REVISTA BASEBALL ESCOLAR 2

danielbryumpu

01


BASEBALL ESCOLAR/

O Projeto Social Baseball Escolar teve início

no segundo semestre do ano de 2012,

com a instauração do primeiro núcleo

na Escola Municipal Equador, em Vila

Isabel, com um atendimento de 17

c r i a n ç a s . N o a n o d e 2 0 1 3 f o r a m

i n i c i a d a s a s a t i v i d a d e s n a E s c o l a

Alfredo de Paula Freitas, em Irajá, se

tornando o maior núcleo do projeto,

atendendo 28 crianças e apresentado

para elas uma nova metodologia de

ensino esportivo, através da prática do

baseball. Após o sucesso dos dois

primeiros núcleos, um novo foi aberto

na Vila Olímpica Artur da Távola, no

bairro de Vila Isabel em 2014, porém o

projeto não obteve a durabilidade

necessária por falta de iniciativa

pública e privada para manter as aulas

n o l o c a l . N o s e g u n d o s e m e s t r e

i n i c i a r a m a s o p e r a ç õ e s n a V i l a

Olímpica de Ramos, a qual durou até o

mês de agosto de 2015, por falta de

profissionais capacitados para darem

andamento ao trabalho. Ainda em

2014 um novo núcleo foi inaugurado

no CAP FEUDUC, na cidade de Duque

de Caxias, atendendo 46 crianças no

local. No ano de 2016 ainda nos

reservou a criação do polo na escola

americana, contando com mais de 50

c r i a n ç a s e j o v e n s p r a t i c a n d o o

Beisebol.

Com a realização do Projeto Social

Baseball Escolar, a ADB, com o

fundamental auxílio dos parceiros

com destaque para o Consulado

Suíço, conseguiu levar a mais de 130

crianças e adolescentes a inclusão

social através do esporte, dando

opções e massificando a prática da

modalidade, algo que agora em 2016

tivemos a notória notícia da inclusão

como modalidade olímpica, o que

multiplica os horizontes desta

empreitada.

02


03


OS NÚCLEOS ATINGIDOS

EM 2016/

O Projeto Social Baseball Escolar, com o fundamental auxílio do Consulado

Suíço em 2016, conseguiu levar a mais de 130 crianças e adolescentes a

inclusão social através do esporte, dando opções e massificando a prática da

modalidade, ainda mais agora que tivemos a notória notícia da inclusão do

Beisebol como modalidade olímpica, o que multiplica os horizontes desta

empreitada.

IRAJÁ 1

Na Praça da Rosa, situada a Rua Manoel Wanderley, no bairro de Irajá/RJ, as

aulas são realizadas nas quintas-feiras de 19:30 as 21:00, atendendo 25 alunos,

entusiastas e promissores atletas da modalidade, estas aulas são ministradas

pelo professor Joseilton Braz.

IRAJÁ 2

Situada na Praça Ferreira Souto (Praça da Vila), também no bairro de Irajá/RJ a

rua Fernandes Gusmão, 354, possuem treinos realizados todas as quartas-feiras

entre 20:00 e 21:30, também ministrados pelo orientador Joseilton Braz.

CAXIAS

Na FEUDUC em Duque de Caxias, situada a Av. Governador Leonel de Moura

Brizola, 9442, no bairro de São Bento, ocorrem aulas todas as sextas-feiras,

entre 14 e 16:30, atendendo 30 jovens, supervisionados e coordenados

também pelo nosso companheiro Joseilton Braz, auxiliado pelo Matheus Guida.

ESCOLA AMERICANA – GÁVEA/ROCINHA

No bairro da Gávea, situada na Estrada da Gávea, 132, fica localizada a Escola

Americana, que dispõe do maior núcleo do projeto, atendendo 50 jovens todos

os domingos, nos horários de 08:00 as 12:00, com aulas ministradas pelos

professores Joseilton Braz, Matheus Guida, Julio Calazans, Randolfo Vivorio,

Jolnel Chaparro e nosso coordenador, Uilson Oliveira.

DUQUE DE CAXIAS

Na Vila Olímpica de Duque de Caxias, situada a Rua Garibaldi, no bairro Jardim

25 de Agosto, ficou localizado nosso 5º núcleo, que atendeu inicialmente 12

jovens promissores, aos sábados, nos horários de 09:00 as 10:30, com aulas

ministradas pelo companheiro Joseilton Braz.

04


05


BENEFICIADOS/

A proposta do projeto para o ano de 2016 seria o atendimento à 110 crianças

e adolescentes, ao longo destes meses de execução, porém conseguimos

atender até 140 jovens com a abertura do 5º polo em Caxias, o que

demonstra o poder do esporte, e muito mais do que isso, a ativação do

sonho infantil de poder desenvolver uma prática esportiva e, acima de tudo,

auxiliar nos hábitos saudáveis e promissores de toda uma geração.

