Abril/2016 - Revista VOi 129

jota.2016

Grupo Jota Comunicação

Alok

Petrillo

GOSTO DE ARTE COM

PERSONALIDADE. PRECISAVA

OPTAR POR UM CAMINHO E

ESCOLHI O DA MÚSICA

BEM-ESTAR

CORPO E MENTE

SAUDÁVEIS EM

TODAS AS IDADES

DODGE CHALLENGER:

PAIXÃO POR CARROS PASSA DE PAI PARA FILHO


CALÇADOS, ROUPAS E ACESSÓRIOS

PALLADIUm SHOPPING | PONTA GROSSA - PR

PARKSHOPPING BARIGUI | OUTLET: RUA ALFERES ÂNGELO SAmPAIO, 1754 | CURITIBA - PR

AIX-EN-PROVENCE BUENOS AIRES CANNES JOHANNESBURGO HOLLYWOOD LAS VEGAS NICE ORLANDO PUNTA DEL ESTE RIO DE JANEIRO SÃO PAULO

550 lojas - 18 países


@carmensteffens

CarmenSteffensOnline


• EDITORIAL

CAPA

O top DJ Alok Petrillo estampa a

capa da VOi. Ele foi clicado por

Gustavo Arrais, com stylist de Rhelden

Spirandelli e produção executiva de

Tatiane Zeitunlian

SUCESSO SEMPRE

Tradicionalmente todos os anos, a Revista VOi planeja uma festa especial de

aniversário que acontece no mês de setembro. Visando atender à necessidade

de nossos anunciantes, realizaremos durante o decorrer do ano ações pontuais

com eventos casados com nossos investidores. Serão eventos focados na criação

de ambiente favorável à geração de negócios entre os anunciantes. No mês que

passou, aconteceu o primeiro deles, a inauguração da nova casa da cervejaria

Coruja, e graças a Deus, como de costume, foi um grande sucesso. A empresa

de origem gaúcha escolheu Curitiba para expandir seus negócios, sendo a única

do gênero a ser inaugurada fora do Rio Grande do Sul. Se depender do evento de

lançamento e da qualidade da bebida, bem como, do atendimento e localização,

o empreendimento será um sucesso. É dessa forma que esperamos combater

o momento mórbido vivido pela nossa economia, incentivando a geração de

negócios, sem depender de ações incipientes de nossos governantes. Mais uma

ação bem-sucedida da Revista VOi. Parabéns aos nossos colaboradores e Clientes

que atenderam ao nosso chamado.

Gratidão a todos!

Pedro Bartoski Jr.

Diretor-executivo Revista VOi

SUCCESS ALWAYS

EDIÇÕES ANTERIORES

Traditionally every year, Revista VOi plans a special birthday party, in

September. However, in order to meet the many needs of our advertisers, we

will be undertaking several timely actions throughout the year that include events

tied in to our benefactors. These events are focused on the creation of favorable

environments for the generation of new business amongst our advertisers. In the

past month, the first of them took place with the inauguration of the new home

for the brewery Coruja in Curitiba, and gratefully, as usual, it was a big success.

The Company, headquartered in the State of Rio Grande do Sul, chose Curitiba

to expand their business, being the only one of its kind to be opened outside

of Rio Grande do Sul. If it depends on the launch event and the quality of the

beverage, as well as the service and location, the venture will be a success.

This is the way we hope to combat the gloomy moment we are living through

economically, encouraging the generation of business, without relying on any

incipient actions of our Government. Another successful action carried out by

Revista VOi. Congratulations to those who work with us and our clients who

answered our call.

Gratitude to all!

Pedro Bartoski Jr.

Executive director Revista VOi

06


AJUDOU A CRIAR

UM DOS MAIORES

SUCESSOS DA INTERNET.

E HOJE O SEU TRABALHO

E FAZER RIR.

João Vicente de Castro começou

a sua carreira de publicitário aos

20 anos, passando pelas maiores

agências do Brasil. Mas decidiu largar

tudo para criar um dos maiores

sucessos da internet: o Porta dos

Fundos. Hoje, é empresário, ator,

escritor, comediante e apresentador,

mas acha que isso é só o começo.

JOÃO VICENTE

É UM HOMEM QUE REALIZA.

ParkShoppingBarigüi - Piso Superior


• EXPEDIENTE

Bastidores

Foto: Valterci Santos

01

01 • TEST DRIVE

Momento diversão durante a sessão de fotos para o Test

Drive desta edição. O fotógrafo Valterci Santos fez um

click do pequeno Augusto Cavalcante, um apaixonado

por carros

Foto: Mauricio de Paula

02

02 • CUSTOMIZAÇÃO

Momento espontâneo registrado pelo fotógrafo Mauricio

de Paula na reportagem Principal. Na foto, a repórter

Larissa Angeli, entrevista o customizador de Harley-

Davidson, Celio Dobrucki

Foto: Mauricio de Paula

03

03 • VISITA

A repórter da VOi, Larissa Angeli, visitou o Workset

Coworking e conversou com o coordenador administrativo

do empreendimento William Jasinski e com a responsável

pelo marketing, Jessica Gelenski, sobre as novidades da casa

Ano XIII • Edição n.º 129Abril 2016

Year XIII • Edition n.º 129 • April 2016

A Revista VOi é uma publicação da

JOTA Editora

Rua Maranhão, 502 - Água Verde

CEP 80610-000 - Curitiba (PR) - Brasil

Fone/Fax: +55 (41) 3333-1023

Veículo filiado a:

JOTA COMUNICAÇÃO

Diretores/Directors:

Comercial - Fábio Alexandre Machado

Executivo - Pedro Bartoski Jr.

revistavoi@revistavoi.com.br

Negócios - Joseane Knop

joseane@jotacomunicacao.com.br

JOTA EDITORA

Diretores/Directors:

Comercial - Fábio Alexandre Machado

Executivo - Pedro Bartoski Jr.

revistavoi@revistavoi.com.br

Redação/Writing:

Editor: Rafael Macedo

editor@revistavoi.com.br

Larissa Angeli

Murilo Basso

jornalismo@revistavoi.com.br

Projeto Gráfico/Graphic Design:

Supervisão: Fabiana Tokarski

Fabiano Mendes

Bruce Cantarim

Fernanda Domingues

criacao@revistavoi.com.br

Colaboradores/Colaborators:

Fotógrafos: Mauricio de Paula e

Valterci Santos

Depto. Comercial/Sales

Department:

Tatiana Massaro

comercial@revistavoi.com.br

Fone: +55 (41) 3333-1023

Colunistas/Colunists:

Guilherme Klopffleisch

Mônica Gulin

Tufy Geara

Valterci Santos

Depto. de Assinaturas/Subscription:

Coordenação - Monica Kirchner

Alessandra Reich

assinatura@revistavoi.com.br

Ligação gratuita:

0800 600 2038

Na Rede

www.facebook.com/revistavoicuritiba

www.revistavoi.com.br

A Revista VOi é uma publicação mensal e independente, dirigida ao público curitibano, a turistas, rede hoteleira e gastronômica de Curitiba. A VOi não se responsabiliza por conceitos emitidos em artigos e colunas assinadas, por

serem de responsabilidade de seus autores. A utilização e reprodução pode ser feita desde que informada e citada a fonte. A Revista VOi também não se responsabiliza por fotos de divulgação, bem como, por anúncios e imagens

enviadas por terceiros, por entender serem de responsabilidade de seus produtores.

VOi is a monthly and independent publication directed at the public, tourists, hotel chains and gastronomy in Curitiba. VOi does not hold itself responsible for the concepts contained in the articles and columns signed by others.

These are the exclusive responsibility of their authors. The use and reproduction of any part of the publication can be carried out as long as the source is duly noted and cited. VOi is also not responsible for photographs that are part

of any divulgation, as well for advertisements and images supplied by others, and understands that they are the exclusive responsibility of those who produced them.

08


• SUMÁRIO

06

Editorial / Sucesso sempre

Editorial / Success always

08

Expediente

20

Moda

Talento natural

12

14

20

28

Cartas

Notas

Moda / Talento natural

Entrevista / Alok Petrillo

Interview / Alok Petrillo

34

Principal / Arte sobre rodas

40

Motivação / Show motivacional

42

Interiores / Sono perfeito

44

Empreendimento / A revolução do coworking

46

Transformação / Dia da noiva

48

Vitrine

50

50

56

Conceito / Cor e sabor

Coluna / Provopar

58

Coluna / Joias eu uso por Tufy Karam Geara

60

Coluna / Acesso à cultura por Guilherme Klopffleisch

61

Coluna / Talento em foco por Valterci Santos

72

62

64

72

77

Coluna / Eventos by Mônica Gulin

Click

Caderno gastronômico

Bem-Estar

80

Test drive / Amor por carros

Test drive / Love for cars

84

Cultura

86

Histórias / Portão 14

80

10


• CARTAS

NA MÍDIA

Capa da Edição 128/Março

com o atiz Giovanna Lancellotti

A repercussão do evento realizado no novo

bar/loja de Curitiba, Toca da Coruja, foi um sucesso.

Muitas pessoas curtiram e compartilharam

o álbum com as fotos da festa. O Mister Curitiba

Mundo 2016, Lucas Lázzaris, deu uma palhinha

do ensaio fotográfico feito para essa edição da

VOi e também foi destaque.

Quero parabenizar a VOi pelo trabalho. A Revista é top!

Ivana Silvério, Curitiba (PR)

A VOi tem muita qualidade nas reportagens e beleza nas fotos.

Parabéns à equipe. Continuem fazendo esse trabalho lindo.

Paula Chaves, Curitiba (PR)

Adoro as dicas gastronômicas da VOi. Os restaurantes são variados

e atendem a todos os paladares. Já fui com a minha esposa em

alguns e nunca me decepcionei.

Júlio Souza, Curitiba (PR)

Parabéns pela reportagem sobre o Largo da Ordem. Fico feliz que

a VOi destaque as belezas de Curitiba. Muitas vezes nós curitibanos

não damos valor em toda a preciosidade que temos na nossa cidade.

Rafaela Almeida, Curitiba (PR)

Estão lindas as fotos da atriz Giovanna Lancellotti. O editorial

estava muito bem produzido. Gostei bastante da entrevista. Achei

a atriz bem madura e determinada. Com certeza irá longe. Agora

estou ansiosa para ver a próxima capa. Quem Será?

Flávia Fontes, Curitiba (PR)

Gostaria muito de ver uma capa com a atriz Bel Kutner. Muito

obrigado! Espero ser atendido.

Filipe Lipinho, São Paulo (SP)

Equipe da VOi, estou curtindo muito a Revista e quero ser a próxima

selecionada para participar da transformação. Adoro o quadro.

Dirlei do Rocio Silva, Almirante Tamandaré (PR)

NA REDE

www.facebook.com/revistavoicuritiba

www.revistavoi.com.br

12


WWW.FUNDARTE.COM.BR

Atuamos principalmente na área residencial, na fabricação

e montagem de portões, portas, grades, corrimão, estrutura

de escada, escada caracol, guarda-corpo e móveis em

ferro forjado e alumínio

FÁBRICA

41 3076 6898 | 9866 8283

Rua Epaminondas Santos, 2805

Bairro Alto - Curitiba - PR

SHOWROOM

41 3257 6090 | 3053 6090

Rua Estados Unidos, 1713

Boa Vista - Curitiba - PR


• NOTAS

Linda

na lua de mel

Foto: Revista VOi

Pronta para

consumo

Hábitos saudáveis são essenciais para a qualidade de vida.

Entre eles a alimentação está no topo da lista de prioridades

que devem ser cuidadas com uma atenção especial.

Entretanto, na correria do dia a dia, muitas vezes falta tempo

para mantê-la saudável. Para facilitar nesse quesito a Fruit

of Life entrega frutas higienizadas prontas para consumo

no trabalho, evento, escola ou em casa. Os pacotes são

diferenciados de acordo com o número de pessoas e têm

duas categorias de frutas, ambas em potes de 250 gramas.

Quem está à frente da empresa é a engenheira de produção

Stephanie Koller que trouxe a ideia da Alemanha, país em

que fez mestrado.

Maio é o mês das noivas, e todas gostam de estar com

tudo em cima para o grande dia. Mas a lua de mel também

merece uma atenção especial. Para colocar as pernas de fora

sem medo de fazer feio, a pedida são os tratamentos para

varizes e varizecoses que podem ser realizados - dependendo

do grau - no próprio consultório. O método mais moderno,

e menos invasivo, é o laser Evlt, cuja recuperação

completa demora em média cinco dias. Já a aplicação

- também chamada de escleroterapia - é um tratamento

sem necessidade de cirurgia. “Este procedimento é muito

utilizado em casos estéticos. As veias obstruídas são secadas,

deixando as pernas lisinhas e com o aspecto desejado”, frisa

o cirurgião vascular Dr. Rodrigo Colatusso.

Dr. Rodrigo Colatusso

Mais informações: www.varizeslaser.wix.com/laser

Foto: Fabio Ortolan

Coquetel de inverno

As sócias da Bazaar Fashion Andréa Omeiri,

Solange Elias e Márcia Almeida armaram um

trunk show de lançamento da coleção de

inverno da grife Olympiah.

As convidadas puderam conferir o resultado

da sessão de fotos feita em homenagem ao

Dia Internacional da Mulher. Mulheres da

sociedade foram fotografadas na maison pelas

lentes de Mehjji Moana e produzidas por

Leonardo Guedes e Leo Zaniboni. No evento

ainda foram arrecadados chocolates para a

Campanha de Páscoa do Provopar Estadual.

Rafaella Omeiri, Auro Ottoni

e Andréa Omeiri

Simone Porate e Maria

Carolina Vieira

Andréa Omeiri, Cesar

Monteiro e Márcia Almeida

Fotos: Naideron Jr.

