Views
6 months ago

GAZETA DIARIO 505

Foz do Iguaçu,

Foz do Iguaçu, quarta-feira, 14 de fevereiro de 2018 36 Polícia JARDIM AMÉRICA Perseguição termina em acidente e deixa dois policiais feridos PMs realizavam acompanhamento tático a uma motocicleta quando acabaram colidindo contra uma van Da redação Reportagem Tribuna Popular Fotografia Jovens são agredidas a golpes de faca no Portal da Foz Socorristas do SIATE foram acionados, na noite de sábado (10), para atender duas pessoas feridas por golpes de faca em uma residência na Rua Tiziu, região do bairro Portal da Foz. No local, Tentativa de homicídio teria sido motivada por ciúmes; Polícia Civil investiga os fatos a equipe foi informada de que, após uma discussão motivada por ciúmes, as vítimas teriam sido agredidas. Uma jovem, de 22 anos, sofreu cortes nas mãos e nos braços, e uma adolescente, de 16 anos, foi ferida numa perna. Ambas foram socorridas e encaminhadas para atendimento médico. O caso está sendo investigado pela Delegacia de Homicídios. (Informações e foto: Tribuna Popular) Dois militares ficaram feridos durante uma perseguição policial, na manhã de domingo (11), em Foz do Iguaçu. A ação foi registrada por volta das 9h10 na Avenida Juscelino Kubistchek, região do bairro Jardim América. Socorristas do SIATE foram acionados para prestar atendimento à ocorrência. Segundo informações, os PMs realizavam patrulhamento de rotina quando se depararam com dois suspeitos que trafegavam em uma motocicleta Yamaha XT 660R. Foi dada voz de abordagem, mas eles desobedeceram e empreenderam fuga, dando início a um acompanhamento tático. Viatura policial teve a frente destruída com o impacto da batida; policiais foram encaminhados ao Hospital Municipal sem gravidade A perseguição se estendeu por aproximadamente 20 quilômetros e percorreu vários bairros, terminando apenas quando a viatura policial colidiu contra uma van de turismo. Com o choque, os fugitivos, que Vítima, de 24 anos, precisou de apoio médico, sendo encaminhada ao Hospital Municipal seguiam pouco à frente, acabaram desequilibrando-se e sofreram uma queda. Os suspeitos foram identificados e encaminhados à unidade hospitalar sob escolta, de onde seguirão para a delegacia. Ambos possuem passagens pela polícia, inclusive por direção perigosa. Os policiais também precisaram de atendimento e foram levados ao pronto-socorro do Hospital Municipal. (Informações e foto: Tribuna Popular) Motociclista é socorrido em estado grave após colidir com ônibus no Morumbi A colisão envolvendo um ônibus de turismo e uma motocicleta deixou um rapaz gravemente ferido no final da tarde de domingo (11). O acidente foi registrado por volta das 17h30, no cruzamento da Avenida Mário Filho com a Rua Tenente Eduardo Olmedo, região do bairro Morumbi II. Com o impacto da batida, o piloto, de 24 anos, foi arremessado da moto e sofreu diversas fraturas. Devido à gravidade, foi acionado apoio médico. O jovem foi encaminhado ao pronto-socorro do Hospital Municipal. Durante o atendimento, a porta da viatura acabou sendo danificada por uma pessoa exaltada com a situação. Ninguém soube informar as circunstâncias do acidente. (Informações: Tribuna Popular. Foto: Paulo Romeu Domingues Junior) Rapaz é assassinado a tiros na frente de casa Um jovem foi morto a tiros, na noite de sábado (10), em Santa Terezinha de Itaipu. O crime ocorreu por volta das 21h10, na Rua Chico Mendes, região do bairro Jardim Bela Vista. Segundo informações, a vítima identificada como Volnei Conceição, de 20 Jovem, de 20 anos, foi atingido por quatro disparos; corpo foi recolhido ao IML de Santa Terezinha anos, estava em casa quando foi surpreendida pelo atirador, que efetuou quatro disparos em sua direção. Conforme repassado por testemunhas, a mãe do rapaz teria tido uma discussão com um homem não identificado horas antes do crime. Socorristas do SIATE foram acionados, mas nada puderam fazer. O corpo de Volnei foi encaminhado ao Instituto Médico- Legal. A Delegacia de Homicídios investiga o caso. (Informações e foto: Portal Costa Oeste/Tribuna Popular)

FUTEBOL FEMININO Roberto Costa é o novo treinador do Foz Cataratas/Coritiba Ex-goleiro assume pela segunda vez o comando da equipe da fronteira DM c/ assessoria Reportagem Christian Rizzi Fotografia Após analisar opções viáveis para o comando técnico da equipe da fronteira, a diretoria do Foz Cataratas/Coritiba chegou ao nome de Roberto Costa para assumir o grupo na temporada de 2018. Roberto já trabalhou no Cataratas como treinador de goleiras em 2015 e como treinador no Brasileirão de 2016, em que deixou a equipe líder invicta da primeira fase da competição. Em 1984, recebendo a Bola de Ouro, ano em que defendeu o Vasco e a seleção Após definir o treinador, a diretoria acertou a contratação de Eduardo Costa, Dida, como preparador de goleiras, e renovou com o preparador físico Brito Dorneles, responsável pelo excelente rendimento apresentado pelas atletas em campo. "Fiquei feliz pelo convite, não só por se tratar de uma equipe de primeira divisão, com uma história vitoriosa no cenário nacional e internacional, mas porque sei como a diretoria enxerga o futebol feminino e o que ele pode proporcionar para as nossas atletas, para nossa torcida e para a nossa cidade", disse Roberto Costa. Ele é natural de Santos, litoral de São Paulo, começou a carreira de jogador no Santos Futebol Clube, chegou, inclusive, a conviver com Pelé na Vila Belmiro. Apareceu na grande mídia jogando no estado do Paraná, onde atuou no Coritiba e no rival Atlético. Ficou valorizado em 1983, no Campeonato Brasileiro, jogando pelo Atlético, com a conquista de sua primeira Bola de Ouro, prêmio oferecido na época pela Revista Placar para o melhor jogador do campeonato. Em 1984, transferiuse para o Vasco da Gama, no qual teve grande destaque, não só pelo vicecampeonato da equipe, mas também pela conquista da sua segunda Bola de Ouro, transformando-se no único goleiro na história do futebol brasileiro a receber tal premiação duas vezes seguidas. A boa fase lhe rendeu convocações à Seleção Brasileira de Futebol no mesmo ano. "Escolhemos o Roberto por ele já ter trabalhado na equipe e principalmente por se encaixar com a visão que a diretoria tem para futebol feminino. Assim como nós, o Roberto sabe que não visamos somente aos resultados para futebol, e sim dar visibilidade à modalidade, dando poder às mulheres através do esporte", explicou o presidente do Foz Cataratas/Coritiba, Gezi Damaceno Júnior. Treinador Roberto Costa com os professores Brito Dornelles e Dida No selecionado brasileiro, jogou em 1984