Revista Soft

mktchq

O bom e velho sundae

Se você fosse

um sorvete...

De qual sabor você seria? Seria doce

como o morango? Azedo como o limão?

Ou ainda ácido como o abacaxi?

É engraçado pensar em como os nossos gostos

revelam traços importantes da nossa personalidade.

Eu, por exemplo, costumo ir à sorveteria

e escolher sempre os mesmos sabores, sem

me lançar muito ao novo. Isso confidencia mais

sobre mim do que qualquer outra coisa.

A soft está sensível e um tanto quanto nostálgica

esta edição, tal como pede a época. O início

de um novo ano é sempre tempo de reflexão.

Isso parece tão fora de moda, não é mesmo?

Acredite, não é. Resgatar nossa essência em

meio à pressa em que vivemos é sublime e

muitas vezes necessário.

Volte algumas casas, reviva com a gente esse

passado pouco distante. Você vai gostar de

se lembrar do sorvete americano, de conhecer

mais sobre a origem do bom e velho

sundae, cujo grande feito foi transformar em

compromisso os domingos nas sorveterias.

Conversas saudosistas de quem vive esse

universo todos os dias.

Beijos doces e boa leitura!

soft

Edição 03 - Ano 02

Distribuição Gratuita

Ficha Técnica

Editora:

Ana Paula Pestillo

Revisão:

Verônica Domingues

Larissa Martins

Diagramação:

Onício Simas

Tiragem:

1.000 exemplares

Impressão:

ArteMídia

Lis Bitencourt Marketing Criativo

marketing@grupochq.com.br

(17) 3211.8230

Ana Paula Pestillo,

Editora-chefe da revista soft®

MTB: 82753/SP

Mande a sua sugestão de matéria para

revistasoft@agencialis.com.br


Grand Opening

Chiquinho Sorvetes

inaugura primeiras

operações nos EUA

Projeto prevê mais dez aberturas

para os próximos anos

A

Chiquinho Sorvetes

– uma das 50

maiores redes de

franquias do país – inaugurou

seus primeiros quiosques

em Tampa e Sarasota,

na Flórida. A marca leva

para o mercado internacional

todo o know-how

desenvolvido e aplicado

nas unidades brasileiras ao

longo dos mais de 35 anos,

mas com um novo nome, a

Chiquinho Ice Cream.

Segundo Isaias Bernardes

de Oliveira, presidente do

grupo CHQ, o objetivo

é atingir a marca de dez

unidades em funcionamento:

“Nessa etapa inicial

vamos inaugurar, pelo menos,

dez unidades próprias.

Após esse período de adaptação

e ajustes necessários,

partiremos para o sistema de

franquias. Estamos otimistas

com essa nova atuação da

marca e buscamos um crescimento

estruturado e sólido

por lá também”, afirma.

Os quiosques são similares

aos utilizados no Brasil, desde

a identidade visual e design

até a apresentação dos

produtos para os clientes.

O cardápio

Cremosidade, textura e sabor

inigualáveis. Um dos grandes

diferenciais da maior rede de

sorveterias do Brasil está na

fórmula exclusiva utilizada na

base dos sorvetes, desenvolvida

há cerca de vinte anos.

A empresa possui um mix

de produtos com combinações

variadas entre sorvete

Chiquinho e complementos

igualmente deliciosos, como

pastas italianas de marcas

reconhecidas mundialmente

no ramo das gelaterias

e confeitos selecionados

criteriosamente pela

equipe de Pesquisa

e Desenvolvimento

de Produtos,

além de

parcerias com

empresas

Isaias e a esposa Roseli inauguram 1º quiosque nos EUA

renomadas como Ovomaltine

consumidores de todas as

e Nestlè: “Queremos nos idades”, explica Isaias.

tornar uma marca internacional

No Brasil, a Chiquinho

sem perder nosso padrão oferece atualmente mais

e conceito de oferecer

de cem opções no cardápio,

sorvetes de alta qualidade

tais como Casquinhas,

e variedade para agradar os Milkshakes, Sundaes, o

Fotos: EricH Bunch

02 03


Quiosque

exclusivo Shake Mix e até uma

linha de produtos Take Home, a

Chiquinho no Pote.

Nos EUA, a marca preserva grande

parte dos produtos brasileiros e

apresenta opções criadas para os

consumidores locais, como Frappés

e Smoothies. Tudo isso sem

deixar de lado a brasilidade e o sabor

único dos sorvetes Chiquinho.

04

Foto: André Polvani


Classico

Sabor

incontestável

Flocos é o

‘pretinho básico’

dos sorvetes

Foto: Sartor Fotografia

Talvez flocos seja o

sabor de sorvete

mais popular entre

os brasileiros. Eu o chamaria

de ‘pretinho básico’.

Pedir um sorvete de flocos

é ter certeza de que você

não será decepcionado.

Também pudera, não há

nada mais certeiro do que

sorvete de baunilha com

lascas de chocolate preto.

Na dúvida, peça flocos.

Confira ao lado uma deliciosa

sobremesa com

sorvete de flocos:

Ingredientes:

- Chiquinho no Pote Flocos

- 1 lata de beijinho Moça Fiesta

- Canudos de wafer

- Chantilly

Modo de Preparo:

- Em uma taça média, faça

uma camada de beijinho Moça

Fiesta. Coloque duas bolas de

sorvete de flocos Chiquinho

no Pote e mais uma colher de

beijinho. Misture levemente

para que os sabores se intercalem.

Para finalizar, coloque

chantilly por cima e canudos

de wafer para decorar.

06

07


Ideias

Quando a casquinha é eleita

a melhor parte do sorvete

Dizem que a primeira

versão da casquinha

de sorvete surgiu

vetes comestível à base de

um wafer redondo enrolado

para facilitar o transporte e a

pera a tradicional casquinha.

Talvez por isso tantas marcas

têm investido em suas pró-

em 1903, quando Ítalo

limpeza, pois trabalhava com

prias receitas de casquinhas

Marchioni, imigrante italiano

um carrinho de rua.

artesanais, prática bastante

nos Estados Unidos, paten-

Embora hoje haja uma infini-

comum em alguns países,

Foto: Shutterstock

teou um wafer criado por ele

para servir sorvete, ele teria

inventado um porta-sor-

dade de opções de sorvete

disponíveis no mercado, para

algumas pessoas, nada su-

principalmente na Itália, e

que faz sucesso entre os

consumidores.

