Views
5 months ago

Revista Seleções Carnavalescas 2018

Seleções Carnavalescas - Poços de Caldas 2018

Honra, amor ao Carnaval

Honra, amor ao Carnaval e respeito aos foliões Revista Seleções Carnavalescas celebra 66 anos de história, junto de pessoas importantes nessas mais de seis décadas São 66 anos de amor ao Carnaval. Desde 1952, a revista Seleções Carnavalescas circula ininterruptamente e acompanha toda a evolução dessa festa. A ideia surgiu da mente visionária do jornalista Décio Alves de Morais que, junto do amigo Alexandre Xandó, criou uma das publicações mais antigas ainda em circulação sobre o Reinado de Momo no Brasil. Inicialmente a revista era um guia de marchinhas distribuído aos foliões e cresceu à medida que fez sucesso. Assim, a Seleções passou a ser um documento histórico sobre o Carnaval e que registra, ano a ano, também a evolução das artes gráficas e da comunicação. Décio sabe da importância que esse trabalho tem, tanto que a revista foi reconhecida como de utilidade pública pela Câmara Municipal. “Prestamos esse serviço pela honra, amor ao Carnaval e respeito aos foliões que aguardam pela revista todos os anos”. Além de Décio, a família dele também atua ativamente na revista, como a filha Rossmaly Alves de Moraes e o neto, Juliano Borges, ambos jornalistas. Desde 2015, o conteúdo também pode ser acompanhado pela internet, no portal de notícias Poços Já (pocosja.com.br). Para celebrar os 66 anos, a reportagem da Seleções procurou algumas pessoas que são relevantes nessa história. 30 Seleções Carnavalescas 2018 • 66 anos

“A Seleções Carnavalescas é uma enciclopédia da nossa arte, da nossa cultura. Como sambista, para mim é muito emocionante ter uma revista que valoriza a identidade brasileira e homenageia pessoas que muitas vezes passam despercebidas. A cidade deveria agradecer e apoiar mais esse tipo de registro, que é histórico”. Mestre Bucha (Saci-Pô) “História de vida e compromisso com a maior festa brasileira. A Seleções representa a cultura no seu formato pleno e sustentável”. Gustavo Durante e Angélica Vianna (Vivaldinos da Vivaldi) “O trabalho do Décio é muito significante para Poços de Caldas, ele é o pai da imprensa da nossa cidade. A revista faz uma propaganda muito boa da cidade, sempre prestigiou o Carnaval, as escolas de samba, é uma revista que não pode faltar nunca. Eu fico muito satisfeito de divulgar essa revista, que eu tenho guardadas quase todas as edições. Espero que ela nunca falte”. Sérgio Alvisi, o Lira (Regional do Lira) “A revista faz um grande e importante registro histórico do Carnaval da nossa cidade. Quando eu criei o Carnabebê, senti a consagração do evento quando ele passou a integrar a revista! Foi como se, a partir daquele momento, ele realmente tivesse passado a existir na cidade!” Bia Câmara (Carnabebê) Seleções Carnavalescas 2018 • 66 anos 31

A arte do efêmero: carnavalescos e mediação cultural no Rio de ...
tiAnA E SuA GRAndE FAmÍliA CARnAVAlESCA páG ... - ABCD Maior
A festa mais popular do Brasil - Portal PUC-Rio Digital - PUC-Rio