfrutou da companhia

de sua família: seu marido Claudio Raul Tavares,

sua filha e seu genro.

4.

Dr. Abilio Roberto de Araujo Borges e sua esposa Alice

Borba de Brito Borges.

Coletiva | março • abril/2016

Coletiva | março • abril/2016


gestão |

9

Gestão.

Senacon reconhece

satisfação dos

beneficiários da

Cooperativa

O

Boletim Sindec 2015 é uma publicação da Secretaria

Nacional do Consumidor (Senacon), que

apresenta uma breve análise sobre as demandas

de consumo levadas aos Procons integrados ao Sistema

Nacional de Informações de Defesa do Consumidor (Sindec)

durante o ano de 2015. Para consolidação das informações,

foram considerados os atendimentos realizados

por todos os Procons integrados ao Sindec, no período de

1º de janeiro a 31 de dezembro de 2015.

O Sistema Nacional de Informações de Defesa do

Consumidor é informatizado e integra o atendimento realizado

por Procons de 26 estados, do Distrito Federal e

de 400 municípios. O sistema abrange 683 unidades espalhadas

por 531 cidades brasileiras e atende uma média

mensal de 220 mil consumidores.

Entre as operadoras de planos de saúde, a Unimed

Goiânia ocupa o último lugar na quantidade de atendimentos

registrados no Procon, apenas 370, e possui o

mais alto índice de solução preliminar, 92,9%, enquanto

a média é de 78,4%.

“A Unimed Goiânia, em sua política de aproximação,

estreitou a relação com o Procon e os órgãos de defesa do

consumidor, evitando a abertura de processos administrativos

e aplicação de multas pecuniárias em desfavor da

Cooperativa. Com isso, alcançou um alto índice de resolutividade

nas demandas dos beneficiários que procuram

os referidos órgãos”, afirma Dr. João Damasceno Porto.

Coletiva | março • abril/2016


10 gestão |

11

Um dos principais processos deste modelo é a Avaliação por Competências,

que proporciona informações concretas sobre a entrega de

valor dos colaboradores, permite a identificação dos pontos fortes e das

oportunidades de melhoria de cada profissional e tem impacto direto na

eficiência operacional.

O gestor imediato e cada colaborador estabelecem um Plano de Desenvolvimento

Individual (PDI), prevendo ações, prazos e responsabilidades

com subsídios para as ações de treinamento e desenvolvimento.

A divulgação

Programa de Gestão por

Competências incentiva

colaboradores

O

Setor de Gestão de Pessoas

da Unimed Goiânia

fez o lançamento do Programa

de Gestão por Competências

por meio da apresentação de

uma série de 30 palestras em várias

unidades da Cooperativa.

“O processo de estruturação

teve início no ano passado. Consideramos

importante alcançar

uma visão mais estratégica do desempenho

profissional dos recursos

humanos que possa fornecer

dados mais factíveis para a tomada

de decisão nos diversos processos:

retenção, movimentação,

treinamento e desenvolvimento,

carreira, sucessão e reconhecimento”,

conta o diretor Administrativo,

Dr. João Damasceno.

As palestras de divulgação do

programa aconteceram durante o

mês de fevereiro, no auditório do Setor

do Programa de Atenção à Saúde

(Setpas) e em unidades variadas,

reunindo entre 35 a 50 colaboradores

por vez.

A conferência foi inserida em um

evento de mobilização, iniciado com

uma peça de teatro, em que dois caipiras

conversam, de forma bem-humorada,

sobre a necessidade de mudanças

e a importância do feedback.

Em seguida, foi exibido um vídeo do

Sistema Unimed sobre o assunto e

apresentada a palestra que detalha o

programa. No encerramento, Dr. João

Damasceno falou sobre a importância

e relevância do programa para a

Cooperativa em uma mensagem de

vídeo.

Diversos colaboradores relataram

suas impressões da primeira

etapa do programa.

Yuri Bueno Fortes, colaborador da Central de Atendimento,

destaca: “Registro meu elogio à equipe de

Gestão de Pessoas, responsável por apresentar

este novo projeto a ser implantado pela Unimed

Goiânia. De forma dinâmica e divertida, souberam

envolver todos os colaboradores participantes.

Tenho certeza que este programa trará um padrão

na gestão da Cooperativa, pois a avaliação por

competências se torna mais justa e leal.”

Wilmar da Costa Ferreira, do PROTRAB (SAU II),

disse que “A primeira etapa do programa foi bem

tranquila, o conteúdo da apresentação foi bem

exposto e a forma como foi conduzida a palestra

deixou bem claro o que a Cooperativa espera de

seus colaboradores.”

No mês de março, foram apresentados os conceitos de cada

competência.

Coletiva | março • abril/2016

Coletiva | março • abril/2016


12 | gestão

gestão |

13

A

Cooperativa tem cumprido

todas as exigências

de garantias financeiras

das provisões técnicas impostas

pela Agência Nacional de Saúde

Suplementar (ANS), o que atesta

sua solidez no mercado.

Com a edição da Resolução

Normativa nº 209 (22/12/2009)

e suas alterações/atualizações,

a ANS passou a exigir a constituição

de Margem de Solvência,

valor calculado em fórmula definida,

baseado na evolução das

contraprestações ou dos custos

assistenciais, prevalecendo o

maior apurado. Este valor deverá

ser confrontado com o Patrimônio

Líquido ajustado por efeitos

econômicos, com critérios também

definidos pela ANS, e deve

ser superior ao valor apurado

para a Margem de Solvência, caracterizando,

assim, a solvência

da operadora.

Composição do Patrimônio

Líquido: Capital Social, Reservas

e Sobras.

Solidez da Cooperativa

traz segurança para seus

cooperados

CONSAD

“O desempenho da Unimed

Goiânia em 2015,

com as sobras geradas,

foi decisivo para o cumprimento

da Margem

de Solvência. Podemos

afirmar que a Cooperativa

está segura e os

cooperados podem se

sentir tranquilos”, garantem

o Conselho de

Administração da Unimed

Goiânia.

É importante destacar que a Margem de Solvência é calculada de

acordo com o crescimento das contraprestações ou dos eventos/sinistros

(custos assistenciais), considerando o maior valor apurado. Os

Custos Assistenciais, até então, sempre balizaram o valor exigido pela

Margem de Solvência.

Para conter o aumento, o crescimento dos custos assistenciais

deve ser controlado, sendo esta única forma de gerar sobras para os

cooperados. Nesse sentido, é responsabilidade de cada médico ou

médica evitar abusos e excessos na solicitação de exames e procedimentos

médicos.

O Conselho de Administração da Unimed Goiânia tem adotado medidas

efetivas de controle desses abusos e excessos com ações conjuntas

de diversos setores da gestão.

O Patrimônio Líquido (PL) ajustado é resultante do PL e das adições

e exclusões permitidas pela ANS, conforme a Instrução Normativa nº

50 (23/11/2012).

Coletiva | março • abril/2016

Coletiva | março • abril/2016


14

| gestão

15

Aplicações financeiras

Provisões Técnicas/Vinculações

A Resolução Normativa nº 209 da ANS, de 22 de dezembro de

2009, exige que as operadoras de planos de saúde constituam provisões

técnicas de remissão, Provisões de Eventos Ocorridos e Não

Avisados (PEONA) e de valores assistenciais a pagar que excedam o

prazo de 30 dias.

Desde a exigência, a Unimed Goiânia mantém a suficiência necessária.

Lastro Financeiro

A ANS também exige aplicação

financeira, no mínimo, igual

ao total das obrigações assistenciais

a pagar (custo assistencial,

peona e remissão). A Unimed

Goiânia apresenta suficiência ou

folga de 47,33% em 2015.

Funciona assim:

Agendamento On-line

agiliza processo de

marcação de consultas

1. 2. 3.

Você se cadastra

para abrir sua

Agenda Online;

O paciente acessa

e marca a consulta

eletronicamente,

de onde ele estiver;

Muito mais fácil, simples e rápido. E com grandes benefícios:

A confirmação é via e-mail

e, no dia da consulta,

o sistema avisa ao paciente

automaticamente.

- Preenchimento de horários ociosos;

- Administração da agenda de qualquer lugar, via web;

Atualmente, o sistema familiares e agendar consultas car se estão corretos, confirme o

- Validação de dados no momento do agendamento; - Aumento da satisfação dos clientes;

está em pleno funcionamento

no Centro Clí-

salvar seu cadastro ou em qual-

Em “Minha área” você acom-

para eles. Isso pode ser feito após agendamento.

- Controle das abstenções;

- Maior divulgação da sua formação, especialidade e experiência;

nico e já foi liberado para adesão quer outro momento

- 20 pontos

através

no

do

programa

panha

Participação

os agendamentos

Pontuada*. (EM

e

BREVE)

confirma

de todos os médicos da Cooperativa,

sendo que quase 400 cooperados

já estão utilizando-o em

seus consultórios.

menu “Minha área”.

Para pesquisar os horários

disponíveis de consultas, clique

em “Pesquisa de horários”, no

a sua presença, clicando no

botão “Confirmar presença”. Caso

não possa comparecer à consulta,

é importante desmarcar clicando

Para fazer o agendamento topo da tela. Será exibida a relação

das especialidades com o Cooperado)

dos mé-

em “Desmarcar horário”.

Procure on-line, o DRC acesse (Departamento o site da Unimed de Relacionamento

na Goiânia sede da Unimed, (www.unimedgoiania.coop.br)

e escolha a opção Ao Informações: clicar em “Pesquisar”,

62 3216 8306

2º andar, das dicos 8h às cadastrados 18h para fazer no sistema sua adesão.

Goiânia

“Agendamento On-line”. Caso aparecerão os nomes daqueles

já possua cadastro, informe o que possuem horários disponíveis

em suas agendas. Após es-

e-mail e a senha no campo “Já

SAC: 62 3216 8000 | 0800 642 8008

sou cadastrado”. Se for seu primeiro

colher o médico, clique no botão

acesso, digite o número do “Quero marcar”. Serão exibidos

www.unimedgoiania.coop.br

cartão Unimed no campo “Quero

me cadastrar” e clique em “login”.

É necessário informar todos

os 17 dígitos. O sistema validará

os dados e mostrará seu cadastro.

Após conferir, basta informar

seu e-mail, usado como login,

escolher uma senha e salvar.

Você também pode cadastrar

os horários disponíveis por data.

No calendário, do lado direito,

escolha o dia em que deseja

atendimento e, no lado esquerdo,

o tipo de atendimento (primeira

consulta ou retorno) e o

horário que deseja ser atendido.

O dia e o horário escolhidos serão

exibidos na tela. Após verifi-

A melhor conexão com o seu paciente.

/UnimedGoiania

Coletiva | março • abril/2016

Coletiva | março • abril/2016


16 | gestão gestão |

17

Cooperados também

aprovam a iniciativa

Sistema já

é elogiado

Artigo

A beneficiária Géssica

Vasconcelos elogiou o sistema,

que permite ao beneficiário

acessar a agenda

do médico da especialidade

desejada para marcar o melhor

horário.

“Agradeço a Unimed

Goiânia por criar a opção

de agendamento on-line.

Ferramenta extremamente

útil, pois evita a dor de

cabeça de ficar ligando em

vários lugares para marcar

uma consulta. Ainda não

existem todas as especialidades

disponíveis para o

agendamento, mas já é um

excelente começo”, elogiou

Géssica no perfil da Cooperativa

no Facebook.

“Achei excelente a iniciativa,

que abre uma ótima perspectiva

tanto para beneficiários quanto

para os médicos cooperados,

porque podemos ampliar o atendimento

de uma maneira técnica

e democrática, permitindo a

solicitação do próprio paciente.

A medida beneficia os médicos

mais caprichosos e competentes.

Já temos orgulho de ser cooperados

e parabenizamos a equipe e

a direção da Cooperativa envolvidas

nessa iniciativa”, afirmou

Dr. Ciro Ricardo Pires de Castro.

Dr. Péricles Anuar Brocos

Auad também considera uma

boa medida. “É uma mudança

interessante para atrair mais pacientes

para o Centro Clínico e

para a Cooperativa. Espero que

evolua bem”, disse.

Segundo o diretor de Planejamento e Controle da

Unimed Goiânia, Dr. Breno de Faria, “Está aumentando

a cada dia a adesão de nossos médicos e

médicas cooperados e, muito em breve, teremos

a maioria deles oferecendo essa possibilidade de

agendamento aos pacientes em todas as especialidades.”

A internet e o consultório médico

É cada vez mais comum a utilização da internet como facilitadora

das atividades diárias: pagar contas, comprar passagens aéreas, pedir

um táxi ou mesmo um jantar. Essa praticidade está conquistando cada

vez mais adeptos e, consequentemente, atraindo uma grande quantidade

de serviços de diferentes áreas.