08

09


Foto: Shutterstock

Fotos: Google

Decoração

de festas

De tão amada, a casquinha

de sorvete ganhou

utilidades que vão além da

alimentação. Confira maneiras

diferentes de utilizá-la

em eventos:

Algodão doce

Para decorações que envolvam

as chamadas candy

colors, o algodão doce na

casquinha é o responsável

por dar o ar lúdico à festa.

Ideal para festas infantis.

Arranjo

de flores

De quantas flores se faz um

arranjo? Não sei exatamente,

mas é preciso apenas uma

casquinha ou um cascão

para dar um charme todo

especial ao arranjo.

Brigadeiro

Outra boa ideia é rechear o

cone com brigadeiro de colher.

Muito mais gostoso e criativo.

Bolo fake

Toda festa realizada em salão

que se preze precisa de um

bolo fake de respeito, este é

para ninguém botar defeito.

Frutas

Nos eventos ao ar livre, com

tema tropical, que tal uma

bela seleção de frutas servidas

na casquinha? Dá para

comer as frutas e a casquinha.

Popcake

O pop cake é uma espécie

de cupcake no palito, no

caso, na casquinha.

10

11


Parceria Know How

Centro de Treinamentos da Chiquinho

Sorvetes é referência no franchising

do negócio. A empresa

criou um complexo especialmente

destinado

à capacitação de novos

franqueados e gerentes

das franquias. O complexo

também atende os próprios

funcionários da empresa.

Treinamentos

disponibilizados:

Inicial

Para os novos franqueados e

gerentes, tudo começa com

o chamado Treinamento

Inicial, realizado antes da

funciona o dia a dia de uma

franquia Chiquinho Sorvetes,

exercendo as principais

atividades, como confecção

dos produtos do cardápio,

higienização da máquina de

sorvetes, caixa e atendimento

ao cliente.

Capacitação ideal

Empresas se uniram

para criar linha

exclusiva de produtos

Laboratório de Treinamento

Ter uma estrutura sólida de treinamento é imprescindível

quando se fala em franchising. Afinal, é por meio

dele que o tão almejado know-how (conhecimento) é

transmitido ao novo integrante da rede.

Referência nesse assunto,

a rede Chiquinho Sorvetes

tem o treinamento como

um dos principais pontos

Fotos: André Polvani

De acordo com Clayton

Rosa Mendonça, responsável

pelo Departamento de

Treinamentos da Chiquinho

Sorvetes, embora os treinamentos

tenham destinos e

momentos diferentes, todos

eles têm um único objetivo:

‘A lucratividade do negócio

é a base de todo o conteúdo

aplicado em nossos treinamentos.

Por isso, nos esforçamos

para que haja o perfeito

entendimento do DNA da

marca, plano de negócio e

toda organização necessária

para que esse plano seja

cumprido’ diz.

abertura da franquia. Composto

por 3 semanas de

curso intensivo, é ele quem

introduz os novos integrantes

à rede. Nesse treinamento

são trabalhados os módulos:

Franchising, Padrões

de Produtos, Máquina Soft,

Recursos Humanos, Marketing,

Controladoria, Jurídico,

Nutrição, Desenvolvimento

de Produtos, Controle de

Estoque, Gestão Administrativa/Financeira,

Gestão de

Custos, Gestão de Pessoas e

Plano de Negócio.

Na parte prática, os participantes

aprendem como

“O treinamento é interessante

porque nele é transmitida

a vivência na unidade, vivência

essa que é transferida

por quem realmente conhece

o dia a dia da operação, o

que nos aproxima mais da

realidade. São colocados

possíveis problemas e apresentadas

soluções e dicas

para resolvê-los. A parte prática,

em que aprendemos a

confeccionar os produtos no

padrão também é outro fator

determinante para o êxito do

treinamento’’ - Rafael Domiciano

da Silva, franqueado

de Nova Odessa – SP.

16 14 12

13 17


Ao final do Treinamento

Padrão de Produtos, Controle

formação dos Consultores

Inicial, todo material didático

de Estoque, Gestão Adminis-

é a mesma utilizada no

é entregue ao participan-

trativa/Financeira, Gestão de

treinamento realizado com

te: planilhas, acessos aos

Custos e Plano de Negócio.

gerentes e franqueados. O

sistemas, manuais, e é claro,

o tão esperado certificado de

conclusão de curso.

Reciclagem

Nem mesmo quem já per-

Formação de

Novos Consultores

de Campo

A empresa também investe

na capacitação interna.

objetivo é que todos estejam

alinhados em relação

ao negócio.

‘‘Esse treinamento capacita

os Consultores de forma

tence à rede é esquecido

Desde janeiro de 2017, no

ampla, pois é imprescindível

pela empresa. Esses profis-

Centro de Treinamentos

que eles tenham o conheci-

sionais podem desfrutar do

Chiquinho Sorvetes tam-

mento desde os parâmetros

Treinamento de Reciclagem,

bém acontece a “formação”

da produção, atendimento

destinado a franqueados e

de novos Consultores de

até a administração das lojas’’,

Loja modelo Chiquinho Sorvetes

gerentes que queiram atua-

Campo, que dura cerca de 15

afirma o responsável pelo

lizar seus conhecimentos e

semanas. A iniciativa veio da

Departamento de Consulto-

há algum tempo: ‘’Também

veis e ar condicionado.

funciona normalmente. Essa

também em casos de troca

de gerentes.

A Reciclagem dura uma se-

união entre o Departamento

de Treinamentos, dirigido

por Clayton e a Consultoria

ria de Campo da CHQ.

Além da formação de novos

Consultores, há também

são feitos outros tipos de

treinamentos constantemente,

como o de reciclagem e

Laboratório

A estrutura ainda abriga um la-

experiência é de extrema importância,

pois nessa etapa, os

franqueados e gerentes viven-

mana com um dia de prática,

de Campo da Rede.

alinhamentos corriqueiros,

direção preventiva, pois para

boratório completo e equipa-

ciam a verdadeira rotina diária

e aborda os módulos: Re-

De acordo com Clayton, a

específicos para os Consul-

garantir uma Consultoria

do para as aulas práticas, que

de uma sorveteria Chiquinho.

cursos Humanos, Marketing,

metodologia aplicada na

tores que estão na empresa

eficiente e colaborativa, é

simula a área de produção da

preciso que a formação seja

loja, onde são realizadas as ta-

continuada’’ conta.

refas da cozinha e a confecção

Com toda essa estrutu-

dos produtos. No laboratório

ra, a CHQ Companhia

Estrutura do Centro de

há também um caixa, onde

de Franchising, holding

Treinamentos Chiquinho

ocorre a simulação do aten-

detentora da marca Chi-

Sorvetes

dimento no ponto de venda.

quinho Sorvetes, reforça

Auditório

O complexo é composto

por auditório com capacidade

para 30 pessoas, onde

Tudo para que o aprendizado

seja 100% eficaz.

