Agosto/2015 - Revista VOi 122

jota.2016

Grupo Jota Comunicação

Nando

Rodrigues

SINTO-ME UM JOVEM

APRENDIZ COMEÇANDO

A TRILHAR MINHA HISTÓRIA

CAVE

COLINAS DE PEDRA

ALMOÇO GOURMET E

DEGUSTAÇÃO DE ESPUMANTES

EM UM CENÁRIO NOSTÁLGICO

HARLEY-DAVIDSON:

TRIKE É APOSTA NO SEGMENTO DE CUSTOMIZADOS


Av. Comendador Franco, 815 (Av. das Torres)

Jardim Botânico | 41 3262.4665

corupellecuritiba@yahoo.com.br

Corupelle Curitiba


• EDITORIAL

CAPA

O ator Nando Rodrigues estampa a capa

desta edição fotografado por Felipe

Lessa, com beleza de Everson Rocha e

produção executiva de Tatiane Zeitunlian

INSTINTO PATERNO

Existem algumas situações na vida para as quais nunca estamos

preparados. Podemos até estar ansiosos para que se realizem, mas dificilmente

lapidados. Ser pai está entre as top 3 dessa lista com toda a certeza. Para nossa

sorte, na grande maioria das vezes, brota de algum lugar aquela vocação

explicada somente pelo tal instinto paterno. Trata-se de um aprendizado

quase que diário e que serve tanto para o pai como para os filhos. Engana-se

quem pensa que a paternidade apenas aumenta a responsabilidade como

ser humano. Na verdade, nos torna mais sensíveis a aprender com nossos

filhos a entender melhor as pessoas e a nós mesmos. Esse é o verdadeiro

aprendizado e amadurecimento. E como não podia ser diferente, nesse mês

tão especial preparamos uma edição para cativar nossos leitores, assim como

filhos orgulhosos que presenteiam seus pais. Reservamos opções de viagem,

lazer, bem-estar, moda, cultura, esporte, principais eventos sociais e fatos

mais relevantes captados por nossa equipe de trabalho. Afinal, não basta ser

pai, tem que aproveitar!

Pedro Bartoski Jr.

Diretor-executivo Revista VOi

PATERNAL INSTINCT

EDIÇÕES ANTERIORES

There are some situations in life for which we are never prepared. We

may be looking forward to them happening, but they hardly happen in a

very polished way. Being a Dad is among the top 3 on that list for sure.

Fortunately, the vast majority of the time, the vocation unexpectedly springs

from somewhere that can only be explained by paternal instinct. It is almost

a daily learning process and serving both father and child. It is a mistake to

think that fatherhood just increases one’s responsibility as a human being.

In fact, it makes us more sensitive by learning from our children to better

understand ourselves and others. This is true learning and maturing. How

could it be anything else, so this month we’ve prepared a Special Edition to

captivate readers in the same way a child proudly gives a present to his Father.

We have reserved travel, leisure, wellness, fashion, culture, sports, and social

options, as well as presenting other relevant facts obtained by our team. After

all, it is not enough being a Father; you have to take advantage of being one!

Pedro Bartoski Jr.

Executive director Revista VOi

06


• EXPEDIENTE

Bastidores

Foto: Valterci Santos

01

01 • TEST RIDE

Celio Dobrucki posou para foto com sua última criação: um trike

elaborado em cima de uma Harley Davidson modelo Dyna

Foto: Fabio Ortolan

02

02 • INAUGURAÇÃO

O diretor executivo da VOi, Pedro Bartoski Jr., marcou

presença na inauguração do Studio Robson Souza. Na foto,

Robson, o ex-BBB Marcelo Zagonel, Fran Alves e Pedro

Foto: Fabio Ortolan

03

03 • CLICK

Presença especial no evento: Viviane Kraft, comercial

do GRUPO JOTA, e Pedro Bartoski Neto também

prestigiaram a conquista do amigo Robson Souza

Ano XII • Edição n.º 122Agosto 2015

Year XII • Edition n.º 122 • August 2015

A Revista VOi é uma publicação da

JOTA Editora

Rua Maranhão, 502 - Água Verde

CEP 80610-000 - Curitiba (PR) - Brasil

Fone/Fax: +55 (41) 3333-1023

JOTA COMUNICAÇÃO

Diretores/Directors:

Comercial - Fábio Alexandre Machado

Executivo - Pedro Bartoski Jr.

revistavoi@revistavoi.com.br

Negócios - Joseane Knop

joseane@jotacomunicacao.com.br

JOTA EDITORA

Diretores/Directors:

Comercial - Fábio Alexandre Machado

Executivo - Pedro Bartoski Jr.

revistavoi@revistavoi.com.br

Redação/Writing:

Editor: Rafael Macedo

editor@revistavoi.com.br

Davi Etelvino

Larissa Angeli

Uliane Tatit

jornalismo@revistavoi.com.br

Projeto Gráfico/Graphic Design:

Supervisão: Fabiana Tokarski

Fabiano Mendes

Bruce Cantarim

Fernanda Domingues

criacao@revistavoi.com.br

Colaboradores/Colaborators:

Fotógrafos: Fabio Ortolan

Valterci Santos

comercial@revistavoi.com.br

Fone: +55 (41) 3333-1023

Colunistas/Colunists:

Mônica Gulin

Tufy Geara

Valterci Santos

Depto. de Assinaturas/Subscription:

Coordenação - Monica Kirchner

Elaine Cristina

assinatura@revistavoi.com.br

Ligação gratuita:

0800 600 2038

Na Rede

www.facebook.com/revistavoicuritiba

Veículo filiado a:

Depto. Comercial/Sales

Department:

Claudio Martins

Roseli Malicheski

www.revistavoi.com.br

A Revista VOi é uma publicação mensal e independente, dirigida ao público curitibano, a turistas, rede hoteleira e gastronômica de Curitiba. A VOi não se responsabiliza por conceitos emitidos em artigos e colunas assinadas, por

serem de responsabilidade de seus autores. A utilização e reprodução pode ser feita desde que informada e citada a fonte. A Revista VOi também não se responsabiliza por fotos de divulgação, bem como, por anúncios e imagens

enviadas por terceiros, por entender serem de responsabilidade de seus produtores.

VOi is a monthly and independent publication directed at the public, tourists, hotel chains and gastronomy in Curitiba. VOi does not hold itself responsible for the concepts contained in the articles and columns signed by others.

These are the exclusive responsibility of their authors. The use and reproduction of any part of the publication can be carried out as long as the source is duly noted and cited. VOi is also not responsible for photographs that are part

of any divulgation, as well for advertisements and images supplied by others, and understands that they are the exclusive responsibility of those who produced them.

08


• SUMÁRIO

06

Editorial / Instinto paterno

Editorial / Paternal instinct

08

Expediente

20

Moda

Primeiros passos

12

14

20

26

Cartas

Notas

Moda / Primeiros passos

Entrevista / Nando Rodrigues

Interview / Nando Rodrigues

36

Principal / A arte da ilusão

42

Empreendimento / Soluções Modernas

44

Diversão / Cinema para todos

46

Transformação / Estilo próprio

48

Vitrine

50

Tendência

68

58

60

Coluna / Talento em foco por Valterci Santos

Coluna / Joias eu uso por Tufy Karam Geara

62

Coluna / Eventos by Mônica Gulin

64

Click

68

Caderno gastronômico

80

Beleza

90

87

90

Bem-Estar

Test ride / Liberdade para todos

Test ride / Freedom for all

94

Esporte / Queda radical

98

Viagem / Estação gourmet

Travel / Gourmet station

104

Cultura

105

Música / De Pai para filha

98

106

Histórias / A magia do cinema

10


Barbearia temática

Cervejas especiais

Estúdio de customização de motos

Casa de tatuagem

Roupas e acessórios

Maquiagem

GriloGringo Custom House

Reunidos em um só lugar os

elementos da Cultura Custom

Rua Fernando Amaro, 801 - Alto da XV - Curitiba - 41 3044.0474


• CARTAS

NA MÍDIA

Capa da Edição 121/Julho

com a ator Kayky Brito

A promoção em parceria com a Cinépolis está

movimentando a fanpage da Revista VOi. Curta

e siga nossa página no Facebook para concorrer

a ingressos para as salas mais modernas de

Curitiba. A inauguração do Studio Robson Souza

rendeu muitas curtidas e compartilhamentos.

Acompanhe os eventos mais badalados de Curitiba

na nossa página.

A VOi é show!

Cássia Inah - Curitiba (PR)

A Revista VOi é parceira de seus leitores. Super antenada e capaz

de prender a atenção.

Joice Lunelli - Curitiba (PR)

Em minha opinião a Revista VOi é a melhor

Carlos Santos - Curitiba (PR)

Quer ficar atualizado e bem informado sobre celebridades, saúde e

beleza, moda, eventos, viagens, gastronomia, automóveis, arquitetura

e construção? A resposta é uma só: leia a Revista VOi, pois ela tem

tudo isso e muito mais e vai agradar até os mais exigentes leitores.

Suzana Ferreira de Oliveira - Curitiba (PR)

A Revista VOi tem tudo que o leitor busca. É simplesmente maravilhosa.

Lair Leal - Curitiba (PR)

A Revista é maravilhosa. Traz informações que todos querem saber.

Sucesso garantido.

Giselly Da Silva - Curitiba (PR)

Uma Revista que traz os mais variados temas de acordo com a

necessidade de cada leitor, deixando assim, todos satisfeitos!

Vivian Daldin - Curitiba (PR)

Na edição 121 da VOi, os créditos do editorial de moda Couro

para todas as ocasiões saiu incompleto. Os modelos fotografados

são agenciados pela Station Models de Curitiba e a maquiagem e

cabelo ficaram por conta de Marcial Eugênio e Eduardo Bukta, do

Torriton Trend.

Foto: Vanessa Blochmann

NA REDE

www.facebook.com/revistavoicuritiba

www.revistavoi.com.br

12


A ARTE

EM METAL

www.fundarte.com.br

Fábrica

41 3076 6898 | 9866 8283

Rua Epaminondas Santos, 2805

Bairro Alto - Curitiba - PR

www.fundarte.com.br

Showroom

41 3257 6090 | 3053 6090

Rua Estados Unidos, 1713

Boa Vista - Curitiba - PR


• NOTAS

Loja nova

A marca catarinense Lez a Lez inaugurou a segunda loja na capital sob

o comando das franqueadas Camila Brezolin e Salette Nakamura. Com

a presença de vários formadores de opinião em um badalado coquetel,

as anfitriãs recepcionaram os convidados no novo espaço no Shopping

Palladium. A franquia foi ainda a primeira do Brasil a apresentar a

coleção Primavera-Verão 2016, inspirada na Antiga Guatemala que

traz desde beachwear a vestidos de festa. A outra loja da marca está

localizada no Park Shopping Barigui e também tem à frente Camila e

Salette.

Foto: Valterci Santos

Marina Curi e Morgana Elis

Determinadas

ao sucesso

Fotos: divulgação

As blogueiras Suliane Vieira, Roberta

Viana, Alessandra Toneli, Sabrina Dalmolin,

Stephane Gerlach e Amanda Capellani com

as franqueadas (ao centro) Camila Brezolin e

Salette Nakamura

Camila Brezolin e

Salette Nakamura

As jornalistas Marian Izabel

Guimarães, Nereide Michel e

Adelia Lopes com a franqueada

Camila Brezolin

A Déterminée acaba de estrear no cenário

da moda feminina de Curitiba. Com loja no

Pátio Batel, a marca criada por duas jovens

empreendedoras, as designers Marina Curi

e Morgana Elis traz conceitos inovadores

de consumo consciente. Voltada para o

segmento prêt-à-porter, ela vem de encontro

a novas experiências sensoriais que valorizam

o processo de produção. As roupas são

desenvolvidas para mulheres refinadas,

elegantes e que valorizam as tendências que

permanecem por mais de uma estação.

La

Taquería

Com conceito fast casual, o Zapata La Taquería

está presente em Curitiba nos shoppings Mueller,

Estação e Pátio Batel. Como nas originais taquerías

mexicanas, o cliente escolhe o prato – nachos,

burritos, tacos e etc. - e adiciona os ingredientes

que mais gosta, entre opções quentes e frias.

Perfeito para apimentar o dia e matar aquela

vontade de comida mexicana. Para promoções e

dicas siga no Facebook: zapatalataqueria.

Foto: Bel Press

14


SINTA-SE PROTEGIDO.

SOMOS ESPECIALISTAS EM PELÍCULAS SOLARES

Há 25 anos atendendo os segmentos comercial,

automotivo e residencial

Rua 24 de Maio nº 1750 | Rebouças | Curitiba | (41) 3332-6161 | www.solarfilm.com.br

SOLAR FILM


• NOTAS

Melhor

hambúrguer

Não é à toa que o restaurante se chama The

Best Ribs. O nome faz jus a um dos tipos de

carne mais apreciados pelos brasileiros: a

costela. Se a preferência for pela de porco,

a pedida certa é a costelinha com molho

barbecue. Agora quem não abre mão de um

bom burguer tem que provar a receita especial

do chef com hambúrguer de costela, eleito

um dos melhores da cidade. Durante o happy

hour, das 18h às 20h, na compra de dois

chopes o terceiro é por conta da casa e as

porções têm 30% de desconto.

Foto: Fabiano Mendes

Sem problemas

Comprar um carro novo é bom, mas fica melhor ainda se ele

vem com garantia. A Bello’s Car oferece garantia por um ano

no motor e caixa, válida para todo território nacional. “Esse

é nosso grande diferencial de mercado. A maioria das lojas

vendem essa garantia, nós oferecemos de graça aos nossos

clientes”, afirma Alessandro Soares, vendedor da Bello’s. A

revendedora conta com 250 carros no estoque de todas as

marcas: desde marcas populares à linha premium.

Vitória

no tênis

A equipe paranaense de tênis infantojuvenil conquistou

o bicampeonato brasileiro na Copa das Federações em

Uberlândia (MG) derrotando na final a forte equipe

do Estado de São Paulo. Na foto, o time do Paraná

categoria 16 anos: Luiza Welter, de Londrina, Nathália

Gasparin, de Curitiba, Geórgia Gulin, de Curitiba

e Vitória Okuyama, de Arapongas. As bicampeãs

brasileiras seguram a bandeira da FTP (Federação

Paranaense de Tênis).

Foto: arquivo pessoal

Foto: Fabio Ortolan

16


B O X 9 1 1 I M P O R T A U T O S E R V I C E

SEU CARRO NAS MÃOS DE QUEM É MOVIDO

PELA MESMA PAIXÃO QUE VOCÊ

www.box911.com.br

Av. Pres. Arthur Bernardes, 213 | Curitiba | PR

Fone: 41 3243.0911

contato@box911.com.br

Box911AutoService

box_911


• NOTAS

Branka em Curitiba

Os empresários musicais Guilherme Rodrigues e Ana Müller visitaram as

instalações do GRUPO JOTA, responsável pela publicação da Revista VOi.

Em conversa com o diretor comercial Fábio Alexandre Machado, revelaram

que a cantora Branka está preparando um show especial em Curitiba. A

apresentação está prevista para acontecer em outubro. A curitibana, radicada

no Rio de Janeiro, é presença constante nas rodas de samba cariocas.