Essa mudança na forma de tratar as atividades do cotidiano tende

a chegar em setores onde menos se imagina como, por exemplo, a

marcação de consultas médicas utilizando o computador, o celular ou

o tablet. Essa é mais uma das facilidades oferecidas pela internet, gerando

uma considerável economia de tempo e dinheiro, dispensando a

necessidade de utilizar o telefone para procurar vagas.

Pensando nisso, a Unimed Goiânia oferece aos seus cooperados

o sistema de Agendamento On-line (AOL). Através dele o cooperado

poderá disponibilizar suas agendas na internet, fazendo com que os

beneficiários tenham acesso de forma simples e instantânea. Por meio

desse sistema, os usuários poderão ter acesso às agendas, escolhendo o

melhor dia para marcar suas consultas, tendo ainda a possibilidade de

desmarcar e reagendar, disponibilizando a vaga para outro beneficiário,

diminuindo, assim, os horários livres nas agendas.

É uma forma rápida e eficiente de preencher completamente os

horários oferecidos pelos médicos, dando mais agilidade ao processo,

além de oferecer maior comodidade aos beneficiários e mais rentabilidade

aos cooperados.

Gilmar Duarte, gerente de TI

da Unimed Goiânia.

Coletiva | março • abril/2016

Coletiva | março • abril/2016


18

19

Conselho de

Administração

elabora

Planejamento

Estratégico

Nos dias 8 e 9 de abril, membros do Conselho de Administração,

representantes do Conselho Fiscal, gerentes e coordenadores,

que têm papel estratégico na condução da Cooperativa, reuniram-se

em um workshop com consultores do Instituto de Acreditação

e Gestão em Saúde (IAG Saúde) para concluir a segunda fase de elaboração

do Planejamento Estratégico (PE) para o período de 2016/2020.

O diretor de Planejamento e Controle, Dr. Breno de Faria, responsável

pela coordenação do PE, informa que, na primeira fase, houve uma

reunião entre os consultores do IAG e os gerentes da Cooperativa para

avaliação do cenário interno de desafios e oportunidades.

O workshop foi mediado pelo Dr. Renato Couto, diretor do IAG

Saúde, com a participação da consultora atuarial, Jaqueline Barbosa, e

do consultor em Modernização de Modelos Assistenciais da empresa

PHD Consult, Daniel Peixoto de Albuquerque.

Na abertura do encontro, o presidente da Cooperativa, Dr. Sizenando

da Silva Campos Jr., deu boas-vindas aos participantes, desejandolhes

pleno sucesso. “Na vida devemos planejar para viver. Aqui, vamos

definir indicadores, estabelecer premissas, metas e como superar nossos

desafios”, destacou.

Coletiva | março • abril/2016

Coletiva | março • abril/2016


20 | gestão gestão |

21

Em sua apresentação, Dr. Renato

Couto referiu-se ao economista Michael

Porter: “No limiar do século

XXI, as empresas que não tiverem

uma visão clara de como serem diferentes

e únicas, serão devoradas pela

concorrência.” Em seguida, mostrou

de forma clara como construir um

mapa estratégico, quais ferramentas

e processos utilizar, detalhando as

relações de causa e efeito entre os

objetivos definidos. O cenário do sistema

de saúde e o mercado de trabalho

médico também foram analisados

para contextualizar a discussão

a respeito da inevitável mudança do

modelo de assistência à saúde.

Na oportunidade, o diretor

do Instituto destacou a necessidade

de mudança do modelo de

compra de serviços para conter

o desperdício e considerou a implementação

do Diagnosis Related

Group/Grupo de Diagnósticos

Relacionados (DRG) como

vital para o Sistema de Saúde.

Em sua avaliação, a Unimed

Goiânia está bem posicionada e

tem avançado muito, graças aos

sucessivos processos de planejamento

implementados. Como

exemplo, citou uma série de

ações da Cooperativa que anteciparam

futuras exigências e resoluções

de órgãos oficiais como

a Agência Nacional de Saúde Suplementar

(ANS).

“Quando a Unimed Goiânia

fez sua acreditação pela RN

277, não havia obrigatoriedade,

era apenas voluntária e, agora,

na avaliação da ANS, mensurada

pelo IDSS, já está acreditada

e bem avaliada. São poucas as

operadoras brasileiras, apenas 5

em 1.000, que o fizeram. A qualificação

da rede é outro exemplo.

Foi estabelecido um programa

de avaliação da qualidade da

assistência da rede prestadora.

Essa ação veio antes da diretriz

da Agência, publicada em janeiro

desse ano”, explicou.

Outra antecipação importante

foi o já citado DRG. A Cooperativa

foi uma das primeiras do

Brasil a usar essa metodologia

para análise de sua rede assistencial.

“Hoje, temos 49 milhões

de usuários da saúde suplementar

e operadoras que cobrem

5 milhões de beneficiários. A

Unimed Goiânia foi pioneira e

está com uma expertise muito à

frente”, disse.

Segundo Couto, também é

da Cooperativa a melhor política

de verticalização do Brasil.

“Nenhuma operadora verticalizou

tão sabiamente como a

Unimed Goiânia, seu modelo de

gestão é padrão ouro nacional,

e ela está entre as melhores do

país. Em um mercado em que

50% delas fecharam na última

década, isso é bastante importante”,

completou.

A consultora atuarial Jaqueline

Barbosa fez uma exposição

sobre a performance do custo

assistencial da Unimed Goiânia,

destacando a importância de reduzi-lo

para alcançar o patamar

desejável e indicado pela ANS.

Dr. Breno de Faria, diretor de Planejamento e

Controle, considerou a segunda etapa do processo de

elaboração do Planejamento Estratégico (workshop

realizado nos dias 8 e 9) muito proveitosa e “importante

para consolidar os caminhos

que a Unimed Goiânia quer trilhar nesses

quatro anos, para saber aonde queremos

ir e qual é a nossa missão”, destaca,

lembrando que a elaboração do PE está constituída

em cinco etapas.

As próximas três fases envolverão os resultados

de pesquisas, já em andamento junto aos cooperados,

e de mercado, acompanhados da análise do ambiente

externo. Posteriormente, a proposta será discutida

com os membros do Conselho de Especialidades.

Por sua vez, Dr. Sérgio Baiocchi

Carneiro, diretor de Mercado,

apresentou a Análise e Monitoramento

do Mercado de Planos

de Saúde – Local e Nacional, um

estudo completo e panorâmico

do Sistema de Saúde Suplementar

do Brasil, que trouxe a evolução

dos beneficiários de planos

de saúde por cobertura assistencial,

taxa de cobertura, tipo de

contrato, taxa de sinistralidade

e outros aspectos econômico-financeiros.

Ainda no primeiro dia das

discussões, as informações das

gerências da Cooperativa foram

otimizadas pelo mediador do

encontro e apresentadas para a

plenária no dia seguinte.

Coletiva | março • abril/2016

Coletiva | março • abril/2016


22

| gestão gestão |

23

Transversalidade

No dia 9, os participantes debateram o esboço do Planejamento

Estratégico, sistematizado pela empresa encarregada da mediação do

trabalho, para a avaliação dos membros do Conselho de Administração

em uma reunião posterior.

No encerramento do encontro, o presidente da Cooperativa agradeceu

o trabalho de mediação, realizado pelo Dr. Renato Couto, a participação

de todos e chamou a atenção para a importância da transversalidade.

“As primeiras fases da elaboração

do Planejamento Estratégico

2016/2020 nos permitiram

fazer uma leitura precisa

dos pontos fortes e fracos da

Cooperativa. A partir dessa discussão,

temos condições para

“Temos percebido a necessidade

de sermos

mais transversais. Nessa

gestão, devemos investir

nisso e na parceria entre

as várias áreas, principalmente

nas diretorias

e nas gerências. Os resultados,

com certeza,

serão bem melhores a

partir desse comprometimento

com a transversalidade”,

observou Dr.

Sizenando.

definir metas e ações a médio,

curto e longo prazos capazes de

melhorar nossa performance no

mercado”, avaliaram os membros

dos Conselhos de Administração,

Fiscal e de Especialidades

presentes.

Convidado

O presidente da Unimed

Cuiabá, Rubens Carlos de Oliveira

Júnior, participou das reuniões

do Planejamento Estratégico

da Unimed Goiânia e aproveitou

a ocasião para conhecer a sede

da Singular goiana e também se

reunir com o presidente Sizenando

da Silva Campos Júnior.

Para Oliveira Júnior, a participação

em reuniões de Planejamento

Estratégico é sempre uma

oportunidade para dialogar com

representantes de cooperativas

sobre melhorias para o Sistema,

e o fato da Unimed Goiânia estar

bem colocada no ranking nacional

a qualifica ainda mais nas

discussões.

“Foi um ganho excepcional e

serviu também para avaliarmos

o que pode ser utilizado na Unimed

Cuiabá. Sabemos da importância

do Planejamento Estratégico

para o bom andamento da

cooperativa e devemos sempre

investir em melhorias nas futuras

ações.”

O presidente destacou ainda

que um dos pontos discutidos

entre as diretorias foi a questão

do parto humanizado e de que

maneira essa alternativa pode

ser estimulada pelas operadoras

de saúde.

Durante a visita, Rubens também

se reuniu com a diretorafinanceira

da Unimed Goiânia,

Dra. Selma Trad, que enfatizou o

encontro pela troca de experiências

entre os dois representantes.

“As visitas de outras Singulares

ocorrem com frequência e nos

permitem fortalecer o princípio

de intercooperação, afirmou.”

Coletiva | março • abril/2016

Coletiva | março • abril/2016


24

Cooperados.

cooperados |

25

A Medicina Natural

em Goiás

O

livro “A Medicina Natural em Goiás”, de autoria do médico cooperado

Dr. Jeovar Leite Guedes, em parceria com o escritor goiano Ubirajara

Galli, foi lançado no dia 7 de março, no auditório do Conselho

Regional de Medicina do estado de Goiás (Cremego).

A ideia do livro surgiu no encerramento do ciclo de palestras naturalistas,

realizado pela Clínica de Medicina Natural fundada pelo Dr. Jeovar Leite

Guedes, em 2005, e a Clínica Oásis Paranaense, de Curitiba, na Secretaria

de Cultura de Goiânia, com a participação de profissionais da área da saúde

pública e privada, além da comunidade em geral.

Coletiva | março • abril/2016

Coletiva | março • abril/2016


26

| cooperados

27

Segundo Dr. Jeovar, ao fim das atividades,

o atual secretário municipal de Cultura, Ivanor

Florêncio, sugeriu: “Essa sua história de tornar conhecida

a importância dos recursos naturais terapêuticos

para melhorar a vida de todos nós, e que

não se limita à consulta comunitária, e vai muito

além dela, tem que ser registrada em livro. Você

não pode deixar de fazer isso”. E o médico topou

a ideia de contar a história da Medicina Natural

em Goiás.

Formado em Medicina Cirúrgica pela Universidade

Nacional de Córdoba (Argentina), em 1976,

Dr. Jeovar Leite Guedes se especializou em Pediatria,

Acupuntura, Medicina do Trabalho e Saúde

Pública. Também se formou em Fitoterapia Ayurvédica

e Homeopatia.

Ele é um dos fundadores do Hospital de Medicina

Alternativa de Goiás, referência nacional no

sistema público de saúde, do qual foi diretor, e do

Hospital de Medicina Natural de Anápolis, além

de fundador da Casa de Eurípedes, professor do

Departamento de Saúde Comunitária da Faculdade

de Medicina da Universidade Federal de Goiás,

entre outras atividades acadêmicas e profissionais

na área de Medicina Natural e Saúde Pública.

“Nosso sistema de saúde, apesar de importante,

está falido. É muito voltado para as grandes empresas

multinacionais de venda de remédios. Vejo

que um número cada vez maior de pessoas estão

se voltando para a natureza, que tem a capacidade

de curar todas as doenças. Quando eu atendia pela

alopatia, eu internava muitas crianças. Hoje, não

me lembro mais quando eu internei uma criança.

Estou feliz com as escolhas que fiz, tenho inúmeros

pacientes e acredito estar no caminho certo”,

garante Dr. Jeovar Leite.

Cooperados

aniversariantes

e familiares

movimentam

o Parabéns

DRCooperado

A

primeira edição do ciclo

2016 do Parabéns DRCooperado

homenageou médicos

e médicas da Cooperativa que

fizeram aniversário em fevereiro e

março, com o tema “Todo Médico é

um Super-Herói”, no Memoratto, no

dia 12 de março.

