Views
9 months ago

edição de 12 de fevereiro de 2018

marcas Píer X é novo

marcas Píer X é novo modelo de negócio que se concentra na experiência Loja pop-up fez três meses em Porto Alegre e deve chegar a São Paulo em breve; além de loja multimarcas, há espaço para outras atividades Claudia Penteado Muitas idas à maior feira de tendências de varejo do mundo, a National Retail Federation (NRF), em Nova York, e a certeza de que o varejo precisa mudar para se adaptar às muitas transformações do comportamento de compra das pessoas serviram de inspiração para um novo modelo de negócio: o Píer X, que tem na sua essência as novas possibilidades do uso da tecnologia no varejo e o foco na experiência. Inaugurado há três meses, a mistura de loja pop- -up multimarcas e espaço para lançamentos de produtos, diversão, cultura e tecnologia foi criado pelo empresário gaúcho Gustavo Schifino, presidente do Comitê de Ética da ABF (Associação Brasileira de Franchising), e por Evandro Ferrer, o CEO da Ancar Ivanhoe, empreendedora com mais de 40 shoppings pelo Brasil, entre eles o Iguatemi de Porto Alegre, onde o novo espaço foi instalado. Também são sócias do projeto a Algre e Amai Ojama. A Ancar Ivanhoe fez a sua aposta ao oferecer o espaço de 534 metros quadrados para o Píer X - uma plataforma de experiências que está servindo como laboratório deste novo modelo de negócio dentro do conceito de “market place phygital”, onde todos os produtos e serviços buscam oferecer experiências inovadoras para os clientes. No Píer X, todas as transações financeiras são realizadas através de um único aplicativo sem qualquer intermediário, e o crédito deve ser inserido através de um ATM da Saque e Pague. “A proposta, totalmente voltada para a experiência, nasceu a partir da comunhão de uma mesma visão de futuro. Talvez estejamos falando dos primeiros passos de um quarto setor da economia: a experiência”, diz. Além da exibição dos principais lançamentos de marcas Além da loja multimarcas, escolas de rock e de ioga são algumas das atividades que o espaço abriga em Porto Alegre importantes - como guitarras Fender, baterias Roland, coleção Andy Warhol by Billabong, Phanton by Hurley e Drop Boards -, o espaço conta com um restaurante operado pela Bendita Horta, bar, galeria de arte, escola de ioga (Casa Bela Vista) e de rock (School of Rock) e palco para shows. Mutável, de acordo com os ciclos naturais das estações do ano, estará sempre com novos produtos em exposição, atrações culturais, ingredientes utilizados nos pratos e decoração. Cada setor conta com um curador, especialista em sua área, e também os “helpers” para esclarecer dúvidas. Para que tudo funcione perfeitamente, a Claro/NET disponibilizou 240 mega de internet wi-fi. O Píer X é também o primeiro bar de consumo consciente de álcool do Brasil. O perfil do consumidor será controlado pelo app, que proíbe a venda de cerveja para menores, sensibiliza motoristas e define um limite de “A propostA, totAlmente voltAdA pArA A experiênciA, nAsceu A pArtir dA comunhão de umA mesmA visão de futuro” consumo individual. Também oferece estacionamento noturno grátis no shopping e desconto no Cabify para voltar pra casa e buscar o carro no dia seguinte. A plataforma pretende se tornar a maior doadora de três instituições de caridade da cidade através do projeto Garagem do Bem, que vai receber doações de instrumentos musicais, skates e pranchas de surfe, que ficarão expostas para serem adquiridas por outras pessoas. Por meio do Divulgação app, as peças podem ser compradas pelo valor que o comprador definir, e doado para a instituição que ele escolher. Ferrer, da Ancar, afirma que esta é uma tentativa de testar novos modelos de interação entre shopping center, lojistas e consumidores a partir das mudanças de comportamento das próximas gerações e a interferência da tecnologia no dia a dia. “Nosso objetivo era tirar do papel os insights que tivemos durante a NRF e colocá-los em prática com um modelo de negócio ousado e totalmente inovador. Inovar é isso. É estar aberto e experimentar sem ter medo de errar”, conclui. Com formato de loja pop-up, o Píer X tem data para acabar, em dezembro de 2018. Neste meio-tempo, deve chegar também a São Paulo. Os empreendedores já buscam um espaço nos mesmos moldes no Eldorado, para testar o modelo entre os paulistanos. 32 12 de fevereiro de 2018 - jornal propmark