A cantora quer trazer um pouco deste clima para o público da capital

paranaense.

CAPITAL MUNDIAL DO DESIGN

Curitiba pode ser eleita a Capital

Mundial do Design 2018. O

anúncio foi feito em Montreal pelo

Icsid (Conselho Internacional das

Sociedades de Desenho Industrial),

entidade de abrangência mundial

responsável pela titulação. O prêmio

é concedido a cada dois anos para

cidades que ainda têm potencial

de desenvolvimento no setor. Se

escolhida, Curitiba terá de realizar

diversos eventos durante todo o

ano de 2018. A capital paranaense

concorre com a Cidade do México.

O resultado será anunciado no dia 18

de outubro, durante a 29ª Assembleia

Geral do Icsid, que acontecerá na

cidade de Gwangju, na Coreia do Sul.

Empresários Guilherme Rodrigues e Ana Müller ao lado de

Fábio Alexandre Machado, diretor comercial do GRUPO JOTA

Galeria de arte

Curitiba acaba de ganhar

um novo espaço para

exposições de fotografias

e obras de artistas

independentes: a Galeria

Airez. Idealizada pelo

fotógrafo e artista visual

Guilherme Zawa, a ideia

é reunir trabalhos sob um

conceito contemporâneo

a partir da abordagem

do processo, e não do

conteúdo, diferentemente da proposta da fotografia tradicional. “Tudo já

foi fotografado, então, é preciso aprofundar o olhar. Não importa o que

vai ter na foto, mas sim a abordagem diferente de cada um sobre o que

será mostrado”, explica Zawa. A inauguração trouxe a exposição coletiva

Abstrações Concretas, entre os artistas estão obras de Laura Avelar Fonseca

(vencedora do Prêmio Marc Ferrez de Fotografia 2015), Gela Borges,

Rodrigo Ormond e do próprio Zawa.

Foto: Revista VOi

Foto: divulgação

em

ALTA

em

baixa

LEVARAM MINHA BIKE

No período em que se tenta incentivar

o uso de bicicletas cresce o número

de roubos e furtos das bikes de alto

valor. Os assaltantes agem em grupo

e as revendem por valores muito

abaixo dos praticados no mercado,

ou seja, quem compra, além de

incentivar a prática, comete o crime

de receptação de objeto roubado. As

ações acontecem nas ciclovias, ruas e

até em condomínios fechados, mesmo

durante o dia. Ao desconfiar da oferta

de uma bicicleta muito barata e sem

nota fiscal, o correto é denunciar à

Delegacia de Furtos e Roubos pelo

número (41) 3218-6100.

18


• MODA

Primeiros

passos

De simpatia única,

Nando Rodrigues começa

a trilhar sua carreira de ator

Camisa e calça - RICARDO ALMEIDA

www.ricardoalmeida.com.br

20


Ficha técnica:

Fotógrafo: Felipe Lessa

www.felipelessa.com.br

Styling: Arno Jr

Produção de Moda: Mateus Castro

Beauty&Hair Artists: Everson Rocha

Produção Executiva: Tatiane Zeitunlian

www.tatianezeitunlian.com.br

Locação: Stúdio Line (RJ)

AGOSTO 21


• MODA

Camisa - RICARDO ALMEIDA

www.ricardoalmeida.com.br

Blazer - HUGO BOSS

www.hugoboss.com

22


Camisa - RICARDO ALMEIDA

www.ricardoalmeida.com.br

Calça - JOHN JOHN

www.johnjohndenim.com

AGOSTO 23


• MODA

Tricot, calça e tênis - RICARDO ALMEIDA

www.ricardoalmeida.com.br

24


Camisa e Calça - JOHN JOHN

www.johnjohndenim.com

Tênis - RICARDO ALMEIDA

www.ricardoalmeida.com.br

AGOSTO 25


• ENTREVISTA

26


Nando

Rodrigues

Por Larissa Angeli

Fotografia: Felipe Lessa

M

esmo com a carreira desabrochando, o que não falta para Nando Rodrigues é a vontade de

se tornar um grande ator. O garoto de Campo Grande (MS), que se mudou para o Rio de

Janeiro (RJ) para realizar o sonho de menino, ralou muito para conseguir um lugar de destaque

nas telinhas e levou muito não durante essa empreitada. Nos personagens que fez até o momento já

teve a oportunidade de trabalhar com grandes autores e diretores como Janet Clair, Manoel Carlos e

Jayme Monjardim. Fascinado pela natureza, Nando não dispensa um esporte a céu aberto, o que ajuda

também a manter a plena forma física que deixa as fãs de boca aberta. Outra paixão do jovem ator

são os animais. Filho de veterinários cresceu em constante contato com os bichos e tem pelos cavalos

um carinho especial. Nando conversou com exclusividade com a Revista VOi sobre a carreira, vida

pessoal e falou a respeito do título de galã que acha engraçado. “Acho legal ser reconhecido dessa

forma, até porque no colégio era gordinho e usava aparelho”, brinca o ator. Confira!

E

ven though his career is just beginning, what Nando Rodrigues is not lacking, is the

desire to become a great actor. As a boy, he moved to Rio de Janeiro (RJ) from Campo

Grande (MS) in order to realize his dream, worked very hard to get a prominent place

on the television screen, and took many no’s during this endeavor. In the characters that he has

interpreted so far, he has had the opportunity to work with several great writers and directors,

such as Janet Clair, Jayme Monjardim and Manoel Carlos. Fascinated by nature, Nando does

not give up a chance for open-air sport, which also helps him to keep in the full physical form

that leaves his fans wide-eyed. Another passion of the young actor is animals. Son of veterinarians,

he grew up in constant contact with animals and has a special fondness for horses.

Nando spoke exclusively with Revista VOi about his career and personal life, and talked about

the title of “teenage idol” that he thinks is funny. “I think it’s nice to be recognized in this

way, because in high school I was chubby and wore braces,” quips the actor. Check it out!

AGOSTO 27


• ENTREVISTA

Como ocorreu a mudança do Mato Grosso do Sul para

o Rio de Janeiro (RJ)?

Após terminar o ensino médio, quis muito ir para o Rio de

Janeiro para estudar teatro, mas a aceitação da família não

veio tão fácil assim. Antes precisei cursar outra graduação

para assim receber apoio e autorização dos meus pais

para fazer Artes Cênicas. Como qualquer mudança, o

início foi muito difícil, o processo de adaptação, mas logo

as coisas começaram a acontecer e consequentemente a

vida longe de casa passou a ser mais tranquila.

Tinha 17 anos quando mudou. Morou sozinho?

Fui sozinho, mas sempre tive apoio dos meus pais e

logo após minha ida para o Rio de Janeiro minha mãe

foi fazer o doutorado dela lá, e como todos sabem ter a

mãe por perto sempre ajuda (risos). Foi fundamental ter

uma estrutura familiar por perto, me deu muita base para

aguentar as dificuldades da profissão.

Estudou muito para ser ator?

Não me lembro um momento desde a minha adolescência

que não estivesse de alguma maneira estudando

ou me reciclando. Provavelmente tenha feito todos os

cursos e oficinas dos quais tenha tido conhecimento e

achado válido ao longo desses anos no Rio de Janeiro.

Acho que esta é uma profissão em que temos que estar

sempre nos movimentando e buscando, pois as possibilidades

são infinitas.

Qual a diferença de fazer televisão e teatro?

Fiz algumas peças das quais tenho orgulho. Sou muito

grato ao palco, pois foi nele que despertei o meu interesse

pelas artes e ali aprendi o ofício de ser ator. A televisão

é um veículo completamente diferente dos palcos, mas

acredito que eles se complementam o tempo todo. Na

televisão é necessário ser mais minimalista e se errarmos

há tempo de corrigir, já no teatro é necessário ser espetaculoso

e, na minha opinião, não se pode errar.

What was your move from Mato Grosso do Sul to Rio

de Janeiro like?

After finishing middle school, I very much wanted to go

to Rio de Janeiro to study acting, but my family did not

take to that easily. Beforehand, I had to finish high school

before receiving support and permission from my parents

to study performing arts. Like any change, the beginning

was very difficult, the process of adaptation, but soon

things started to happen and, therefore, life away from

home became more peaceful.

You were 17 when you moved. Did you live alone?

I went alone, but I always had support from my parents

and, soon, after my move to Rio, my mom decided to

do her doctorate there, and as you all know, having your

mother close always helps (smiling). It was essential to

have a family structure around. It gave me the base to

handle the difficulties of the profession.

Did you study much to be an actor?

I can’t remember a time since my adolescence that I

wasn’t somehow studying or recycling. I have probably

taken all the courses and done all the workshops, of which

I had knowledge of, and found valid, throughout those

years in Rio. I think that this is a profession in which we

always have to be moving about and seeking things out,

because the possibilities are endless.

What is the difference between doing TV and theater?

I did some plays of which I am very proud. I am very

grateful to the stage, because it was there that my interest

in the arts was awakened, and there, that I learnt the craft

of being an actor. Television is a completely different

vehicle from the stage, but I believe they complement

each other all the time. On television, it is necessary to

be more minimalist, and if we make a mistake, we have

time to correct it; in theater, it is necessary to be scenic

and, in my opinion, you can’t make any mistakes.

Não me lembro um momento desde a minha

adolescência que não estivesse de alguma maneira

estudando ou me reciclando

28


Sou muito grato ao palco, pois foi nele que despertei

o meu interesse pelas artes e ali aprendi o ofício de

ser ator

Qual personagem gostaria de interpretar?

Tenho tantos personagens que tenho vontade de fazer,

ainda não tive a oportunidade de fazer Sheakspeare no

teatro, o que é um sonho. Tenho muita vontade de fazer

personagens de composição na televisão também. Os

personagens são diversos, quero poder passear por todos

os universos.

Tem algum sonho como ator? O que falta para se realizar

profissionalmente?

Tenho em mim todos os sonhos do mundo dentro dessa

profissão, me sinto um jovem aprendiz começando a

trilhar minha história.

Se considera um galã? Como lida com esse título?

Essa é sem dúvida uma pergunta recorrente (risos). Não

penso muito nisso. Acho legal ser reconhecido dessa forma,

até por que no colégio era gordinho e usava aparelho.

Acho bacana o público me reconhecer dessa maneira,

acredito que seja reflexo de um bom trabalho. E é pelo

meu trabalho que quero ser reconhecido.

É muito assediado pelas fãs? Como lida com isso?

Adoro receber o carinho das fãs, acho especial. Lido com

isso da maneira mais natural possível.

O que faz para manter a forma?

Essa é sem dúvidas umas das partes mais árduas. Procuro

sempre praticar exercícios e seguir uma alimentação

balanceada o tempo todo, claro que vez ou outra não

tenho como escapar de algumas gordices, mas depois é

só equilibrar com treino e boa alimentação.

Gosta de cozinhar? Qual seu prato favorito?

Adoro cozinhar, não tenho preferência por pratos, geralmente

a decisão é tomada em comum acordo, junto

com os amigos.

É baladeiro ou prefere um cinema?

Acho que o equilíbrio é importante, não sou muito de

balada, prefiro shows e teatro, mas uma baladinha de

vez em quando não faz mal nenhum. Quando estou

trabalhando fica difícil sair, mas sempre que posso, dou

uma espairecida.

What character would you like to take on?

There are so many characters that I would like to do. I

haven’t yet had the opportunity to do Shakespeare, it is

a dream. I really want to do composition characters on

television too. The characters are diverse, and I want to

be able to go through all the universes.

Do you have a dream as an actor? What do you think

you lack to fulfil yourself professionally?

I have in me all the dreams of the world within this profession.

I feel as a young apprentice starting to follow

his story.

Do you consider yourself as a teenage idol? How do you

deal with that title?

This is undoubtedly a recurring question (smiling). I don’t

think about it, that much, I think it’s nice to be recognized

in this way, because in high school I was chubby and wore

braces. I think it’s cool that the public recognizes me this

way. I believe it is a reflection of a job well done. And it’s

for my work that I want to be recognized.

Are you harassed by fans? How do you deal with it?

I love receiving their affection, I think it’s special. I deal

with it as naturally as possible.

What do you do to keep in shape?

This is without a doubt one of the most arduous parts

of my life. I always exercise and follow a balanced diet

all the time. Of course, from time to time I can’t escape

some goodie, but then I just balance it with a workout

and good nutrition.

Do you like to cook? What’s your favorite dish?

I love to cook, I have no preference for any dish, and

usually the decision is taken by mutual agreement, together

with friends.

Do enjoy partying or do you prefer a movie?

I think a balance is important, I’m not much of a partier, I

prefer shows and theater, but I go out now and then and

it doesn’t hurt. When I’m working, it is difficult to go out,

but every chance I get, I escape a little.

30


• ENTREVISTA

O que gosta de fazer quando está de férias das gravações?

Vou para casa dos meus familiares no Mato Grosso do

Sul, fico com a família e com os amigos, adoro pescar

e andar a cavalo.

Gosta de animais? Tem algum de estimação?

Adoro, eles fazem parte da minha vida. Meus pais são

veterinários, então cresci no meio deles. Gosto muito

de cavalos, cachorro e tenho um fascínio pelos tigres

asiáticos. Tenho quatro cachorros todos da raça Golden

Retriever, são sensacionais, extremamente dóceis e companheiros

de todas as horas.

Tem algum hobby?

Tenho sim, alguns. Gosto muito de sair para fotografar

pessoas e paisagens. Adoro fazer trilha, e ir para cachoeira.

Sempre dou preferência para atividades ao ar livre,

isso me traz muita paz de espírito.

Gosta de viajar? Teve alguma viagem inesquecível?

Amo viajar. Costumo dizer que trabalho para isso. Uma

viagem inesquecível? Tenho tantas (risos). Mas acho que

foi uma com a minha família para Europa. Foi uma das

poucas vezes em que estávamos todos juntos (pai, mãe,

irmãos, padrasto e madrasta). Foi demais.

Como definiria seu estilo de vida?

Procuro viver um dia de cada vez e da maneira mais

intensa possível. Acredito que estamos aqui para isso:

para viver. Procuro fazer isso o tempo todo. Se tivesse

que definir um estilo acho que seria viva o agora, da

maneira que te faça mais feliz possível, esse é o melhor

lifestyle de todos.

Quais atores o inspiram na hora de atuar?

Muitos, mas sem dúvida entre eles alguns se destacam:

Wagner Moura, Irandhir Santos, Matheus Solano, Jhonny

Depp, Heath Ledger, Al Pacino, entre outros tantos.

What do you like to do when you’re on vacation from

taping?

I go home to my family in Mato Grosso do Sul, stay with

them, and with friends. I love fishing and horseback riding.

Do you like animals? Do you have any pets?

I love them. They are part of my life. My parents are

veterinarians, so I grew up in the midst of them. I love

horses, dogs and have a fascination for the Asian Tiger. I

have four dogs, all Golden Retrievers, who are sensational,

very docile and companions all the time.

Do you have any hobbies?

Yes, some. I love going out to photograph people and

landscapes. I love hiking, and visiting waterfalls. I always

give preference to outdoor activities, which provides me

peace of mind.

Do you like to travel? Have you had any unforgettable

trips?

