Views
1 year ago

Devocionário - Lições que enriquecem

As mensagens deste devocionário se propõem a elevar sua alma a Deus com o fim de que você goze de sua comunhão.

DA COBIÇA 2Reis 5.20-27

DA COBIÇA 2Reis 5.20-27 20 Geazi, servo de Eliseu, o homem de Deus, pensou: "Meu senhor foi bom demais para Naamã, aquele arameu, não aceitando o que ele lhe ofereceu. Juro pelo nome do Senhor que correrei atrás dele para ver se ganho alguma coisa". 21 Então Geazi correu para alcançar Naamã, que, vendo-o se aproximar, desceu da carruagem para encontrá-lo e perguntou: "Está tudo bem?" 22 Geazi respondeu: "Sim, tudo bem. Mas o meu senhor enviou-me para dizer que dois jovens, discípulos dos profetas, acabaram de chegar, vindos dos montes de E­fraim. Por favor, dê-lhes trinta e cinco quilos de prata e duas mudas de roupas finas". 23 "Claro", respondeu Naamã, "leve setenta quilos". Ele insistiu com Geazi para que os aceitasse e colocou os setenta quilos de prata em duas sacolas, com as duas mudas de roupas, entregando tudo a dois de seus servos, os quais foram à frente de Geazi, levando as sacolas. 24 Quan­do Geazi chegou à colina onde morava, pegou as sacolas das mãos dos servos e as guardou em casa. Mandou os homens de volta, e eles partiram. 25 Depois entrou e apresentou-se ao seu senhor, Eliseu. E este perguntou: "Onde você esteve, Geazi?" Geazi respondeu: "Teu servo não foi a lugar algum". 26 Mas Eliseu lhe disse: "Você acha que eu não estava com você em espírito quando o homem desceu da carruagem para encontrar-se com você? Este não era o momento de aceitar prata nem roupas, nem de cobiçar olivais, vinhas, ovelhas, bois, servos e servas. 27 Por isso a lepra de Naamã atingirá você e os seus descendentes para sempre". Então Geazi saiu da presença de Eliseu já leproso, parecendo neve. Quando a Palavra de Deus acende o sinal de aviso acerca de algum perigo, é urgente termos atenção ao aviso disparado. Os riscos contidos no desprezo ao que Deus assinala pode ser muito desastroso. No texto de 2Reis 5.20-27 encontramos uma advertência quanto a cobiça. Lendo o texto bíblico podemos construir uma boa definição de cobiça. Cobiça é querer ter mais do que o que é necessário. 40

Geazi, o auxiliar de Eliseu, ficou indignado com o que ele considerou uma desfeita de Eliseu ao rejeitar os valiosos presentes oferecidos pelo novo crente em Jeová Naamã. Graciosamente Naamã o fez (2Reis 5.20). Lembremos que num primeiro momento os valiosos bens que Naamã trazia serviriam para pagar o preço de sua cura. Era assim o comportamento dos falsos profetas de sua terra. Naamã veio de uma realidade onde os profetas faziam suas supostas curas ou outros feitos para obter lucro. Mas num segundo momento foi a gratidão que conduziu Naamã a querer deixar uma oferta de tudo o que trazia ao profeta de Deus. Deus, no entanto, orientou seu servo a não pegar nada absolutamente naquele momento. Isso poderia afetar a fé nova de Naamã ou o convívio entre a nação de Israel e a Síria. Na sua indignação Geazi montou um plano em nome do Senhor (2Reis 5.21-24). O plano incluía: correr o mais rápido possível para alcançar Naamã; se utilizar de uma falsa situação de necessidade do profeta e de dois de seus discípulos; pedir um valor que fosse alto para ele Geazi, mas muito baixo para Naamã cujo coração estava cheio da alegria da ação de Deus; trazer o que ganhasse e esconder do profeta de Deus. Ele não contava que Deus estava vendo tudo e comunicando a seu profeta. O grave dessa questão é Geazi fez tudo em nome de Deus (2Reis 5.20). O que Geazi pediu era além do que precisava para si. E isso faz parte da natureza do cobiçoso. O cobiçoso não usará por muito tempo metade do que tem, mesmo assim quer. Além do mais, alegações do que cobiça são sempre vestidas de boas intenções. No caso de Geazi o que pedia seria para suprir uma necessidade urgente (2Reis 5.22). Chega a ser cômico que para suprir uma urgência Geazi tenha aceitado 70 quilos de prata e duas mudas de roupas de festa. A doação era tão grande que precisou ser carregada por dois homens montados a cavalo (2Reis 5.23-24). Esses detalhes do texto servem para nos abrir os olhos que a cobiça nos leva a querer coisas que não conseguiremos carregar nem usufruir. Por causa da cobiça perdemos a reputação e manchamos a reputação de outros. Acredito que Naamã e seus soldados não acreditaram na história de Geazi. A cobiça ainda nos leva a 41

Isaías - Igreja Batista Vida
Profetas e Reis (2007) - Centro de Pesquisas Ellen G. White
Comentário de Salmos - Vol 3
Apresentação do PowerPoint - ipbg.org.br
A inesgotável Misericordia de Deus - Livros evangélicos
O Desejado de Todas as Nações por Ellen White
Filhos e Filhas de Deus (2004) - Centro de Pesquisas Ellen G. White
Mensagem-3-Resolvo-viver-a-autonegação
Restaurando a Casa de Deus - Lagoinha.com
Solenidade de Santa Maria, Mãe de Deus
A Soberana Graça de Deus ea ... - Projeto Spurgeon
O Ministério na Geração de Noé - A Palavra de Deus e de Graca