O encontro foi prestigiado pelo

presidente da Cooperativa, Dr. Sizenando

da Silva Campos Jr.; Dra.

Raquel (Conselho Técnico); Dr. João

Damasceno (Diretoria Administrativa);

Dr. Adriano Auad (Diretoria

Médica); Dr. Breno de Faria (Planejamento

e Controle); Dr. Lueiz Amorim

Canêdo (Auditoria Médica); e

Dr. Edmur Muller de Melo Freitas,

coordenador do Conselho de Especialidades.

Coletiva | março • abril/2016

Coletiva | março • abril/2016


28 | cooperados cooperados |

29

Neste ano, o ambiente do encontro

mudou mais uma vez. Anteriormente

realizado no salão de festas do Oliveira’s

Place, o evento foi transferido

para um espaço maior, o Memoratto.

No grande salão plano, foi montado um

grande palco com espaço para o DJ, que

comandou a trilha sonora da confraternização,

o karaokê para os cooperados,

para a realização dos sorteios, e pose

para a tradicional fotografia dos aniversariantes

após o tradicional “parabéns

pra você”.

O tema do ano é “Todo Médico

é um Super-Herói”. E para

ficar ainda mais divertido, é

montada uma cabine fotográfica

automática, onde os cooperados

e suas famílias podem se

fantasiar do super-herói de sua

escolha para criar uma fotografia

divertida.

No salão, além de um telão

com mensagens em vídeo - que

nessa edição exibiu informações

sobre o agendamento on

-line -, foi montado um Bar de

Brigadeiro com sabores e coberturas

diferentes.

No Cantinho da Criança,

montado na grande varanda

próxima ao salão, um castelo

inflável com escorregador

e piscina de bolinhas, touro

mecânico, casinhas de boneca,

brinquedos de montar, livros

infantis, uma mesa de speedy

disc e monitores fazendo maquiagem

e penteados enfeitados

distraíram as crianças dos

cooperados. Além disso, havia

um miniplayground para os

mais novinhos.

Coletiva | março • abril/2016

Coletiva | março • abril/2016


30

| cooperados cooperados |

31

Homenagem especial

Depoimentos

Em nome de toda a diretoria,

o Dr. Adriano Auad fez

uma homenagem especial ao

Dr. José Maria da Veiga Jardim,

80 anos, pioneiro da Otorrinolaringologia

no estado de Goiás,

que recebeu uma placa com

uma mensagem em referência

aos seus anos de cooperação na

Unimed Goiânia e ao seu legado

para a medicina goiana.

“Entregamos essa humilde

homenagem ao meu grande

amigo Zé, irmão do meu grande

professor Lauro da Veiga Jardim.

Eu o chamo de Zé, pois é

meu amigo pessoal, e lhe digo:

você merece muito mais do

que isso, por sua grandeza, pelo

que fez no mundo médico, por

ser um dos pioneiros de sua

área, a Otorrinolaringologia. É

uma grande honra tê-lo como

nosso cooperado”, afirmou Dr.

Adriano.

“Festa boa, tranquila. Não

acho que o médico seja um super-herói,

mas vale pela brincadeira.”

Dr. Mucio Bernardes, Ginecologia

e Obstetrícia.

“Estou há um ano e meio

na Unimed Goiânia. É minha

primeira vez no Parabéns DR-

Cooperado. Estou achando interessante.

Posso encontrar os

amigos, e já fui sorteada com

uma caixa de som portátil,

adorei, foi ótimo”.

Dra. Maria Ligia de Moura

Mendonça, Dermatologia.

Sorteio de

brindes e

Parabéns

O cooperado homenageado, Dr. José

Maria, garantiu ter se sentido honrado.

“Uma coisa dessas é para poucos. Minha

idade é um tanto avançada, estou na flor

dos meus oitentinha. Outro dia encontrei

um amigo que estava fazendo essa idade

também, e ele me disse que essa estória

de melhor idade é uma enganação. Mas

de qualquer forma, muita gente não chega

a tanto. Para mim, essa homenagem veio

reconhecer algo que fiz na vida, me emocionou,

me deixa cheio de orgulho, tenho

64 anos de formado, 80 anos de idade não

é brincadeira”, disse.

“Muito interessante, muito

familiar, já tinha comentado

isso com minha esposa. Ontem

fomos na confraternização da

Unicred e é outro estilo de reunião.

Hoje, está bem mais descontraído,

muito familiar. Gostei

do tema do super-herói, sou

pediatra, né? Minha esposa sugeriu

que eu entrasse na cabine

e tirasse uma foto para mostrar

para os meus pacientes.”

Dr. Marcelo Martins Machado,

Pediatria e Neonatologia.

O tradicional “parabéns

pra você” em torno do bolo

coletivo aconteceu no novo

palco, que acomodou todos

os aniversariantes para a fotografia

oficial de registro

da data festiva.

Coletiva | março • abril/2016

Coletiva | março • abril/2016


32

| mercado mercado |

Mercado.

33

Campanha inovadora

celebra o Dia da Mulher

Em comemoração ao Dia Internacional

da Mulher, a Unimed Goiânia

promoveu durante todo o mês de

março uma campanha em homenagem às

mulheres com base nos símbolos e ícones

da revolução feminina.

Foram veiculados dois anúncios, criados

a partir de um jogo de palavras que

expõe o preconceito contra a mulher, revelando

a história de pessoas corajosas

que não se conformaram com os limites de

sua época, como a da aviadora americana

Amelia Earhart, a primeira mulher a cruzar

sozinha o Atlântico, pilotando um avião; e

a da cientista polonesa Marie Curie, a primeira

e única mulher a conquistar o Prêmio

Nobel de Física e Química duas vezes.

As mensagens estão sendo veiculadas

no jornal O Popular, no Facebook e no site

da Cooperativa. Além disso, foi montada

a exposição “Armas da Revolução Feminina”,

no Goiânia Shopping. Mencionando

momentos importantes de liberação

como a luta pelo voto feminino, a pílula

anticoncepcional, a minissaia e a Marcha

das Vadias, que surgiu contra a responsabilização

da mulher pelo estupro, a mostra

traz réplicas de objetos simbólicos da luta

de grandes mulheres por direitos, como o

livro de Simone de Beauvoir, o biquíni de

Leila Diniz e o equipamento de aviação de

Amelia Earhart.

Acreditamos que o lema “Por trás de

toda mulher, tem sempre uma grande

mulher” resume bem o reconhecimento,

devido a coragem das que lutaram

e transformaram o mundo, garantindo

conquistas que hoje pertencem a todas”,

afirmou o diretor de Mercado, Dr. Sérgio

Baiocchi Carneiro.

Revolução do batom

A Unimed Goiânia também celebrou o Dia da Mulher

com a palestra “A revolução do batom”, realizada no Hotel

Blue Tree, com a participação de 50 colaboradoras, no dia

7 de março. Na abertura do evento, o colaborador Weber

Soares fez uma homenagem às mulheres, declamando uma

poesia de sua autoria. Todas receberam uma flor e um pão

de mel.

Coletiva | março • abril/2016

Coletiva | março • abril/2016


34

| mercado

35

Aumenta o

índice de

satisfação do

beneficiário

Os prazos para autorização de exames e outros procedimentos

e a facilidade para marcação de consultas e

exames também foram avaliados com as maiores notas.

E 63, 10% dos beneficiários entrevistados responderam

“sim” quando perguntados se os serviços oferecidos por

seu plano de saúde superaram suas expectativas.

Sempre atenta à opinião e ao bem-estar de

seus beneficiários para promover as melhorias

necessárias e garantir uma assistência

médica de qualidade, a Unimed Goiânia

realiza regularmente pesquisas de satisfação.

Em 2015 foram entrevistadas 439 pessoas,

e registrado um aumento no índice de satisfação

geral em relação aos serviços prestados pela

Cooperativa. Dentre os entrevistados, 75,40%

disseram estar muito satisfeitos com o plano de

saúde Unimed.

Em 2014 havia 71, 55% de satisfação. Em

uma escala de 1 a 5 - sendo 5 a nota mais alta e

1 a mais baixa - os beneficiários deram as maiores

notas (4 e 5) para dois quesitos importantes:

satisfação com as opções da rede de atendimento

(33, 94% e 40, 77%) e qualidade dos serviços

prestados por hospitais, consultórios e clínicas

(38, 72% e 41, 69%).

CONSAD

“Esse monitoramento da satisfação

de nossos beneficiários é uma

orientação importante para a continuidade

de nossas ações e aperfeiçoamento

da gestão”, explicam

os membros do Conselho de Administração.

Esporte.

Coletiva | março • abril/2016

Coletiva | março • abril/2016


36

esporte |

37

Medalhas e camisetas também

tiveram as cores das campanhas

de prevenção. Cada medalha

possuía um laço vazado,

que se refere à campanha contra

o câncer. Como a camiseta

feminina era rosa, o fundo da

medalha também teve a mesma

cor. E como a camiseta masculina

era azul, o fundo da medalha

foi o mesmo em referência à

luta contra o câncer de próstata.

Corrida Dia

“O Dia de Saúde Unimed nos mostra que a atividade

física e o esporte fazem parte das nossas

vidas e nos ajudam a viver melhor. Só se consegue

ter seis edições seguidas de um evento se ele for

um sucesso. Hoje, já é considerada a maior corrida

do Centro-Oeste, com o maior número de participantes.

Fechamos essa edição com 2.800 inscrições

e queremos aumentar para 3.000 no próximo

ano. Ficamos muito felizes que o Dia de Saúde

esteja consolidado e leve o nome da Cooperativa,”

afirmou Dr. Sergio Baiocchi Carneiro, diretor de

Mercado da Unimed Goiânia.

Segundo ele, está no DNA da Unimed promover

saúde, e a frase ‘Cuidar de você, esse é o plano’

não é um mero slogan. “É um plano de ação em

todos os sentidos, de fazer o melhor possível para

a sociedade, inserindo as cooperativas na comunidade.

Esse é o valor que essa corrida tem. As pessoas

esperam, comentam por muito tempo e, no

fim, já ficam cobrando a próxima. Isso só nos traz

alegria, saber que a comunidade abraçou a iniciativa

e a Unimed faz parte dessa festa. E ela atrai

tanta gente, por ser bonita, bem cuidada e acho

que é isso que as pessoas querem, cuidado. E aqui

elas se sentem assim.”

de Saúde é

destaque no

aniversário

de 38 anos da

Cooperativa

A

Unimed Goiânia comemorou

seu aniversário

de 38 anos com a realização

da 6ª Corrida Dia de Saúde,

que aconteceu no dia 27 de fevereiro,

com disputas nos percursos

de 3, 5 e 10 km e caminhada

de 3 km, além da corrida infantil.

Com largada e chegada no

estacionamento do Estádio Serra

Dourada, o evento teve a inscrição

de 500 crianças e 2.800

adultos. Destes, cerca de 10%

tiveram a inscrição gratuita por

apresentarem os exames de Mamografia

e PSA.

Entre as autoridades presentes,

estavam Sebastião Peixoto

Moura, secretário municipal de

Turismo, Evento e Lazer, e Edilberto

Dias, presidente da Companhia

de Urbanização de Goiânia

(Comurg), que elogiaram a

prova.

“A Unimed faz a melhor coisa,

investir nas corridas de rua.

É um dia maravilhoso, o Dia da

Saúde”.

Sebastião Peixoto Moura, secretário

municipal de Turismo,

Evento e Lazer.

Coletiva | março • abril/2016

Coletiva | março • abril/2016


38

| esporte esporte |

39

Corrida Infantil

“Esse evento é muito importante,

já está no calendário anual

de Goiânia como incentivo ao

esporte e à saúde dos goianienses

e, além disso, atrai pessoas

de todas as cidades e até de outros

estados. É um evento que

melhora a qualidade de vida de

Goiânia e também está ligado à

sustentabilidade, porque saúde

também é sustentabilidade.”

Edilberto Dias, presidente da

Comurg.

“É a segunda vez que incentivo

a Valentina a participar.

Acho que é um estímulo bacana

da Unimed Goiânia dar oportunidade

para as crianças começarem,

até por que a Cooperativa

mexe com a saúde, e saúde

é esporte. Com relação a mim, é

a terceira vez que participo da

Corrida da Unimed. Comecei a

correr nessa prova e não parei

mais”, disse Bruno de Aquino,

pai de Valentina Claveaux de

Aquino (3 anos).

Hian Louza Peixoto Gondim

(7 anos) sempre tem o incentivo

do pai para participar das corridas.

“É a minha terceira corrida.

Já vim em outra edição da Unimed

e também corri a da Disney,

foi legal”, contou.