14


Escolha certa

A festa Party at The Mall, realizada no Park Shopping Barigüi , contou com a participação da sociedade curitibana e de

empresários da capital. Entre eles, César Franco e Charles Bonissoni tiveram lounges exclusivos para receber seus convidados.

Ambos estavam vestidos by Aramis – marca de roupas masculinas com linhas para todas as ocasiões, do formal ao casual. A

marca tem uma loja na capital no mall e participou da festa com esta ação e com uma degustação de cervejas especiais para os

clientes.

Os anfitriões de um dos

lounges Roberta Busato

e Charles Bonissoni

(vestindo Aramis) com

Rafa Magno (centro)

Foto: Valterci Santos

César Franco e Norma

Camargo, anfitriões de

outro lounge na party

Foto: Valterci Santos

Shopping day

Já começou a contagem regressiva para a VIII edição do 2Get

Sale que será realizado 29 e 30 de abril. Este ano a ação - que

traz a proposta de unir compras, música, gastronomia e ação

social em um mesmo local - será no espaço Villa Augusta

Eventos. Durante os dois dias, serão arrecadadas latas de leite

em pó que serão doadas ao Provopar Estadual, presidido por

Carlise Kwiatkowski.

Foto: Diego Pisante

Cervejas

premiadas

A cervejaria Bodebrown, de Curitiba, fez bonito no Festival

Brasileiro da Cerveja. A fabricante faturou oito medalhas e

o troféu de terceira melhor cervejaria do país no concurso

realizado em Blumenau (SC). Foram duas medalhas de ouro,

quatro de prata e duas de bronze. Esta não é a primeira vez

que a marca capitaneada por Samuel Cavalcanti fica entre

as três melhores do país: em 2013 e 2014 levou o primeiro

lugar.

Foto: divulgação

ABRIL 15


• NOTAS

Imagem: divulgação

Curitiba

desvendada

Está pronta a edição 2016 do Guia

Abrasel Paraná, organizado pela Abrasel-

PR (Associação Brasileira de Bares e

Restaurantes - Paraná). Considerado

o mais completo roteiro turístico,

gastronômico e de lazer do Estado,

o guia traz informações necessárias

para que o público possa conhecer

os encantos da cidade de Curitiba.

Com 120 páginas o livro apresenta

informações completas de mais de 300

empreendimentos gastronômicos da

cidade. “O Guia Abrasel Paraná 2016

consegue reunir tudo o que é necessário

para que as pessoas tenham programas

fantásticos por aqui”, detalha Jilcy Rink,

presidente da Abrasel (PR).

CULTURA

Um grande passo foi dado para a

preservação da história e cultura

curitibana. Acaba de ser sancionada

a Lei de Proteção do Patrimônio

Cultural de Curitiba. A nova lei

trata de instrumentos fiscais que

permitirão a preservação dos

imóveis e bens imateriais como

a criação do Funpac (Fundo de

Proteção ao Patrimônio Cultural)

e do Conselho Municipal do

Patrimônio Cultural. Com medidas

de incentivo à preservação, o

projeto prevê a redução do valor do

Iptu e o enquadramento em leis de

incentivo à cultura.

Viagem

dos sonhos

em

ALTA

em

baixa

A agência NomadRoots - Viagem e Conhecimento promoveu um evento

exclusivo para apresentar os roteiros da companhia de cruzeiros de luxo

Crystal Cruises. Os participantes conferiram uma seleção de roteiros

náuticos em pequenos iates de luxo com acesso a destinos únicos pelo

mundo. O evento, que levou o nome de Wanderluxe, foi fechado para

convidados e contou com a participação da diretora da companhia,

Juliana M. Schmidt. Durante o bate-papo foi apresentado o Crystal Yacht

Cruises e o iate Crystal Esprit, com capacidade para 62 hóspedes, que já

opera desde dezembro de 2015. Entre os etinerários do iate estão Ilhas

Seicheles, Dubai, Itália, Grécia e Croácia.

Foto: divulgação

VIOLÊNCIA

Alguns episódios ocorridos nos

últimos meses vieram reforçar o

caos que está a segurança pública

na capital. Mais uma vez o Parque

Barigui ilustra a lista. Uma mulher

sofreu uma tentativa de estupro

enquanto praticava exercícios em

um dia de semana durante a manhã.

De noite, dois restaurantes em

Curitiba foram alvo de quadrilhas

que praticam arrastão, ambos os

episódios acabaram em tiroteio.

16


Incentivo

à leitura

Com o tema Autores Paranaenses, o Sesc Paraná lança um novo

projeto: o Clube de Leitura. Será um espaço de interação com o

livro e a leitura de maneira lúdica e estimulante que durante 2016

refletirá sobre o Paraná, trabalhando obras literárias de autores

locais disponíveis no acervo bibliográfico de cada unidade.

Três públicos serão atendidos pelo clube, com programações

e cronogramas específicos. Aos estudantes do contraturno

escolar das redes municipais e estadual; à comunidade em geral

interessada no projeto serão promovidos encontros quinzenais,

de março a agosto; aos professores, será ofertada formação

continuada, com encontros bimestrais. O projeto ocorrerá

simultaneamente em 27 unidades do Sesc espalhadas pelo

Paraná.

Imagem: divulgação

Arte

catarinense

A Apap/PR (Associação Profissional dos Artistas

Plásticos do Paraná) está em cartaz com a exposição

Proibido para Humanos, do artista plástico Celso

De Bruns. Nesta mostra, ele expressa por meio

de imagens, suas paixões: a agronomia e as artes

visuais. Natural de Joinville, Celso formou-se em

engenharia agrônoma pela Ufpr (Universidade

Federal do Paraná). As obras podem ser visitadas até

dia 22 de abril na sede da Apap.

Foto: divulgação

Todos contra

o mosquito

A Med Prev realizou um evento para alertar e conscientizar a

população de Campo Largo (PR) sobre os perigos da dengue,

chikungunya e vírus zika, doenças transmitidas pelo mosquito Aedes

aegypti. A ação disponibilizou para a população local exames de

glicemia, massagens, voos panorâmicos de helicóptero - realizados

pela Aerosigma - sorteio de brindes e para a criançada: pipoca,

algodão doce e brinquedos infláveis. Foram parceiros da ação Revista

VOi, Bio Lag, Caiobá FM, Plannus Outdoor e Difusora 590 AM.

Foto: divulgação

ABRIL 17


• NOTAS

Beleza curitibana

Lucas Lázzaris, o atual Mister Mundo Curitiba, fez bonito no

concurso Mister Paraná 2016 e trouxe para Curitiba a faixa

de vice-campeão. O concurso é o maior evento de beleza

masculina do Estado e por ele já passaram grandes nomes,

como os dos ex BBB’s Rodrigão (2011) e Eliéser Ambrósio

(2010).

Lucas disputou o concurso Mister Mundo Curitiba em

novembro de 2015, deixando para trás outros 30 candidatos.

O evento foi uma Promoção de Leandro Anthony, diretor da

Station Models Curitiba, que desde então veio preparando o

modelo para o Mister Paraná.

O Mister contou com o apoio do ator Global Paulo

Dalagnoli e de seu assessor Ângelo Barbosa que lhe deram

dicas de como se portar em público e técnicas para as

entrevistas que aconteceram durante o concurso.

Além de disputar o título máximo da beleza paranaense,

Lucas exerce a função de auxiliar administrativo e analista

financeiro. Ele divide a sua repleta agenda entre academia,

aulas de teatro e interpretação, projetos sociais, consultas a

esteticistas e dentista, além dos trabalhos como modelo.

Ficha Técnica

Fotos: Henrique Marques Gandolfi | Modelos: Lucas Lázzaris (Mister Mundo Curitiba) e Aline Provenzi (Miss Universo Curitiba)

Make e Hair : Marcial F. Eugênio | Styling & stylist : Robson Cunha | Direção de fotografia : Marlon Yuri Neduziak

Acessórios : Luzia Maria A Caron Fabrijoux! | Modelos vestem : Ângelo Antonio e Maison Valentine

Locação: Studio Phoenix e Phoenix Fênix Bar

18


CAU/PR A345890

Arquiteto, Urbanista, Paisagista e Light Designer

Projeto, consultoria, administração

e execução de obras nas mais

diversas áreas de arquitetura,

interiores, paisagismo, e

lumonotécnico. Atendendo

Curitiba, Região Metropolitana,

além de outros Estados.

ARQUITETURA CORPORATIVA

PAISAGISMO

ARQUITETURA RESIDENCIAL

REFORMA RESIDENCIAL

ARQUITETURA DE INTERIORES

| 41 3353-2460 | 41 3205-2460 |

| Rua São Pio X, 849 | Ahú |

| Curitiba PR | 80540-240 |

| arquiteto@viniciustrevisan.com.br |


• MODA

T-Shirt - HUGO BOSS

www.hugoboss.com

Capa e calça - RATIER

www.ratier.com.br

Pulseira e anéis - ARMANI

www.armani.com

Pulseiras - FOSSIL

www.fossil.com

20


ELEITO DUAS VEZES CONSECUTIVAS

O MELHOR DJ DO BRASIL, ALOK

PETRILLO SE CONSOLIDA COMO

O GRANDE NOME DA MÚSICA

ELETRÔNICA BRASILEIRA

Ficha técnica:

Fotógrafo: Gustavo Arrais

www.gustavoarrais.com.br

Stylist: Rhelden Spirandelli

Beauty&Hair Artists: Ricardo Daigo

Assistente Beauty&Hair Artists: Day Lopes

Produção Executiva: Tatiane Zeitunlian

www.tatianezeitunlian.com.br

Locação: Brooklin (SP)

ABRIL 21


• MODA

T-Shirt - HUGO BOSS

www.hugoboss.com

Capa e calça - RATIER

www.ratier.com.br

Pulseira e anéis - ARMANI

www.armani.com

Pulseiras - FOSSIL

www.fossil.com

Tênis - NIKE

www.nike.com

22


ABRIL 23


• MODA

Camisa - ALL SAINTS

www.allsaints.comriaca

Calça - RATIER

www.ratier.com.br

Pulseira e anéis - ARMANI

www.armani.com

Pulseiras - FOSSIL

www.fossil.com

Tênis - ADIDAS SUPERSTAR

www.adidas.com

24


Camisa - RATIER

www.ratier.com.br

Calça - CAVALERA

www.cavalera.com.br

Pulseira e anéis - ARMANI

www.armani.com

Pulseiras - FOSSIL

www.fossil.com

Tênis - ADIDAS SUPERSTAR

www.adidas.com

ABRIL 25


• MODA

26


T-Shirt - PRINT CULTURE

printculturestore@gmail.com

Harness - RATIER

www.ratier.com.br

Calça - CAVALERA

www.cavalera.com.br

Pulseira e anéis - ARMANI

www.armani.com

Pulseiras - FOSSIL

www.fossil.com

Tênis - NIKE

www.nike.com

ABRIL 27


• ENTREVISTA

28


Alok

Petrillo

Por Murilo Basso

Fotografia: Gustavo Arrais

É

difícil encontrar alguém com tanto domínio sobre a música eletrônica como Alok Petrillo. Talvez

a melhor explicação para o talento do jovem músico é estar no meio desde criança: natural

de Goiania (GO), ele é filho de Ekanta e Swarup, DJs pioneiros na música eletrônica nacional.

Desde criança esteve imerso no meio e respirando música, aos 12 anos já trocou o videogame por

CDJ’s e sua brincadeira preferida era discotecar. O resultado fala por si só: agora produz suas próprias

faixas e se consolida como um dos melhores DJ’s do mundo – recentemente foi eleito o melhor DJ

do Brasil pela segunda vez consecutiva, além de ocupar a 44ª posição na DJ Mag , competindo com

DJs e produtores de todo o mundo. Alok acaba de ser o primeiro nome confirmado na Line Up do

Festival Ultra, que acontece no Rio de Janeiro (RJ). Em entrevista à VOi, Alok fala sobre as recentes

conquistas, dificuldades da profissão e os próximos passos. Confira abaixo:

I

t’s hard to find someone with so much control over electronic music as is Alok Petrillo.

Perhaps, the best explanation for the talent of the young musician is that it has been in

his blood since childhood: born in Goiania (GO), he is the son of Ekanta and Swarup,

DJ pioneers on the national electronic music scene. Since childhood, he has been immersed

in the DJ scene and breathing music, and at 12, he exchanged videogames for CDJ’s and his

favorite game became playing discotheque. The result speaks for itself: he now produces his

own tracks and has become consolidated as one of the best DJ’s in the world – recently voted

best DJ in Brazil, for the second time in a row, in addition to occupying 44th position on the

list compiled by DJ Mag, competing with DJs and producers from all over the world. Alok was

the first name confirmed in Line Up of Ultra Festival, which happens in Rio de Janeiro (RJ). In

an interview with VOi, Alok talks about his recent achievements, difficulties of the profession

and his next steps. Check this out below:

ABRIL 29


• ENTREVISTA

Qual a sensação de estar no topo por dois anos consecutivos?

Quando se conquista esse objetivo, a responsabilidade

aumenta ainda mais, porque estou competindo comigo

mesmo diariamente, como se fosse uma conquista diária.

É matar um leão por dia. Está sendo incrível demais e sei

que todo dia carrego um peso enorme nas costas. Se fosse o

número 2 ou 3 no ranking, seria muito mais fácil e não teria

essa pressão toda. Mas sempre temos que estar movidos a

novos desafios. É superação o tempo todo.

Como definiria o seu estilo musical?

Hoje consigo descrever o meu estilo como Brazilian Bass.

Porque o Brasil tem uma identidade muito forte, não é um

gênero só meu, é um gênero de vários cantores brasileiros.

