TUDO PRA VC EDIÇÃO 18 - COMPLETA

revistatudoprasuafesta

Revista com temas variados com assuntos para toda a família!

Sumário

Editorial

06

Educação

A sala mágina

12

Coluna Paulo Nassif

Inverno x Balança

10

Saúde

Selante

14

Capa

10 passos para uma

alimentação saudável

Expediente

Empresa Responsável

Mário Cesar Simões ME

CNPJ 95.370.722.0001-44

Escritório de contato:

Rua Pedro Biernaski, 545 sob. 03

Bairro Campo Comprido - Curitiba/PR

Escritório Comercial:

Rua Pedro Gusso, 3469, Sala 01

CIC - Curitiba/PR (41)3048.5005

Diretor Administrativo

Mário Cesar Simões

mariocesarsimoes@hotmail.com

(41) 9601.0778

A Revista TudoPraVocê está conquistando cada vez mais o seu leitor.

Com o objetivo de levar em cada edição assuntos de interesse familiar,

vem proporcionando em suas páginas uma leitura fácil, rápida

e atualizada.

Trazemos nesta edição uma reportagem sobre Inverno X Balança, na

coluna do Dr. Paulo Nassif. Você vai conferir 10 passos para uma alimentação

saudável. Na coluna de Pet falamos sobre a Giardíase. A

psicologia infantil também está presente, bem como o clube da criança

para os pequenos se divertirem.

Obrigado por nos acompanharem e continuem acessando nosso site

revistatudopravoce.com.br.

Boa Leitura!

Diretor Administrativo

Mário Cesar Simões.

20

Informe publicitário

Hérnia de disco

26

Casa e decoração

A contribuição das

flores para um

ambiente

28

Pet

Giardíase

Diretora Financeira/Comercial

Cristiane Oliveira

cristiane@tudopravocetrabalhador.com.br

(41) 8518-8046

Designers

Mário Cesar Simões

Sérgio de Oliveira Rocha Junior

Jornalista Responsável - Pollyana Martins

DRT - E 7000 PR

Distribuição Gratuita

Curitiba/PR e Região Metropolitana

30

Psicolgia Infantil

Criança e a

comida

31

Clube da Criança

Divirta-se

32

Cinema

Lançamentos

Os produtos oferecidos pelas publicidades,

bem como os textos e fotos colocados nos anúncios

veiculados são de total responsabilidade dos anunciantes,

ficando a Mario Cesar Simões ME,

isenta de qualquer ônus.

www.viewartecomunicacao.com.br

www.revistatudopravoce.com.br

1-Aquele que habita no esconderijo do Altíssimo, à sombra do Onipotente descansará.

Salmos 91

04 05


A sala “MÁGICA” do aprendizado

“Os especialistas em educação

falam que a escola almejada é

aquela em que os alunos dialogam,

discutem, duvidam, questionam e

compartilham conhecimentos. É

um lugar onde existe espaço para

transformações, para o respeito ao

diferente e ao diverso, para os acertos

e também os erros, para a criatividade

e para a colaboração.

Um lugar onde os professores funcionam

como guias, tutores de um

conhecimento que tiveram acesso

antes dos seus alunos e que agora

podem dividi-los com os alunos,

além das suas experiências.

Para Vygotsky, o processo de ensino-aprendizagem

é um processo

de interação social e a linguagem

é o elemento fundamental nesse

processo. Sendo assim, a possibilidade

de aprendizagem é ampla e

irrestrita e pode acontecer durante

uma aula, uma conversa com o

colega, um debate em grupo, uma

palestra, uma pesquisa na internet,

na leitura de um livro, através de

uma experiência vivida ou de uma

reflexão, enfim, enquanto vivo

aprendo coisas boas e outras nem

tanto.

Mas por que será que muitos alunos

acreditam que o aprendizado

só ocorre se ele estiver naquele

ambiente mágico chamado sala de

aula?

Um dia destes estava caminhando

em um corredor da Facear e percebi

dois alunos conversando: um

deles disse que iria a uma palestra

sobre empreendedorismo e o

outro estava indignado, pois não

teria aula e aquele assunto não lhe

serviria para nada, portanto iria

embora.

