Views
2 months ago

apostila-drones-e-vants-160301200926

Drones e VANT’s Art.

Drones e VANT’s Art. 3º – Serão nulas de pleno direito as perícias e avaliações e demais procedimentos indicados no Art. 2º, quando efetivados por pessoas físicas ou jurídicas não registradas nos CREAs. Art. 4º – Os trabalhos técnicos indicados no artigo anterior, para sua plena validade deverão ser objeto de Anotação de Responsabilidade Técnica (ART) exigida pela Lei nº 6.496,de 07.12.1977. Parágrafo único – As Anotações de Responsabilidade Técnica dos trabalhos profissionais de que trata a presente Resolução serão efetivadas nos CREAs em cuja jurisdição seja efetuado o serviço. Art. 5º – as infrações à presente Resolução importarão, ainda, na responsabilização penal e administrativa pelo exercício ilegal da profissão, nos termos dos artigos 6º e 76 da Lei nº 5.194/66. Resolução nº 359, de 31/07/1991 CONFEA. Dispõe sobre o exercício por profissional, o registro e as atividades do Engenheiro de Segurança do Trabalho, e dá outras providências. Art. 4º – As atividades dos Engenheiros e Arquitetos na especialidade de Engenharia de Segurança do Trabalho são as seguintes: 4 – Vistoriar, avaliar, realizar perícias, arbitrar, emitir parecer, laudos técnicos e indicar medidas de controle sobre graus de exposição a agentes agressivos de riscos físicos, químicos e biológicos, tais como: poluentes atmosféricos, ruídos, calor, radiação em geral e pressões anormais, caracterizando as atividades, operações e locais insalubres e perigosos. Art. 195 – Consolidação das leis do trabalho A caracterização e classificação da insalubridade e da periculosidade segundo as normas do Ministério do Trabalho, far-se-ão através de perícia a cargo do Médico do Trabalho ou Engenheiro do Trabalho, registrados no Ministério do Trabalho (APEJESP, 2015). 64

5 Aulas práticas de Voo (Simulador e Aulas externas). Drones e VANT’s Utilizaremos o simulador "Super SimX All-In-One", que permite se ter contato com todos os modelos de drones, através do controle de rádio costumeiro do voo real. Este primeiro contato é muito importante para a formação do futuro piloto. Pois, através dele se torna possível a persepção do nível de dificuldade de pilotagem e dos cuidados com a segurança. Como forma de inserção aos termos técnicos de voo, abaixo podemos ver alguns detalhes: Quanto às manobras básicas de voo, temos o "rolling", também chamado de rolagem (em torno do eixo longitudinal), o "piching", também chamado 65

opticaforense001
Download Revista em PDF edição nº- 20 - APCF
Apostila
Apostila do OrCad - Faculdade de Engenharia - pucrs
Aula 6 - Atribuições Profissionais pela Resolução 1010 - UTFPR
Auditoria Médica - Isaias Levy - I Fórum de Defesa Profissional da ...
VITALLY OFICIAL 16
Laudo Técnico Vicuña - Ibama
32pqiF0oG
Súmula da Reunião Ordinária n° 1022, da Câmara ... - Crea-RS
Revista ed.98 - Crea-RS
ASSOCIAçãO BRASILEIRA DE GEOLOGIA DE ... - ABGE
universitas_8_edicao
Edição 45 RBCIAMB
MANUAL DO ENGENHEIRO.pmd - Senge-MG
01. capa.cdr - Crea-SP
Como garantir a segurança alimentar? - Crea-RS
Administração em Foco - Inteligente Site
2011 AZ IFF-MACAÉ - Sustentabilidade e Engenharias - Aula
inforeason_folder_irserver
BLOCKBIT_UTM_v1-1_datasheet_R2_PT_BR_FINAL.compressed (1)
PORTFÓLIO - TS (Thiago Mesquita)
Portfólio
Rodriane Souza - CFESS
Revista 86 - CRF-SP
o transporte público hidroviário - Crea-RS
2011 EM NÚMEROS CONCURSO NACIONAL DE ACESSO - DGES
P028 Introductory lecture - Departamento de Engenharia Elétrica e ...
P028 Introductory lecture - Departamento de Engenharia Elétrica e ...
75 Anos Crea-RJ – A invenção de um novo tempo