Acabamos criando uma identidade marcante, exatamente

esse Brazilian Bass que é um som que tem só aqui e está

tendo bastante respaldo mundial: agora os gringos estão se

baseando no nosso som para fazer o som deles. O público

se identificou tanto com isto que passou a ser o meu tipo

de som, o meu repertório.

Quando decidiu que iria seguir a profissão de DJ?

Foi de uma forma muito orgânica, meus pais são DJs. Então,

desde muito cedo, já acompanhei todo o processo da

profissão. Claro, muitas coisas mudaram de lá pra cá: hoje

o DJ é muito mais aceito pela sociedade, acabou sendo

reconhecido e existe realmente um retorno financeiro. E

por meus pais serem DJs via o que estava acontecendo. Até

cheguei a fazer faculdade de Relações Internacionais, mas

tive que parar na metade porque tudo tomou proporções

em que realmente precisava optar por um caminho e escolhi

o da música. Então podemos dizer que naturalmente

fui dando continuidade ao trabalho dos meus pais.

Podemos considerar essa influência do ambiente familiar

fundamental para sua carreira?

Com certeza. Toco desde os 12 anos. Minha infância inteira

foi acompanhar festivais. E depois dos 12, comecei a tocar.

Então, já são praticamente 12 anos de carreira.

Além dos seus pais, quais seus DJs favoritos? Quais te

inspiram?

Hoje em dia meus DJS favoritos são Éric Prydz e no Brasil

gosto muito do Gui Boratto. Admiro DJs que tenham personalidade,

por exemplo, que fazem muitas inovações.

Fora da música eletrônica, tem algo que gosta de ouvir e

consiga trazer para a música eletrônica?

Dos nacionais, adoro Seu Jorge, Criolo. Também gosto

muito de Racionais. Legião Urbana ouço bastante até

How does it feel to be on top for two consecutive years?

When you conquer this goal, the responsibility becomes

even more intense, because, every day, you are competing

with yourself, like a daily fight. It is like killing a lion every

day. It is very awesome and I know that every day I carry

a huge weight on my back. If I were number 2 or 3 in the

rankings, it would be much easier and I wouldn’t feel all this

pressure. But we always have to take on new challenges. It

is working hard all the time.

How would you define your musical style?

Today, I can describe my style as Brazilian Bass. Because

Brazil has a very strong identity, it is not a genre, just mine,

it is a genre based on various Brazilian singers. We ended up

creating a distinctive identity, more exactly Brazilian Bass,

which is a sound that is found only here and is finding its

way around the world: now gringos are beginning to base

their sound on ours. The public has identified itself so much

with this, that it has become my kind of sound, my repertoire.

When did you decide that you would become a professional

DJ?

It was very organic. My parents are DJs, so very early on, I

began to accompany the whole process of the profession.

Of course, many things have changed from then until now:

today, the DJ is much more accepted by society and has

ended up becoming recognized, and there is a really good

financial return. Because my parents became DJs I saw what

was going on. I even started to study International Relations at

University, but I had to stop in the middle because everything

took on such proportions that I really had to choose one

path, and I chose music. So we can say that I was naturally

continuing the work of my parents.

Can we consider this family environment a critical influence

on your career?

Certainly. I started playing records at 12. My entire childhood

was accompanying festivals. So after 12, I started playing

records, an almost 12-year career.

In addition to your parents, who are your favorite DJs?

Which ones have inspired you?

Nowadays, my favorite DJ is Eric Prydz and in Brazil, I really

like Gui Boratto. I admire DJs who have personality, for

example, who innovate.

Outside of electronic music, is there something you like to

listen to and could bring to electronic music?

Of the nationals, I love Seu Jorge, Criolo. I love the Rationais.

Legião Urbana who I listen to even today. Internationally, I

usually listen to Nirvana, Bob Marley, and even the classics.

30


hoje. Internacionais costumo ouvir Nirvana, Bob Marley,

clássicos mesmo. O que acontece é que gosto de arte com

personalidade, da música com um ideal por trás.

Em média quantas apresentações está fazendo por mês?

Cerca de 20.

Como é conseguir cumprir essa agenda praticamente

lotada?

É uma loucura. Resido em São Paulo, mas podemos dizer

que hoje moro na estrada. Passo muito mais tempo em

avião, no céu, na estrada, em aeroporto, do que em casa.

Então vivo minha vida de acordo com o cronograma de

festas. Quando se para e pensa com calma, percebe-se o

quão louco é isso!

Então a estrada também acaba sendo a sua vida social.

Com certeza. A minha vida é baseada exatamente na estrada.

E quando estou em casa, estou produzindo bastante

no laptop. Depois só repasso para o estúdio e finalizo. Mas

sempre que estou em casa, estou produzindo.

Já tocou com grandes nomes da música eletrônica. Quais

considera memoráveis?

Em Las Vegas toquei com o Diplo. Foi muito legal. Com

o David Guetta no Brasil também foi bem bacana. Essas

foram os mais marcantes, mas gosto de todas as experiências

com outros DJs.

Tocou no Lolapalooza. Como foi a experiência?

Lollapalooza era um dos festivais que sempre me imaginei

tocando e conquistar isso é de extrema importância

na minha carreira. Em relação à recepção do público,

foi emocionante e ao mesmo tempo gratificante ver toda

aquela galera aplaudindo músicas que foram produzidas

por mim, isso não tem preço.

O que achou de tocar aqui em Curitiba? Deu tempo de

conhecer a cidade?

Já tinha ido para Curitiba outras vezes. Curitiba é hoje é um

dos locais onde a cena eletrônica brasileira é mais madura.

What happens is that I like art with a personality, music with

an ideal behind it.

On average, how many presentations do you do a month?

About 20.

How do you keep up with an almost full schedule?

It’s crazy. I live in São Paulo, but today, we can say that I

live on the road. I spend a lot more time on a plane, in the

sky, on the road, in an airport, than at home. So I live my

life according to the schedule of parties. When I stop and

think about it calmly, I realize how crazy it is!

Then the road also ends up being your social life?

That’s for sure. My life is almost completely based on the

road. When I’m home, I’m very much just producing on my

laptop. Afterwards, I pass on what I have done to the studio

for finishing. So whenever I’m home, I’m producing.

You have already played with several great names in electronic

music. Who do you consider most memorable?

In Las Vegas, I played with Diplo. It was great. With David

Guetta in Brazil, it was also great. These were the most striking,

but I like all experiences with other DJs.

You played at Lolapalooza. What was the experience like?

Lollapalooza was one of the festivals that I have always pictured

myself playing, and doing that was extremely important

in my career. In relation to the reception of the public, it

was exciting, and at the same time, gratifying to see all that

crowd applauding the music that had been produced by

me, it was priceless.

What did you feel when playing here in Curitiba? Did you

have enough time to get to know the city?

I have already been in Curitiba several times. Today, Curitiba

is one of the places where the Brazilian electronic scene is

more mature. It’s a place where people really understand

music and a great showcase for Brazil. It really is an amazing

place, Curitiba has a huge fondness for me and it is very well

oriented to electronic music.

Está sendo incrível demais e sei que todo dia carrego

um peso enorme nas costas. Se fosse o número 2 ou

3 no ranking, seria muito mais fácil e não teria essa

pressão toda

ABRIL 31


• ENTREVISTA

É um local onde as pessoas realmente entendem de música

e uma grande vitrine para o Brasil. É realmente um lugar

incrível, Curitiba tem um carinho enorme por mim e um

trabalho muito bem planejado para a música eletrônica.

Por que Alok?

Esse é o meu nome mesmo (risos).

Você tem um irmão gêmeo que também é DJ. Se seu nome

é Alok, como ele se chama?

Baskar.

Qual o significado de seu nome?

É indiano, significa luz.

Você e seu irmão trocam experiências? Existe uma influência?

Certamente. Tocava junto com ele, tínhamos vários projetos

juntos, e agora separamos. Fiz o Alok e de um tempo

para cá, segui minha carreira solo. Agora ele voltou a tocar

e está sendo lançado no mercado como Baskar mesmo.

Qual é a maior dificuldade para quem está entrando

nessa profissão? O que poderia dizer para quem está

começando?

Varia muito. Algumas pessoas têm mais dificuldades financeiras,

com relação a comprar equipamentos. Outras

pessoas têm mais dificuldade em ter contatos. Mas é preciso

ter disciplina. Como em qualquer outro trabalho, você tem

que se dedicar pra caramba. Recomendo que todos os DJs

produzam e não fiquem só tocando músicas de outros.

Precisa ter a produção própria, porque o reconhecimento

vem quando você está fora da sua zona de conforto. É

onde você realmente vai conseguir expor seu trabalho e

ser reconhecido por outros públicos que nunca te viram

tocar. É através da música. E essa música tem que ser diferente.

Ela não pode ser mais do mesmo. Precisa ter uma

singularidade pessoal, uma marca registrada. Outro ponto:

acredite no seu potencial. Por exemplo, existem muitas

pessoas que têm mais técnica do que eu. Mas sempre tive

fé, sempre acreditei no novo e que realmente poderia trazer

inovações para a música eletrônica.

Why Alok?

It’s really my name (smiling).

You have a twin brother who is also a DJ. If your name is

Alok, what’s his?

Baskar.

What is the meaning of your name?

It`s Indian, meaning light.

Do you and your brother exchange experiences? Is there

any influence?

Surely. I used to play together with him; we carried out

several projects together, but now we have split up. I became

Alok and, from then on, I took on a solo career. Now

he’s back playing and is being launched on the market as

Baskar, by himself.

What is the biggest difficulty for those who want to enter

this profession? What would you say to those just starting

out?

It varies greatly. Some people have financial difficulties with

respect to buying equipment. Other people have difficulty

with making contacts. But you have to have discipline. As in

any other job, you have to devote much of yourself. I recommend

that all DJs produce and don’t keep playing the music

from others. You must have your own production, because

recognition comes when you are outside your comfort zone.

It is where you will really be able to expose your work and

be recognized by others, who have never seen you play.

It is through the music. And this music has to be different.

It cannot be more of the same. It needs to have a personal

uniqueness, a registered trademark. Another point: believe

in your potential. For example, there are many people who

have more technique than myself. But I have always had faith

in myself, I’ve always believed in the new and that I could

really bring innovation to electronic music.

Resido em São Paulo, mas podemos dizer que hoje moro

na estrada. Passo muito mais tempo em avião, no céu, na

estrada, em aeroporto, do que em casa

32


DETRAN.

5 ANOS SEM

ESTACIONAR.

Tudo o que você vai ler aqui aconteceu

nos últimos 5 anos. Um tempo curto, mas

suficiente para o Detran-PR fazer uma

revolução no atendimento prestado a você.

Melhor infraestrutura

Mais de R$ 23 milhões em reformas e reparos em

66 unidades e na construção de 2 CIRETRANs.

Vistoria digital

Um sistema inédito no Brasil. Sem burocracia,

em tempo real e com dados mais precisos.

Escola Pública de Trânsito

16 estúdios e 64 telessalas levam treinamento

de qualidade para cidadãos de todo o Paraná.

Detran Fácil

Plataforma online que dispensa a necessidade de ir até

uma unidade física do Detran para realizar uma série de

serviços. O acesso pode ser feito por qualquer computador

ou pelos 231 totens de autoatendimento, disponíveis nas

CIRETRANs, shoppings e supermercados, em 163 cidades.

Leilões de reciclagem

Veículos que ocupam há tempos os pátios do

Detran e das polícias agora são transformados em

material de construção.

Distribuição inteligente de vagas

Menor espera pelo exame prático de direção, por meio

de um sistema que calcula o número de vagas para cada

autoescola, conforme o número de alunos.

Quadro próprio de servidores

Primeiro órgão público do Brasil a adotar um modelo

que garante que cargos gerenciais sejam atribuídos por

critérios técnicos e destinados a servidores estatutários.

Junta Médica e Psicológica de Trânsito

Candidatos de fora da capital podem recorrer a uma

segunda avaliação psicológica sem precisar se deslocar

até Curitiba.

Equipamentos novos

Todo o parque de computadores do Detran-PR foi

substituído, garantindo melhores condições de trabalho

aos servidores e melhor atendimento aos cidadãos.

Sinalização viária

Mais de R$ 40 milhões investidos em sinalização

horizontal e vertical em 279 municípios.


• PRINCIPAL

Arte sobre rodas

Arte sobre rodas

Customização feita pela mão de artistas urbanos transformam motos e carros

comuns em peças exclusivas

Fotos: Mauricio de Paula

Customizar nunca esteve tão na moda. Dar uma identidade, uma cara nova, aquele

toque especial que deixa qualquer produto com um jeito único. É possível customizar

praticamente tudo: roupas, cabelo, a pele (com tatuagem) e porque não os meios de

locomoção.

Para os amantes de carros antigos, motocicletas – das mais arrojadas às mais simples

– carros de corrida, hot rods, enfim, em todas as opções dentro desse universo sobre

rodas a paixão pela cultura custom tem um lugar garantido. Este mês a Revista VOi

buscou em Curitiba profissionais que são referência em todo país quando o assunto é

colocar a arte em movimento nas ruas da capital.

34


Sergio Leibel

Ford e hots

Não foi herança de família nem mesmo contato com o meio, a verdade é que Sergio Liebel sempre foi fascinado por carros

antigos, mais especificamente pela linha Ford de 30 e 40. “No começo meus pais não entendiam o porquê juntava tanta sucata.

Mas como meus carros tiveram grande aceitação eles aprenderam a respeitar.” A customização é um hobby e ele garante que a

oficina não gera lucro - apenas o suficiente para manter a paixão pelo negócio – o que faz com que se dê ao luxo de trabalhar

somente em projetos que realmente tem interesse. “Brinco que não vivo disso e sim vivo isso.”

