Views
1 year ago

NOVO PROJETO SBR

A CONSTRUÇÃO CIVIL E

A CONSTRUÇÃO CIVIL E SEUS RESÍDUOS A construção civil é uma das atividades mais antigas que se tem conhecimento e até hoje gera como subproduto grande quantidade de resíduos de diversas naturezas. É também responsável pelo consumo excessivo de recursos naturais provenientes de fontes não-renováveis, entre 20 e 50% dos recursos de todo o planeta, além de ser uma das mais importantes atividades para o desenvolvimento econômico e social de um país. Segundo estudos, nas cidades brasileiras o RCC representa de 40 a 70% da massa total de resíduos sólidos urbanos (RSU). O gerenciamento inadequado dos resíduos da construção civil e demolição (RCC) ainda é um dos maiores problemas do país e sua gestão inadequada representa um grande desperdício econômico, visto que estes não só constituem a maior fração em massa dos resíduos gerados nas cidades, como em muitos casos são compostos em grande parte por material passível de reciclagem ou reaproveitamento. Essa falta de gerenciamento afeta as cidades nos aspectos sociais, econômicos e ambientais. Dessa forma, ações no sentido de enfrentar este problema tiveram início no final da década de 80 em alguns países da Europa, enquanto que no Brasil, somente no início do século XXI, em 05 de Julho de 2002, com a Resolução nº 307 do Conselho Nacional de Meio Ambiente (CONAMA), a qual estabelece diretrizes, critérios e procedimentos para a gestão dos resíduos da construção civil, visando proporcionar benefícios de ordem social, econômica e ambiental. Unindo força à Resolução nº 307 do CONAMA, no ano de 2010 o Brasil aprovou a Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS), através da Lei nº 12.305 de 2 de Agosto de 2010, a qual define a forma como o país deve dispor os seus resíduos, incentivando a reciclagem e a sustentabilidade. O gerenciamento do RCC deve ser administrado pelo setor público em parceria com o setor privado, permitindo a criação de uma nova cadeia produtiva, transformando os resíduos em solução!

OBRIGAÇÕES DA PREFEITURA - Ofertar/disponibilizar área devidamente regularizada e licenciada para que a SBR possa realizar a prestação dos serviços de forma adequada; - Adequar a legislação municipal para o andamento da gestão integrada dos RCC, inclusive o plano de gestão de resíduos sólidos e Plano Integrado de Gerenciamento de Resíduos de Construção Civil; - Eliminar áreas irregulares de disposição final de RCC no município; - Criar medidas de incentivo à destinação correta e geração de RCC; - Fomentar e utilizar o uso do agregado reciclado em obras públicas. - Fomentar o uso do agregado reciclado em obras privadas. OBRIGAÇÕES DA SBR - executar e operar com qualidade e eficiência todas as etapas descritas - Promover o beneficiamento dos resíduos que ingressam diariamente na Usina e disponibilizar os agregados reciclados gerados para a Prefeitura; - Dar a destinação adequada dos resíduos conforme sua classe; - Implantar software de monitoramento; - Coordenar a fiscalização e demais atividades relacionadas à RCC

ATÉ ONDE O VENTO LEVAR Projeto Cênico Rabiola de ... - Komedi
usinas de reciclagem de resíduos usinas de reciclagem de ... - Abema
Aplicativo para Gerenciamento Eletrônico de ... - Projeto Pesquisa
metodologia para projetos de urbanização PROJETO e ... - USP
projeto provedor de informações sobre o setor elétrico - Nuca - UFRJ
Oficinas para desenvolvimento dos Projetos de Prevenção
programa de qualidade em projetos e obras de engenharia - DER
Marcação da Estrutura - Especialização em Gerenciamento de Obras
NOVOS CAMINHOS - Governo do Estado do Espírito Santo
novos instrumentos do sistema de licenciamento ambiental - Anamma
ROOTS 5 - Gestão do ciclo de projetos
A Amazônia-Encontrando Soluções - Ambasciata d'Italia a Brasilia ...
é o novo da Casa presidente - Instituto de Engenharia
Senac Minas tem novo 0800 - Senac Minas Gerais
apresentação - Projeto Pesquisa
Incertezas no Projeto de Sistemas - Chasqueweb.ufrgs.br
Como elaborar projetos de pesquisa para o PPSUS: guia