Views
1 year ago

O peregrino - John Bunyan

O peregrino - John

  • Page 2 and 3: DADOS DE COPYRIGHT Sobre a obra: A
  • Page 4 and 5: Todos os direitos reservados e prot
  • Page 6 and 7: 14. Cristão reinicia seu caminho c
  • Page 8 and 9: Bunyan esclarece seus objetivos lit
  • Page 10 and 11: E com tal método. Por que não ous
  • Page 12 and 13: Cristo e seus apóstolos, clarament
  • Page 14 and 15: O que deixa por fazer e o que faz t
  • Page 16 and 17: um fardo que me pesa muito; além d
  • Page 18 and 19: Mas o homem tapou os ouvidos com os
  • Page 20 and 21: convencido a vir comigo. Se o próp
  • Page 22 and 23: Restou a Cristão portanto atolar-s
  • Page 24 and 25: muito alardeada, não só na cidade
  • Page 26 and 27: carregam nos ombros, como o seu. Pe
  • Page 28 and 29: CRISTÃO — Bem, ele me perguntou
  • Page 30 and 31: destruição. Odeie, portanto, essa
  • Page 32 and 33: Cristão afinal alcançou a porta.
  • Page 34 and 35: É verdade que ele voltou para casa
  • Page 36 and 37: CRISTÃO — O que significa isso?
  • Page 38 and 39: Intérprete continuou dizendo: —
  • Page 40 and 41: — Anote o meu nome, senhor. Viu e
  • Page 42 and 43: segura condenação e feroz indigna
  • Page 44 and 45: INTÉRPRETE — Bom, lembre-se bem
  • Page 46 and 47: Ouvindo isso, abriram os olhos e re
  • Page 48 and 49: — Tenho, além disso, um sinal na
  • Page 50 and 51: ou despertos; só pensamos que, se
  • Page 52 and 53:

    piamente que a morte o esperava adi

  • Page 54 and 55:

    CRISTÃO — É de muito bom grado

  • Page 56 and 57:

    porteiro que guarda a entrada, não

  • Page 58 and 59:

    osto, nas minhas lágrimas e també

  • Page 60 and 61:

    de estrangeiros (Hb 11:33-34). Depo

  • Page 62 and 63:

    E seguiu caminho. Discrição, Pied

  • Page 64 and 65:

    morte vergonhosa! Além disso, voc

  • Page 66 and 67:

    Nesse combate, homem nenhum jamais

  • Page 68 and 69:

    CRISTÃO — Mesmo com tudo isso qu

  • Page 70 and 71:

    Terceiro, porque esperava (se viess

  • Page 72 and 73:

    Cristão continuou seguindo seu cam

  • Page 74 and 75:

    CRISTÃO — Bom, logo que parti, t

  • Page 76 and 77:

    segui o meu caminho morro acima. J

  • Page 78 and 79:

    — Contrapôs também — contou F

  • Page 80 and 81:

    CRISTÃO — Que ótimo, então! Pa

  • Page 82 and 83:

    Sagradas? FIEL — Isso é verdade,

  • Page 84 and 85:

    FIEL — Inclino-me, porém, a pens

  • Page 86 and 87:

    conhecimento, rumina sobre a Palavr

  • Page 88 and 89:

    — O homem — disse-lhe ainda Fie

  • Page 90 and 91:

    Embora você até deva agir assim,

  • Page 92 and 93:

    — É, e também grande amigo meu

  • Page 94 and 95:

    Quase cinco mil anos atrás já hav

  • Page 96 and 97:

    Os peregrinos, então, foram levado

  • Page 98 and 99:

    contra o prisioneiro. Surgiram trê

  • Page 100 and 101:

    — Em segundo lugar — continuou

  • Page 102 and 103:

    importa que imediatamente o condene

  • Page 104 and 105:

    ocupação. CRISTÃO — É casado?

  • Page 106 and 107:

    Bem, depois de se cumprimentarem de

  • Page 108 and 109:

    parte, não vejo razão para que o

  • Page 110 and 111:

    casas das viúvas, e por isso Deus

  • Page 112 and 113:

    CRISTÃO — Sem dúvida, pois seus

  • Page 114 and 115:

    ESPERANÇOSO — É verdade. Que el

  • Page 116 and 117:

    Foi até a escada para olhar, e eis

  • Page 118 and 119:

    Não estavam longe do local onde se

  • Page 120 and 121:

    — Outros, pelo que posso deduzir

  • Page 122 and 123:

    — Como sou idiota! — disse ele.

  • Page 124 and 125:

    Vi também em meu sonho que, perceb

  • Page 126 and 127:

    de homens atormentados, subindo-lhe

  • Page 128 and 129:

    IGNORÂNCIA — Conheço a vontade

  • Page 130 and 131:

    Gritou então Covardia, um dos band

  • Page 132 and 133:

    preciso fazer uma distinção entre

  • Page 134 and 135:

    ESPERANÇOSO — Quem dera Graça A

  • Page 136 and 137:

    Mas aquele que crê e mais fé cult

  • Page 138 and 139:

    castigou-os com força, para ensina

  • Page 140 and 141:

    é quem deveria ter-me ensinado est

  • Page 142 and 143:

    desordem, as orgias, a bebida, os p

  • Page 144 and 145:

    — A partir disso — acrescentou

  • Page 146 and 147:

    terra. — Perguntei-lhe, então

  • Page 148 and 149:

    — E de tudo isso — disse Espera

  • Page 150 and 151:

    IGNORÂNCIA — Quem me diz isso é

  • Page 152 and 153:

    CRISTÃO — Como já disse a respe

  • Page 154 and 155:

    ESPERANÇOSO — Convenhamos, homem

  • Page 156 and 157:

    ESPERANÇOSO — E como você defin

  • Page 158 and 159:

    porque era algo que lhe desarranjav

  • Page 160 and 161:

    o canto dos pássaros, viam todo di

  • Page 162 and 163:

    Os peregrinos então perguntaram se

  • Page 164 and 165:

    — Somos espíritos ministradores,

  • Page 166 and 167:

    no traj eto, continuamente soavam a

  • Page 168 and 169:

    — Não tem nada? — perguntaram-

  • Page 170 and 171:

    4 Esse trecho visionário lembra mu

  • Page 172 and 173:

    1 Ver fontes bíblicas do simbolism

Guião do Peregrino da Terra Santa 2012 - Paróquia de Carcavelos