Loja Modelo

Depois de treinar no laborató-

sua preocupação com o

suporte prestado. O Centro

de Treinamentos faz parte

da estruturação da rede,

que não para de investir

são ministradas as aulas te-

rio, é hora de encarar a rotina

em estrutura própria. Pon-

óricas. O espaço conta com

da operação na loja modelo,

tos que são considerados

estrutura escolar de primei-

onde a prática é concluída.

determinantes ao escolher

Turma de franqueados durante treinamento

ro mundo: quadro negro,

projetor, cadeiras confortá-

A loja modelo é uma franquia

como todas as outras, e

uma franquia para investir.

14 15


Fábrica

de

Sorvete

R$ 184,00 no

shopfacil.com

Picoleteria

Calesita

R$ 59,90 no

walmart.com

Fun

Food

Truck

Sorveteria

R$ 89,91 no

magazineluiza.com

Kids Chef

Frosty Fruit

Para pequenos

sorveteiros

R$ 94,00 no

americanas.com

Sorveteria

Barbie

Mattel

Sorveteria

Big Star

R$ 36,00 americanas.com

R$ 79,99 no

submarino.com


Sabor

Foto: André Polvani

Artesãos

Um pouco do dia a dia do atendente

Chiquinho Sorvetes

da felicidade

Poucas coisas são tão

boas quanto consumir

um delicioso

sorvete Chiquinho. Mas o

que pouca gente sabe é

que por trás das maravilhas

disponíveis no cardápio

da rede, estão as mãos

delicadas e cuidadosas dos

atendentes. Pois é, são eles

os responsáveis por confeccionar

a felicidade, entregue

aos clientes em forma

de Casquinhas, Sundaes,

Milkshakes e outras delícias.

Nesta matéria, Stella de

Oliveira Lima, de 22 anos,

representa os milhares de

atendentes da maior rede de

sorveterias do Brasil.

História

Tal qual muitos estudantes,

Stella, natural de Frutal, Minas

Gerais, lá mesmo, onde

nasceu a primeira loja da

Chiquinho Sorvetes, saiu de

sua pequena cidade mineira

para trabalhar e estudar

biomedicina em São José do

Rio Preto, no interior de São

Paulo. Conseguiu emprego

em uma rede de açaís, mas

quando uma amiga comentou

sobre a vaga na Chiquinho,

tratou logo de levar

seu currículo até à unidade

contratante. Fez a entrevista

e foi aprovada no processo

seletivo para a vaga de atendente

no período da noite:

‘‘Eu ouvia várias pessoas

dizerem que a Chiquinho

18

19


‘Quando eu entrei aqui pensei que

seria apenas um emprego comum, mas

isso influenciou muito na minha

vida pessoal.”

era um ótimo lugar para

ça bem cedinho, logo no

início às 15h40:

trabalhar. Quando surgiu a

primeiro horário do dia, pois

‘‘Gosto de chegar um pouco

oportunidade, não pensei

é preciso realizar todas as

antes do meu turno iniciar,

duas vezes’’ conta.

tarefas necessárias para que

assim visto meu uniforme

O dia a dia

Todos os dias o trabalho nas

a loja seja aberta aos clientes.

No caso de Stella, que é

atendente no período no-

com calma, registro meu

ponto e começo a me

inteirar sobre atividades que

unidades Chiquinho come-

turno, na unidade em que

precisam ser realizadas ‘‘ diz.

trabalha o expediente tem

Todo início de turno o

coordenador responsável

As tradicionais Casquinhas da Chiquinho Sorvetes

pela equipe divide as tarefas

diárias. Algumas das funções

são: limpeza, manipulação

novas. Procuramos conhe-

ao longo dos turnos são

em breve tirará sua Carteira

das receitas na cozinha,

cer bem todos produtos,

principalmente com o

Nacional de Habilitação e

abastecimento dos insumos,

pois precisamos ter conhe-

abastecimento dos insumos,

comprará um automóvel.

organização do estoque,

cimento caso o cliente nos

limpeza ambiente, bom

‘‘Quando eu entrei aqui

confecção dos produtos da

pergunte. Isso ajuda a nos

atendimento e a agilidade

pensei que seria apenas um

retirada e da produção e ou-

desenvolvermos profissio-

na entrega dos pedidos.

emprego comum, mas isso

tras atividades relacionadas

ao funcionamento da loja.

‘‘Saber um pouco de tudo

nalmente’’ comenta Stella.

E assim o trabalho se estende

pela semana, sob o

Futuro

Para o futuro, Stella é confian-

influenciou muito na minha

vida pessoal. Fui muito bem

acolhida aqui, fiz muitos

faz com que o trabalho não

olhar atento dos atendentes,

te como todos deveriam ser.

amigos e aprendi o valor do

caia na rotina e nos ajuda a

gerentes e coordenadores,

Pretende continuar traba-

trabalho em equipe. A Chiqui-

aprender sempre atividades

todos treinados para que

lhando na Chiquinho e reto-

nho me ensinou a me sociali-

o cliente seja atendido

mar o curso de biomedicina,

zar com as pessoas. Acredito

de acordo com o padrão

e não para por aí: ela já está

que com meu esforço terei

Stella de Oliveira Lima,

22 anos

de qualidade Chiquinho

Sorvetes. As preocupações

realizando os trâmites para

financiar um apartamento,

muitas oportunidades de

crescimento na empresa‘‘ diz.

20

21


Irresistivel

Fotos: Shutterstock

De comer

pedindo

mais

Creme Crocante Ovomaltine,

a delícia que os brasileiros

descobriram

Há mais de 70 anos

no Brasil, a Ovomaltine,

controlada

pela AB Brasil, subsidiária

da Associated British Foods,

lançou recentemente seu

poderoso e tentador Creme

Crocante. Importado da Bélgica

e composto por avelã

e cacau em suas melhores

formas, rapidamente, o

Creme, com seus irresistíveis

flocos crocantes, ganhou espaço

nas receitas caseiras e

também na composição dos

produtos de grandes marcas.

