Fevereiro/2015 - Revista VOi 116

jota.2016

Grupo Jota Comunicação

Carolina

KASTING

GRAJAGAN

SURF RESORT

VERÃO COM CONFORTO

NA PARADISÍACA ILHA DO MEL

“SOU UMA MULHER ROMÂNTICA

CONTEMPORÂNEA”

CHEVROLET CORVETTE:

UM SENHOR MUITO RESPEITADO E

QUE ESTÁ LONGE DE SE APOSENTAR


MAREL.COM.BR

MARELCURITIBAGETULIOVARGAS

O A N O N O V O

T R A Z N O V A S

I N S P I R A Ç Õ E S :

C O L E Ç Ã O

M A R E L 2 0 1 5 .

MAREL CURITIBA

AV. GETÚLIO VARGAS, 2483

ÁGUA VERDE

41 3343.4953


A ARTE

EM METAL

www.fundarte.com.br

www.fundarte.com.br


Fábrica

41 3076 6898 | 9866 8283

Rua Epaminondas Santos, 2805

Bairro Alto - Curitiba - PR

Show Room

41 3257 6090 | 3053 6090

Rua Estados Unidos, 1713

Boa Vista - Curitiba - PR


• EDITORIAL

CAPA

A capa desta edição traz a atriz Carolina

Kasting fotografada por Rene Ernst, com

beleza de Sherlock Palmieri, Jessica Dias

e produção de moda de Priscila Ghedin

ANO NOVO, VIDA NOVA!

Pelo menos é assim que devemos encarar os novos desafios preparados

para 2015. E diga-se de passagem, não serão poucos. Aumento de impostos,

greves e apagões de energia são apenas alguns dos tantos problemas que já

se mostraram múltiplos e de difícil superação. Mas, como todo brasileiro,

não podemos desistir nunca. Prova disso é que nem bem as comemorações

de final de ano terminaram, já vem o carnaval, a mais agitada e badalada

festa de rua do mundo. E para fazer jus à primeira edição de 2015, a VOi traz

Carolina Kasting, uma das atrizes mais versáteis do cenário artístico do país

que nos abrilhantou com o carisma e histórias hilárias de como se constrói

uma carreira. De fácil trato e profissionalismo apurado, Carol se entregou às

câmeras do fotógrafo Rene Ernst que nos presenteou com um lindo editorial

produzido em Curitiba. Simplesmente sensacional!

Além disso, a edição traz opções imperdíveis de pratos para os mais

variados gostos no espaço gastronômico VOi. E claro, para fechar em grande

estilo: um test drive de tirar o fôlego, com o esportivo Corvette, e o roteiro de

viagem produzido na Ilha do Mel, na Grajagan Surf Resort.

Por tudo isso, se depender de nós da VOi, o ano será maravilhoso. Feliz

2015!

Pedro Bartoski Jr.

Diretor-executivo Revista VOi

NEW YEAR, NEW LIFE!

EDIÇÕES ANTERIORES

At least that’s how, we should face the new challenges prepared for us

in 2015. And by the way, they are not few. Tax increases, strikes, and power

blackouts are just some of the many issues that are proving to be multiplying

and difficult to overcome. But like all Brazilians, we can never give up. Proof

of this is that, with the year-end celebrations just over, Carnival is on the

horizon, the most bustling and trendy street party in the world. And to do

justice to the first issue of 2015, VOi brings you Carolina Kasting, one of the

most versatile actresses on the artistic scene in Brazil, who captivated us with

her charisma and entertaining stories of how she built a career. Easy-going

and very professional, she gave herself up to the photographer Rene Ernst’s

camera that, very similarly, presented us with a beautiful story produced in

Curitiba. Simply sensational!

In addition, this issue provides some must-have options for dishes for

the most varied tastes in the VOi Gastronomic Space. And of course, to end

spectacularly, a breathtaking test drive in a sporty Corvette and a trip to Ilha

do Mel, and the Grajagan Surf Resort.

For all that, if it depends on us from VOi, this year will be wonderful.

Happy 2015!

Pedro Bartoski Jr.

Executive director Revista VOi

08


• EXPEDIENTE

Bastidores

Foto: Valterci Santos

01

01 • PASSEIO

Thiago Pereira, repórter da VOi, clicado em momento

de descontração durante a produção do Test Drive

Foto: Fabio Ortolan

02

02 • TRANSFORMAÇÃO

A transformada Patricia Ivosyssyn posa com a equipe do

IC Hair Concept responsável pelo resultado final: Denise

Sousa, Isabel Cristina Nogueira e Jessica Leandro

03 • PRODUÇÃO

Momento click durante o editorial de moda com a

atriz Carolina Kasting. Na foto, a equipe envolvida

na produção

Foto: Rene Ernst

03

Ano XII • Edição n.º 116 • Janeiro/Fevereiro 2015

Year XII • Edition n.º 116 • January/February 2015

A Revista VOi é uma publicação da

JOTA Editora

Rua Maranhão, 502 - Água Verde

CEP 80610-000 - Curitiba (PR) - Brasil

Fone/Fax: +55 (41) 3333-1023

JOTA COMUNICAÇÃO

Diretores/Directors:

Comercial - Fábio Alexandre Machado

Executivo - Pedro Bartoski Jr.

revistavoi@revistavoi.com.br

Negócios - Joseane Knop

joseane@jotacomunicacao.com.br

JOTA EDITORA

Diretores/Directors:

Comercial - Fábio Alexandre Machado

Executivo - Pedro Bartoski Jr.

revistavoi@revistavoi.com.br

Redação/Writing:

Editor: Rafael Macedo

editor@revistavoi.com.br

Flávia Santos

Larissa Angeli

Thiago Pereira

jornalismo@revistavoi.com.br

Projeto Gráfico/Graphic Design:

Supervisão: Fabiana Tokarski

Fabiano Mendes

Bruce Cantarim

Fernanda Domingues

criacao@revistavoi.com.br

Colaboradores/Colaborators:

Fotógrafos: Fabio Ortolan

Valterci Santos

Marcelo Taras

Raquel Cristina Neves

comercial@revistavoi.com.br

Fone: +55 (41) 3333-1023

Colunistas/Colunists:

Mônica Gulin

Valterci Santos

Depto. de Assinaturas/Subscription:

Coordenação - Monica Kirchner

Izadora Saiss

assinatura@revistavoi.com.br

Ligação gratuita:

0800 600 2038

Na Rede

www.facebook.com/revistavoicuritiba

Veículo filiado a:

Depto. Comercial/Sales

Department:

Claudio Martins

Danielle Pedroso

www.revistavoi.com.br

A Revista VOi é uma publicação mensal e independente, dirigida ao público curitibano, a turistas, rede hoteleira e gastronômica de Curitiba. A VOi não se responsabiliza por conceitos emitidos em artigos e colunas assinadas, por

serem de responsabilidade de seus autores. A utilização e reprodução pode ser feita desde que informada e citada a fonte. A Revista VOi também não se responsabiliza por fotos de divulgação, bem como, por anúncios e imagens

enviadas por terceiros, por entender serem de responsabilidade de seus produtores.

VOi is a monthly and independent publication directed at the public, tourists, hotel chains and gastronomy in Curitiba. VOi does not hold itself responsible for the concepts contained in the articles and columns signed by others.

These are the exclusive responsibility of their authors. The use and reproduction of any part of the publication can be carried out as long as the source is duly noted and cited. VOi is also not responsible for photographs that are part

of any divulgation, as well for advertisements and images supplied by others, and understands that they are the exclusive responsibility of those who produced them.

10


• SUMÁRIO

08

Editorial / Ano novo, vida nova!

Editorial / New year, new life!

24

Moda

Garota multifuncional

10

14

16

24

34

Expediente

Cartas

Notas

Moda / Garota multifuncional

Entrevista / Carolina Kasting

Interview / Carolina Kasting

60

42

48

50

52

54

56

58

60

69

72

Principal / Rua dos curitibanos

Interiores / Disposição correta

Transformação / Noite de folia

Vitrine

Coluna / Provopar

Coluna / Talento em foco por Valterci Santos

Coluna / Eventos by Mônica Gulin

Caderno gastronômico

Bem-Estar

Test drive / Um sessentão de respeito

Test drive / A respectful sixty

72

76

80

86

89

90

Esporte / Corpo e mente equilibrados

Viagem / Ilha do Mel 360º

Travel / Ilha do Mel 360º

Cultura

Música / Cena local

Histórias / Novos amigos

80

12


• CARTAS

NA MÍDIA

Capa da Edição 115/Dezembro

com a cantora Tânia Mara

Mais uma vez a Revista VOi foi destaque nas

redes sociais. A Cymbeline, mais nova loja de

noivas de Curitiba, divulgou a cobertura feita pela

equipe da Revista no coquetel de inauguração.

A advogada Priscilla de Passos também mostrou

a participação na reportagem principal sobre

pets e ganhou dezenas de curtidas, assim como

o educador físico Ilan Kessel que fez questão de

compartilhar com os amigos do facebook a foto

com suas companheiras de quatro patas.

A VOi é uma Revista completa. Tem opções para todos

os gostos. Adoro a entrevista de capa que sempre traz celebridades

que estão em destaque na mídia. Também acho

incrível ver como as participantes ficam diferentes no quadro

Transformação.

Fernanda Jansen - Curitiba (PR)

O ano de 2014 foi marcado por grandes conquistas

para nós do Instituto Humsol. Além de projetos, eventos e

atividades já conhecidos e reconhecidos pela comunidade,

criamos e implementamos novos produtos. Muitos resultados

alcançados por meio do nosso trabalho não se concretizariam

sem o apoio dos nossos parceiros. Parceiros como vocês, que

fazem toda a diferença e viabilizam nossas ideias e esforços,

que nos trazem novidades, apoio, recursos financeiros,

materiais e humanos. Parceiros que nos mostram caminhos,

que nos ajudam a definir estratégias, a divulgar nossos projetos

e que mantém vivo e cada vez maior nosso propósito

de melhorar a condição de vida de muitas pessoas. Nossos

sinceros agradecimentos.

Tania Mary Gomez - Presidente Instituto Humsol

Não perco uma edição da Revista e adoro acompanhar

o que acontece em Curitiba lendo a VOi. A reportagem

Principal é sempre uma novidade. Fico curiosa para saber a

temática de cada edição. Que em 2015 a equipe continue

produzindo com a mesma dedicação. Bom trabalho!

Regiane Zanatta - Curitiba (PR)

NA REDE

www.facebook.com/revistavoicuritiba

www.revistavoi.com.br

14


• NOTAS

Reforço no

menu

O Mustang Sally começou 2015 com

novidades de verão no cardápio.

Entre as bebidas está o drink Caipilé

que traz morangos, tradicional vodka

russa e gelo batidos na coqueteleira.

O diferencial é que a bebida vem

acompanhada de um picolé de

uva, irresistível e refrescante. Já as

comidinhas também ganharam reforço

com o prato South Barbecue: são dois

espetos de filé mignon com queijo,

salada, farofa, fritas e molho cheddar.

Parceria de

sucesso

Foto: Fabio Ortolan

Fotos: divulgação

A Corupelle foi uma das parceiras da Station Models

no concurso Mister Mundo Curitiba e na formatura da

segunda turma do curso de modelos da agência. No

evento realizado na capital paranaense, a loja cedeu

roupas em couro para o desfile e também presenteou

o ex-BBB Jonas Sulbachtuf, que participou do evento,

com uma jaqueta de couro exclusiva da marca.

Rodízio

diferente

Que tal saborear um rodízio de comida

japonesa na esteira? A novidade pode

ser conferida de perto no restaurante

Kenji Kaiten. Na esteira rolante passam

diferentes iguarias da culinária nipônica

e os clientes ficam à vontade para

escolher o que querem experimentar.

Quem prefere o serviço à la carte, o

restaurante oferece mais 300 opções

no cardápio, que variam desde a

gastronomia tradicional até às receitas

mais contemporâneas desenvolvidas pelo

chef Caju, que soma mais de 20 anos de

experiência no segmento.

Foto: Fabio Ortolan

16


Neste Ano Novo, Conheça

a Nova Loja da Simmons.

Produtos com mais de 140 anos

de inovação na tecnologia para

dormir bem.

* MODERNIDADE PARA SEU QUARTO;

* COLCHÕES CONFORTÁVEIS;

* TECNOLOGIA EXCLUSIVA;

* DESIGNS INOVADORES.

Simmons

Company

USA

Desde 1870

produzindo

qualidade.

sleephome.com.br ∙ 41 3042-2222

Rua Augusto Stresser, 1916 ∙ Jd. Social


• NOTAS

Oportunidade

de negócio

Para quem procura um novo investimento a rede Zapata é

uma excelente opção. Considerado hoje um dos principais

restaurantes quando o assunto é culinária mexicana, a

primeira unidade formatada para franquias foi lançada

em 2011 e com isso iniciou-se a expansão com lojas

em shopping tendo como foco a alimentação rápida. A

rede conta com franquias a partir de R$ 300 mil. Entre o

público-alvo consumidor estão homens e mulheres entre

20 e 40 anos das classes A e B.

Foto: divulgação

Vá de táxi

Jantar, balada, casamento, festa com os amigos. Seja

qual for a ocasião, bebida e direção definitivamente

não combinam. Chamar um táxi ficou ainda mais

fácil com o aplicativo do Táxi Sereia para tablets e

smartphones. Com a tecnologia não é necessário

fazer a ligação para a central para solicitar o serviço

e a vantagem é a possibilidade de acompanhar em

tempo real a chegada do veículo até o local de

destino. O aplicativo está disponível para os sistemas

Android, IOS e é gratuito.