A largada das crianças aconteceu às 16 horas,

debaixo de chuva, o que reduziu o número de participantes,

mas aquelas que participaram estavam

animadas e ansiosas. Após a corrida, elas foram para

um espaço voltado para brincadeiras antigas, com

direito à pipoca e algodão-doce.

Os pais, que também participam do Dia de Saúde,

acham importante estimular as crianças desde

cedo.

Outro pai, Tomaz Aquino,

além de falar da expectativa da

filha Betina de Oliveira Aquino

(4 anos), ainda elogiou a corrida:

“Trazer a minha filha para a

Corrida da Unimed é uma atitude

de pai coruja. Ela se diverte

e fica ansiosa. Um dia antes da

corrida, ela fica perguntando:

‘Cadê a corridinha, eu já estou

pronta para a corridinha’. Então

é muito bacana. É uma atividade

que traz muito incentivo, ela

fica feliz em correr e estar junto

a outras crianças, é uma iniciativa

muito boa. Eu corro há uns

20 anos, participo de quase todas

as corridas em Goiânia, e a

da Unimed é realmente uma das

melhores, é muito organizada.

Passar pelo Estádio Serra Dourada

com os refletores ligados é

sensacional, um diferencial.”

João Pedro Fonseca Leite

de Aquino (4 anos) já participou

duas vezes e venceu dessa

vez. “Mas o esporte que eu mais

gosto é o futebol, sou bom no

futebol. Correr eu gosto mais ou

menos”, disse.

E Ana Clara Rezende Gonçalves

(12 anos) está seguindo

o exemplo dos pais. “Meus pais

sempre me incentivaram a correr,

eles correm também e eu

sempre quis. Essa é a segunda

vez que corro no Dia de Saúde

Unimed, mas já fiz muitas outras

corridas. Gosto muito de esporte

e correr é um deles. Gosto de

participar pelos amigos, mesmo

sendo um lugar para competir, é

bom por que você conversa. Às

vezes, eu gosto de competir, outras

vezes não. Mas eu gosto de

ganhar”, disse.

Coletiva | março • abril/2016

Coletiva | março • abril/2016


40

esporte |

41

Cooperados aprovam

Dr. Fernando de Nápole

Azevedo

Cirurgião Plástico

5km masculino (2˚ lugar)

“Essa corrida organizada pela Unimed é a segunda da qual eu participo,

acho diferenciada em relação às demais devido a organização,

que é fenomenal, além do espaço, que é muito agradável. O horário da

corrida, noturno, favorece muito o desempenho dos atletas.”

Dra. Christiane Caetano Lima Lopes Pontes

Ginecologista

5 km feminino (3˚ lugar)

Corrida Adulta

“É a segunda edição que participo, tem apenas um ano que corro

e tem sido uma novidade para mim. Gostei muito e quero continuar.”

Foi bastante empolgante a

largada da categoria adulto no

começo da noite, às 19h30. Os

atletas estavam vibrantes, e as

cores rosa e azul das camisetas

deram um visual colorido e diferente

para a prova.

Dra. Éricka Campos Freitas

Oftalmologista

5 km feminino (1˚ lugar)

“Essa corrida é a mais importante de Goiânia, pois, na minha opinião,

nela é divulgado que todos devem cultivar o hábito de ser saudável.

A corrida, assim como todo outro esporte, deve ser cultuada

em todas as famílias, portanto sempre trago os meus filhos. Hoje minha

filha está aqui, correu com o meu marido nos 3 km, e ela vem

desde pequeninha. Acho que a gente vai passando essa tradição para

as gerações e fica na vida de cada um como uma coisa muito forte.”

Dr. Leandro Knewitz

Ortopedista e Traumatologista

10 km masculino (1º lugar)

No trecho do percurso que passa dentro do Estádio Serra Dourada,

os atletas foram surpreendidos com a Banda Madrasta, que os empolgou

ainda mais nesse finalzinho de prova.

“Corro já há muitos anos, é a segunda vez que ganho essa prova e,

para mim, é uma satisfação grande vir correr por encontrar os colegas

médicos. Acho que a Unimed está de parabéns por organizar um

evento que é muito mais que uma corrida. Uma promoção da saúde

através da corrida é um motivo nobre, mas a integração com a sociedade

acho que é o mais importante nesse momento.”

Coletiva | março • abril/2016

Coletiva | março • abril/2016


42

| esporte

43

Atletas do Programa

de Atenção à Saúde (PAS)

Quarenta atletas do Grupo de

Corrida do Programa de Atenção

à Saúde também participaram

do Dia de Saúde. Segundo Alessandro

Belo, assessor esportivo

do PAS, o objetivo principal do

grupo é a condição física do atleta,

sua qualidade de vida e saúde.

“Não priorizamos somente o

rendimento ou a performance.

O importante é largar e cruzar

a linha de chegada, tentar não

caminhar em nenhum trecho.

Agora, é lógico que um treinamento

bem direcionado, com

periodização, vai fazer com que

o atleta alcance um resultado

melhor.”

Ana Cláudia Pereira de Freitas

participou pela terceira vez

da prova. “Gosto muito da organização

e do fato dela ser noturna,

enquanto a maioria das

provas acontece na parte da manhã.

O período noturno é bom e

confortável”.

Há um ano e meio participando

das atividades do PAS,

Cobertura e entrevistas: Tainara Negreiro

Redação: Claudia Nunes

Marley Cappi conta que, “além

de me despertar para a atividade

física, para o bem-estar e para a

saúde, o Grupo de Corrida Unimed

é muito importante pelo

incentivo e pelo relacionamento

que estimula novos amigos. É a

terceira vez que participo dessa

corrida e gosto do percurso por

ela ser noturna. E no final, quando

a gente entra no Serra e vê

tudo iluminado, é tão lindo!”

Para Michelen Rodrigues,

há três anos no PAS, “correr traz

saúde, bem-estar, melhora o

meu rendimento no dia-a-dia,

no trabalho e me faz sentir bem,

o prazer que sinto é imensurável.

No Dia de Saúde Unimed, já participei

duas ou três vezes. Gosto

por sair do senso comum e ser

noturna, pois a maioria acontece

no domingo pela manhã. O percurso

também é um diferencial

por ser aqui no Serra Dourada

e passar dentro do campo, acho

muito legal”.

Elogios.

Coletiva | março • abril/2016

Coletiva | março • abril/2016


44

| elogios elogios |

45

Beneficiários

reconhecem o

bom atendimento

UniDomiciliar

A beneficiária Maria da Consolação elogiou o Serviço UniDomiciliar

da Unimed Goiânia. “Agradeço a ajuda do UniDomiciliar nesses

muitos anos em que esteve acamada minha mãe. Foi providencial o

apoio de vocês. Tendo esse atendimento, deixei de me deslocar várias

vezes para um hospital. Só quem tem um parente nessa situação pode

entender o quanto é difícil essa locomoção. Agradeço o carinho que recebemos

de todos os profissionais, sempre muito atenciosos”, disse ela.

A

política de atendimento

aos beneficiários da Cooperativa,

cada vez mais, é

reconhecida pelos beneficiários.

Cooperada

O beneficiário Núcio Guedes

Paixão procurou a Ouvidoria da

Unimed Goiânia para expressar

sua “admiração e gratidão pela

competência da Dra. Ubiraisa

Marques Guimarães, uma excelente

profissional e um exemplo

a ser seguido por alguns cardiologistas

que atendem pela Unimed

Goiânia”, disse. Segundo

ele, a médica, além de competente,

é educada e humilde. “Ela

mostra ter todo o conhecimento

clínico e, principalmente, tem o

primordial: educação com os pacientes”,

destacou Núcio Guedes.

Intercâmbio

A beneficiária Domitila Oliveira

Coimbra procurou a Ouvidoria

da Unimed Goiânia para registrar

um elogio para a colaboradora

Renata Silva Barbosa, analista de

processos do Setor de Intercâmbio,

que a ajudou a resolver problemas

com a autorização de sua

cirurgia ortognática. “A colaboradora

sempre me ajudou e me deu

os devidos retornos. Sem ela, não

teria conseguido fazer a cirurgia

que tanto precisava. Acredito que

são colaboradores como ela que

representam a imagem da Cooperativa.

Fiquei feliz por ela ter me

ajudado a resolver meu problema,

pois outros setores da Unimed

Goiânia não estavam conseguindo.

Parabéns a Renata pelo seu

atendimento e por ser uma pessoa

proativa e merecedora de destaque”,

relatou ela.

Fidelização

A beneficiária Rosângela Ribeiro

Mundim agradeceu a Cooperativa

pelo atendimento recebido

pelo Setor de Fidelização.

“Parabenizo a Unimed Goiânia

por ter em seu quadro funcionários

competentes, em especial

a Alda, do Setor de Fidelização,

que fez um excelente atendimento.

Tomara que continuem

cuidando bem dessa profissional

para que outros beneficiários

também possam se sentir satisfeitos

e felizes pelo seu carinho e

atenção”, afirmou Rosângela.

Ação de Relacionamento

O gestor de compras da empresa contratante Catral Refrigeração,

Lucas de Oliveira Assunção, agradeceu o presente recebido - um kit de

ferramentas - por ocasião de seu aniversário (11 de março). Em sua mensagem,

ele disse: “Agradeço toda a equipe de relacionamento pela atenção

e carinho no envio de um brinde de aniversário”.

Esta é uma ação desenvolvida pelo Setor de Relacionamento Empresarial

da Unimed Goiânia, que busca valorizar as empresas contratantes.

Coletiva | março • abril/2016

Coletiva | março • abril/2016


46

| extra consultório extra consultório |

47

Extra

Consultório.

Um cooperado

na maior prova

de Triátlon do

mundo

O

cardiologista Tarik Arcoverde

Ribeiro Costa,

cooperado da Unimed

Goiânia, está selecionado para

participar do Campeonato Mundial

de Ironman 70.3, com provas

de 1, 9 km de natação, 90 km de

ciclismo e 21 km de corrida, no

dia 4 de setembro, na Austrália.

“Era o que faltava para completar

minha vida. O esporte dá

uma sensação enorme de prazer,

não apenas pela liberação de

endorfina, mas pela superação

diária dos desafios. Às vezes me

pergunto como não tinha feito

isso antes?”, explica o médico.

Tarik sempre praticou natação,

mas ao terminar sua residência e

iniciar a prática da medicina, foi

ficando sedentário em função da

pesada rotina de trabalho e ganhou

peso. “Nunca fui um gordinho

feliz. Botei na cabeça que ia

emagrecer e tinha que levar o esporte

a sério. Então, no começo,

emagrecer e ter mais saúde eram

os motivos principais, mas quando

o mosquito do Triátlon pica,

você fica viciado”, brinca ele.

Ele perdeu peso e os resultados

positivos não paravam

de aparecer, por isso investia

cada vez mais nos treinos e

nos bons equipamentos como

a bicicleta de fibra de carbono,

cuja aerodinâmica é desenvolvida

especificamente para este

esporte. E também adotou uma

dieta na medida certa dos seus

objetivos de alta performance.

“Cada grama a menos na balança

representa uma possibilidade

de mais rapidez”, diz Tarik,

que ainda faz suplementação

nutricional com aminoácidos

e antioxidantes, musculação e

fisioterapia para garantir o melhor

preparo físico.

No Triátlon, não conta apenas

o corpo, é preciso força

mental. “São provas de longa

distância, e o volume de atividade

física é absurdo. Mentalizações

são importantes. Se a

cabeça se cansar antes do corpo,

você perde”, garante.

A vaga para o mundial foi

conquistada em abril deste ano,

no campeonato sul-americano

realizado em Palmas. Tarik Arcoverde,

o único cardiologista

triatleta da região Centro-Oeste,

também vai disputar a etapa

Brasil do Ironman, no dia 29 de

maio, em Florianópolis, com o

dobro do percurso disputado

no 70.3 (número que se refere

à metade da distância de um

Ironman, em milhas).

Atualmente, além da etapa

final, no Havaí, há um circuito

mundial de 132 provas

de Ironman (91 Ironman e 41

Ironman 70.3) em diversos

destinos no mundo, tais como

Estados Unidos, Canadá, China,

Áustria, Brasil, Alemanha,

Austrália, Nova Zelândia, Malásia,

África do Sul, França e

Japão. Todas organizadas por

empresas que licenciam o uso

da marca Ironman, propriedade

da World Triathlon Corporation

(WTC).

O tempo de duração pode

variar entre 8 e 17 horas. Quando

for competir na Austrália, o

cooperado da Unimed Goiânia

terá, a partir de sua largada, até

1 hora e 10 minutos para completar

o percurso da natação,

até 5 horas para completar o

de ciclismo e até 8 horas para

completar a corrida. O atleta

que exceder o tempo limite de

cada etapa é desclassificado.

