03.10.2017 Views

CAT_ O EMBUSTE DO CONVIVÊNCIA EM HARMONIA

O Centro de Apoio ao Tabagista (CAT) ressaltando a importância dos esforços brasileiros no enfrentamento da Indústria do Tabaco (IT), relembra uma das artimanhas de seu marketing, com a campanha retórica denominada "Convivência em Harmonia". Sabedores da importância da política pública que denunciava e pretendia impedir o consumo de tabaco em ambientes públicos e privados de uso coletivo, desenvolveu uma estratégia para supostamente impedir o impacto sanitário do fumo involuntário. Os técnicos da IT tinham plena consciência de que a fumaça não poderia ser contida pela criação de fumódromos ou manobras de aspiração ambiental. Mesmo assim, não só insistiram nisto, como aterrorizavam os comerciantes apontando para a quebra dos seus negócios, pela evasão dos clientes, gerando desemprego em massa de maitres e garçons, apesar de cientes de que comprovadamente estas afirmações não correspondiam à realidade. O mais grave: as evidências científicas atestavam que proibir o fumo em ambiente fechado era uma das melhores iniciativas para que fumantes decidissem parar de fumar. E a IT também tinha consciência clara deste risco para os seus interesses.

O Centro de Apoio ao Tabagista (CAT) ressaltando a importância dos esforços brasileiros no enfrentamento da Indústria do Tabaco (IT), relembra uma das artimanhas de seu marketing, com a campanha retórica denominada "Convivência em Harmonia". Sabedores da importância da política pública que denunciava e pretendia impedir o consumo de tabaco em ambientes públicos e privados de uso coletivo, desenvolveu uma estratégia para supostamente impedir o impacto sanitário do fumo involuntário. Os técnicos da IT tinham plena consciência de que a fumaça não poderia ser contida pela criação de fumódromos ou manobras de aspiração ambiental. Mesmo assim, não só insistiram nisto, como aterrorizavam os comerciantes apontando para a quebra dos seus negócios, pela evasão dos clientes, gerando desemprego em massa de maitres e garçons, apesar de cientes de que comprovadamente estas afirmações não correspondiam à realidade. O mais grave: as evidências científicas atestavam que proibir o fumo em ambiente fechado era uma das melhores iniciativas para que fumantes decidissem parar de fumar. E a IT também tinha consciência clara deste risco para os seus interesses.

SHOW MORE
SHOW LESS

You also want an ePaper? Increase the reach of your titles

YUMPU automatically turns print PDFs into web optimized ePapers that Google loves.

Hooray! Your file is uploaded and ready to be published.

Saved successfully!

Ooh no, something went wrong!