I love to travel. I often say that I work for that. An unforgettable

trip? I have had so many (smiling). But I think,

with my family to Europe. It was one of the few times that

we were all together (father, mother, brothers and sisters,

stepfather and stepmother). It was too much.

How would you define your lifestyle?

I try to live one day at a time, and as intensely as possible.

I think that’s what we’re here for: to live. Looking to do

it all the time. If I had to define a style, I think it would

be: live for now, in the way that makes you as happy as

possible, this is the best lifestyle for everyone.

Which actors inspire you most when you are acting?

Many, but certainly amongst them stand out: Wagner

Moura, Irandhir Santos, Matthew Solano, Johnny Depp,

Heath Ledger, and Al Pacino, amongst many others.

Na televisão é necessário ser mais minimalista e

se errarmos há tempo de corrigir, já no teatro é

necessário ser espetaculoso e, na minha opinião,

não se pode errar

32


AS AVANÇADAS

TÉCNICAS DE GESTÃO

EMPRESARIAL DAS

MELHORES ESCOLAS DE

NEGÓCIOS DO MUNDO,

AGORA TAMBÉM EM

CURITIBA.

2.500

São José dos Campos | Mogi das Cruzes | Curitiba | São Paulo

INFORMAÇÕES PARA NOVOS GRUPOS

www.mbmbs.com.br

12 3307.6004 | Nextel ID: 84*69017

Av. Alfredo Ignácio Nogueira Penido, 335 - sala 1402 - Jd . Aquarius - São José dos Campos - SP

15 ANOS

DE TRADIÇÃO


• ENTREVISTA

Quando tenho tempo, gosto de fazer laboratório,

pesquisar sobre o universo do personagem,

entender como é a essência das pessoas que vivem

em determinadas circunstancias

Como se prepara para interpretar um personagem?

Quando tenho tempo, gosto de fazer laboratório, pesquisar

sobre o universo do personagem, entender como

é a essência das pessoas que vivem em determinadas

circunstâncias. Acredito que isso enriquece muito o

personagem. No mais, gosto muito de deixar fluir e ver

o que acontece durante a cena. Recebo o texto, a marca

do diretor e o resto sai na hora.

Recebeu o prêmio Quem como ator revelação em 2014.

O que significou para sua carreira?

Esse sem dúvida foi um momento muito feliz e de extrema

gratidão, por ter sido voto popular e por estar concorrendo

com colegas talentosíssimos. Foi uma realização logo no

meu primeiro trabalho de evidência na televisão. Espero

que tenha sido o primeiro de muitos.

Qual conselho daria para quem quer ser ator e está

começando na carreira?

Que tenham antes de tudo respeito e amor pela profissão,

que saibam que essa não é uma profissão fácil e que exige

dedicação e muito foco. Os tropeços serão incontáveis e

os nãos também, mas saibam que a cada salva de palmas

a força do ator triplica e o desejo de seguir em frente só

aumenta.

Já se identificou com algum personagem?

Me identifico com todos eles. Em algum lugar da minha

personalidade tenho um pouco de cada um, o que faço é

deixar aflorar. Sinto que são eles que precisam se identificar

comigo, pois a vida passa ser deles enquanto trabalho.

Conhece Curitiba? O que acha da cidade?

Conheço muito bem, já estive algumas vezes na cidade

e até tenho meus lugares preferidos. Jardim Botânico, o

Museu do Olho, o Teatro Guaíra. Além das pessoas e da

culinária que é uma delicia.

How do you prepare to interpret a character?

When I have time, I like to do a complete backgroud, research

on the universe of the character, and understand the

essence of the people that live in certain circumstances. I

believe this very much enriches the character. Other than

this, I really like to let things flow and see what happens

during a scene. I get the text, the Director’s mark and the

rest comes out at the time.

Received the Quem Award as the best upcoming in 2014.

What has it meant to your career?

This, no doubt, was a very happy moment and I am extremely

grateful, by it being by popular vote and because

I was competing with some very talented fellow actors.

It was an accomplishment in my first job of any note on

television. I hope it was the first of many.

What advice can you give to one who wants to become

an actor and is starting a career?

That before all, they have respect and love for the profession,

knowing that this is not an easy profession and

that it requires dedication and focus. The missteps are

countless and the “no’s” too, but also I know that with

every round of applause, the strength of the actor triples,

and the desire to go forward only increases.

Have you ever identified yourself with a character?

I identify myself with all of them. Somewhere in my personality,

I have a little of each, what I do is let it come

out. I feel that they need to identify with me, as my life

becomes theirs while I’m working.

Do you know Curitiba? What do you think of the city?

I know the city very well; I’ve been to the city a few times

and I even have my favorite places, the Botanical Gardens,

the Museu do Olho (Museum of the Eye), and the Guaíra

theater. In addition to the people and culinary delights.

34


• PRINCIPAL

A arte da ilusao

A arte da ilusao

Uma das formas mais antigas de entretenimento, o ilusionismo é capaz de

deixar até os mais céticos de queixo caído

Para as crianças, o coelho saindo da cartola é algo mágico e inexplicável. Já os

adultos, um público mais desconfiado e exigente, tentam a todo custo descobrir quais

segredos – às vezes milenares – se escondem por trás de algo que parece não ter

explicação. Cada número exige muito treinamento para que a execução seja perfeita e

não permita especulações ou deduções. O papel do mágico é surpreender, transportar

o espectador para um universo de faz de conta durante aqueles minutos que o truque

ganha vida.

Em setembro, Curitiba se prepara para receber a 14° edição do Festival de Mágica,

organizado anualmente pela Magipar (Associação dos Mágicos do Estado do Paraná).

Os artistas que se apresentarão, mesmo que de diferentes estilos, têm um objetivo em

comum: impressionar. Aproveitando o evento que se aproxima, a Revista VOi conversou

com alguns destes profissionais da capital que revelaram como suas vidas cruzaram

com o universo da magia.

36


Rodrigo

Botura

Foto: Fabio Ortolan

Paixao de menino

A pouca idade não foi problema para Rodrigo Botura decidir o que queria ser na vida: mágico. A descoberta veio cedo, quando

tinha apenas nove anos, idade que ganhou o primeiro kit de mágica. “Desde muito pequeno frequentei o meio circense e o que

mais me intrigava eram os mágicos”, revela. A paixão foi tão grande que com 14 anos Rodrigo começou a se profissionalizar:

investiu em equipamentos e confeccionou o próprio figurino.

Foi com essa idade também que fez a primeira apresentação, na casa de um professor do colégio. “Ainda era muito inexperiente,

foi quase um show amador. Mas me dediquei aos estudos, treinei muito, entrei para Associação dos Mágicos e comecei a

ser lapidado. Assim, criei meu estilo próprio e descobri o verdadeiro sentido de fazer mágica”, lembra.

Entre as várias vertentes que existem, Rodrigo se especializou na apresentação de palco. “Gosto da mágica clássica, aquela

que era apresentada pelos grandes artistas em cabarés e cassinos. Eles se vestiam com cartola, luva, capa e bengala”, descreve.

Entre os truques que apresenta, ele revela que o mais aguardado e também o mais aplaudido é sempre o número do pombo. “É o

de maior impacto. As pessoas estão acostumadas a assistir na televisão, mas quando veem ao vivo elas ficam encantadas.”

Rodrigo faz shows para crianças e adultos e garante que os públicos são bem diferentes. “A criança é curiosa, às vezes ela

deduz algo e acaba descobrindo o segredo, mas ela se convence da fantasia. O adulto não, a intenção dele é derrubar o mágico

durante todo o show. Mas quando ele se rende é possível perceber a nostalgia no olhar. A mágica é isso, resgatar nas pessoas os

sonhos e fantasias”, define.

AGOSTO 37


• PRINCIPAL

Foto: divulgação

Sempre apaixonado por mágica, Leandro Canova teve um contato mais de perto com a arte há cinco anos enquanto passava

férias em um hotel. “Conheci um mágico lá e acabei me encantando. Quando voltei a Curitiba participei do Festival de

Mágica e fiquei apaixonado. Depois disso procurei cursos, estudei e comecei a praticar”, lembra Leandro, hoje conhecido

como Mágico Canova.

No começo, Leandro se apresentava apenas para família e amigos e despertava a curiosidade das pessoas que pediam

para que ele desvendasse os segredos. “Os mágicos têm uma convenção entre eles que define que o truque não pode ser

revelado. Na época, o meu filho que era bem pequeno ficava triste e chegava até a chorar.” Mas a curiosidade não durou

muito tempo, após um ano a esposa e os filhos foram se inserindo aos poucos nos números até chegarem à configuração de

hoje, a Família Canova.

Junto com a esposa, a Mágica Alessandra, e os filhos, o Mágico Gabriel e a Mágica Gabrielly, apresentam vários tipos de

shows. “Temos três espetáculos que criamos totalmente sozinhos, sem a ajuda de nenhum outro mágico. Um é mais pessoal,

no qual conto a história do meu pai, outro sobre os anos 60 e o último inspirado nos Beatles”, descreve. Nos shows, família

ora se reveza no palco, ora atua unida encantando a plateia.

O envolvimento de Leandro nesse universo foi tão grande que hoje ele é vice-presidente na Associação dos Mágicos

do Paraná e se apresenta regularmente no Festival de Mágica. “O segredo da boa mágica é a dedicação. Quando alguém

ingressa nesse mundo quer logo mostrar para alguém, mas o certo é treinar muito e depois que tiver certeza que está pronto,

apresentar. Tem um número que faço junto com a minha esposa que é exclusivo, ficamos meses treinando, e até hoje têm

mágicos que assistem e não sabem qual é o segredo”.

38


Foto: Ed Vídeo Produções

Jeff Aragon

Dedicacao total

Quem frequenta os bares e restaurantes de Curitiba já deve ter topado com o mágico Jeff Aragon. Especialista em fazer

truques com o baralho, ele conta que entre os números que mais impressionam o público está a famosa mágica na qual o

espectador assina a carta que, misteriosamente, aparece no teto. “Surpreender é fundamental assim como fazer um final

inesperado para as pessoas questionarem como foi possível. A boa mágica tem que envolver, criar um elo entre o público

e o mágico”, define Jeff.

Aficionado por mágica, Jeff começou a se dedicar ao aprendizado com 15 anos. “Aos poucos desenvolvi técnicas e

números para entretenimento de meus amigos e família. Com o passar do tempo começaram a surgir pedidos de shows e

foi então que passei a fazer alguns trabalhos. A demanda foi aumentando até que chegou ao ponto de dedicar minha vida

por completo a esta nobre arte”, conta.

Jeff desenvolveu uma palestra motivacional na qual executa alguns números técnicos com o objetivo de passar a mensagem

que tudo é possível. “Gosto de fazer a diferença, mostrar que a partir do sacrifício se obtém a recompensa. A mágica é

encontrar o equilíbrio entre o físico, o mental e o espiritual, pois assim podemos fazer com que a nossa vida seja mágica”,

filosofa.

AGOSTO 39


• PRINCIPAL

Foto: Fabio Ortolan

Super habilidade

O close up magic, ou mágica de perto, foi o estilo escolhido por Fabrício Oliveira, também conhecido como Ilusionista

Closer, para surpreender ao público. Nessa vertente, o truque é realizado bem próximo às pessoas o que intriga ainda mais os

olhares desconfiados. Esse estilo, conta Fabrício, é considerado por muitos o mais difícil da mágica, pois além da prestidigitação,

ou seja, da habilidade com as mãos, é necessária a destreza para se apresentar em diferentes ângulos de visão. “Costumo

circular por expectadores que em algumas situações tentam me sacanear. Além disso, é fundamental saber improvisar e surpreender

não só no truque, como também na interação com os participantes, direcionando a atenção com a linguagem corporal

para surpreender e encantar”, avalia.

As primeiras apresentações de Fabrício ocorreram em uma pizzaria, na qual costumava se apresentar semanalmente. Além

de ser um diferencial para o estabelecimento, serviu como escola para o mágico aperfeiçoar sua arte e desenvolver o contato

mais próximo com o público. “Lá aprendi a lidar com diferentes tipos de pessoas e situações. Com o tempo comecei a receber

convites para me apresentar em festas particulares e eventos empresariais, posteriormente surgiu a oportunidade de participar

de programas de televisão”, relembra o mágico.

Mesmo com bastante treino e dedicação, ele conta que todo cuidado é pouco porque o público adulto é bastante desconfiado.

“Uma vez estava fazendo uma mágica com moedas e um rapaz alegou que eu as escondia entre os dedos. Fiz uma cara

de ‘ele me pegou’, para chamar ainda mais a atenção das pessoas e disse: ‘realmente, uma moeda eu poderia esconder entre

os dedos, mas e uma garrafa de cerveja?’. Então fiz aparecer em minha mão a garrafa de cerveja que estava na mesa dele, e ele

nem se deu conta que ela havia desaparecido diante de seus olhos. Nesse momento ele se levantou e veio me cumprimentar

com admiração. Todos aplaudiram e fiz uma nova amizade.”

40


• EMPREENDIMENTO

SOLUÇÕES

MODERNAS

ESCRITÓRIOS

COMPARTILHADOS SÃO

OPÇÃO PARA QUEM PROCURA

UMA ESTRUTURA COMPLETA

SEM GASTAR MUITO DINHEIRO

Fotos: divulgação

Q

uem já precisou montar um escritório sabe a burocracia

que todo o processo pode envolver. A dor de

cabeça já começa na hora de fechar o contrato de

aluguel. Fora isso ainda tem todas as despesas regulares como

luz, telefone, internet e condomínio. Outro departamento

que demanda investimento é no visual do espaço, que deve

ser mobiliado e decorado para trazer conforto e criar uma

identidade própria para o local. Agora pense que tudo isso

pode ser resolvido com apenas R$ 3,50 por hora. A solução

simples veio de uma ideia genial: os escritórios colaborativos.

Localizado em uma região privilegiada de Curitiba - no

bairro Água Verde - próximo ao centro, mas fora do tumulto

das principais vias, a Workset Coworking, empreendimento

do Grupo Schew, oferece a estrutura completa de um escritório.

“O Workset veio de uma ideia baseada no Google:

um local diferente e divertido, mas com um olhar um pouco

mais corporativo. Todos os ambientes estão disponíveis para

locação”, frisa Jennifer Schew, sócia-proprietária da Workset.

Além dos planos especiais para autônomos ou empresas,

o diferencial da Workset são as salas para reuniões e

treinamentos. Para montar esses ambientes, por exemplo, o

investimento é relativamente alto se comparado à frequência

que elas são usadas em um escritório individual. Lá esses

espaços podem ser locados para associados ou não com

todos os aparatos necessários.