No Brasil, o circuito é realizado

desde 1982 e a partir de

2001 passou a ser disputado na

cidade de Florianópolis, tendo

sua largada na praia de Jurerê

Internacional. Com a realização

da prova na Ilha de Santa

Catarina, houve um crescimento

considerável no número de

participantes do esporte, que

nasceu no Sul da Califórnia, na

metade dos anos 1970.

Coletiva | março • abril/2016

Coletiva | março • abril/2016


48

| extra consultório

intercooperação |

49

Na época, vários clubes

atléticos de San Diego participavam

de eventos informais

que incluíam nadar em Mission

Bay. Um dos participantes

era o oficial da marinha americana

John Collins. Mais tarde,

suas atividades o levaram para

o Havaí, e foi lá que nasceu o

Ironman. O local recebia três

eventos de resistência: a Maratona

de Honolulu, o Waikiki

Rough Water Swim e o Around-Oahu

Bike Ride. Os atletas

locais costumavam discutir

frequentemente sobre quem

era superior, os corredores ou

os nadadores. Collins sugeriu

combinar três modalidades em

uma única prova de resistência,

incrivelmente difícil, com

o título de “Ironman” (Homem

de Ferro) para o vencedor. Em

1978, no fim da primeira prova,

surgiram 12 Ironmen.

Tarik, casado com a médica

Ana Lúcia, é pai de três filhos -

Pedro, Antonio e Sérgio - e abre

mão de vários momentos familiares

e até de algumas horas

no trabalho.

“Não bebo com os amigos,

saio muito pouco. Às vezes, me

perguntam se sou louco e por

que faço isso? Na hora que estou

disputando a prova, penso

naquilo tudo. Isso me vem à

cabeça e sempre carrego todo

mundo comigo, família e amigos.

Quando me aproximo da

largada, e vejo todo mundo ali,

me esperando, é uma sensação

incrível”, explica ele.

Realmente, sua rotina de

preparo físico não é para qualquer

um. Ele treina de três a

quatro horas por dia, sendo que

no fim de semana são cinco horas

no sábado e mais uma ma-

Tarik Arcoverde tem o apoio da família

nhã inteira de pedal no domingo.

Para dar conta de cerca de

30 horas de treino por semana,

acorda sempre às 5 da manhã e

segue à risca as orientações do

consultor esportivo Santiago

Ascenço, em quem também se

inspira.

“Meu técnico é um exemplo

de dedicação. É um triatleta

brasileiro de ponta com grande

experiência e grande influência

positiva para que eu continue

treinando”, garante Tarik.

Fonte: Unimed Goiânia e Ed Grabianowski

(esporte.hsw.uol.com.br)

Intercooperação.

Coletiva | março • abril/2016

Coletiva | março • abril/2016


50

intercooperação |

51

muitas novidades. Por exemplo,

no nosso modelo de contrato, o

beneficiário precisa assinar 28

vezes. Aqui, são necessárias apenas

quatro. Essa troca de informações

vai significar um grande

avanço para nós”, explicou.

“Viemos aqui para nos espelhar

no que foi bem feito e pode

gerar um bom resultado para a

Unimed Natal. Foi fantástico. Foi

um dia que valeu por um ano.

Volto com um projeto definido,

com várias metas a serem conquistadas.

Estou cheio de ideias”,

garantiu ele.

Coirmã de Natal visita

a Unimed Goiânia

Dirigentes da Unimed Natal, Dra. Edailna

Melo Dantas (vice-presidente) e Thiago

Lajus (superintendente de Mercado),

vieram a Goiânia para conhecer o funcionamento

da Corretora Unimed Goiânia, no dia 7 de abril,

e foram recepcionados pelo gerente de Mercado,

Afrânio Ferreira, e da Corretora, Amarizio Ribeiro.

Em seguida, reuniram-se com o presidente da

Unimed Goiânia, Dr. Sizenando da Silva Campos

Jr., e o diretor de Mercado, Dr. Sérgio Baiocchi

Carneiro, na sede administrativa.

Na oportunidade, foram tratados diversos assuntos

e reafirmado o fortalecimento da parceria

e da intercooperação entre as duas coirmãs.

“Para nós, é importante manter o intercâmbio de

conhecimento e ideias. Isso fortalece o cooperativismo

e o Sistema Nacional Unimed”, disseram

os diretores da Cooperativa.

O interesse pela Unimed Goiânia surgiu quando

Thiago Lajus, que faz parte do Comitê Nacional

de Mercado, assim como a Unimed Goiânia,

assistiu uma apresentação feita por Afrânio Ferreira

sobre comercialização de produtos.

Para a vice-presidente, Dra.

Edailna Melo, a Cooperativa foi

escolhida para essa ação de bench

marketing porque é muito

conceitua no Sistema Nacional.

“Não temos dúvida de que a experiência

vai nos ajudar muito.

Ao chegar em Natal, já vamos começar

a trabalhar e, com certeza,

vamos continuar precisando de

orientações. Nossa Corretora é

pequena e precisa aperfeiçoar

seus processos. Estamos levando

muitas informações sobre intercâmbio,

faturamento, modelo de

contratos e vendas. Encontramos

A Unimed Natal possui 131

mil beneficiários e é considerada

a maior e mais completa rede de

assistência médica do Rio Grande

do Norte. Com 38 anos de atuação,

a cooperativa médica potiguara

continua sendo a marca

mais lembrada pelos potiguares.

Em 2014, recebeu 53% das citações

diretas e conquistou, pela

oitava vez, o prêmio Top Natal.

A cooperativa conta com

1.408 médicos cooperados e uma

ampla rede credenciada, formada

por 14 hospitais, 36 laboratórios e

146 clínicas, além de uma complexa

estrutura de serviços próprios.

O Hospital Unimed Natal

é o único do estado com Selo de

Acreditação Hospitalar, fornecido

por instituição credenciada à

Organização Nacional de Acreditação

(ONA).

Seus três Centros Médicos,

juntos, oferecem 17 especialidades

médicas, sendo um deles dedicado

exclusivamente ao atendimento

pediátrico. Possui ainda

Farmácia e Laboratório próprios,

um Centro de Imagem equipado

com o que há de mais avançado

na medicina de diagnóstico por

imagem, além de uma Unidade

de Fisioterapia e Reabilitação.

“Nos últimos anos, o acirramento

da concorrência no mercado

de planos de saúde, a fiscalização

e a intervenção exagerada

da Agência Nacional de Saúde

Suplementar contribuem para o

fortalecimento do princípio cooperativista

de intercooperação

e a troca de experiências entre

as Singulares do Sistema Nacional

Unimed. Com isso, todos ganham”,

ressaltam os dirigentes da

Unimed Goiânia.

Coletiva | março • abril/2016

Coletiva | março • abril/2016


52

53

Singular de Cuiabá

visita a Cooperativa

O

presidente recém-eleito

da Unimed Cuiabá, Dr.

Rubens Carlos de Oliveira

Júnior, visitou a Cooperativa e

reuniu-se com a diretora-financeira,

Dra. Selma Trad, no dia 8

de abril.

O modelo de gestão adotado

pelo Conselho de Administração

da Unimed Goiânia tornou-se

referência no Sistema Nacional e

tem motivado a visita de vários

dirigentes regionais e nacionais,

como foi o caso do presidente da

Singular cuiabana.

A Unimed Cuiabá possui

mais de 1.200 médicos cooperados

e cerca de 900 colaboradores.

Na região, é a maior e melhor

empresa do ramo. E seus 250 mil

clientes e 90 mil de intercâmbio

contam com uma ampla rede

credenciada. Entre laboratórios,

clínicas e hospitais, são mais de

200 serviços oferecidos.

Para o presidente da coirmã,

a visita foi produtiva. “A Unimed

Goiânia está no caminho correto.

Possui um crescimento pujante

e sustentável. Consegui ter

acesso a bastante conhecimento

que será bastante útil. Estou levando

informações sobre parto

humanizado, planejamento estratégico

e rede verticalizada”,

contou ele.

Dr. Rubens também acompanhou

todas as discussões em

torno do Planejamento Estratégico,

realizado nos dias 8 e 9

de abril, e aproveitou a ocasião

para conhecer a sede da Singular

goiana e também se reunir

com o presidente Sizenando

da Silva Campos Júnior.

Para Oliveira Júnior, a participação

em reuniões de Planejamento

Estratégico são

sempre uma oportunidade

para dialogar com representantes

de cooperativas sobre

melhorias para o Sistema, e

o fato da Unimed Goiânia estar

bem colocada no ranking

nacional a qualifica ainda mais

nas discussões.

“Foi um ganho excepcional e

serviu também para avaliarmos

o que pode ser utilizado na Unimed

Cuiabá. Sabemos da importância

do Planejamento Estratégico

para o bom andamento da

cooperativa e devemos sempre

investir em melhorias nas futuras

ações.”

O presidente destacou ainda

que um dos pontos discutidos

entre as diretorias foi a questão

do parto humanizado e de que

maneira a alternativa pode ser

estimulada pelas operadoras de

saúde. Durante a visita, Rubens

também se reuniu com a diretora-financeira

da Unimed Goiânia,

Dra. Selma Trad, que enfatizou o

encontro pela troca de experiências

entre os dois representantes.

“As visitas de outras coirmãs

ocorrem com frequência e nos

permitem fortalecer o princípio

de intercooperação, disse ela.”

Dr. Rubens Carlos de Oliveira Júnior

Dra. Selma Trad

Coletiva | março • abril/2016

Coletiva | março • abril/2016


54

intercooperação |

55

Centro de Diagnósticos

Unimed recebe visita

da coirmã de Anápolis

No dia 2 de março, o

Centro de Diagnósticos

Unimed recebeu a visita

de Mauro Paiva, diretor Administrativo

da Unimed Anápolis,

Márcio Alves, gerente de relacionamento

da coirmã, e Vicente

de Paula, gerente Administrativo,

que foram acompanhados

pelo diretor e gerente Administrativos

da Unimed Goiânia, Dr.

João Damasceno Porto e Kleber

Pio, respectivamente.

Eles conheceram a estrutura

dos principais pavimentos, como

os administrativos e os do Centro

de Diagnósticos, destinados à

realização dos exames.

Dr. João Damasceno Porto

apresentou as características

sustentáveis da obra e explicou

para os visitantes os padrões de

qualidade seguidos na construção

e, posteriormente, na prestação

dos serviços.

“Estamos seguindo todas as

recomendações da Unimed do

Brasil no desenvolvimento de

um projeto de sinalização e comunicação

interna e padronização

dos móveis para montagem

dos diversos espaços funcionais.

Também seguimos rigorosamente

toda a legislação técnica

para montar com segurança os

ambientes adequados para a realização

de exames complexos

como o PET scan, por exemplo,

cujo projeto técnico é acompanhado

e fiscalizado pela Comissão

Nacional de Energia Nuclear

(CNEN)”, esclarece o diretor Administrativo

da Unimed Goiânia

ao destacar que a unidade deverá

receber a respeitada certificação

internacional Leadership in

Energy and Environmental Design

(LEED), concedida apenas

para construções sustentáveis

em todo o mundo.

Mauro Paiva deu os parabéns

ao Conselho de Administração

pela qualidade do Centro

de Diagnósticos. “Ficamos extasiados

com essa obra. Magnífica.

É uma obra que irá acrescentar

muito ao cooperativismo

médico e à medicina goiana”,

disse ele.

Vicente de Paula também

ficou impressionado com a estrutura

do prédio. “Excelente

acabamento. É uma obra que foi

bem planejada. Realmente, uma

construção moderna e de primeira

qualidade”, disse.

“Gostei muito. Uma construção

muito moderna e funcional

que, com certeza, vai gerar bons

resultados”, manifestou-se Márcio

Alves.

Coletiva | março • abril/2016

Coletiva | março • abril/2016


56

57

Crônicas.

Amigos e mesa de bar

são tudo de bom. Conto

algumas histórias.

Estávamos todos lá, protegidos

pelos nossos copos e pelo anjo

da guarda, o garçom, quando

aparece um chato e senta-se à

mesa sem ser convidado, caso

contrário não pertenceria à

classe dos chatotorixes. Incontinenti

passa a fazer o que lhe

compete, chatices. Fala alto

cuspindo no próximo, cutuca o

próximo, que já não é o mesmo,

pois já saiu de fininho, conta

piadas conhecidas e sem graça,

ri sozinho delas, fica todo amigão.

De repente se sente bem à

vontade e diz: “Pô, gostei dessa

turma, posso fazer parte?”

