Views
3 months ago

Revista Curinga Edição 20

Revista Laboratorial do Curso de Graduação em Jornalismo da Universidade Federal de Ouro Preto.

Inveja Início Perfil

Inveja Início Perfil Página de recados amigos comunidades Sair Sensação Inveja Inveja >> pecado comigo ninguém pode scraps fotos vídeos confiável legal sexy Amigos (7) ira Preguiça Avareza luxúria `*•..,¸@@•*´¨`*•,@@¸.•*´¨`*•@@¸.•*´¨`*•.¸@@¸.•*´ `*•.¸@@¸.•*´¨@@`*•.¸¸.•@@*´¨`*•.¸@@¸.•*´ `*•..,¸@@•*´¨`*,•@@¸.•*´¨`*•@@¸.•*´¨`*•.¸@@¸.•*´ Anda com passos incertos, com roupas compostas por tecidos mais finos, tão versáteis quanto sua mutabilidade `*•..,¸@@•*´¨`*•,@@¸.•*´¨`*•@@¸.•*´¨`*•.¸@@¸.•*´ Gula Orgulho Perfil Recados Fotos Vídeos Depoimentos Apps + Adicionar Listas Mensagens Atualizar Spam Relacionamento: Solteira Aniversário: O ano todo Quem sou eu: Por entre seus anos, existe a contagem de tempo do próprio homem. Ela, que anda e se alimenta do sentir primitivo, do desejo de ser e ter o outro, da absorção de todos os pecados e da criação de todas as ambições. É assim que a Inveja mostra-se: com sua face pluralizada, corpo rígido e os olhos verdes, brilhantes e perversos. Criada e difundida ao longo dos séculos, mitos foram criados para descrevê-la, misturando deuses, heróis e humanos e suas necessidades de querer o que não possuem. Apelidada por Shakespeare como “monstro de olhos esverdeados”, anda com passos incertos, com roupas compostas por tecidos mais finos, tão versáteis quanto sua mutabilidade. Gosta de falar em alto e bom tom, e zomba de Freud e Melanie Klein, que a associam com devastação e morte. As pessoas a criticam e a desonram em nome do bom costume, mas a veneram, cultivam, e a disseminam porque querem o mesmo, só fingem que não. Sua prosa bem construída, “com anos de apropriações”, enlaça-se perfeitamente com um olhar que engole tudo, mas que não está fixado em lugar algum. Do latim invidia, a Inveja relaciona-se com a noção de pontos de vista e perspectivas singulares. Segundo o dicionário, é o desgosto provocado pela felicidade alheia, é o desejo irrefreável de possuir ou gozar o que é de outras pessoas, podendo chegar a machucar a fonte dos seus desejos, dependendo da sua intensidade. Ela é tudo e todos: é o deus Ftono na mitologia grega; Lúcifer no Cristianismo; o sentimento que não deve ser alimentado na bíblia; a senhora na esquina; o casamento feliz; os filhos, primos, pais, irmãos, tios. É o artista famoso; a jovem bem sucedida. É aquele que desperta amores; a melhor aluna da sala; os que viajam; os que sofrem; os que vivem. É a força motora do que move. É tudo que respira, que anda. É nada menos que o querer corrosivo. Ao ser questionada sobre a sua finitude, a Inveja debocha, afirmando que só morrerá quando não existir uma única alma sequer, e assim, com uma certeza inabalável de ser tudo, ela vai embora explorar novas fontes de desejo. Ver todos >> Comunidade: A sua inveja me fortalece Seu recalque faz a minha fama Texto: Hariane Alves Arte: Samara Araujo

travessia CURINGA | EDIÇÃO 17 19

Revista Curinga Edição 15
Revista Curinga Edição 18
Revista Curinga Edição 17
Revista Curinga Edição 08
Revista Curinga Edição 21
Revista Curinga Edição 23
Revista Curinga Edição 12
Revista Curinga Edição 05
Revista Curinga Edição 11
Revista Curinga Edição 13
Revista Curinga Edição 16
Revista Curinga Edição 06
Revista Curinga Edição 19
Revista Curinga Edição 00
Revista Curinga Edição 07
Revista Curinga Edição 01
Revista Curinga Edição 24
Revista Em Diabetes Edição 10
Revista Sotaque
Índigo Fanzine #00 2017
Revista UnicaPhoto - Edição 06 - Maio/2016
Revista Curinga Edição 14
Revista Curinga Edição 22
Revista Curinga Edição 09
Revista Curinga Edição 10
Revista Curinga Edição 02
Revista Curinga Edição 04
Revista Curinga Edição 03
Lógica I Universidade Federal de Ouro Preto ... - Desidério Murcho
Revista +Saúde - 3ª Edição