NÚCLEOS ATENDIDOS: 5 ALUNOS ATENDIDOS: 140

60 HORAS DE TREINAMENTOS TODOS OS MESES

IDADES DOS ALUNOS VARIANDO DE 4 A 16 ANOS

06


DEPOIMENTOS/

“O Projeto Social Baseball tem uma importância muito grande na vida da minha

filha, pois faz com que ela tenha uma vida mais saudável, uma disciplina regular,

ajuda a tirá-la das tensões e possíveis preocupações do dia a dia, sem contar que a

incentiva na prática de esportes. Percebi que houve uma melhora no seu humor e

ela ficou menos estressada desde que começou a fazer o Baseball.“

Anna, mãe da Anna Clara (Núcleo de Irajá 1)

“A minha importância para o baseball e que me ajuda a melhorar minha mira no

braço, vocês também influenciam a trabalhar em equipe e isso e muito importante

em qualquer esporte ou jogo perdemos e ganhamos juntos, foi o que o baseball

escolar me ensinou.”

Hudson (Núcleo de Irajá 2)

“Saí do Rio de Janeiro, para treinar em São Paulo, e é um orgulho

fazer parte deste projeto, ser fruto desse sonho.”

Leonardo (Núcleo Caxias)

07


DEPOIMENTOS/

“Desde quando entrei no projeto baseball Escolar, gostei muito porque antes disso

eu não fazia nenhum tipo de esporte. O baseball é um tipo de esporte muito

diferente, porque não é muito comum aqui no Brasil. Estou praticando há uns 7

meses e aprendi muitas coisas boas como jogar o baseball, além disso aprendi

bastante disciplina e companheirismo com o time todo.”

Indiara Oliveira (Núcleo Rocinha – Escola Americana)

“Wallace se desenvolveu muito no basebol inclusive melhorou muito na escola

devido a exigência das notas.’’

Dona Rosália, mãe do Walace e Alexandre (Núcleo Caxias 2)

“O Baseball vem mostrando que na vida não é só ganhar, temos de aceitar as

derrotas também. Quanto ao comportamento de ambos, nossa como mudou. Saber

esperar, ter paciência, e concentração. Ajudou muito na escola, eles se sentem

orgulhosos quando dizem para os amigos e conhecidos, que praticam o esporte.

Sou mãe e sou grata ao Sr.Uilson e Wilton Braz pela oportunidade que nos cedeu.

As crianças amam Baseball.”

Sabrina, mãe do Gabryel e da Julya (Núcleo da Rocinha)

Núcleo Rocinha – Escola Americana

08


09


BASEBALL

ESCOLAR 2017/

O Projeto Social Baseball Escolar confia que o Brasil tem um potencial enorme na

modalidade do beisebol, carecendo de investimento para desenvolvê-lo

plenamente.

Por isso em 2017 existe uma grande esperança de desenvolver o máximo o

esporte e ajudar centenas de crianças com o projeto social que ano após ano

vem crescendo e mudando a vida de diversos jovens.

O trabalho será feito aos finais de semana com crianças e adolescentes a partir

dos 4 anos, vislumbrando em médio prazo, o ambientar da modalidade, o vínculo

ao ensino da língua inglesa, e a promoção e integração dos países envoltos ao

esporte. Em longo prazo, garotos que mostrassem aptidão especial e desejo de ir

além, poderiam ser encaminhados para seguir uma eventual carreira.

No início, eram utilizados materiais cedidos e adquiridos pessoalmente, em 2013,

porém, a iniciativa chamou a atenção da Major League Baseball (MLB), a maior e

mais importante liga da modalidade no mundo, que passou a apoiar com a

doação de equipamentos e a capacitação de professores, estimulando a vontade

de crescer em cada jovem, proliferando e estruturando sonhos ao alcance de

todos. Com novos apoiadores e patrocinadores teremos um 2017 transformador

para centenas de jovens e crianças.

48 NOVOS NÚCLEOS

200 HORAS DE TREINAMENTO MENSAL

500 NOVOS ALUNOS

DESCOBRIR NOVOS TALENTOS

10


11


NECESSIDADES DO

PROJETO/

Uma nova vitória do baseball foi sua inclusão no próximo calendário olímpico

em Tóquio 2020, o que nos permite sonhar com a evolução do esporte no

país, um imenso horizonte a se vislumbrar e um potencial gigante pela frente,

com a ambição da abertura de 48 núcleos em 2017, beneficiando 500 crianças

e adolescentes, um sonho palpável e fruto de harmonia, suor e parceria.

PROFESSORES

Responsáveis por ministrar as aulas nos núcleos.

UNIFORME

Aquisição de uniformes para os alunos matriculados, profissionais e colaboradores

nos núcleos.

COORDENAÇÃO OPERACIONAL

Serviço responsável pelo cadastramento dos alunos, acompanhamento das

atividades, registro fotográfico das atividades e preparação dos relatórios.

COORDENAÇÃO TÉCNICA

Serviço responsável pelo acompanhamento técnico, montagem e acompanhamento

dos planos de aula, acompanhamento das atividades e

acompanhamento pedagógico.

TRANSPORTE

Locomoção dos alunos matriculados nos núcleos para atividade alusiva ao

projeto.

Valor do Projeto : R$ 280.000,00

12

More magazines by this user
Similar magazines