Fraguinha foi rápido: “Não

dá, chato na turma já temos

aqui o Marcelo”. Marcelo sentiu-se

levemente ofendido e

profundamente agradecido.

Rubio, grande amigo, querida

figura humana, boêmio de

quatro costados, apelidado

por muitos amigos de Boca de

Platina por seu paladar sofisticado.

Devido a este paladar

especial, tinha a mania de devolver

os pratos que solicitava

em restaurantes, principalmente

se já tivesse tomado vários

“pedacinhos”, como chamava

as doses de uísque. Ele “rubiava”,

do verbo rubiar, criado

pelo Breno, para descrever esta

conduta do Rubio de devolução

dos pedidos. Em um almoço em

restaurante estrelado de Goiânia,

a mesa plena e ele pleno de

pedacinhos, fez sua solicitação.

Assim que o prato chegou, ele,

sem ao menos provar, disse ao

garçom: “Vou pagar, mas não

quero”. O garçom, todo solícito,

“O senhor não quer levar?” E o

Rubio com sua voz grave: “Não

crio porcos em casa!”.

Blend, o bar, café, charutaria,

ou seja lá o nome que se

queira dar, foi sem dúvida o

melhor de tudo isso que já frequentei

em minha vida, sendo

que a maioria dos grandes

amigos que hoje tenho foram

lá conquistados. Inesquecível.

Rubio sempre lá. Num sábado,

lá pelas tantas da tarde, vários e

vários pedacinhos desfrutados,

ele resolveu ir embora. Pegou

o carro que estava no subsolo,

saiu direto, atravessou a rua, foi

de encontro ao meio-fio do outro

lado, com a pancada voltou

de ré até o meio-fio do lado de

cá, que parou o veículo. Preocupação

geral. Rubio desceu solenemente,

veio, sentou-se como

se nada tivesse acontecido, e

pediu, “Me dá mais um pedacinho”.

A Blend era tão boa que

até os trocadilhos e piadas infames

do Ronan, o dono, a gente

aceitava. Também era o jeito de

colocarmos pendura em cima

de pendura. Grande abraço

Ronan. Hoje o bar – bem, chamemos

de bar – que frequento

também é ótimo, com grandes

amigos, só não digo o nome,

pois aquele chato citado lá em

cima está sempre rondando por

aí. Chatos são onipresentes.

costacelso@uol.com.br

Coletiva | março • abril/2016

Coletiva | março • abril/2016


58 | recursos e serviços próprios

Recursos

e Serviços

Próprios.

recursos e serviços próprios |

59

Nova diretoria dos

Recursos e Serviços

Próprios se reuniu

com cooperados

As reuniões foram feitas

para apresentar o

novo diretor de Recursos

e Serviços Próprios (RSP) I

aos cooperados do SAU I e do

Centro Clínico. Em seguida, os

diretores do Conselho Técnico

visitaram o SAU I, o Centro de

Vacinação Unimed e o Serviço

de Quimioterapia.

Dr. Washington Luiz Ferreira Rios

No dia 4 de abril, Dr. Washington Luiz Ferreira Rios (RSP) se apresentou

para o corpo clínico do SAU I, no auditório do Centro Clínico.

Também estiveram presentes Dr. Fernando Paceli, diretor-técnico do

SAU I; Dr. José Reinaldo Daher, diretor-clínico do Centro Clínico; e seu

vice, Dr. Anselmo de Oliveira Franco.

Foram discutidos assuntos ligados ao dia-a-dia do trabalho médico

dos cooperados, como as normas que devem ser seguidas para troca de

plantão e o uso de celular durante horário de consulta.

Os cooperados presentes aproveitaram a ocasião para abordar outros

assuntos de seu interesse: funcionamento do Centro de Diagnósticos

Unimed, distribuição de consultas de retorno, glosas, maior valorização

do currículo do cooperado (últimos cinco anos) no processo

seletivo, serviço de regulação e assistência mais ágil para os sistemas

de informática.

Dra. Raquel Costa Coelho

Dr. Julio Resplande de Araujo Filho

Outras reuniões e visitas foram realizadas em dias anteriores. Os

diretores do Conselho Técnico, Dra. Raquel Costa Coelho e Dr. Julio

Resplande de Araujo Filho, visitaram o SAU I acompanhados do Dr.

Washington Rios. E, posteriormente, a nova diretoria também foi

apresentada ao corpo clínico do Centro Clínico.

“Queremos uma maior aproximação dos cooperados de nossas

unidades para ouvi-los e promover as mudanças necessárias, a fim de

melhorar as condições de trabalho e a eficiência do serviço”, afirma

Dr. Washington.

Coletiva | março • abril/2016

Coletiva | março • abril/2016


60

| recursos e serviços próprios

61

Caso de sucesso da Unimed

Goiânia foi apresentado ao

subcomitê de Hospitais e

Pronto Atendimento

Em 23 de março, os membros dos subcomitês

de Hospitais e Pronto Atendimento estiveram

reunidos para assistir apresentações

que estimulem melhorias nas cooperativas. A reunião

contou com as participações de Eduardo Regonha,

consultor de Custos da Unimed do Brasil,

que abordou “A crise e alternativas na condução da

gestão hospitalar”, e Luis Gustavo Kiatake, diretor

da E-Val Saúde, que falou sobre a “Certificação digital:

um caminho sem volta”.

O diretor de Planejamento e Controle da Unimed

Goiânia, Dr. Breno de Faria, apresentou a experiência

da Cooperativa sobre a “Aplicabilidade do

DRG (Grupo de Diagnósticos Relacionados) como

ferramenta de gestão clínica e avaliação de desempenho”.

Sabrina Tiradentes Ferreira Bevilacqua, representante

da outra Unimed de Vitória, também

expôs um caso semelhante.

E o coordenador do subcomitê de Pronto Atendimento,

Ivan Zanotto, destacou ainda a pesquisa

de remuneração médica no setor.

“Esse é um assunto importante para a rede de

Recursos e Serviços Próprios do Sistema Unimed.

Apresentamos nossa experiência como operadora

de planos de saúde, enquanto nossa coirmã demonstrou

a vivência em seu próprio hospital. São

casos de sucesso que fortalecem e disseminam as

boas práticas”, disse o diretor.

Fonte: Unimed do Brasil e Unimed Goiânia.

SOS Unimed

tem nova base operacional

A

inauguração da nova

base operacional do

SOS Unimed, localizada

na Avenida T-4 (Setor Bueno),

aconteceu no dia 11 de março

com um coquetel de confraternização

e a presença de diretores

da Medilar e da Unimed Goiânia,

além do corpo clínico do serviço.

Coletiva | março • abril/2016

Coletiva | março • abril/2016


62

| recursos e serviços próprios

recursos e serviços próprios |

63

Estiveram presentes o presidente

da Unimed Goiânia, Dr.

Sizenando da Silva Campos Jr.;

o diretor de Mercado, Dr. Sérgio

Baiocchi Carneiro; a diretorafinanceira,

Dra. Selma Trad; o

Dr. José Garcia Neto, diretor de

Recursos e Recursos Próprios II;

Dr. Washington Ferreira Rios,

diretor de Recursos e Serviços

Próprios I; Dra. Lilian Ghannam,

conselheira Fiscal; Dr. Luciano

Vitorino, conselheiro Fiscal; os

gerentes das áreas de Mercado,

Administrativo, Recursos e

Serviços Próprios II, Corretora

Unimed Goiânia e Marketing;

o diretor-presidente da Medilar

Gestão em Saúde, Dr. Marcelo

Mattar; e demais diretores da

empresa. Também compareceu

o presidente da Associação dos

Hospitais do estado de Goiás

(AHEG), Dr. Fernando Honorato.

Por causa da chuva, a fita de inauguração foi cortada dentro do salão

pelos presidentes da empresa e da Cooperativa, parceira na gestão

do SOS, com aplausos de todos. Em seguida, eles realizaram uma visita

às novas instalações, mais amplas, modernas e confortáveis.

A antiga base da Avenida

Mutirão não será fechada, uma

vez que toda área de regulação

médica continuará funcionando

no local, além do espaço de

lavagem das ambulâncias. Já a

base localizada nas proximidades

do Buriti Shopping será

fechada e outra será aberta em

breve na região do SAU I, no Setor

Aeroporto, onde também estão

situadas inúmeras clínicas

e hospitais, facilitando muito o

transporte de pacientes.

Atualmente, entre eletivos e

de emergência, são feitos mais

de 500 transportes por mês.

No início da parceria de gestão

compartilhada com a Medilar,

esse número estava em 200.

Segundo contou Dr. Marcelo

Mattar, não foi fácil conseguir o

imóvel a um preço razoável, mas

após sete meses de negociação

o SOS Unimed está instalado

em um ponto de grande visibilidade,

boa circulação e espaço

físico privilegiado.

Ele também falou sobre a

parceria. “Queremos enfatizar

que temos uma gestão compartilhada,

que é muito diferente de

uma terceirização. A operação é

feita a quatro mãos. Os médicos

são cooperados, e o corpo administrativo

é nosso. A confiança

é o mais importante. A Medilar

não olha apenas para si, e a Unimed

também não, por isso temos

um resultado tão expressivo que

vem se acumulando ao longo

dos anos. Apesar do ambiente

recessivo, crescemos no ano passado.

Descontando as exclusões

dos planos, tivemos um saldo de mais 10 mil vidas no SOS, totalmente

na contramão do que temos visto no mercado. Na crise, é preciso investir

mais. Temos uma baixíssima taxa de reclamação e equipes muito

comprometidas”, disse Mauricio Mattar.

O diretor de Recursos e Serviços

Próprios II, Dr. José Garcia,

fez um histórico a respeito do

surgimento desse tipo de atendimento

e de sua importância.

“O serviço nasceu na década de

1990. Naquela época, foi criado

o SOS, e uma das cabeças criadoras

foi a do nosso atual presidente.

Começamos a oferecer

medicina pré-hospitalar em um

tempo em que a medicina era

basicamente hospitalar”, contou.

E continuou dizendo que a

ideia do atendimento pré-hospitalar

se iniciou em grandes

centros europeus e na Amé-

rica do Norte e foi responsável no mundo todo, também no Brasil e

em Goiânia, pelo salvamento de 30% a mais de vidas que iam a óbito

por doenças graves e falta de assistência antes de chegar ao hospital.

“Isso é uma diferença fundamental em termos de qualidade de vida e

sobrevivência. Quero também destacar o trabalho do Dr. Pedro Jorge

Gayoso, que contribuiu para a construção dessa parceria, e agradeço

muito aos profissionais envolvidos, especialmente aos motoristas, cujo

trabalho é muito difícil. É um momento de alegria, coroado de muito

êxito”, afirmou Dr. José Garcia.

Coletiva | março • abril/2016

Coletiva | março • abril/2016


64

| recursos e serviços próprios

65

Dr. Sizenando da Silva Campos

Jr., por sua vez, contou que

tudo começou por causa de

uma hérnia de disco. Na época,

recuperando-se dessa cirurgia,

recebeu a incumbência de elaborar

o projeto de um serviço

de atendimento pré-hospitalar

justamente durante seu período

pós-operatório.

“O então presidente da Cooperativa,

hoje atual prefeito de

Goiânia, Dr. Paulo Garcia, disseme

que eu não podia ficar parado

e pediu que eu fizesse esse

projeto. Começamos com 10

médicos, poucos clientes, 15 mil

e uma ambulância. O coordenador

era o próprio Paulo Garcia.

As ambulâncias eram caras,

e não tínhamos recursos para

comprar outra. Em 2006 decidimos

fazer a gestão compartilhada.

Tínhamos 50 mil vidas

no SOS e 180 mil beneficiários.

A Medilar trouxe a expertise e

conceitos diferentes. Hoje, de

348 mil beneficiários, 254 mil

têm SOS Unimed”, relatou ele,

manifestando satisfação pela

parceria.

“Parabenizo a todos. Espero

que toda a capacidade e vontade

de cada um possa, cada vez mais,

fazer dessa parceria uma grande

iniciativa de trabalho”, finalizou.

Pioneiros

Para o Dr. João Moreira, médico

cooperado do corpo clínico

do serviço e um dos pioneiros

do SOS Unimed, está sendo

escrita uma história de qualidade.

“Estou aqui desde de

1997, quando iniciamos modestamente

com apenas uma ambulância.

Essa base representa

um ganho de qualidade imenso,

é gratificante ver que nossos

beneficiários estão melhor assistidos.

E o cooperado é peça

fundamental por levar qualidade

ao serviço e trazer novas

ideias de aprimoramento para

que a Cooperativa tenha esse

respeito e visibilidade conquistados

todos os dias”, afirmou.