Colecionador de carros antigos, Sergio também é aficionado por hot rods. No começo ele mandava customizar seus brinquedinhos

fora, mas como nunca voltava exatamente como ele havia sonhado, começou a colocar a mão na massa. “Os hots

são feitos sob medida para o proprietário. Um dos últimos que criei foi feito exatamente para mim: o banco e a coluna são na

minha altura e até mesmo o pedal do acelerador é no meu comprimento”, revela.

As dificuldades do mercado, como a importação de peças, Sergio tira de letra e quando realmente não é possível fabricar por

aqui ou é necessária a compra de algo realmente exclusivo ele não se importa de voar horas para chegar a outro país. “Já viajei

para pegar peças em muitos lugares, mas a Califórnia é a Meca dos hot rods. Inclusive é a minha próxima viagem”, antecipa

Sergio.

Para quem não ama esse mundo, como é o caso da família do customizador, todo sacrifício pode parecer uma grande loucura,

mas ele garante: vale a pena. “Quando se vê a reação das pessoas na rua descobre-se que o esforço foi recompensado. Cada

criança que fala para o pai que parece um hot wheels, fico muito satisfeito. É como se eu estivesse distribuindo sorrisos”, salienta.

ABRIL 35


• PRINCIPAL

Marcio

Guimaraes

Paixao: cafe racer

Já a história de Márcio Guimarães com as motos foi por incentivo

do pai. “Desde muito novo entrei em contato com carro antigo

e moto por causa do meu pai que era colecionador”, lembra. Rato

de oficina, a primeira moto veio cedo, com apenas dez anos. “Meu

pai me disse: ‘se vira. Você quem vai fazer a manutenção’; foi aí que

comecei a mexer.”

O tempo passou, Márcio se formou em direito, mas nunca deixou de

fazer uns ajustes para amigos e familiares, até que um dia se encheu da vida

de terno e gravata e largou tudo. “Mudei-me para a Nova Zelândia, fui trabalhar

na Harley-Davidson como mecânico de performance”, lembra.

Foi naquele país que o talento aflorou e Márcio transformou uma R80 em Cafe Racer.

“Trabalhei nela no porão da minha casa e quando ficou pronta, a usava para ir trabalhar. Não deu outra, os clientes gostaram

e começaram a me pedir. Fiz seis motos lá.”

Em 2009, de volta ao Brasil, o destino fez com que Márcio, cruzasse com o velho amigo Marco Aurélio. Marco havia

comprado uma Virago e queria customizá-la. “Como estava sem nada para fazer, pedi para ele deixá-la comigo. Quando a

moto ficou pronta foi o maior auê”, enfatiza.

Do reencontro surgiu o estúdio que tem como foco o tema cafe racer. De lá já saíram algumas motos, a maioria nesse

padrão. “Sou apaixonado nesse estilo. Ele é puro, é a essência da motocicleta, não tem frescura. Duas rodas, motor e banco”,

brinca.

36


Celio Dobrucki

Da pintura ao chassi

Referência no mercado de Harley-Davidson em Curitiba - e porque não no Brasil - Celio Dobrucki dispensa apresentações.

O contato com o meio começou desde pequeno quando costumava frequentar a oficina para carros do pai que era

pintor de automóveis. Poucos anos mais tarde, Celio comprou o primeiro veículo, uma Mobilete que foi pintada pelas mãos

do menino que naquela época já começou a revelar o talento para a customização.

“Com o tempo fui comprando motos maiores até ingressar na pintura customizada mesmo. Lembro que gastei meu dinheiro

no veículo e fiquei sem nada para comprar um capacete, foi aí que pintei o meu”, lembra o profissional.

No primeiro ano, um amigo viu, o outro indicou e Celio acabou com cinco encomendas para pintura de capacete. Nada

mal para quem estava apenas brincando. Mas foi no segundo ano que o negócio explodiu e o pintor chegou a fazer mais de

200 peças, principalmente para corredores de kart, esporte que estava bastante em alta.

Dos capacetes para as motos foi um pulo. Em 1998 quando a Harley-Davidson instalou a primeira loja em Curitiba, Celio

foi chamado para customizar Harley. “Comecei na pintura e fui evoluindo. Parti para guidão, escapamento. Hoje fabrico o

chassi. Aprendi tudo sozinho. Sempre gostei. Para o que era mais técnico fiz alguns cursos. Mas nesse mercado o que importa

mesmo é ser criativo. Em todos os projetos me entrego. Procuro fazer o máximo para ficar melhor.” Mesmo após a entrega

do serviço a relação com a obra permanece. “Não estou dando a moto. A moto é minha porque fui eu quem fiz”, valoriza.

Hoje Celio tem uma oficina e pessoas trabalhando junto, mas confessa que tem um trabalho que não passa para ninguém:

“as pinturas eu mesmo faço, acho que é a cereja do bolo”, salienta.

ABRIL 37


• PRINCIPAL

Mauricio

Marcal

Universo mitologico

Frustrado com o trabalho no mercado financeiro, Mauricio Marçal deixou a antiga profissão para se dedicar à customização.

O primeiro passo foi a pintura de capacetes: “não encontrava no mercado algo exatamente como queria. Então resolvi

fazer o meu próprio e ter algo realmente com a minha cara”, revela.

Fascinado pelo universo de duas rodas, Mauricio encontrou mais dois amigos que estavam no ramo, mas da customização

de carros. Não tiveram dúvidas. Abriram recentemente um espaço para os dois segmentos com foco em pintura, restauração e

performance. “Hoje fazemos motos e carros. Nosso nicho são os super esportivos e muscles cars”, aponta.

Das criações mais recentes, Mauricio conta todo orgulhoso dos detalhes da Oseberg, uma obra-prima baseada no barco

viking de mesmo nome. “A moto foi toda modificada. Mas o que mais chama atenção é a pintura. O desenho foi feito a lápis

para ficar o mais próximo do barco original”, descreve.

A próxima da fila a ficar pronta será a Poseidon, inspirada na mitologia grega. “No meio motociclístico as pessoas gostam

muito da mitologia nórdica, grega, celta. Como não teve nenhuma oficina que pegou essa identidade, nós abraçamos a causa.

Queremos difundir essas mitologias, queremos dar aos nossos projetos essa cara que é o tema da oficina”, planeja Mauricio.

38


• MOTIVAÇÃO

SHOW

MOTIVACIONAL

ILUSIONISTA APRESENTA

SHOW PERSONALIZADO NA

CONVENÇÃO ANUAL DE

GRANDE REDE HOTELEIRA

Fotos: James Helmfelt

S

urpreender e presentear a plateia com um show

de alto nível e inesperado. Esse foi o objetivo

do diretor de vendas e marketing da rede Mabu,

Douglas Meneses, com a contratação do show motivacional

do ilusionista Jeff Aragon.

Jeff abriu a palestra “Marketing e Vendas: motivação

para vencer a crise” de Daniel Godri, na convenção anual

da Rede realizada na Ópera de Arame, que estava lotada

para o evento. Em seu espetáculo, o ilusionista fez uma

associação da mágica às marcas dos patrocinadores, além

de aliar ao conceito de surpreender e encantar.

Junto ao show de ilusionismo, Jeff Aragon atua como

palestrante motivacional e mostra que para ter sucesso

em qualquer área são necessários técnica e treinamento.

Como ilustração, Jeff conta a própria trajetória para

tornar-se líder de mercado, os desafios que enfrentou e

superações alcançadas.

Entre os pontos abordados em sua palestra está a automotivação

onde ele mostra que ninguém consegue ser

bom em algo sem batalhar para aquilo e que os resultados

acima das expectativas não são alcançados com truques,

mas sim com muita dedicação.

“Mágica é surpreender, fazer o impossível parecer

fácil. Você consegue resultados a partir do treino, melhorando

suas habilidades. Abordo a busca do equilíbrio,

saber de tudo um pouco e executar bem. Mágica não é

um truque. É treinamento, percepção, indução e sensibilidade.

São vários itens que compõem uma fórmula para ter

sucesso em qualquer atividade que se faz”, assegura Jeff.

Serviço:

(41) 3081-0907 | (41) 9842-7600

40


Viva a

experiência

Fazenda Virá

Entre em contato

Fernandes Pinheiro (PR)

Telefones: (42) 3459-1177 / (42) 9159-3471

(42) 9974-1833

www.facebook.com/pousadavira

www.pousadafazenda.tur.br


• INTERIORES

Sono

perfeito

COLCHÕES COM TECNOLOGIA DE

PONTA SÃO OS MELHORES ALIADOS

PARA UMA NOITE BEM DORMIDA

Foto: divulgação

É

evidente que uma excelente noite de sono depende

muito da qualidade do colchão no qual dormimos.

Por isso vale a pena investir na hora de escolher o

melhor companheiro de todas as noites. O sono ideal, mais

saudável e relaxante é tranquilo e constante, por isso um bom

colchão deve proporcionar o máximo de conforto.

Sabendo disso, a Sleep Home - que está há mais de 25

anos no mercado - traz para os curitibanos as principais marcas

de colchões nacionais e internacionais. Entre elas estão

King Koil (norte-americana), Simmons (norte-americana),

Flex (espanhola), Tempur (dinamarquesa), Caroline (norte-

-americana) e as brasileiras Inducol e Herval.

“As marcas que trabalhamos, são reconhecidas mundialmente

por criarem tecnologias de sono. Com isso os nossos

clientes encontram diferenciais reais em relação a conforto e

durabilidade, bem como a chancela da garantia das maiores

fabricantes do ramo”, aposta o gerente geral das lojas de

Curitiba, Cezar Henrique de Lima.

Entre as novas tecnologias apresentadas destacam-se as

espumas em composição de gel (em placas, cubos, e fundidos

com espumas especiais como látex e visco elástico) que

esteve em evidência na Móvel Sul, uma das maiores e mais

importantes feiras do segmento moveleiro, realizada em Bento

Gonçalves (RS) - na qual todas as marcas vendidas pela Sleep

Home participaram com lançamentos. “Também possuímos

colchões com diferenciais de resistência, que conferem maior

durabilidade aos produtos. Sem falar na qualidade dos tecidos

utilizados em acabamento, que em quase sua totalidade são

malhas de alta gramatura e importadas”, conta Cezar.

Além dessas tecnologias, os produtos King Koil, por

exemplo, são avalizados por associação internacional de

profissionais de quiropraxia. Com isso os produtos são confortáveis,

tendo diferenciais de ergonomia e posicionamento

correto da coluna. “O modelo Victoria Linen Gel, possui

acabamento em malha de linho e camadas de conforto de

altíssima tecnologia, como látex, gel, e visco elástico tudo em

um só produto. Este produto é reconhecido como um dos

melhores colchões comercializados no Brasil”, garante Cezar.

Já os colchões Simmons são reconhecidos pelo alto

padrão de acabamento e diferenciais de conforto. É a única

marca que possui produto com aplicação de cubos de gel.

Destaca-se o sistema de molas ensacadas de 18 cm (centímetros)

e acabamentos de conforto como látex talalay,

espuma memosense, e tecidos em composição de lurex de

ouro e prata.

“Hoje o consumidor tem procurado produtos de qualidade

e com um bom custo-benefício. A Sleep Home, com a ajuda

de nossos fornecedores, conseguimos trazer produtos de

qualidade superior a preços bem mais baixos daqueles que

vinham sendo aplicados no ano passado. Assim os nossos

clientes têm levado produtos de qualidade superior àquelas

esperadas e dentro do orçamento predisposto. É levar mais

por menos”, valoriza Cezar.

Foto: Valterci Santos

SLEEP HOME COLCHÕES

www.sleephome.com.br

Batel: Carlos de Carvalho, 1251 - Curitiba (PR)

Jardim Social: Augusto Stresser, 1919 e 1916 - Curitiba (PR)

Portão: Cel. Airton Plaisant, 1864 - Curitiba (PR)

São José dos Pinhais: Praça Oito de Janeiro, 1319 - São José dos Pinhais (PR)

Ponta Grossa: Francisco Burzio, 583 - Ponta Grossa (PR)

Fone: (41) 3042-1111

42


• EMPREEDIMENTO

A REVOLUÇÃO DO

COWORKING

Fotos: Mauricio de Paula

Foto: divulgação

ESPAÇOS

COMPARTILHADOS

SÃO OPÇÃO

PARA FUGIR DO

HOME OFFICE SEM

DESEMBOLSAR MUITO

44


I

magine que é possível tocar seu negócio,

sem ter todo o gasto necessário para manter a

estrutura de um escritório. Foi baseado nesse

princípio que surgiu a ideologia coworking. Nesses locais

de coworking todas as despesas, desde o aluguel à

limpeza, são gerenciadas pela administração do próprio

espaço o que faz com que no final das contas o valor

dividido entre os coworkers seja extremamente menor

do que em um escritório individual.

O escritório coworking surgiu nos EUA (Estados Unidos

da América), com Brad Neuberg, por volta de 2005

como opção ao home office, já que em casa qualquer

fator pode servir como distração. A proposta é aumentar

o networking e a produtividade gastando menos. E não

é que deu certo?

Dos EUA para o Brasil, e porque não, mais especificamente

para Curitiba (PR), a moda pegou. Hoje na

capital existem alguns escritórios com essa ideia. Entre

eles está a Workset Coworking um dos espaços mais

completos da capital. O local conta com sala de reuniões

e de treinamentos, estúdios particulares (de quatro

a oito pessoas), cozinha, espaço para descanso e como

nem tudo é trabalho, um pub que pode ser locado para

aniversários, coffe breaks, confraternizações de empresas

e qualquer tipo de evento.

