Views
6 months ago

Devocionário - Lições que enriquecem

As mensagens deste devocionário se propõem a elevar sua alma a Deus com o fim de que você goze de sua comunhão.

aquecendo. 35 Eliseu levantou-se e começou a andar pelo quarto; depois subiu na cama e debruçou-se mais uma vez sobre ele. O menino espirrou sete vezes e abriu os olhos. 36 Eliseu chamou Geazi e o mandou chamar a sunamita. E ele obedeceu. Quando ela chegou, Eliseu disse: "Pegue seu filho". 37 Ela entrou, prostrou-se a seus pés, curvando-se até o chão. Então pegou o filho e saiu. Uma situação fora do habitual tirou o casal sunamita da rotina plácida em que viviam. A rotina deles era simples. Plantar, colher, supervisionar os empregados, cuidar do filho, namorar, viver enfim. Essa estabilidade foi rompida quando devido a uma forte insolação o filho nascido de um milagre morreu (2Reis 4.18-21). A despeito da morte do filho a mãe manteve a calma. Metodicamente subiu ao quarto do profeta, deitou o menino na cama, fechou a porta. Pediu ao marido que preparasse um animal para ela fosse se encontrar com o homem de Deus, orientou o empregado que a acompanharia, escondeu o ocorrido do marido e saiu para seu compromisso determinada (2Reis 4.21-23). Qual a explicação para o comportamento dessa senhora diante de situação tão grave? Fé em Deus é a explicação. Sua fé pode ser comprovada no fato de ir a busca do homem de Deus e não cair no desespero ou dá o caso por perdido (2Reis 4.22-23). A fé em Deus proporciona estabilidade diante de situações difíceis em quem a tem. Todo o procedimento da mãe só apontava para sua determinação e estabilidade proveniente de sua fé em Deus. Determinou a ação do empregado; chegando na cidade não quis falar com ninguém exceto com o homem de Deus; sua conversa com o profeta foi franca embora sua alma estivesse amargurada (2Reis 4.24.28). Era a fé da sunamita que controlava suas emoções e ações. A mãe aflita que demonstrou determinação baseada na fé em Deus foi atendida por Deus Jeová que sempre se volta para os que se achegam a ele com fé. Deu de volta o filho amado que ela podia pensar no fundo de sua alma estava perdido para sempre (2Reis 4.31-37). A atitude nobre da mulher de 2Reis 4 nos ensina que a fé traz estabilidade em momentos difíceis de amargura. Esse tipo de fé 46

conquista o amor de Deus em benefício do pedinte segundo sua boa vontade para a ocasião. Essa história era muito importante para os judeus que estavam cativos na Babilônia para que entendessem que suas vidas seriam felizes se fosse pautadas na fé em Deus. É também muito importante para nós hoje pelo mesmo motivo que o era para os judeus do cativeiro. 47

Isaías - Igreja Batista Vida
Profetas e Reis (2007) - Centro de Pesquisas Ellen G. White
Comentário de Salmos - Vol 3
Apresentação do PowerPoint - ipbg.org.br
A inesgotável Misericordia de Deus - Livros evangélicos
O Desejado de Todas as Nações por Ellen White
Filhos e Filhas de Deus (2004) - Centro de Pesquisas Ellen G. White
Mensagem-3-Resolvo-viver-a-autonegação
Restaurando a Casa de Deus - Lagoinha.com