Revista Carta Premium - 5a Edicao

revistacartapremium

Quinta edição da revista Carta Premium traz reportagens exclusivas sobre gins premium nacionais, lista de espumantes premiados, mais de 100 opções de receitas de drinques e coquetéis com cachaça, lançamentos de destilados e de cervejas

In Praesentia

cervejarias artesanais lá fora e no Brasil, menciona ainda

o reflexo na remuneração. “O profissional beer sommelier

precisa ser bem melhor valorizado pelos bares e restauntes.

Não são todos os estabelecimentos que incluem esses

profissionais. Ele ainda é visto como um garçom com um

conhecimento um pouco mais valorizado”.

Guilherme lembra do problema que a má orientação pode

gerar: “É bom lembrar, que cada vez mais pessoas têm

acesso a informações sobre cervejas artesanais. É muito

importante checar se as informações estão corretas, pois

muitos formadores de opinião podem passar informações

errôneas, sem mesmo saberem. Gosto é gosto, então caso

alguém aprecie de alguma combinação inusitada ou cervejas

de uma forma não tão ideal, não se deve reprimir.

E por última, é preciso abrir a sua cabeça para novas

experiências, sabores e aromas, pois isso tudo vai fazer a

diferença para que você sempre tenha a melhor degustação

e harmonização possível, sempre”.

O ponto de vista do profissional

Se por um lado os empreendimentos de A&B precisam

se atualizar e dispor de um profissional especialista na

área, como é o caso do sommelier de

vinhos, por outro cabe ao profissional

ajudar o estabelecimento a se manter

antenado às novidades e a tudo

aquilo que um novo cliente poderá

demandar ou pedir à mesa.

Como docentes da área tanto Guilherme

quanto Matheus procuram

mostrar aos alunos a necessidade do

constante aprimoramento e acompanhamento

de tendências. “Quando

a pessoa se forma como beer sommelier

ela ainda tem muito, muito

o que aprender. O que estudou não

é suficiente. Os cursos são apenas

um ‘start’, um começo bem orientado

para essa pessoa começar a carreira.

Afinar o paladar e melhorar o

seu sensorial requer muita prática.

Desenvolver-se como beer sommelier

requer mita prática e muita experiência.

A primeira coisa é saber que

não poderá parar de estudar nunca,

não é porque se formou que já entende

de tudo. O curso é apenas um começo.

O sommelier de cervejas precisa

estar muito antenado a tudo que

acontece no mercado, principalmente

no mercado brasileiro, onde há realmente

muitas mudanças e rápidas.

Quem ficar desatualizado ficará sem

assunto, não conseguirá fazer uma

boa apresentação de uma cerveja à

frente do cliente”, enfatiza Matheus.

“É a questão do aperfeiçoamento

constante. Muita coisa nova aparece

todo dia e se você não ficar antenado

e atento ao que está no mercado você

fica pra trás”, concorda Gulherme.

Onde estamos e para onde

vamos?

Um exemplo prático do trabalho do

sommelier é a indicação das oportunidades

com as mudanças de estação,

como é o caso agora do verão. E os

141

More magazines by this user
Similar magazines