“Nossa estrutura de TI, cabeamento de rede e telefonia

é a melhor de coworking em Curitiba. Os ambientes

são climatizados e as salas de reuniões e treinamentos

têm todos os aparatos necessários para apresentações,

teleconferências e treinamentos”, aponta o coordenador

administrativo da Workset, William Jasinski.

Há duas opções de planos para alugar um espaço

na Workset, o Flex - ou rotativo - no qual o contratante

escolhe quantas horas semanais necessita, e o Fixo.

“Quem contrata o plano fixo tem como benefício o uso

da sala de reunião duas horas por mês. E todos que têm

qualquer tipo de plano conosco pagam mais barato na

aquisição de novos serviços. É uma gratificação ao nosso

cliente”, revela.

Além do espaço físico a Workset conta ainda com

o serviço Virtual Office. O contratante pode escolher o

serviço para atendimento de ligações, envio de correspondências

e repasse de recados. “Temos uma equipe

que atende o telefone segundo o script determinado

pelo cliente. Falamos o nome da empresa e repassamos

os serviços que ele presta, número pessoal e o que mais

ele determinar”, explica William.

ESTUDOS

A Workset Coworking tem ainda

uma parceria com estudantes universitários.

Às vezes é complicado reunir uma

turma para estudar na casa de alguém

ou na própria biblioteca, a solução é

alugar uma sala na Workset. Os valores

são super especiais para a locação da

sala de reunião entre 18h e 22h.

ABRIL 45


• TRANSFORMAÇÃO

DIA DA

NOIVA

A tradição diz que maio é o mês das

noivas, mas esse universo dos sonhos pode

e deve ser vivido em qualquer época do ano.

Afinal não existe um mês certo para casar, a

data perfeita é aquela escolhida pelo casal.

Esta edição a VOi traz uma Transformação diferente.

Fomos conhecer o espaço de noivas

inaugurado recentemente no Studio Robson

Souza, em Pinhais (PR). A nova aposta traz o

mestre das noivas Magal Beauty na direção.

“Todo cuidado é pouco quando o assunto

é a produção de uma noiva. Esse é o

dia mais especial da vida delas, então cada

detalhe deve ser cuidadosamente pensando”,

enfatiza Magal.

(2)

MAKE

A maquiagem tem seus truques e quem

comanda este departamento é a make artist

Franciely Alves que elucida com perfeição

e suavidade os traços bem delineados e

contornos que valorizam a pele da noiva.

Nos olhos, a cor da sombra vai depender

do horário do casamento. Após às 18h30

as noivas podem apostar em um olho mais

pesado com esfumado escuro; para festas

durante o dia a escolha certa são makes nudes

em tons pasteis.

46


Antes

(3)

(1)

PENTEADO

(1) Essa opção é uma versão mais clássica.

Segundo Magal é ideal para noivas que

optam por não usar o véu, mas aquelas que

não abrem mão do adereço podem colocar

uma mantilha e usá-la durante a cerimônia e

retirá-la na festa, ou manter a elegância com

ela até o final.

(2) Este penteado, como explica Magal, é

um vintage dos anos 60. É um cabelo prático

e básico e para aquelas que preferem semi-

-preso podem apostar nessa versão repaginada.

“Por ser mais simples o uso de adorno

não é indicado. Um laçarote de cetim ou uma

flor pequena de tecido já é o ideal”, ensina.

(3) Mais um clássico. Perfeito para noivas

mais esguias. O véu é colocado na parte de

baixo para não tirar a beleza do penteado.

“Geralmente utiliza-se fitas de cetim que

estão em alta. Atualmente não se usa mais

coroas e tiaras pesadas”, justifica Magal. Outro

detalhe: a franja dividida ao meio retrata

o glamour dos anos 50 e 60. “Essa opção é

boa para quem não gosta da proporção das

orelhas, pois ajuda a disfarçar”, orienta.

FICHA TÉCNICA

Fotografia: ABS Foto e Vídeo

Beleza: Studio Robson Souza

Maquiagem: Franciely Alves

Cabelo: Magal Beauty

Vestidos: Edson Eddel

Quer ser a próxima selecionada? Siga a VOi no

www.facebook.com.br/revistavoicuritiba e saiba mais.

ABRIL 47


Foto: divulgação

Toque

AVELUDADO

Os batons com efeito matte estão fazendo a

cabeça das mulheres. Além de deixar a cor

muito mais vibrante contam com ultra fixação

e duração nos lábios. O batom Líquido

Evelize com Pó de Safira é uma explosão de

cores. O toque final é super aveludado e a

secagem rápida. A paleta de cores tem para

todos os gostos: de nudes a tons fortes como

vermelho e roxo

Onde encontrar: natuphitus.com.br/loja

Valor: sob consulta

Peça CHAVE

Clássico, o escarpim preto é um curinga no

guarda-roupa de qualquer mulher. E este

modelo da Carmen Steffens com salto cromado

e tornozeleira personalizada com as iniciais da

grife, é perfeito para deixar a produção elegante

e moderna. Pode apostar sem medo de errar

Onde encontrar: Carmen Steffens

Valor: sob consulta

Fotos: divulgaçao

Ele e ELA

Parece sonho comprar roupas de grife com super

descontos, não? No CWB Outlet os valores chegam

a ser até 40% mais baratos que os encontrados nas

lojas de shopping. São mais de dez marcas femininas

e masculinas com um grande mix de produtos:

calças, blusas, camisas, saias, bolsas e sapatos. Entre

as marcas estão Lacoste, Lacoste Live, Colcci, Farm,

Fórum, Reserva, Tommy Hilfinger e Hollister. Outro

diferencial é que a loja vende apenas coleções atuais

Onde encontrar: CWB Outlet

(Rua Comendador Araújo 300

Valor: sob consulta

Foto: Mauricio de Paula

Foto: Valterci Santos

Foto: divulgação

Banco VERSÁTIL

Que tal deixar seu jardim ou sacada com um

toque romântico e clássico? As namoradeiras,

além de lindas, são opções funcionais para esses espaços. O

modelo Primavera traz design delicado sem deixar de lado o

aconchego. Disponível em várias cores sob encomenda

Onde encontrar: Fund’Arte

Valor: R$580,00

DESLIGUE-SE

A linha Jeanswear da Aramis atende com versatilidade e descontração o homem mais casual. Também o

acompanha em seus momentos de férias e finais de semana, com propostas mais despojadas. Uma linha

completa de produtos como bermudas, sapatênis, sungas e alguns acessórios

Onde encontrar: Aramis (Park Shopping Barigüi)

Valor: sob consulta

48


• CONCEITO

50


Ficha técnica:

Fotógrafo: Fabio Ortolan

Modelos Kids Station Models: Renato Miranda, Diana de Freitas,

Rafael Faraco, Ricardo Gonçalves, Fernanda Chorobura,

Laura Parizotto, Mariana Patruni, Michelly Oliveira, Mônica Iansen,

Camilly Bianca, Rennan Guimarães, Manu Pansolin, Julia Manoella,

Jessica Ferreira, Maria Eduarda Biffe e Henrique Beltrão

Decoração: Big Festas

Cabelo e maquiagem: Pablo Inisio e Nyl Silveira (Lady&Lord)

Roupas: Tyrol Pátio Batel

Locação: Station Models Curitiba

Produção: Leandro Anthony e Tiago Cegatta

Assistente de produção: Clau Faraco

ABRIL 51


• CONCEITO

52


ABRIL 53


• CONCEITO

54


ABRIL 55


• COLUNA

Provopar

Balanço

Provopar

CARLISE É HOMENAGEADA PELO SINDAFEP EM

COMEMORAÇÃO AO DIA DA MULHER

A presidente do Provopar Estadual, Carlise Kwiatkowski, foi

homenageada pelo Sindafep (Sindicato dos Auditores Fiscais

da Receita do Estado do Paraná) durante a 27ª edição do

Encontro do Dia Internacional da Mulher. “Quero dividir

com todas as mulheres a linda homenagem que recebo.

Agradeço aos meus amigos e parceiros que muito me

auxiliam no resgate das famílias em vulnerabilidade de nosso

Estado”, agradeceu.

BANCO DO BRASIL E PROVOPAR ENTREGAM

1,3 TONELADA DE ALIMENTOS

A presidente do Provopar Estadual, Carlise Kwiatkowski,

e a agente de Desenvolvimento Sustentável do Banco do

Brasil, Andreia Flores, fizeram a entrega de 1,3 tonelada

de alimentos não perecíveis ao setor de assistência social

da 1ª Igreja do Evangelho Quadrangular de Curitiba, que

atende mensalmente centenas de famílias em situação de

vulnerabilidade social.

SOCIEDADE ESPÍRITA CAPA DOS POBRES RECEBE

ALIMENTOS DA CAMPANHA 100 ANOS NO PARANÁ

O Provopar Estadual e o Banco do Brasil promoveram o

repasse de uma tonelada de alimentos para a Sociedade

Espírita Capa dos Pobres, em Curitiba. A entidade atende em

média mais de 300 famílias em vulnerabilidade social.

Fotos: Emanoel Caldeira

PÁSCOA SOLIDÁRIA ATENDE MAIS DE 500

CRIANÇAS DE 14 INSTITUIÇÕES

Foto: divulgação

Mais de 500 crianças de 14 instituições sociais foram atendidas

pelo programa Páscoa Solidária, promovido pelo Provopar

Estadual, na sede da Umulic (União de Mulheres e Líderes

Comunitários de Curitiba) e Unarban (União das Associações de

Moradores) no Bairro Novo, em Curitiba.

COLÉGIO SUÍÇO E PROVOPAR ENTREGAM

CHOCOLATES PARA 300 CRIANÇAS EM PINHAIS

Alunos e professores do Colégio Suíço Brasileiro, com o apoio do

Provopar Estadual, fizeram a entrega de chocolates para cerca

de 300 crianças, na sede da Associação Mulheres em Ação, em

Pinhais. Os chocolates foram arrecadados pelos próprios alunos,

que ainda ofereceram suco, bolachas e geladinho, animando

ainda mais a criançada. A instituição assiste mais de 700 famílias

e conta com o apoio de 15 voluntários.

Nossa missão é promover a melhoria da

qualidade de vida de pessoas em vulnerabilidade

social. As ações garantem a

valorização da família e a inclusão social.

Em atendimentos com a Defesa Civil, atua

em situações de emergência, catástrofe e

calamidade.

Torne-se um parceiro e venha fazer parte

desta corrente solidária em favor do desenvolvimento

social em nosso Estado.

E-mail: eventos@provoparestadual.org.br

TRUCK KIDS FAZ A ALEGRIA DA CRIANÇADA E

ARRECADA ALIMENTOS PARA O PROVOPAR

O evento Truck Kids realizado em frente ao Palácio

Iguaçu, em Curitiba (PR), foi um sucesso. Centenas de

crianças de 4 a 12 anos, levaram 1 kg de alimento para

dar uma voltinha nos 12 minicaminhões que estavam

à disposição. O evento foi promovido pelo Provopar

Estadual, BPTran, que este ano completa 64 anos de

atividades, e Fórmula Truck.

56


• COLUNA

Joia eu uso

Produção

Fotos: divulgação

Divirta-se

com as cores

As joias podem ser o ponto de destaque da produção ou reforçar alguma parte do

visual. Quanto mais coloridas, mais sofisticado ou divertido fica o look.

No entanto, quando a escolha é por joias coloridas, pode surgir a dúvida sobre

como combiná-las. Muitas mulheres seguem a combinação tradicional, ou seja, pelo

tom da roupa. Essa é uma boa estratégia, mas existem outras.

Vou revelar quatro dicas de combinações, que vão da maquiagem ao uso de

cores complementares.

MAQUIAGEM

É muito bonito combinar a joia com a maquiagem. Nessa linha de harmonização,

pode-se combinar o brinco com o tom do batom ou do blush; o colar com o tom da

sombra, ou ainda o anel com o tom das unhas.

Mas lembre-se: selecione apenas um foco.

BELEZA PESSOAL

A joia também pode ser combinada com alguma característica física. Um exemplo

é escolher o brinco com gemas do tom dos olhos, ou um colar com quartzos no

tom da pele.

DESTAQUES NO VISUAL

É possível explorar joias mais coloridas quando o visual for neutro. Roupas em

tons clássicos e tradicionais - como preto, cinza, bege ou branco - dão espaço para

uma joia multicolorida.

COMPLEMENTAÇÃO

O colunista Tufy Karam Geara é

empresário do setor joalheiro

Contato: contato@revistavoi.com.br

Para seguir uma linha mais criativa, é interessante buscar uma combinação de

cores do tipo complementar. Nesse estilo de harmonização, encontramos alguns pares

de tons, como: vermelho (ou rosa) com verde; amarelo (ou dourado) com violeta; e

azul com laranja (ou marrom).

Uma sugestão é combinar olhos e roupa verdes com brincos e batom em tons

avermelhados.

Experimente essas dicas e divirta-se com as cores.

Patricia Tucci, consultora do Ibgm (Instituto Brasileiro de Gemas e Metais Preciosos)

58


academiagb.com.br

Medalha de ouro em

LEVANTAMENTO

DA CAMA

ESCOLHA SUA MODALIDADE.

//Barigui (41) 3339.9600

//Tarumã (41) 3366.3141

//Mercês (41) 3015.2333

//Morumbi (11) 3744.1476

//Londrina (43) 3336.1117


• COLUNA

Acesso

à cultura

Evolução

Construção de imagem

positiva por meio da

cultura

Todos em busca da conversão do consumidor

Foto: divulgação

Ao longo dos anos houve uma evolução no discurso publicitário. Desde a década de

60 com a publicidade comercial tomando forma no Brasil, as marcas seguiram sempre

a métrica de anunciar em mídias de massa. Assim, todos os problemas de marca eram

resolvidos. Bastava investir verbas astronômicas em mídia, um bom vendedor e estava

tudo certo. A visibilidade era gerada e as vendas aumentavam.

