Views
1 week ago

PROJETO_DIGITAL_09-01-2018a

Disposta a aproveitar ao

Disposta a aproveitar ao máximo todas as oportunidades que a empresa lhe proporcionou, Maria Emanuele buscou se aperfeiçoar para oferecer o seu melhor nas atividades. “Não gosto de desculpas por não ter feito, então penso no que é preciso fazer para resolver um problema. Para trabalhar na mineração é preciso ter espírito empreendedor, ter curiosidade, estar disposta a aprender e fazer sempre o seu melhor”, afirma. A supervisora diz que o que a levou até onde está agora foi o respeito pelo trabalho do próximo, pois acredita que todos, independentemente do cargo que ocupam, têm muito para ensinar. Em relação à valorização do trabalho da mulher na empresa, a engenheira afirma que se sente satisfeita. “A empresa envolve a figura feminina em todas as áreas de atuação. Isso é muito importante, pois nosso espaço de trabalho não fica limitado. Gosto de estar envolvida nos processos e a empresa proporciona esse engajamento”, finaliza. Histórias como as de Kilma e Maria mostram um mercado novo na mineração, pautado pela igualdade de oportunidades. Com rotinas desafintes e trajetória de batalhas e muita dedicação, essas mulheres provam que vieram para ficar e fazer história. Para trabalhar na mineração é preciso ter espírito empreendedor, ter curiosidade, estar disposta a aprender e fazer sempre o seu melhor. Maria Emanuele Supervisora de Usina 76 7º Anuário Mineral do Pará • 2017

Anúncios 9 7º Anuário Mineral do Pará • 2017 77