Views
1 week ago

GAZETA DIARIO 503

02 Opinião Foz do

02 Opinião Foz do Iguaçu, sexta-feira, 9 de fevereiro de 2018 ÍNDICE Página 1 até 32 EDITORIAL E COLUNA 2 CIDADE 3 POLÍTICA 4 POLÍTICA 5 BICO DO CORVO 6 CIDADE 7 CAMPANA/POLÍTICA 8 POLÍTICA 9 CIDADE 10 CIDADE 11 CIDADE 12 GERAL 13 TURISMO 14 A 16 COTIDIANO 17 A 24 CLASSIFICADOS 25 PANORAMA 26 EDITAL 27 E 28 POLÍCIA 29 ESPORTE 30 A 32 EDITORIAL Começou a Operação Carnaval nas estradas Milhões de brasileiros estarão, a partir de hoje, pegando a estrada. Para onde vão? Para toda espécie de lugar desde que não seja a cidade deles. Paulistas "descerão" a serra em direção ao litoral. São Paulo ficará vazia. Todos se encontrarão lá embaixo na praia. Às vezes os problemas "descem" junto, e o principal se chama fila. Fila no supermercado, na praia para alugar cadeira, para comprar canga e depois para tomar banho no chuveiro. São Paulo não é a única cidade a debandar no feriado. Curitiba, por exemplo, também "desce" a serra. Mas muitos curitibanos e gente da região metropolitana, dos Campos Gerais, de Guarapuava, entre outras localidades, pegarão a estrada na direção de Foz do Iguaçu. Na BR-277 passarão por carros levando iguaçuenses para todos os pontos cardeais. Pelo menos uma categoria terá certeza de passar um feriadão estressada: os policiais rodoviários federais, que desde a meia-noite já estão na Operação Carnaval. Segundo a PRF, o carnaval é um feriado crítico para a fiscalização devido ao fluxo intenso nas rodovias federais e ao consumo abusivo de álcool. Daí, infrações como ultrapassagem indevida, excesso de velocidade e falta de equipamentos de segurança. Capacete, cadeirinha de bebê e cinto de segurança encabeçam a lista. Dados da Polícia Rodoviária Federal registraram 1.696 acidentes de trânsito nas rodovias federais no feriado prolongado do carnaval de 2017. Do total, 323 foram considerados graves. Infelizmente 140 pessoas morreram. É exatamente isso que todos devemos evitar. Se for viajar sozinho, sozinha, com o cônjuge, com a família, faça primeiramente um checape no veículo. Veja como estão os pneus, inclusive o estepe, e os faróis antes de entrar na rodovia. E, em viagens longas, não se esqueça de parar para descansar. Nada de pressa, pois com paciência todos chegam ao destino. Outro conselho importante é estar atento aos apressados e manter distância dos que cometem infrações. Que todos curtam a festa, cada um do seu jeito e com segurança. Eu leio o Gazeta Diário O maestro Naor Gomes, que já comandou o Coral Municipal de Foz do Iguaçu, é leitor do Gazeta Diário extrapauta Petrobras anuncia redução do preço da gasolina em 3% nas refinarias Em meio à discussão sobre a formação do preço dos combustíveis nos postos país afora, a Petrobras anunciou ontem (8) a maior redução dos valores da gasolina e do diesel combustível de 2018. A partir de hoje (9), os novos preços estarão 3% (gasolina) e 2,6% (diesel) mais baratos nas refinarias. Ontem o ministro da Secretaria-Geral da Presidência da República, Moreira Franco, pediu ao Conselho Administrativo de Defesa Econômica (CADE) que apure o motivo de as constantes quedas dos preços dos combustíveis não serem repassadas para os consumidores. "De fato hoje encaminhamos ao presidente do CADE uma solicitação para que a nova política que está sendo implementada pela Petrobras gere as consequências no bolso do consumidor; do brasileiro", disse Moreira. Segundo o ministro, durante muito tempo o país teve uma política de preço baseada no tabelamento, fato que teria gerado "uma série de hábitos culturais". "Já a nova política é para beneficiar os consumidores, com a concorrência entre fornecedores. O consumidor tem o direito de escolher o preço mais baixo. Isso só se dá quando existe concorrência; quando não há cartel", afirmou o ministro. Moreira Franco avaliou que "o que nós estamos vendo é que os resultados já obtidos quanto à queda dos preços da Petrobras não se reflete na bomba de gasolina. Ou seja, o consumidor não está sendo beneficiado por essa nova política, que existe justamente para beneficiar o consumidor". Política de preços A Petrobras vem quase que diariamente informando em seu site (petrobras.com.br) os preços a serem praticados nas refinarias. Uma consulta constatou que a queda de preços anunciada hoje é a maior desde o final do ano passado. De 29 de dezembro de 2017 a 9 de fevereiro de 2018, a estatal fez 29 anúncios de preços nas suas unidades de refino. No caso do diesel, foram anunciadas 14 reduções e 15 aumentos de valores. Já a gasolina teve 15 anúncios de queda e 14 altas de preços. De acordo com o levantamento de preços da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), na semana entre 28 de janeiro e 3 de fevereiro de 2018, o preço máximo do litro da gasolina chegou a R$ 5,15; e o mínimo ficou em R$ 3,579. Já o litro do diesel, no mesmo período, custava R$ 4,479 e R$ 2,939. (Da Agência Brasil)