Como mudar este paradigma

quando o aluno passou toda sua

educação básica “aprendendo na

sala mágica”?

Os alunos estão “enquadrados” em

um sistema que os deixa míopes e

incapazes de quebrar esta rotina. E

ainda, os professores também têm

sua parcela de culpa, afinal eles

também tiveram sua educação na

sala mágica e agora reproduzem

aquilo que um dia aprenderam.

Então a sala de aula deve ser abolida?

Não, mas é preciso compreender

o seu papel e que o tempo

diante do professor representa

apenas um percentual no processo

de ensino e aprendizagem.

Proponho quebrarmos o encanto

da sala mágica para buscarmos

coelhos em outras cartolas.”

Murilo Andrade

Diretor Geral Facear

06


10


INVERNO X BALANÇA

O que fazer para não ganhar peso com a chegada

do frio?

Chegou o inverno e com ele a preocupação

com a balança. Mas será que o inverno

realmente é um vilão que nos faz

ganhar peso? Por quê? Há como evitar?

Veja as dicas da nutricionista Alessandra

Ferrarini do Instituto Paulo Nassif para

não ganhar os quilinhos extras no inverno

que com certeza serão dor de cabeça no

verão:

No inverno, principalmente nos dias mais

frios, sentimos mais fome que nas outras

estações do ano, isso porque o corpo precisa

trabalhar um pouco mais para manter

a temperatura interna regulada, que em

média varia entre 36 a 37 C. Assim, nossas

reservas de energia do fígado e músculos

são esgotadas mais rapidamente para a

produção de calor.

Então, se nessa época do ano temos nosso

metabolismo com um gasto energético

maior deveríamos perder peso, certo? Na

teoria sim, mas geralmente o que acontece

é o contrário, pois o corpo num mecanismo

compensatório aumenta a fome,

para que estas reservas sejam repostas.

Isso acontece porque o organismo tenta

poupar de todas as formas as reservas de

gordura armazenadas nas nossas células

adiposas.

Vale lembrar ainda que durante o inverno

muitas pessoas deixam de fazer atividade

física, ou se mantem mais sedentárias,

movimentando-se menos e dormem mais,

o que associado ao aumento do apetite

passa a ser uma combinação perfeita para

o ganho de peso.

Outro fator interessante é que quando

nos alimentamos, o organismo produz

calor para a digestão dos alimentos e absorção

dos nutrientes, o que nos dá uma

agradável sensação de conforto térmico.

Muitas vezes nem estamos com fome, mas

procuramos ingerir bebidas e alimentos

quentes para nos sentirmos aquecidos.

Com todo esse processo fisiológico

acontecendo no nosso corpo, associado a

questões psicológicas, durante o inverno

é comum optarmos por alimentos mais

calóricos e gordurosos.

Por isso, realmente é preciso tomar cuidado

para não exagerar e ganhar alguns quilinhos

extras. Manter uma alimentação

saudável é muito importante, inclusive

nos dias mais frios do ano.

Então as sugestões

são:

• Substitua os alimentos calóricos

pelas sopas a base de vegetais, sem adição

de queijo, creme de leite ou alimentos que

a deixem calóricas;

• Os legumes e verduras podem

ser consumidos na forma de cozidos ou

ensopados;

• Mantenha-se hidratado; Ingira

chás de ervas, que são excelentes para

manter o corpo aquecido;

• Consuma frutas como banana,

maçãs e peras que podem ser assadas ou

cozidas e consumidas quentes;

• Evite ficar longos períodos sem

se alimentar, isso fará com que você coma

em maiores quantidades;

• Procure não comer em excesso;

• Pratique exercícios físicos regularmente.

O Instituto Paulo Nassif, realiza palestras periódicas sobre

obesidade, para maiores informações entre em contato com o

Instituto Paulo Nassif - (41) 3026-0161

ou pelo email institutopaulonassif@institutopaulonassif.com.br

12


10 Passos para uma

alimentação Saudável

4. Reduza o consumo de alimentos

gordurosos, como carnes

com gordura aparente, salsicha,

mortadela, frituras e salgadinhos,

para no máximo 1 vez por semana.