Embora a mídia tradicional ainda tenha força, o mundo mudou, as relações estão cada

vez mais complexas e para as marcas o cenário não é diferente. Há uma necessidade

iminente da construção de imagem positiva das marcas perante a sociedade.

O termo do momento é o storytelling. Recentemente a Revista Exame publicou

uma matéria com o título: Toda empresa quer ter boas histórias: algumas são mentiras.

Não se trata mais em ter uma grande ideia, para a propaganda é preciso ser autêntico

e verdadeiro. Por algum tempo as marcas tiveram tão somente uma relação comercial

com os consumidores. Hoje, há a obrigação de se relacionar com o consumidor, a

comunidade e o ambiente o qual se está inserido.

CONSTRUÇÃO DE MARCA POSITIVA

A construção de marca positiva é uma sucessão de atitudes que grandes e pequenas

empresas precisam estar atentas. A ação nunca está relacionada a uma atitude isolada.

As empresas que desejam trabalhar melhor a sua marca precisam ser consistentes em

suas ações.

No início do ano, o estudo feito pela YouGov BrandIndex, foi amplamente divulgado

e apontou que as principais marcas do Brasil investem em cultura. Ou seja, é a utilização

da cultura para a construção de marca positiva.

O colunista Guilherme Klopffleisch é

diretor de planejamento da Mind

Estratégias, empresa pioneira na

utilização dos recursos da Lei Rouanet

em favor da construção de imagem

positiva. A Mind entende que recursos

destinados à cultura - por meio dos

impostos - não são filantropias e sim

uma oportunidade para a empresa

se relacionar com a comunidade,

fornecedores e colaboradores.

Contato:

guilherme@mindestrategias.com.br

A CULTURA NA CONSTRUÇÃO DA MARCA POSITIVA

O Parque Histórico de Carambeí, no interior do Paraná, é um bom exemplo da

utilização de recursos voltados para a promoção da cultura através da Lei Rouanet.

Marcas como Frisia (antiga Batavo), Valtra, Massey Ferguson, Tetra Pak, CCR Rodonorte,

Fertipar, Monsanto, Nidera, BRDE, Banco Safra, dentre diversas outras patrocinam um

dos principais pontos turísticos do Estado. É um projeto que alcança milhares de pessoas

no Paraná e por todo o Brasil. Mais do que promover a cultura, que já seria um grande

feito, essas empresas conseguem relacionar as suas marcas e produtos, a uma atitude

do bem. Tudo isso feito da melhor forma possível, sendo verdadeira. Vale a pena ficar

atento aos movimentos que as grandes marcas têm feito.

Open your Mind!

60


• COLUNA

Celebração

Rodeado de amigos e familiares,

o empresário Hamilton Pansolin

comemorou seu aniversário de

70 anos dia 12 de março, no

Buffet Ilha do Mehl, com uma

linda festa organizada pela sua

esposa Arlene e filhas Adriane,

Ariadne e Aline.

Fotos: Valterci Santos

Valterci Santos é repórter fotográfico.

Contato: valterci@hotmail.com

ABRIL 61


• COLUNA

Fotos: Carlos Alberto Silva

Eventos

by

Mônica

Gulin

Nesta edição você confere

meu aniversário no dia 29

de fevereiro, data que só

acontece de 4 em 4 anos...

Comemorado na varanda

do Salão Social do Graciosa

Country Club em petit comité.

Também a festa de aniversário

do empresário Kadú Almeida

no restaurante Donna em

Jurerê Internacional. Kadú é

sócio do Beach Sunset Le Bar

Baron e um dos responsáveis

por transformar a capital catarinense

na Ibiza brasileira,

além de operar junto ao grupo

Novo Brasil responsável pelas

casas noturnas da Ilha da

Magia, tais como - P12, Sete

Night Club, Milk, Red Dining

Club, Donna Jurerê Internacional

e Cash Exclusive. Viva

os quarentões!

Betina Muradás, a aniversariante Mônica

Gulin, Ilse Lambach, Vânia Dalmaz, Beth

Palazzo e Neuza Madalosso

O requintado jantar da cozinha japonesa

O bolo da aniversariante

bissexta

Simone Hilani, Beth Palazzo,

Mônica Gulin, Rita Cooper Milla

Ana Paula

Baggio Pereira

e Cristiane

Debastiane,

divertem-se

no animado

jantar

Norma Formaggio, Maria Stella de

Castro Ferreira Neta, Luciane Pereira

Guimarães e Andrea Willy Guimaraes

Mônica Gulin é jornalista e

apresentadora de TV

Contato: contato@monicagulin.com.br

As primas

Nicole Shapinsky

e Geórgia Gulin

As amigas tenistas

Isabela e Gisele Miró

com Mônica Gulin

62


KADÚ ALMEIDA RESPONSÁVEL PELAS MELHORES FESTAS DE FLORIANÓPOLIS

COMEMORA SEU ANIVERSÁRIO

Fotos: Darline Rodrigues dos Santos

Angela Zilli

com o marido

e aniversariante

Kadu Almeida

ao lado de

Mônica Gulin

Cacau Menezes,

jornalista do

Diário Catarinense

e apresentador

da TV RBS em

Santa Catarina

Isadora Piazza

O DJ Henrique

Fernandez anima a

festa no Donna em

Jurerê Internacional

Fabiola

Bortoluzzi e

Alvaro Bertoli

Monique

Albuquerque,

Valentina e

Yara Paiva

Thais Furtado

Larissa Trentini

ABRIL 63


• CLICK

Dose

dupla

A Carmen Steffens (Maison e

Calçados) do Park Shopping

Barigüi aproveitou o evento

Part at the Mall, organizado

pelo shopping, para presentear

as clientes com um coquetel

cheio de quitutes e espumante

nas duas lojas. A Revista VOi

conferiu de perto o que rolou

por lá!

01

02

03 04

05 06

01. Vanessa Brito (centro) com

a gerente da CS Maison, Márcia

Polese e com a vendedora Kelli

Milano; 02. Mariana Albuquerque

e Laís Lunelli; 03. Amanda

e Perla Becker com a vendedora

CS Kaline Brazauskas; 04. Equipe

CS calçados com a cliente

Wanda Henrichsen; 05. Glauber

Rodran, Jerusa Moreira, Márcio

Fernando e Andréia Baccin;

06. A Carmen Steffens Maison

contou com DJ exclusivo para

animar as convidadas na loja;

07. Gisele Staneh, Erica Marques

e Andréia Baccin; 08.

Gladys Tamaru, Andressa Santucci,

Luma Tamaru e Andréia

Baccin; 09. Kael Eduardo com

Fábia e Bárbara da Cruz; 10.

Alex Benedito, Tânia Maria e

Glauber; 11. CS Maison pronta

para receber as convidadas; 12.

Gisele e Andréia com a pequena

Erika Terbeck;

64

07 08

09 10

11 12


13 14

15

16

17

18

20

19

21

13. Vanessa Brito desfila com

look CS; 14. Mariana Albuquerque

desfila com look total

CS; 15. Andressa Euzieres; 16.

Equipe CS Maison; 17. Andréia

Baccin, Cristina Terbeck e Gisele

Staneh; 18. Mari Muraro

e Andréia Baccin; 19. Mimos

para as clientes: docinhos em

formato de sapato; 20. Quitutes

deixaram a noite mais doce;

21. Gisele e Andréia com Carla

Adami; 22. Andréia e Kael com

Suelen Henk; 23. Bárbara da

Cruz.

Fotos: Mauricio de Paula

22 23

ABRIL 65


• CLICK

Nova

coleção

A Aramis do Park Shopping

Barigüi reuniu os fiéis clientes

da marca para um agradável

coquetel. O evento apresentou

a coleção outono/inverno

2016 que traz na campanha,

como garoto propaganda, João

Vicente de Castro. João é ator,

empresário, apresentador e

um dos idealizadores do canal

de humor Porta dos Fundos,

um dos maiores sucessos da

internet. Confira quem passou

por lá!

01

02

03 04

01. A vitrine da Aramis já está

preparada com a coleção outono/inverno

2016; 02. DJ

Rica Requião; 03. Alex Moda

(equipe Aramis) e Rafael Costa;

04. Rogério Gusmão (equipe

Aramis) e Vanessa e Cláudio

Machado; 05. Davi Etelvino;

06. Adilson dos Anjos e Paulo

Oliveira (equipe Aramis); 07.

Jillian Servat e Douglas Moreira

(equipe Aramis); 08. Rodolfo

Pereira e Thatiane Giovanella;

09. Alex Moda (equipe Aramis)

e Cláudia Pereira; 10. Na loja,

muitas novidades em todas as

linhas da marca;

05 06

07 08

66

09 10


11

12

13

14

15 16

17 18

19 20

11. Daisy Rieke e Romão Ferreira;

12. Douglas Moreira (equipe Aramis),

Antônio Carlos Brasil, Sara

Brasil e Cristine Brasil; 13. Paulo

Faigle, Paulo Oliveira (equipe

Aramis) e Cleris Faigle; 14. Pedro

Bartoski Jr., Joana Yasumoto

e Jonatas Yasumoto; 15. Paulo

Oliveira (equipe Aramis), Anna

Paula Navachi e Rafael Paura;

16. A festa foi regada a espumante;

17. Edson Prizol, Luana

Scheid (equipe Aramis) e Fábio

de Carvalho Silva; 18. Paulo

Oliveira (equipe Aramis) e Guilherme

Klopffleisch; 19. André

Luiz Graposki; 20. Fábio Sena,

Allan Borba (equipe Aramis), Jeff

Aragon e Sabrina Azevedo; 21.

Farley Nobre e Douglas Moreira

(equipe Aramis); 22. Equipe

Aramis Park Shopping Barigüi e

DJ Rica Requião.

21 22

Fotos: Mauricio de Paula

ABRIL 67


• CLICK

Festa

dupla

Curitiba acaba de ganhar um local para uma

reunião perfeita com os amigos, a Toca da

Coruja. Quem está à frente do empreendimento

são os irmãos Letícia e Eduardo

Lacerda. Este é o primeiro bar da cervejaria

Coruja, que tem fábrica em Forquilhinha

(SC), fora de Porto Alegre (RS). Além da

Coruja há espaço para cervejarias convidadas,

principalmente de Curitiba. A Revista

VOi aproveitou o ambiente para lançar a

Edição 128 e reunir os parceiros com o objetivo

de ampliar rede de relacionamentos

profissionais. O diretor do GRUPO JOTA,

Fábio Alexandre Machado, agradeceu a

presença dos convidados e enalteceu a importância

desse tipo de evento para criar um

networking entre os clientes. Confira quem

marcou presença!

01

02

03 04

05

06

07

08

09

10

11 12

68


13 14 15

16

17

18

19

20

21

24

22

25

23

26

01- Fachada da Toca da Coruja em Curitiba;

02- O anfitrião, Eduardo Lacerda, Michelle

Fongazi e Nathalia Lacerda; 03- Vanessa

e Cláudio Machado; 04- Adam Patterson,

Manu Navroski e Tiago Rangel; 05- Emanoel

Caldeira, do Provopar Estadual; 06- Fran e

Fábio Machado; 07- Gabriel Branco; 08- Kelly

e Francisco Woitowicz; 09- Flávia Zanuzzo

e Guilherme Zanuzzo; 10- Eduardo Lacerda

com a mãe Beth Lacerda; 11- Leonardo Mazzarotto;

12- Anuar Tarabai, proprietário da

F#%*ing Beer; 13- Viviane Rocha, Andresa

Quintino e Carla Bartoski; 14- A anfitriã Letícia

Lacerda com Junior Lins; 15- Iran Bueno e

Viviane Kraft; 16- Eduardo e Nathalia Lacerda;

17- Gustavo Griebeler, do Mustang Sally e

Bibo Kufmann, do The Sub´s; 18- Daisy Rieke,

Rodolfo Pereira, Thatiane Giovanella e Romão

Ferreira; 19- Mario Lima e Emily Hoffelder;

20- Bruna Abreu e Majed Lacerda; 21- Viviane

Rocha e Marco Sierakowski; 22- Vanessa e

Daniel Zanuzzo; 23- Luana Nardi e Eduardo

Bizinelli; 24- Darci Gulin; 25- Junior Tissot e

Lisiane Tissot; 26- Paulo Oliveira, da Aramis;

ABRIL 69


• CLICK

27 28 29

30

31

32

33

27- Francisco e Maia Branco; 28- Rafal e

Robson Lopes; 29- José Cláudio Carneio e

Eron Vardanega; 30- Letícia Saltori e Marco

Piazza, da Equipiazza; 31- Rafaelle e Susana

Portugal, da Cave Colinas de Pedra; 32-

Família Branco: Elenita e André com Alice

e Mariana; 33- Alex e Evelaine Pereira, da

Corupelle com a pequena Isabella; 34- Fran

e Robson Souza com Luiz Magal; 35- Carlos

Manuel e Sebastião Singer, da Ogre Bier;

36- Pedro Bartoski Jr., diretor executivo da

Revista VOi, Carlise Kwiatkowski, presidente

do Provopar Estadual, e Carla Bartoski; 37-

Denise Leal e Patrick Azevedo, da Esalflores;

38- Katia Müller e Nilson Müller, da G Müller

Arquitetura; 39- Cristiane e Marcelo Marcet;

34

36

35

37

Fotos: Mauricio de Paula

38

39

70


A CORUJA encontrou seu

LUGAR em CURITIBA

Cervejaria · Loja de presentes culturais · Bar

www.cervejacoruja.com.br

tocacuritiba

tocacorujacuritiba

Rua Fernando Simas, 334

Curitiba

41 3538-7775


• CADERNO GASTRONÔMICO

Fotos: divulgação

Foto: divulgação

A UM CLICK

Q

uem provou com certeza

amou. Os vinhos da Família

Fardo Vinícola – localizada

em Quatro Barras (PR) - estão

fazendo sucesso entre os curitibanos

que ganharam agora mais uma

forma de adquiri-los, a loja virtual.