Foz do Iguaçu, sexta-feira, 9 de fevereiro de 2018 REDE ESTADUAL Cidade 03 Escolas receberão recursos para investir em computadores e internet Programa foi anunciado nessa quinta em Foz; cada escola receberá R$ 150 mil; investimento total será de R$ 133 milhões Da redação com assessoria Reportagem O coordenador-geral da Casa Civil para a Região Oeste do Paraná, Phelipe Mansur, e o secretário titular da pasta, Valdir Rossoni, anunciaram nessa quinta-feira (8), em Foz do Iguaçu, um programa criado para aparelhar tecnologicamente as escolas do estado. Pelo programa Escola Conectada, cada instituição vai receber recursos a partir de R$ 150 mil em equipamentos e rede de internet, totalizando — nesta que é a primeira das três etapas do programa — um investimento de R$ 133 milhões. Quatorze diretores de escolas da região incluídos nesta primeira etapa assinaram o termo de adesão ao programa, em solenidade realizada da Fundação Cultural. São unidades educacionais de Foz do Iguaçu, Matelândia, Medianeira, Missal, Santa Terezinha de Itaipu, São Miguel do Iguaçu e Serranópolis, que, juntas, receberão um total de R$ 2,9 milhões para investimentos em rede de wi-fi, notebooks, desktops, impressoras e projetor de multimídia, entre outros equipamentos. "Começamos investindo na estrutura com o Escola 1.000, depois atendemos as outras unidades educacionais com o programa Reforma Rápida. Agora, o Escola Conectada vem para modificar a realidade tecnológica das escolas", destacou Rossoni. O novo programa vai atender cerca de 700 escolas em cada etapa, chegando ao final com a totalidade da rede estadual atendida. Colégios terão arena para atividades esportivas Rossoni e Mansur vistoriam obras em escolas de Foz do Iguaçu Fotos: divulgação Diretores de escolas da região prestigiaram o lançamento do programa Uma arena ampla, com piso sintético, cobertura e iluminação adaptada para as mais variadas atividades esportivas, com um investimento de R$ 300 mil. O incremento foi anunciado por Rossoni e Mansur, em visita aos colégios estaduais Monsenhor Guilherme e Castelo Branco. Acompanhados dos diretores, Rossoni e Mansur inspecionaram as obras de reforma das duas instituições, incluídas no programa Reforma Rápida, do governo estadual. Pela iniciativa, 35 escolas da região estão recebendo entre R$ 150 mil e Para o coordenador-geral da Casa Civil, Phelipe Mansur, o novo programa vem complementar o trabalho de reformas em andamento nas escolas da região e permitirá a professores e alunos maior dinâmica nos processos de ensino e aprendizagem. "É uma ação de fundamental importância porque precisamos dar melhores condições de trabalho a diretores e professores e atualizar o ensino a nossa realidade tecnológica", afirmou Mansur, que acompanha de perto as reformas em 35 unidades educacionais da região. R$ 500 mil para reparos, com prazo de execução de 180 dias. "Estamos acompanhando as obras porque são recursos públicos que precisam efetivamente se reverter em benefício da comunidade escolar", comentou Mansur. Além da arena, os dois colégios vão receber uma academia ao ar livre. "Vou fazer uma festa com os professores e alunos no primeiro dia de aula", comemorou o diretor do Castelo Branco, Carlos Mendes Taborda, ao saber que ganharia uma arena. "Estamos há mais de 12 anos esperando essa reforma", contou.

GAZETA DIARIO 461
GAZETA DIARIO 440
GAZETA DIARIO 459
GAZETA DIARIO 423
GAZETA DIARIO 417
GAZETA DIARIO 485
GAZETA DIARIO 337
GAZETA DIARIO 384
GAZETA DIARIO 386
GAZETA DIARIO 316
GAZETA DIARIO 261
GAZETA DIARIO 282
GAZETA DIARIO 449
GAZETA DIARIO 329
GAZETA DIARIO 447
GAZETA DIARIO 353
GAZETA DIARIO 465
GAZETA DIARIO 484
GAZETA DIARIO 441
GAZETA DIARIO 8605
GAZETA DIARIO 8602
GAZETA DIARIO 306
GAZETA DIARIO 418
GAZETA DIARIO 479
GAZETA DIARIO 8604
GAZETA DIARIO 468
GAZETA DIARIO 319
GAZETA DIARIO 388
GAZETA DIARIO 292
GAZETA DIARIO 292