42


Eventos

01 02

03 04

Trabalhar é bom, mas relaxar e celebrar

também merece um destaque

na agenda de todo profissional. Por

isso quando a estrutura do local foi

pensada, o Workset Pub teve um espaço

garantido. Decorado no melhor

estilo londrino, o pub tem tudo que é

preciso para sediar qualquer tipo de

evento. Para celebrar o Dia Nacional

do Rock (13 de julho), o local foi casa

de uma festa recheada com tudo que

os fãs do gênero musical têm direito:

hambúrguer, cervejas artesanais e é

claro muita música. Confira quem

passou por lá:

05 06

07 08

09 10

1- Leonardo Schew e Jennifer Schew,

sócios-proprietários da Workset

Coworking; 2- Emanuel Costi e Alexandre

Pereira cuidaram dos chopes

com a Draft Beer Truck; 3- O chef

Flávio Fardado, fundador da Conchero

(Confraria dos Chefs Roqueiros)

desenvolveu receitas especiais para

a festa; 4- A festa rolou solta com

Claudio Pimentel tocando o melhor

do Rock and Roll; 5- Juan Carlos

Bargueno e Cleverson Viel; 6- Talita

Abade e Amilton Farias; 7- Jennifer

Schew e Manu Navroski; 8- Henrique

Casella, Américo Alvim e Marco Zanellato;

9- Camila Schewtschik, Aline

Carvalho, Júlia Schewtschik e Eduardo

Schewtschik; 10- Breno Pavão, Adam

Petterson e Leonardo Schew; 11- Carlos

Faria e Felipe Silvério; 12- Francine

Grossi, Conrado Joakinson e Mariana

Cordeiro.

Fotos: Fabio Ortolan

11 12

AGOSTO 43


• DIVERSÃO

Cinema

para todos

REDE DE CINEMA TEM OPÇÕES

DE SALA PARA TODOS OS TIPOS

DE FILME

Fotos: Fabio Ortolan e divulgação

44


O

s curitibanos já estão habituados com toda

a tecnologia e conforto da Cinépolis, rede

mexicana de cinema presente no Shopping Pátio

Batel. A boa notícia é que a promoção Todo Mundo Paga

Meia está de volta à capital (promoção válida de segunda

a quarta-feira). Nas salas Macro XE o valor do ingresso sai

por R$12,50 e na 4DX R$ 27,50.

A sala 4DX, exclusividade da rede, oferece ao público

uma tecnologia audiovisual sem precedentes, com efeitos e

sensações reais sincronizadas ao filme devido às poltronas

que possuem sistema eletrônico de movimentos, o que

permite simular quedas, trepidação e vibrações, além de

aceleração e frenagem. Ou seja, a pessoa se sente parte

do filme.

A experiência se torna ainda mais real com as

instalações especiais nas paredes e poltronas, que geram

até 20 efeitos de luzes, água, vento, aromas e névoa.

Já a sala Macro XE tem como diferencial uma tela

gigante - a segunda maior da cidade e som com 13 mil

watts de potência. Nela é possível assistir aos filmes em 2D

e 3D. Agora para quem quer se sentir confortável como se

estivesse no sofá de casa, a sala Cinépolis Vip é a opção.

Além das poltronas reclináveis na sala Vip, os clientes

podem contar com atendimento exclusivo nas poltronas e

saborear as delícias do cardápio especialmente elaborado.

“A ideia é prestar um serviço totalmente diferenciado, para

que os clientes possam desfrutar do filme e ao mesmo

tempo fazer a refeição. É uma experiência vip repleta de

conforto e qualidade”, frisa o gerente da rede em Curitiba,

Alex Souza.

Entre os quitutes estão as porções de mini hambúrguer,

mini hot dog com batata smiles, crepes, pão de queijo e na

parte de sobremesas o irresistível petit gateau de chocolate e

o churros de doce de leite. No departamento de pipocas as

receitas também são mais elaboradas com a linha gourmet

em três sabores: limão e pimenta, parmesão e ervas finas.

AGOSTO 45


• TRANSFORMAÇÃO

ESTILO PRÓPRIO

A

mplamente conhecida entre os apaixonados por carros

e motos, a cultura custom também é empregada em

outras áreas artísticas, como na música e na tatuagem,

por exemplo. Com raízes na década de 50, ela somou, com o

passar dos anos, contribuições de diferentes subculturas e hoje

conta com milhares de adeptos mundo afora. Customizar nada

mais é que mudar as partes originais para criar algo com uma

identidade própria, exclusivo.

Da paixão por motos e carros antigos, surgiu na vida de Marco

Aurélio Guimarães, o Gringo, a vontade de montar uma Custom

House, um local que reúne vários itens da cultura custom. A

ideia inicial veio com uma barbearia temática. “Conversei com o

Grilo, que era meu barbeiro na época, e ele acabou virando meu

sócio nessa jornada. Como já existiam muitas barbearias optamos

em trazer um conceito diferente e agregar várias vertentes dessa

cultura em um só lugar”, lembra Gringo.

Do apelido dos dois sócios, nasceu o nome: Grilo Gringo.

O espaço, que acaba de completar um ano, é um verdadeiro

Ficha técnica:

Fotógrafo: Valterci Santos

Barbearia: Grilo Gringo Custom House

Cabelo e barba: Marcelino Andrade

Modelo: Ruan de Castro

Quer ser a próxima selecionada? Siga a VOi no

www.facebook.com.br/revistavoicuritiba e saiba mais.

mergulho no tempo e elementos das décadas passadas que

enchem os clientes de nostalgia. A barbearia é uma oficina

temática e nem mesmo o banheiro fica de fora da brincadeira

com uma decoração super inusitada. A casa ainda conta com o

estúdio de tatuagem Traço Nobre; a loja de roupas e acessórios

personalizados Tequila Custom Shop; um bar recheado de

cervejas artesanais nacionais e importadas comandado pela

Cervejaria da Vila; uma oficina de customização de motos; e, para

as mulheres, um estúdio de maquiagem com técnica air brush,

que utiliza uma pequena pistola ligada a um compressor de ar.

“A casa é uma coisa só, apesar de cada espaço ter donos

distintos. Existem várias custom houses que começaram com um

só elemento e depois foram agregando itens. A gente já começou

inteiro, com as principais partes da cultura custom agregadas”,

completa Gringo.

“Vir à barbearia tem todo um

ritual. É um momento para

curtir, esquecer o celular, os

problemas lá fora e relaxar”

Barbeiro Andrade

46


ANTES

TUDO NO LUGAR

Agosto, mês dos pais, é sempre oportunidade para

dar espaço a uma transformação masculina. Nesta edição

convidamos o músico Ruan de Castro para ganhar um trato

no cabelo e na barba, que não via uma tesoura há pelo

menos seis meses. Para a mudança, o barbeiro Marcelino

Andrade - ou Gordinho, como alguns clientes preferem

chamar - entrou em ação.

CABELO

Como Ruan tem uma banda de rock e gosta de manter

o visual característico, o corte escolhido foi o Old School.

“Esse corte também é conhecido por meia cabeleira, porque

antigamente, nos anos 40 e 50, as máquinas eram manuais

e puxavam muito o cabelo. Como doía demais o pessoal

faziam só a nuca e a lateral mais baixa”, explica Marcelino.

Este corte, como conta o barbeiro, é bastante versátil e

permite, por manter o topo mais alto, vários penteados. “Dá

para usar em qualquer ocasião, jogar tudo para trás, deixar

mais social e até fazer um topete”, ensina o barbeiro. Mas

calma, àqueles que preferem um corte mais normalzinho,

a equipe da casa também manda muito bem no executivo.

BARBA

Já na barba, que Ruan queria manter longa, Marcelino

primeiro desenhou com a máquina em um formato mais

cônico reduzindo as laterais e alinhou o bigode. Depois de

aplicado o creme de barbear - etapa importante para abrir os

poros e evitar irritação na pele - é a vez da navalha limpar os

pelos a mais. Para finalizar o processo, o massageador ajuda

a relaxar e a ativar a circulação. O resultado? Um novo Ruan.

“Gostei bastante do

resultado. Fazia tempo

que não cortava o

cabelo e nem fazia a

barba. Passar por todo

o processo é muito

bacana”

Ruan de Castro, músico

AGOSTO 47


Presente

para os PAIS

Roupa CHAVE

Versatilidade é a palavra que melhor combina com o couro.

A jaqueta em couro pelica, material que garante mais

maciez, casa bem com qualquer situação. O cinto em

couro é perfeito para modelar a silhueta e combina com

produções mais femininas com saias e vestidos até looks

mais casuais como calça jeans. A peça está disponível

nas cores preto e café

Onde encontrar: Corupelle

Preço: R$ 649

Visite a loja virtual da Beka Calçados e confira os mais

lindos modelos de sapatos femininos e masculinos. Para este

Mês dos Pais nossa sugestão é o Sapato Jota Pe Air Talent, um

calçado feito em couro pelica que proporciona

muito conforto graças à palmilha macia

e solado com tecnologia de amortecimento

air bag. O que você está esperando?

Acesse a loja virtual e boas compras!

Onde encontrar:

www.ruateffe.com.br/bekacalcados

Referência: 13727

Valor: R$ 179.90

Foto: Valterci Santos

Luz e

BELEZA

A iluminação de partes externas deve ser em grande estilo. Aposte

na luminária Madri - feita em alumínio de várias cores - resistente

a todas temperaturas e condições climáticas. A riqueza

de detalhes, como o braço todo trabalhado, deixa a

decoração cheia de vida

Onde encontrar: Fund´Arte

Valor: R$ 285

Foto: Valterci Santos

Foto: Fabiano Guma

Peça

EXCLUSIVA

Além das motos, é possível personalizar as roupas

e acessórios para pilotar com muito mais estilo. Um

exemplo são os capacetes que vêm ganhando cada

vez mais espaço entre os serviços requisitados pelos

motociclistas. O empresário Celio Dobrucki, referência em customização no segmento duas rodas

no Brasil, criou uma linha de handmadehelmets ou capacetes customizados de forma artesanal. As

peças seguem linhas de pintura vintage e pinstriping

Onde encontrar: www.celiomotorcycles.com

Valor: sob consulta

48


• TENDÊNCIA

livre

Para

Voar

A A FAUNA E E A A FLORA TROPICAL SÃO TENDêNCIAS FORTíSSImAS

para a a nova estação. o o branco é é fundamental

e e ganha companhia luxuosa das cores intensas.

os os acessórios nunca foram tão fundamentais

na na hora de de compor um um look. inspire-se e e voe alto.

FOTO TAvINhO COSTA STyLINg LU LU LImA LImA

50


sandália

(8516-048.475F)

3x R$ 166,63

bolsa

(B706-399.475F)

3x R$ 233,30

pulseiras CS

(A006-781.007F)

3x R$ 56,63

(A006-781.244F)

3x R$ 56,63

(A006-781.475F)

3x R$ 56,63

(A006-781.989F)

3x R$ 56,63

(A216-399.024F)

2x R$ 74,95

macacão CS

(VM14-615.2007)

3x R$ 199,97

AGOSTO 51


• TENDÊNCIA

bolsa

(B806-360.183F)

3x R$ 233,30

cinto CS

(A436-360.183F)

3x R$ 99,97

camisa CS

(VB67-692.3826)

3x R$ 233,30

short CS

(VH24-692.3826)

3x R$ 166,63

52


chanel

(3856-048.183F)

3x R$ 99,97

bolsa

(B986-399.475F)

3x R$ 233,30

cinto CS

(A366-040.007F)

3x R$ 83,30

colar CS

(A586-040.007F)

3x R$ 83,30

casaco CS

(VJ08-682-5007)

3x R$ 233,30

regata CS

(VA54-683.3007)

3x R$ 66,63

calça CS

(VC94-692.3826)

3x R$ 166,63

AGOSTO 53


• TENDÊNCIA

scarpin

(4806-048.001F)

3x R$ 149,87

bolsa

(B846-399.001F)

3x R$ 166,63

pulseira CS

(A276-288.004F)

2x R$ 74,95

vestido CS

(VV48-695.2501)

3x R$ 166,63

54


sapatilha

(1116-235.501F)

3x R$ 83,30

bolsa

(B696-282.469F)

3x R$ 233,30

pulseira CS

(A236-193.469F)

2x R$ 74,95

blusa CS

(VB38-692.2501)

3x R$ 126,63

calça CS

(VC69-682-1725)

3x R$ 166,63

óculos CS

(O082.582.790S)

3x R$ 166,63

AGOSTO 55


• TENDÊNCIA

peep toe

(2606-048.475F)

3x R$ 133,30

bolsa

(B676-399.469F)

3x R$ 299,97

pulseira CS

(A046-360.174F)

2x R$ 74,95

(A036-639.475F)

2x R$ 64,95

cinto CS

(A366-455.024F)

3x R$ 83,30

camisa CS

(VB63-676.4501)

3x R$ 149,97

regata CS

(VA44-692.2501)

3x R$ 116,63

short CS

(VH28-692.3826)

3x R$ 166,63

56


scarpin

(4216-048.001F)

3x R$ 166,63

bolsa

(B776-406.004F)

3x R$ 233,30

pulseira CS

(A246-399.469F)

2x R$ 74,95

(A156-064.024F)

R$ 99,90

blusa CS

(VB34-692.2501)

3x R$ 116,63

saia CS

(VS50-692-2605)

3x R$ 166,63

AGOSTO 57


• COLUNA

Matrimônio

Julho foi o mês de Mario e

Vanessa Santos juntarem as

escovas de dente. A cerimônia

realizada para família e amigos

ocorreu no Ristorante Mangiatto

Bene, comandado por Nelito

Simão. Os clicks do casal foram

feitos por Marcelo Elias que

aproveitou os pontos turísticos

da cidade para eternizar o momento.

Fotos: Marcelo Elias

Valterci Santos é repórter fotográfico.

Contato: valterci@hotmail.com

58


Grupo Aguilar Silva


• COLUNA

Joia eu uso

Atualidades

Ações contra a ilegalidade

ENFOQUE 1

Joias

do bem

Fotos: divulgação

Em nossa coluna do mês de agosto mostraremos os números obtidos pelo Cope (Centro

de Operações Especiais) da Polícia Civil do Estado do Paraná, no combate ao crime organizado,

que se refere ao roubo de joalherias:

• Número de roubos elucidados: 6

• Número de presos vinculados a quadrilhas: 14

O trabalho de prevenção ao crime que trouxe resultados tão expressivos continua sendo

realizado pelo serviço de inteligência do Cope. Nossos agradecimentos a toda equipe, como

também ao delegado geral, Júlio Reis, ao delegado titular, Rodrigo Brown de Oliveira, e ao

delegado adjunto, Marcelo Magalhães Pereira. O Paraná foi pioneiro em ter uma Delegacia

Especializada que serve de exemplo para outros Estados, que inclusive estiveram em Curitiba

para ver o desempenho desta delegacia.

ENFOQUE 2

No dia 29 de junho uma comitiva da

Arjep (Associação dos Joalheiros e Relojoeiros

do Estado do Paraná) fez uma

visita ao prefeito Gustavo Fruet com o

intuito de solicitar melhor fiscalização

das Bocas de Ouro, que infelizmente

se instalaram em nossa cidade e que

atrapalham as atividades do comércio

joalheiro. Lembramos ainda que estes

escritórios de fachada são compradores

de ouro sem procedência, que incentivam

o furto e roubo de mercadorias. Estiveram presentes no encontro: Gilson Guelmann

(Grupo Bergerson), Gustavo Fruet (Prefeito), Tufy Karam Geara (presidente da Arjep), Gerson

Guelmann, Camilo Turmina (presidente do Sindijor), Tânia Viccenzi (vice-presidente

da Arjep), Salomão Woller, Júlio Rangel (vice Arjep) e Cláudia Agulham (secretária Arjep).