Projeto

social

Foto: divulgação

Foto: divulgação

O projeto VOR (Vivendo o Rugby), do CRC (Curitiba Rugby

Clube), foi escolhido para receber o Spirit of Rugby Award

2014, prêmio concedido pela IRB (International Rugby Board),

autoridade máxima do esporte no mundo. A solenidade

realizada em Londres marcou a primeira vez em que um

prêmio da IRB foi destinado ao Brasil. O VOR nasceu há

sete anos de um sonho antigo dos veteranos do CRB de levar

o esporte para as escolas e torná-lo acessível a crianças,

principalmente as com menores condições econômicas,

afastando-as de situações de risco. Hoje o projeto funciona

em parceria com a Secretaria Municipal da Educação e com

a Secretaria do Esporte e do Turismo do Paraná, atendendo

mais de 600 crianças de 11 escolas e instituições públicas

municipais e estaduais de Curitiba e Região Metropolitana.

18


Uma nova visão.

Odontologia planejada para

o seu bem-estar.

TODAS AS

ESPECIALIDADES:

• PRÓTESE DENTÁRIA

• DENTÍSTICA E ESTÉTICA

• CLAREAMENTO

• IMPLANTODONTIA

• ORTODONTIA

• ENDODONTIA

• ATM

• CIRURGIA ORAL

• PERIODONTIA

• ODONTOPEDIATRIA

www.espacorochaodontologia.com.br

+55 41 3501-8078

R. Prof. Álvaro Jorge, 62 sobreloja | sala 03 | Água Verde

Em frente ao supermercado Festval


• NOTAS

Novas ações

CARNAVAL

Curitiba já demonstrou que a fama

de não ter foliões é passado. Prova

disso é a extensa programação

dedicada ao carnaval desenvolvida

na cidade. A abertura do précarnaval

com o bloco Garibaldis e

Sacis reuniu trê mil pessoas na Rua

Marechal Deodoro. A expectativa

é que o público do evento atinja

cinco mil foliões.

Foto: Valterci Santos

O restaurante Canto do Monge participa de 16 a 29 de março do Festival

Bom Gourmet, da Gazeta do Povo. O menu, preparado especificamente

para o evento, conta com entrada, prato principal e sobremesa que terão

um preço fixo estipulado pelo estabelecimento. Para assinantes Gazeta

do Povo o festival é estendido até dia 5 de abril. Além da participação no

evento, o Canto do Monge se prepara para inaugurar também no próximo

mês o novo espaço de eventos, anexo ao restaurante, que aumentará a

capacidade para 160 pessoas. Para mais informações acompanhe a página

do restaurante no facebook: /cantodomonge

em

ALTA

em

baixa

Chope e comidinhas

No Fire Fox Gourmet as terças e quintas-feiras tem chope

Heineken e Amstel em dobro. Soma-se a esse atrativo a vista

panorâmica de Curitiba e as deliciosas porções que vão muito

bem com uma gelada. Para quem gosta de ousar, o restaurante

oferece pratos com carnes exóticas, como rã, pato, avestruz,

jacaré (sazonal) e coelho. O bufê com foco na comida mineira

continua funcionando durante o almoço.

Foto: Valterci Santos

DESCASO

Durante a produção da reportagem

principal desta edição da VOi, a

equipe de jornalismo constatou

que a praça Santos Andrade, onde

está localizado o prédio histórico

que abriga o curso de direito da

Universidade Federal do Paraná,

está precisando de mais atenção

por parte do poder público.

O matagal por fazer acaba

escondendo a beleza do espaço,

que parece estar abandonado e

ser hoje ponto de encontro de

usuários de entorpecentes. Este

descaso, além de prejudicar a

imagem de Curitiba, dificultou a

reportagem, pois limitou os clicks

que seriam feitos no local.

20


CONFORTO, LAZER & EVENTOS

CAMBOA PARANAGUÁ

CAMBOA ANTONINA

CAMBOA PARANAGUÁ

Reserva: (41) 3420-5200

Rua: João Estevão, s/nº

Centro Histórico - Paranaguá/PR

CAMBOA ANTONINA

Reserva: (41) 3432-3267

Rua: Valle Porto, 208

Centro Histórico - Antonina/PR

www.hotelcamboa.com.br


• NOTAS

Evento

perfeito

A decoração faz toda a diferença

para o resultado de um evento, seja

ele corporativo ou social. Sabendo

disso, a Armazen, especializada

na ambientação de espaços,

prima desde 2006, ano em que

foi fundada, pela decoração

exclusiva de cada ocasião e conta

com um vasto acervo de móveis,

equipamentos e acessórios.

“Oferecemos dois serviços ao

mercado. A gestão de eventos,

no qual desenvolvemos o projeto

completo para o cliente. Executamos o

detalhamento após aprovação e gerenciamos

as equipes e processos envolvidos na

realização do evento. E também temos

a opção de locação de mobiliário.

Disponibilizamos mais de quatro mil

itens entre equipamentos e mobiliário de

vários estilos”, descreve Richard Schroder,

proprietário da empresa.

O que garante ainda mais o caráter exclusivo

da ambientação é a fabricação própria de

parte dos móveis. “Contamos com estrutura

de marcenaria, estofaria, serralheria e

pintura. Alguns móveis são importados e

outros adquiridos de fornecedores especializados”, frisa.

Outro destaque que faz da Armazen uma empresa especial é

a experiência. A carteira conta com mais de 500 clientes além

de dois mil eventos realizados com sucesso. “Para corporativos

temos qualidade, preço, quantidade e agilidade, e para os

sociais, exclusividade, qualidade, segurança e assessoria”,

pontua Richard.

PROFISSIONAL

Richard teve a ideia de fundar a Armazen quando notou a falta de empresas

especializadas em mobiliário, mercado que na época encontrava-se em franca

expansão. Em 2006, decidiu se desligar do espaço para eventos no qual era

sócio e criar o próprio negócio. “Nossa primeira instalação tinha apenas 50

m² (metros quadrados) e acomodava alguns estofados, mesas e cadeiras. Com

a necessidade logística aumentando, mudamos para Campo Magro (PR), onde

estamos hoje, e nossa sede conta com mais de 1 mil m², o que nos possibilita

atender várias regiões, como São Paulo, Paraná e Santa Catarina.”

Foto: Armazen Foto: Armazen Foto: Armazen

22


• MODA

GAROTA

MULTIFUNCIONAL

ATRIZ, MODELO,

BAILARINA E FOTÓGRAFA.

SÃO VÁRIAS AS FACETAS

DA ARTISTA CAROLINA

KASTING QUE, ALÉM

DA VERSATILIDADE

PROFISSIONAL, ADORA

CUIDAR DA CASA E DA

FAMÍLIA

24


Calça e blusa - acervo pessoal

Sandália - CARMEN STEFFENS

Acessórios - DRÖMM

FEVEREIRO 25


• MODA

26


Vestido - RICCIERI

Acessórios - DRÖMM

FEVEREIRO 27


• MODA

28


FEVEREIRO 29


• MODA

xx

Vestido - RICCIERI

Acessórios - DRÖMM

30


FEVEREIRO 31


• MODA

Vestido - acervo pessoal

Sandália - CARMEN STEFFENS

Acessórios - DRÖMM

xx

32


Ficha técnica:

Fotografia: Rene Ernst

(www.facebook.com/ernstphotgraphy.com.br)

Assistente de fotografia: Ivoney Ravanelli

Beleza: Pocket Beauty

(www.pocketbeauty.com.br)

Cabelo: Sherlock Palmieri e Lua Oliver

Make: Jessica Dias

Produção: Priscilla Ghedin

Roupas: Riccieri

(www.riccieri.com.br)

Sapatos: Carmen Steffens

(www.carmensteffens.com.br)

Acessórios: Drömm Pátio Batel

(www.facebook.com/drommoficial)

Locação: Ses Salines

(www.sessalines.com.br)

FEVEREIRO 33


• ENTREVISTA

34


CAROLINA

KASTING

Por Larissa Angeli

Fotografia: Rene Ernst

A

inteligência e a paixão por atuar podem ser comprovadas em poucos minutos de conversa

com a talentosa Carolina Kasting. Extremamente dedicada ao ofício de atriz, que realiza com

grande desenvoltura, a catarinense, natural de Florianópolis, mudou-se ainda adolescente

para Curitiba para estudar balé. Mas quis o destino que os rumos tomassem outra direção e a dança

cedeu espaço à carreira de modelo, profissão que lhe abriu as portas para o mundo televisivo. Hoje,

uma artista completa, ela se dedica ao teatro e a projetos pessoais como a fanpage que posta foto de

seus pés, que começou como uma brincadeira, mas gerou bons frutos, entre eles a proximidade com

os fãs. Em entrevista exclusiva para a Revista VOi, durante seção de fotos em Curitiba, a atriz contou

sobre a carreira, falou da vida pessoal e revelou: quer ser mãe novamente. Confira!

H

er intelligence and passion for acting can be proven in just a few minutes of conversation

with the talented Carolina Kasting. Extremely dedicated to her craft of acting,

which she performs with great resourcefulness, the native of Florianópolis, in the

State of Santa Catarina, moved to Curitiba while still a teenager to study Ballet. But as fate

would have it, she took another direction and dancing gave way to modeling, a profession

that opened the doors for her becoming an actress. Today, a complete artist, she is devoted to

the theater and personal projects like her Fanpage, where she posts pictures of her feet, which

began as a joke, but has borne fruit, amongst which is a proximity to her fans. In an exclusive

interview with Revista VOi, during her photo session in Curitiba, the actress talked about her

career and her personal life, and revealed that she wanted to be a mother again. Check it out!

FEVEREIRO 35


• ENTREVISTA

Morou em várias cidades na adolescência, entre elas Curitiba.

Conte um pouco sobre as mudanças que fez.

Era bailarina em Florianópolis, minha cidade natal. Fui uma

bailarina bem precoce, com 11 anos já dançava no Balé

Desterro, que é um grupo de dança contemporânea. Meu

sonho era ser bailarina clássica, por isso mudei para Curitiba,

para fazer a escola do Guaíra. Morei um ano sozinha

quando tinha 14 anos. Amo Curitiba. Mudei para São Paulo

porque fiz um concurso de beleza. Fiquei sete anos lá e

foi onde comecei a escola de teatro e despertei o interesse

em atuar. Em 1996, estreei na televisão em Anjo de Mim e

em 1999 fui morar no Rio de Janeiro, onde estou até hoje.

Quais são as lembranças que tem de Curitiba? O que mais

gostava na cidade?

Acho que Curitiba tem um ar europeu. A organização é

incrível. Tudo funciona, as pessoas são corretas. Amo o

centro, a Rua XV, acho tudo muito lindo. Lembro muito

bem das confeitarias (risos). É uma cidade que se pudesse,

com certeza, moraria.

Por que desistiu da carreira de modelo?

Era muito nova naquela época. Estava em São Paulo, com

15 anos, não sabia o que queria. O bale clássico não deu

certo, porque era uma carreira muito sofrida. Não ia ser

solista, se ralasse muito seria corpo de baile. Então fiz

concurso de modelo, mas entrei mais nessa por não saber

para onde ir. Comecei a modelar. Sempre gostei muito de

fotografar e lá na frente juntei as pontinhas e acabei fotografando

como atriz, o que me deu uma bagagem, mas sentia

que faltava algo. Adorava o mundo da moda, das fotos,

mas nunca seria modelo de passarela porque não tenho

altura. Foi quando comecei fazer a escola de teatro Célia

Helena. Era o paraíso. Juntou a expressividade que sempre

tive tanto na dança quanto modelando com um conteúdo,

uma história, um estudo.

Quem te inspira na hora de atuar?

Ultimamente tenho me dedicado ao teatro e por isso estou

com uma referência muito forte de todo o trabalho do Peter

Brooke. Estudei os livros do Yoshi Oida, que trabalhou

com Peter Brooke. A atriz de cinema que adoro é a Cate

Blanchett, que inclusive veio do teatro. Dou muita importância

ao teatro, acho que é a casa do ator. É onde ele se

faz e se aprofunda.

Já atuou em muitas novelas, tem algum personagem que

tenha um carinho especial?

Terra Nostra foi uma grande novela, porque me alçou ao

público, além disso, foi um personagem importante, difícil

e bonito de fazer. Era uma antagonista. Para sempre vou

falar deste papel. Mas tive outros trabalhos incríveis com

personagens especiais. Meu último trabalho em Amor a

You lived in various cities as an adolescent, including

Curitiba. Tell us a bit about the changes in you as a result.

I was a ballet dancer in Florianopolis, my hometown. I

became a ballet dancer at a very early age. At 11, I danced

with the Balé Desterro, which is a group of contemporary

dance. My dream was to be a classical dancer, so I moved

to Curitiba, to study at the Guaíra School. For a year, when

I was 14, I lived on my own. I loved Curitiba. I later moved

to São Paulo because I had entered a beauty contest. I spent

seven years there, and it was there that I began taking lessons

at an acting school, which awakened my interest in acting.

In 1996, I started on television in Anjo de Mim (The Angel

in Me) and in 1999, I went to live in Rio de Janeiro, where

I am to this day.

What are your memories of Curitiba? What did you like the

most about the city?

I think Curitiba has a European air. The organization is incredible.

Everything works, people are correct. I love the City

Center, Rua XV, I think it is all very beautiful. I remember

the bake shops very well (smiling). It is a city where I could

certainly live.

Why did you give up a modeling career?