Não é de hoje que os brasileiros

utilizam determinados

produtos da indústria alimentícia,

não necessariamente

desenvolvidos com esta

finalidade, para incrementar

suas receitas. Aliás, o original

Ovomaltine foi criado para

combater a desnutrição infantil.

Assim como o Leite Ninho,

que também se tornou

estrela em inúmeras receitas,

além de ser muito utilizado

como item adicional em

açaís e sorvetes. Também não

podemos nos esquecer da

adorada Nutella, que saiu do

café da manhã, seu principal

destino, para a confeitaria.

A história de amor entre a

Ovomaltine e o Brasil começou

em 1930, ano em que a

marca chegou ao país. Tão

logo os brasileiros tomaram

conhecimento de que o

pó deveria ser misturado

ao leite, encontraram uma

maneira de incrementar

a mistura, foi então

que o milkshake sabor

Ovomaltine ganhou

popularidade entre os

brasileiros. Até mesmo

nas sorveterias de bairro,

é possível encontrar

um milkshake de

Ovomaltine, servido

em decoradas taças

de vidro.

22

23


Receita

Foto: Sartor fotografia

Chiquinho

Compartilhar a felicidade, dividir bons momentos e desfrutar da alegria de estar em

boa companhia. A linha Chiquinho no Pote foi criada para tornar esses instantes ainda

melhores. Pensando nisso, a rede de sorveterias Chiquinho Sorvetes desenvolveu

receitas para ampliar ainda mais a experiência de consumo de sua linha take home.

Inspire-se nesta delícia e deixe a imaginação correr solta pela cozinha.

Modo de preparo:

Dicas:

em casa

Sobre a receita

dificuldade: fácil

tempo: 30 minutos

rendimento: 11pessoa

Ingredientes:

- CHIQUINHO NO POTE Sabor Chocolate Trufado

- Bolacha Negresco®

- Canudos de wafer

- Gotas de chocolate

Em um pequeno pote de vidro, intercale o sorvete CHIQUINHO NO POTE Sabor

Chocolate Trufado com pedaços de bolacha Negresco®. Faça camadas até chegar

no topo. Quando terminar, coloque chocolate em gotas por cima, cobrindo toda a

superfície da sobremesa. Coloque canudos de wafer para finalizar.

Use chantilly e cobertura de chocolate para

valorizar o sabor desta sobremesa. Se a receita é

para a família toda, experimente montar em um

recipiente grande fazendo camadas maiores com

os ingredientes.

Trufado com

gotas de chocolate

24


Parceria Historia

A origem de um dos sorvetes mais

populares dos Estados Unidos

O bom e

velho sundae

Fotos: Shutterstock

Pelo menos quatro

cidades dos Estados

Unidos afirmam que

o Sundae, uma das sobremesas

mais típicas do país,

foi criada em seu território.

Algumas delas são: Ithaca

- Nova Iorque, Evanston - Illinois,

Nova Orleans - Luisiania.

Uma das muitas teorias sobre

a origem da sobremesa conta

que ela surgiu em 1892, para

combater as leis criadas pela

comunidade protestante,

chamadas leis de azul, que

restringiam o comércio e

também consumo de sorvete

ou refrigerante gelado aos

domingos. De acordo com

a história, as leis levaram farmacêuticos

a produzirem alternativas

para a substituição

desses produtos. Chegou-se a

conclusão que sorvete coberto

por caldas que ofuscassem

o produto principal não era

considerado sorvete, portanto,

seu consumo aos domingos

seria permitido.

E foi bem num domingo, dia

03 de abril de 1892, segundo

relatos, que um empreendedor

de Ithaca, Nova Iorque,

criou uma sobremesa feita

com uma bola de sorvete

com calda de cereja cristalizada

e deu o nome de Sundae,

em homenagem ao dia

da semana em que foi feito.

A verdade é que pouco

importa onde essa maravilha,

composta por sorvete

coberto por calda de chocolate,

caramelo ou morango,

podendo ainda receber

outros complementos como

castanhas, amendoim e

cereja nasceu, nem qual a

história exata de sua origem.

O importante é que ele

existe e há tempos aguça os

nossos desejos mais sinceros

por sorvete.

16 14 26

27 17


“A origem do diner foi

atribuída à Walter Scott”

A era de ouro das

lanchonetes americanas

Quem acompanha a revista sabe o quanto

revolução comportamental

da cultura norte-americana.

As lanchonetes dessa

Abrimos aqui um espaço

para falar dessas ‘belezinhas’.

Por quê? Porque não dá para

topetes, sorvetes coloridos,

hambúrgueres, batatas fritas,

a indispensável Coca-Cola...

somos fãs do estilo dessas

época são os símbolos de

falar de Sundae sem lembrar

e tantas outras coisas que eu

lanchonetes.

uma geração jovem e mo-

da importância delas.

adoraria ter vivido, marcaram

Retratadas em muitos

derna. Famosas por seus

Vestidos, estampas, mocas-

o estilo único desses estabe-

filmes, os anos 1950

Milkshakes e Sundaes exa-

sins, suspensórios, óculos

lecimentos, que retorna hoje

e 1960 marcaram a

gerados, viraram tendência

aviadores, “possantes”

como ‘vintage’.

explosão do con-

e estimularam ainda mais o

utilizados para impressio-

A origem do diner – nome

sumo e da grande

consumo de sorvetes.

nar as meninas, laquês nos

dado às lanchonetes da

28

29


época - foi atribuída à Walter

Scott, um jovem que em

1872, complementava a

renda vendendo sanduíches

e cafés em uma cesta para

trabalhadores noturnos da

cidade. O negócio dos lanches

se tornou mais lucrativo

que o trabalho atual, fazendo

Scott largar o emprego e se

dedicar ao ramo da comida.

Ele passou a utilizar um

automóvel para realizar o

serviço e começou a servir os

lanches através das janelas

do veículo.

Algumas das características

dos diners dos anos 50 eram

os estofados de couro com

recortes e detalhes cromados,

inspirados nos estofados

dos carros da época, a

decoração exagerada, o uso

de cores fortes e as fachadas

em neon, tudo para valorizar

o american way of life.

Por lá passavam jovens em

busca de pontos de encontro,

onde pudessem fazer

uma refeição rápida e barata

e ao mesmo tempo aproveitar

a música e bater papo.

Muitos diners passaram a ter

estacionamentos maiores,

semelhantes aos drive-ins,

onde eram realizados encontros

de carros como hot rods

e muscle cars, e onde era

possível fazer o pedido de

dentro do carro a uma das

atendentes que circulavam

de patins.