ENFOQUE 3

Nos últimos anos o cerco tem se fechado para a ilegalidade. As crescentes operações

de fiscalização, as medidas de desincentivo às práticas criminosas - a exemplo do decreto

lei 1530/2015, que estabelece penas mais duras ao interceptador de mercadorias contrabandeadas

- e a definição de normas e regulamentos técnicos - como a portaria 60/2015 do

Inmetro, referente ao teor de cádmio e chumbo nas joias, bijuterias e folheados - são exemplo

de combate ao contrabando. O Ibgm (Instituo Brasileiro Gemas e Metais Preciosos), como

entidade representativa da cadeia produtiva, tem atuado na sensibilização de empresários

e consumidores, bem como na defesa dos interesses do setor junto aos órgãos de governo,

sendo um dos representantes da Frente Parlamentar Mista de Combate ao Contrabando e

a Falsificação. Prova do trabalho realizado foi a apreensão pela Receita Federal de R$ 800

mil em contrabando no Aeroporto de Guarulhos.

O colunista Tufy Karam Geara é

empresário do setor joalheiro

Contato: contato@revistavoi.com.br

Fique ligado:

Nos dias 12 a 15 de agosto, teremos a 61ª Feninjer, a maior feira de joias da América

do Sul, em São Paulo, tema da nossa próxima coluna.

60


Foto: Manoel Guimarães

Av. Visconde de Guarapuava, 4788 - Batel - (em frente à Igreja Santa Terezinha)

Fone: 41 3244 0021 - isabelhairconcept@gmail.com

ByIsabelCristina ic_hairconcept


• COLUNA

FESTA SURPRESA PARA ROSSANA LAZAROTTO NO CASTELO DO BATEL

Fotos: Iko Eventos

Eventos

by

Mônica

Gulin

Confira os eventos: o aniversário

de 60 anos da Party Designer

Rossana Lazarotto de Oliveira

movimentou as chiquérrimas

da capital na festa surpresa

organizada por Bebel Lazarotto

no Castelo do Batel. O enlace

de matrimônio do Tenente Lucas

Pereira Guimarães e da assessora

da governadoria Andréa Willy

contou com a honrosa presença

dos oficiais da Policia Militar

do Paraná. A inauguração da

Salomon, com materiais e roupas

para esportes radicais no

Shopping Mueller. O fisiculturista

Diego Pisante é finalista do

Campeonato de Fisiculturismo

Paranaense e agora prepara-se

para Campeonato Brasileiro.

O requinte da deliciosa mesa de doces

Rossana e Moacir Lazzarotto de

Oliveira com a filha Bebel

A chegada de

Mônica Gulin

nos jardins do

Castelo

Telma Pilagallo,

Rossana e Vera do

Amaral Lupion

Julieta Carnasciali Miró, Rossana

e Cyntia Miró

Wilson Bueno,

Analzira Carneiro e Rossana

Mônica Gulin é jornalista e

apresentadora de TV

Contato: contato@monicagulin.com.br

62

Em pé: Giselle Macedo, Mada

Pereira, Louise Alves, Mary Schaffer e

Beth Palazzo. Sentadas: Denise Leal,

Vânia Dalmaz, Andrea Omeiri

e Rossana Lazarotto


GALA MILITAR NA CERIMÔNIA DE MATRIMÔNIO DE ANDRÉA WILLY E LUCAS GUIMARÃES

Fotos: Gilson de Abreu

Darci,

Mônica e

Geórgia Gulin

celebram com

o noivo, o

Tenente Lucas

Guimarães

Andréa Willy

Gonçalves e

Lucas Pereira

Guimarães

sob as

bênçãos dos

oficiais da

Polícia Militar

do Paraná

Cercados pelos oficiais

da Polícia Militar do

Estado do Paraná, os

noivos Lucas Guimarães

e Andréa Willy Gonçalves

posam com as daminhas

SALOMON INAUGURA LOJA NO SHOPPING MÜELLER

Fotos: Diego Pisante

Leila Martinse,

Ellen Araújo, do

departamento

comercial do

Shopping Mueller,

a empreendedora

do Shopping

Müeller,

Sabrina Peretti

Gurtenstein, com

a gerente geral

da Salomon no

Brasil, Alejandra

Alzugaray

O presidente

do grupo

Winners

Sport, Andres

J. Alzugaray,

com o vicepresidente

do grupo,

Eduardo

Wetzel

O repórter fotográfico e fisiculturista Diego Pisante foi o 3° colocado

no Campeonato de Fisiculturismo Paranaense - realizado Pela Ifbb

Paraná. Com este resultado, e com o apoio do Centro Europeu, Pisante

conseguiu a vaga para o 46ª Campeonato Brasileiro de Fisiculturismo

e Fitness. Tendo como ídolo Arnold Schwaznegger, o bodybuilder

treina intensivamente para a categoria fisiculturismo clássico até 1,80

m (metro). Nela os competidores devem apresentar-se de sunga. Na

busca de incentivo e patrocínio - e acreditando no exemplo do esporte

e de uma vida saudável - o ex-modelo e atleta de 33 anos é um

exemplo de superação e sucesso de imagem. Boa sorte, Diego!

www.diegopisante.com.br

Foto: divulgação

AGOSTO 63


• CLICK

Casa nova

O hair stylist Robson Souza inaugurou um

espaço cheio de conforto e beleza para

atender aos clientes. Para celebrar, os anfitriões,

Robson e Fran Alves, recepcionaram os

convidados em um animado coquetel regado

a espumante. O ex-BBB Marcelo Zagonel marcou

presença vip na festa e foi alvo de muitas

fotos e tietagens. Robson ainda surpreendeu

a esposa Fran com uma bela declaração de

amor. Confira quem passou por lá!

01

01. Os anfitriões Robson Souza e Franciely

Alves com o ex-BBB Marcelo Zagonel; 02. Anderson

Moreira, Marcelo Zagonel e Robson

Souza; 03. Sidney Klaar, Ivaldo Sá, Robson e

Fabio Alexandra Machado, diretor comercial

da VOi; 04. Ana Kelly Irala e Guilherme Irala;

05. Daniela Silva, Susi Caron, Joyce Ribeiro

e Larissa Xavier; 06. Jéssica Tristão, William

Nogueira, Mike Vinicius e Thays de Sousa;

07. João Pedro Walek, Pedro Bartoski Jr., diretor

executivo da VOi, Carla Schittler, Pedro

Neto e Camile Bartoski; 08. Marcia Munaro,

Marcelo Zagonel, Mariana Munaro e Marli

Lachovski; 09. Alberto Barbosa, Marilei Alves,

o ex-BBB Marcelo, Fran e Robson; 10. Os anfitriões

com Júlio dos Santos e a produtora de

eventos, responsável pela festa, Aline Pinoti;

11. Alexandre Brulyk, Daiane Fardin, Marcelo

Zagonel, Fran e Robson; 12. Melissa Belem

posa com a pequena Antonella ao lado da

anfitriã; 13. Tatiane Bonomo, Fran e Vivian

Abreu; 14. Jean Nicolardot, representando

a marca de acessórios italiana L’imperatore

presenteia Robson Souza e Marcelo Zagonel;

15. Os anfitriões com a amiga Ariane Prado

16. Fernando Lima, Hoara Cortinhas, Robson

e Fran 17. Um brinde para comemorar a

inauguração 18. Marcos Guilherme, Robson

e Fernando Meinertz; 19. Thiago Oro, Tainá

Porto, Ane Porto, Eunice Porto e Maria Luiza

Porto; 20. Jean Nicolardot, representando a

marca italiana de acessórios L-Imperatore,

Kaka Hilgert, Marcelo Zagonel, Fran e Robson

21. Louriane Regly e Fernanda Reis 22. Márcio

Rosa, Marivânia Borba, Marcelo Zagonel, e

os anfitriões; 23. O DJ Helton Silva animou

a festa; 24. Os anfitriões com Claudia e Hamilton

Lacerda

FOTOS: Fabio Ortolan

02 03

04 05

06

08

07

09

64


10 11 12

13

14

15

16

17 18

19

20

21

22 23 24

AGOSTO 65


• CLICK

Dose Dupla

A Carmen Steffens do Park Shopping

Barigui fez uma dupla comemoração

na sofisticada loja. A equipe organizou

um coquetel com canapês, doces finos

e muito espumante para celebrar o aniversários

dos clientes Adilson e Olga

Taborda e, também, para anunciar a

promoção da coleção outono/inverno

que está com 50% de desconto. Confira

quem passou por lá!

01 02

03 04

C

M

Y

05 06

CM

1- Gabriela Brasil e Jeser Leite; 2-

Andréia Baccin, gerente da Carmen

Steffens, e Gabriela Brasil; 3- Fernando

Pereira e Wanda Henrichsen; 4-

Fernando Pereira, Wanda Henrichsen,

Gabriela Brasil e Jeser Leite; 5- Fernando

Pereira, Wanda Henrichsen,

Regiane da Silva e Andréia Baccin;

6- Coleção Raphael Steffens, ótimo

presente para o Dia dos Pais; 7- Neusa

Pauli, Gabriela Gomes e Neide Lippel;

8- O casal aniversariante Adilson Taborda

e Olga Taborda com Andréia

Baccin; 9- Adilson, Olga e Sara Baggio;

10- O casal com a filha Janaina

Taborda; 11- Sara Baggio, Adilson e

Olga, Adriana Santos, Valéria Rocha

e Camilo Rocha.

07 08

09

10

MY

CY

CMY

K

Fotos: Revista VOi

66

11


• CADERNO GASTRONÔMICO

Foto: divulgação

PRODUÇÃO

LOCAL

Foto: Valterci Santos

68


Foto: Valterci Santos

F

oi-se o tempo em que era necessário percorrer quilômetros

para conhecer o processo de fabricação de

vinhos finos. O enoturismo paranaense está cada vez

mais atrativo, principalmente em Curitiba e região. Em São

José dos Pinhais, no entorno da Serra do Mar, uma vinícola

tem ganhado bastante destaque, tanto pelo feito histórico,

quanto pela qualidade das bebidas que já trouxeram premiações

para a produção paranaense, a Araucária.

O nome foi escolhido para valorizar o Estado, uma vez

que esta espécie de árvore é muito característica do sul. Os

vinhos também receberam títulos em homenagem à terrinha:

Gralha Azul, pássaro símbolo do Paraná; Angustifólia,

nome científico da Araucária; e Poty, em referência a um

dos maiores artistas paranaenses, Poty Lazzarotto.

Além disso, toda a construção do espaço que envolve o

próprio local de elaboração dos vinhos, os decks de observação

dos parreirais e o restaurante – com previsão de ser

inaugurado nos próximos meses – levam madeira das araucárias

plantadas no terreno em 1971, que têm autorização

para serem manejadas de forma sustentável.

A Vinícola Araucária é ainda a primeira Região Metropolitana

de Curitiba a integrar vinhedo e vinificação no mesmo

local. O plantio conta com oito variedades de uvas europeias

(francesas e italianas) e a fábrica tem capacidade produtiva

de 40 mil garrafas ao ano. A ideia de construir o espaço veio

Foto: divulgação

AGOSTO 69


• CADERNO GASTRONÔMICO

do empresário Renato Adur, um enófilo assumido, que junto

com mais sete sócios toparam se arriscar nessa empreitada.

“Nossa vontade era produzir vinhos com a tipicidade da

nossa região: clima temperado, altitude de 950 metros e solo

apropriado, em perfeita harmonia com o espírito de trabalho

e dedicação. Nosso objetivo é fazer com que o curitibano

tenha satisfação em degustar um vinho tipicamente daqui”,

exalta Renato.

Para realizar o sonho, o investimento foi alto e a preparação

começou em 2007. Foram necessários criteriosos

estudos elaborados pelos agrônomos da vinícola para chegar

às condições ideais de solo e também a compra de tecnologia

de ponta vinda da Europa, como a prensa pneumática

italiana de última geração que não fere a casca e nem a

semente da uva.

O resultado não podia ser mais satisfatório: dois vinhos

da vinícola foram premiados na Grande Prova Vinhos do

Brasil 2014/2015 entre 700 rótulos participantes. O tinto fino

Angustifólia conquistou ouro na categoria Merlot e o branco

fino Angustifólia levou a prata por Chardonnay. No portfólio

a vinícola ainda tem mais quatro produtos: o espumante Poty

Brut e Poty Demi-sec (feitos pelo método champenoise), o

Cabernet Sauvignon Angustifólia, e o Gralha Azul Merlot,

um vinho jovem de maturação mais discreta, que somam

as seis variedades.

VISITAS

Aos sábados e domingos, das 9h às 16h, é possível visitar

a Vinícola Araucária e conhecer o processo de elaboração

do vinho e ainda degustar todos os produtos do local. A vinícola

também integra um dos roteiros turísticos rurais de São

José dos Pinhais: o Caminho das Colônias, que começa na

Colônia Murici e passa pelas regiões do Avencal, Malhada e

Saltinho da Malhada. As visitas são agendadas pelo telefone

(41) 9173-5742 ou pelo site www.vinicolaaraucaria.com.br.

Foto: divulgação

Foto: Valterci Santos

70


• CADERNO GASTRONÔMICO

ATRAÇÃO

ESPECIAL

Fotos: Valterci Santos

U

ma das atrações mais aguardadas de um casamento

é sem dúvidas a mesa de doces. O colorido das

frutas, formas e flores fazem do cantinho no salão

reservado a esses quitutes uma atração à parte. Entretanto,

não são apenas aos olhos que eles agradam, mas também ao

paladar. A expectativa para provar cada variedade é grande

e os mais apaixonados sempre deixam um espacinho a mais

guardado para degustá-los.

Há 15 anos, nesse sofisticado mercado de doces finos,

a doceira Márcio Ferro sabe o tamanho da responsabilidade

em ser escolhida para realizar um casamento, por isso

não abre mão da qualidade dos produtos. “O meu grande

diferencial é que o doce é totalmente feito no dia. Gosto

de fazer tudo muito fresco e com frutas selecionadas de um

fornecedor que está comigo há anos. Isso faz toda diferença”,

conta Márcia.

A diversidade de sabores é grande, mas Márcia garante

que os docinhos que levam frutas, como o cristal de uva, o

morango coberto de chocolate e o ouriço de coco são sem

dúvidas os carros-chefes de qualquer evento. Soma-se a eles

o bom e velho brigadeiro que além da versão tradicional

ganhou novas combinações de sabores como o de churros,

o de chocolate belga e o branco com lascas de amêndoa.

Mais informações:

Márcia Ferro

(41) 3272-3777

72


• CADERNO GASTRONÔMICO

RODÍZIO EM CASA

Fotos: Fabio Ortolan

F

esta boa é com certeza aquela que acaba em pizza.

Agora imagine poder levar um rodízio da iguaria ao

próprio evento, e o melhor, em qualquer lugar. O

Giro da Pizza monta uma verdadeira pizzaria seja na casa,

na empresa ou no bufê. “Levamos toda a estrutura ao local

do evento: forno, garçom, pizzaiolo e ingredientes. Temos

uma equipe capacitada para fazer até 20 eventos simultâneos”,

conta o empresário Silvio Neves.

São oferecidas mais de 50 combinações de ingredientes

para o recheio que vão desde os mais tradicionais, que não

podem ficar de fora, como Margherita, Portuguesa, Quatro

Queijos e Frango Catupiri, até os mais elaborados, desenvolvidos

com exclusividade pelo pizzaiolo, como a de berinjela.