I was very young at that time. I was living in São Paulo,

at 15, and I didn’t know what I wanted to do. The classic

ballet hadn’t worked out, because it was a really ‘suffered’

career. And I wasn’t going to be a soloist, and if I worked

a lot, I could become part of the Corps de Ballet. So I entered

a beauty contest, but I took part more by not knowing

where I wanted to go. I started modeling. I’ve always been

very fond of being photographed, and being in front of the

camera, I put together everything I had learnt and ended up

photographing as an actress, which gave me some baggage,

but I stilled lacked something. I loved the fashion world of

photo shoots, but I would never be a runway model because

I wasn’t tall enough. That’s when I started going to the

Célia Helena Acting School. It was heaven. I put together

the expressiveness that I always had, both in dance and in

modeling, with content, history, study.

Who inspires you when you are acting?

Lately, I have devoted myself to the theater and I have a very

strong reference in all of Peter Brooke’s work. I studied the

books of Yoshi Oida, who worked with Peter Brooke. I love

film actress Cate Blanchett, who came from the theater. I give

a lot of importance to the theater; I think it’s the house of the

actor. It is where he does something and furthers himself.

You have already starred in many soap opera. Do you have

a character for whom you have a special affection?

Terra Nostra was a great soap opera, because it introduced

me to the public; moreover, I interpreted a very important

36


Atendimento com horário agendado.

Rua Benjamin Zilli, 175, Ahú | Fone: (041)3402-3927

www.cymbeline.com | contato@cymbelinecuritiba.com.br

Cymbelinecwb

cymbeline_curitiba


• ENTREVISTA

Vida foi muito importante porque fiz pela primeira vez uma

personagem pobre, uma mulher popular, que era bonita e

ao mesmo tempo uma quebra de paradigma.

Em Amor à Vida contracenou com José Wilker no último

papel da carreira dele. Como recebeu a notícia de que ele

havia falecido?

Foi um susto o que aconteceu. Ele foi encantador comigo.

Foi especial para mim não só pelo fato da minha personagem

na novela ter crescido, mas também pela oportunidade

de contracenar com ele. Fizemos amizade rápido. A gente

conversava sobre tudo. Ele é uma pessoa muito culta, sabe

de cinema, teatro. É incrível. E aí quando ele faleceu levei

um susto, parecia que tinha perdido um pai.

Já interpretou mocinhas e vilãs. Qual é mais divertida?

Às vezes a mocinha fica em função de uma história que

já está pré-determinada para ela, enquanto a vilã pode

pintar e bordar, fazer mais coisas. Se a novela não vai bem

a mocinha é a primeira a se prejudicar com isso. Quando

é uma novela boa e bem escrita, gosto da ideia de fazer

uma mocinha. A Mariquinha de Cabocla era fofa, super

romântica. Gosto de bons personagens.

Prefere atuar em televisão, cinema ou teatro?

Gosto muito de teatro. Para mim é mais difícil, como fiz

mais novelas não tenho tanto trânsito por lá, mas agora

estou correndo atrás, um dia não vou mais falar isso. Mas

é uma arte mais difícil para o ator que está em cena ao

vivo. Amo televisão, gosto da agilidade. Amo o cinema,

só fiz um longa, mas quero fazer mais. O cinema tem uma

natureza diferente, porque você se exila da realidade e de

repente acaba.

Atualmente fez uma peça na qual foi dirigida pelo seu

marido. É mais complicado?

Nunca fizemos muito a separação de não trabalhar juntos

porque gostamos das mesmas coisas e temos as mesmas

referências. Ele foi muito importante para minha carreira

porque sempre me apoiou muito. Ele é ator também e

agora está começando a dirigir. Isso trouxe uma afinidade,

um diálogo entre nós muito importante. Acho que era um

movimento natural começarmos a trabalhar juntos. Contracenamos

em peças juntos e na última ele só me dirigiu.

Foi ótimo, sempre quis que ele me dirigisse.

character, hard but wonderful to play. I was an antagonist. I

will always talk about this role. But there were other amazing

roles where I interpreted special characters. My last role, in

Amor a Vida (Love Life), was very important for me because

for the first time I interpreted a poor character, a popular

woman, who was beautiful and at the same time a breach

of the paradigm.

In Amor a Vida, you co-starred with José Wilker in the

latter part of his career. How did you receive the news of

his death?

I was shocked when I heard. He had been charming to me.

He was special to me, not only because of my character in

became more important, but also for the opportunity to work

with him. We became friends very quickly. We talked about

everything. He was a very educated person, understanding

cinema and theatre. He was amazing. And then when he

passed away, I was very shocked, it was like losing a father.

You have played the good guy and the bad guy. Which is

more fun?

Sometimes, in function of the story, the character of the good

guy is already predetermined, while for that of the villain you

can paint and embroider, and do more things. If the soap

opera is not doing well, the good guy is the first to suffer.

When the soap opera is good and well written, I like the

idea of playing the good guy. Mariquinha de Cabocla was

cute, and super romantic. I liked the role of the good guy.

Do you prefer to act on TV, cinema or theatre?

I love theater. For me, it is more difficult, and since I mostly

do soap operas, I haven’t had much time to do theater. But

now, I am going back looking for roles, and one day I’m

going to stop just talking about it. But it is the most difficult

art for the actor, who is live on stage. I love television, I like

the agility. I love cinema, I have only made one feature film,

but I want to do more. Film has a different nature, because

you retreat from reality and it suddenly ends.

Recently, you did a play directed by your husband. Was

that very complicated?

We have never separated out our working together because

we like the same things and have the same references. He

was very important for my career, because he has always

supported me a lot. He is also an actor and is now starting to

Às vezes a mocinha fica em função de uma história que

já está pré-determinada para ela, enquanto a vilã pode

pintar e bordar, fazer mais coisas

38


• ENTREVISTA

Sente-se realizada profissionalmente?

Sinto-me sim, mas ainda quero fazer muito mais. Vejo a arte

de forma muito abrangente. Não me vejo só como atriz.

Posso atuar, fotografar. Adoro cinema e queria fazer um

documentário. Tenho a ideia de um piloto de um programa.

Me vejo como uma artista que faz coisas, não só atua. Sou

super feliz de chegar aonde cheguei estudando muito e

tendo preservado a qualidade de meu trabalho.

Como é conciliar vida pessoal com a correria das gravações?

É muito difícil para a mulher contemporânea. Não calhou

de ter outro filho ainda. Quero muito ter mais um. Somos

uma família bem coesa, somos poucos, mas um núcleo

muito forte. Tem uma hashtag que sempre posto que é:

família feliz faz tudo junto.

Como define seu estilo de vida?

Sou uma mulher romântica contemporânea. Tenho a preocupação

da casa, marido e família.

Gosta de cuidar da casa?

Amo. Às vezes me pergunto o porquê inventei de ter uma

profissão. Tenho dificuldade de delegar as funções. Gosto

de ir ao mercado, de lavar louça, limpar. Me criei assim.

Em São Paulo morei sozinha, fazia faxina, cozinhava.

Tem uma página, na qual posta fotos dos seus pés. De onde

surgiu essa ideia?

Gosto muito de autorretrato. Comecei a fotografar meus pés.

A ideia é de um pé cotidiano, como se fosse um diário. Se

viajar para o Japão, vou fotografar os meus pés na neve,

ou com flores de cerejeira. É uma página no facebook. Começou

como brincadeira e teve uma repercussão que não

esperava. Não sou podólatra. Só gosto de fotografar meus

pés porque gosto deles. Na verdade foi muito legal porque

abriu um diálogo com o público, me aproximei dos meus

fãs. Tem uns que ficam encantados.

Para finalizar, qual conselho daria para quem quer se

tornar atriz?

Estudar bastante. Primeiro na escola, enquanto é jovem, e

depois em uma escola de teatro. A cultura é o que faz um

ator. Tem que ler e conhecer as coisas do mundo para poder

mexer com a arte. Nosso instrumento é a humanidade.

direct. This has brought a togetherness, a dialogue between

us that is very important. I think it was natural that we began

to work together. In the last two plays, we played against

each other, but in the last, he just directed. It was great, he

has always wanted to direct me.

Do you feel you have accomplished everything you have

wanted, professionally? What remains to be done?

Yes, I think so, but I still want to do a lot more. I see the

art in a very comprehensive way. I don’t see myself as just

an actress. I can act, I can photograph. I love movies and I

really want to make a documentary. I have the idea for the

pilot of a program. I see myself as an artist who does things,

not just acting. I’m super happy to have got to where I am,

studying hard and having preserved the quality of my work.

How do you to reconcile your personal life with the running

around involved with tapings?

It is very difficult for the contemporary woman. Another baby

hasn’t come along, yet. I really want to have one more. We

are a small and cohesive family, with a very strong core. I

have a hashtag that I always post: the happy family does

everything together.

How do you define your lifestyle?

I’m a contemporary romantic woman. I am concerned with

my home, my husband and my family.

Do you like taking care of the home?

I love it. Sometimes, I ask myself why I ever invented having

a profession. I find it difficult to delegate functions. I like to go

to the market, wash dishes, clean. I grew up that way. In São

Paulo, I lived alone, and did the housekeeping and cooking.

You have a Facebook page on which you post pictures of

your feet. Where did this idea come from?

I like self-portraits, a lot. So, I started taking pictures of my

feet. The idea is of a daily walk, as if it were a diary. If I travel

to Japan, I’m going to shoot my feet in the snow, or with

cherry blossoms. It is a Facebook page, started as a joke and

had repercussions that I didn’t expect. I don’t have a foot

fetish. I just like to photograph my feet because I like them.

It was actually pretty cool because it opened a dialogue

between the public and myself, a way to approach my fans.

There are some who are delighted.

Dou muita importância ao

teatro, acho que é a casa do

ator. É onde ele se faz e se

aprofunda

40

Finally, what advice would you like to give to anyone who

wants to become an actress?

Study hard. First, in school, while you’re young, and then,

in an acting school. Culture is what makes an actor. You

have to read and find out about the way things work in the

world to be able to mess with the art. The instrument we

use is humanity.


• PRINCIPAL

No começo da Rua XV, o relógio, que se localizava antigamente mais próximo

à praça Osório, marca a hora oficial de Curitiba

42


Rua dos

curitibanos

Difícil não se apaixonar pela Rua das Flores, o charmoso calçadão que corta o centro

da capital reúne história, personagens inusitados, gastronomia local, comércio, atrações

culturais e mostra o que Curitiba tem de mais interessante

Fotos: Valterci Santos

C

uritiba está repleta de pontos turísticos como

o belo Jardim Botânico, a tradicional Pedreira

- palco de shows inesquecíveis, a moderna arquitetura

da Ópera de Arame e tantos outros. Mas talvez

não exista nada mais curitibano que a Rua XV, por onde

circulam milhares de pessoas todos os dias. Cada pedacinho

da primeira avenida pública do Brasil exclusiva aos

pedestres guarda muito da história curitibana e paranaense.

Quem caminha pela Rua das Flores, o trecho mais

arborizado, entende logo nos primeiros passos o que faz

de Curitiba ser a capital que é. Seja na gastronomia, nas

conversas sobre política na Boca Maldita, nos prédios

antigos, nas figuras inusitadas que volta e meia circulam

por lá, no cafezinho ou na disputa do comércio pelos

clientes. Andar naquele ponto do centro da cidade é um

programa que agrada turistas e locais. Aqui vai a dica, se

tem apenas uma hora para conhecer a cidade pode ter

certeza que esse é o passeio que deve fazer. E se o tempo

não é problema vale a pena curtir todas as atrações que

a avenida mais charmosa da capital tem para oferecer.

A praça Osório é um ótimo ponto de partida. Muito

arborizada, é lá que acontecem as feiras gastronômicas

e de artesanato. Ela fica próxima aos principais cafés.

Nos primeiros passos já encontramos o relógio da praça,

inaugurado em 1914, que mudou alguns metros de lugar

e agora está logo no início da Rua das Flores. Pouco mais

adiante está o edifício Garcez, foi o primeiro arranha-céu

de Curitiba, considerado o terceiro maior do Brasil, em

1926. Agora os oito andares não parecem tão imponentes

como no passado, mas a história que carrega consigo

permanece. Do outro lado da rua ficam os engraxates.

Muitos deles ocupam o mesmo espaço há décadas. Os

homens lendo jornais ou jogando conversa fora e ganhando

brilho nos sapatos trazem um pouco da época

em que o tempo parecia passar mais devagar.

Mais adiante o Palácio Avenida também retrata o início

da urbanização de Curitiba. Vale a pena admirá-lo

de dia e também à noite, principalmente no período de

Natal, quando vira palco do coral infantil em um espetáculo

emocionante. Quase em frente ao prédio fica es-

FEVEREIRO 43


• PRINCIPAL

O Bondinho da Leitura conta com um acervo literário de 2,5 mil obras que

podem ser apreciadas gratuitamente

tacionado o Bondinho da Leitura. O acervo literário de

2,5 mil obras pode ser apreciado gratuitamente. Outra

parada obrigatória na Rua das Flores são os restaurantes

com pratos muito conhecidos pelos curitibanos. Os

estabelecimentos ficam grudados uns aos outros e todos

servem também nas mesas posicionadas no calçadão.

Bom local para se refrescar com uma bebida gelada e

degustar um pão com pernil, ou uma alcatra (apelidada

sugestivamente de orelha de elefante). Tem ainda a carne

de onça, mas não se assuste é apenas um prato com

carne crua que cai muito bem com mostarda preta. Os

restaurantes não oferecem música ao vivo, mas com um

pouco de sorte ou azar, depende do artista que resolve

dar o show, alguém saca um violão e não faz cerimônia.