O sundae

no Brasil

Não se tem registro de

quando ele chegou por aqui,

o que se sabe, é que desde

que apareceu, os brasileiros

são só amor por ele. Com

muita criatividade, o Sundae

ganhou complementos

‘moderninhos’, resultado das

novidades no setor alimentício.

Granulado, marshmallow,

Nutella, Ovomaltine, chocolate,

doce de leite, wafer,

suspiro, paçoca, biscoito

recheado... não há limites

quando o assunto é torná-lo

ainda melhor.

30


Negocios Infancia

Nos

tal

gia

Sorvete

Americano: a

sensação dos

anos 80

Quem não se lembra do ‘tiozinho’

do sorvete? Desculpe se o termo

soa pejorativo, mas não passava

de um apelido inocente. É assim que chamávamos

o dono da máquina de sorvete

americano na minha bem aproveitada

(leia-se travessa) infância. Na maioria das

vezes o ‘tiozinho’ era um senhor bondoso

e grisalho. Me lembro como se fosse ontem,

o rebuliço que o sorvete americano,

conhecido também por ‘sorvete quente’,

causava entre crianças do bairro.

Pois bem, muito antes das modernas máquinas

de sorvete surgirem, era a máquina

de sorvete americano que

reinava na vizinhança. A

‘magia’ era simples: ela

transformava uma

espécie de

suco

de

frutas em sorvete. Um processo

simples, mas complexo

para a tecnologia

limitada da época. Me

lembro até hoje do

som nada discreto

que o engenho fazia.

Uma gostosura que

para meu paladar

pouco apurado, valia

os cinquenta centavos

que custava.

Havia algo no equipamento

que congelava

o líquido misterioso,

o qual chamávamos

de

poção mágica da felicidade.

O resultado era um sorvete

estranhamente sólido-líquido.

Se é que isso existe. Digo

isso porque a aparência era

sólida, mas quando colocado

na boca se transformava em

líquido facilmente, até chegar

na casquinha meio murcha

que para mim era deliciosa.

O êxtase era tanto que nem

ligava-se para a cor desbotada

do sorvete.

Hoje se veem poucas máquinas

de sorvete americano nas

ruas. Muito raramente, em

pequenas cidades do interior,

me deparo com algum

A máquina

transforma

líquido em

sorvete

vendedor de sorvete

americano e é claro,

vou correndo juntar

as moedas da bolsa

para comprar meu

sabor preferido: uva. O

gelado da infância deu

lugar ao delicioso sorvete

italiano, mais conhecido como

soft, com suas formas e consistência

impecáveis. Mas o

encanto e a nostalgia do ‘tiozinho’

do sorvete permanecerão

para sempre nas lembranças

da minha infância e de muitas

outras pessoas.

Foto: Google

32 08

09 33


Entrevista

Investimento certeiro

História de franqueado com a rede

Chiquinho começou com unidade

de repasse.

desenvolvimento logístico,

logo identificou a oportunidade

e interessou-se por adquirir

a unidade. Feita a negociação,

em menos de dois meses ele e

sua esposa assumiram a operação

da unidade de Bragança

Paulista. Apesar do interesse

dos dois em se mudar para a

cidade, por questões familiares

eles optaram por continuar

ais de marketing local e atendimento

ao cliente impecável

têm crescido dois dígitos ao

ano em números de vendas.

Para se ter ideia, o crescimento

de 2017 em relação ao ano de

2016 foi de 40,3% em maio

e 57,9% em junho. Aumento

bastante significativo em um

ano em que praticamente só

se falou em recessão.

e Lençóis Paulista. Posteriormente

por intermédio de um

parente que se tornou gerente

de unidade.

Conte-nos um pouco

de sua história com

a marca. Como

você chegou até a

Chiquinho?

A Chiquinho Sorvetes nos

residindo em Santo André, sua

Hoje, aos 49 anos e à frente

chamou a atenção por ser

cidade natal.

das duas unidades, Angelo

uma empresa que iniciou suas

Mesmo com a compra do

assumiu a rotina dinâmica

atividades de forma bem sim-

repasse, Angelo detinha o

da operação e é responsável

ples, em pouco tempo soube

direito de abrir uma unidade na

por toda a parte financeira

avaliar o mercado de sorvetes

cidade de Santo André, direito

das lojas. Em Bragança Pau-

e entender qual seria o melhor

José Angelo e sua esposa Patricia em noite de premiação

Foto: John Lennon

que ele adquiriu na época em

que tentou instalar a unidade

na cidade. Com as dificuldades

em encontrar o ponto ideal, optou

por apenas transferir a loja

lista, conta com o auxílio de

um gerente, que o ajuda na

gestão operacional, pessoal,

compras e administrativo.

Em Diadema, ele mesmo

caminho a percorrer para ter

sucesso, quando entrou na

área de produto soft.

Entendeu também, que para

crescer tanto em número

para a cidade de Diadema, São

exerce a função de gerente,

de unidades quanto em

Na maioria das vezes, quem busca uma franquia para

investir pensa em abrir um negócio novo. Aí entram os

trâmites comuns ao sistema de franchising, como esco-

Tudo começou com uma

conversa entre o casal e a

antiga franqueada, que na

Paulo, também no ABC paulista,

onde inaugurou a segunda

loja, em setembro de 2015. O

sendo responsável por toda

a gestão da unidade com o

suporte de um coordenador.

qualidade, deveria se tornar

franquia. Isso mostrou que a

empresa está preparada para

lha, avaliação e aprovação do ponto comercial. Com José Angelo

época precisava se mudar

capital investido nas duas lojas

qualquer desafio.

da Silva Filho, a história foi diferente.

Embora o desejo inicial dele e de sua esposa Patricia fosse instalar

a franquia na cidade de Santo André, em São Paulo, a não aprovação

do ponto escolhido fez com que a abertura da primeira

para os Estados Unidos. Utilizando-se

de todo seu feeling

empreendedor, Angelo, que

era colaborador da empre-

foi uma soma de economias e

da venda de um imóvel.

As duas unidades: Bragança

Paulista 1 e Diadema 1, empre-

Entrevista

Como você conheceu

a marca?

Foi em 2010. Eu era consumi-

Foi por meio dessas análises

que decidimos nos tornar

franqueados da Chiquinho

Sorvetes, uma empresa jovem,

unidade ocorresse por meio de um repasse na cidade de Bragan-

sa Nestlé no Brasil e atuava

gam cerca de 14 funcionários

dor dos produtos Chiquinho

sólida, cheia de energia e

ça Paulista, também no estado de São Paulo, em junho de 2014.

como especialista na área de

e através de estratégias pontu-

Sorvetes nas cidades de Jaú

muito promissora.