O Dr. Euclides Gomes de Siqueira

Neto também viveu esse

tempo. “A diferença daquela

época é muito grande. Não havia

uma regulação apropriada, hoje

existe, são seguidos protocolos

de atendimento. Naquela época,

não tinha uma solicitação tão

grande. Essas novas instalações

são ótimas, a parceria Medilar/

Unimed é excelente. O local é

estratégico, com muito espaço e

conforto para todos os cooperados”,

opinou.

O coordenador médico do

SOS, Dr. Juarez Távora de Siqueira

Júnior, concorda: “Excelente,

a estrutura física é fantástica

e proporciona aos cooperados

condições adequadas de trabalho.

A parceria Medilar/Unimed

é muito responsável. É uma boa

oportunidade de trabalho para

os cooperados especializados

neste tipo de atendimento.”

Colaboradores.

Coletiva | março • abril/2016

Coletiva | março • abril/2016


66

| colaboradores

| seguros

67

Central de Atendimento

promove Páscoa da Igualdade

A

Páscoa da Igualdade foi o primeiro evento realizado pelo

Projeto Motivacional da Central de Atendimento da Unimed

Goiânia, desenvolvido para melhorar os processos e a

qualidade do atendimento.

“Nosso objetivo é humanizar

o ambiente

de trabalho, promover

a integração entre os

colaboradores, desenvolver

liderança situacional

e estimular a

melhora contínua do

clima organizacional”,

explica o diretor de

Auditoria Médica, Dr.

Lueiz Amorim Canêdo.

Outros objetivos são atingir

metas estabelecidas, criar um

ambiente de desenvolvimento

e aperfeiçoamento individual

e em grupo e reduzir custos da

operação, aumentando a qualidade

e eficácia dos processos.

O evento, organizado pelo

coordenador da Central,

Edimar dos Santos, envolveu

todos os colaboradores da Central

de Atendimento de forma

descontraída e contou com a

presença da gerente do setor,

Marcília Costa. O ambiente foi

decorado e foram servidas comidas

típicas da Páscoa com

revelação do “Amigo Chocolate”.

Na ocasião, também foram

revelados os melhores atendentes

do mês.

O projeto prevê ainda a

pontuação dos colaboradores e

seus líderes. Em dezembro, será

revelada a “Equipe do Ano”.

Seguros.

Coletiva | março • abril/2016

Coletiva | março • abril/2016


68

69

Corretora Unimed Goiânia

oferece seguros para diversas

situações

Os médicos cooperados

têm a sua disposição

uma série de seguros

com vantagens e condições

especiais, basta procurar a Corretora

Unimed Goiânia, na Av.

T-9, n. 276, Setor Marista.

O Seguro Residencial protege

sua casa e ainda garante

profissionais especializados

em caso de pequenos imprevistos

do dia-a-dia, sem riscos

ou dores de cabeça. Tão importante

quanto ter sua casa é

cuidar dela.

É oferecida a cobertura de

várias situações que podem

afetar a segurança da casa e

trazer prejuízos financeiros,

tais como roubo, furto, incêndio,

raios, explosões, vendavais

e inúmeros outros riscos. Agregado

ao produto, ainda tem a

assistência 24 horas para serviços

de chaveiro, eletricista,

encanador, desentupidor, entre

outros.

A Corretora de Seguros

Unimed Goiânia conta com

uma equipe de vendas de seguros

altamente qualificada para

esclarecer dúvidas e ajudar a

adquirir um seguro residencial

com qualidade e segurança,

conforme as necessidades.

Seguro Bién Vivir

O Bién Vivir é o primeiro seguro de vida resgatável brasileiro, que

possui o mesmo nível de qualidade de produtos internacionais. Seu diferencial

é a possibilidade de resgate em vida no momento desejado

pelo cliente. Enquanto o seguro estiver vigente, o dinheiro é aplicado

em um fundo de investimento, e os excedentes financeiros são repassados

ao cliente de acordo com a rentabilidade.

Além de ser um bom seguro de vida, o Bién Vivir ainda é flexível e

inovador, atendendo às necessidades dos segurados e garantindo proteção

para suas famílias.

Entre as diversas vantagens do produto, destacam-se o preço fixo

durante todo o plano, sem reajuste por idade, vigência de até 100 anos,

resgates garantidos, avaliação médica gratuita, coberturas de R$ 500

mil a R$ 25 milhões, entre outras.

Seguro Automóvel

Além de proteção e tranquilidade, o Seguro Automóvel também

traz benefícios a curto prazo como assistência 24 horas. A Corretora

Unimed Goiânia oferece, exclusivamente aos seus segurados de automóvel,

atendimento a sinistros a qualquer hora do dia ou da noite

na região metropolitana de Goiânia, além de prestar todas as orientações

por telefone e, se necessário, comparecer imediatamente ao

local para prestar o atendimento.

Para o cooperado que adquiriu ou trocou de carro e não se sente

totalmente seguro com a proteção de seu veículo, um bom seguro

de automóvel pode ser uma boa alternativa.

Tão importante quanto fazer um investimento para melhorar

sua locomoção, é protegê-lo contra eventual furto, acidentes, enchentes,

incêndio e uma série de outros problemas.

Um seguro é sinônimo de tranquilidade, e os aborrecimentos podem

ser bem menores.

Para saber mais, ligue na Corretora de Seguros Unimed, converse

com a equipe de vendas e faça uma cotação: (62) 3216-8700.

Sistema

Nacional.

Coletiva | março • abril/2016

Coletiva | março • abril/2016


70

| sistema nacional

Sistema Nacional perde

Dr. Raimundo Viana de

Macedo

Federação.

71

o título de Cidadão Santista, na

Câmara Municipal.

Ele exercia o seu terceiro

mandato como presidente da

Unimed Santos, que é a primeira

Cooperativa do Sistema Unimed,

sendo eleito a primeira vez para

o cargo em 2006. Com o seu falecimento,

toma posse do cargo

o diretor de Controladoria da

Unimed Santos, Claudino Guerra

Zenaide.

“É com muita tristeza que

perdemos uma grande perso-

Para todos os membros do

Conselho de Administração,

Dr. Raimundo Viana será sempre

lembrado como um incansável

defensor dos interesses

da medicina, do Sistema Unimed

e dos princípios cooperativistas.

“Em nome de todos

os médicos e médicas cooperados

da Unimed Goiânia, manifestamos

nosso pesar e nossa

solidariedade a sua família e

aos amigos”, afirmaram.

A Unimed de Santos é a

grande pioneira no cooperatinalidade

do Sistema Unimed, o

Dr. Raimundo Viana de Macedo,

presidente da Unimed Santos,

um grande amigo da Unimed

Goiânia, sempre presente em

diversas ocasiões importantes.

A última delas foi na nossa festa

de confraternização, a Noite de

Plantão do ano passado, quando

muito alegremente participou

do sorteio do carro zero quilômetro”,

relembra o presidente da

Unimed Goiânia, Dr. Sizenando

da Silva Campos Jr.

O

presidente da Unimed

Santos, Dr. Raimundo

Viana de Macedo, de 69

anos, faleceu no dia 11 de abril,

em São Paulo. Ele estava internado

no Hospital Sírio Libanês

por conta de uma embolia pulmonar

e não resistiu a uma infecção

generalizada.

Natural de Várzea Alegre, no

Ceará, Raimundo de Macedo

era cirurgião-pediátrico e veio

para Santos em 1970. Na cidade,

ele foi chefe do setor de cirurgia

pediátrica da Santa Casa de Misericórdia

de Santos por mais

de 25 anos e, em 2011, recebeu

Fonte: CNU e Unimed Goiânia.

CONSAD

vismo de trabalho médico no

mundo, foi a cooperativa que

deu origem ao Sistema Nacional

Unimed. Fundada em 18

de dezembro de 1967 pelo Dr.

Edmundo Castilho, sua criação

foi uma resposta da classe

médica à exploração da saúde

como fonte de lucros patrocinada

por empresas mercantis.

A partir de Santos, o Sistema

Unimed foi implantado em

todo o Brasil, cobrindo atualmente

84% do território nacional.

Coletiva | março • abril/2016

Coletiva | março • abril/2016


72

| federação

federação |

73

Federação Goiana é

aprovada pelo Fórum

Unimed

Criada em 26 de junho de

2014 pelas Unimeds Goiânia,

Jataí e Rio Verde, a

Federação Estadual das Cooperativas

Singulares Unimeds

do estado de Goiás (FEGO) foi

aprovada pelo Fórum Unimed,

no dia 27 de abril de 2016, durante

a 91ª reunião do Conselho

Confederativo do Sistema Nacional

Unimed, reafirmando-se

como a mais nova instituição

cooperativa de segundo grau

do Sistema.

O Conselho Federativo, integrado

por todas federações

Unimeds, aprovou diversas propostas

de interesse do Sistema.

Conduziram as discussões o

presidente da Unimed do Brasil,

Eudes de Freitas Aquino, o vice-presidente,

Orestes Barrozo

Medeiros Pullin, o diretor de Integração

Cooperativista e Mercado,

Valdmário Rodrigues Júnior, o

diretor de Marketing e Desenvolvimento,

Edevard J. de Araujo, o

diretor Administrativo, João Saad,

e o diretor-financeiro, Euclides

Malta Carpi.

A mais nova Federação já

é integrada por cinco Singulares

goianas (Unimed Goiânia,

Unimed Jataí, Unimed do Oeste

Goiano, Unimed Regional Sul de

Goiás e Unimed Rio Verde) que

abrangem 102 municípios com

uma área de extensão superior

a 124 mil Km 2 e uma população

de mais de 3,5 milhões de

habitantes, sendo responsável

por um Produto Interno Bruto

(PIB) superior a R$ 65 bilhões.

Ademais, possui mais de 3 mil

300 médicos cooperados que

prestam assistência médico

-hospitalar e laboratorial para

cerca de 500 mil beneficiários.

“Esses números indicam a

sua importância e seu potencial

para fortalecer o movimento

das cooperativas médicas na região

e no país, a exemplo de outras

federações estaduais como

a do Mato Grosso, Mato Grosso

do Sul e a Regional Federação

Goiás, Tocantins e DF. A experiência

acumulada das Singulares

que a compõem nos permite assegurar

que a FEGO representa

um novo marco para o cooperativismo

médico no estado de

Goiás e se coloca à disposição

das demais coirmãs”, destaca o

presidente da Federação, Dr. Sizenando

da Silva Campos Jr.

O 1˚ vice-presidente, Dr.

Martulio Nunes Gomes, ressalta

que “a FEGO é uma federação

institucional e não uma

operadora de planos de saúde,

portanto, não oferece nenhum

tipo de concorrência com as

Singulares da região. Sua fundação

e seu estatuto social estão

de acordo com as normas

do Sistema Nacional Unimed e

a legislação do setor”, esclarece.

“Lutamos pela fundação de

uma Federação meramente institucional

em Goiás, e que agora

está surgindo, de fato, pela

admissão na Unimed do Brasil.

Nosso objetivo é promover o

desenvolvimento regional, dando

apoio para o crescimento de

todas Singulares”, completa o 2˚

vice-presidente, Dr. Adenauer

Amaral Andrade.

Eles esclarecem ainda que

o engajamento das Unimeds

da região em uma nova federação

não compromete a política

de relacionamento e intercooperação

com todas do Sistema

Unimed. A Unimed Goiânia, por

exemplo, manterá os serviços

voltados para os médicos cooperados,

dirigentes e beneficiários

de todas as coirmãs, além

de disponibilizar outros que estão

em fase de estudo.

Um dos objetivos da FEGO é

fortalecer o princípio da intercooperação

por meio do repasse

de orientações e informações

para as coirmãs da região, nas

mais variadas áreas do cooperativismo

médico.

Além disso, está focada em

garantir um custo administrativo

baixo com taxa de intercâmbio

reduzida. Em seu Plano de

Trabalho para este ano, consta

oferecer o serviço de Call Center,

a Assistência Judiciária no

segundo grau de Jurisdição e o

Serviço de Transporte Aeromédico

Unificado e Proporcionalizado,

dentre outros, observando

a expertise das sócias, tendo

como pano de fundo os princípios

e a prática da Atenção Integral

à Saúde.

Presidente da FEGO ao lado da Dra. Selma Trad, Dr. Adenauer Amaral e Dr. Martulio Nunes

Conheça a

diretoria da

FEGO:

Fonte: Unimed do Brasil e Unimed Goiânia.

Coletiva | março • abril/2016

Coletiva | março • abril/2016


74

75

Jeans para homens

“Queria ter inventado o blue

jeans”, disse certa vez o estilista

Yves Saint Laurent.

“Ele tem sex appeal e simplicidade,

tudo o que eu imagino

quando faço as minhas roupas”.