Todos os rótulos elaborados

na vinícola e também alguns produtos

disponíveis na loja própria passam a ser

comercializados na nova ferramenta. Justina

Fardo, uma das sócias do empreendimento, explica

que a estratégia visa atender a uma alta demanda. “O

interesse pela marca vem crescendo. As pessoas provam

e posteriormente querem ter em sua casa os rótulos que

mais lhe agradam. A única maneira, até então, para

adquiri-los era realizar a compra diretamente na loja

física ou pontos de vendas.”

Na loja virtual os clientes precisam apenas acessar

a página, escolher os produtos e recebê-los em casa.

O processo de pagamento também segue o que hoje é

praticado no mercado online: simples e rápido.

Entretanto, para aqueles que quiserem continuar visitando

a estrutura da vinícola para comprar os produtos,

podem ficar tranquilos, a venda virtual não compete com

a estratégia do ponto de venda ou na loja própria. “A

experiência que as pessoas vivem ao virem até a vinícola

é única. A estrutura e os roteiros de visitação são um

diferencial a parte, o que torna o passeio, um programa.

Já o que desejamos com a loja virtual é que, se a pessoa,

gostou ou se interessou pelo rótulo, que ela tenha a possibilidade

de adquiri-lo com facilidade”, explica Ambrosio

Fardo, também sócio da vinícola.

INFORMAÇÕES:

Rodovia Regis Bitencourt (BR-116, km 69), nº 550,

Quatro Barras (sentido São Paulo).

Lova virtual: familiafardo.com.br/lojavirtual/

Facebook: Família Fardo Vinícola

Telefone: (41) 3672-1693 / (41) 3672-4488

Atendimento de segunda a sábado, das 9h às 17h.

Foto: Valterci Santos Foto: Valterci Santos

72


cafeteria

arte

Doces e

salgados feitos na

hora, além de um menu

amplo de deliciosos cafés em um

ambiente aconchegante

Al. Dr. Carlos de Carvalho, 1148 - Batel

(41) 3387-9233 -www.degustocafe.com.br


cavecolinasdepedra.com.br

AQUI NÓS

BRINDAMOS

A VIDA.

A Cave Colinas de Pedra faz a guarda,

maturação e processos finais do vinho

espumante, pelo método de elaboração

Champenoise. Venha conhecer a Cave e

desfrutar do nosso restaurante em uma

antiga estação ferroviária. Tudo isso

localizado a 30 km de Curitiba.


M & G Odontologia

tr

t

a

an

sf

ns

or

m

ma

an

fo

ma

and

transformando

s

or

so

ri

rr

r

o

is

sorrisos

Cirurgia e traumatologia buco-maxilo-facial

Implantes dentários - Enxertos ósseos

Prótese dental - Dentística estética

Endodontia - Ortodontia

Clareamento dental

Responsável Técnica:

Dra. Graciela Santos Salin

CRO 14741/PR

Especialista em cirurgia e

traumatologia buco-maxilo-facial

Dr. Marcelo Augusto

Araújo dos Santos

CRO 10570/PR

Especialista em prótese dental

NOVO ENDEREÇO:

Av. João Gualberto, 1881 - Sala 405 - 4º andar (Edifício Ópera Matteo) | Juvevê | Curitiba (PR)

Fone: (41) 3233-2494 | Celular: (041) 9857-0449 | E-mail: mgodontologia@terra.com.br


• BEM-ESTAR

A intimidade

acabou. E

agora?

Foto: divulgação

FALTA DE CUMPLICIDADE ENTRE

CASAIS PODE COLOCAR EM RISCO O

FUTURO SEXUAL DA RELAÇÃO

A

maior parte das dificuldades sexuais está relacionada

à redução da intimidade entre os parceiros. Esse é um

fato que inicia em alguma fase do relacionamento e se

não for corrigido a tempo, vai correndo pela vida e geralmente

desgasta e prejudica a relação.

Ao longo dos anos tenho observado que meus pacientes

apresentam certa angústia, uma mistura de insegurança com

frustração pela quebra da intimidade. Entendo que isso ocorre

pela falta de conhecimento das próprias necessidades. É

importante salientar que a intimidade somente se desenvolve

quando duas pessoas a desejam e ainda tem tudo a ver com

a liberdade que se conquista com a outra pessoa. Liberdade

para falar e pedir o que se gosta, sem medo de ser julgado ou

se sentir estranho.

Há casais que se amam, mas não têm mais intimidade e

fazem sexo por obrigação. Amor se constrói com o tempo, com

admiração, com parceria, ou se destrói se não for bem cuidado

ou se os caminhos individuais se desconectam durante o tempo.

Em um relacionamento longo muitas vezes a intimidade fica em

segundo plano e junto com ele o sexo satisfatório, e de repente

em um dia qualquer o casal percebe que o amor esfriou e que

ainda estão juntos por qualquer outro motivo, exceto pelo que

os uniu no início do relacionamento, pois as pessoas mudam,

amadurecem, os objetivos não são mais os mesmos.

A falta de intimidade pode causar problemas profundos nos

relacionamentos tanto para os homens quanto para as mulheres.

A falta de tesão durante a relação sexual pode estar ligada

justamente a falta de intimidade e perda da liberdade entre

casais. Deste fato, podem ser geradas as disfunções sexuais.

Nas mulheres as disfunções mais presentes são anorgasmia

(quando não conseguem chegar ao orgasmo); dificuldade para

atingir o orgasmo; dispaneuria (dores no momento da relação)

e vaginismo (dificuldade de relaxamento da musculatura vaginal).

Essas disfunções podem ter causas orgânicas e devem ser

analisadas, mas todas elas podem ser ocasionadas também por

problemas da relação com o parceiro.

A conversa é fundamental, do que gostam, do que gostariam

de experimentar juntos, o diálogo pode ser seu melhor aliado

nesta descoberta íntima e para que vocês possam juntos ter um

relacionamento feliz. Somente com o diálogo vocês construirão

a confiança, a liberdade e a cumplicidade.

TRATAMENTO NATURAL

Dentro da fisioterapia existe um ramo que trata com 98%* de eficácia

as disfunções sexuais, femininas e masculinas, com total ausência de

medicamentos, chamado fisiosexologia, que consiste em um conjunto

de técnicas para harmonizar a função erótica no homem e na mulher,

aumentando o rendimento sexual ou reabilitando-o quando está disfuncional.

Esse método foi trazido para o Brasil pela Drª Priscila Calil

Hermann em 2008, após formação com o próprio criador da técnica na

Espanha. A fisiosexologia visa ensinar a integração do corpo ao sexo,

pois geralmente as pessoas têm uma visão muito focada nos órgãos

genitais, esquecendo que o sexo é um exercício de corpo inteiro. Há um

leque de tratamentos que possibilita uma visão holística do paciente, e

que dependendo do quadro individual é eleito de forma personalizada.

* Índice estabelecido em uma pesquisa realizada com pacientes do

sexo masculino - tratados na Clínica Perfecto entre janeiro de 2000 e

dezembro de 2015 - com vida sexual ativa e sem doenças orgânicas

relacionadas ao problema de disfunção sexual

Perfecto - Soluções em sexualidade

Dra. Priscila Calil Hermann tem formação internacional

em Fisioterapia Uroginecológica e Fisiosexologia

Crefito 26851-F

Foto: divulgação

Rua Buenos Aires, 444 - Cj 103 - Fone: (41) 3015-8486

clinicaperfecto.com.br - perfectosexualidade.com

ABRIL 77


• BEM-ESTAR

A ARTE DA

DEFESA

PESSOAL

PARA

CRIANÇAS

TÉCNICA ISRAELENSE TRABALHA

O INSTINTO DE SEGURANÇA,

EXERCITA A MENTE E DESENVOLVE A

AUTOCONFIANÇA DOS JOVENS

Foto: divulgação

T

odo esporte traz inúmeros benefícios e bem-

-estar para as crianças. Mas, existem alguns

que auxiliam na saúde física e, também, no

desenvolvimento psicológico, intelectual e no instinto

de segurança. Como é o caso do método Krav Magá.

Desenvolvida pelo israelense Imi Lichtenfeld, essa

técnica foi criada em 1940 pelo Exército de Israel

com o objetivo de defesa quando a população sofria

com a guerra. Atualmente, o Krav Magá é a única

luta reconhecida mundialmente como arte de defesa

pessoal e não como uma arte marcial. É considerada,

sobretudo, arte, pois por meio do trabalho corporal,

ela exercita a mente e o intelecto, estimulando a busca

pela superação individual. Coragem, equilíbrio emocional,

paciência, respeito e autocontrole são alguns

dos sentimentos possíveis de serem trabalhados com

a técnica.

“O objetivo é desenvolver nas crianças o instinto

de segurança e proteção, aliado à prática de exercícios

físicos que fortalecem também o crescimento, a

qualidade de vida e a autoconfiança delas”, explica

Gustavo Távora Rodrigues, professor da Academia

Gustavo Borges Mercês, que é a primeira no Paraná

a utilizar o método kids.

No Krav Magá não existe a busca por medalha ou

troféu. A finalidade da técnica é aperfeiçoar os métodos

de segurança em situações de risco. Aliado às técnicas

básicas de defesa pessoal, o treino físico funcional

reúne alongamentos, flexões de braço, abdominais

e diversos exercícios que estimulam a coordenação

motora. O importante é que no Krav Magá não é

preciso ter força e a criança aprende a ter disciplina,

aprimora sua capacidade de concentração e também

se diverte, fazendo novas amizades. Percebendo essas

vantagens, possivelmente as crianças melhorarão seu

rendimento escolar e sua autoestima, otimizarão suas

relações sociais e o autoconhecimento.

“As aulas precisaram ser cuidadosamente adaptadas

para o ensino de crianças e adolescentes, e

contar com o suporte das Federações Paranaense e

Brasileira de Krav Magá”, orienta Gustavo. O aprendizado

técnico e o desenvolvimento emocional

acontecem durante os treinos e variam conforme o

aluno. A partir dos sete anos de idade as crianças já

podem iniciar o treinamento e não há restrição para

a prática do esporte.

Serviço: Academia Gustavo Borges | www.academiagb.com.br

78


• BEM-ESTAR

Pele

jovem e

saudável

TECNOLOGIA DO ULTRASSOM

MICROFOCADO É OPÇÃO

EFICIENTE PARA TRATAMENTO

DE FLACIDEZ

Foto: divulgação

C

om o avanço dos tratamentos e tecnologias para

retardar o envelhecimento, conseguimos amenizar e

controlar manchas, rugas de expressão e sulcos. Porém

a flacidez facial e/ou cervical continuam sendo um problema

para muitas pessoas. Embora alguns homens também sofram

com isso, a flacidez é mais frequente nas mulheres. Isso acontece

principalmente pelas variações hormonais, que alteram a

produção de colágeno e elastina.

A flacidez se caracteriza pela perda de tonicidade da pele

e músculos e ocorre quando as fibras de sustentação de pele

começam a enfraquecer. A perda de colágeno e água são as

principais causas à falta de elasticidade da pele. Além do próprio

envelhecimento natural, outros fatores contribuem para esse

processo, entre eles destacamos a herança genética, sedentarismo,

variações rápidas de peso, má alimentação, obesidade,

exposição excessivas ao sol e tabagismo.

A flacidez pode ser classificada em: (i) leve: perda da tonicidade

malar ou cervical; (ii) moderada: perda do contorno da

mandíbula ou acúmulo de gordura e flacidez submentoniana

(papada); e (iii) grave: que além dos descritos, apresenta excesso

de pele e queda da região do centro do rosto.

Nos casos de flacidez grave há indicação de lifting cirúrgico.

Porém muitas vezes nos casos leves a moderados não há

indicação cirúrgica, mas existe significativa alteração na estima

do paciente. Nestes casos o ultrassom microfocado pode trazer

grandes benefícios.

O Accutyte é um aparelho nacional de ultrassom microfocado,

aprovado pela Anvisa, que promove lifting facial não cirúrgico.

É um procedimento não invasivo que estimula a formação

de colágeno e tonificação da flacidez. As ondas do ultrassom

microfocado são capazes de penetrar em três profundidades

diferentes da pele. Chegam a atingir até 4,5 mm (milímetros),

cumprimento que atua na musculatura superficial da face. O

Accutyte age produzindo pontos de microcoagulação profunda,

que no processo de cicatrização causa retração e formação de

novo colágeno, contribuindo assim para correção da flacidez.

O procedimento pode ser utilizado em qualquer tipo de

pele, inclusive em pessoas bronzeadas, pois a energia é focada

abaixo da superfície da pele. Após o tratamento a pele não fica

marcada, nem formam crostas, por isso não há restrição a exposição

solar e atividades de rotina. Nas primeiras semana pode

haver um leve desconforto nas áreas tratadas. O efeito é gradual

e começa a ser notado de 2 a 3 meses após o tratamento.

O ultrassom microfocado é uma nova opção de tecnologia

que se une a outros tratamentos já consagrados, auxiliando na

manutenção da pele saudável e uma aparência mais jovem.