34 35


“O resultado da loja reflete a

intensidade e a dedicação do

franqueado à frente do negócio’’

Fale um pouco sobre

sua experiência à

frente da franquia.

Por mais que a carreira em

empresa multinacional de

grande porte como a Nestlé

tenha me trazido grandes

aprendizados e conhecimentos

nas áreas de Supply Chain,

logística, projetos, customer

service e compras, a experiência

adquirida ao administrar

uma unidade Chiquinho

Sorvetes é extremamente

enriquecedora, uma vez

que permite ao franqueado

conhecer o end-to-end de

vários processos ao mesmo

tempo. Posso destacar os

principais: compras, finanças,

operações, recursos humanos

e marketing. Considero

esse aprendizado a principal

recompensa nessa trajetória

como franqueado.

O que você considera

importante destacar

sobre a unidade?

Mesmo sendo uma unidade

nova, acredito sinceramente

que o trabalho feito de forma

intensiva em todos os quesitos

(atendimento excelente,

apresentação dos colaboradores

sempre com pró-atividade,

produto no padrão,

preço, loja limpa e organizada,

investimento em Facebook,

panfletagem, parceria

com cinema e escolas, entre

outros) nos levou a esses

crescimentos expressivos.

Pretendem abrir

mais lojas? Em que

local?

Sim, na região do ABC e grande

São Paulo.

Quais dicas você daria

para obter sucesso

no negócio?

Uma vez escolhida uma

franquia bem estruturada, os

processos já estão “prontos”.

Então, a parte mais importante

no negócio passa a ser o papel

do franqueado:

- Atenda o cliente como gostaria

de ser atendido;

- Priorize a qualidade dos

produtos e agilize ao máximo

o tempo de entrega;

- Colaboradores bem treinados

e contentes são aqueles

que tem franqueados e gerentes

satisfeitos e felizes com o

que fazem;

- O resultado da loja reflete

a intensidade e a dedicação

do franqueado ou gerente à

frente do negócio;

- Invista em marketing local e

digital. A exposição da marca

na mídia de forma constante,

principalmente no Facebook,

com impulsionamentos semanais

traz resultados significativos

no faturamento.

- Dedique-se à marca e esteja

presente no dia a dia da operação,

seja fisicamente, via

telefone, Whatsapp, Skype,

não importa de qual maneira,

a tecnologia é nossa aliada.

- Invista continuamente em

seu autodesenvolvimento. Experiência

anterior no mercado

não significa que administrar

seu negócio será fácil.

- Crie, alimente e acompanhe

os indicadores de performance

da unidade. O que não se

mede, não se gerencia.

- Estabeleça e busque os

resultados esperados. Você é

o maior interessado em fazer

sua unidade dar certo.

36


Solucao

Tecnologia

de ponta

Foto: Shutterstock

Chiquinho Sorvetes investiu

em empresa de tecnologia para

desenvolver sistema de ponto de

venda próprio.

Ter um sistema de ponto de venda totalmente exclusivo,

que atenda às necessidades específicas do empreendimento

é o sonho de qualquer empresário. Isso

porque os softwares existentes no mercado atendem quesitos

básicos, comuns a qualquer negócio.

Foi pensando nisso e após identificar diversos problemas com

o software utilizado, como

falta de ferramentas para

otimizar a gestão, falhas

técnicas, lentidão, dificuldade

de evolução, além do

crescimento do número

de reclamações por parte

dos usuários, que em 2015,

a Chiquinho Sorvetes deu

início ao projeto de desenvolvimento

do seu próprio

sistema de ponto de venda.

Para o Grupo CHQ, holding

que administra a rede Chiquinho,

esses fatores foram

determinantes na tomada da

decisão. A empresa precisava

de um sistema mais confiável

e ao mesmo tempo

econômico para atender o

rápido crescimento da rede

e a complexidade da operação,

sem correr o risco de

investir em mais um sistema

terceiro e enfrentar as

mesmas dificuldades. Então,

após uma longa pesquisa,

foi criado um projeto com o

mínimo de riscos e investimento

moderado, mas que

em pouco tempo se tornaria

auto-sustentável.

Mas antes que o projeto

começasse a sair do papel,

foi preciso investir em tecnologia

e mão de obra qualificada.

Era primordial que a

ferramenta criada atendesse

cem por cento das necessidades

encontradas nas

unidades franqueadas da

rede. Dessa maneira surgiu a

ITF – Inteligência e Tecnologia

em Franchising, empresa

criada pelo Grupo CHQ, que

através da sistematização

dos processos e inserção de

novas tecnologias, busca

prover destaque e ampliar

a vantagem competitiva da

rede. Com a criação da ITF,

a rede passou a contar com

uma empresa de tecnologia

completa, com estrutura e

38 39


capacitação adequadas para

materializar um dos projetos

novo sistema são: gestor via

web, que desenvolvido de

vetes. Atualmente, apenas

parte da rede opera com o

Fotos: Danilo Vieira

prioritários da Chiquinho: ter

forma responsiva se adap-

novo sistema, a previsão é

seu sistema de PDV total-

ta a diversos dispositivos,

que até o fim de 2018, todas

mente exclusivo.

podendo ser acessado por

as mais de quatrocentas

O ITFPDV

O grande diferencial do siste-

notebook, desktops, tablets,

smartphones e diversos

outros dispositivos; processo

unidades da rede utilizem o

ITFPDV.

‘‘Gostamos muito do novo

ma em relação aos softwares

de venda agilizado graças

sistema de PDV, principal-

disponíveis no mercado é

à utilização da tecnologia

mente porque ficou mais

que ele foi desenvolvido

touchscreen; módulo Fila

baseado na operação das

Express, onde através

franquias Chiquinho Sorve-

de um tablet Android é

tes e no perfil dos franque-

possível registar os pe-

ados da rede, o que minimizou

as dificuldades técnicas

didos de quem aguarda

seu atendimento nas

Atendente Chiquinho passa por treinamento

e operacionais e originou um

franquias; Integração

software enxuto, mas com

dos dados entre fran-

ágil. Nossos colabo-

inovação para toda a rede:

bastante valor para o usuário.

quia e gestor minuto a

radores acharam

“Os desafios que a Chiquinho

Ao todo, cerca de quatro

minuto e muitos outros

muito fácil e

Sorvetes nos proporciona

profissionais trabalharam

benefícios’’ descreve.

simples de operar,

fazem com que busquemos

no desenvolvimento do

Ainda segundo ele, o

com isso o atendi-

atualização constante. É

ITFPDV - que continua sendo

sistema vem sendo atu-

mento aos clientes

extremamente gratificante

aperfeiçoado - e mais quatro

alizado constantemente

ficou mais rápido.

saber que estamos cami-

profissionais são responsá-

com mais funcionalida-

A troca do sistema

nhando juntos’’ diz Ever.

veis pelo suporte. Todo o

des, todas voltadas para

foi muito positiva’’.

