Views
3 months ago

Revista MB Rural Ed 34

MANEJO DE PASTAGENS II

MANEJO DE PASTAGENS II Wagner Pires Engenheiro Agrônomo wagner@circuitodapecuaria.com.br www.circuitodapecuaria.com.br Uma pastagem de Excelência Ano novo, vida nova, pasto degradado e pecuária de baixo lucro! Opa! Nós não queremos isso e nem podemos trabalhar desta forma, pois afinal somos Pecuaristas que buscam a excelência. O ano de 2018 promete, pelo menos no Agronegócio, pois na política, justiça e economia eu não sei, mas nós da pecuária queremos estar com nossas propriedades preparadas para quando este pais “maravilhoso” sair desta crise. O que fazer? É simples, basta seguir os conselhos do Consultor Wagner Pires. Não queira retirar do solo aquilo que ele não tem Muitos pecuaristas querem ter em suas fazendas gramíneas de alta produtividade, porem para que ela produza bastante ela necessita de mais nutrientes que as gramíneas menos produtivas. Será que o seu solo dispõe destes nutrientes? Se você não tem esta resposta, então colete amostra de solo dos seus vários pastos e mande fazer análise para saber. Estabeleça um plano de curto, médio e longo prazo para melhorar a fertilidade De posse da análise a primeira coisa que você deve fazer é trocar ideia com um Engenheiro Agrônomo para ver o que fazer para corrigir a acides do seu solo, levar Cálcio para as camadas mais profundas, melhorar a Saturação de Base e os níveis de Fósforo. Por onde começar? Comece pelas gramíneas mais exigentes. Pelos pastos livres de invasoras. Pelos pastos menores.Pelos pastos que você pretende trabalhar com uma taxa de lotação mais elevada. Qual o primeiro passo? Se for reformar o pasto aplique a dosagem total de Calcário que a Análise de Solo pediu e use o calcário correto sempre visando uma relação de Ca/Mg de 3:1. 24 EDIÇÃO 34 | ANO 07 | NOV/DEZ 2017

Se for recuperar o pasto ou você usa um subsolador ou um aero solo para incorporar o calcário ou você divide a dosagem recomendada em 2 a 3 anos. Não se iluda com produtos milagrosos Por exemplo produtos que prometem com uma dosagem bem pequena corrigir a acides do seu solo. Enquanto estes produtos milagrosos estiverem sob investigação dos pesquisadores eles não merecem o nosso voto. Opá, que o pecuarista compre. E o fósforo? Estou falando de Fosforo e não de fosforo que faz fogo! Desde que a acides já esteja corrigida você pode começar a trabalhar com um pouco de fertilizante a base de fosforo, mas não exagere na dosagem e na área adubada, pois você pode produzir muito pasto e não conseguir colher. Controle das plantas daninhas. Lembre-se de que as plantas daninhas contam com um sistema radicular muito mais poderoso que o das gramíneas forrageiras e além disso são tolerantes a baixa fertilidade, portanto a briga é desleal. Antes de pensar em adubar você deve controlar as plantas daninhas. Planta daninha, político corrupto e MST acabam com quem quer ter uma pecuária produtiva. Tenha um olho no gado e o outro nas pragas Agora na temporada da chuva é preciso que o pecuarista tenha um olho no seu gado e o outro nas pragas que atacam o pasto. Tem que imitar o olho daquele cara que foi preso, como é mesmo o nome dele? Fique atento as cigarrinhas e não espere a vaca ir pro brejo para começar a controlar, lembre-se que os melhores produtos são sistêmicos e para que eles transloquem por toda a planta é necessário que a gramínea esteja sadia e isso só é possível no começo. Cuidado com as lagartas, tem umas que estão dispostas a levar o lucro do pecuarista na mala. Divisão ajuda no manejo e na colheita do pasto Na hora de dividir o pasto o pecuarista deve atentar para as distancias da águada ao fundo do pasto, se for dividir o pasto em 2 ou 3, é recomendável que as divisões sejam aproximadamente iguais, para assim se for alternar ou rotacionar o lote não tenha problema de manejo. Uma diferença de até 10% é aceitável. Para uma boa divisão nada melhor do que um mapa feito corretamente. Isso ajuda e barateia o trabalho. Se o pecuarista achar que a conta com arame, mão de obra e EDIÇÃO 34 | ANO 07 | NOV/DEZ 2017 25

MB Rural Ed. 30
Mb Rural Ed. 19
Revista MB Ed. 31 2017
Revista Visão nº 4
Manejo da Pastagem - Universidade Federal de Pelotas
Estudo de Caso - Condomínio Irmãos Pizzolatto - Iapar
Pastoreio Racional VOISIN.p65 - CPRA
PASTOREIO RACIONAL VOISIN - CPRA
O produtor pergunta, a Embrapa responde. - Infoteca-e - Embrapa
Revista Visão nº 9
13-04-2013_16-51Vet 1423_2932 LD.pdf - Revista Pesquisa ...
Revista Brasileira de Zootecnia Do bocado ao pastoreio ... - SciELO
Arborização de Pastagens - Embrapa Florestas
Caracterização da Pecuária Leiteira em Cinco Comunidades do ...
UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA - Tcc.cca.ufsc.br ...
Produção de Ovinos e Caprinos de Corte em - Capritec
Download - Núcleo de Ensino e Estudos em Forragicultura
Melhorar a produtividade agrícola é um passo importante para a mitigação climática
Dinâmica e evolução de sistemas familiares de ... - Ainfo - Embrapa
QUALITAS QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL LIMITADA ... - Qualittas