Para aqueles que não dispensam uma comprinha a

Rua XV está forrada de lojas e galerias. Entre as mais

famosas está a Galeria Ritz. Enquanto nesses espaços

fechados a sensação é de mais tranquilidade, apesar

do intenso movimento, os comércios de rua disputam

a clientela das mais diversas maneiras. O mais comum

A praça Osório é um dos pontos mais arborizados do centro da cidade e as

espécies chamam a atenção dos moradores e turistas pela altura avantajada

44


O Palácio Avenida, um dos mais importantes prédios históricos da cidade,

abriga todo final de ano a tradicional apresentação de Natal. Diversos

estabelecimentos já passaram pelo local que hoje é sede de um banco

é ouvir o locutor da loja discorrendo sobre as ofertas imperdíveis.

Para quem gosta de artesanato também está

no local certo, a variedade de peças ofericidas ao longo

do calçadão é enorme e os preços convidativos. E não

se espante se cruzar com alguma das figuras carimbadas

de Curitiba durante o paseio. O inconfundível Oilman,

o cara que anda de sunga, bicicleta e sempre está besuntado

de óleo para bronzear, a Dona Teresinha, definitivamente

a mais conhecida vendedora de bilhetes da

loteria esportiva da cidade com um gogó de ouro, ouve-

-se o bordão: Borboleta Treze! a quilômetros. Tem ainda

o Palhaço da Rua XV, que segue e imita as pessoas, o Plá,

aquele sujeito estilo Raul Seixas que sempre está com

o violão na mão, além dos homens prateados, estátuas

humanas, o homem com o saco e apito que imita o gato

fazendo parecer que está massacrando o pobre bicho, e

mais um bando de gente que só se vê por lá.

A caminhada pela Rua das Flores termina na Praça

Santos Andrade, onde está o prédio da Universidade

Federal do Paraná, a mais antiga do Brasil. Ao cruzar o

A Rua XV também é sinônimo de gastronomia. Os restaurantes e bares servem

pratos típicos da capital como a alcatra orelha de elefante e o pão com pernil.

Impossível encontrar as mesas totalmente desocupadas mesmo que em uma

segunda-feira à tarde

FEVEREIRO 45


• PRINCIPAL

A Catedral Basílica Menor de Nossa Senhora da Luz é a grande atração da

Praça Tiradentes, localizada a poucos metros da Rua XV

46


Casa de grandes espetáculos e do aclamado Festival de Teatro de Curitiba, o

Teatro Guaíra traz na fachada um painel de Potty Lazzarotto, considerada uma

das obras de maior expressão do artista

local ainda pode-se admirar o Teatro Guaíra, palco dos

principais espetáculos de Curitiba. Para quem tem mais

tempo a dica é visitar alguns locais próximos ao calçadão

que vão enriquecer ainda mais o passeio. Fazendo o caminho

inverso, uma quadra acima da Rua XV está a praça

Generoso Marques que abriga o Sesc Paço da Liberdade.

Ao fundo do prédio fica outra praça, José Borges de

Macedo. Logo adiante está a Catedral Basílica Menor de

Nossa Senhora da Luz de Curitiba, na Praça Tiradentes,

onde há pouco tempo aconteceu um fato interessante.

Durante o trabalho de revitalização, realizado em 2008,

uma equipe de arqueólogos encontrou vestígios da primeira

urbanização do espaço ocorrida na segunda metade

do século 19. O achado histórico está protegido por

vidros para que possa ser observado por quem passa por

lá. Há duas quadras fica a Biblioteca Púbica do Paraná,

que também vale uma visitinha. Depois desse tour pode

ter certeza que vai carregar para onde for uma parte da

história e do povo da cidade.

Na praça Generoso Marques está o Sesc Paço da Liberdade, prédio

que antes abrigava a prefeitura de Curitiba

Prédio histórico da Universidade Federal do Paraná, a mais antiga do

Brasil, na praça Santos Andrade: sede do departamento de ciências

jurídicas

FEVEREIRO 47


• INTERIORES

Disposição

correta

Fotos: Miguel Viegas

SETORIZAR COZINHA POR FUNÇÃO AJUDA A MANTER AMBIENTE ORGANIZADO

J

á ficou na dúvida sobre como ocupar uma

cozinha e ainda conseguir manter a circulação

do espaço? Pois a Blum, empresa especializada

em ferragens, sistemas de movimento e armazenamento

de móveis, após muitos estudos, descobriu que é

possível economizar, em 20 anos, 25% do que se

andaria no espaço caso a distribuição fosse aleatória.

A solução encontrada para o problema, batizado de

Dynamic Space, foi setorizar o cômodo por áreas de

trabalho e distribuí-las no sentido horário (da esquerda

para a direita), no caso de destros, e para canhotos

dispostos no sentido anti-horário. A Marel Móveis

Planejados é parceira da Blum e possui a tecnologia

em seus produtos. Veja algumas sugestões:

Armazenagem: Aqui são estocados os utensílios de cozinha, louças e copos. Pode ser ergonomicamente conveniente

colocar mercadorias utilizadas com frequência nas extensões dos armários inferiores e não nas dos superiores. São eles:

talheres, louças, xícaras, copos, potes para sobremesa, tupperware, peças pequenas e eletrodomésticos pouco usados. A

disposição perto do setor da pia é importante para encurtar os percursos ao arrumar as coisas da lava-louças e guardar

dentro dos armários

48


Área da pia: No centro do “Setor Molhado” encontram-se a lava-louças e a cuba da pia com o armário localizado logo

abaixo. Neste armário inferior estão perfeitamente acomodados os coletores de restos para a separação de recicláveis e

os produtos e utensílios de limpeza

Preparação: Neste setor são

acomodados os utensílios

necessários para a preparação

de alimentos. Também

são estocados os gêneros

alimentícios já abertos,

frequentemente utilizados na

hora da preparação. Ainda,

talheres de auxílio, utensílios

de ajuda, eletrodomésticos

diversos, tábuas de carne,

vinagre, óleo, molhos ou

condimentos, travessas e

máquinas de cozinha

Cozinhar/Assar: Este setor é certamente o coração de toda cozinha, contendo aparelhos como fogão, forno, micro-ondas

e coifa. Os itens necessários para cozinhar e assar, como panelas, frigideiras e talheres de auxílio são guardados aqui,

além de louças especiais para forno, assadeiras e livros de cozinha

FEVEREIRO 49


• TRANSFORMAÇÃO

Noite de

folia

Foto: Larissa Angeli

ANTES

Ficha técnica:

Fotografia: Fabio Ortolan

Modelo: Patrícia Yvosyssyn

Beauty: IC Hair Concept

Hair Stylist: Isabel Cristina Nogueira

Colorista: Denise Sousa

Make-up: Jessica Leandro

Vestido: Modifixe – Juliano Fonseca (facebook: modifixe)

Sapato: Beka Calçados (Rua Teffé)

Quer ser a próxima selecionada? Siga a VOi no

www.facebook.com.br/revistavoicuritiba e saiba mais.

50


COLORAÇÃO

A transformada desta edição Patrícia Yvosyssyn chegou

ao IC Hair Concept com a tonalidade loira. Após a avaliação

da equipe a cor escolhida para a mudança foi o ruivo. “Uma

das cores mais pedidas hoje no salão é o ruivo da Marina Ruy

Barbosa, que é a inspiração do momento. Esse tom de cabelo

vem forte para a próxima estação”, aposta Isabel Cristina

Nogueira, proprietária do espaço.

Como os fios da Patrícia já eram claros não houve

necessidade de fazer o processo de descoloração. “Utilizamos

uma cor única que trata e dá brilho. Como não usamos

descolorante ficou ainda mais brilhante e sedoso. As luzes

loiras serviram de base para chegar à cor final. Por ela ter

um tom de pele claro combinou perfeitamente. Mas o ruivo

fica ótimo para morenas também”, explica a colorista Denise

Sousa.

CORTE

O comprimento foi o corte long bob, na altura dos

ombros. “A franja também vem com tudo, está muito em

alta. O franjão é uma boa pedida e pode ser usado para

frente ou na diagonal”, ensina Isabel. “A franja enfeita,

rejuvenesce e dá um ar moderno”, acrescenta. Nas pontas

a profissional fez um leve repicado para deixar o cabelo

mais armado. Na finalização, escova com cachos e franja

lisa na lateral.

MAQUIAGEM

A maquiadora Jessica Leandro escolheu as cores do

make de acordo com a roupa: um vestido dourado de

paetês ideal para um baile de carnaval. “Usei o dourado

para destacar bem. Passei preto nos cantos superiores

e inferiores para dar uma levantada no olhar e fiz um

delineado gatinho”, descreve. Na linha d’água Jessica optou

por um truque simples para abrir o olhar: lápis branco. Nas

bochechas, blush bem marcado para afinar o rosto e na pele

uma boa base de alta cobertura. “Esse make é perfeito para

noite, seja um jantar ou uma festa. Como o olho está bem

marcado, na boca passei um tom nude com brilho”, conta.

Para fechar, muito iluminador no canto interno do olho,

abaixo das sobrancelhas e nas maçãs do rosto para realçar.

Estava com vontade de ficar ruiva há um tempo. Achei o resultado ótimo,

ficou muito fiel ao que eu queria. Agora vou manter meu cabelo nessa cor

Patrícia Yvosyssyn

FEVEREIRO

51


Foto: divulgação Foto: divulgação

Tendência da

ESTAÇÃO

Visite a loja virtual da Beka Calçados e

adicione atitude ao look com as estampas

animal print, moda que veio para ficar.

Uma ótima sugestão é a sandália da marca

Only, com fechamento por fivela dourada

e até cinco níveis de ajuste, salto agulha

dourado com 10 cm (centímetros) e meia

pata de 2 cm para total conforto

Onde encontrar: www.ruateffe.com.br

Referência: 525500

Valor: R$ 210.90

Verão

REFRESCANTE

A Klein American Pale Ale é uma cerveja

da escola americana que aterrissou em

Curitiba. A presença marcante do lúpulo

faz dela uma bebida única com aroma

cítrico e amargor agradável. O sabor

é levemente maltado com toque

frutado e final seco

Onde encontrar: adegas,

supermercados,

bares e restaurantes

Valor: sob consulta

Executiva

CHIQUE

A mulher contemporânea gosta de ser elegante

em todos os momentos, desde as festas até os

compromissos de trabalho. A pasta executiva

feminina em couro legítimo com detalhes em

estampa de crocodilo é perfeita para o dia a dia.

O destaque é o espaço interno para notebook e a

alça tiracolo, que agrega versatilidade e conforto

Onde encontrar: Corupelle

Valor: R$ 399

Foto: Valterci Santos

Foto: Valterci Santos

Madeira e

ALUMÍNIO

A madeira oferece um toque rústico especial para deixar as áreas externas mais

charmosas. O banco em madeira com pé em alumínio fundido deixa o jardim

ainda mais alegre

Onde encontrar: Fund’Arte

Valor: R$ 450

52


A ARTE EUCALIPTO

SABE O QUE É MELHOR

PARA A SUA OBRA.

PAINEL EM DORMENTES

ESTOQUE

Fornecemos eucalipto citriodora, madeira de qualidade

e resistência superior, e também eucalipto grands para todos

os tipos de aplicações. Converse conosco e descubra como

utilizar o eucalipto tratado no seu projeto.

LOJA & CENTRO DE DISTRIBUIÇÃO

RODOVIA BR 116, 1820 | ATUBA | CURITIBA-PR

SHOW ROOM E VENDAS

RUA PADRE AGOSTINHO, 1970 | CHAMPAGNAT

VEJA MAIS DE 300 FOTOS EM ARTEEUCALIPTO.COM.BR

41 3256 3234 CONTATO@ARTEEUCALIPTO.COM.BR


• COLUNA

Provopar

Provopar

estadual

atendeu

774,5 mil

paranaenses

em 2014

O Provopar Estadual atendeu

um total de 774.572 pessoas e 532

instituições de assistência social em

306 municípios durante o ano de 2014.

Só com a Coordenadoria Estadual

de Defesa Civil foram atendidas em

caráter emergencial 46.276 vítimas

de enchentes, deslizamentos e chuvas

de granizo em 117 municípios. A

maioria dos atendimentos ocorreu em

agosto, quando o Governo do Estado

decretou estado de emergência em

155 municípios e, mais uma vez,

o paranaense se mostrou solidário

entregando donativos nos postos de

arrecadação montados pelo Provopar.

Além disso, foram atendidas

milhares de pessoas em programas

e Campanhas realizadas ao longo

do ano. O programa Volta às Aulas

foi responsável pela arrecadação e

distribuição de 7.752 kits escolares,

Carlise Kwiatkowski

além de 1.541 livros fornecidos pelo

Grupo Positivo. Foram contempladas

Presidente do Provopar Estadual

as crianças matriculadas em escolas

públicas de nove municípios localizados em regiões de baixo IDH (Índice de Desenvolvimento

Humano).

Realizada logo em seguida, a Campanha Páscoa Solidária foi responsável pela distribuição de

alimentos, chocolates e doces para 53.150 crianças em 145 municípios. As crianças também foram

atendidas em outubro, por ocasião da Campanha do Dia das Crianças, com brinquedos e alimentos.

Foram atendidas 39.565 crianças em 27 cidades.

Ao todo, 205 municípios foram beneficiados com a Campanha Espalhe Calor, que entregou

151.328 cobertores, 960.072 peças de roupas e agasalhos, além de 6.423 colchões. Já durante o

Natal Encantado, as duas caravanas do Provopar percorreram 40 municípios, levando entretenimento,

alegria e diversão para milhares de famílias. No total, foram atendidas 76.996 crianças em 67

municípios.