Foto: Fabio Ortolan

Dra. Lenise Mara Ribas Luz - Dermatologista

CRM 17964 - RQE 14262

Membro Efetivo da Sociedade Brasileira

de Dermatologia - SBD

Médica responsável pelo Ambulatório de

Tricologia da Santa Casa de Curitiba

Centro Médico Lúmene

Alameda Augusto Stellfeld, 1466 - Bigorrilho

Fone: (41) 3044-0027 | (41) 9661-7289

www.centromedicolumene.com.br

ABRIL 79


• TEST DRIVE

AMOR POR

CARROS

DODGE CHALLENGER É O XODÓ DA

FAMÍLIA CAVALCANTE

LOVE FOR CARS

A DODGE CHALLENGER IS THE DARLING

OF THE CAVALCANTE FAMILY

Fotos: Valterci Santos

80


ABRIL 81


• TEST DRIVE

A

paixão por carros é algo que definitivamente

está no gene da família Cavalcante. Pai e filhos

sempre compartilharam do mesmo gosto. Jessé,

Jessé Filho, de 22 anos, e o caçula Augusto, de 12,

dividem muitas experiências envolvendo carros desde

quando eles ainda eram crianças e o pai trabalhava

em uma oficina.

Quem conta a história deste test drive é ninguém

menos que o pequeno Augusto, que embora nunca

tenha dirigido o modelo em questão, tem um lugar

especial no coração separado para o Dodge Challenger

2010.

“Lembro de quando era bem pequeno, devia ter uns

três anos idade, meu pai era mecânico e levava a mim e

a meu irmão à oficina. Ele ensinava como cuidava dos

carros, pintava, montava e desmontava o motor, assim

começamos a gostar também”, descreve.

Augusto diz que a máquina chegou a sua casa

em 2010, 0km (quilômetros), adquirida pelo pai. Mas

T

he passion for cars is something that is definitely

in the Cavalcante family gene. Father and sons

have always shared the same taste. Jessé, Jessé

Filho, 22, and the youngest Augusto, 12, have shared

many experiences involving cars since they were still

children and father worked in a shop.

Who tells this test drive story is none other than the

little Augusto, who although he has never driven the

model in question, has a special place in his heart for

the 2010 Dodge Challenger.

“I remember when I was very small, it would be when

I was about three years old, my father was a mechanic

and took my brother and myself to his workshop. He

taught us how he looked after the cars, painted them,

and how he disassembled and reassembled an engine,

so we began to become interested too,” he describes.

Augusto says that the machine, acquired by the

father, arrived at his home in 2010, brand new, 0kilometers.

But this was not the first attempt by the family to

82


essa não havia sido a primeira tentativa da família em

arrematar o possante. Jessé tinha tentando um modelo

V6 que teve problemas durante a importação.

Foi paixão à primeira vista. “Todo mundo na família

ama. Meu pai tentou vender uma vez, mas ninguém

deixou. Até minha mãe defendeu o carro. Nos apegamos

bastante”, conta.

Embora cada integrante da família tenha um carro

para usar no dia a dia, o pequeno Augusto faz questão

de dar umas voltas na máquina de vez em quando. “Às

vezes minha mãe vai me pegar no colégio, porque ela

sabe que fico feliz. E aos finais de semana meu irmão

sempre me leva na Praça da Espanha, tomamos um

sorvete e passeamos por lá. Acho emocionante andar

nele”, destaca.

Para os meninos fica a lição ensinada pelo pai: “ele

sempre diz que é não é preciso gastar muito em um

carro. Basta ser um modelo que a gente ache bom e

bonito”, enaltece.

get the powerful machine. Jesse tried to get a V6 model

but had import problems.

It was love at first sight. “Everyone in the family loves

it. My father tried to sell it once, but no one let him. Even

my mother defended the car. We are very attached the

car,” he says.

Although each member of the family has a car to

use in everyday life, little Augusto is keen to ride around

in the machine every once in a while. “Sometimes my

mom will pick me up in it at school, because she knows

that I would enjoy it very much. And on weekends, my

brother always takes me to Praça da Espanha, buy an

ice cream cone and drive around. I think it is exciting to

ride around in it.”

For the boys, it is a lesson taught by his father: “he

always says that there is no need to spend much on a

car. It just has to be a model that we feel works well and

is beautiful,” he details

ABRIL 83


• CULTURA

MÚSICA

JORGE ARAGÃO

Um dos maiores representantes do samba brasileiro, Jorge Aragão, apresenta seus

grandes sucessos dos mais de 30 anos de carreira. O show assinado pela Multi

Eventos Promoções leva o cantor e compositor a se apresentar pela primeira vez

no palco do Teatro Positivo.

Foto: divulgação Foto: divulgação

Foto: divulgação

Foto: Ivo Iran

Foto: Gabriel Silva

Data: 8 de abril

Local: Teatro Positivo

Informações: (41) 3315-0808

OSWALDO MONTENEGRO

O cantor e compositor traz aos curitibanos a turnê Trilhas. No novo show, o

menestrel e sua banda fazem um passeio por canções e textos criados pelo artista

para enredos e personagens consagrados pelo público e pela crítica.

Data: 9 de abril

Local: Teatro Guaíra

Informações: (41) 3315-0808

TURMA DO PAGODE

Um dos grupos de samba e pagode mais aclamados da atualidade chega a

Curitiba com a turnê do novo DVD XV Anos de Estrada. O projeto inédito foi

gravado ao vivo em novembro de 2015, em São Paulo, para celebrar a vitoriosa

trajetória do grupo.

Data: 9 de abril

Local: Spazio Van

Informações: (41) 3315-0808

CHRYSTIAN E RALF

Com mais de 30 anos de carreira e considerada a dupla sertaneja mais afinada

do Brasil, os irmãos brindam a plateia com um passeio pelos sucessos mais

marcantes da trajetória. O show promete envolver os fãs com o estilo marcante,

excelente técnica e perfeição vocal dos cantores.

Data: 16 de abril

Local: Teatro Guaíra

Informações: (41) 3315-0808

NENHUM DE NÓS

A banda gaúcha faz o show de lançamento de seu mais recente trabalho: Sempre

é Hoje. Lançado no ano passado, este é o 16º disco de carreira da banda que

aparece revigorada, atenta e criativa.

Data: 23 de abril

Local: Teatro Guaíra

Informações: (41) 3315-0808

84


GERAL

REVISTA

PONTOS

DE VENDA

Foto: divulgação

EU VEJO ASSIM

Uma imagem realmente vale mais que mil palavras no

projeto: Eu Vejo Assim; que transforma desenhos de

sonhos e aventuras em fotografias a partir da percepção

do universo infantil. O trabalho é produzido por

crianças em tratamento no Hospital Pequeno Príncipe.

Data: até 29 de abril

Local: Galeria InterAtividade (Pátio Batel)

Informações: montenegroproducoes.com/eu-vejo-assim

• Babilônia - Cabral

(Rua Munhoz da Rocha, 1059 - Cabral) - 3077-3336

• Banca América

(Rua Otávio Pereira dos Anjos, s/nº - esquina c/ Cel. Francisco

H. dos Santos) - 3267-2412 / 9905-5071

• Banca Batel

(Av. Batel em frente ao Hosp. Santa Cruz) - 3244-5620

Foto: João L. Musa Foto: divulgação

DESTAQUE

2º FESTIVAL DRINK

GOOD COFFEE

O evento tem como objetivo

valorizar e divulgar

o mercado dos cafés

especiais na capital paranaense.

Estarão reunidos

mais de 20 cafeterias da

cidade que elaboraram

deliciosas ofertas, explorando

a variedade do

café, os diferentes tipos

de extração, as harmonizações

e a criação de

drinks criativos que levam o café como ingrediente principal.

Data: de 4 a 17 de abril

Local: diversos estabelecimentos

Informações: www.drinkgoodcoffee.com.br

MY COMPUTER

A mostra reúne obras do artista curitibano Felipe

Scandelari. Na série My Computer, o artista discute

a banalidade do mundo com ícones e referências

de imagens presentes no seu dia a dia. Sua pintura

em óleo sobre tela mostra recortes de fotografias de

família, amigos, madonas e super-heróis, objetos de

casa, pincéis e brinquedos.

Data: até 5 de maio

Local: Boiler Galeria

Informações: (41) 3040-8016

MODERNA PARA SEMPRE

A mostra traz pela primeira vez ao Paraná um conjunto

de 132 obras de 31 artistas que pertenceram ao

movimento fotoclubista brasileiro, lançado no final da

década de 1930. Todos os trabalhos remontam ao período

de 1940 e 1970, quando na esteira do modernismo

europeu e americano, fotógrafos brasileiros entraram

na discussão sobre os limites da arte fotográfica.

Data: até 24 de julho

Local: Museu Oscar Niemeyer

Informações: (41) 3350-4400

Foto: divulgação

• Banca Bom Jesus

(Rua Jaime Balão, 201 - Cabral) - 3264-7662

• Banca do Condor Champagnat

(Martim Afonso, 2800) - 3336-9817

• Banca do Palladium

(Av. Presidente Kennedy, s/nº em frente ao

Shopping Palladium) - 9209-1161

• Banca Espanha

(Praça Espanha) - 3225-1173

• Banca Leia Bem Pão de Açúcar

(Av. República Argentina, 391 - Água Verde) - 3024-6156

• Banca Paulina

(Rua Pres. Farias esq. c/ Rua XV) - 3324-7997

• Banca Praça do Japão

(Praça do Japão) - 3243-1475

• Banca Santa Felicidade

(Av. Manoel Ribas, 5930 - Santa Felicidade) - 3024-3538

• Bazar Cotegipe

(Mercado Municipal) - 3262-5011

• Brioche

(Rua Augusto Stresser, 839 - Juvevê) - 3342-7354

• Caiobanca

(Av. Atlântica, 1200 - Caiobá/Matinhos) - 3473-9228

• Curitiba Aqui Art e Café

(Pilarzinho ao lado da Ópera de Arame) - 3252-0555

• Salão Marly - Gustavo Bonato

(Av. Sete de Setembro, 6055 - Batel) - 3343-0505

Pagamento

para

assinatura

3

vezes

sem juros

CENTRAL DE ATENDIMENTO

0800 600 2038

ABRIL 85


• HISTÓRIAS

H ISTÓRIAS

cURITIBANAS

Portão 14

“Atenção senhores

passageiros do vôo 9376

com destino a Guarulhos

e conexões, seu embarque

está sendo realizado

pelo portão 14”.

Já faz tempo que voar

deixou de ser poesia, mas

querendo ou não, aeroportos

ainda reservam

certo charme. Há tanto

drama em suas esteiras,

quanto silêncio em suas

cadeiras e, embora embarcar

em um avião já

não seja mais tão elegante

quanto antigamente,

sempre haverá história na

sala de embarque.

Clara, por exemplo,

não sabe precisar quando

tudo começou. Não pôde

assistir aos últimos dias da avó. Abraçou as duas filhas,

Julia e Luciana, e não conteve as lágrimas. Em dez minutos

embarcará para Brasília para seu primeiro encontro com

a perda e saudade. Ela se desculpa “pelo descontrole” e

pelas poucas palavras, se despede e segue viagem. Provavelmente

será a última vez que a vejo, embora quisesse

tentar consolá-la por mais algumas horas.

Carlos, por outro lado, está feliz. Passou os últimos três

meses na capital paranaense a trabalho e agora retorna para

Recife. Sorri para todos os lados, com ou sem motivo plausível.

Assim, graças a ele, esqueço um pouco os problemas

e a dor transmitida por Clara é amenizada. Andando na

ponta dos pés, após contar sua história (vai reencontrar

sua futura esposa, pedi-la em casamento em Fernando de

Noronha, terá três filhos e, quando se aposentar, passará

os dias pescando), também se despede. Infelizmente não

devo ter outra oportunidade de ver Carlos.

Já Dona Marta é um espetáculo

a parte. Começa

confessando não crer em

horóscopos, mas se oferece

para ler o meu. “Qual

seu signo?”, questiona.

Deve ser um vício que não

superou ou uma espécie

de desafio cotidiano. Em

seguida, ensina o segredo

para um pão de queijo perfeito,

enquanto reclama do

“pedaço de borracha” que

lhe custara R$8. Diz ainda

que tem medo de voar,

mas a saudade do filho lhe

proporcionou “mais horas

no ar que qualquer urubu

velho”.

Moradora do Bacacheri,

está acostumada com

barulho de aeronaves,

mas indignada por não tirar uma sesta completa durante

a semana “desde 1974”, quando se mudou para o bairro.

Como o filho lhe espera na cidade maravilhosa, se despede

com um beijo e segue viagem. Antes me convida para

tomar “um café de verdade e não está água com pó” em

sua casa, então espero vê-la novamente em breve.

Talvez aeroportos sejam mesmo passíveis narrativas,

já que sempre que vamos a algum esbarramos em diversas

delas – pena que muitas vezes, pela pressa ou qualquer

outro motivo, elas acabem passando despercebidas, enquanto

nos restringimos a prestar atenção no sistema de

som: “Atenção senhores passageiros do vôo 9376 com

destino a Guarulhos e conexões, última chamada para

embarque sendo realizado pelo portão 14”.

Levanto da cadeira e, de repente, ao menos para mim,

o Afonso Pena fica vazio.

Texto: M.B. / Ilustração: Fernanda Domingues

86


@carmensteffens

CarmenSteffensOnline

CALÇADOS, ROUPAS E ACESSÓRIOS

PALLADIUm SHOPPING | PONTA GROSSA - PR

PARKSHOPPING BARIGUI | OUTLET: RUA ALFERES ÂNGELO SAmPAIO, 1754 | CURITIBA - PR

AIX-EN-PROVENCE BUENOS AIRES CANNES JOHANNESBURGO HOLLYWOOD LAS VEGAS NICE ORLANDO PUNTA DEL ESTE RIO DE JANEIRO SÃO PAULO

550 lojas - 18 países

More magazines by this user
Similar magazines