“De entrada temos as focaccias, depois servimos as pizzas

salgadas e calzones e de sobremesa as pizzas doces”,

explica Silvio. Como diferencial o Giro da Pizza ainda tem

a opção de complementar o rodízio com os crepes no palito.

“São oito sabores entre salgados e doces: Mussarela,

Salsicha e Cheddar, Pizza, Queijo e Presunto, Dois Queijos,

Romeu e Julieta (queijo com goiabada), Chocolate Branco

e Chocolate Preto. As crianças adoram”, frisa.

E aqueles que têm intolerância à lactose e ao glúten não

precisam ficar de fora da festa. O Giro da Pizza desenvolveu

receitas especiais para esse público. “No primeiro caso trabalhamos

com ingredientes que não contenham derivados do

leite no recheio e para quem é celíaco usamos uma massa

especial sem glúten.”

Mais informações:

girodapizza.com.br

Telefones:

(41) 3042-0085

(41) 3049-5885

(41) 8881-1849

74


• CADERNO GASTRONÔMICO

AROMAS E

SABORES

Fotos: divulgação

O

estilo Weissbier, popularmente conhecido por Weiss – que do alemão significa cerveja de trigo - já é velho conhecido pela

maioria dos apreciadores de cervejas especiais. A variedade é muito requisitada no Estado da Bavária, na Alemanha, mas

o sabor característico da Weiss fez com que a bebida ganhasse admiradores por todo o mundo. Entre as características

estão a cor dourada e o aspecto turvo, resultado da composição específica que leva malte de cevada, malte de trigo e levedura.

Na cervejaria Klein, em Campo Largo (PR), a receita segue a produção original desse estilo. “A Weiss não é filtrada, o que

interfere na concentração de fermentos que são mantidos na composição. A Pilsen, por exemplo, é límpida e translúcida porque

passa pela filtragem”, explica a bier sommelière da Klein, Suelen Presser. Por ser uma cerveja mais leve, comparada as demais

Ales, a Weiss harmoniza com frutos do mar, como camarão e peixe branco, sushi e sashimi e queijos com baixo teor de gordura

como o Gouda, Edam e Gruyère.

Uma particularidade da Weiss é a forma que a bebida deve ser servida. O ideal é que todo o líquido seja

depositado no mesmo copo, por isso a taça é mais longa. “O jeito certo é colocar a bebida no copo e deixar

dois dedos na garrafa, pois é neste fundo que está a maior concentração dos aromas e sabores de cravo

e banana. Esse resto que ficou na garrafa deve ser chacoalhado e adicionado

ao restante do liquido já servido”, ensina Suelen. Quando a bebida

for dividida em mais copos o processo é o mesmo e o final deve

ser distribuído para todos os copos. Para apreciar a cerveja da

maneira correta, a Klein preparou um kit da bebida com o copo

específico para a Weiss. Excelente presente para o Dia dos Pais.

Informações: Rua Augusto Dering Sobrinho, 450

Campo Largo (PR) - Telefone: (41) 3292-6909

cervejariaklein.com.br

76


• CADERNO GASTRONÔMICO

RECEITAS

ESPECIAIS

Fotos: Valterci Santos

Q

ue tal deixar o almoço de Dia dos Pais mais

doce? Para essa data tão especial a Pani-

Ciello, que comemora 23 anos neste mês de

agosto, desenvolveu uma receita de bolo exclusiva

para adocicar as comemorações. A fórmula leva pão

de ló branco, creme de avelã e creme russo com

morango e amêndoas. Deu água na boca, não? A

combinação foi desenvolvida pelos gerentes e Chef

Pâtissier João Carlos Gefe e Jairo dos Santos, e promete

ser sucesso entre os clientes.

Inovar nas receitas é a marca registrada da Pani-

Ciello que adiciona a cada dois meses novas delícias

no menu. Para quem procura um lugar especial para

tomar um belo café da manhã ou matar aquela fome

que bate no meio da tarde, a padaria é a escolha certa.

A dica é saborear a linha salgada de pães recheados.

Entre os destaques estão o italiano com pepperoni,

presunto e brócolis e o pão de centeio com

gorgonzola e alecrim. Já o pão rústico, com fermentação

natural, leva na base farinha integral e branca.

Para os fãs de doces a vitrine encanta e enche os

olhos. Aposte nos torteletes em diferentes sabores. O

de creme de avelã ou o de frutas vermelhas estão entre

os mais requisitados. Na dúvida, prove um de cada.

A PaniCiello oferece ainda o sistema de encomenda

para eventos: coffe break, chá de bebê, casamento,

formaturas e confraternizações. Os canapés estão

disponíveis em diferentes sabores e a padaria conta

ainda com toda a linha de salgadinhos fritos, assados e

sanduíches que podem ser nas versões metro ou mini.

78

INFORMAÇÕES:

www.paniciello.com.br

(41) 3372-1248

Manoel Ribas, 5965

Santa Felicidade

Curitiba(PR)


• BELEZA

happy hour

80


AGOSTO 81


• BELEZA

82


AGOSTO 83


• BELEZA

84


Ficha técnica:

Fotografia: Fabio Ortolan

Produção de Moda: Will Pissinini - Modo de Produzir

Modelos: Guilherme Barbosa, Israel Alexandre, Maecol Brand,

Debora Gonçales, Mônica Lima, Fernanda Galina (Station Models Curitiba By Leandro Anthony)

Beauty & Hair: João Marcos Quadros e Kátia Costa - LOficiel Cabeleireiro e Estética

Locação: Workset Coworking (www.workset.com.br)

AGRADECIMENTOS:

Fashion Club Outlet, Alyne Fashion, Social For Man, Dpr Lojas, Senzza

Calçados, Secret Shoes, Bella Biju, Les Chemises

AGOSTO 85


Star News

Patrocínio:

(41) 4063-9047

www.starnewsmotos.com.br


• BEM-ESTAR

Rejuvenescimento

facial

Fotos: Fabio Ortolan

TRATAMENTOS A LASER

ATINGEM RESULTADOS

SATISFATÓRIOS COM

RECUPERAÇÃO RÁPIDA

O

cuidado com a pele é uma preocupação cada vez

mais frequente. Hoje existe a possibilidade de eliminar

manchas e rugas com tratamentos eficazes, seguros e com

recuperação rápida pós-procedimentos, sem necessidade de

afastamento profissional ou social. O outono e o inverno são

as melhores estações para se realizar tratamentos a laser para o

rejuvenescimento facial, pois as temperaturas são mais amenas

e a exposição solar é menor.

A Luz Intensa Pulsada é um equipamento que conquistou os

dermatologistas pelos benefícios no tratamento do fotoenvelhecimento,

amenizando sardas, manchas, vasinhos, promovendo

uma melhora da flacidez e qualidade geral da pele. Ele pode

ser utilizado também no dorso das mãos, colo e pescoço.

O aparelho emite uma luz com diferentes comprimentos de

ondas, produzindo calor na pele e atingindo diferentes alvos:

melanina, vasos sanguíneos e colágeno, tratando assim, rugas

finas, flacidez, microvasos, rosácea, sardas, olheiras dentre

outras lesões.

O procedimento pode gerar desconforto e dor suportáveis.

Após a aplicação a pele pode ficar discretamente avermelhada,

melhorando após horas ou podendo durar no máximo três dias.

Para se obter a máxima eficácia terapêutica, recomenda-se

uma média de quatro sessões com intervalo de 30 dias. Outro

aparelho utilizado para o rejuvenescimento é o Pixel. Trata-se

de um laser fracionado de Érbium, que realiza um tratamento

ponto a ponto, onde pequenas frações da pele são atingidas e

estimuladas à formação intensa de colágeno. O Pixel é indicado

para rejuvenescimento global da face, melhorando a firmeza e

a textura do tecido cutâneo, suavizando rugas finas, manchas e

poros abertos, podendo ser usado também para o tratamento

de cicatrizes de acne e estrias.

A recuperação do paciente se dá de modo rápido, entre

dois e cinco dias para face e dez a quinze dias para outras áreas

corporais. Os resultados são observados já em uma semana

após a sessão, e melhoram gradativamente durante todo o tratamento,

que deve ser de uma a quatro sessões, com intervalo

de um mês entre elas.

Para saber qual indicação para seu caso e obter os melhores

resultados consulte o seu dermatologista.

Dra. Tamara Vroblewski

CRM - 19227 RQE - 15581

Membro Efetivo da Sociedade Brasileira

de Dermatologia

Centro Médico Lumen - Fone: (41) 3044-0027

www.centromedicolumene.com.br

AGOSTO 87


• BEM-ESTAR

TCHAU

ESTRESSE

PRATICA DE ATIVIDADE FÍSICA

AJUDA A ALIVIAR A TENSÃO DOS

PROBLEMAS DIÁRIOS

A

crise econômica brasileira, além de trazer problemas

financeiros, também tem provocado efeitos maléficos

à saúde das pessoas. O estresse atinge tanto

funcionários, pelo medo da demissão no trabalho, quanto

empresários, por conta da preocupação com a falência dos

empreendimentos. Dores de cabeça, gastrite, dermatite e

dores musculares estão entre os principais males enfrentados

pelos brasileiros em decorrência do estresse deste período.

No Hospital Santa Isabel, ligado à Santa Casa de Misericórdia

de São Paulo, por exemplo, a procura de ajuda por pessoas

com esse quadro clínico aumentou 20% no mês de junho.

De acordo com o CEO da Proposito – empresa de executive

search e desenvolvimento de talentos –, André Caldeira,

em tempos de recessão, o estresse é triplo: existem os desafios

de um mercado competitivo e encolhido; a pressão dentro

das empresas por melhores resultados; e a ansiedade interna

ou insegurança sobre a manutenção do trabalho atual em um

cenário de múltiplas demissões e enxugamentos nas estruturas

organizacionais.

André acredita que, no lado profissional, o momento é

de foco absoluto em resultados visando fazer a diferença. “Já

na vida pessoal, é muito importante tentar manter uma rotina

minimamente saudável, com cuidados relacionados à prática

de exercícios físicos ao menos três vezes por semana, alimentação

saudável e noites de sono que ajudem na reposição de

energia”, frisa. Outras duas dicas são segurar o consumo de

álcool, e também, em casos de estresse mais intenso, buscar

a ajuda de um mentor ou coach para oxigenar e processar

melhor o momento atual de pressão.

EXERCITE-SE

Por meio da prática de atividade física é possível liberar

substâncias que geram um bem-estar corporal e psicológico,

além de trazer benefícios como: elevação da autoestima, melhoria

da circulação, redução do risco de problemas cardíacos,

auxílio no convívio social, melhoria da capacidade aeróbica

e respiratória e resistência muscular. Os professores da Academia

Gustavo Borges Tarumã, Caio Francisco Stadler Santos,

Fábio Augusto Bordignon e Jefferson Santos de Souza, contam

que as quatro substâncias – conhecidas como o Quarteto da

Felicidade – liberadas no corpo em uma sessão de exercícios

físicos podem ajudar muito na minimização do estresse. São

elas: dopamina, serotonina, oxitocina e endorfina.

A dopamina motiva a agir em direção a metas, desejos

e necessidades e dá uma sensação de prazer quando algo

é realizado com sucesso. A serotonina atua no organismo

quando a pessoa se sente importante. A depressão e a solidão

aparecem quando há um baixo nível dessa substância.

A oxitocina, por sua vez, ajuda a criar intimidade e construir

relacionamentos saudáveis, aumentando a interação social

e fortalecendo os laços familiares. Já a endorfina age em

resposta à dor e ao próprio estresse. Ajuda a aliviar sintomas

da depressão, ansiedade e funciona como um analgésico.

Vale lembrar que é importante o acompanhamento

de um profissional qualificado durante a prática esportiva,

evitando possíveis lesões e ajudando o praticante a alcançar

resultados satisfatórios. Os professores ressaltam, ainda, que

fazer exercícios físicos com amigos ou familiares também

pode ser muito prazeroso. André Caldeira complementa que

os momentos de integração e lazer com a família ou amigos,

caminhadas no parque, um bom livro e todos os tipos de

atividades que ajudem na mudança da frequência cerebral

ajudam no desligamento da tensão do trabalho.

Foto: Academia Gustavo Borges

Serviço: Academia Gustavo Borges | www.academiagb.com.br

88


Gastronomia

O Espaço Torres conta

com uma equipe completa

e profissional composta

por chefs de cozinha,

cozinheiros, copeiros e

staff de garçons.

• Confraternizações

• Congressos

• Formaturas

• Workshops

• Seminários

Eventos

Ambientes

O Espaço Torres tem uma

estrutura de 3.253 m²,

composta por teatro, salão

principal com 1.051 m² e

estacionamento.

www.espacotorres.com.br

ESPAÇO TORRES

Rua Pergentina Silva Soares, 159 (Av. das Torres)

Jardim Botânico, Curitiba/PR

NOVO PARANÁ CLUBE

Av. Presidente Kennedy, 2377

Água Verde, Curitiba/PR


• TEST RIDE

PARA

TRIKE CUSTOMIZADO CONSERVA

A SENSAÇÃO DE PILOTAR UMA

LEGENDÁRIA HARLEY-DAVIDSON

Fotos: Valterci Santos

90


FREEDOM

FOR ALL

A CUSTOM TRIKE RETAINS THE

FEEL OF PILOTING A LEGENDARY

HARLEY-DAVIDSON

AGOSTO 91


• TEST RIDE

P

ilotar uma moto traz sem dúvidas uma sensação

única de liberdade. O vento no rosto, a velocidade

e a estrada são combinações perfeitas para os

amantes desses veículos. Agora imagine transportar todas

essas sensações para um trike, ou triciclo. Por ter duas

rodas traseiras ele traz mais segurança na hora de pilotar,

sem deixar de lado a empolgação de estar sobre uma

Harley-Davidson.

Com a proposta de atender o público que tem medo

ou não pode pilotar sobre duas rodas, o profissional Celio

Dobrucki – referência na customização de motocicletas –

desenvolveu o trike em cima de uma Dyna Super Glide

2014. “Esse triciclo é lançamento e um produto exclusivo

no Brasil. É um trike, mas não deixa de ser uma Harley,

então a sensação é de estar dirigindo uma moto”, descreve

Celio.

A obra prima que levou três meses para ficar pronta

ganhou o kit trike com marcha ré fabricado nos EUA

(Estados Unidos da América) pela Eurowing. “O kit tem

suspensão independente de aço, freio traseiro de quatro

pistões, sem contar que traz maior conforto e segurança

na hora de pilotar. Ele é desenvolvido em um padrão de

altíssima qualidade e fabricado de forma exclusiva para

P

iloting a motorcycle definitely brings out a unique

feeling of freedom. The wind in the face,

the speed and the road are perfect matches for

lovers of these vehicles. Now imagine transferring all these

feelings to piloting a tricycle, or Trike. By having two rear

wheels, Trikes provide more security at the time of piloting,

without leaving aside the excitement of being on a Harley.

With the proposal of meeting the demands of a public

that is afraid of or can’t pilot a two wheeled vehicle, the

professional Celio Dobrucki – a reference in motorcycle

customization – developed the trike using a Dyna Super

Glide 2014. “This tricycle is a new and unique product to

Brazil. It’s a Trike, but nonetheless a Harley, so the feeling

is like driving a motorcycle,” describes Celio.