Prefira os alimentos cozidos ou assados,

leite e iogurte desnatados e

queijos brancos.

8. Aprecie sua refeição e

coma devagar.

Faça de sua refeição um ponto de

encontro com a família. Não se

alimente assistindo TV ou lendo

livros e revistas. Reserve um tempo

do seu dia para as refeições fazendo

delas, momentos de muito prazer!

Atenção

- Comece com os passos que você

avalia que são mais fáceis de adotar

no seu hábito alimentar e de sua

família. Procure segui-lo todos os

dias.

Verifique os 10 passos para promover uma alimentação saudável, e escolha aqueles que podem trazer variedade e mudança

de qualidade em sua alimentação.

1. Aumente e varie o consumo

de frutas, legumes e

verduras.

Elas são ricas em vitaminas

minerais e fibras. As vitaminas e

minerais colaboram na manutenção

e no bom funcionamento do

organismo. E as fibras regulam o

funcionamento intestinal, dão sensação

de saciedade, e podem atuar

prevenindo várias doenças.

2. Coma feijão pelo menos

uma vez ao dia.

Varie os tipos de feijões usados e

as formas de preparo. Use também

outros tipos de leguminosas como

soja, grão-de-bico, lentilha, etc.

Coma feijão com arroz na proporção

de 1 para 2. Esse prato brasileiro

é uma combinação completa de

proteínas e bom para a saúde!

5.Faça pelo menos 4 refeições

por dia: café da manhã, almoço,

jantar e os lanches! Não pule as

refeições. Para lanche e sobremesa

prefira frutas.

6. Mantenha o seu peso dentro

dos limites saudáveis – veja

se seu IMC (Índice de Massa Corpórea)

está entre 18,5 a 24,9kg/

m2. O IMC mostra se seu peso está

adequado para a sua altura.

7. Consuma com moderação

alimentos ricos em açúcar,

como doces, bolos e biscoitos. Prefira

os cereais integrais.

9. Beba água!

Muita água! 60% do nosso corpo

é formado por água! Portanto,

beba em média 2 litros de água

(6-8 copos) por dia. Consuma com

moderação bebidas alcoólicas e refrigerantes.

1ml de álcool fornece

7kcal!! Prefira sucos de fruta fresca

ou polpa congelada.

10. Seja ativo!

Acumule pelo menos 30 minutos

de atividade física todos os dias.

Caminhe pelo seu bairro, suba escadas,

jogue bola, dance, enfim,

mexa-se!

- O hábito se adquire com constância

e persistência e é uma questão

de tempo.

- Quando sentir que o passo já faz

parte da sua rotina, siga para o

próximo passo.

- A alimentação saudável pode e

deve ser gostosa. Consulte receitas

para facilitar o consumo dos

alimentos que vão fazer parte dos

seus novos hábitos.

As informações aqui divulgadas

têm a função de fornecer uma

orientação geral, o que pode não se

aplicar a casos específicos.

Consulte sempre sua nutricionista

clínica ou médico sobre quais alimentos

são indicados em seu caso.

3. Reduza o consumo de sal.

Tire o saleiro da mesa. O sódio é

essencial para o bom funcionamento

do organismo, mas o excesso

pode levar ao aumento da

pressão do sangue (hipertensão),

e outras doenças. Evite temperos

prontos, alimentos enlatados e embutidos.

Use ervas frescas para realçar

o sabor.

15


21


UM

CONDOMÍNIO

DE TERRENOS

dos sonhos

LANÇAMENTO NO NEOVILLE. A 8 MINUTOS DO SHOPPING PALLADIUM.

TERRENOS COM PROJETOS

CONTEMPORÂNEOS GRÁTIS

A PARTIR DE 112 m 2 PRIVATIVOS

Rua Ernesto Biscardi, 1155, dentro do Neoville, vizinho do

Barcelona Neoville e do Neoville Center Mall, ao lado do

novo campus UTFPR e a 8 minutos do Shopping Palladium.

