Views
7 months ago

Método Tronco Comum - Book - V2.5

OBJETIVO O Gráfico, ou

OBJETIVO O Gráfico, ou Diagrama de Pareto tem como objetivo nos auxiliar a encontrar a causa mais significativa de um problema. Baseando-se na teoria que 80% dos problemas se devem à 20% das causas, a ferramenta nos ajuda à priorizar as causas que devem ser tratadas. DIFICULDADE: QUANDO PODE SER UTILIZADO? O Gráfico de Pareto pode ser utilizado na etapa de Solução. Para encontrar uma melhoria que seja mais eficiente na resolução do problema, é interessante que saibamos as principais causas de tal problema. COMO UTILIZAR A FERRAMENTA? Para a construção do Gráfico de Pareto, é preciso que exista um log de dados que deixe explícito a frequência de ocorrência de cada uma das causas para um problema existente. 1. PROBLEMA: Defina o problema existente em uma frase; 2. POSSÍVEIS CAUSAS Identifique as possíveis causas para a ocorrência do problema; 3. FREQUÊNCIA: Insira a frequência de ocorrência de cada uma das causas identificadas; 4. PRINCIPAIS CAUSAS Identifique as causas que representam aproximadamente 80% do valor acumulado. CONCEITOS IMPORTANTES FREQUÊNCIA: Impacto das causas no processo. Não necessariamente é expressado em frequência, ou seja, no número de vezes que algo ocorre. Pode também ser contabilizado em tempo, recursos e outras unidades que impactam o funcionamento do processo. ACUMULADO: Representa a soma das porcentagens das causas para o problema. É por meio desta coluna que observamos quais as causas que têm maior impacto no processo. 100

Quais as causas do problema investigado? PROBLEMA Colaboradores atrasam muito para o trabalho FREQUÊNCIA DE OCORRÊNCIA DE CAUSAS CAUSAS SEQ. FREQUÊNCIA ACUMULADO PORCENTAGEM Trânsito 1 50 40,0% 40,0% Doença 2 30 64,0% 24,0% Deixar as crianças na escola 3 28 86,4% 22,4% Transporte Público atrasou 4 10 94,4% 8,0% Qual o problema investigado? Qual a frequência com que as causas ocorrem? Qual o custo para o processo? Pode ser expresso em minutos, reais ou em número de vezes que tal causa ocorre Chuva Alarme não tocou 5 5 98,4% 4,0% 6 2 100,0% 1,6% PROBLEMA Colaboradores atrasam muito para o trabalho 60 120,0% FREQUÊNCIA DE OCORRÊNCIA DE CAUSAS CAUSAS SEQ. FREQUÊNCIA ACUMULADO PORCENTAGEM 50 100,0% Trânsito 1 50 40,0% 40,0% Doença Crianças 2 30 64,0% 24,0% 3 28 86,4% 22,4% 40 80,0% Transporte Público Chuva 4 10 94,4% 8,0% 5 5 98,4% 4,0% 30 60,0% Alarme 6 2 100,0% 1,6% 20 40,0% 10 20,0% 0 1 2 3 4 5 6 0,0% FREQUÊNCIA ACUMULADO 101

Gestão por Processos - Centro de Computação - Unicamp
Avaliação dos Indicadores [Modo de Compatibilidade] - GesANTT
Monitoramento e avaliação de projetos - Ministério do Meio Ambiente
planejamento do programa segundo tempo - Ministério do Esporte
SEBRAE - Ciclos de Melhoria e Inovação dos Processos ... - BPM LAB
Case Prático da Empresa VISATE - Fernando Osório Ribeiro
guia pais - phe - SESC Tocantins
Revista - Sefa - Governo do Estado do Pará
Oclusão do Tronco Comum numa Doente com Angor Estável [48]
Horário Tronco Comum - ano letivo 2011/2012 - ESMAE
1º Semestre 2011/2012 - HORÁRIOS DO TRONCO COMUM - ESMAE
Um método para a melhoria da qualidade de fornecimentos ... - PCS
Regulamento - Centro de Serviços Comuns da UC - Universidade ...
Método de diagnóstico e identificação de oportunidades de ... - Ufrgs
GUIA PRÁTICO
TERCEIRA TELECONFERÊNCIA DO CURSO DE ... - SEaD da UFSC
Organização & Métodos I - UFF
Edital - Universidade Federal do Pará
Aplicação da padronização do método de trabalho segundo uma ...
uma análise crítica do método kumon à luz da perspectiva
Programa Nacional de Melhoria do Acesso e da Qualidade da ...