Views
3 days ago

PROJETO_DIGITAL_09-01-2018a

Prêmio de Inovação

Prêmio de Inovação Simineral premia os melhores projetos da indústria mineral do Pará O prêmio reconhece projetos que se destacam por criar, disseminar e difundir práticas inovadoras O Simineral promoveu, no ano passado, o 1º Prêmio Estadual de Inovação na Indústria Mineral, em parceria com a Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico, Mineração e Energia (Sedeme), Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Educação Profissional e Tecnológica (Sectec), Fundação Amazônia de Amparo a Estudos e Pesquisas (Fapespa) e Federação das Indústrias do Estado do Pará (Fiepa) por meio do Senai. 44 7º Anuário Mineral do Pará • 2017

O objetivo foi reconhecer o mérito de iniciativas, atividades e projetos de mineração no Pará que se destacam por promover a melhoria da indústria mineral, contribuindo para a criação, disseminação e difusão de práticas inovadoras em seus amplos segmentos. A premiação foi dividida em três categorias: inovação de processos, inovação de produtos e inovação em tecnologias socioambientais; e mais um prêmio especial sobre a gestão da inovação. A primeira categoria consiste na inovação de processos, desde a extração até o produto final. Os três projetos vencedores foram: Segurança em barragens de rejeito (uso de softwares), cujo responsável é Deni Otávio de Souza, da Vale de Carajás (1º lugar); Bacuri – modificação do processo de desareamento do caulim, de Renée Souza, da Imerys (2º lugar); e Diminuição dos riscos em utilização de arco elétrico através de inserção de dispositivos, da equipe do executivo Paulo Farias, da Vale de Carajás (3º lugar). Já a segunda categoria destina-se a qualquer inovação em peças, produtos ou equipamentos que melhorem os rendimentos e a produtividade. Os vencedores foram: Instalação de placas inteirissas dos moinhos sag, de Sham Oliveira, da Vale de Carajás (1º lugar); Tampa articulada para caminhão fora de estrada, de Cristiano Sampaio, da Vale de Ourilândia (2º lugar); e Unidade móvel de calibramentos, de Frederico Sá, da Vale de Carajás (3º lugar). CARREGANDO... 7º Anuário Mineral do Pará • 2017 45