A ITF investe continuamen-

processo de criação priorizou

o melhor atendimento

Nikson Costa,

te em novos processos e

a agilidade no atendimento

da rede Chiquinho Sor-

franqueado de

projetos, e, apesar de ser

ao cliente, consistência na

Taubaté/SP.

uma empresa jovem, é

gestão, segurança e precisão

Atualmente a ITF

composta por profissionais

das informações, abertura

trabalha no supor-

com mais de 15 anos de

para evolução da ferramenta

te e evolução do

experiência em tecnologia

e alta disponibilidade.

sistema e pretende

da informação, com todo

De acordo com Ever Santo-

aprimorar a experiência dos

o respaldo necessário e

ro - à frente do Desenvolvi-

clientes com a marca Chiqui-

conhecimento para saber

mento de Sistemas da ITF - a

nho através de aplicativos

que tem um grande desafio

empresa hoje está em fase

web e terminais de autoa-

pela frente: o de atender

de implantação do seu sis-

tendimento, além de unificar

de forma inovadora e com

tema “carro chefe”, o ITFPDV:

todos os sistemas utilizados

excelência a maior rede de

‘’ Algumas das vantagens do

Parte da equipe ITF

pelo Grupo CHQ e trazer

sorveterias do país.

40 41


Parceria Negocio

De funcionários

a franqueados

“Com o passar do tempo, a paixão

que temos pela Chiquinho se fortaleceu

ainda mais, a ponto de querermos

abrir a nossa própria unidade’’

Conheça a história dos ex

funcionários do Grupo CHQ que

se tornaram franqueados da rede

Chiquinho Sorvetes

franquia Chiquinho. Eu

havia liberado a unidade

de São Mateus, no Espírito

Santo, para inaugurar em

2015 e tinha o contato do

antigo franqueado. Sabendo

que por estar engajado

em outros projetos, o

todo o processo.

Samuel – Comecei a trabalhar

na Chiquinho em 2006,

também aos 16 anos, em

São José do Rio Preto, São

Paulo, na loja do Rio Preto

Shopping. Em 2010 fui

contratado para trabalhar

a nossa própria unidade e a

oportunidade veio através

desse repasse. Possuíamos

uma parte do capital investido,

proveniente de alguns

bens e parte foi financiada

pelo Santander, através da

parceria que o Grupo CHQ

mesmo estava repassando

na unidade modelo, onde

possui com o banco. Em

a unidade, foi então que eu

eu e o Osnei integramos a

julho desse ano a unidade

e meu sócio Samuel come-

primeira equipe de cola-

completou dois anos de

çamos a negociação.

boradores, foi quando nos

funcionamento e estamos

Conte um pouco da

história de vocês

com a marca:

Osnei – Iniciei meu trabalho

com a Chiquinho

conhecemos e iniciamos

nossa amizade.

Como foi a abertura

da unidade?

Com várias oportunidades

à frente do negócio desde

novembro de 2016. Nos

mudamos de São José

do Rio Preto-SP para São

Mateus-ES e fizemos uma

grande reinauguração, com

Osnei Teodoro Silva, de 29 anos e Samuel Rodrigues

de Souza Ribeiro, de 26, sempre tiveram algo em

comum: trabalhavam como Consultores de Implantação

e de Campo do Grupo CHQ, holding responsável pela

Quando surgiu a

oportunidade de adquirir

a unidade?

Osnei - Nós sempre libera-

Foto: Arquivo pessoal

em 2004, na época com

16 anos de idade, como

colaborador na loja do sr.

Isaias, em Guaíra, São Paulo,

antes mesmo da marca entrar

para o franchising. Em

2010 fui para São José do

Rio Preto, São Paulo, cursar

fisioterapia, ocasião em que

de crescimento profissional,

tivemos a honra de

conhecer e treinar vários

franqueados por todo o

Brasil e de participar de

alguns merchandisings no

SBT, como no Programa do

Ratinho e no Teleton. Com

o passar do tempo, a paixão

direito a ação social com os

alunos da APAE local, o que

foi muito gratificante.

Como está sendo a

experiência como

franqueados?

Uma grande experiência, pois

antes atendíamos os franque-

marca Chiquinho Sorvetes. Mas o que os dois não imagina-

mos e inauguramos várias

a marca estava em processo

que temos pela Chiquinho

ados e hoje somos atendidos

vam é que mais tarde viriam a ser sócios em uma franquia

unidades e tínhamos em

de formatação para se tor-

se fortaleceu ainda mais, a

com a mesma excelência,

Chiquinho Sorvetes.

mente ter a nossa própria

nar franquia e acompanhei

ponto de querermos abrir

por todos nossos colegas do

42

43


Grupo. Assim como tínhamos

uma grande responsabilidade

e amor pela marca como colaboradores

do Grupo, temos

aqui em São Mateus. Além

disso, estamos levando aos

capixabas locais e da região

o sabor de felicidade que a

Chiquinho proporciona.

Pretendem abrir

mais unidades? Em

que local?

Sim, temos pretensão de implantar

na cidade de Linhares.

Trata-se de uma cidade com

campo fértil para negócios,

com um mercado promissor.

Como é a rotina na

unidade?

A cada mês revezamos

nosso turno de trabalho,

com uma folga semanal,

geralmente nos dias em que

toda a equipe está presente.

A parte administrativa é de

responsabilidade do Samuel.

O controle de estoque e

pedidos são realizados por

mim. O trabalho de Recursos

Humanos realizamos juntos,

com reuniões mensais e treinamentos

no dia a dia da loja,

assim como escalas de trabalho.

Quando não podemos

estar presentes, temos a ajuda

de nossos líderes de equipe.

Prezamos pelo bom atendimento

e atitude positiva que

aprendemos e transmitimos

nas mais de cem unidades

que ajudamos a inaugurar.

O que vocês consideram

importante

destacar sobre a

unidade?