The masterpiece that took three months to get ready

now comes in a trike kit with a reverse gear made in the

United States by Eurowing. “The kit comes with independent

steel suspension, four-piston rear brakes that

provides comfort and security at the time of piloting. It

has been developed within the highest quality standards

and manufactured exclusively for every Harley Davidson

model,” explains Celio.

This model – Dyna – was chosen deliberately for the

92


cada modelo de Harley-Davidson”, explica Celio.

Já o modelo – Dyna - para essa primeira peça produzida

foi escolhido propositalmente por aliar preço acessível

(em média R$ 40 mil sem customização), motor potente

(1.600 cilindradas) e tamanho compacto. Mas Celio garante

que o trike pode ser criado em cima de qualquer modelo

de Harley. A previsão para construção do trike é de dois

meses, porém para aqueles que têm mais pressa, Celio já

começou o processo de produção de algumas peças para

deixar a pronta entrega na loja.

Além da suspensão, o profissional deu um toque

especial e personalizou a moto com o cuidado para não

perder as características de uma Harley. A cor escolhida,

um laranja acobreado, foi pensada para fazer referência

à tonalidade própria da marca. Já os toques em preto e

detalhes cromados deixaram o resultado ainda mais bonito

e com uma pegada mais selvagem.

O conforto também foi levado em consideração já que

os triciclos são perfeitos para viagens mais longas, e não

foi apenas o do piloto. O passageiro ganhou um encosto

que junto com o guidão alto deu um ar anos 70 para o

veículo. “Para finalizar com uma cara mais vintage optei

por uma roda raiada na frente e pneus faixa branca atrás”,

revela Celio.

first piece produced, due to combining an affordable price

(on average R$ 40,000 without customization), a powerful

motor (1,600 cc) and a compact size. But Celio ensures

us that the Trike can be created using any Harley model.

The estimate for construction of the Trike is two months,

but for those who are in a hurry, Celio has already begun

the process of producing some parts to allow prompt

delivery in the shop.

In addition to the suspension, the professional has

provided a special touch, and customized the bike with

care not to lose the characteristics of a Harley. The chosen

color, a coppery Orange, was thought out as a reference

the tonality of the brand itself. The black touches and

chrome accents lead to an even more beautiful result and

with a wilder footprint.

Comfort was also taken into consideration as the Trikes

are perfect for longer trips, and it wasn’t just for the pilot.

The passenger has a backrest that along with high handlebars

gives an air of the 70’s to the vehicle. “To finish with

a vintage face, I opted for spoked front wheels and back

white striped tires,” reveals Celio.

FICHA TÉCNICA:

Moto: Dyna Super Glide 2014

Motor: 1600 cc

Capacidade de combustível: 19,3 litros

Dimensões: 239 cm x 129 cm

Bagageiro: 95 litros de capacidade com trava

Roda dianteira: 19 x 110 mm

Rodas traseiras: 16 x 180 mm

Acessórios: Sissybar, plataforma para garupa,

mata cachorro, manopla custom

AGOSTO 93


• ESPORTE

Queda

radical

A FIM DE

ENFRENTAR O

PRÓPRIO MEDO?

APOSTE NO

BUNGEE JUMP

E SALTE DE

CABEÇA

Fotos: Master Jump

94


“PARA QUEM SALTA, A SENSAÇÃO

NA HORA DE CAIR É IGUAL AO

MEDO A SER ENFRENTADO.

ENTRETANTO, PARA QUEM

ASSISTE, O EFEITO VISUAL

DE ESTAR AMARRADO PELO

TORNOZELO PARECE SER MAIS

RADICAL”

VÂNIO BEATRIZ,

INSTRUTOR DE BUNGEE JUMPING

P

ara quem gosta de aventura, saltar de

bungee jump, ao menos uma vez, está na

lista de obrigações para se fazer na vida. O

esporte radical, que dispensa grandes apresentações,

exige muita coragem. Mas quem já praticou garante

que a sensação é única e que aquele breve momento

da queda livre vale todo o medo que o antecipa.

A prática, como conta o instrutor Vânio Beatriz,

da Master Jump, consiste em saltar preso por um

elástico. As duas variações se diferem pelo local

em que o elástico é amarrado. Em um dos saltos a

pessoa é presa pela cintura e peito. A queda é de

cabeça e no final o praticante termina na posição

sentado no ar. Já no salto pelos pés, a pessoa é presa

pelo tornozelo e cintura, e embora a queda também

aconteça da mesma forma, o diferencial é que após

o salto ele se mantém de ponta cabeça.

“Para quem salta, a sensação na hora de cair

é igual ao medo a ser enfrentado. Entretanto, para

quem assiste, o efeito visual de estar amarrado pelo

tornozelo parece ser mais radical. O salto pela

cintura pode ser mais confortável e é indicado para

iniciantes”, observa o instrutor.

Por ser um esporte de risco, o bungee jumping

deve seguir um rigoroso controle de segurança. A

AGOSTO 95


• ESPORTE

DICAS PARA O SALTO IDEAL

• AO SUBIR NA GAIOLA O PRATICANTE

DEVE OLHAR PARA FRENTE;

• NO MOMENTO DO SALTO, APENAS

DEIXAR O CORPO CAIR, SEM DOBRAR AS

PERNAS E DE PREFERÊNCIA COM AS MÃOS

PARA CIMA;

• SALTAR DE OLHOS ABERTOS PARA CURTIR

O MOMENTO;

• EVITAR COMIDAS PESADAS;

• NÃO POSSUIR DOENÇAS COMO EPILEPSIA

E SIMILARES;

• NÃO TER SIDO SUBMETIDO A NENHUM TIPO

DE CIRURGIA;

• NÃO USAR BRINCOS, COLARES OU PIERCING

E ESVAZIAR OS BOLSOS NO MOMENTO DO

SALTO;

• FAZER ALONGAMENTO ANTES PARA

CONDICIONAR O CORPO;

• PARA GESTANTES O SALTO É PROIBIDO.

norma utilizada no Brasil segue o padrão americano

que exige que dentro do elástico (que suporta três

toneladas) tenha uma fita de backup (que aguenta

mais duas toneladas), desta forma, se o primeiro

arrebentar a pessoa fica presa pela fita extra. Além

disso, um colchão de ar inflável deve ficar posicionado

abaixo do local de salto.

Em saltos comerciais realizados de plataformas

próprias, a altura pode variar de 38 a 42 m (metros).

“Mais baixo que isso não dá a sensação de ser tão

radical e mais alto demora muito tempo para subir

na plataforma”, avalia Vânio. Entretanto, o instrutor

garante que é possível pular de qualquer lugar que

tenha pelo menos 35 m de vão até o solo e 20 m

de raio.

Ficou com vontade de praticar? Preste atenção

nas restrições, que como compara Vânio são as mesmas

de uma montanha russa radical: peso mínimo de

40 kg (quilogramas); ausência de problemas sérios na

coluna, convulsão e pressão alta. “Recomendamos

que seja realizado entre os 18 e 35 anos, mas tenho

47 e continuo pulando”, brinca Vânio.

96


academiagb.com.br

CURITIBA:

// BARIGUI (41) 3339.9600

// TARUMÃ (41) 3366.3141

// MERCÊS (41) 3015.2333

LONDRINA:

// LAGO PARQUE (43) 3336.1117


• VIAGEM

Estação

gourmet

Antigo complexo ferroviário

surpreende visitantes com

experiência única

98


Gourmet

Station

AN OLD RAILWAY COMPLEX SURPRISES

VISITORS WITH A UNIQUE EXPERIENCE

Fotos: Valterci Santos / divulgação

AGOSTO 99


• VIAGEM

Q

uem ouve pela primeira vez pode achar no mínimo

curioso a ideia do empreendedor Ari Portugal. O

empresário construiu uma cave para maturação

de espumantes dentro de um túnel ferroviário, levantado

em1883, na época do Brasil Império. O lugar ficou simplesmente

espetacular, mesmo quem não tem tanta intimidade

com a bebida vai adorar o visual. Este mês a Revista VOi

traz como sugestão de passeio e presente para o Dia dos Pais

uma agradável visita à Cave Colinas de Pedra, localizada a

apenas 30 km (quilômetros) de Curitiba.

A área de 45 ha (hectares) foi comprada em 1999 com o

objetivo de sediar um hotel fazenda. No ano seguinte veio

a aquisição de uma estação de trem, um túnel ferroviário

e uma litorina sucateada em um leilão público, que juntos

compõe o cenário do local. Os planos do hotel foram adiados

– mas não descartados – para dar vez ao projeto atual.

Muitos estudos foram realizados e ao final do processo foi

descoberto que o túnel conseguia manter a temperatura

entre 16°C (Celsius) no inverno e 17°C no verão, ideal para

maturação de espumantes.

Assim tudo começou. O passo seguinte foi a parceria

com a vinícola Cave Geisse, de Pinto Bandeira (RS), que

passou a fornecer o espumante semielaborado. “A bebida

vem engarrafada, mas com as leveduras. Fazemos a guarda,

maturação e os processos finais na estrutura erguida dentro

do túnel. O projeto é audacioso e deste porte o único no

mundo”, valoriza Ari.

T

hose, who hear about it for the first time, find the

idea of businessman Ari Portugal, at the least, curious.

The businessman built a wine cellar for the aging of

sparkling wines inside a railway tunnel, built at the time of

the Brazilian Empire. The place is simply spectacular, even

those, who do not have such intimacy with the beverage, will

love the visual. This month, Revista VOi provides you with

a suggestion for a trip and a gift for Father’s Day, a pleasant

visit to Cave Colinas de Pedra, located just 30 kilometers

from Curitiba.

The 45 hectare area was bought in 1999 with the goal

of hosting a “hotel fazenda”. The following year, a railway

station, a railway tunnel and a scrapped railway car were

acquired at a public auction, which, together, make up the

local scene. The plans for a hotel were delayed – but not

discarded – to give time for the current project. Many studies

were conducted and, at the end of the process, they

determined that the tunnel could maintain a temperature

of about 16° C in the winter and 17° C in summer, ideal for

the aging of sparkling wines.

That is how it all started. The next step was a partnership

with the winery Cave Geisse, from Pinto Bandeira (RS), that

began to provide semi-finished sparkling wine. “The drink

comes bottled, but still with the yeast in it. We store the wine,

age it and carry out the final processing in a structure built

within the tunnel. The project is a bold one and the only one

in the world of this size,” he values.

100


PASSEIO

Todas as construções foram reformadas e recebem aos

finais de semana turistas de vários lugares do Brasil curiosos

para conhecer essa inusitada vinícola. A estação deu espaço

ao restaurante, o túnel à cave e a litorina à delicatessen. O

passeio, que deve ser agendado, pode começar com o almoço

ou com a visita ao túnel. Para deixar a experiência ainda

mais aconchegante, a cave é administrada pela família de

Ari. Pai, mãe e filhos são responsáveis por toda a aventura,

e recepcionam os visitantes em todas as etapas.

O acesso até a cave é feito por uma plataforma elétrica

capaz de transportar até 15 passageiros em um trajeto de

154 m (metros). É neste ponto que a mágica começa. Vários

berçários servem de depósitos para centenas de garrafas

que esperam dois anos para receber os processos finais do

espumante. Lá dentro, Ari explica aos visitantes toda a história

do túnel, da reforma e transformação do local em cave.

Mas não para por aí, ele ainda conta sobre a fabricação da

bebida e ensina algumas dicas de como abrir a garrafa do

jeito certo e segurar a taça na posição ideal. É claro que ao

final ocorre uma das etapas mais esperadas, a degustação

das duas variedades produzidas no local.

TOUR

All the buildings were renovated and, on weekends,

receive tourists from various parts of Brazil curious to see

this unusual winery. The station gave way to a restaurant, the

tunnel to a cave, and the railway car to a delicatessen. The

tour, which must be scheduled, can start with lunch or with

a visit to the tunnel. To increase the warmt of the experience

even more, the cave is managed by Ari’s own family. Father,

mother and sons are responsible for all the adventure, and

they welcome the guests in all stages.

Access to the cave is made with an electric platform

capable of carrying up to 15 passengers on its 154 meter

route. It is at this point that the magic begins. Several cradles

serve as deposits for hundreds of bottles of sparkling wine

that spend two years there before it receives final processing.

Inside, Ari explains the whole story of the tunnel to visitors,

the improvements and transformation of the site into a wine

aging cellar. But it doesn’t stop there, he goes on to tell about

the manufacture of the beverage, and provides some tips on

how to open the bottle properly and to hold the glass in the

ideal position. Of course at the end, one of the most anticipated

steps, the tasting of two varieties produced on site.

AGOSTO 101


• VIAGEM

Foto: Valterci Santos

O próximo passo é o almoço. O cardápio fixo inclui

receitas pensadas para harmonizar com os espumantes que

são vendidos no local. De entrada queijos finos, bruschettas

e variedades de saladas. Os pratos principais são: barreado,

polenta com ossobuco, moqueca de camarão e batata

gratinada com queijo brie. A sobremesa também é farta e

traz entre as delícias brigadeiro de chocolate belga, torta

de limão e banoffee.

Depois é a hora de descansar e curtir a paisagem do

lugar que é uma Área de Preservação Permanente dentro

da Mata Atlântica. Os gazebos contam com confortáveis

espreguiçadeiras que convidam até mesmo para uma soneca

após o almoço. Não se surpreenda se a conversa for

interrompida com os apitos dos trens que conferem um ar

ainda mais nostálgico a toda experiência.

The next step is lunch. The fixed menu includes recipes

designed to harmonize with the sparkling wines that are sold

on the site. Starters include fine cheeses, bruschetta and a

variety of salads. The main courses are: barreado, polenta

with Osso Buco, shrimp moqueca, and gratin potato with

brie. There is a wide choice of desserts, including chocolate

delights made from Belgian chocolate, lemon-lime pie and

banoffee.

Then it’s time to rest and enjoy the scenery of the place,

which is located within a Permanent Preservation Area

within the Atlantic Forest. Gazebos have comfortable lounge

chairs that can even be used for an after-lunch nap. Don’t

be surprised if the conversation is interrupted with train

whistles, which provide an even more nostalgic air to the

whole experience.