Tudo isso só foi possível com o apoio e a generosidade da população paranaense, que mais

uma vez se mostrou solidária e acreditou no trabalho realizado com seriedade e responsabilidade

pelo Provopar Estadual.

Foto: divulgação

Foto: Emanoel Caldeira

FAÇA SUA DOAÇÃO

Para fazer frente às demandas

deste ano, o Provopar Estadual

está recebendo doações diversas,

especialmente de alimentos, roupas

e fraldas descartáveis, na sede

administrativa, que fica na Rua

Hermes Fontes, 315, Batel, ou no

depósito na Rua Sergipe 1.712,

Vila Guaíra. Mais informações pelo

telefone (41) 3234-1118.

Nossa missão é promover a melhoria da

qualidade de vida de pessoas em vulnerabilidade

social. As ações garantem a

valorização da família e a inclusão social.

Em atendimentos com a Defesa Civil, atua

em situações de emergência, catástrofe e

calamidade.

Torne-se um parceiro e venha fazer parte

desta corrente solidária em favor do desenvolvimento

social em nosso Estado.

E-mail: parcerias@provoparestadual.org.br

(41) 9267-9239 (Luciane Diehl)

DOAÇÃO PELA CONTA DE LUZ

Além da doação voluntária, as

pessoas podem se tornar contribuintes

do Provopar Estadual por meio da conta

de luz e ajudar a mudar para melhor a

vida de milhares de famílias paranaenses

em vulnerabilidade social. Para fazer sua

doação, consulte informações pelo nosso

site www.provoparestadual.org.br.

Se preferir, a doação em valores pode

ser feita por meio de depósito bancário,

na conta: Provopar Estadual Ação Social

- Cnpj: 76.793.397/0001-88 - Banco do

Brasil - Ag. 3041-4 - C/C: 2512-7.

Foto: Emanoel Caldeira

54


• COLUNA

Brava Beach

O lançamento da campanha

Verão Premiado Brava Beach

lotou o auditório do Centro de

Eventos da Fiep na capital paranaense.

O evento organizado

pela construtora reuniu mais

de 370 corretores de imóveis,

ansiosos para a nova promoção

de vendas. Além disso, os participantes

assistiram a palestra

de Guilherme Machado, um dos

mais conceituados profissionais

do setor imobiliário no Brasil.

Valterci Santos é repórter fotográfico.

Contato: valterci@hotmail.com

56


• COLUNA

LUXO E GASTRONOMIA NO RÉVEILLON DO COSTÃO DO SANTINHO

Eventos

Fotos: Cassiano Ferraz

by

Mônica

Gulin

Começo a coluna deste ano com

a energia, descontração, beleza

e sofisticação que buscarei

dividir com você em 2015! A

grandiosa festa de Réveillon

do Resort Costão do Santinho,

em frente à praia, foi das mais

comentadas em Santa Catarina

e contou ainda com a presença

do ex-prefeito de Florianópolis

e família. Fernanda Bertelli

reuniu clientes vips para um

desfile de joias e doações para

o Natal de crianças carentes.

O sofisticado restaurante Pobre

Juan, no Shopping Pátio Batel,

comemorou um ano em Curitiba

e recebeu convidados de

prestígio para apreciar um menu

com melhores cortes de carne,

sucesso total!

O palco com música ao vivo foi montado entre a praia e a

piscina, com direito a fogos de artifício

A colunista da VOi, Mônica Gulin, de vermelho, espera a

virada para o ano de 2015 com a família e amigos

Os proprietários do Resort Costão

do Santinho, Yolanda e Fernando

Marcondes de Mattos, comemoram

o sucesso da festa de Réveillon

Fernanda Marcondes de Mattos

com os filhos Eduardo, Arthur e

André

O requintado bufê de Réveillon do Resort, além do

camarão e lagosta, serviu bacalhau e filé mignon

Mônica Gulin é jornalista e

apresentadora de TV

Contato: contato@monicagulin.com.br

O ex-prefeito de Florianópolis, Dário Berguer, comemora a chegada do novo ano ao lado da família

no Costão do Santinho

58


DESFILE DE JOIAS PROMOVE O BEM

Fotos: Ricardo Baggio

Vips da sociedade paranaense desfilam por uma boa causa

Nadiezda Cavalli

A DJ Ale Rauen deu ritmo ao desfile

Mônica Gulin relembra os tempos

de modelo

A proprietária da marca de joias

Fernanda Bertelli com Cristiane Keinert

RESTAURANTE POBRE JUAN COMEMORA UM ANO EM CURITIBA

Fotos: Diego Pisante

José Maria Müller, Izaura Müller, Marila Riella e Miguel Riella

O sócio-proprietário do Pobre Juan, Luiz Marsaioli, e a

chef executiva Priscila Deus

As jornalistas Mônica Gulin e Stella Winnikes cercadas pelos maridos

Darci e Oscar

FEVEREIRO 59


GB Barigui (41) 3339.9600

GB Mercês (41) 3015.2333

GB Tarumã (41) 3366.3141

Não engula obstáculos.

Venha para a Academia Gustavo Borges.

www.academiagb.com.br


Carne

premium

N

Fotos: Valterci Santos

ão é apenas o churrasco de final de semana que

merece uma carne de boa qualidade. No dia a dia

também é possível adicionar nas refeições toda a

maciez da raça angus. A casa de carnes nobres Bull Prime

conta com toda a linha prática para deixar os almoços com

um sabor a mais. “Normalmente os clientes buscam uma

carne diferenciada apenas para os churrascos, mas também

oferecemos carnes nobres para o dia a dia. E isso não implica

em um valor acima da média”, explica o proprietário da casa,

Marcos Canan.

Uma das características da carne angus é o marmoreio,

que nada mais é do que a quantidade de gordura entremeada

nas fibras da carne. O grau de marmorização influencia na

suculência e na lubrificação das fibras tornando a peça mais

macia e saborosa. “A gordura entremeada derrete e espalha

por dentro da carne. O sabor é bem diferente das raças mais

populares do Brasil”, garante Marcos.

Nas geladeiras da Bull Prime é possível encontrar nos

espaços denominados “linha prática” os mais variados cortes

bovinos: carne moída, coxão mole, bife à rolê, medalhão

de mignon, bife de alcatra e posta branca. Isso sem contar a

variedade de suínos, ovinos e o tradicional peito de frango.

As carnes bovinas vêm ainda com selo angus que certificam

a procedência e qualidade do produto. “Temos o controle

desde a criação e o abate até a chegada aqui na loja”, frisa.

100

95

75

25

5

0

Mais informações:

Av. Silva Jardim, 3813 – Água Verde

Telefone: (41) 3156-4446

www.bullprime.com.br

Facebook:bullprimecarnesnobres

Instagram: bullprimecarnes

FEVEREIRO 61


• CADERNO GASTRONÔMICO

Fotos: divulgação

Culinária

Fotos: Valterci Santos

japonesa

O

Mercado Municipal de Curitiba é hoje um dos

principais polos gastronômicos da cidade. Seja

para aqueles que buscam excelência nos ingredientes

ou para quem quer apreciar uma boa refeição.

Foi lá que Osvaldo Fujii escolheu, há 11 anos, abrir o

restaurante Fujii, dedicado a culinária tradicional japonesa.

“Estamos em um local que promove a gastronomia

em Curitiba. Além disso, o Mercado sempre teve forte

influência na nossa cultura por meio das mercearias que

atraem o público. A presença de um restaurante japonês

reforça esse caráter”, destaca Osvaldo.

Os pratos são servidos no sistema à la carte que

possibilitam maior cuidado tanto na criação como na

apresentação. “Em tempos da forte disseminação do fast

food de comida japonesa, optamos por não abrir mão da

qualidade. A ideia é atender bem o público que valoriza

o bom preparo e não somente a rapidez”, frisa Osvaldo.

Entre os pratos quentes que os clientes são convidados

a saborear estão o típico yakissoba - elaborado com

macarrão cozido e frito, legumes, caldo artesanal, carne

e frango – e o teppan yaki – grelhado na chapa guarnecido

de legumes e arroz. Mas as estrelas da casa são os

combinados de sushi e sashimi feitos com peixes do dia

e manipulados com todo o cuidado que a matéria-prima

demanda.

“Utilizamos produtos sempre frescos e o preparo é

imediato. Nos mantemos fiéis aos preceitos da culinária

japonesa tradicional. Essa filosofia se reflete no nosso dia

a dia de trabalho, com a preparação artesanal dos nossos

caldos, escolha dos peixes, ingredientes e inclusive

na nossa forma de atendimento à la carte”, considera o

proprietário.

Mais informações:

Avenida Sete de Setembro, 1865

Mercado Municipal

Centro – Curitiba (PR)

(41) 3262-8274

62


Bebida artesanal

Fotos: divulgação

A

s cervejas especiais estão cada

dia mais em pauta, prova disso

são os pubs e casas especializadas

nesse tipo de bebida que têm aparecido

no cenário curitibano nos últimos

anos. São inúmeros estilos inspirados em

diferentes países, mas cada uma com um

sabor único. Uma das fabricantes que

tem ganhado grande destaque na capital

é a Klein, de Campo Largo (PR). Fundada

por dois verdadeiros apreciadores de

cerveja, Suelen e Henrique Presser, a

cervejaria começou em 2009 com apenas

três tipos, número que atualmente

saltou para 10 variedades.

“Sempre analisamos as tendências

de mercado seguindo as escolas cervejeiras

e visamos a qualidade do processo

artesanal de produção. No portfólio da

Klein tem estilo para todos os gostos.

Desde uma cerveja leve como a Pilsen

até uma mais encorpada como a Rock

IPA”, conta a beer sommelière, Suelen

Presser.

Uma sugestão dela para o verão é o

estilo Curitiba Lager. “Como o nome diz,

é uma cerveja que homenageia uma das

mais belas cidades do país que hoje é

referência cervejeira. Ela é uma Premium

American Lager, com graduação alcoólica

5,0. Tem um diferencial aromático

de lúpulos que remetem a notas cítricas.

Leve e refrescante”, descreve.

A profissional explica que esse estilo

de cerveja harmoniza perfeitamente com

carnes brancas, saladas, peixes e frutos

do mar. Deu vontade de provar? As cervejas

Klein estão disponíveis em adegas,

mercados, lojas e bares especializados

e, é claro, direto da fábrica.

Mais informações:

Rua Augusto Dering Sobrinho, 450

Campo Largo (PR)

Telefone: (41) 3292-6909

cervejariaklein.com.br

FEVEREIRO 63


• CADERNO GASTRONÔMICO

GASTRONOMIA

rural

Q

ue tal desfrutar de uma boa comida caseira em

meio à mata nativa, com direito a tirolesa e boas

doses de ar puro? Isso é possível no restaurante

Pedra Chata, localizado em Campo Magro (PR), há

poucos quilômetros de Curitiba. O nome pode parecer

intrigante, mas carrega consigo muita história, como explica

Bernardo Maeski, proprietário do local: “há muitos

anos foi encontrada próximo ao restaurante uma pedra

de 3 m (metros) por 2 m que tinha um dos lados chatos.

Durante anos ela foi o ponto de encontro das pessoas

que passavam em direção à colônia. Até que a pedra foi

retirada e substituída por calçadas. Como o restaurante é

bem próximo ao ponto, escolhemos este nome”.

Inaugurado em 2007, o Pedra Chata passou por

constantes reformas visando sempre atender um número

maior de clientes. O salão, que no começo abrigava 150

pessoas, agora acomoda 550.

O segredo do sucesso? Receitas preparadas com muito

carinho por Bernardo, que faz questão de seguir à frente

dos fogões inovando nos quitutes. Hoje o local funciona

como restaurante e salão de eventos.

No bufê de sábado é servida a feijoada em três versões:

light, vegetariana e gorda. No domingo os clientes são

convidados a saborear pierog – prato tradicional da culinária

polonesa - arroz branco, risoto, feijão tropeiro, carne

ao molho, alcatra grelhada, coxa com sobrecoxa assada,

carneiro grelhado, linguiça, pernil frito, batata pirulito

na manteiga, batata frita, aipim frito, banana frita, farofa,

maionese e saladas. O Pedra Chata conta ainda com toda

estrutura para eventos que podem ser realizados na casa

ou no lugar escolhido pelo cliente. São cinco variedades

de cardápios, aberto a sugestões e mudanças. Para os

eventos no local são fornecidos serviço de decoração e DJ.

Foto: Valterci Santos

Mais informações:

Rua João Jacob Manfron Neto, 1087

Campo Magro (PR)

Telefone: (41) 3677-1139

Horário de atendimento:

Sexta-feira: 19h30 às 23h

Sábado: 11h30 às 16h

Domingo: 11h30 às 16h

64


• CADERNO GASTRONÔMICO

Fotos: Portato Premium

Harmonização

ideal

Q

ue tal deixar a refeição ainda

mais gostosa? O Portato Premium

conta com uma linha completa de

cervejas artesanais para harmonizar com as

massas e grelhados da casa. Entre os destaques

das bebidas da cervejaria Providência,

de Cascavel (PR), estão os estilos derivados

da escola inglesa: ESB (Extra Special Bitter),

Pale Ale e a India Pale Ale.

A ESB, como o próprio nome diz – do

inglês bitter significa amargo -, tem um amargor

que pode ser facilmente notado, mas que

ao mesmo tempo não prejudica a apreciação do

malte. De cor cobre profunda essa Ale clássica tem

teor alcoólico de 5,8% e harmoniza com grelhados,

carpaccios e assados. Já a India Pale Ale é uma

cerveja complexa que devido à grande variedade

de maltes tem o teor alcoólico mais

elevado: 6,8%. A diversidade de lúpulos

traz à bebida aromas florais, frutados

e amargor ideal. Por fim, a Pale

Ale tem cor acobreada e brilhante

com aroma levemente frutado e

sabor com notas de malte, lúpulo e

caramelo, perfeita para acompanhar

um suculento filé mignon.