A PARTIR DE

R$

175.900 ,00

Valor referente ao lote 26

26

Atendimento ao cliente:

41 3567.8888

Rua Pedro Gusso, 2024 • Neoville

Esquina com Av. das Indústrias

Incorporação e realização:

Vendas:


GIARDÍASE

“A giardíase é a infecção causada pelo protozoário

flagelado de gênero Giardia.

No homem esse parasito vem sendo

reconhecido por causar doença entérica,

especialmente nos países em desenvolvimento.

Em virtude de sua grande

prevalência nas populações humana e

animal, e da transmissão zoonótica, a giardíase

é considerada um grave problema

de saúde coletiva.

Os cães desempenham um relevante papel

como hospedeiros de protozoários

gastrintestinais, o que propicia a contaminação

ambiental e a possível disseminação

de doenças por meio de contato direto,

veiculação hídrica, pelos alimentos e

outros materiais contaminados com suas

fezes. O maior número de animais afetados

está entre os animais jovens, menores

de um ano, que convivem com outros

doentes ou que possam ter acesso à água

contaminada, dada a resistência a viabilidade

desses parasitas em meios aquáticos.

dez dias. Os trofozoítas também podem

estar presentes nas fezes, mas são os cistos

os responsáveis pela transmissão; estes resistem

fora do hospedeiro, sobrevivendo

em água doce e fria.

A transmissão ocorre pela ingestão de cistos

na água ou em alimento contaminado.

Cerca de dez cistos são suficientes para

que ocorra uma infecção humana.

SINTOMAS

A maioria das infecções por Giardia é

assintomática. Os sinais clínicos são mais

comuns em filhotes e animais imunossuprimidos.

A diarréia é a manifestação mais comum e

vem acompanhada de dor abdominal, podendo

acontecer de forma aguda, crônica

ou em surtos intercalados com defecação

normal. As fezes são pastosas ou liquefeitas

e malcheirosas, geralmente claras

e acinzentadas, podendo conter muco. A

diarréia é geralmente autolimitante, raramente

apresenta sangue ou pus.

Outros sinais clínicos são a síndrome de

má absorção, que leva a emagrecimento,

anorexia, distensão abdominal, flatulência,

desnutrição, raquitismo e esteatorreia.

DIAGNÓSTICO

É de difícil estabelecimento em bases

clínicas. O diagnóstico definitivo é realizado

pelo encontro dos trofozoítas, cistos

ou antígeno em qualquer porção de fezes

ou fluído duodenal. No entanto deve-se ficar

atento, pois o diagnóstico da giardíase

por meio da pesquisa de trofozoítos ou

cistos apresenta elevada percentagem de

resultados falso-negativos.

O teste de Elisa também se mostrou útil

pela sua alta sensibilidade, que varia de

85% a 100%. Além disso, esse método

pode auxiliar no diagnóstico, eliminando

os resultados falso-negativos que ocorrem

nos exames microscópicos.

CICLO DE VIDA

O seu ciclo biológico é monoxênico

(apenas um hospedeiro definitivo). Os cistos,

ao chegarem ao duodeno, rompem-se,

deixando livres os trofozoítas que, por

processo de divisão binária, multiplicamse

intensamente, podendo tomar toda a

extensão do duodeno e o jejuno proximal.

Ao moverem-se para o cólon, ocorre

a transformação em cistos, perpetuando,

assim, o ciclo de vida.

Os cistos são eliminados pelas fezes em

grande quantidade (300 milhões a 14

bilhões por dia), ocorrendo períodos de

interrupção de sua eliminação por sete a

28


Criança e a

comida

LABIRINTO

Ache o caminho.

Criança que não quer comer

- A partir de que idade normalmente

a criança para de querer

comer ?

Psicóloga: Após o segundo ano de vida

o interesse da criança pela comida pode

diminuir.

- Por quê elas tem este tipo de

comportamento?

Psicóloga: Porque seu ritmo de crescimento

diminui e, portanto, necessitam

de menos alimento. Além disso, muitas

outras coisas estão acontecendo ao seu

redor e ficar sentado comendo pode significar,

para esta criança, perda de tempo.