Saint Laurent tem razão a respeito

da relevância de uma das

roupas que definitivamente deixaram

sua marca na moda do século

XX. A história da peça - que

teve seu início como uniforme

para mineradores norte-americanos

- é atravessada pela juventude

rebelde da década de

1950, pelos hippies, pelo flerte

com o rock’n’roll, até se estabelecer

como um clássico do guarda-roupa

masculino. Assim, esta

coluna dedica-se ao rei do guarda-roupa

casual, à velha e boa

calça jeans.”

• Para um visual mais neutro e versátil, invista em opções sem

grandes detalhes chamativos na lavagem, nas costuras e nos bolsos.

Dê preferência a cores neutras como o clássico azul-médio, o azul

escuro (sem lavagem) e o preto;

• Em nome da neutralidade e da versatilidade de suas calças

mantenha as costuras como um elemento coadjuvante. São duas as

costuras tradicionais: as que se misturam à cor de seu jeans, tornando-se

praticamente invisíveis, e as contrastantes costuras amarelas;

• Os jeans largos, rasgados, desbotados ou coloridos transmitem

uma mensagem casual e informal;

• Independentemente das propostas de moda que se renovam

de estação para estação, o visual mais clássico e neutro leva em

consideração a largura da calça em relação às suas pernas. Pense

que uma medida clássica é a que acompanha o corpo e não seja

nem muito larga, nem muito justa;

• O comprimento das calças muitas vezes é negligenciado, portanto,

lembre-se de levá-la a um alfaiate e fazer a barra;

• Atente para o tamanho e os desenhos dos bolsos, que devem

comportar ao menos sua carteira. Os desenhos formados pelas costuras

devem ser discretos. Preste atenção, também, no tamanho da

etiqueta da calça;

• Ao comprar suas calças, lembre-se que o jeans é um tecido

que irá ceder, portanto, não compre um número maior;

• Quer usar a barra das calças dobradas? A altura ideal da barra

encurtada é logo acima das canelas. Tenha em mente que, quanto

mais justo for o modelo, menos voltas são necessárias (em geral,

duas são suficientes). Você também pode alternar entre dobrar as

barras de forma mais certinha ou enrolá-las de um jeito mais despretensioso;

• Enfim, procure pela modelagem, tecido e lavagem que se encaixem

em seu estilo de vida. Modelagens mais largas concedem

liberdade de movimento e estabelecem relação com um estilo de

vida mais ativo e esportivo; já os jeans brutos e com poucos detalhes

transmitem uma sensação de elegância.

*Bárbara Lyra, consultora de moda.

Moda.

Coletiva | março • abril/2016

Coletiva | março • abril/2016


76

literatura |

77

Literatura.

Por que erramos?

O lado positivo de assumir

o erro

*José Garcia Neto

“Errar é humano” é uma frase

que repetimos desde os primórdios

de nossa civilização. Mas

este talvez seja o único momento

em que pensamos, ou no

mínimo temos a certeza, de que

“os outros” são mais humanos

do que nós. Sabemos que todos

cometemos erros, a espécie humana,

em geral, é falível. Mas

quando isso se refere a “mim”,

neste exato momento, a todas

as crenças que mantenho, aqui,

no presente do indicativo, de

repente toda essa apreciação

abstrata de falibilidade escapa

imediatamente pela janela mais

próxima, desaparece magicamente,

e não consigo pensar em

nada sobre o que eu possa estar

errado. E oW fato é que o tempo

presente é onde vivemos. É

no tempo presente que participamos

de reuniões; é no tempo

presente que vamos às urnas e

votamos; é no tempo presente

que decidimos o que comemos;

para onde viajamos; o que falamos;

quem amamos; enfim, no

que acreditamos. Então, efetivamente

acabamos viajando

pela vida presos a essa pequena

bolha onde nos sentimos muito

certos sobre tudo. Isso é um

problema que nos afeta demasiadamente

na vida individual

e coletiva, social e profissional.

Kathryn Schulz nos convence

com delicadeza, bom humor

e essencialmente inteligência

que sair desta bolha que nos

aprisiona é o maior salto moral,

intelectual e criativo que podemos

realizar. Então, por que nos

prendemos a esse sentimento

de que sempre estamos certos?

Emocionalmente, quando percebemos

que estamos equivocados,

nos sentimos humilhados,

“para baixo”, com vergonha, e

muitos outros sentimentos negativos.

Neste clarividente ensaio,

a autora nos mostra que isso

pode ser devastador, revelador e

até mesmo bem engraçado. No

entanto, estar simplesmente errado

não traz sensação nenhuma.

O problema é a percepção,

como no desenho animado em

que o “coiote correndo atrás do

pássaro papa-léguas, quando

termina o penhasco, continua no

ar numa boa e só despenca no

abismo quando olha para baixo

e tem consciência de que está

solto no ar” (enxerga o erro).

Ela nos ensina que culturalmente

somos convencidos de

maneira massacrante que só terá

sucesso aquele que não erra e

que sempre acerta. Essa sensação

de certeza que todos experimentamos

tão frequentemente

não é um guia confiável, pois

imaginamos que aqueles que

discordam de nós (que nunca

são poucos) são ignorantes, idiotas

ou mal-intencionados. Mil

e duzentos anos antes de Descartes

dizer “Penso, logo existo”,

Santo Agostinho disse “Fallo,

ergo sum” (Erro, portanto, existo).

Errar é humano. Ainda assim,

a maioria de nós passa a vida

presumindo que está certo sobre

quase tudo, desde a origem do

universo até como utilizar uma

máquina de café. A autora explora

por que achamos tão gratificante

estarmos certos e tão

angustiante estarmos errados, e

como essa atitude em relação ao

erro desgasta os relacionamentos

e piora a qualidade de vida

das pessoas.

Um livro cativante, escrito de

maneira sagaz, que nos convida

a fazer uma das perguntas mais

desafiadoras da vida: Por que

erramos? Por fim, se aceitarmos

o lado positivo do erro e viajarmos

profundamente neste livro,

poderemos realmente descobrir

o “nirvana”, e, para isso, talvez,

você só precise dar um passo

para fora daquele pequenino,

aterrador espaço de certezas e

olhar ao redor (um para o outro)

e fitar a vastidão, a complexidade

e os mistérios do universo

e ser capaz de dizer: “Uau, eu

não sei. Talvez eu esteja errado”.

Aproveite, erre mais. Leia um

pouco!

Por que erramos? O lado positivo

de assumir o erro

Autora: Kathryn Schulz

Editora: Larousse

Páginas: 368

Ano: 2011

Coletiva | março • abril/2016

Coletiva | março • abril/2016


78

turismo |

79

Turismo.

Há cerca de 620 milhões

de anos, um espetáculo

de formas, cores e texturas

começou lentamente a se

formar no Nordeste Goiano: o

complexo de cavernas da Terra

Ronca, no município de São

Domingos. Água, chuva, vento e

choques foram os agentes que

trabalharam a terra, primeiro

por fora, depois por dentro, em

um grandioso e paciente “projeto

artístico”. É tanto tempo

que, enquanto isso acontecia, os

continentes se separaram, os dinossauros

apareceram e desapareceram

e até surgiu um animal

que desceu das árvores e foi morar

em algumas dessas obras de

arte: o primo do macaco.

O fascinante

mundo

subterrâneo

do Cerrado

*Paulo José

Coletiva | março • abril/2016

Coletiva | março • abril/2016


80 | turismo

turismo |

81

As cavernas da região constituem um mundo

único, belo, diferente e instigante. É um dos

maiores complexos espeleológicos das Américas.

Visitá-las é uma experiência de contemplação

e mistério e também uma oportunidade

de olhar e testemunhar a longa passagem do

tempo. Ali marcada gota a gota por uma água

que, quase sem parar, vai levando e depositando

minúsculos grãos de rocha e formando impressionantes

esculturas ou espeleotemas - as

estalactites (que descem do teto) e as estaligmites

(que sobem do solo).

O principal ponto de convergência

é o Parque Estadual de

Terra Ronca, que reúne grutas

imensas e rios de águas claras e

mornas, em 57 mil hectares. São

quatro cavernas abertas ao público:

Angélica, São Bernardo,

São Mateus e Terra Ronca, todas

com incríveis salões que fazem

o visitante perder o fôlego. A

caverna que batiza o parque é

uma das maiores do Brasil, com

uma entrada de 120 metros de

largura por 96 metros de altura.

Os passeios duram de três a seis

horas, com trechos entre um

quilômetro e meio e três quilômetros

e variando de fáceis a

médios - mas podem ser expandidos

conforme o combinado.

Também é possível dormir

dentro das cavernas, o que

acontece em geral em locais

próximos a cursos d’água subterrâneos

por serem ventilados.

A segurança é garantida. Além

da quase inexistência de animais

nestes locais (exceto e às

vezes morcego), os turistas recebem

equipamentos apropriados

(como capacete e lanterna) e são

acompanhados de guias, que,

por sua vez, têm apoio de um

serviço de radiomonitoramento.

Os apaixonados garantem

que não se vai a uma caverna

apenas uma vez. Depois do

primeiro passeio, dizem, o visitante

“pega o vírus”, e voltar

outras vezes torna-se necessidade.

Magnetismo, obviamente,

tem de sobra. “É maravilhoso.

Não tem como não se encantar”,

afirma o guia Wellington Peskero,

que também é dono de uma

pousada no Povoado de São

João, a 40 quilômetros da cidade

de São Domingos. O que ele

diz é uma síntese do que seus

clientes dizem.

Coletiva | março • abril/2016

Coletiva | março • abril/2016


82

| turismo

Para quem quer sair da terra

e entrar na água há ótimos pontos.

Os mais conhecidos são a

cachoeira São Bernardo, que tem

lindas veredas ao redor; a cachoeira

Palmeiras e seus poços de

águas cristalinas; e a cachoeira

de Gericó. Ver o pôr do sol em locais

incríveis e conhecer o Lago

de São Domingos completam o

passeio. É possível também fazer

rapel, escalada esportiva e

moutain bike.

Além de turistas, o complexo

de Terra Ronca atrai pesquisadores

do mundo inteiro, sobretudo

franceses, grandes interessados

em espeleologia. Nos últimos

anos, tornou-se um novo território

para os movimentos alternativos

brasileiros, aqueles que

propõem vida comunitária e

perto da natureza, permacultura

e vegetarianismo, dentre outras

coisas. Mais tradicional e centenária,

acontece ali todo mês de

agosto a Romaria do Bom Jesus

da Lapa, que durante uma semana

reúne milhares de pessoas de

diversos estados. É quando a caverna

torna-se um altar.

Laboratório Unimed - Unidades

Como chegar:

Unidade Central:

Av. Mutirão, nº 2762, Setor Bueno.

BR-060 (Goiânia-Brasília),

BR-020 (Brasília-Posse-

Trevo para São Domingos)

e GO-463 (Trevo-São

Domingos).

Total de 658 quilômetros.

Unidade Centro Clínico :

Rua 104, nº 90, Setor Sul.

Unidade Centro Médico

Valéria Frota:

Rua 9-A, nº 160, Setor

Aeroporto.

Unidade Aparecida:

Av. Rio Verde, em frente

ao Buriti Shopping,

Jardim Luz.

Unidade SAU I

(exclusivo para Urgência

e Emergência):

Rua 9-B, nº 18, Setor Oeste.

Fotos: Valdir Araújo, Goiás Turismo.

RESULTADOS VIA WEB

www.unimedgoiania.coop.br

Dr. Ailton Cabral Fraga Junior

Médico Responsável Técnico

CRM 8636-0

SAC: 3216-8000 / 0800 642 8008

Goiânia

Coletiva | março • abril/2016


CORRETORA

DE SEGUROS

UNIMED

A Corretora Unimed

trabalha com todos

os tipos de seguros

e com as melhores

seguradoras do mercado.

Conheça todas as modalidades e descubra o seguro ideal para você,

sua família e sua empresa.

SEGUROS INDIVIDUAIS

• Automóveis

• Residencial

• Vida

• Acidentes Pessoais

• SERIT – Seguro de Renda

por Incapacidade Temporária

• RC Profissional

• Previdência Privada

• Outros

SEGUROS PARA EMPRESA

• Automóvel

• Frota

• Condomínios

• Seguro de Pessoas

• Empresarial

• Responsabilidade Civil

• Risco de Engenharia

• Garantia de Obrigações Contratuais

• Outros

Unimed Corretora

Av. T-9, nº 276, Setor Marista.

Fone: (62) 3216-8700

Deixe a segurança do que

você preza com quem

você conhece. Corretora

Unimed 23 anos.

More magazines by this user
Similar magazines