A unidade já tinha seus

clientes fixos, através do bom

trabalho da antiga gestão,

mas conseguimos, através

de parcerias em eventos,

retornos nas redes sociais

e distribuição de panfletos,

uma ampla divulgação da

marca na cidade. Ainda há

muito o que fazer, mas hoje

vemos que nossa unidade

está se tornando um novo

point na cidade, tanto para

a família mateense, quanto

para a garotada dos colégios

e faculdades. Tivemos um

momento difícil no início,

que foi a greve do policiamento

em todo estado, mas

tudo foi restabelecido. Tudo

isso somado ao bom atendimento,

acreditamos que

fazem a marca mais forte na

região, principalmente por se

tratar de uma cidade litorânea

e turística.

Ter trabalhado na

franqueadora tem

ajudado na administração

da franquia?

Com certeza sim. Desde o

padrão dos produtos até

a convivência com nossos

colaboradores e a cada dia

aprendemos mais.

Ter visto o negócio

de perto fez com que

vocês acreditassem

nele?

Sim. Quando você vê e

acredita no potencial, tudo

muda. A paixão que temos

pela marca e a satisfação no

sorriso de nossos clientes

nos motivam a continuar.

Vocês indicariam

a Chiquinho para

mais interessados?

Com toda certeza. Hoje,

vários candidatos a franqueados

da região nos procuram

para saber mais a fundo

sobre a marca Chiquinho

Sorvetes. Acreditamos que

temos uma marca forte no

mercado brasileiro e em breve

internacional. No estado

do Espírito Santo quatro

unidades, contanto com a

nossa. Há bastante campo

para crescer, assim como

em outros lugares do nosso

enorme Brasil.

44


Viagem

Tudo

azul

Chiquinho Sorvetes

premia franqueados com

viagem para Cancún

Foi em meio ao sol escaldante e às águas

azuis do mar do Caribe, que os ganhadores

do prêmio Melhores Franquias Chiquinho

Sorvetes 2016 comemoraram a conquista.

Parque Ecoarqueológico

Xcaret

Desde 1990, o parque desenvolve

programas para a

conservação e reprodução

da fauna e da flora típicas

do sudeste mexicano. Lá

encontra-se o primeiro

borboletário do México e é

um dos poucos lugares no

mundo onde se pode observar

estruturas de recifes em

seu hábitat natural. Também

há atividades aquáticas em

cenotes (poços), rios subterrâneos,

lagoas, praias e tradições

do povo maia e mexicano

para serem apreciadas.

08

Representantes da unidade de Santo André 01/SP

08

Representantes da unidade de Sobradinho/DF

Nado com golfinhos

Ir a Cancún e não nadar com

os golfinhos é o mesmo que

ir à Itália e não se render a

uma boa massa. O Xel-Há é

um parque temático

ecológico situado na

Riviera Maya que oferece

interação, mergulho

com capacete,

natação em grupo e

é claro, o tão sonhado

nado com golfinhos.

Cozumel

Sossego, é o que atrai

visitantes para a ilha.

Apesar disso, o lugar é

bem estruturado, com

restaurantes, lojas, além

de ter pontos ótimos

para mergulho. Para quem

prefere aproveitar o mar, a

praia que em frente ao Parque

Chankanaab é cristalina

e cheia de peixes.

‘Foram 4 dias muito bem

aproveitados. Ficamos em

um resort muito bom. Fizemos

vários passeios. Fomos a

Cozumel, La Playa de Carmen,

ao Tulum, e à famosa

casa noturna Coco Bongo’,

Ramon Teles Mussi, franqueado

de Sobradinho-DF.

Fotos: Acervo pessoal

46

47


Artigo

Soluções

para empresas

Ferramentas estratégicas de

competitividade

A

tecnologia em conjunto com a informação é uma

necessidade para o funcionamento estratégico, tático

e operacional de qualquer empresa. É preciso

saber obter a informação como ferramenta estratégica de

competitividade, saber onde encontrá-la, como apresentá-

-la e como usá-la. Sendo assim, é fundamental conhecê-la.

Estar sempre atento ao que acontece fora e dentro das

organizações e conhecer ao máximo a organização onde

atuamos é uma forma de nos destacarmos dos demais.

Com este pensamento, em 2015 foi criado o Departamen-

Ever Santoro

Gerente de Tecnologia

do Grupo CHQ

to de Desenvolvimento de

Sistemas do Grupo CHQ

que, posteriormente daria

vida à ITF – Inteligência &

Tecnologia em Franchising,

que através da sistematização

dos processos e inserção

de novas tecnologias

no Grupo, busca prover

destaque e ampliar a vanta-

Foto: André Polvani

“Pensar no mundo atual

é pensar em pessoas

totalmente conectadas,

em tecnologia, em

informação ao toque

da mão”

gem competitiva da rede.

Pensar no mundo atual

é pensar em pessoas totalmente

conectadas, em

tecnologia, em informação

ao toque da mão, em

conteúdo compartilhado e

esta também é a essência do

franchising, que compartilha

sonhos, conhecimentos, expertise,

e conecta empreendedores

que pelo seu perfil

se complementam e compartilham

valores comuns

em uma junção perfeita: o

franqueador que desenvolve

e promove constantemente

o negócio, sendo responsável

por transformar todo o

conhecimento gerado pela

sua rede em ações eficazes e

o franqueado que dedica-se

e colabora com o franqueador

na busca de diferenciais

competitivos.

O Grupo CHQ, sempre

atento às oportunidades que

as inovações tecnológicas

podem trazer ao negócio,

fazendo com que o mesmo

permaneça competitivo, de

alto nível e com diferencial

quanto ao mercado, aposta

cada vez mais na ITF, investindo

em profissionais

renomados no mercado de

tecnologia da informação e

acompanhando tendências

tecnológicas que terão papel

fundamental no mercado

nos próximos anos. A ITF traz

a cada dia novos sistemas e

novas tecnologias, buscando

sempre inovação, diferenciação

no mercado e destaque

tecnológico para a rede, com

impacto na produtividade

por simplificar a gestão.

Enfrentar os desafios de

um mundo globalizado,

de compartilhamento de

informação e de evolução

tecnológica a passos largos

são alguns dos desafios da

ITF. Temos o privilégio de

sermos atores e escritores

de uma nova era, onde o

real e o virtual são integrados

e o ser humano é o

elemento vital dessa união.

Nosso papel é criar tecnologias

focadas em ajudar nosso

Grupo, nossas franquias

e nossos clientes.

48

49

More magazines by this user
Similar magazines