Para quem prefere o chope, o Portato

Premium oferece três opções também

da cervejaria Providência: Pilsen – levemente

amargo com sabor puro malte; Dunkel – escuro

intenso com notas de café e toffee; e Weizen – de cor

turva e aromas de cravo e banana.

Mais informações:

Portato Premium

Shopping Pátio Batel

Av. do Batel, 1868

Telefone: (41) 8434-1800

www.portatopremium.com.br

Facebook: /portatopremium

66


CONCEITO DE BELEZA

Make-up: Jessica Leandro

Roupa: Yannih

Foto: Ale Maya

Hair | Make-up | Divina Tinta Nail Bar

Bistrô | Aldora Spa e Estética Personalizada

Yannih Roupas e Acessórios

Av. Visconde de Guarapuava, 4788 - Batel - (em frente à Igreja Santa Terezinha)

Fone: 41 3244 0021 - isabelhairconcept@gmail.com

ByIsabelCristina ic_hairconcept


• BEM-ESTAR

Odontologia estética de forma

previsível: fechamento de

diastemas dentários

Fotos: divulgação

O

conceito de estética pode ser considerado subjetivo

e está diretamente relacionado com os anseios

de cada indivíduo. Atualmente, a estética em

odontologia tem sido um dos maiores desafios, tanto para o

paciente, quanto para o profissional, pois existem diferentes

casos que requerem uma atenção especial de ambos.

Uma situação corriqueira são os diastemas dentários, que

consistem no espaço ou na ausência de contato entre dois

ou mais dentes adjacentes no mesmo arco dentário. Esses

espaços podem apresentar diferentes causas e interferir na

harmonia do sorriso. Assim, os pacientes que apresentam

diastema na região anterior, frequentemente, o vê como um

problema estético.

Existem algumas opções de tratamento para estes casos: o

ortodôntico, as restaurações diretas com resinas compostas e

as restaurações indiretas com facetas e/ou lentes de contato.

A escolha do tratamento vai depender da associação entre

os anseios do paciente e a indicação do profissional.

No entanto, muitas vezes, contrariado pelo receio de

não gostar do novo visual ou não antever o resultado final, o

paciente adia o tratamento ou fica inseguro durante o mesmo.

Nesse sentido, alguns recursos podem ser utilizados para

demonstrar para o paciente algo próximo do resultado final.

Inicialmente, fotos de casos anteriores realizados pelo

próprio dentista ajudam o paciente a adquirir confiança naquele

profissional. Em seguida, um enceramento feito sobre

o modelo de estudo do paciente proporciona uma imagem

sugestiva do aspecto final, permitindo ao paciente opinar

sobre o tamanho e formato dos dentes. Finalmente, uma

simulação ou mock-up diretamente na boca sem aplicação

do sistema adesivo permite uma visão mais real do resultado.

Após diagnosticado a melhor forma de tratamento, o

processo pode ser feito de forma rápida, segura e previsível

restaurando a anatomia funcional e principalmente a estética

do sorriso.

A missão da Vivant Blanc é realizar um atendimento humanizado,

focado na saúde de acordo com as expectativas dos pacientes.

Aliando a tecnologia, inovação e principalmente acessibilidade

de tratamento ao perfil do público alvo.

Mais informações:

VIVANT BLANC

Rua Vicente Machado, 1962

Batel - Curitiba (PR)

41 3026-0808 / 41 9268-0808

www.vivantblanc.com.br

contato@vivantblanc.com.br

FEVEREIRO 69


• BEM-ESTAR

Foto: Gustavo Borges

Emagreça com saúde

REALIZADA DE FORMA INTENSA, A NATAÇÃO PODE SER UMA ÓTIMA ALIADA NA

QUEIMA DE CALORIAS

A

lgumas pessoas definitivamente não se dão bem

em academias, consideram os exercícios monótonos

e chatos, mas nem por isso querem deixar de

se exercitar. Para esse perfil a natação pode ser uma ótima

alternativa: uma maneira divertida e dinâmica de praticar

exercícios e perder peso com saúde. Além de auxiliar no

emagrecimento e na tonificação dos músculos dos braços,

pernas e barriga, a natação também oferece o benefício

de não causar impacto nas articulações, portanto não há

grande risco de lesões.

A vantagem de emagrecer por meio desse esporte

aquático, como explica a professora da Academia Gustavo

Borges Barigui, Debora Della Coletta, é queimar as calorias

de uma maneira saudável e em pouco tempo. “A natação

como uma atividade aeróbica funciona no auxílio da perda

de peso. Mas devemos ficar atentos, pois entrar na piscina

só para relaxar ou nadar, sem um treino adequado e um

objetivo proposto não adianta”, alerta. A natação sem nenhum

grande esforço faz com que os músculos entrem em

rotina saudável, porém sem auxiliar na diminuição de peso,

ou seja, o esporte ajuda a emagrecer quando se inicia uma

rotina de exercícios na água com intensidade.

Debora frisa que, como qualquer outra atividade física

para redução de peso, a frequência dos exercícios é fundamental.

“No caso da natação, o ideal é que o praticante faça

aulas de três a quatro vezes na semana, sem faltas constantes”,

calcula. Além disso, ela destaca que as atividades na

água que mais auxiliam na perda de gordura são aquelas que

aceleram a frequência cardíaca, e garante que um professor

bem capacitado pode passar perfeitamente um treino com

esse objetivo. “A água é para todos. Cada um com seu objetivo.

O importante é estar apto a praticar atividade física

e com liberação de seu médico em mãos, depois é só curtir

as aulas e consequentemente perder peso”, afirma.

Simone Beatrice Cherobim Rugilo, professora de português

e aluna da Academia Gustavo Borges Tarumã, conta

que em 2013 decidiu que queria jogar rugby, porém, com

166 kg (quilos) era quase impossível. Assim, consultou uma

nutricionista e decidiu que estava na hora de perder peso.

“Acertamos minha dieta e comecei levar a sério a natação.

Desde que comecei a dieta e os exercícios já emagreci 28

kg, sem contar a troca de massa gorda por massa magra”,

relata. No segundo semestre de 2014, Simone participou

do Desafio Canal da Mancha e conseguiu nadar os 33 km

(quilômetros). “Ter completado essa prova foi mais do que

ter feito 33.200 m (metros), foi uma vitória contra a preguiça,

a dor e a moleza. Fui até o fim!”, valoriza Simone que completa:

“sem o apoio da nutricionista não teria conseguido

chegar ao objetivo. Ela mudou minha alimentação e me

ajudou a fazer novas escolhas no dia a dia.”

MOTIVAÇÃO

Uma boa dica é nadar com um amigo ou colega que

também tem a meta de perder peso, e assim organizar os

horários para treinarem juntos. Praticar uma atividade física

com um parceiro gera mais motivação, principalmente

quando os dois têm um objetivo em comum. Competições

também são um bom estímulo à prática de exercícios.

PROGRAMA DE ALIMENTAÇÃO

Para auxiliar a conquista do corpo sarado e saudável,

um acompanhamento nutricional também é de extrema

importância. Ter uma alimentação balanceada e com os

nutrientes corretos é essencial. A professora Debora Coletta

explica que a natação é um exercício de alta intensidade

aeróbia e que trabalha muitos músculos ao mesmo tempo,

queimando muitas calorias por aula e, como consequência,

aumentando o apetite. Por esse motivo é ainda mais

importante seguir hábitos alimentares indicados por um

profissional da área para alcançar o objetivo desejado. “Não

adianta fazer aulas de natação para emagrecer e não mudar

a rotina alimentar”, realça.

Serviço: Academia Gustavo Borges | www.academiagb.com.br

70


Quer vender ou

trocar seu carro?

Deixe nas mãos de quem

tem mais de 25 anos de

experiência no mercado!

TROCA | VENDA | CONSIGNAÇÃO

BELLOSCAR.COM.BR

RUA GEN. MÁRIO TOURINHO, 978 OU 2101 | 41.3342 6004

BellosCarVeiculos


• TEST DRIVE

Um sessentão

de respeito

CORVETTE É POTÊNCIA PURA COM MUITO

CONTROLE: CARRO UNE ADRENALINA,

CONFORTO E SOFISTICAÇÃO

Por Thiago Pereira

Fotos: Valterci Santos

72


A respectful

sixty

THE CORVETTE IS PURE POWER WITH A LOT

OF CONTROL: THE CAR UNITES ADRENALINE,

COMFORT AND SOPHISTICATION

FEVEREIRO 73


• TEST DRIVE

U

highly respected and experienced aristocrat, that is far

from retiring. This is how we can classify the Chevrolet

Corvette, which after six decades, continues to be the

most charming and striking American sports car.

Launched on January 17, 1953, the vehicle emerged as

a bet by General Motors to retrieve hegemony of the U.S.

market, which, at the time, was held by Ford. At its premiere,

at the Automobile Salon in New York, the car drew attention

for being low, small and good-looking, and attracted the attention

of speed lovers from all over the planet.

The model tested by the Revista VOi team was the Corvette

Grand Sport Coupé manufactured in 2012. It boasted an

impressive 6.2 liter V8 engine, with 438 horsepower, which

can make the car go from 0 to 100 in an impressive 3.9 secm

senhor experiente, muito respeitado e que está

longe de se aposentar. Assim podemos classificar

o Chevrolet Corvette, que continua sendo o mais

charmoso e marcante carro esportivo norte-americano após

seis décadas de existência.

Lançado em 17 de janeiro de 1953, o veículo surgiu

como uma aposta da General Motors para recuperar a hegemonia

do mercado americano, que vinha sendo liderado

pela Ford. Na estreia, em um salão de automóveis de Nova

Iorque, o carro, que chamava a atenção por ser baixo, pequeno

e com boa aparência, atraiu olhares de amantes da

velocidade de todo o planeta.

O modelo testado pela equipe da Revista VOi foi o Corvette

Grand Sport Coupé fabricado em 2012. Ele ostenta um

A

74


imponente motor 6.2, V8, com 438 cavalos, que pode fazer

o carro chegar de 0 a 100 em impressionantes 3,9 segundos

e com velocidade máxima de 305 km/h (quilômetros por

hora). Além de cativar os passageiros com um acabamento

impecável, feito nas cores vermelha e preta, que remetem

ao modelo original da década de 1950.

Com câmbio automático de seis velocidades, o automóvel

também oferece a opção manual, com a marcha

borboleta, que ajuda a uma experiência de condução mais

esportiva. Como adicional, a Chevrolet ainda resolveu incluir

um retroprojetor digital, que reflete a velocidade de curso

no vidro do condutor.

No passeio realizado até o Parque Municipal de São José

dos Pinhais, na região metropolitana de Curitiba, foi possível

notar que o assoalho, que fica a um palmo do chão, faz com

que a estabilidade se torne um dos pontos fortes do coupé.

Em relação ao conforto, não existem queixas do esportivo.

Desenvolvido para duas pessoas, com bancos em formato

de concha que se ajustam facilmente à coluna, o carro traz

uma sensação de bem-estar inconfundível.

A máquina que rodou apenas 4 mil quilômetros está à

venda na loja AutoGrif, em Curitiba, por R$ 320 mil e pode

ser financiamento com taxas especiais de juros.

FICHA TÉCNICA:

Modelo: Chevrolet Corvette Grand Sport Coupé

Ano: 2012

Motor: 6.2, V8, com injeção eletrônica multiponto

sequencial e acelerador eletrônico

Potência máxima: 438 CV a 5.900 rpm

Aceleração 0-100 Km/h: 3,9s

Velocidade máxima: 305 Km/h

DIMENSÕES:

Comprimento: 4,43 metros

Largura: 1,23 metros

Altura: 2,68 metros de entre eixos

Peso: 1.491 kg

Valor: R$ 320 mil

ONDE COMPRAR?

Loja AutoGrif

Endereço: Rua Vicente Machado, 1126 - Centro - Curitiba (PR)

Telefone: (41) 3095-9363

www.autogrif.com.br

onds, with a top speed of 305 km/h. In addition, to captivate

its passengers with an impeccable finish, the car comes in

red and black, which refer to the original model of the 50’s.

With a six-speed automatic transmission, the car also offers

a manual option, with a butterfly gear switch, which adds a

more sporty driving experience. As an additional attraction,

Chevrolet decided to include a heads-up display, which shows

the vehicle speed on the windshield.

On the drive through the Municipal Park of São José dos

Pinhais, in Metropolitan Curitiba, it was possible to notice

that the floor board, which is a palm off the ground, creates

a stability that is one of the strengths of the Coupé. In regards

to comfort, there are no complaints as to this sports car.

Designed for two people, with shell-shaped seats that adjust

easily to one´s back, the car gives one an unmistakable feeling

of well-being.

The machine has only 4 thousand kilometers on it and

is for sale at AutoGrif, in Curitiba, for R$ 320,000.00, with

attractive financing at special rates.

FEVEREIRO 75


• ESPORTE

76


CORPO E MENTE

EQUILIBRADOS

FILOSOFIA DE VIDA, A IOGA PREGA O

AUTOCONTROLE. A PRÁTICA ESTÁ DISPONÍVEL

GRATUITAMENTE EM CURITIBA

Fotos: Fabio Ortolan

A

s aulas de ioga nos parques da capital

já entraram no calendário de verão dos

curitibanos. Todos podem participar e o

melhor: a prática é gratuita e não precisa de inscrição.

