Views
1 year ago

Guia do PR e SC Redação em Campo 2016

Metropolitano FICHA DO

Metropolitano FICHA DO CLUBE METROPOLITANO Clube Atlético Metropolitano Alcunha: Verdão do Vale do Itajaí, Metrô Data de Fundação: 22/01/2002 Cidade: Blumenau Títulos: Sem títulos conquistados Técnico: Valdir Espinosa Histórico: O Metropolitano é o segundo clube mais novo no Catarinense, fundado em 22 de janeiro de 2002. Tão novo, tem na história alguns fatos marcantes, como ser um dos únicos do Estado a ter vencido um torneio no exterior, o Torneio Internacional Centenário do FC Lustenau, da Áustria, em 2007. O Verdão venceu o anfitrião por 2 a 1 e na final enfrentou o St. Gallen, da Suíça, vitória por 4 a 2. A maior goleada conquistada, foi em cima do rival BEC, por 6 a 1, em 2003. Ainda na mente do torcedor, a vitória por 4 a 2 contra o Brusque. Richardson marcou um gol antológico, ele recebeu a bola no campo de defesa, passou por seis adversários e tocou na saída do goleiro. PALPITE EXPECTATIVA É BOA EM BLUMENAU Metropolitano busca alcançar metas maiores e mais ousadas na temporada 2016, e tudo começa pelo Catarinense Com mudanças na gestão e no futebol equipe de Blumenau espera dar alegrias ao torcedor. Foto: Sidney Batista/Metropolitano oficial Desde que terminou a Série D, competição na qual o desempenho do Metropolitano foi considerado muito abaixo do esperado, a diretoria decidiu que era a hora de alcançar outro patamar através de uma reestruturação administrativa. Foi criado um comitê gestor, que agora responde pelas decisões mais importantes no clube, e foram contratados profissionais gabaritados para o futebol, como o gerente Sidnei Loureiro e o técnico Valdir Espinosa. O que se espera com as mudanças na gestão e no futebol é que o clube cresça. O primeiro grande teste é o Campeonato Catarinense, competição através da qual o Verdão pode disputar a Série D de 2016 e 2017, claro, se não subir para a Série C logo no primeiro ano, e conseguir uma vaga na Copa do Brasil. É um caminho árduo, pois de todos os adversários, cinco estão nas séries A e B do Campeonato Brasileiro e outros clubes menores, como o Inter de Lages, também se estruturaram. Mesmo assim, a expectativa é boa e uma das frases que mais se ouve em Blumenau é que “este é o ano do Metropolitano”. A meta é chegar entre os primeiros no Catarinense, apesar da média de idade baixa do time, de aproximadamente 23 anos. A equipe tem bons nomes, como Rafinha, reforço que estava na Coreia do Sul, mas que pertence ao Flamengo e Peu, revelado pelo Fluminense. 92| Redação em Campo | Guia dos Estaduais PR/SC ‘16

Metropolitano COMO JOGA Durante os jogos-treino da pré-temporada Espinosa utilizou esquemas com e com dois atacantes, como o elenco tem muitas peças a formatação pode ser adequada no decorrer dos jogos, mas a tendência é que seja usado o 4-4-2. OLHO NELE Rafinha. Meia atacante, jogador de 22 anos que pertence ao Flamengo e vem para ser o principal jogador do Metropolitano. PONTO FORTE O técnico Valdir Espinosa, o trabalho e a experiência dele certamente podem refletir em um elenco que é bastante jovem. PONTO FRACO As constantes viagens, já que o Metropolitano vai mandar seus jogos em Jaraguá do Sul, o cansaço pode pesar um pouco. COM A PALAVRA, VALDIR ESPINOSA “Somente juntos conseguiremos chegar ao topo. Todos precisam se mobilizar pelo Metropolitano. Não aceito projeto em que não se acredite na possibilidade de alcançar o que é proposto. Vejo neste clube uma grande chance de ir muito longe” DESEMPENHO Desde 2010, o Metropolitano briga para estar entre as cinco principais forças do futebol estadual e, pelo menos neste nível, isso tem acontecido. A classificação média do time no Estadual tem sido a 5ª colocação, e nos últimos quatro anos não ficou abaixo disto. Em 2010, foi semifinalista e garantiu pela primeira vez vaga na Série D, competição da qual tem participado de forma consecutiva. Em 2011, ficou na sétima colocação, a pior desde 2010. No ano seguinte voltou a fazer boa campanha no Estadual, quando conquistou a quinta colocação, repetida em 2013, dessa vez com destaque para Rafael Costa, artilheiro da competição, com 12 gols. Em 2014, o Verdão conseguiu repetir a melhor classificação, a quarta posição. Foi campeão do 1º turno e chegou ao quadrangular final, mas acabou essa fase como lanterna. Em 2015, o Metrô se classificou para o hexagonal final, mas foi somente o quinto. www.redacaoemcampo.com |93

PRESS KIT: Botafogo x Operário (PR) - Camp. Brasileiro Série C - 25/07/2018
CCP Informado - Clube de Campo de Piracicaba
Cultura Botafoguense - Futebolistas do Botafogo em Ordem ... - Unifap
Campo Erê e SJCedro festejam 53 anos - Adjori/SC