SERVIÇO

CAVE COLINAS DE PEDRA

RUA ANTÔNIO BRUDECK 100

ROÇA NOVA – PIRAQUARA (PR)

TELEFONE: (41) 4063-9041 | (41) 9667-5000

WWW.CAVECOLINASDEPEDRA.COM.BR

RESERVAS ONLINE: RESERVAS@CAVECOLINASDEPEDRA.COM.BR

102


www.cleuzacanan.com

A Dra. Cleuza Canan, a

partir A Dra. da Cleuza experiência Canan, de a 30

partir anos da em experiência tratamento de de 30

dependentes anos em tratamento químicos, de

dependentes elaborou um químicos, plano

terapêutico elaborou que um plano envolve:

terapêutico que envolve:

a) Abordagem

cognitivo-comportamental;

a) Abordagem

Cognitivo-comportamental;

b) Entrevista motivacional;

b) Entrevista c) Apoio Motivacional;

espiritual

c) Apoio espiritual

CLEUZA CANAN

HISTÓRIAS DE QUEM SUPEROU O VÍCIO

Com O plano vistas visa à qualidade auxiliar o dependente atendimento e dar apoio à família Família no processo é parte da de solução recuperação.

foram criados dois tipos serviços:

“Para mim, esse ambiente era natural. Eu não via problemas, até porque

Com vistas à qualidade de atendimento foram criados meus dois irmãos tipos serviços: tinham vidas normais e tiravam boas notas”, conta Renata,

1. Centro de Tratamento em Piraquara, PR, hoje com 26 anos, que no início procurava no álcool uma forma de relaxar, mas

onde

1. Centro

são

de

hospedados

Tratamento

dependentes

em Piraquara,

que

PR, onde são acabou hospedados se tornando dependentes que química. necessitam Ela agora de não internação bebe mais, em nem regime usa

necessitam de internação em regime integral,

integral, com 28 leitos e ambiente confortável, seguro, qualquer acolhedor, outro integrando tipo de droga, o paciente que antes e costumava a família misturar ao tratamento. com a bebida. Mãe de

com 28 leitos e ambiente confortável, seguro, um menino de oito anos, cuja guarda acaba de reconquistar, Renata sabe que a

acolhedor, integrando o paciente e a família ao sua presença é o melhor presente para o filho. Ela lembra que contar com a

2. Clínica Cleuza Canan em Curitiba, PR, onde se oferece tratamento de Clínica Dia e ambulatorial aos dependentes químicos.

tratamento.

presença do pai foi essencial. “Se ele não tivesse me apoiado, eu não estaria

Os atendimentos são feitos através de vários turnos, por limpa.” equipe “O tratamento treinada e ambiente precisa ser acolhedor. feito com A toda divisão a família. em turnos Não tem visa fórmula facilitar

2. a Clínica vida do Cleuza paciente Canan que em pode Curitiba, se planejar PR, onde para o comparecimento mágica. A família à clínica precisa sem afetar reorganizar”, outras ressalta atividades Dra. Cleuza que ele Canan. tenha.

se oferece tratamento de Clínica Dia e

ambulatorial Cada um destes aos serviços dependentes conta químicos. com uma Os equipe de 26 Amor profissionais de mãealtamente qualificados no tratamento e na recuperação do

atendimentos dependente químico. são feitos O objetivo por meio do de Centro vários de Tratamento “Quando é utilizar eu era técnicas criança, eficazes minha mãe de recuperação trabalhava muito de dependentes e viajava bastante. químicos

turnos, com metodologia por equipe própria, treinada tratamento e ambiente personalizado, Todo seguindo sábado o perfil tinha e festa estágio e eu de ia dependência atrás do meu de irmão cada mais um, para velho. conduzir Um dia o

acolhedor. paciente de A divisão forma consciente em turnos à visa recuperação facilitar a da sua saúde ele comprou física, psicológica, três ou quatro espiritual litros de e social. bebida. Tomei tudo sozinho”, lembra

vida do paciente que pode se planejar para o

Manoel Maciel Correia, hoje com 33 anos. Depois do álcool ele experimentou

comparecimento

A Clínica Cleuza

à

Canan

clínica

e o

sem

Centro

afetar

de Tratamento,

outras

atende cigarro, pessoas maconha, de todo cocaína o Brasil, e, por fato último, que o a crack. tornou Envergonhado reconhecida e nacionalmente

desesperado,

atividades que ele tenha.

como referência em tratamento de dependentes químicos. Manoel procurou Seu profissionalismo, todo tipo de ajuda, metodologia mas sempre inovadora, acabava voltando altos índices para as de

recuperação, manutenção da abstinência após alta, e

drogas.

a ressocialização

Depois de

dos

muito

dependentes

esforço pessoal

entregues

e ajuda

aos seus

da mãe,

cuidados

que

têm

sempre

sido

permaneceu ao seu lado, Manoel se mantém longe do vício, cursa Culinária no

pontos fortes e motivos da preferência de famílias que precisam oferecer aos filhos ou amigos um tratamento de qualidade com

Senac e faz estágio na área. “Tenho que ser independente e reconquistar a minha

conforto e confiabilidade.

vida”, comemora. “Um dos pontos cruciais é mostrar ao paciente e à família que a

dependência não é falta de caráter ou força de vontade, mas uma doença física,

metabólica ou geneticamente herdada”, explica Dra. Cleuza Canan.

Clínica Cleuza Canan

Clínica Cleuza Canan

Rua Cândido Xavier, 430

Rua Cândido Xavier, 430

Batel, Curitiba PR

Batel, Curitiba - PR

Telefone: (41) 3342-7080

Telefone: (41) 3342-7080

Centro de Tratamento

Centro de Tratamento

Rua dos Guimarães, 15

Rua dos Guimarães, 15

Jardim Diguimabri, Piraquara PR

Jardim Diguimabri, Piraquara - PR

Telefone: (41) 3385-1867

Telefone: (41) 3385-1867


• CULTURA

MÚSICA

CARMEN MONARCHA

No concerto a cantora lírica interpreta um repertório criado a partir de composições

dos grandes nomes da música erudita nacional e internacional, como H.

Villa-Lobos, Waldemar Henrique, Jayme Ovalle, F. Liszt, F. Poulenc, C. Gounod,

Manuel de Falla, G. Bizet e G. Puccini. O show conta com a direção musical do

maestro Miguel Briamonte que também comanda o piano. A renda da bilheteria

será integralmente revertida para o Hospital Pequeno Príncipe.

Foto: divulgação

Data: 14 de agosto

Local: Guairão

Informações: www.diskingresso.com.br

OSWALDO MONTENEGRO

O cantor apresenta aos curitibanos a turnê A Porta da Alegria. O público vai

conferir um show mais lírico com repertório voltado para canções recentes, uma

inédita e ainda grandes sucessos de carreira. Privilegiando sua face mais potente,

A Porta da Alegria mostra um compositor que não se parece com ninguém e

carrega consigo uma legião de fãs.

Foto: Livio Campos

Local: Teatro Positivo

Data: 21 de agosto

Informações: www.diskingressos.com.br

ZÉ RAMALHO

Um dos mais reconhecidos cantores da atualidade desembarca em Curitiba

com a turnê 2015. Com repertório voltado para os grandes sucessos da carreira

não ficarão de fora canções como Entre a Serpente e a Estrela, Admirável Gado

Novo - ambas marcaram época fazendo parte da trilha sonora de novelas da

Rede Globo. O show é promovido pela Multi Eventos Promoções.

Foto: Dário Zalis

Data: 22 de agosto

Local: Teatro Positivo

Informações: www.diskingressos.com.br

SAMBÔ

O grupo desembarca em Curitiba para apresentar a turnê de lançamento do

álbum Sambô em Estúdio e em Cores. Para o show foram escolhidas canções

como Don’t Let Me Down, Pensamento, Come Together, Me Deixa em Paz e

Deitar e Rolar, entre outras. O evento traz assinatura da Multi Eventos Promoções.

Foto: divulgação

Data: 24 de setembro

Local: Teatro Positivo

Informações: www.diskingressos.com.br

SÉRGIO REIS E RENATO TEIXEIRA

Os consagrados músicos emocionam os curitibanos com a turnê Amizade Sincera

II. O show que está percorrendo todo Brasil tem o mesmo nome do novo DVD.

O projeto, que conta com 22 faixas, será lançado pela Som Livre. Com direção

musical dos próprios cantores, o repertório reúne Saudade Danada, Beijinho

Doce, Deus e eu no Sertão, Canção da América, entre outras.

Foto: divulgação

Data: 26 de setembro

Local: Teatro Guaíra

Informações: www.diskingressos.com.br

104


• MÚSICA

Foto: Daniela Carvalho

De Pai

para filha

ESTRELA LEMINSKI DÁ VIDA À

OBRA SOBRE O PAI E PRESENTEIA

AOS FÃS DE PAULO LEMINSKI COM

UM LEGADO INÉDITO DEIXADO

PELO ARTISTA

Foto: reprodução

Foto: Rafael Forte

Foto: Daniela Carvalho

C

uritiba foi e continua sendo casa de muitos

artistas, mas quem conhece a obra de Paulo

Leminski há de concordar com a intelectualidade

e versatilidade do escritor. Com trabalhos em

diferentes campos, Leminski deixou um grande legado

para os apreciadores de sua arte. Recentemente, os fãs

do artista puderam relembrar toda a genialidade com o

Songbook Paulo Leminksi, um projeto realizado por sua

filha Estrela Leminski.

“Iniciei a pesquisa há cerca de seis anos, quando

me debrucei sobre toda a herança musical deixada por

meu pai: de rabiscos em guardanapos a dezenas de fitas

K7 com gravações caseiras”, revela Estrela. “Este livro

conta a história pelos depoimentos de amigos, parceiros

e família e é o material mais completo sobre a obra musical

dele até hoje. Reúne partituras de 109 composições

autorais e parcerias com outros artistas”, relata.

Quando Leminski faleceu, aos 44 anos, Estrela ainda

era bem nova, mas ela garante que as recordações dos

momentos artísticos ao lado do pai permaneceram na

memória. “Na música, tive o privilégio de estar sempre

ali no making of de tudo. Lembro fortemente que brincávamos

de compor. Era algo que sempre me interessava.

E foi até por isso que acabei fazendo graduação,

especialização e mestrado na área musical. Quanto mais

me aprofundava, mais me interessava pela linha tênue

entre a palavra e a música.”

Além do songbook com as canções de Leminski,

Estrela desenvolve outros projetos em paralelo. Entre

eles está o trabalho junto com o músico Téo Ruiz que

também é seu marido. “Minha parceria com o Téo se

mistura com o casamento: paqueramos mostrando músicas,

namoramos ensaiando e casamos na gravação do

primeiro disco”, conta.

Esta parceria resultou, em 2006, no primeiro trabalho

da dupla o CD Música de Ruiz. Em 2011, foi lançado o

segundo disco deste projeto, o São Sons. “Este trabalho

foi fundamental para eu dar a cara a tapa. Pois sempre

fui baterista e estava atrás no palco. Mas percebi que

para interpretar as minhas músicas teria que estar ali,

olho no olho com o público. A recepção foi incrível”,

comemora Estrela.

AGOSTO 105


• HISTÓRIAS

H ISTÓRIAS

cURITIBANAS

A magia do cinema

A pequena menina sentava-

-se ansiosa na poltrona do cinema.

Eloísa iria assistir ao primeiro

filme no pomposo Teatro Cine

Glóriah. Acompanhada pela

família, a pequena expectadora

não se importava muito com a

história, queria mesmo era ver

a tal magia de sons e imagens.

Mal sabia ela que, 50 anos mais

tarde, reviveria essas emoções

com ainda mais intensidade do

que pela primeira vez.

O encantamento que o Cine Glóriah lançava sobre

as pessoas começou muito antes da paixão de Eloísa pela

telona. Em 1920, quando inaugurado, o cinema nem na

Galeria Pinheiro Lima ficava. Para poder apreciar as histórias,

o público ia em direção à Avenida Luís Xavier. Após

23 anos, o local foi reinaugurado pela primeira vez, de

muitas, porém com um novo nome: Cine Odeon.

O Cine Glóriah só faria parte do cotidiano de Eloísa

a partir de 1963, quando foi aberto ao lado da catedral

de Curitiba, na Galeria Pinheiro Lima. Naquela época,

dois auditórios emocionavam os telespectadores. E foi

no espaço de número um onde a menina conheceu seus

primeiros amores. Após a saída da missa, o cinema era o

ponto de encontro dos jovens que namoravam escondido.

Trocas de cadeiras e olhares foram fundamentais para que

alguns casais se juntassem.

Mesmo com um namorico ou outro, Eloísa só conseguia

preencher seu coração com filmes. Se pudesse, seria como

Joan Crawford. Marlene Dietrich, quem sabe. Ou ainda

poderia ser uma das mocinhas dos filmes assustadores de

Hitchcock. Foi assim que a menina cresceu, não apenas

com o sonho de virar uma estrela, mas em surpreender as

pessoas, em oferecer a mesma magia que recebia quando

estava sentada em frente à tela.

Apesar da fidelidade de Eloísa, o Cine Glóriah, aos

poucos, foi perdendo o público.

E a menina, agora uma mulher,

percebia o que estava acontecendo.

Os dois auditórios, aos poucos

deixaram de funcionar em 1989.

Eloísa sentia-se como um rolo

de filme queimado. Ela poderia

consertar essa sensação em outro

cinema da capital paranaense, mas

não seria a mesma coisa. A moça

tinha pavor aos shoppings que

invadiam Curitiba e que passaram

a monopolizar as salas. Poucos

meses depois, descobriu que o Cine Glóriah reabriria,

mas com um belo porém: as sessões seriam repletas de

filmes pornográficos. Eloísa, mesmo sabendo que não iria

comparecer aos tais espetáculos, ficou feliz, pois ao menos

o local ficaria aberto.

Em 1991, o cinema foi invadido por vândalos e um

incêndio fechou o local por mais de 10 anos. Tanto o

Cine Glóriah quanto Eloísa, que já não pertenciam mais

à cidade, ficaram destruídos. Em 2003, ela não veio para

reinauguração do tal cinema, que agora recebia o título de

teatro. Em 2015, enquanto lia seu habitual jornal, viu que

a programação do novo espaço era diferente.

Após planejar uma rápida viagem, veio para Curitiba

e decidiu que iria visitar o tal teatro. A peça tratava de

uma dança contemporânea interativa. Quando as portas

se abriram, foi convidada para ser uma das participantes

do espetáculo. Resistiu no começo, porém se estava de

volta ao local, voltaria em grande estilo. A peça era algo

que Eloísa não estava acostumada a ver, talvez fosse contemporânea

demais para ela, entretanto, no momento em

que ouviu as palmas do público teve uma certeza: a magia

do espetáculo estava ali, ainda havia esperança. O Cine

Glóriah fazia jus ao nome, era um vitorioso assim como

Eloísa, que virava uma estrela, mesmo por alguns minutos,

aos novos espectadores do agora teatro.

Por: Uliane Tatit / Ilustração: Fernanda Domingues

106


VOCÊ NÃO PODE PERDER

KIT BLACK

DIA DOS PAIS

FEITO ESPECIALMENTE PARA ELE

JOHNNY WALKER DOUBLE BLACK

PICANHA BLACK

BARBECUE JACK DANIELS

SPAGHETTI BLACK AL NERO DI SEPPIA

facebook.com/bullprimecarnesnobres | instagram.com/bullprimecarnes

41 3030-4446 | Av. Silva Jardim, 3813 - Batel


Carmen Steffens

CaLÇaDOS, rOUPaS e aCeSSÓrIOS

Carmen SteffenS - ParKSHOPPInGBarIGUI | SHOPPInG mUeLLer | SHOPPInG PatIO BateL

CS maISOn - ParKSHOPPInGBarIGUI | SHOPPInG mUeLLer | OUtLet – r. anGeLO SamPaIO, 1745 – BateL

aIX-en-PrOVenCe BUenOS aIreS CanneS HOLLYWOOD LaS VeGaS nICe OrLanDO PUnta DeL eSte rIO De JaneIrO SÃO PaULO

505 LOJAS - 18 PAÍSES

More magazines by this user
Similar magazines