Views
5 months ago

Revista Apólice #212

editorial Ano 21 - nº

editorial Ano 21 - nº 212 Julho 2016 O risco de Esta revista é uma publicação independente da Correcta Editora Ltda e de público dirigido estar no Brasil Diretora de Redação: Kelly Lubiato - MTB 25933 klubiato@revistaapolice.com.br Diretor Executivo: Francisco Pantoja francisco@revistaapolice.com.br Repórteres: Amanda Cruz amanda@revistaapolice.com.br Lívia Sousa livia@revistaapolice.com.br Executiva de Negócios: Graciane Pereira graciane@revistaapolice.com.br Diagramação e Arte: Vitoria Bernardes arte@revistaapolice.com.br Articulistas: J.B. Oliveira Tiragem: 15.000 exemplares Circulação: Nacional Periodicidade: Mensal CORRECTA EDITORA LTDA Administração, Redação e Publicidade: CNPJ: 00689066/0001-30 Rua Loefgreen, 1291 - cj. 133 V. Clementino Cep 04040-031 - São Paulo/SP Telefones (11) 5082-1472 / 5082-2158 Os artigos assinados são de responsabilidade exclusiva de seus autores, não representando, necessariamente, a opinião desta revista. Acesse nosso site www.revistaapolice.com.br Siga nosso twitter.com/revistaapolice Curta nosso Revista Apólice Os Jogos Rio 2016 começam daqui a pouco e as delegações de atletas estrangeiros e jornalistas já estão por aqui. Logo, começam a aportar os turistas que virão para assistir as competições. As autoridades insistem em dizer que as questões sanitárias e de segurança estão sob controle, mas só saberemos se isto é verdade quando o evento, efetivamente, começar. Por enquanto, o que sabemos é que a cidade vive uma realidade de caos urbano, com guerra entre traficantes, balas perdidas para todos os lados, obras inacabadas ou acabadas sem qualidade nenhuma (vide a ciclovia Tim Maia). A linha 4 do metrô, que seguirá até a Barra da Tijuca, será inaugurada apenas para atender a família olímpica (atletas, colaboradores e público das competições). Depois deste funcionamento é que será feita uma pausa para ajustes. Quando foi inaugurado o Veículo Leve sobre Trilhos (VLT), houve falhas no primeiro dia útil de operação. Em relação à segurança, um dos maiores temores dos organizadores é o terrorismo. O Brasil será o foco da atenção do mundo e, apesar de não ser o alvo direto, recebe delegações de mais de 100 países, muitos deles em conflito declarado com outras nações participantes dos Jogos Rio 2016. A segurança será reforçada por mais de 20 mil soldados do exército brasileiro, que devem ocupar locais de competição, vias públicas e pontos turísticos. Além destes, forças internacionais também devem participar do esquema de segurança. Só saberemos se tudo isso irá funcionar no momento em que a Olimpíada começar. Os cariocas não estão muito animados e os outros brasileiros não se envolveram como a organização esperava. Agora, falta pouco. Neste número da Revista Apólice vamos mostrar os riscos que podem ser garantidos pelo mercado de seguros num evento deste porte. Além disso, também mostramos como é o seguro de vida para atletas, de todas as modalidades e independente das competições. Aproveite. Boa leitura! Diretora de Redação Mande suas dúvidas, críticas e sugestões para redacao@revistaapolice.com.br 3

Revista em - Clube Vida em Grupo