Views
1 year ago

monografia_IMOLAC

MONOGRAFIA

MONOGRAFIA IMOLAC lactitol geral do doente, investigar: presença de anemia e/ou desnutrição, alterações pulmonares ou cardiocirculatórias, sinais de disfunção tireoidiana, neuromusculares, hipotensão postural, etc. Ao exame abdominal pode haver, quando muito, certa sensibilidade à palpação, especialmente dos segmentos do cólon, sendo possível avaliar seu calibre, um sinal indireto do grau de sua espasticidade ou dilatação. Os achados de aumento de volume abdominal e de vísceras, a presença de movimentos peristálticos visíveis, OH ascite, cicatrizes cirúrgicas e massas suspeitas devem remeter ao diagnóstico de doença orgânica e sua investigação se impõe. Avaliação, ainda que simplificada, das condições neuromusculares é recomendada. O exame proctológico é um procedimento indispensável do exame físico do doente constipado, pois pode contribuir com informações para o posicionamento clínico, particularmente naqueles casos cujo histórico sugira a hipótese de evacuação obstruída. HO HO HO OH HO OH O O 4. TRATAMENTO CLÍNICO OH OH Na maioria das vezes, medidas gerais, higienodietéticas e comportamentais serão suficientes para a correção da constipação funcional. Antes de qualquer orientação cabe ao médico comentar com o doente, em terminologia simples, os mecanismos da evacuação intestinal e os fatores nela envolvidos. Essa atenção será sempre útil para sua compreensão sobre possíveis falhas que estejam ocorrendo e as medidas do seu acerto que permitam contar com sua colaboração. Também é fundamental explicar, sumariamente, a hipótese etiológica e as razões que o levarão a iniciar um programa terapêutico ou investigar, e qual a importância e a expectativa da contribuição dos recursos complementares no seu caso específico. 4.1. Dieta No levantamento da história clínica sobre hábitos alimentares é feito um balanço aproximado da quantidade de fibras e líquidos ingeridos diariamente. Correções, se necessárias, deverão ser propostas, respeitando-se condições individuais de paladar, horários disponíveis para refeições, etc. Restrições pessoais em termos de alimentos poderão exigir suplementação através de preparados comerciais com propriedades semelhantes, ou seja, de aumento do volume fecal por retenção de água. É importante insistir que o consumo de líquidos mínimo por dia seja de 1,5 l/dia. Reconhecidamente uma adequada ingestão de 08

IMOLAC MONOGRAFIA lactitol fibras é capital no tratamento da constipação. Seu insucesso pode estar relacionado a uma baixa prescrição por parte do médico ou por relutância do doente, em razão do desconforto do meteorismo que ocasionam, se introduzidas em grande quantidade e rapidamente. Estão presentes em uma grande variedade de alimentos facilmente disponíveis e, em geral, de baixo custo. Não sofrem qualquer mudança no seu percurso pelo canal alimentar, pela inexistência de enzimas que as degradem. As conhecidas como solúveis, contêm pectina, gomas e mucilagens, estando representadas nos vegetais folhosos, repolho, vagens, brócolis, aveia, frutas com bagaço e grãos. As insolúveis, compostas por lignina, celulose e hemicelulose, são encontradas nos cereais integrais, trigo, principalmente no farelo e germe, grãos, hortaliças. O ideal é propor uma mistura que contenha 1/3 das chamadas fibras solúveis e 2/3 das insolúveis, ambos modelos que atuam com a mesma finalidade de oferecer resíduos e água para a formação de um bolo fecal de bom volume. Pela dieta ou através de suplementação, a quantidade diária ideal de fibras encontra-se em torno de 30-35g ( Tabela 1). Fibras Solúveis Insolúveis Tabela 1 – Fibras dietéticas Tipo Pectinas Gomas Celulose Hemicelulose Lignina Mucifagens Fontes principais Frutas, leguminosas, aveia, cevada Trigo, grãos, hortaliças Não é muito fácil mudar hábitos, porque tanto as fibras quanto os medicamentos podem não produzir os resultados na rapidez com que são esperados, ou como anteriormente obtidos com o uso de certos laxantes. Essas medidas, entretanto, merecem a oportunidade de sua aplicação e trazem um benefício definitivo para a disfunção, pois, em decorrência delas, uma parcela significativa dos doentes terá corrigido sua constipação. 4.2. Medidas comportamentais Como já comentado, os doentes com tendência para constipação vão perdendo progressivamente o reflexo da evacuação. Nesses casos aconselhase ao próprio doente identificar, de acordo com sua vontade e disponibilidade, qual é a hora que lhe seja mais apropriada para disciplinar o aparecimento do reflexo, com a condição de poder cumpri-la todos os dias, sem a concorrência de outros compromissos previsíveis. Tempo e dedicação para o ato da evacuação são duas grandes colaborações do doente para o sucesso dessa reeducação. É preciso esclarecê-lo que, inicialmente, cabe a ele lembrar-se do horário escolhido para as tentativas de evacuar, pois o condicionamento do reflexo somente deverá se mostrar presente com eficácia após duas a três semanas de treinamento. Além dessa insistência há absoluta necessidade de toda atenção no momento da evacuação, não se recomendando qualquer tipo de distração. Reaparecimento do reflexo e seu cumprimento são um grande passo para a normalização do esvaziamento intestinal. Na mesma linha comportamental, a postura 09

Uso racional de medicamentos: temas selecionados, 2012.
Proteção radiológica no diagnóstico por imagem - Regina B Medeiros
Clique aqui para visualizar a BULA - Ultrafarma
Janeiro/Fevereiro - Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia
Dicas para Prevenir e Tratar a Rinite Alérgica - Aché
informações técnicas aos profissionais de saúde - Medley
Protocolo ATB salvo 0610 para impressão.cdr - Hospital ...
Protocolo - Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais
Palestra Hormônios Tireoideanos - Uniube
Diretrizes da Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia ...
ficha de acompanhamento domiciliar17 - Comunidades
MEMENTO TERAPÊUTICO - Prefeitura do Município de Araucária
DIRETRIZES BÁSICAS DE PROTEÇÃO RADIOLÓGICA - ILEA
Vacinação para Rotavírus - Sabin Vaccine Institute
acúmulo de fósforo e nitrogênio por mudas de café em resposta a ...
Clique aqui para visualizar a BULA - Ultrafarma
Efeitos Biológicos - ILEA - Ufrgs
Informe Técnico - Centro de Vigilância Epidemiológica - Governo do ...
Catalogue Smart City - SuperSmart
Manual de Normas de Vacinação - Ministério da Saúde