O único equipamento necessário é um Yoga

Mat, tapete especial para atividade, ou uma canga.

Com isso em mãos, basta chegar no horário marcado

(ver box de serviço) e entrar no clima da aula

apreciando a bela natureza ao redor. A iniciativa

começou em 2010, ideia do professor de ioga Silvio

Lopes, que fundou o grupo Yoga no Parque. “Na

época me sentia um crítico passivo dos problemas

ao nosso redor. Decidi que ia parar de reclamar e

fazer algo. Lancei no facebook que daria aulas de

ioga gratuitas três vezes por semana e a partir daí

não paramos mais. Temos em quatro regionais e

nos parques, ao ar livre, enquanto durar o horário

de verão”, explica Silvio.

FEVEREIRO 77


• ESPORTE

CURIOSIDADE

NA LÍNGUA PORTUGUESA,

A FORMA ADOTADA

DE ESCRITA É IOGA. NO

SÂNSCRITO, LÍNGUA

CLÁSSICA INDIANA,

ESCREVE-SE YOGA. AS

DUAS FORMAS ESTÃO

CORRETAS

Para quem passou pelo Jardim Botânico ou pelo

Parque Barigui e viu dezenas de pessoas, às vezes

até centenas, praticando ioga, e ficou com vontade

de conhecer, ainda há tempo. A temporada de

verão encerra dia 14 de fevereiro, mas as aulas de

sábado podem ser feitas durante todo o ano. “Em

uma academia ou estúdio as aulas podem variar

de R$ 200 a R$ 300. Então damos esse acesso a

todos promovendo bem-estar e qualidade de vida.

A pessoa pode nunca ter praticado ioga, mas se ela

vier até aqui e se sentir mais motivada a cuidar da

saúde já valeu a pena”, destaca.

ENTENDA A IOGA

A filosofia indiana prega a união entre o corpo

e a mente por meio de técnicas de movimentos

corporais, os asanas, gerando assim o autoconhecimento.

Parece complicado, mas na verdade a

78


ioga ajuda o indivíduo a ter controle do corpo, das

emoções e ensina como respirar melhor, relaxar,

concentrar-se, trabalhar músculos, articulações,

nervos, glândulas endócrinas e órgãos internos. “A

prática deixa o corpo firme, regula as funções do

organismo por meio do massageamento dos órgãos,

regula a função dos rins, do intestino e ainda ajuda

a oxigenar melhor as células com respirações mais

longas, o que deixa o organismo mais ativo. É uma

atividade completa, pois trabalha o corpo e as

emoções”, enumera a professora que faz parte do

projeto Yoga no Parque, Kali Ananda.

Os movimentos, garante a professora, são

simples e acessíveis a todos, desde crianças até

idosos conseguem praticar a atividade. “Passamos

algumas variações da mesma postura, assim cada

um vai até onde consegue. Respeitamos o limite

de cada indivíduo.”

HORÁRIOS:

• PARQUE BARIGUI:

18h40: segundas, quartas e sextas-feiras (até 14

de fevereiro)

9h: sábado (o ano todo)

• JARDIM BOTÂNICO:

19h: terças e quintas-feiras (até 14 de fevereiro)

9h: sábado (o ano todo)

LOCAL:

Parque Barigui: marca 700 m (metros) da pista de corrida

Jardim Botânico: em frente a estufa

IMPORTANTE:

Leve o tapete ou canga;

As aulas são gratuitas e não precisa inscrição;

Em caso de chuva a aula é cancelada.

FEVEREIRO 79


• VIAGEM

Fotos: Valterci Santos

Ilha do Mel

CONHEÇA AS ATRAÇÕES DA ILHA

MAIS FAMOSA DO PARANÁ

360º

Ilha do Mel 360º

GET TO KNOW THE ATTRACTIONS OF THE MOST

FAMOUS ISLAND IN PARANÁ

80


FEVEREIRO 81


• VIAGEM

A

o longo de três décadas a Ilha do Mel passou a ser

uns dos principais pontos de referência do turismo

paranaense. Pertencente ao município de Paranaguá,

há 120 Km (quilômetros) de Curitiba, não é difícil descobrir

porque a reserva ecológica se tornou um dos destinos

preferidos de visitantes do mundo inteiro.

Lá está a Grajagan Surf Resort. Em frente à Praia Grande

e distante 4 km do vilarejo de Nova Brasília, é a maior e mais

completa pousada da ilha – são mais de 6 mil m² (metros

quadrados) de área construída.

A pousada tem o auge durante a alta temporada, mas

quem pensa que após o carnaval as atividades encerram está

muito enganado. Há 15 anos na ilha, o proprietário Rogério

Reichert, o Zeco, oferece uma completa gama de serviços

para quem quer escapar do estresse da cidade em qualquer

época do ano.

Para maior conforto, os quatro tipos de acomodações

da pousada foram equipados com televisão de LCD, ar-

-condicionado split e camas de casal king size. Além de uma

potentíssima ducha aquecida por energia solar, que respeita

os princípios de eco sustentabilidade conservados pelo estabelecimento.

Quando o turista colocar o pé para fora do aposento, ele

terá a disposição uma das melhores praias paranaenses para

a prática do surfe e esportes de aventura. Além disso, o hotel

oferece uma equipe preparada para tornar a experiência na

ilha memorável. Confira as atividades que a Revista VOi

destacou:

I

t has taken three decades for Ilha do Mel to become one

of the main reference points for tourism in the State of

Paraná. Part of the Municipality of Paranaguá, 120 km

from Curitiba, it is not hard to figure out why the ecological

reserve has become one of the preferred destinations of visitors

from all over the world.

And it is precisely on this point that the Grajagan Surf

Resort stands out. Facing Praia Grande and 4 km from the

village of Nova Brasília, the largest and most complete inn on

the Island has more than 6,000 m2 of built-up area.

However, anyone who thinks that after Carnival the activities

at the Inn cease,they are sadly mistaken. The Inn has

operated for over 15 years, living in perfect harmony with

the environment, and owner Roger Reichert,“Zeco”, offers a

complete range of services for those who want to escape the

stress of the city at any time of the year.

For added comfort, the four types of accommodation

at the Innare equipped with LCD TV, split air conditioning

and king-size beds. In addition,there are extremely powerful

solar-heated showers, which respect the principles of Eco

sustainability followed by the establishment.

When the tourist steps out of his room, he will have at his

disposition one of the best beaches for surfing and adventure

sportsin. The Inn offers also a team more than ready to make

the experience in the island a memorable one. Check out the

activities that Revista VOi highlights for you:

82


MAIS VIDA NO MAR:

Além de renovar a alma com o mergulho no mar, é possível

aproveitar o aluguel de pranchas ou participar das aulas

para iniciantes de surfe, body board e stand up paddle na Praia

Grande. A pousada ainda vende quatro rotas diferentes de

passeio de lancha. Em comum, os passeios têm aproximadamente

três horas de duração e podem contar com uma parada

na Ilha das Peças, onde situa-se a Baia dos Golfinhos, local

que os mamíferos podem ser observados de perto.

BODAS

Há mais de cinco anos a Grajagan tem realizado lindas

cerimônias de casamento na beira da praia e a pousada também

se habituou a receber casais que escolheram o destino

para lua de mel. Com decks e mirantes que oferecem belas

imagens panorâmicas do pôr do sol e do amanhecer na Praia

Grande, os recém-casados ainda recebem uma decoração

romântica no quarto.

SAÚDE E BEM-ESTAR:

Além de ter uma infinidade de espaços livres para se

exercitar, os mais ligados com a saúde e bem-estar, podem

saborear pratos feitos a base de frutos do mar, tudo muito

fresco. Destaque para as moquecas, servidas no restaurante

da pousada e para as porções de camarões e iscas de peixes,

que podem ser degustadas também na beira da praia. Caso

prefira carne vermelha, há o tradicional barreado, prato típico

do litoral do Estado, e um prato feito com mignon, que recebe

como guarnição massa e legumes grelhados.

PARA CONSUMISTAS E ESQUECIDOS:

Se não consegue sair de casa e ficar sem comprar um

suvenir para seus amigos e familiares não se preocupe. Nas

trilhas que levam às praias, comerciantes locais expõem todos

os tipos de artesanato. E, se, por algum motivo esqueceu de

colocar algum item essencial na bagagem, como calção de

MORE LIFE AT SEA:

Enjoy all the experiences that the Island’s sea has to offer.

In addition to renewing the soul with a swim, you can take

advantage of surfboard rentals, or surfing, body board and

stand up paddle board lessons for beginners on Praia Grande.

The inn even offers four different boat ride tours around the

archipelago. Each tour is approximately three hours with a

stop on the Ilha das Peças (Island of Pieces), a must-see for

those visiting the island for the first time. On the site, is Baia

dos Golfinhos (Dolphin Bay), where you can watch the mammals

swimming.

WEDDING

For more than five years, the inn has celebrated ceremonies

on the beach, and is also used to receive couples who chose

the destination to enjoy their honeymoon. With decks and

lookouts that offer beautiful panoramic views of the sunset

and sunrise on Praia Grande, newlyweds can evenenjoy the

romantic décor of their room.

HEALTH AND WELL-BEING:

In addition to a plethora of free space for exercise, the more

connected with health and well-being can relish with dishes

based of seafood, all very fresh. Highlighting: moquecas (fish

and shrimp stew), served at the restaurant, and portions of

shrimp and fish bites, which can be served also on the beach.

If you prefer red meat, there is the traditional barreado, a typical

dish of the coast of the State, and a filet mignon dish, with

pasta and grilled vegetables.

FEVEREIRO 83


• VIAGEM

banho, biquíni ou chinelo de dedo, fique tranquilo. Na nova

loja da Grajagan poderá encontrar tudo isso e muito mais,

dentro da própria pousada.

INFORMAÇÕES ÚTEIS PARA SUA VIAGEM:

- Não há farmácias e caixas eletrônicos na Ilha, portanto

saque dinheiro antes da viagem;

- Levar repelente e lanterna;

- Existem dois terminais de embarque para a Ilha: em

Pontal do Sul e em Paranaguá. Em Pontal a viagem dura

entre 30 e 40 minutos. Já em Paranaguá o trajeto varia entre

1h e 1h30. Mais informações podem ser encontradas pelos

números: (41) 3455-2616 e 3455-1144 ( Pontal do Sul) e (41)

3425-6325 (Paranaguá).

FOR THE ARDENT CONSUMER AND THOSE FORGOT-

TEN THINGS:

If you can’t leave home without running out to buy a

souvenir for your friends and family don’t worry. On the trails

leading to the beaches, local merchants exhibit all kinds of

handicrafts. And, if for some reason you forgot to put some

essential item in your luggage, such as a swimsuit, bikini or

flip flops, rest assured,in the all new shop inside the Grajagan-

Resort, you will find all this and much more.

USEFUL INFORMATION FOR YOUR TRIP:

- There are no pharmacies or ATMs on the Island; therefore,

make sure you have enough of everythingwith you before

making the trip;

-Take repellent and flashlight ;

- There are two boarding terminals to the Island: one in

Pontal do Sul and the other in Paranaguá. From Pontal, the

trip lasts between 30 and 40 minutes. While from Paranaguá,

the trip lasts from 1h to 1h30. More information can be found

at: (41) 3455-2616 and 3455-1144 (Pontal do Sul) and (41)

3425-6325 (Paranaguá).

Serviço/Service:

Praia Grande - Ilha do Mel - Paraná

Fone: (41) 3426-8043

www.grajagan.com.br

84


www.cleuzacanan.com

A Dra. Cleuza Canan, a

partir A Dra. da Cleuza experiência Canan, de a 30

partir anos da em experiência tratamento de de 30

dependentes anos em tratamento químicos, de

dependentes elaborou um químicos, plano

terapêutico elaborou que um plano envolve:

terapêutico que envolve:

a) Abordagem

cognitivo-comportamental;

a) Abordagem

Cognitivo-comportamental;

b) Entrevista motivacional;

b) Entrevista c) Apoio Motivacional;

espiritual

c) Apoio espiritual

CLEUZA CANAN

HISTÓRIAS DE QUEM SUPEROU O VÍCIO

Com O plano vistas visa à qualidade auxiliar o dependente atendimento e dar apoio à família Família no processo é parte da de solução recuperação.

foram criados dois tipos serviços:

“Para mim, esse ambiente era natural. Eu não via problemas, até porque

Com vistas à qualidade de atendimento foram criados meus dois irmãos tipos serviços: tinham vidas normais e tiravam boas notas”, conta Renata,

1. Centro de Tratamento em Piraquara, PR, hoje com 26 anos, que no início procurava no álcool uma forma de relaxar, mas

onde

1. Centro

são

de

hospedados

Tratamento

dependentes

em Piraquara,

que

PR, onde são acabou hospedados se tornando dependentes que química. necessitam Ela agora de não internação bebe mais, em nem regime usa

necessitam de internação em regime integral,

integral, com 28 leitos e ambiente confortável, seguro, qualquer acolhedor, outro integrando tipo de droga, o paciente que antes e costumava a família misturar ao tratamento. com a bebida. Mãe de

com 28 leitos e ambiente confortável, seguro, um menino de oito anos, cuja guarda acaba de reconquistar, Renata sabe que a

acolhedor, integrando o paciente e a família ao sua presença é o melhor presente para o filho. Ela lembra que contar com a

2. Clínica Cleuza Canan em Curitiba, PR, onde se oferece tratamento de Clínica Dia e ambulatorial aos dependentes químicos.

tratamento.

