Revista ABA Novembro 2017

helemoura

Revista ABA Novembro 2017

ouT oF hoMe

140

Como a tecnologia está ajudando esse canal

de comunicação a ter relevância para os anunciantes?

Essa pergunta pode ser respondida sob dois

aspectos. O primeiro, diz respeito ao nível de segurança

de entrega de mídia que as novas tecnologias

oferecem aos anunciantes. As empresas

investiram e continuam investindo em qualidade

dos equipamentos de mídia e digitalização de redes

– o que permite maior agilidade em publicação

de mensagens e checagens de mídia. Os novos

modelos de mídia OOH e DOOH (Digital Out

of Home) aproximam a eficiência de impactos aos

objetivos de mensagens publicitárias de diversos

segmentos de mercado. Do varejo ao institucional

de marca, passando por promoções e consideração

de marca, as possibilidades com mídia exterior

e indoor emprestam qualidade e eficácia à comunicação

das marcas.

O que mais está envolvido nessa equação?

O segundo aspecto, derivado de novas tecnologias,

versa sobre a segurança de entrega. Desde

a formação de inventário de mídia até a checagem

de entrega, o avanço em tecnologia propicia uma

qualidade de entrega, alcance e impactos nunca

antes experimentados por esse mercado. Se

compararmos com outros meios de mídia, o OOH

e DOOH entregam 100% do que vendem sem

precisar de instalação de camadas de auditorias

diversas, as mensagens não têm interrupção de

audiência, são entregues na totalidade e sempre

em ambientes que foram previamente aprovados

pelo anunciante.

As agências de publicidade entenderam como

ser criativas nesse canal?

Há criação boa e ruim para qualquer meio de

mídia. Sempre acredito que o resultado ruim de

uma mensagem publicitária é fruto de uma aprovação

equivocada dos anunciantes, que remuneram

suas agências para que desenvolvam suas

mensagens. Há erros de toda natureza, desde

briefings malfeitos, equívocos de público-alvo e

exigências de ordem pessoal de executivos que

se consideram altamente criativos. As agências de

publicidade em geral sabem criar para o meio, vibram

com resultados positivos – principalmente

aqueles que geram prêmios de publicidade e alcance

de resultados de seus clientes. O meio OOH

e DOOH é propício para as agências liberarem sua

carga de criatividade, surpreendendo o público

que é impactado dia a dia pelos equipamentos de

mídia e, muitas vezes, levando-o a interatividades

inimagináveis, com grande proveito para as marcas

que acreditam no potencial de uma boa ideia

e no desenvolvimento correto de conteúdo, mesmo

em meios de mídia que são passivos como veículos

de mensagens publicitárias.

Quais as possibilidades que a mídia OOH oferece

do ponto de vista criativo e de eficiência

em mídia?

Entregar o objetivo de comunicação dos clientes

é sempre uma tarefa que pode ser cumprida

com um bom briefing. Ser surpreendente e criativo

na mensagem entregue em OOH e DOOH

tendo um bom esclarecimento de onde se quer

chegar com a comunicação que será entregue ao

consumidor e aos cidadãos que estão fora de casa.

Em alguns casos, uma ação pontual em OOH e

DOOH rende uma estória na internet que amplifica

a mensagem ao extremo. Outras vezes é a frequência

de exposição ao meio que faz a diferença

no índice de lembrança da marca. Há ainda a possibilidade

de fazer uma chamada para promoção

rápida usando o meio como porta de entrada para

busca no site das empresas ou em seus pontos de

venda fixos na rua. Essa mídia ainda possibilita geolocalizar

a mensagem para públicos distintos, aumentando

a eficiência da ação de comunicação.

Poderia citar exemplos de como a tecnologia no

OOH é aderente às necessidades dos anunciantes?

Usar interatividade em equipamentos de mídia,

que possam transportar o usuário para um ambiente

digital é uma forma inteligente de se pensar

o meio. Usar mídia embarcada em painéis de estação

de metrô para oferecer créditos de celular e

rede wi-fi também traz benefícios para os usuários

More magazines by this user
Similar magazines