Marcas Drogaria Onofre escolhe DM9DDB para fazer seu reposicionamento Rede de farmácias que, desde 2013, pertence ao grupo internacional CVS Health tem como meta atingir operação omnichannel e integrada Cristiane Marsola Integração é a palavra do ano para a Drogaria Onofre. “Nossa meta em 2018 é ter todas as bases integradas e operação omnichannel”, afirma Eduardo Mangione, que desde quando assumiu como diretor de marketing da empresa, em agosto, trabalha para implementar o modelo na empresa. “A gente tinha uma divisão mais forte por canal, mas o consumidor é um só e ele é impactado por múltiplos canais. Nós temos de falar com o consumidor independentemente do canal”, diz o executivo, que também é responsável pela recém-criada área de e-commerce. Parte do trabalho de comunicação e marketing é feito dentro da empresa, mas para a publicidade a Drogaria Onofre escolheu a DM9DDB. “A campanha deve sair entre março e abril. Estamos trabalhando ativamente na parte estratégica e no reposicionamento da comunicação. Vamos veicular uma campanha de branding, mostrando as novidades para este ano”, afirma o executivo, sem dar detalhes da comunicação. A ideia é fazer a marca se diferenciar da concorrência. “O mercado farma não tem muita tradição na construção de marca. É um mercado muito comoditizado. A maioria dos consumidores não tem marca favorita ao escolher a farmácia. São mais de 70 mil farmácias no Brasil. A Droga Raia, que é líder, tem 1.500 lojas”, afirma. O executivo afirma que a agência é uma parceira muito importante. “A DM9DDB é especialista em construir marca, tem uma qualidade criativa imbatível”, afirma Mangione. A Drogaria Onofre foi comprada pela CVS Health, em 2013, e algumas características da rede devem ser trazidas para o Brasil, respeitando a legislação, que é muito específica. Eduardo Mangione, diretor de marketing da Drogaria Onofre: “Mercado farma não tem muita tradição na construção de marca” “Lá fora a CVS é muito mais avançada principalmente pela diferença de serviços primários que podem ser oferecidos. Parte de nossas lojas começou a oferecer medição de glicemia e pressão. A Onofre Clinic é um primeiro passo para a ampliação de serviços primários ao consumidor. Mês que vem, o serviço, que está em teste, será ampliado para vacinação”, fala. O executivo conta que, em breve, a farmácia ainda deve lançar programas de acompanhamento à gestante, de auxílio para parar de fumar ou para perder peso. As mudanças na Onofre começaram com a atualização do site, em parceria com a Oracle. Foram 15 meses de trabalho para aumentar o portfólio de produtos e atender o público de forma mais assertiva. “Introduzimos muitas inovações. Uma delas é que a Onofre é a única “A gente tinhA umA divisão mAis forte por cAnAl, mAs o consumidor é um só e ele é impActAdo por múltiplos cAnAis” Divulgação empresa que entrega no dia seguinte para interior de São Paulo. Isso é muito valorizado pelo consumidor”, fala. Outra novidade é poder encomendar o produto não encontrado para retirar na própria loja. “Uma das primeiras ideias de multicanalidade é a fastline. A pessoa chega na loja e, se não encontrar algo, pode pedir e, em algumas horas, o produto chega”, explica Mangione. A ferramenta existe há cerca de cinco meses e já está em todas as lojas. “A resposta foi muito forte. Mais de 90% dos consumidores voltam à loja e compram o produto”, conta. Hoje são 43 lojas em três estados. Para este ano, a marca pretende abrir de dez a 15 lojas. “E faremos um investimento muito mais forte no e-commerce, que hoje representa 45% das nossas vendas”, explica. jornal propmark - 12 de fevereiro de 2018 33