A criança nessa fase quer correr, brincar,

descobrir, explorar e, comer, pode ficar

em segundo plano. Além disso, ela se torna

mais seletiva em relação aos alimentos

e suas preferências alimentares começam

a ser definidas.

- Como os pais podem fazer para

driblar esta situação?

Psicóloga: Pode ser util criar o hábito de

fazer com que a criança sente-se à mesa

para comer. Criança não precisa comer no

sofá, com a televisão ligada ou andando

pela casa.

Faça o prato da criança com pequenas

quantidades de comida, mas com alimentos

variados e nutritivos. Tente colocar

cores e fazer com que o prato seja atraente.

Não force a criança a comer tudo o que

está no prato e não faça da hora da refeição

um momento de briga.

Se ela recusar-se a comer, tire-a da mesa

e tente mais tarde. Lembre-se que as refeições

nunca devem ser substituídas

por bolachas, doces e outros tipos de

alimentos, inclusive mamadeira. Quando

a criança sentir fome, ela pedirá. Volte a

oferecer comida no horário da próxima

refeição.

Após o terceiro ano de vida essa dificuldade

tende a diminuir. A criança aceita

melhor experimentar novos alimentos e

mostra-se mais independente para alimentar-se.

Esse informativo, não substitui a terapia

ou psicoterapia oferecida por um

psicólogo

Marisa de Abreu Alves Psicóloga

CRP 06/29493-5

Vamos pintar ?

“Faça o prato da criança com

pequenas quantidades de comida,

mas com alimentos variados e

nutritivos”.

Fonte:

www.marisapsicologa.com.br

(11)3262-0621

30 31


Próximos lançamentos

Quarteto Fantástico

Quatro adolescentes são conhecidos pela

inteligência e pelas dificuldades de inserção

social. Juntos, são enviados a uma

missão perigosa em uma dimensão alternativa.

Quando os planos falham, eles retornam

à Terra com sérias alterações corporais.

Munidos desses poderes especiais,

eles se tornam o Senhor Fantástico (Miles

Teller), a Mulher Invisível (Kate Mara), o

Tocha Humana (Michael B. Jordan) e o

Coisa (Jamie Bell). O grupo se une para

proteger a humanidade do ataque do

Doutor Destino (Toby Kebbell).

A Escolha Perfeita 2

Após conquistarem o sucesso, as Barden Bellas ganham a oportunidade de se apresentar

para ninguém menos que o presidente dos Estados Unidos. Só que o show é um grande

fiasco, o que as torna uma vergonha nacional. Diante do ocorrido, as Bellas são proibidas

de participar de competições no meio acadêmico e até mesmo de aceitar novas

integrantes. A única saída de Beca (Anna Kendrick), Fat Amy (Rebel Wilson) & cia é

vencer o campeonato mundial a capela, o que apagaria as punições aplicadas ao grupo.

Mas há um problema: nunca uma equipe americana venceu o torneio.

O Pequeno Príncipe

Missão Impossível - Nação

Secreta

Ethan Hunt (Tom Cruise) descobre que

o famoso Sindicato é real, e está tentando

destruir o IMF. Mas como combater uma

nação secreta, tão treinada e equipada

quanto eles mesmos? O agente especial

tem que contar com toda a ajuda disponível,

incluindo de pessoas não muito

confiáveis.

32

Uma garota acaba de se mudar com a

mãe, uma controladora obsessiva que

deseja definir antecipadamente todos os

passos da filha para que ela seja aprovada

em uma escola conceituada. Entretanto,

um acidente provocado por seu vizinho

faz com que a hélice de um avião abra um

enorme buraco em sua casa. Curiosa em

saber como o objeto parou ali, ela decide

investigar. Logo conhece e se torna amiga

de seu novo vizinho, um senhor que lhe

conta a história de um pequeno príncipe

que vive em um asteróide com sua rosa e,

um dia, encontrou um aviador perdido no

deserto em plena Terra.


Exemplares

anteriores

Seja um anunciante!

Entre em contato com o nosso

departamento comercial

contato@viewartecomunicacao.com.br

(41) 3048-5005 | 3248-2878 | 3248-5761

34

More magazines by this user
Similar magazines