presença do pai foi essencial. “Se ele não tivesse me apoiado, eu não estaria

Os atendimentos são feitos através de vários turnos, por limpa.” equipe “O tratamento treinada e ambiente precisa ser acolhedor. feito com A toda divisão a família. em turnos Não tem visa fórmula facilitar

2. a Clínica vida do Cleuza paciente Canan que em pode Curitiba, se planejar PR, onde para o comparecimento mágica. A família à clínica precisa sem afetar reorganizar”, outras ressalta atividades Dra. Cleuza que ele Canan. tenha.

se oferece tratamento de Clínica Dia e

ambulatorial Cada um destes aos serviços dependentes conta químicos. com uma Os equipe de 26 Amor profissionais de mãealtamente qualificados no tratamento e na recuperação do

atendimentos dependente químico. são feitos O objetivo por meio do de Centro vários de Tratamento “Quando é utilizar eu era técnicas criança, eficazes minha mãe de recuperação trabalhava muito de dependentes e viajava bastante. químicos

turnos, com metodologia por equipe própria, treinada tratamento e ambiente personalizado, Todo seguindo sábado o perfil tinha e festa estágio e eu de ia dependência atrás do meu de irmão cada mais um, para velho. conduzir Um dia o

acolhedor. paciente de A divisão forma consciente em turnos à visa recuperação facilitar a da sua saúde ele comprou física, psicológica, três ou quatro espiritual litros de e social. bebida. Tomei tudo sozinho”, lembra

vida do paciente que pode se planejar para o

Manoel Maciel Correia, hoje com 33 anos. Depois do álcool ele experimentou

comparecimento

A Clínica Cleuza

à

Canan

clínica

e o

sem

Centro

afetar

de Tratamento,

outras

atende cigarro, pessoas maconha, de todo cocaína o Brasil, e, por fato último, que o a crack. tornou Envergonhado reconhecida e nacionalmente

desesperado,

atividades que ele tenha.

como referência em tratamento de dependentes químicos. Manoel procurou Seu profissionalismo, todo tipo de ajuda, metodologia mas sempre inovadora, acabava voltando altos índices para as de

recuperação, manutenção da abstinência após alta, e

drogas.

a ressocialização

Depois de

dos

muito

dependentes

esforço pessoal

entregues

e ajuda

aos seus

da mãe,

cuidados

que

têm

sempre

sido

permaneceu ao seu lado, Manoel se mantém longe do vício, cursa Culinária no

pontos fortes e motivos da preferência de famílias que precisam oferecer aos filhos ou amigos um tratamento de qualidade com

Senac e faz estágio na área. “Tenho que ser independente e reconquistar a minha

conforto e confiabilidade.

vida”, comemora. “Um dos pontos cruciais é mostrar ao paciente e à família que a

dependência não é falta de caráter ou força de vontade, mas uma doença física,

metabólica ou geneticamente herdada”, explica Dra. Cleuza Canan.

Clínica Cleuza Canan

Clínica Cleuza Canan

Rua Cândido Xavier, 430

Rua Cândido Xavier, 430

Batel, Curitiba PR

Batel, Curitiba - PR

Telefone: (41) 3342-7080

Telefone: (41) 3342-7080

Centro de Tratamento

Centro de Tratamento

Rua dos Guimarães, 15

Rua dos Guimarães, 15

Jardim Diguimabri, Piraquara PR

Jardim Diguimabri, Piraquara - PR

Telefone: (41) 3385-1867

Telefone: (41) 3385-1867


• CULTURA

MÚSICA

PSICODÁLIA 2015

A 18ª edição do festival, que é tradição durante o período de carnaval, é um

prato cheio para os amantes da boa música e da cultura. Realizado em Rio

Negrinho (SC), distante 120 km (quilômetros) de Curitiba, o evento aguarda este

ano seis mil pessoas. Além de atrações nacionais e internacionais, a festa conta

com teatro, oficinas, esportes de aventura e uma bela área verde de 500 mil m²

(metros quadrados). Toda a estrutura é cuidadosamente preparada para receber

o pessoal durante os seis dias de carnaval, com área de camping, minimercado,

segurança e estacionamento.

Foto: Giovani Paim

Local: Fazenda Evaristo - Rio Negrinho (SC)

Data: de 13 a 18 de fevereiro

Informações: psicodalia.mus.br

Foto: Jader Rocha

GARIBALDIS E SACIS

O bloco pioneiro do pré-carnaval curitibano agita, a partir das 16h, os domingos

que antecedem o carnaval com muita folia. Este ano o grupo faz uma

homenagem ao humorista Roberto Bolãnos, criador dos personagens Chaves e

Chapolin, falecido em 2014. Os integrantes convidam os foliões a entrarem no

clima do carnaval com fantasias de palhaço, pirata, pierrô, colombina, entre

outras. A Guarda Municipal da cidade acompanha todo o trajeto que começa

na Rua Barão de Rio Branco e termina na Avenida Marechal Floriano Peixoto.

Local: Rua Marechal Deodoro (entre a Rua Barão do Rio Branco e a

Av. Marechal Floriano Peixoto)

Data: 8 de fevereiro

Informações: www.garibaldisesacis.com.br

C

M

Y

CM

GERAL

Foto: Ísis Glock

LIMIAR

Dez nomes da nova geração paranaense apresentam, por meio dos mais variados

suportes - pintura, fotografia, escultura e vídeo - narrativas geradas sobre a

matéria do mundo, aquilo que nos é invisível ou banal. Com curadoria de Arthur

do Carmo e Tony Camargo, a mostra traz trabalhos que revigoram a linguagem,

introduzindo uma poética com novos desdobramentos simbólicos e dialéticos.

Local: SIM Galeria

Data: até 27 de fevereiro

Informações: www.simgaleria.com

MY

CY

CMY

K

Foto: divulgação

JOÃO TURIN – VIDA, OBRA, ARTE

A obra do artista paranaense é o tema da exposição do fotógrafo Maringas Maciel.

A mostra traz as fotos que ilustram o livro recém-lançado sobre a vida e obra do

escultor, escrito pelo crítico de arte José Roberto Teixeira Leite. Turin destacou-

-se no cenário artístico nacional e internacional como grande representante da

escultura animalista.

Local: Fnac Curitiba

Data: até 28 de fevereiro

Informações: www.agendafnac.com.br

Foto: divulgação

ACERVO MON – AQUISIÇÕES 2013/2014

A exposição traz as aquisições incorporadas ao acervo do MON nos últimos

dois anos. Ao todo são 70 obras, sendo 15 delas apreendidas pela Polícia Federal

na Operação Lava Jato. No rol das obras apreendidas estão trabalhos de

Di Cavalcanti, Iberê Camargo, Aldemir Martins, Cícero Dias, Claudio Tozzi e

Heitor dos Prazeres.

Local: MON - Museu Oscar Niemeyer

Data: até março de 2015

Informações: museuoscarniemeyer.org.br

86


Suas melhores

lembranças

merecem os

mais belos

sorrisos

M & G Odontologia

Responsável Técnica:

Dra. Graciela Santos Salin

CRO 14741/PR

Especialista em cirurgia e

traumatologia buco-maxilo-facial

Dr. Marcelo Augusto

Araújo dos Santos

CRO 10570/PR

Especialista em prótese dental

Cirurgia e traumatologia buco-maxilo-facial;

Implantes dentários - Enxertos ósseos;

Endodontia - Ortodontia;

Clareamento dental.

Prótese dental - Dentística estética;

NOVO ENDEREÇO:

Av. João Gualberto, 1881 - Sala 405 - 4º andar (Edifício Ópera Matteo) | Juvevê | Curitiba (PR)

Fone: (41) 3233-2494 | Celular: (041) 9734 6266 TIM - (041) 9138 8293 VIVO | E-mail: mgodontologia@terra.com.br


• MÚSICA

Cena

local

Fotos: Francielle Grott

O

s músicos compositores do Estado têm agora

uma nova opção para divulgar o trabalho, o programa

Estúdio Mix. Com o objetivo de oxigenar

o cenário musical paranaense e buscar novos talentos, o

programa comemora dois meses no ar pela Rede Mercosul,

a Record News, no Paraná.

O programa traz à frente a artista Adriane Grott que teve

a ideia de criar um espaço onde a canção autoral tivesse

vez. “O Estúdio Mix é um concurso de compositores. É

diferente dos programas musicais que existem que priorizam

a técnica vocal”, compara. “Além disso, queremos

valorizar nossa língua materna, o português. Vejo que as

bandas autorais têm muita dificuldade. Está aparecendo

muita banda boa. Têm todos os ritmos, jazz, rap, sertanejo,

forró, rock”, descreve a cantora.

A dinâmica do programa é simples. Os interessados

devem enviar as canções por email (estudiomix@redemercosul.com.br).

Todas passam por avaliação e todo sábado

duas músicas selecionadas se apresentam no palco para

os jurados. No final do mês a vencedora é conhecida, e

ganha uma gravação profissional da canção e um videoclipe.

Até agora as bandas vitoriosas foram SL 12 e Pão de

Hambúrguer, ambas da capital. “Vale a pena as pessoas

participarem. Tem visibilidade no Paraná inteiro e em todos

os programas têm jurados de peso. Nossa ideia é revelar

grandes talentos”, destaca Adriane.

FEVEREIRO 89


• HISTÓRIAS

H ISTÓRIAS

cURITIBANAS

O calor em

Curitiba estava

tão grande naquele

começo de

ano que Mariana

chegou a pensar

que derreteria. Ela

era tão apaixonada

pelo frio que, no

ano em que ocorreu

a suposta neve,

decidiu acampar

no terraço de casa

para não perder

nenhum momento

do raro acontecimento.

Quando voltou

de suas férias

da casa da avó no

interior, ela já havia

sido avisada de que a situação aqui estava feia. Tinha

até uma lenda que os ventiladores das grandes lojas de

eletrodomésticos tinham se esgotado. Mas pensou: “deve

ser exagero de curitibano que não está acostumado com

o sol”.

Entretanto, para a tristeza de Mariana o susto foi grande.

Já começou quando ela desceu do carro – onde estava

protegida pelo ar condicionado. A menina se sentiu em

uma sauna e teve até queda de pressão. Esperta que era,

decidiu passar o dia no shopping, pois lá o ar condicionado

era de graça.

Acontece que Mariana começou a enjoar de ficar passeando

no shopping. Já tinha assistido a todos os filmes em

cartaz, provado os mais diferentes restaurantes da praça

de alimentação e o pior: gastado o restinho do salário em

comprinhas desnecessárias. Chegou a cogitar a possibilidade

de ir para a praia, um bate e volta talvez, só para se

refrescar, mas logo desistiu.

Novos amigos

Desolada e morrendo

de calor, ela

teve uma ideia brilhante.

Espalhou nas

redes sociais um apelo:

“Procuro amigos

com piscina em casa.

Interessados mandar

mensagem inbox”.

A campanha tomou

uma proporção tão

grande, que Mariana

recebeu centenas de

pedido de amizades

e foi até mencionada

no jornal local.

Quando viu o resultado

ela percebeu

que a ideia nem tinha

sido tão ruim, já que

a iniciativa lhe rendeu

algumas opções de locais para dar um ‘tibum’, fama

momentânea e ainda uma porção de novos amigos. Mariana

fez uma programação e anotou durante toda a semana

quais seriam as residências visitadas. Ela nem imaginava

que em Curitiba tinha tanta gente com piscina em casa!

O único problema foi que na animação de ter conseguido

seu objetivo a menina acabou se esquecendo de

conferir a previsão do tempo. Para sua decepção – ou

alegria – no primeiro dia em que supostamente se aventuraria

pelas piscinas alheias, quando abriu a janela se

deparou com uma neblina fora de contexto. Saiu no terraço

e estava confirmado: a temperatura tinha caído de 30°C

para 10°C. Mariana nem teve tempo de ficar triste. Em

vez disso, resolveu comemorar, pois o friozinho que ela

tanto amava tinha voltado. Mas só por precaução resolveu

manter os contatos dos novos amigos. Quem sabe para o

próximo verão atípico?

Por: Larissa Angeli / Ilustração: Fernanda Domingues

90


WWW.BULLPRIME.COM

SAIBA MAIS SOBRE A

NOSSA LINHA PRÁTICA

Além de carnes nobres para churrasco, oferecemos mais de

100 opções de cortes para facilitar o seu dia a dia.

FAÇA SEU PEDIDO

3156 - 4446

NA BULL PRIME

TAMBÉM TEMOS

MASSAS GOURMET:

LASANHA • FETTUCCINE • PAPPARDELLE • RAVIOLI DE QUEIJO

• RAVIOLI DE CARNE • SORRENTINI DE MAÇÃ

• AGNOLI DE TOMATE SECO • MEZZALUNA DE CORDEIRO

facebook.com/bullprimecarnesnobres | instagram.com/bullprimecarnes

41 3030-4446 | Av. Silva Jardim, 3813 - Batel

Contribuindo para nosso sucesso


CARMEN STEFFENS - PARKSHOPPINGBARIGUI | SHOPPING MUELLER | SHOPPING PATIO BATEL

CS MAISON - PARKSHOPPINGBARIGUI | SHOPPING MUELLER | OUTLET – R. ANGELO SAMPAIO, 1745 – BATEL

CALÇADOS, ROUPAS E ACESSÓRIOS

AIX-EN-PROVENCE BUENOS AIRES CANNES HOLLYWOOD LAS VEGAS

NICE ORLANDO PUNTA DEL ESTE RIO DE JANEIRO SÃO PAULO

505 LOJAS - 18 PAÍSES

Carmen Steffens

More magazines by this user
Similar magazines